ISSN 1516-4446 versão impressa
ISSN 1809-452X versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A Revista Brasileira de Psiquiatria é uma publicação trimestral cujo objetivo é publicar manuscritos originais de todas as áreas de psiquiatria, incluindo saúde pública, epidemiologia clínica, ciência básica e problemas de saúde mental. Os artigos devem ser escritos em língua inglesa.

Estas instruções foram escritas com base nos Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals: Writing and Editing for Biomedical Publications, documento produzido e atualizado pelo International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE). O texto original está disponível no endereço http://www.icmje.org/.

A Revista Brasileira de Psiquiatria apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do ICMJE, reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informações sobre estudos clínicos, em acesso aberto. Sendo assim, seguindo as orientações da BIREME/OPAS/OMS para a indexação de periódicos na LILACS e SciELO, somente serão aceitos para publicação artigos de pesquisas clínicas que tenham sido cadastrados em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE (endereços disponíveis no site http://www.icmje.org/faq_clinical.html; um registro brasileiro também está disponível no endereço http://www.ensaiosclinicos.gov.br/). O número de identificação do registro deverá ser informado ao final do resumo.

Processo de revisão por pares

A seleção de manuscritos para publicação é baseada em sua originalidade, relevância do tema, qualidade metodológica e observação das normas editoriais aqui descritas. Todos os manuscritos considerados para publicação são submetidos ao processo de revisão por avaliadores externos anônimos. Sempre que possível, uma decisão editorial (aceitação, necessidade de revisões ou recusa) será feita em até um mês após a submissão.

 

Preparo do manuscrito

A Revista Brasileira de Psiquiatria publica artigos originais, comunicações breves, artigos de revisão, artigos de atualização, editoriais e cartas ao Editor. Sugere-se consultar um número recente da revista para verificar estilo e formato dos artigos. O texto deve ser escrito utilizando espaço duplo, com margens amplas.

Artigos originais, artigos de revisão, artigos de atualização e comunicações breves devem seguir o formato descrito a seguir.

Folha de rosto: Título completo, nomes dos autores, seus departamentos e instituições, incluindo cidade e país de origem. Deve-se incluir também um título abreviado com até 50 caracteres (caracteres e espaços). O nome completo, telefone, fax, e-mail e endereço completo do autor correspondente devem ser informados.

Página 2: Deve conter um resumo estruturado com até 200 palavras, contendo as seguintes seções: Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusão. Devem ser incluídas de três a cinco palavras-chave selecionadas a partir dos Descritores em Ciência da Saúde (DeCS).

Texto principal: A Introdução deve ter entre uma e três páginas (não deve incluir uma revisão extensa da literatura) e deve finalizar com uma frase que anuncie claramente os objetivos do estudo. A seção de Métodos deve incluir informações detalhadas sobre o desenho do estudo, o ambiente de pesquisa, participantes, desfechos clínicos de interesse, análises estatísticas, registro de ensaio clínico, aprovação pelo comitê de ética e procedimentos de obtenção de consentimento informado (deve-se evitar referências a desenhos, métodos ou materiais descritos em outros artigos publicados). Os Resultados devem ser claros; não é permitida a repetição de dados no texto e em tabelas/figuras. A Discussão não deve incluir uma seção à parte chamada Conclusão; as conclusões do estudo devem ser apresentadas no último parágrafo do texto.

Agradecimentos: Deve incluir informações sobre bolsas, financiamento e outros tipos de apoio ao estudo. Alguns autores podem desejar prestar agradecimentos a colaboradores que contribuíram de forma significativa para o manuscrito porém não preenchem critérios de autoria. Obter permissão das pessoas citadas é responsabilidade do autor.

