1413-7755 versão impressa
2316-8242 versão on-line

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

Os Cadernos Nietzsche publicam exclusivamente artigos inéditos em língua portuguesa da área de Filosofia sobre o pensamento de Nietzsche. Têm assim por objetivo conter trabalhos acadêmicos, de procedência geográfica diversas, que possam contribuir para a pesquisa e a discussão de temas em torno ou a partir da filosofia nietzschiana para um público de especialistas ou de interessados em geral.

As ideias, posições e interpretações neles apresentadas são exclusivamente de responsabilidade dos autores, que por elas devem se declarar responsáveis.

Os Cadernos Nietzsche detêm os direitos autorais dos textos que publicam. Os autores têm, no entanto, sem a necessidade de autorização expressa, permissão para republicar seus textos desde que sejam mencionados os dados da publicação nos Cadernos Nietzsche.

Todos os trabalhos encaminhados são submetidos à arbitragem cega (blind referee) de dois pareceristas, podendo ser reenviados para o autor com sugestões de mudanças. Contribuições recusadas não poderão ser reapresentadas.

Os autores devem declarar no momento do envio de seus trabalhos não possuírem conflito de interesse com nenhuma instância dos Cadernos Nietzsche.

A Revista adota o sistema Ithenticate para identificação de plagiarismo.

 

Forma e preparação de manuscritos

  Informações gerais

1. Os artigos devem conter no máximo 55.000 caracteres (incluindo espaços), sendo digitados em fonte Times New Roman, com parágrafos justificados e espaçamento 1,5. Para o corpo do texto, deve-se utilizar tamanho 12.

2. Citações de até 5 linhas entram no corpo do texto. Para citações em destaque, deve-se utilizar tamanho 10 e recuo de 1,5cm à esquerda e 0,5cm à direita; para notas de rodapé, tamanho 10 e números arábicos.

3. Os termos de alfabeto não-latinos devem ser transliterados. Todos os termos ou expressões em destaque deverão estar em itálico e não em negrito.

4. Não serão aceitos trabalhos com figuras, gravuras, ilustrações ou desenhos em geral.

5. Os trabalhos devem ser precedidos de resumo (no máximo, de cem palavras), seguido de palavras-chaves (no máximo, seis). A versão em inglês do resumo (abstract) e das palavras-chaves (keywords) deve vir na sequência.

6. Os originais devem ser acompanhados do nome completo do autor, instituição a que pertence (por extenso e sigla) e endereço eletrônico.

Preparação dos manuscritos

1. As referências bibliográficas devem ser incluídas no final do artigo, limitando-se aos títulos das obras nele citadas. Devem obedecer à ordem alfabética pelo sobrenome do autor (no caso do mesmo autor, as obras devem ser elencadas da mais antiga para a mais recente).

Exemplos:
Livros:
MÜLLER-LAUTER, W. Nietzsche. Seine Philosophie der Gegensätze und die Gegensätze seiner Philosophie. Berlim/Nova York: Walter de Gruyter, 1971.

Capítulos de livros:
BORHEIM, G. A medida da liberdade. In: NOVAES, A.(org.) O avesso da liberdade. São Paulo: Cia das Letras, 2002, p.41-57.

Artigos:
MÜLLER-LAUTER, W. Décadence. Trad. Scarlett Marton. In: Cadernos Nietzsche, São Paulo, n.6, p.11-30, 1999.

MÜLLER-LAUTER, W. Le problème de l’opposition dans la philosophie de Nietzsche. Trad. Blaise Benoit. Revue philosophique, Paris, t.CXCVI, n.4, p.455-478, out.-dez. 2006.

2. As referências às obras de Nietzsche deverão ser feitas no corpo do texto, como se segue: Obra ou Fragmento Póstumo (com o ano); seção; número do aforismo, do parágrafo ou do fragmento; número do volume da KSA ou KSB ou KGW ou KGB e (depois do ponto) número da página (no tocante às edições e às siglas, ver, abaixo, a “Convenção para a citação das obras de Nietzsche”).

(As demais referências de comentadores ou outros autores às citações ou menções feitas no corpo do texto devem ir para nota de rodapé).

Exemplos:

ZA/ZA I, Da mordida da víbora, KSA 4.88
Nachlass/FP 1881, 11[143], KSA 9.496
EH/EH, Assim falava Zaratustra 6, KSA 6.343 s./f.
EH/EH, Por que sou tão esperto 10, KSA 6.297
GD/CI, Moral como contra-natureza 6, KSA 6.87
GM/GM I, 13, KSA 5.278

Convenção para a citação das obras de Nietzsche

Os Cadernos Nietzsche adotam a convenção proposta pela edição Colli/ Montinari das Obras Completas de Nietzsche. Siglas em português acompanham, porém, as siglas em alemão, no intuito de facilitar o trabalho de leitores pouco familiarizados com os textos originais.

