ISSN 1806-0013 versão impressa
ISSN 2317-6393 versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A Revista Dor Pesquisa Clínica e Terapêutica (Rev Dor) (ISSN-1806-0013) é a revista médica da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), publicação trimestral, que tem como objetivo divulgar artigos científicos que contribuam para o conhecimento do estudo da dor e atualização dos profissionais relacionados à saúde.

Editoriais

Os editoriais são elaborados pelo editor ou a seu convite e serão publicados na revista da edição atual (limites máximos: 1.000 palavras, título, 2 figuras ou tabelas no total e 10 referências).

Artigos Originais

Artigos originais apresentam experimentos completos com resultados nunca publicados (limites máximos: 3.000 palavras, título, resumo estruturado, 7 figuras ou tabelas no total e 40 referências). A avaliação dos manuscritos enviados seguirá as prioridades de informação nova e relevante comprovada em estudo com metodologia adequada.

Não serão aceitos manuscritos com conclusões especulativas, não comprovadas pelos resultados ou baseadas em estudo com metodologia inadequada.

Relatos de Casos

Relatos de casos ou séries de casos serão considerados para publicação se descrever achados com raridade e originalidade, ou quando o relato apresentar respostas clínicas ou cirúrgicas que auxiliem na elucidação fisiopatológica de alguma doença (limites máximos: 3.000 palavras, título, resumo estruturado, 4 figuras ou tabelas no total e 10 referências).

Manuscritos de revisão

Manuscritos de revisão são de demanda espontânea, ou por convite (limites máximos: 4.000 palavras, título, resumo estruturado, 8 figuras ou tabelas no total de 70 referências).

 

Processo Editorial

Para que o manuscrito ingresse no processo editorial, é fundamental que todas as exigências das instruções aos autores tenham sido cumpridas. A secretaria editorial comunicará inadequações no envio do manuscrito. Após a notificação, o autor correspondente terá o prazo de 20 dias para adequação do seu manuscrito. Todos os manuscritos serão submetidos a dois (2) a quatro (4) revisores com prazo de 20 dias para avaliação. Aos autores serão solicitadas garantias que nenhum material infrinja direito autoral existente, ou direito de uma terceira parte.

Os manuscritos ao serem recebidos estarão sujeitos a correções ou modificações de padronização editorial, sem alteração do conteúdo do estudo. Quando não aceitos, os manuscritos serão devolvidos no formato original, com a justificativa do editor.

O manuscrito para publicação será encaminhado ao autor em PDF para correções tipográficas e devolução no prazo de cinco (5) dias. Se acarretar atraso na devolução da prova gráfica, ao Editor reserva-se o direito de publicar, independente da correção final.

INFORMAÇÕES GERAIS

Os artigos deverão ser enviados para o e-mail: revista-dor-contato@dor.org.br, exceto o documento de Cessão de Direitos Autorais disponível no portal: http://www.dor.org.br, devidamente assinado pelo(s) autor(es), que deverá ser encaminhado por correio convencional para o endereço da Sociedade (Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 937 – Cj. 2 - Vila Mariana - 04014-012, São Paulo, SP). No corpo do e-mail deve constar a exclusividade para publicação na Rev Dor, caso o artigo seja aprovado. Os artigos poderão ser enviados em português, inglês e espanhol, porém a publicação impressa será somente em português e a publicação eletrônica em português e inglês. Os autores têm a responsabilidade de decla­rar conflitos de interesses financeiros e outros; bem como agradecer todo o apoio financeiro ao estudo.

Aprovação para Publicação

Quando aceitos, estarão sujeitos a pequenas correções ou modificações de padronização editorial, que não alterem o estilo do autor. Eventuais modificações na forma, estilo ou interpretação só ocorrerão após prévia consulta.

Correção Final

Os artigos para publicação serão encaminhados ao autor em PDF, para as correções cabíveis e devolução no máximo em uma semana. Se houver atraso na devolução da prova gráfica, o Editor reserva-se o direito de publicar, independentemente da corre­ção final. Será enviado ao autor cujo endereço eletrônico foi indicado para correspondência, ficando o mesmo responsável pela apreciação final da matéria, estando os demais de acordo com a sua publicação.

FORMAS DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

Título: O título do artigo deve ser curto, claro e conciso para facilitar sua classificação. Quando necessário, pode ser usado um subtítulo. Deve ser enviado em português e inglês.

Autor(es): O(s) nome(s) completo(s) do(s) autor(es) e suas afiliações à Instituições, endereço, fone, fax e endereço eletrônico. Indicar a instituição onde o estudo foi realizado. Agradecimentos a outros colaboradores poderão ser citados no final, antes das referências.

Resumo: Deverá conter no máximo 250 palavras e elaborado de for­ma estruturada.

