ISSN 0104-7183 versão impressa
ISSN 1806-9983 versão on-line

SOBRE A REVISTA

Atualizado:17/02/2020

 

Informações básicas

Horizontes Antropológicos (Qualis A1) é um periódico quadrimestral publicado pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil. Surgido em 1995, representa os esforços continuados deste Programa para a publicação de uma revista acadêmica de alta qualificação e abrangência internacional. Considerado uma das principais publicações brasileiras na área de Antropologia, está incluído nas bases de dados dos principais indexadores internacionais.

Seus números são temáticos, abertos à pluralidade de interpretações e de abordagens que possam interessar à Antropologia e áreas afins. Além de artigos alinhados à temática principal de cada número, Horizontes Antropológicos traz a seção Espaço Aberto, dedicada a entrevistas e artigos de excelência, escritos por pesquisadoras/es com reconhecimento internacional entre seus pares e que colaboram com a revista, preferencialmente, a convite dos editores.

Horizontes Antropológicos publica textos em português, espanhol, francês e inglês. Suas edições se dirigem à comunidade antropológica e aos demais públicos interessados nas temáticas abordadas em cada número. Todos os artigos submetidos devem ser originais/inéditos, não podendo ter sido enviados simultaneamente a outra publicação ou órgão editorial. Como norma geral, os trabalhos submetidos são apresentados para avaliação prévia dos editores e dos organizadores de cada número temático. Os artigos pré-selecionados são submetidos a consultores externos. Não há taxa para submissão e avaliação de artigos.

A revista Horizontes Antropológicos opera de acordo com os parâmetros da Ciência Aberta (http://opensciencebr.com/).

O título abreviado da revista é Horiz. antropol., forma que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.
Fontes de financiamento:
Pró-Reitoria de Pesquisa – Propesq UFRGS
Programa de Pós-graduação em Antropologia Social – PPGAS/UFRGS
Contato para suporte:

Cristiane Miglioranza
Assistente editorial
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Telefone: (51) 3308-6625
E-mail: horizontes@ufrgs.br

Histórico

Horizontes Antropológicos é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGAS/UFRGS). Idealizada pelo professor Sérgio Alves Teixeira (in memoriam), um dos fundadores do Programa, a revista lançou seu primeiro número temático em janeiro de 1995. “Gênero” concretizou um projeto de longo prazo: a edição regular de um periódico acadêmico de alta qualificação e com abrangência internacional. A consolidação do projeto foi estimulada com o apoio do Programa de Apoio à Editoração de Periódicos (PAEP), concebido em 1994 pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFRGS. O primeiro editor da revista foi Sérgio Alves Teixeira, que até fevereiro de 2020 foi seu editor honorário. Inicialmente, Horizontes Antropológicos publicava dois números temáticos por ano. A partir de 2017, essa publicação passou a ser quadrimestral.

Horizontes Antropológicos tem suas raízes em duas publicações anteriores. Uma delas é o Caderno de Estudos, editado pelo Curso de Pós-Graduação em Antropologia, Política e Sociologia, encerrado em 1989. Mimeografado, de aparência modesta e com tiragem reduzida, chegou a 14 números. A outra é o Cadernos de Antropologia, surgido em 1990 e encerrado em 1994. Com boa qualidade gráfica, capa colorida e tiragem de 200 exemplares, Cadernos teve 12 números publicados.

Entre os periódicos Qualis A1 da área de Antropologia e Arqueologia, Horizontes Antropológicos se destaca pela publicação de artigos temáticos, o que lhe permite reunir textos originais de antropólogos de diferentes países e que trabalham num mesmo tema. A combinação de publicação temática com a diversidade de idiomas (português, espanhol, francês e inglês) e com a diversidade institucional das/os autoras/es torna cada edição da revista uma referência bibliográfica. Outra singularidade é a escolha e a proposição de temas inovadores, multidisciplinares e atuais. Nesse sentido, a revista desempenha um papel ativo na renovação da área e na abertura de novos horizontes de pesquisa e de debate acadêmico. Ao lado dos editores, os organizadores dos números têm um papel fundamental na proposição de temas e na seleção dos artigos, o que confere ao periódico maior abrangência.

Embora dedicada a números temáticos, a revista mantém, por meio da seção “Espaço Aberto”, a publicação de artigos de excelente qualidade que não estão relacionados com o tema da edição. Esses artigos têm como base pesquisas de ponta e são escritos por pesquisadoras/es com reconhecimento internacional entre seus pares quanto ao domínio do tema abordado.