I. Siglas dos textos publicados por Nietzsche:

I. 1. Textos editados pelo próprio Nietzsche:

GT/NT - Die Geburt der Tragödie (O nascimento da tragédia)
DS/Co. Ext. I - Unzeitgemässe Betrachtungen. Erstes Stück: David Strauss: Der Bekenner und der Schriftsteller (Considerações extemporâneas I: David Strauss, o devoto e o escritor)
HL/Co. Ext. II - Unzeitgemässe Betrachtungen. Zweites Stück: Vom Nutzen und Nachteil der Historie für das Leben (Considerações extemporâneas II: Da utilidade e desvantagem da história para a vida)
SE/Co. Ext. III - Unzeitgemässe Betrachtungen. Drittes Stück: Schopenhauer als Erzieher (Considerações extemporâneas III: Schopenhauer como educador)
WB/Co. Ext. IV - Unzeitgemässe Betrachtungen. Viertes Stück: Richard Wagner in Bayreuth (Considerações extemporâneas IV: Richard Wagner em Bayreuth)
MA I/HH I - Menschliches allzumenschliches (vol. 1) (Humano, demasiado humano (vol. 1))
MA II/HH II - Menschliches allzumenschliches (vol. 2) (Humano, demasiado humano (vol. 2))
VM/OS - Menschliches allzumenschliches (vol. 2): Vermischte Meinungen (Humano, demasiado humano (vol. 2): Miscelânea de opiniões e sentenças)
WS/AS - Menschliches Allzumenschliches (vol. 2): Der Wanderer und sein Schatten (Humano, demasiado humano (vol. 2): O andarilho e sua sombra)
M/A - Morgenröte (Aurora)
IM/IM - Idyllen aus Messina (Idílios de Messina)
FW/GC - Die fröhliche Wissenschaft (A gaia Ciência)
Za/ZA - Also sprach Zarathustra (Assim falava Zaratustra)
JGB/BM - Jenseits von Gut und Böse (Para além de bem e mal)
GM/GM - Zur Genealogie der Moral (Genealogia da Moral)
WA/CW - Der Fall Wagner (O caso Wagner)
GD/CI - Götzen-Dämmerung (Crepúsculo dos Ídolos)
NW/NW Nietzsche contra Wagner

I. 2. Textos preparados por Nietzsche para edição:

AC/AC - Der Antichrist (O anticristo)
EH/EH - Ecce homo
DD/DD - Dionysos-Dithyramben (Ditirambos de Dioniso)

II. Siglas dos escritos inéditos inacabados:

GMD/DM - Das griechische Musikdrama (O drama musical grego)
ST/ST - Socrates und die Tragödie (Sócrates e a Tragédia)
DW/VD - Die dionysische Weltanschauung (A visão dionisíaca do mundo)
GG/NP - Die Geburt des tragischen Gedankens (O nascimento do pensamento trágico)
BA/EE - Über die Zukunft unserer Bildungsanstalten (Sobre o futuro de nossos estabelecimentos de ensino)
CV/CP - Fünf Vorreden zu fünf ungeshriebenen Büchern (Cinco prefácios a cinco livros não escritos)
PHG/FT - Die Philosophie im tragischen Zeitalter der Griechen (A filosofia na época trágica dos gregos)
WL/VM - Über Wahrheit und Lüge im aussermoralischen Sinn (Sobre verdade e mentira no sentido extramoral)

III. Sigla dos fragmentos póstumos:

Nachlass/FP

IV. Edições:

KGB = Briefwechsel: Kritische Gesamtausgabe
KGW = Kritische Gesamtausgabe
KSA = Werke: Kritische Studienausgabe
KSB = Sämtliche Briefe: Kritische Studienausgabe

V. Formas de citação

Para os textos publicados por Nietzsche, o algarismo arábico indicará a seção; no caso de GM/GM, o algarismo romano anterior ao arábico remeterá à parte do livro; no caso de Za/ZA, o algarismo romano remeterá à parte do livro e a ele se seguirá o título do discurso; no caso de GD/CI e de EH/EH, o algarismo arábico, que se seguirá ao título do capítulo, indicará a seção.

Para os escritos inéditos inacabados, o algarismo arábico ou romano, conforme o caso, indicará a parte do texto.

Para os fragmentos póstumos, os algarismos arábicos, que se seguem ao ano, indicarão o fragmento póstumo.

 

Envio de manuscritos

 Os artigos devem ser enviados por via eletrônica em formato PDF conforme as especificações nas “Instruções aos autores”. E-mail da revista para envio: gen@usp.edu.br

Não há taxas para submissão e avaliação de artigos.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Cadernos Nietzsche
Rodovia Porto Seguro – Eunápolis/BA BR367 km10
45810-000 Porto Seguro – Bahia – Brasil
Tel.: (55 73)3616-3380


cdnietzsche@gmail.com