ISSN 0104-1843 versão impressa
ISSN 2179-8397 versão on-line

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

Política de Submissão e Publicação: Só serão considerados para revisão os manuscritos cujos dados não estejam sendo avaliados por outros periódicos e/ou que não tenham sido previamente publicados, exceto em resumos com menos de 400 palavras. O primeiro autor de um artigo aprovado deverá encaminhar para o endereço eletrônico rbci@sbhci.org.br, previamente à publicação, a Declaração de Transferência de Direitos Autorais (disponível em: www.rbci.org.br), assinada por ele e pelos demais autores. Os manuscritos aprovados só poderão ser reproduzidos, no todo ou em parte, com o consentimento expresso do editor da RBCI.

Especificação das áreas de interesse da publicação: Intervenção percutânea em doenças cardíacas (coronárias e não-coronárias), periféricas e cerebrovasculares. Manuscritos que exploram aspectos farmacológicos, fisiopatológicos e diagnósticos ligados à intervenção percutânea em doenças cardiovasculares também são considerados para publicação.

Tipos de artigos: Categorias de artigos aceitos para publicação estão Artigos Originais, Desenhos de Estudo, Artigos de Revisão, Relatos de Caso, Imagens em Intervenção Cardiovascular, Editoriais e Cartas ao Editor.

Relato dos procedimentos de avaliação por pares - peer review - da revista: Todos os trabalhos enviados à RBCI são inicialmente submetidos à avaliação dos editores, os quais decidem pelo envio ou não do manuscrito para revisão por pares (peer review), membros do Conselho Editorial e revisores convidados. No caso de discrepância entre os revisores, poderá ser solicitada nova opinião para melhor julgamento. Os autores têm o prazo de 30 dias para proceder às modificações solicitadas pelos revisores e ressubmeter o artigo. A não-observância desse prazo implicará a retirada do artigo do processo de revisão. O parecer inicial dos revisores é produzido, sempre que possível, no prazo de 4 semanas e o parecer final, em até 12 semanas, a contar da data de seu recebimento.

Especificação do público da revista: Profissionais com interesse nas áreas de intervenção percutânea em doenças cardiovasculares.

 

Forma e preparação de manuscritos

Todos os manuscritos devem seguir o estilo adotado pela RBCI. Subentende-se ser o primeiro autor o responsável por seguir as instruções para submissão, embora os demais autores devam estar a par dessas instruções, ter participado da elaboração do manuscrito e estar de acordo com seu conteúdo. A seguir estão descritas as instruções específicas a cada uma das categorias de artigos aceitos para publicação.

Artigo Original

Nessa categoria incluem-se estudos randomizados, estudos observacionais, registros, bem como pesquisa básica com animais de experimentação.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 5 mil palavras (incluindo referências, legendas das figuras e tabelas).
- Referências: máximo de 25.
- Tabelas e figuras: máximo de 8.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) segunda página; 3) texto; 4) referências; 5) legendas das figuras; 6) tabelas; 7) figuras.

Elementos do manuscrito:
1) Primeira página
- Título completo do manuscrito, em português e inglês.
- Nome completo dos autores e respectivas instituições às quais são afiliados (especificando cidade, estado e país), fontes de financiamento, se houver, e declaração de conflito de interesses (ver o item "Conflito de Interesses").
- Dados para contato (nome do autor responsável pela correspondência e pela aprovação das provas em PDF, endereço completo, telefone/fax e endereço eletrônico).
- Número total de palavras do manuscrito (incluindo referências, legendas das figuras e tabelas).
- Título abreviado em português (máximo de 45 caracteres).

2) Segunda página
- Resumo (máximo de 250 palavras) estruturado em 4 seções: "Introdução" (constando o racional e os objetivos do estudo), "Métodos" (breve apresentação da metodologia empregada), "Resultados" (apresentação dos resultados principais) e "Conclusões" (interpretação sucinta dos dados).
- Abstract (versão literal, em inglês, do Resumo em português) seguindo a mesma estrutura do Resumo, em quatro seções: "Background", "Methods", "Results" e "Conclusions".
- Ao final do Resumo e do Abstract, devem ser indicados de 3 a 5 descritores acompanhando o idioma, português (DESCRITORES) ou inglês (DESCRIPTORS), extraídos de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS, elaborado pela Rede BVS, disponível em: http://decs.bvs.br) e/ou de Medical Subject Headings (MeSH, elaborado pela National Library of Medicine/NLM, disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/mesh).

