ISSN 1980-8585 versão impressa
ISSN 2237-9843 versão on-line

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

A revista REMHU publica contribuições nacionais e internacionais (português, inglês, espanhol, italiano e francês) com o objetivo de oferecer amplos estudos interdisciplinares e análises aprofundadas sobre temas ligados à mobilidade humana contemporânea em nível internacional, tais como migrações, refugiados, tráficos de pessoas, deslocados ambientais, políticas e legislações migratórias, assistência e acompanhamento de pessoas em mobilidade, cuidado pastoral e teologia das migrações, entre outros.

A Revista inclui artigos acadêmicos resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo, relatórios de pesquisa, reflexões sócio-pastorais, entrevistas, resenhas de livros e resumos de dissertações e teses sobre mobilidade humana ou temas afins.

Na seleção dos manuscritos para publicação, avaliam-se a originalidade, a relevância do tema e a qualidade da metodologia científica utilizada, além da adequação às normas editoriais adotadas pela revista.

Todos os manuscritos submetidos à revista são avaliados pelo Editor-Chefe e revisados por dois ou mais referees especialistas no tema e anônimos, sendo o sigilo garantido em todo o processo de revisão. Os manuscritos aceitos serão enviados para os autores para que sejam efetuadas as eventuais modificações e para que os mesmos tomem conhecimento das alterações a serem introduzidas no processo de edição. Os autores deverão retornar o texto com as modificações solicitadas, devendo justificar na carta de encaminhamento, se for o caso, o motivo do não atendimento de sugestões. Ao final do processo a comissão editorial tomará a decisão quanto à aprovação ou não.

Os manuscritos submetidos para a REMHU não podem ter sido publicados ou submetidos, concomitantemente, para outro periódico.

O público alvo da REMHU é a comunidade acadêmica, nacional e internacional, bem como os pensadores e articuladores das políticas migratórias, da assistência social e da pastoral da mobilidade humana.

Os artigos aceitos para a publicação se tornam propriedade da revista.

A Revista adota os sistemas Plagium, Plagiarism Checker e/ou CopySpider para identificação de plagiarismo.

 

Forma e preparação de manuscritos

A Revista REMHU é dividida em quatro seções, além do Editorial.

EDITORIAL: a Revista REMHU pode convidar um(a) pesquisador(a) para elaborar o Editorial após a leitura da totalidade do conteúdo do fascículo. O Editorial, com um máximo de 5.000 caracteres com espaço, pode ser escrito em inglês, italiano, português, espanhol ou francês.

DOSSIÊ: esta seção aborda um tema específico referente ao mundo das migrações em nível internacional. A seção é composta de artigos acadêmicos resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo que oferecem diferentes perspectivas acadêmicas sobre o tema, sendo contempladas, dependendo dos casos, abordagens de cunho sociológico, psicológico, antropológico, demográfico, etnológico, jurídico, estatístico, teológico e pastoral, entre outras.

Os manuscritos devem ter entre 35 e 45 mil caracteres com espaço, incluindo o resumo e palavras-chave (3/5) na língua original do texto (até 800 caracteres com espaço), o abstract e keywords em inglês, além de informações sobre a formação acadêmica do(s) autor(es).

ARTIGOS: a seção de Artigos compreende contribuições científicas resultantes de pesquisas originais teóricas ou de campo sobre qualquer tema relacionado com o universo da mobilidade humana.

Os manuscritos devem ter entre 35 e 45 mil caracteres com espaço, incluindo um resumo na língua original do texto (até 800 caracteres com espaço), o abstract e keywords em inglês, além de informações sobre a formação acadêmica do(s) autor(es).

RELATOS E REFLEXÕES: a terceira seção, "Relatos e reflexões", compreende pontos de vista sobre questões migratórias; entrevistas realizadas com pessoas ou representantes de organizações cuja atuação está relacionada com o tema da revista ou com questões afins; relatos de uma ou mais pessoas diretamente envolvidas no fenômeno das migrações; testemunhos do serviço sócio-pastoral junto a migrantes e refugiados, com foco, sobretudo, no trabalho pastoral e educativo das irmãs scalabrinianas.

Os textos devem ter até 20 mil caracteres com espaço, incluindo informações sobre a formação acadêmica do(s) autor(es).

RESENHAS, TESES E DISSERTAÇÕES: esta última seção compreende resenhas críticas de publicações recentes e descrições sucintas de teses e dissertações relativas ao mundo das migrações.

Os manuscritos, de até 3.500 caracteres com espaço, devem conter a referência completa do trabalho comentado, além de informações sobre a formação acadêmica do autor.

SUBMISSÃO

Os manuscritos devem acoplar uma lauda de identificação contendo: título do artigo no idioma original e em inglês; nota autoral (no caso de autoria múltipla, indicar o nome dos autores em ordem de responsabilidade na elaboração do trabalho); descrição dos autores (profissão, vínculo institucional, título acadêmico, endereço postal e e-mail).

Os resumos dos manuscritos das seções Dossiê e Artigos deverão ser enviados no idioma original e em inglês, ressaltando os dados mais significativos do trabalhos.

1) Observações Gerais sobre elaboração do manuscrito

Formato do manuscrito: espaço simples, A4, Times New Roman, tamanho 12.