Declaração de conflitos de interesse: Cada autor deve declarar potenciais conflitos de interesse em geral, e não apenas relacionados ao presente estudo. Exemplos incluem empregos/cargos atuais ou passados, verbas de pesquisa recebidas, honorários de palestrante, participação acionária, serviço prestado como consultor ou conselho consultivo de organizações, entre outros. Estudos que, de alguma forma, envolvam empresas farmacêuticas ou outras entidades privadas ou públicas devem descrever claramente o papel dessas organizações no estudo. Além disso, se o estudo, de alguma forma, investiga compostos farmacêuticos, a declaração de conflitos de interesse deve incluir informações sobre quem ou que instituições realizaram as análises estatísticas, além de um e-mail para a possível obtenção do protocolo.

Lista de referências: As referências devem ser limitadas ao menor número possível e devem ser numeradas consecutivamente na ordem em que aparecem no texto, conforme o sistema Vancouver. Recomendamos o uso de ferramentas como Reference Manager ou Endnote para apoiar a organização e formatação das referências. As referências no texto, em tabelas e em legendas devem ser identificadas utilizando algarismos arábicos sobrescritos. Referências citadas apenas em tabelas ou figuras devem ser numeradas levando em consideração a primeira citação dos itens no texto.

O estilo apresentado nos exemplos abaixo deve ser observado. Para incluir manuscritos aceitos, porém ainda não publicados, deve-se informar o título abreviado da revista seguido de (in press). Artigos publicados eletronicamente, mas ainda não disponíveis em forma impressa, devem ser identificados por seu número de DOI. Informações sobre manuscritos ainda não aceitos devem ser citadas no texto apenas, como comunicação pessoal. A exatidão das referências é responsabilidade dos autores. Os títulos das revistas devem ser abreviados conforme o Index Medicus.

Exemplos:

Artigo de revista padrão: Listar todos os autores quando forem seis ou menos. Quando forem sete ou mais, listar os primeiros seis e acrescentar "et al.". Coelho FM, Pinheiro RT, Silva RA, Quevedo LA, Souza LD, Castelli RD, et al. Major depressive disorder during teenage pregnancy: socio-demographic, obstetric and psychosocial correlates. Rev Bras Psiquiatr. 2013;35:51-6.

Livro: Gabbard GO. Gabbard’s treatment of psychiatric disorders. 4th ed. Arlington: American Psychiatric Publishing; 2007.

Capítulo de livro: Kennedy SH, Rizvi SJ, Giacobbe P. The nature and treatment of therapy-resistant depression. In: Cryan JF, Leonard BE, editors. Depression: from psychopathology to pharmacotherapy. Basel: Karger; 2010. p. 243-53.

Dissertações e teses: Trigeiro A. Central nervous system corticotropin releasing factor (CRF) systems contribute to increased anxiety-like behavior during opioid withdrawal: an analysis of neuroanatomical substrates [dissertation]. San Diego: University of California; 2011.

Tabelas e figuras: Todas as figuras e tabelas devem esclarecer/complementar (e não repetir) o texto, e devem ser limitadas ao menor número possível. Todas as ilustrações devem ser submetidas em páginas separadas, de acordo com sua ordem de aparecimento no texto, e devem ser numeradas consecutivamente utilizando algarismos arábicos. Todas as tabelas e figuras devem incluir legendas descritivas e a definição de abreviações utilizadas. Qualquer tabela ou figura extraída de trabalhos já publicados deve ser acompanhada de uma autorização por escrito do atual detentor dos direitos autorais, já no momento da submissão.

Siglas, abreviaturas e símbolos: Todas as siglas e abreviaturas devem ser definidas (expressas por extenso) na primeira ocorrência e também nas legendas de tabelas e figuras. Todas as unidades devem ser apresentadas conforme o sistema métrico. O uso de algarismos romanos deve ser evitado.

Material suplementar on-line

A Revista Brasileira de Psiquiatria não publica material suplementar on-line.

Tipos de artigos publicados

Artigos originais: Devem descrever de forma completa, mas tão concisa quanto possível, os resultados de pesquisa original, incluindo informações relevantes para aqueles que desejarem reproduzir o estudo ou avaliar seus resultados e conclusões. Artigos originais não devem ultrapassar 5.000 palavras, sem contar tabelas, figuras e referências.