Para artigos de Pesquisa e Ensaios Clínicos destacar: Justificativa e Objetivos, Métodos, Resultados e Conclusão.

Para os relatos de casos destacar: Justificativa e Objetivos, Relato do Caso e Conclusão.

Para artigos de revisão destacar: Justificativa e Objetivos, Conteúdo e Conclusão.

Para todos os manuscritos indicar cinco (5) descritores. Recomenda-se a utilização dos Descritores em Ciências da Saúde – DeCS disponível em: http://decs.bvs.br

Abstract: A versão do resumo para o inglês será feita por tradutor especializado da Rev Dor.

ARTIGOS DE PESQUISA E ENSAIOS CLÍNICOS

A submissão de artigo de pesquisa relatando pesquisa experimental em humanos ou animais implica que os autores obtiveram aprovação do Comitê de Ética apropriado, e estão em concordância com a Declaração de Helsinque. Uma declaração deste efeito precisa estar incluída no capítulo “Métodos”.

Nomes genéricos dos fármacos devem ser usados. Quando nomes comerciais são usados na pesquisa, estes nomes devem ser incluídos entre parênteses no capítulo “Métodos”.

Deve ser estruturado da seguinte forma:

Introdução - esta sessão deve ser escrita do ponto de vista dos pes­quisadores sem conhecimento de especialista na área e deve claramente oferecer - e, se possível, ilustrar – a base para a pesquisa e seus objetivos. Relatos de pesquisa clínica devem, sempre que apropriado, incluir um resumo da pesquisa da literatura para indicar porque o estudo foi necessário e o que o estudo visa contribuir para o campo. Esta sessão deve terminar com uma breve declaração do que está sendo relatado no artigo.

Métodos - deve incluir o desenho do estudo, o cenário, o tipo de parti­cipantes ou materiais envolvidos, a clara descrição das intervenções e comparações, e o tipo de análise usado, incluindo o poder de cálculo, se apropriados.

Em artigos originais deve-se informar o nº do processo e o ano do Comitê ou Comissão de Ética da Instituição.

Resultados - Os resultados da análise estatística devem incluir, quando apropriado, riscos relativo e absoluto ou reduções de risco, e intervalos de confiança.

Discussão - Essa seção pode ser dividida em subtítulos com leituras curtas e informativas.

Conclusão - Deve discorrer claramente as conclusões principais da pesquisa e fornecer uma clara explicação da sua importância e relevância.

Referências - Não deve exceder a 15 referências.

Figuras e tabelas: devem ser enviadas separadas do texto principal do artigo.

RELATOS DE CASOS

Relatos de casos clínicos referentes ao estudo e terapêutica da dor devem ser estruturados da seguinte forma:
Introdução, Relato do Caso, Discussão e Referências.

ARTIGOS DE REVISÃO

É um artigo de síntese, de assuntos bem estabelecidos, com análise crítica das referências consultadas e conclusões, revisões sistemáticas referentes ao estudo e terapêutica da dor. Devem conter não mais que 2000 palavras.
Deve ser estruturado da seguinte forma:

Introdução, Conteúdo, Conclusão e Referências. Não deve exceder a 40 referências.

INSTRUÇÕES PARA OS AUTORES DE CARTAS

Damos boas vindas a comentários em qualquer artigo publicado na revista. Elas usualmente não são revisadas, mas, ocasionalmente, podem-se convidar respostas às cartas para publicação no mesmo número da revista. Preferem-se cartas com menos de 400 palavras e que contenham cinco ou menos referências (a primeira delas a ser referida deve ser o artigo da Rev Dor ao qual a carta se refere). Os autores devem também providenciar seus dados e endereço completo (incluindo telefone, fax, e e-mail). Todas as cartas são editadas e en­viadas para os autores antes da publicação.

Referências: Não deve exceder a 30 referências.

Abreviações:

Por favor, lembre que, apesar de muitos de nossos leitores serem especialistas, eles podem não ser especialistas na sua área e, assim é necessário explicar toda a terminologia e acrônimos a primeira vez que eles são usados no texto deverão ser escritos por extenso, precedida da sigla entre parêntesis, a seguir mencionar somente a sigla.

REFERÊNCIAS

A Revista Dor adota as normas de Vancouver para referência dos artigos e a apresentação deve estar baseada no formato proposto pelo International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE), conforme os exemplos abaixo.

Os títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com o estilo apresentado pela List of Journal Indexed in Index Medicus, da National Library of Medicine. Consulta no site: List of Journal Indexed in Index Medicus
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/journals

Citar para as referências os primeiros seis (6) autores e a seguir et al.

Formatação proposta pelo ICMJE
http://www.wma.net/en/30publications/10policies/b3/index.html

Exemplos de Referências

Artigos de Periódicos

Duggirala S, Lee BK. Optimizing cardiac resynchronization therapy for congestive heart failure. Curr Probl Cardiol. 2013;38(6):215-37.