Avaliação de artigos

Horizontes Antropológicos trabalha com números temáticos. Os textos submetidos são inicialmente avaliados pelos editores e pelos organizadores de cada número para verificar se estão de acordo com a temática proposta, se possuem suficiente densidade teórica e se estão em conformidade com as Orientações para Autores. Os trabalhos aprovados nessa primeira fase são encaminhados a consultores externos, especialistas na área de conhecimento da pesquisa e com comprovada produção científica. As recomendações das avaliações pelos pares podem ser: "aceitar", "aceitar com modificações" e "rejeitar". Os avaliadores observam os seguintes critérios:
1. Relevância do tema abordado para a área da Antropologia;
2. Adequação do título, resumo e palavras-chave ao conteúdo;
3. Consistência da argumentação teórica; clareza do tema, dos objetivos e dos argumentos; qualidade da escrita;
4. Integração entre o aporte teórico e os dados de campo (no caso de trabalhos etnográficos);
5. Consistência, atualização e pertinência da bibliografia, da metodologia e das referências utilizadas;
6. Adequação das ilustrações e tabelas ao texto apresentado (quando for o caso).
Finalizada a avaliação pelos pares, os artigos passam pela decisão final dos editores e dos organizadores, embasada nos pareceres emitidos pelos especialistas. Possíveis controvérsias na revisão pelos pares são dirimidas conjuntamente pelos organizadores de cada número temático e pelos editores da revista.
Os resultados da avaliação são encaminhados via e-mail aos autores ao final de cada etapa. Todo o processo de avaliação, da recepção do artigo até o resultado final, leva até seis meses. A taxa média de rejeição por volume é de 65 a 75%. A publicação dos artigos aprovados segue a periodicidade da revista: janeiro, junho e setembro. Nossas edições também são disponibilizadas online no dia 10 do mês de lançamento na SciELO, na plataforma SEER e em nossos perfis nas redes sociais acadêmicas (Academia.edu, Mendeley e ResearchGate).
Ética e práticas editoriais
Horizontes Antropológicos emprega normas de conduta que definem a integridade ética das atividades científicas. Recomendamos a nossas/os autoras/es e consultoras/es externas/os a leitura das diretrizes abaixo:
Best Practice Guidelines on Publishing Ethics, https://authorservices.wiley.com/ethics-guidelines/index.html
Código de Boas Práticas em Pesquisa da FAPESP, 2014, http://www.fapesp.br/boaspraticas/
Cooperação entre Instituições de Pesquisa e Periódicos em Casos de Integridade em Pesquisa: Orientação do Comitê [Internacional] de Ética em Publicações – COPE, https://publicationethics.org/files/Research_institutions_guidelines_final.pdf
Declaração de Singapura sobre Integridade em Pesquisa, 2010, https://wcrif.org/wcri2010
Declaration on Research Assessment (DORA), https://sfdora.org/read/
Diretivas para a Integridade da Pesquisa do CNPq, 2011, http://cnpq.br/diretrizes
Guia de boas práticas para o fortalecimento da ética na publicação científica. SciELO, Versão setembro 2018, http://old.scielo.org/local/File/Guia%20de%20Boas%20Praticas%20para%20o%20Fortalecimento%20da%20Etica%20na%20Publicacao%20Cientifica.pdf
Resolução do Conselho Nacional de Saúde nº 510, de 07 de abril de 2016 – Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais, http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf
Sobre conflito de interesses: em relação às/aos consultoras/es externas/os, são considerados conflitos de interesse a existência de quaisquer fatores de índole política, religiosa, relacional ou outro que possa vir a comprometer a capacidade de emitir juízo objetivo, afetando favorável ou desfavoravelmente o tratamento imparcial dos artigos submetidos a sua revisão. Quanto às/aos autoras/es, a revista considera conflito de interesses a existência de dependência financeira e/ou profissional que possa comprometer a produção objetiva de resultados de investigação, bem como sua interpretação. Em ambos os casos, cabe à comissão editorial decidir se um caso configura propriamente conflito de interesses.

 

Divulgação

Com base em seu Plano de Comunicação, a revista desenvolve estratégias de aproximação com a comunidade científica e com o público em geral. Entre elas estão a interação via redes sociais, com a publicização de artigos, de chamadas de artigos e de lançamentos de novos números. Essas informações também são divulgadas via press releases para a imprensa especializada, entidades de classe e de pesquisa e estudantes, professores e programas de pós-graduação em Antropologia no Brasil e exterior.

Acompanhe nossas redes sociais públicas e acadêmicas:


 

Fontes de indexação

Os artigos publicados em  Horizontes Antropológicos estão indexados nas principais bases de dados, indexadores de métricas, indexadores com metadados e buscadores:

Base de Dados:

Indexadores de métricas:

Indexadores com metadados:

Buscadores:

 

Propriedade intelectual

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY.
O envio dos trabalhos implica a cessão imediata e sem ônus dos direitos de publicação para a revista, a qual é filiada ao sistema Creative Commons, atribuição CC-BY (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/). O autor é integralmente responsável pelo conteúdo do artigo e continua a deter todos os direitos autorais para publicações posteriores, devendo, se possível, fazer constar a referência à primeira publicação na revista.

A revista realiza, por meio de software copia e cola (Plagiarism Checker), a verificação de similaridade dos manuscritos recebidos para detectar trechos não devidamente citados ou situações que caracterizem plágio. Os trabalhos em não conformidade são automaticamente rejeitados.

Horizontes Antropológicos adota o modelo de Acesso Aberto e, desse modo, permite a qualquer pessoa ler ou fazer download, e copiar e disseminar para propósitos educacionais.

Horizontes Antropológicos utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivos distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Patrocinadores

A publicação recebe suporte financeiro de:

  • Programa de Apoio à Editoração de Periódicos (PAEP) da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq/UFRGS)
  • Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS/UFRGS)

 

[Home] [Corpo editorial] [Instruções aos autores] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
UFRGS - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43321, sala 205-B
91509-900 - Porto Alegre - RS - Brasil
Telefone (51) 3308-7165


horizontes@ufrgs.br