ISSN 1517-106X versão impressa
ISSN 1807-0299 versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A Revista Alea: Estudos Neolatinos foi criada em 1999 com o objetivo de constituir um instrumento de intercâmbio de pesquisas entre o Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas e os demais Programas de Pós-Graduação do país, estimulando assim o debate entre pesquisadores - docentes e discentes - e, ainda, entre a sociedade e a academia. Como objetivo a longo prazo, almejava igualmente o Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas um intercâmbio mais estreito com universidades estrangeiras que trouxessem por um lado informações e subsídios a respeito das línguas e literaturas pesquisadas e ensinadas em nossa universidade, e que, por outro, pudessem tomar conhecimento das pesquisas que a universidade brasileira faz com tanta seriedade em torno das línguas e literaturas estrangeiras modernas, sobretudo aquelas ligadas às culturas neolatinas. Um dos aspectos que vêm caracterizando a revista é sua abertura para os estudos comparados em torno de um núcleo temático, o que nos permite pôr em confronto aquilo que as línguas e literaturas do Programa de Letras Neolatinas devem ou emprestam às outras, ou simplesmente como estas reescrevem questões universais ou como suas questões próprias são recebidas e reescritas por outras culturas. A fim de facilitar o trânsito da revista no Brasil e no exterior, procuramos o apoio de diversos professores e pesquisadores de grandes centros universitários que, consultados, se dispuseram a colaborar com nosso empreendimento editorial. Desta forma, a revista foi gradativamente aumentando a participação de pesquisadores de instituições estrangeiras em qualidade de autores o de editores convidados para a organização de números temáticos. De igual maneira, foi incrementando a participação de pesquisadores do âmbito nacional cujo trabalho tem um reconhecido interesse para a área. Desde o segundo número, publicamos uma seção de resenhas de dissertações e teses, o que nos parece algo extremamente útil, já que permite que os trabalhos de conclusão de mestrado e de doutorado sejam divulgados junto ao público e possam até mesmo ser solicitados pelos pesquisadores interessados. Além disso, vimos também publicando traduções de relevo e resenhas críticas para a avaliação de publicações recentes de interesse da área.

Criada pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas (com auxílio do Programa de Apoio à Pós-Graduação da Capes), a revista conta também, desde 2001, com o apoio do Programa de Apoio às Publicações Científicas do CNPq.

Alea: Estudos Neolatinos aceita os seguintes tipos de trabalho:

  1. artigos inéditos em português, espanhol, francês e inglês,  que tenham relação com a área de Letras (mínimo de 25.000 e máximo de 40.000 caracteres com espaço);
  2. resenhas críticas de dissertações, teses e livros de interesse para a área de letras (mínimo de 10.000 e máximo de 15.000 caracteres com espaço);
  3. traduções de textos ensaísticos e literários, com a devida autorização do autor e/ou editor (até 15.000 caracteres com espaço).

Os trabalhos deverão ser inéditos e vir acompanhados de resumos (de até 150 palavras) em português, em inglês e numa terceira língua (espanhol, francês ou italiano) e de três a cinco palavras-chave nas três línguas em que forem feitos os resumos. O título do trabalho deve vir também em inglês.

Os autores não são submetidos a uma taxa de submissão de artigos e de avaliação.

 

Forma e preparação de manuscritos

Formato, dados do autor e referências bibliográficas

O formato dos trabalhos deve ser compatível com a plataforma Windows, e os textos devem ter margens laterais de 3 cm, corpo 12 e espaço 1,5, enviados em arquivo sem identificação do autor.
As notas de conteúdo devem vir formatadas como notas de rodapé. As referencias bibliográficas, seguirão a norma ABNT [no corpo do texto e entre parênteses: AUTOR, ano da publicação e o número da(s) página(s)]. Ao final do artigo o autor deverá listar as referências bibliográficas citadas ao longo do texto em ordem alfabética contendo nome do autor, o nome da obra ou do artigo e da obra em que está inserido, o local, a editora e a data de publicação e o número da(s) página(s), conforme os exemplos a seguir. As citações em língua estrangeira devem vir acompanhadas de tradução para o português.