São permitidas, no máximo, seis tabelas ou figuras e 40 referências. O texto deve ser organizado utilizando as seções Introdução, Métodos, Resultados e Discussão. As implicações clínicas e as limitações do estudo devem ser explicitadas. Ensaios clínicos randomizados devem ter sido cadastrados em bases de dados on-line (o número de identificação do registro deve ser informado ao final do resumo).

Comunicações breves: São manuscritos originais, porém mais curtos, abordando temas de interesse na área da psiquiatria, com resultados preliminares ou de relevância imediata. Esses artigos devem ter até 1.500 palavras, uma tabela ou figura e 15 referências.

Artigos de revisão: Esses artigos são preferencialmente escritos por experts no tópico abordado e a convite dos Editores. Consistem em avaliações sistemáticas e críticas da literatura e fontes de dados, com o objetivo de revisar e avaliar criticamente o conhecimento existente sobre um determinado assunto, além de comentar sobre estudos conduzidos por outros autores. A estratégia de busca e seleção de artigos (incluindo os critérios de inclusão e exclusão) deve ser descrita em detalhe. Artigos de revisão devem ter até 6.000 palavras, excluindo tabelas, figuras e referências. O número total de tabelas e figuras não deve ultrapassar seis.

Artigos de atualização: Esses artigos abordam informações atuais relevantes à prática clínica e são menos abrangentes que artigos de revisão. Artigos de atualização devem ter até 2.000 palavras e 30 referências.

Editoriais: Comentários críticos e aprofundados feitos a convite dos editores ou escritos por pessoa com autoridade reconhecida no assunto. Editoriais não devem ultrapassar 900 palavras e cinco referências. Uma folha de rosto deve ser incluída, conforme descrito acima.

Cartas ao Editor: Cartas podem conter relatos de casos pouco usuais, comentários sobre temas científicos relevantes, avaliação crítica da política editorial da revista ou opiniões sobre conteúdo publicado na revista. Cartas devem ter no máximo 500 palavras, uma tabela, uma figura e cinco referências.

Transferência de direitos autorais (copyright)

Autores de artigos aceitos devem complementar o Copyright Transfer Agreement apresentado abaixo e enviá-lo para o e-mail editorial@abpbrasil.org.br. A fim de evitar atrasos na publicação, o formulário assinado deve ser enviado à equipe de produção assim que um manuscrito é aceito para publicação (não é necessário enviá-lo na submissão). A produção do artigo só será iniciada após o recebimento do formulário assinado.

Copyright Transfer Agreement

I, the undersigned author, certify that I and all other co-authors of the manuscript no. _________________, entitled submitted for publication in Revista Brasileira de Psiquiatria, have participated sufficiently in the intellectual content, data analysis, and writing of the manuscript, and take public responsibility for it. Also, I and each of the co-authors have reviewed the final version of the manuscript, believe it represents valid work, and approve it for publication. On behalf of all coauthors, I certify that the manuscript has not been previously published or accepted for publication, nor is it currently under consideration for publication elsewhere, either in whole or in part.

Finally, I do hereby agree to transfer copyright of above mentioned article Associação Brasileira de Psiquiatria. I am aware that all the contents of the journal, except where otherwise noted, are licensed under a Creative Commons License, meaning that materials may be copied, distributed, transmitted, and adapted for noncommercial purposes only, provided the original source is cited. I am also aware that the reproduction of accepted articles in whole or in part is forbidden without written permission from the editors.

 

Envio do manuscrito

A Revista Brasileira de Psiquiatria utiliza o sistema eletrônico de submissão ScholarOne Manuscripts (http://mc.manuscriptcentral.com/rbp). Um registro (login e senha) é necessário no primeiro acesso, antes da submissão. Em caso de dificuldades com o sistema, favor enviar um e-mail para editorial@abpbrasil.org.br.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Associação Brasileira de Psiquiatria
Rua Pedro de Toledo, 967 casa 1
04039-032 São Paulo SP Brasil
Tel.: +55 11 5081-6799
Fax: +55 11 5579-6210


editorial@abpbrasil.org.br