3) Texto
- O corpo do manuscrito deve ser subdividido nas seguintes seções: "Introdução", "Métodos", "Resultados", "Discussão", "Conclusões" e "Agradecimentos" (opcional).
- Figuras, tabelas e referências devem ser numeradas sequencialmente, respeitando a ordem de citação no texto.
- Abreviaturas poderão ser utilizadas (máximo de 6), desde que apresentadas as respectivas formas por extenso na primeira vez em que forem citadas.
- Agradecimentos (máximo de 50 palavras) podem ser feitos a pessoas que tenham colaborado intelectualmente com o trabalho, desde que não preencham os requisitos para participar da autoria, assim como a instituições que tenham oferecido apoio financeiro e/ou logístico. As pessoas citadas deverão enviar carta autorizando a inclusão de seu nome nessa seção (pela eventual implicação no endosso de dados e conclusões). Não é necessário consentimento por escrito se os agradecimentos forem feitos a membros da equipe de trabalho.

4) Referências
- As referências dos documentos impressos e eletrônicos devem ser normalizadas de acordo com o estilo Vancouver, elaborado pelo International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE), atualizado em 2009 (disponível em: http://www.icmje.org).
- A acurácia das referências é de responsabilidade do autor.
- As referências devem ser identificadas, no corpo do texto, com algarismos arábicos e sobrescritos, obedecendo à ordem de citação no texto.
- No caso de citação sequencial, apenas a primeira e a última referências devem ser mencionadas, separadas por hífen (exemplo: 3-6). Em caso de citação alternada, todas as referências devem ser mencionadas, separadas por vírgula (exemplo: 4,6,8).
- Abstracts podem ser citados desde que sejam a única fonte de informação, devendo ser identificados como [abstract] após o título. Abstracts com mais de dois anos de publicação não devem ser citados.
- Publicações com até 6 autores, devem ser citados todos os autores; publicações com mais de 6 autores, citam-se os 6 primeiros seguidos da expressão latina "et al.".
- Títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com o List of Journals Indexed for MEDLINE (disponível em: http://www.nlm.gov/tsd/serials/lji.html).
- Só serão aceitas citações de revistas indexadas ou de livros que possuam International Standard Book Number (ISBN).

Modelos de referência

a) Periódicos
- Artigo padrão
Kehat I, Molkentin JD. Molecular pathways underlying cardiac remodeling during pathophysiological stimulation. Circulation. 2010;122(25):2727-35.

- Artigo com mais de 6 autores
Freitas LZF, Feres F, Costa JR Jr, Abizaid A, Staico R, Costa R, et al. Tratamento de reestenose intrastent com o novo stent farmacológico FirebirdTM, liberador de sirolimus - resultados angiográficos e ultrassonográficos de um ano de evolução. Rev Bras Cardiol Invasiva. 2010;18(4):379-86.

- Artigo cujo autor é uma organização
National Institute of Neurological Disorders and Stroke rt-PA Stroke Study Group. Tissue plasminogen activator for acute ischemic stroke. N Engl J Med. 1995;333(24):1581-7.

- Artigo no qual o nome do autor possui designação familiar
Adams HP Jr. Ischemic cerebrovascular complications of cardiac procedures. Circulation. 2010;121(7):846-7.

Santos ECM, França Junior I, Lopes F. Qualidade de vida de pessoas vivendo com HIV/AIDS em São Paulo. Rev Saúde Pública. 2007;41 Supl 2:64-71.

- Artigo publicado eletronicamente antes da versão impressa ("ahead of print")
Leira EC, Kaldjian LC, Ludwig BR, Torner JC, Olalde HM, Hacke W, et al. Lack of International Consensus on Ethical Aspects of Acute Stroke Trials. J Stroke Cerebrovasc Dis. 2010 Aug 17. [Epub ahead of print]

b) Livros
- Livro padrão
Braunwald E, Zipes DP, Libby P, Bonow R. A textbook of cardiovascular medicine. 8th ed. Philadelphia: Saunders Elsevier; 2008.