Mais de seis (6) autores

Pinto RZ, Maher CG, Ferreira ML, Hancock M, Oliveira VC, McLachlan AJ, et al. Epidural corticosteroid injections in the management of sciatica: a systematic review and meta-analysis. Ann Intern Med. 2012;157(12):865-77.

Artigo com suplemento:

Adedapo KS, Fadiji IO, Orunmuyi AT, Onimode Y, Osifo BO.Radioactive iodineablation therapy: a viable option in the management of Graves' disease in Nigeria. Afr J Med Med Sci. 2012; 41 Suppl:193-6.

Artigo com errata:

Gujral H, Tea C, Sheridan M. Evaluation of nurse's attitudes toward adult patients of size. Surg Obes Relat Dis. 2011; 7(4):536-40. Erratum in: Surg Obes Relat Dis. 2012;8(1):129-30.

Livro:

Doyle AC, (editor.) Biological mysteries solved. 2nd ed. London: Science Press; 1991. p. 477.80.

Capítulo de livro:

Lachmann B, van Daal GJ. Adult respiratory distress syndrome: animal models. In: Robertson B, van Golde LMG, (editors). Pulmonary surfactant. Amsterdam, 2nd ed. Batenburg: Elsevier; 1992. p. 635-63.

Ilustrações

É obrigatória a sua citação no texto. Enumerar figuras e tabelas em algarismos arábicos, elas deverão conter título e legenda. Indicar no texto, o local preferencial de entrada de cada ilustração (Entra Figura x, por exemplo). Usar fotos em branco e preto. As fotos só devem ser usadas se forem essenciais para o bom enten­dimento do texto e o seu número não deve exceder a três. O mesmo resultado não deve ser expresso por mais de uma ilustração. Sinais gráficos utilizados nas tabelas ou figuras devem ter sua correlação mencionada no rodapé. Figuras e tabelas devem ser envia­das separadas do texto principal do artigo.

Uso de Recursos Digitais:

Texto em formato DOC; figuras em barras ou linhas deverão ser encaminhados em Excel (extensão XLS) (Figura 1, por exemplo). Fotos ou outras figuras deverão ser digitalizadas com resolução mínima de 300 DPI, em formato JPEG. Não inserir ilustrações no corpo do texto, cada ilustração deve ter arquivo individual. O nome do arquivo deve expressar o tipo e a numeração da ilustração (Figura 1, Tabela 2, por exemplo). Títulos e legendas das ilustrações, devidamente numerados, devem estar no arquivo de texto. Cópias ou reproduções de outras publicações serão permitidas apenas mediante a anexação de autorização expressa da Editora ou do Autor do artigo de origem.

Ética:

Ao relatar experimentos com seres humanos, indique se os procedimentos seguidos estavam de acordo com os padrões éticos do Comitê responsável pela experimentação humana (institucional ou regional) e com a Declaração de Helsinque de 1975, tal como re­vista em 1983.

Registro de Ensaio Clínico:

A Rev Dor respeita as políticas da Organização Mundial de Saúde e da Comissão Internacional de Editores de Revistas Médicas (ICMJE - International Committee of Medical Journal Editors) para registro de estudos clínicos, reconhecendo a im­portância dessas iniciativas para a disseminação internacional de informações sobre pesquisas clínicas com acesso aberto. Assim, a partir de 2012, terão preferência para publicação os artigos ou estudos registrados previamente em uma Plataforma de Registros de Estudos Clínicos que atenda aos requisitos da Organização Mundial de Saúde e da Comissão Internacional de Editores de Revistas Médicas. A lista de Plataforma de Registros de Estudos Clínicos se encontra no site http://www.who.int/ictrp/en, da International Clinical Trials Registry Platform (ICTRP). Entre elas está o Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos (ReBEC), que é uma plataforma virtual de acesso livre para registro de estudos experimentais e não experimentais realizados em seres humanos, em andamento ou finalizados, por pesquisadores brasileiros e estrangeiros, que pode ser acessada no site http://www.ensaiosclinicos.gov.br. O número de registro do estudo deve ser publicado ao final do resumo.

Uso de Abreviações:

O uso de abreviações deve ser mínimo. Quando expressões extensas devem ser repetidas, recomenda-se que suas iniciais maiúsculas as substituam após a sua primeira menção no texto. Esta deve ser seguida das iniciais entre parênteses. Todas as abreviações inferidas em tabelas e figuras deverão conter o seu significado no rodapé.

A qualidade das figuras é de responsabilidade dos autores.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 937
Conj. 2 - Vila Mariana, 04014-012 - São Paulo - SP, Brasil
Tel.: 11 - 5904-3959
Fax: 11 - 5904-2881


dor@dor.org.br