ISSN 1413-7739 versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A Revista Brasileira de Oceanografia destina-se a divulgar textos de literatura científica no campo da Oceanografia, e demais ciências a ela relacionadas, classificados nas seguintes categorias: a) Trabalho original; b) Notas; c) Revisão de conjunto ou atualização.

 

Forma e preparação de manuscritos

Normas Gerais

Os trabalhos devem ser inéditos e destinar-se exclusivamente à Revista Brasileira de Oceanografia (Brazilian Journal of Oceanography). Os trabalhos deverão ser redigidos em inglês. O manuscrito se aceito para publicação, e o padrão lingüístico não for satisfatório, a Comissão Editorial solicitará ao autor para que o encaminhe para uma revisão por especialista qualificado.
Os trabalhos destinados à categoria:

    a) Trabalho original - 30 páginas, incluindo as ilustrações.
    b) Notas - 7 páginas no máximo, incluindo as ilustrações.
    c) Revisão de conjunto ou atualização - 50 páginas no máximo, incluindo ilustrações.

Estrutura do trabalho original

No preparo do trabalho original deverá ser observada, sempre que possível, a estrutura convencional dos artigos científicos na seguinte ordem: título, autor(es), "abstract", resumo em português, descritores, introdução, material e métodos, resultados, discussão, agradecimentos e referências bibliográficas.

Título - Deve ser breve e indicativo da exata finalidade do trabalho; no caso de ser necessário título longo, recorrer a subtítulo; versão do título para o inglês. Deve ser indicado o título corrente (running head).

Autores - Nome(s) do(s) autor(es), com a respectiva filiação científica (entidade à qual estão vinculados e endereço para correspondência).

Abstract - Em inglês, localizado entre o título e o texto, com no máximo 200 palavras, sem o emprego de parágrafos. Consiste em resumo breve do conteúdo do artigo; deve ser conciso e claro, ressaltando os resultados mais importantes.

Resumo - Em português, localizado após o Abstract, com no máximo 200 palavras, sem o emprego de parágrafos. Deve ser breve, conciso e claro, ressaltando os resultados mais importantes.

Descritores - O número de Descritores deve ser no máximo 8, em português e inglês.

Introdução - Deve estabelecer com clareza o objetivo do trabalho, relacionando-o com outros do mesmo campo e apresentando de forma sucinta, a situação em que se encontra o problema investigado. Extensas revisões de literatura devem ser substituídas por referências aos trabalhos mais recentes, onde tais revisões tenham sido apresentadas.

Material e métodos - A descrição dos métodos usados deve limitar-se ao suficiente, para possibilitar a perfeita compreensão dos mesmos; processos e técnicas já descritos em outros trabalhos, devem ser referidos somente por citação, a menos que tenham sido consideravelmente modificados.

Resultados - Devem ser apresentados com clareza e sempre que necessário, acompanhados de tabelas e material ilustrativo adequados. Os dados numéricos devem ser apresentados em tabelas ou figuras.

Discussão - Deve restringir-se à avaliação dos resultados obtidos e de suas possíveis causas e conseqüências, relacionando as novas contribuições aos conhecimentos anteriores. Evitar hipóteses ou generalizações não baseadas nos resultados dos trabalhos.

Agradecimentos - Quando necessários, devem ser mencionados antes das referências bibliográficas.

Referências bibliográficas - Devem ser ordenadas alfabeticamente por sobrenome do autor, sendo consideradas apenas as referências mencionadas no texto. As referências devem ser completas, incluindo as iniciais dos nomes dos autores citados, ano de publicação, título completo do artigo, volume, fascículo e número de páginas (iniciais e finais). Títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com o "World list of science periodicals". Para a citação de livros, deve ser mantida a seqüência: autor(es), ano de publicação, título completo do livro, edição (a partir da segunda), local de publicação, casa publicadora (editora comercial), número total de páginas ou volume (se mais de um na coleção). A seguir alguns exemplos:

Artigo de periódico:
Gray, J.S. 1974. Animal-sediment relationships. Oceanogr. mar. Biol. a. Rev., 12:223-261.

Livro:
Orth, R. J. 1977. The importance of sediment stability in seagrass communities. In: Coull, B.C., ed. Ecology of marine benthos. Columbia, Univ. South Carolina Press. p. 281-300.
Zar, J. H. 1984. Biostatistical analysis. 2nd. ed. Englewood Cliffs, N.J., Prentice Hall. 718p.

Relatório:
Sondotécnica/INPH. 1977. Comportamento hidráulico e sedimentológico do Estuário Santista. Relatório Técnico. 2v.

Obs.: Não serão aceitas referências bibliográficas de trabalhos não publicados, teses, dissertações e resumos de eventos. Excepcionalmente podemos considerar no máximo 2 citações de trabalhos não publicados a critério do editor.


Ilustrações: Todo material ilustrativo (gráficos, fotografias, desenhos, mapas) deve ser designado no texto como Figuras. Devem ter numeração seqüêncial , em algarismos arábicos. As legendas deverão ser datilografadas em folha a parte. As ilustrações deverão ser identificadas, com a indicação do nome do autor e título abreviado do artigo. Os desenhos devem ser feitos em papel branco ou vegetal (sem dobras), com tinta nanquim ou utilizar impressora de boa qualidade. As letras e números das figuras devem ser suficientemente grandes para que permitam uma redução que não os tornem ilegíveis. O mesmo tipo de letra deve ser adotado para todas as figuras. As fotografias devem ser bem nítidas e contrastadas. Ilustrações em cores não serão aceitas.

Tabelas - Devem ser numeradas consecutivamente, com algarismos arábicos, ter título e se necessário legenda, prescindindo do texto para a sua compreensão.

Preparação eletrônica do texto

Ao preparar um trabalho, a apresentação geral deverá ser a mais legível possível, evitando o uso das opções de justificação, hifenização, símbolos, etc., do processador de texto utilizado.
As tabelas e figuras devem ser submetidas em arquivos diferentes daquele do texto, com nomes de fácil interpretação. No texto principal, deverá ser indicada, aproximadamente, a localização de cada figura ou tabela, pelo uso do nome do arquivo em disco e/ou legenda correspondente no manuscrito. As tabelas deverão ser editadas no mesmo processador usado no texto principal.

Processadores de textos - É aceito o seguinte processador de texto: Microsoft Word.

Formatos para figuras e fórmulas - Figuras e fórmulas eletronicamente submetidas deverão ser encaminhadas em arquivos separados no formato MS Windows. Na impossibilidade do uso deste, os arquivos deverão ser gravados na forma binária.

Separatas

Os autores receberão gratuitamente 50 separatas; separatas adicionais poderão ser solicitadas por ocasião da revisão da prova, a preço de tabela.

NOTAS

    Os trabalhos destinados à categoria b devem seguir estruturas:
    Título e nome dos autores
    Texto - Poderá incluir ilustrações e tabelas.
    Agradecimentos
    Referências bibliográficas

REVISÃO DE CONJUNTO OU ATUALIZAÇÃO

Os trabalhos destinados à categoria c devem seguir a seguinte estrutura:

    Título e nome dos autores
    Abstract
    Resumo
    Texto - poderá incluir ilustrações e tabelas
    Agradecimentos
    Referências bibliográficas

 

Envio de manuscritos

Instituto Oceanográfico da USP
Praça do Oceanográfico, 191 - Butantã
05508-120 - São Paulo - SP - Brasil

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo
Praça do Oceanográfico, 191 - Butantã
Cep: 05508-120- São Paulo - Brasil
Tel: 11-3091-6513
Fax: 11-3032-3092


amspires@usp.br