- Capítulo de livro
Nabel EG, Nabel GJ. Gene therapy for cardiovascular disease. In: Harber E, editor. Molecular cardiovascular medicine. New York: Scientific American; 1995. p. 79-96.

- Legislação
Conselho Nacional de Saúde. Resolução n. 196, de 10 de outubro de 1996. Dispõe sobre diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Bioética. 1996;4(2 Supl):15-25.

c) Documentos eletrônicos
- Artigo de periódico na Internet
Habara M, Kinoshita Y, Suzuki T. Novel use of a local drug delivery catheter for coronary perforation. J Invasive Cardiol [Internet]. 2011 [cited 2011 Feb 6];23(1): E236-9. Available from: http://www.invasivecardiology.com/articles/novel-use-local-drug-delivery-catheter-coronary-perforation

Collet CA, Costa JR Jr, Gama FFG, Costa R, Sanchez A, Siqueira D, et al. Stent com liberação de everolimus vs. stent com liberação de zotarolimus na prática clínica do mundo real. Rev Bras Cardiol Invasiva [Internet]. 2010 [citado 2011 jan. 12];18(4):400-6. Disponível em: http://www.rbci.org.br/detalhe_artigo.asp?id=511

- Livro na íntegra (ebooks)
Kasper DL, Braunwald E, Fauci AS. Harrison's online [Internet]. 16th ed. Columbus (OH): McGraw-Hill; c2006 [cited 2006 Nov 20]. Available from: http://www.accessmedicine.com/resourceTOC.aspx?resourceID=4

- Website
Brasil. Ministério da Saúde. DATASUS. Mortalidade para causas selecionadas - 2006 [Internet]. Brasília; 2007 [citado 2010 jul. 16]. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php

5) Legendas das figuras
- Devem ser enviadas em página separada do corpo do texto.
- As abreviaturas utilizadas nas figuras devem ser mencionadas em ordem alfabética ao final de cada legenda, com as respectivas formas por extenso.

6) Tabelas
- Devem ser formatadas em Word, com espaço duplo, PB, e apresentadas em páginas separadas do corpo do texto.
- A numeração das tabelas, com algarismos arábicos, deve obedecer à ordem de citação no texto.
- A numeração da tabela deve ser seguida de breve enunciado.
- As notas de rodapé devem ser identificadas por símbolos, obedecendo à seguinte ordem: *, †, ‡, §, ¶, ||, #, **, ††, etc.
- As abreviaturas utilizadas nas tabelas devem ser mencionadas em ordem alfabética depois das notas de rodapé, com as respectivas formas por extenso.

7) Figuras - Devem ser enviadas em arquivo à parte.
- Só serão aceitas imagens nos formatos TIFF, EPS ou JPEG e com resolução mínima de 300 dpi, tanto para imagens PB como para imagens em cores. O formato GIF, normalmente utilizado em publicações na Internet, não é recomendável em impressão off-set.
- Para efeito de padronização, os gráficos devem ser obrigatoriamente em PB.
- A numeração das figuras, com algarismos arábicos, deve obedecer à ordem de citação no texto.
- Deve ser respeitado o tamanho de 8 cm ou de 17 cm para imagens que ocupem uma coluna ou duas colunas, respectivamente.
- Os símbolos utilizados nas imagens (setas, círculos, etc.) devem ser explicados nas legendas.
- Letras, números e símbolos devem seguir a mesma identidade visual (sugestão de tamanho: 9 pontos).
- Os pacientes não devem ser identificados nas figuras.
- Caso a figura tenha sido previamente publicada, deve-se citar a fonte na respectiva legenda.

Desenho de Estudo

Nessa categoria incluem-se descrições detalhadas de protocolos de estudos randomizados ou registros multicêntricos, incluindo hipótese, fundamento e métodos. Também serão considerados os desenhos de teses de doutorado. Poderão ser submetidos estudos planejados ou em andamento, que não tenham concluído ainda o recrutamento de pacientes. É necessário confirmar o status do estudo no ato da submissão. Protocolos de estudo sem a aprovação do Comitê de Ética não serão considerados. Os direitos autorais permanecerão com os autores.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 5 mil palavras (incluindo referências, legendas das figuras e tabelas).
- Referências: máximo de 25.
- Tabelas e figuras: máximo de 8.
- Sequência de apresentação: 1) primeira página; 2) segunda página (resumo e abstract estruturados em "Introdução", "Métodos" e "Conclusões"); 3) texto; 4) referências; 5) legendas das figuras; 6) tabelas; 7) figuras.