Extensão dos manuscritos: entre 35.000 e 45.000 caracteres com espaço, para os artigos das seções Dossiê e Artigos (incluindo o resumo, abstract, notas de rodapé e, no máximo, uma página de bibliografia essencial); entre 10 e 20 mil caracteres com espaços para a seção "Relatos e reflexões"; até 3.500 caracteres com espaço para a seção "Resenhas, teses e dissertações".

Tabelas: deverão ser inseridas no corpo do texto, numeradas sequencialmente e com a devida indicação de fonte e/ou autoria.

Gráficos: devem seguir a mesma orientação das tabelas. Para não comprometer o padrão estético da Revista e o processo de digitalização os gráficos devem sem enviados também em Excel.

Figuras, fotos e ilustrações: devem ser numeradas sequencialmente e enviadas em alta resolução em arquivos separados.

A primeira vez que siglas ou abreviaturas forem mencionadas indicar sua equivalência por extenso. Não utilizar siglas e abreviaturas no resumo ou no título do artigo.

2) Referências no corpo do texto

Citação com até 3 linhas: o corpo do texto, entre aspas duplas ("..."), sem itálico.

Citação com mais de 3 linhas: em parágrafo destacada no texto (com recuo de 2 cm), sem aspas, sem itálico e com fonte Times New Roman, tamanho 10.

As 'aspas simples' são utilizadas para indicar citação no interior da citação.
Não usar o sistema de citação "autor-data" no corpo de texto (Ex: SILVA, 1986, p. 23). As referências devem ser mencionadas ao longo das notas de rodapé.

3) Notas de Rodapé

Devem conter apenas: o nome do autor (SOBRENOME, nome por extenso), o título da obra (em itálico) e o número da página citada (se for o caso). As outras indicações complementares estarão contidas na bibliografia final. Se a referência não estiver citada na bibliografia final, deverão constar no rodapé as indicações complementares: cidade, editora e ano de publicação.

Usar:

Idem - Para fazer referência, subsequente, de um mesmo autor.
Ibidem - Para fazer referência, subsequente, de um mesmo autor, de uma mesma obra.
Op. cit. - Para referenciar uma mesma obra.
Apud - Para referenciar um autor, a cuja obra o pesquisador NÃO teve acesso, que está indicado num livro ao qual o pesquisador TEVE acesso.
Cf. - Significando confira, compare.
Et alii - Quando há mais de três autores: citar o sobrenome do primeiro autor seguido pela expressão, significando "e outros".

4) Bibliografia Final

Ao final do artigo: relacionados em ordem alfabética pelo sobrenome (em caixa alta). A segunda e demais referências de um mesmo autor (ou autores) devem ser substituídas por um traço sublinear (oito espaços) e ponto.

Livro: SOBRENOME, prenome do(s) autor(es). Título (em itálico): subtítulo. Local: Editora, ano da publicação.

Ex.: BAGGIO, Marileda. Entre dois mundos: a Igreja no pensar e no agir de Giovanni Battista Scalabrini. Brasília: CSEM, 2011.

Capítulo de livro: SOBRENOME, prenome do(s) autor(es). Título do capítulo. In SOBRENOME, prenome do(s) autor(es) ou organizador(es). Título (em itálico): subtítulo. Local: Editora, ano de publicação, páginas inicial-final do capítulo referenciado.

Ex.: CAVALCANTI, Leonardo. A imigração brasileira na Espanha. Mercado de trabalho, globalização e projetos migratórios. In PEREIRA, Glória Maria Santiago; PEREIRA, José de Ribamar Sousa (orgs). Migração e globalização: um olhar interdisciplinar. Curitiba: CRV, 2012.

Artigos em revistas/periódicos: SOBRENOME prenome do(s) autor(es). Título do artigo. Nome da revista/periódico (em itálico), volume, número e ano, páginas do artigo.

Ex.: BAENINGER, Rosana. Racismo e sua negação: o caso dos migrantes bolivianos em São Paulo. Travessia, v. XXIV, n. 68, junho/2011, p. 49-62.

Texto em meio eletrônico: SOBRENOME, Nome. Título. Data. Fonte. Disponível em: <endereço eletrônico>.  Acesso em: ______.

Ex.: SANTIN, Terezinha. Fórum Social Mundial das Migrações. 2012. Disponível em: <http://www.csem.org.br/evento/644-forum-social-mundial-das-migracoes>. Acesso em: 12.12.2012.

Observações:

A revista não se responsabiliza pelas referências bibliográficas fornecidas pelos autores.

Os trabalhos, mesmo que não aceitos para publicação, não serão devolvidos.

Os artigos originais enviados deverão estar definitivamente revistos e adequados às novas regras da língua portuguesa.

Os conceitos e declarações contidos nos trabalhos são de total responsabilidade dos autores.

Os trabalhos refletem as opiniões de seus autores e não necessariamente as do Comitê Editorial.

 

Envio de manuscritos

Os artigos devem ser enviados à Revista REMHU pelo site de submissão eletrônica de manuscritos: http://www.csem.org.br/remhu

Não há taxas para submissão e avaliação de artigos.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

SRTV/N Edificio Brasília Radio Center - Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
70719-900 - Brasília - DF, Brasil
Tel./Fax: 61-3327.0669


remhu@csem.org.br/csem@csem.org.br