É importante lembrar que o nome do autor não pode constar no texto enviado para a revista. Se o autor vier a citar a si mesmo no trabalho, deverá substituir as referências a seu nome por "autor", além de não citar o título do trabalho em questão. Em caso de aceite do artigo, essas informações deverão ser inseridas posteriormente, na etapa de revisão, juntamente com uma pequena apresentação biográfica (até seis linhas), com nome completo, titulação, instituição, cargo e publicações mais relevantes.

Exemplo de livro:
Rosa, João Gimarães. Grande Sertão: Veredas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986: 118-119.

Exemplo de artigo de livro:
Guilhaumou, J. & Maldidier, D. "Da enunciação ao acontecimento em Análise do Discurso". Em: Guimarães, E. (org.). História e sentido na linguagem. Campinas: Pontes, 1989:66.

Exemplo de artigo de periódico:
Candido, Antonio. "Literatura e sociedade", Letra no 2, Rio de Janeiro: Faculdade de Letras da UFRJ, 1984:239.

Submissões de trabalho
A revista Alea opera através do sistema Scielo de submissão online. Sendo assim, o envio dos artigos será feito exclusivamente através desta plataforma. Para que possa submeter seus trabalhos à apreciação da revista, cada autor deverá se registrar, bastando, para isso, acessar ao link:
http://submission.scielo.br/index.php/alea/user/register

Uma vez efetuado o registro, o usuário poderá enviar seus trabalhos a partir do seguinte link:
http://submission.scielo.br/index.php/alea/about/submissions#onlineSubmissions

Declaração de direito autoral
O envio dos trabalhos implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação para a revista, a qual é filiada ao sistema Creative Commons, atribuição CC-BY (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/). O autor é integralmente responsável pelo conteúdo do artigo e continua a deter todos os direitos autorais para publicações posteriores do mesmo, devendo, se possível, fazer constar a referência à primeira publicação na revista. Esta não se compromete a devolver as contribuições recebidas. Autores de artigos, resenhas ou traduções receberão um exemplar da revista.

Peer Review
Processo de avaliação cega por dois pares especialistas (double blind peer review): todos os artigos enviados são primeiramente analisados pelos editores, que decidem se vão submetê-lo ao processo de revisão por pares. Os revisores devem ser pesquisadores de renome na área e são escolhidos em função do tema do artigo, a partir de consulta aos membros do Conselho Editorial e às bases de dados do CNPq. A princípio os artigos são enviados a dois revisores, mas caso haja conflito entre os pareceres, solicita-se um terceiro parecer. A decisão final cabe aos editores.

Conflito de Interesses
Quando existe alguma relação entre os autores e qualquer entidade pública ou
privada que possa derivar algum conflito de interesse, esta possibilidade deve ser
comunicada e será informada no final do artigo.

Para outras informações, entrar em contato pelo endereço: alea.ufrj@gmail.com

 

Envio de manuscritos

Direitos

O envio dos trabalhos implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação para a revista. O autor é integralmente responsável pelo conteúdo do artigo e continua a deter todos os direitos autorais para publicações posteriores do mesmo, devendo, se possível, fazer constar a referência à primeira publicação na revista. Esta não se compromete a devolver as contribuições recebidas. Com a publicação do artigo o autor receberá dois exemplares da revista. No caso de resenhas, 1 exemplar.

Peer Review

Todos os artigos enviados são primeiramente analisados pelos editores, que decidem se vão submetê-lo ao processo de revisão por pares. Os revisores devem ser pesquisadores de renome na área e são escolhidos em função do tema do artigo, a partir de consulta aos membros do Conselho  Editorial e às bases de dados do CNPq. A princípio os artigos são enviados a dois revisores, mas caso haja conflito entre os pareceres, solicita-se um terceiro parecer. A decisão final cabe aos editores.

Conflito de Interesses

Quando existe alguma relação entre os autores e qualquer entidade pública ou privada que possa derivar algum conflito de interesse, esta possibilidade deve ser comunicada e será informada no final do artigo.

Para a remessa de trabalhos ou outras informações, entrar em contato com alea: Estudos Neolatinos no endereço abaixo.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Av. Brigadeiro Trompovsky s/n
Ilha do Fundão s/n
21941-590 Rio de Janeiro RJ Brasil


alea@letras.ufrj.br