Artigo de Revisão

Nessa categoria incluem-se avaliações críticas e ordenadas da literatura sobre temas de interesse contemporâneo para os leitores. Profissionais de reconhecida experiência são convidados a escrever as revisões. Além desses artigos encomendados, a RBCI também aceita artigos de revisão enviados espontaneamente pela comunidade científica. As referências devem ser atuais, publicadas preferencialmente há no máximo cinco anos.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 5 mil palavras (incluindo referências, legendas das figuras e tabelas).
- Autores: máximo de 4.
- Referências: máximo de 50.
- Tabelas e figuras: máximo de 8.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) segunda página (resumo e abstract não estruturados, com no máximo 250 palavras cada); 3) texto; 4) referências; 5) legendas das figuras; 6) tabelas; 7) figuras.

Relato de Caso

Descrição de pacientes ou situações especiais, doenças especialmente raras, assim como formas inovadoras de diagnóstico ou tratamento. O texto é composto pelas seguintes seções: "Introdução" (situa o leitor sobre a importância do assunto e apresenta os objetivos dos relatos em questão), "Relato do Caso" e "Discussão" (abordagem dos aspectos relevantes e comparação com os dados disponíveis na literatura).

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 2 mil palavras (incluindo referências, legendas das figuras e tabelas).
- Autores: máximo de 6.
- Referências: máximo de 10.
- Tabelas e figuras: máximo de 3.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) segunda página (resumo e abstract não estruturados, com no máximo 100 palavras cada); 3) texto; 4) referências; 5) legendas das figuras; 6) tabelas; 7) figuras.

Imagem em Intervenção Cardiovascular

Publicação de imagens, incluindo angiografia, tomografia computadorizada, ressonância nuclear magnética, ultrassom intravascular e tomografia de coerência óptica, além da publicação de novas técnicas empregadas ou tratamentos inusitados na especialidade. Esse texto não permite discussão por parte dos autores, assim como a inserção de referências.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 300 palavras (incluindo legendas das figuras).
- Autores: máximo de 4.
- Figuras: máximo de 3.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) texto; 3) legendas das figuras; 4) figuras.

Editorial

Texto elaborado a convite do editor da RBCI, não sendo aceitos editoriais enviados espontaneamente.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de mil palavras (incluindo legendas das figuras, tabelas e referências).
- Autores: máximo de 3.
- Referências: máximo de 10.
- Tabelas e figuras: máximo de 2.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) texto; 3) referências; 4) legendas das figuras; 5) tabelas; 6) figuras.

Carta ao Editor

Correspondência de conteúdo científico relacionada a artigos publicados na RBCI há no máximo três meses será avaliada para publicação. Os autores do artigo citado serão convidados a responder.

Estrutura do manuscrito:
- Configuração da página: espaço de 1,5 linha, margens de 2,5 cm e numeração nas páginas.
- Manuscrito: máximo de 400 palavras (incluindo referências).
- Autores: máximo de 3.
- Referências: máximo de 5.
- Tabelas e figuras: não são permitidas.
- Sequência de apresentação dos elementos do manuscrito: 1) primeira página; 2) texto; 3) referências.

 

Envio de Manuscritos

Os manuscritos devem ser submetidos no Sistema de Gestão de Publicação (SGP), acessível em Submissão Online no website da RBCI (www.rbci.org.br). O SGP é um sistema que permite a submissão de trabalhos e processo de revisão pelo corpo editorial, de forma totalmente informatizada, pela web. É crucial que o autor que submete trabalhos no SGP tenha cadastrado um e-mail que seja acessado freqüentemente, pois todas as confirmações e avisos referentes ao processo, aprovação ou recusa do trabalho serão enviados por e-mail. Caso o autor troque de e-mail, poderá atualizar esta informação na seção "Dados Cadastrais", na navegação do topo.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista - SBHCI
R. Beira Rio, 45 - Conj. 74, 04548-050
São Paulo, SP - Brazil
Tel.: +55 (11) 3849-5034
Fax: +55 (11) 4081-8727


sbhci@sbhci.org.br