ISSN 0101-6083 versão impressa
ISSN 1806-938X versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Informações gerais

A Revista de Psiquiatria Clínica foi fundada em março de 1972 por A. C. Pacheco e Silva, Fernando de O. Bastos, J. Carvalhal Ribas e J. R. de Albuquerque Fortes.

A missão da Revista de Psiquiatria Clínica é fornecer aos profissionais de saúde mental um programa de atualização e educação continuada nas áreas de Ciências Humanas, Neurociência Básica e Clínica, e Psiquiatria Clínica. Serão também publicados trabalhos de pesquisa básica quando os resultados tiverem potencial implicação para a prática clínica. A Revista de Psiquiatria Clínica pretende informar e educar seus leitores e estimular debates e uma maior exploração da natureza, causas, tratamento, e a importância da saúde mental para a saúde pública.

A Revista publica artigos dos seguintes tipos: Artigos Originais, Comunicações Breves, Revisões da literatura, Cartas ao Editor

A partir de Janeiro de 2014, a Revista de Psiquiatria Clínica aceita apenas submissões de manuscritos em inglês.

As submissões devem ser feitas on-line, pelo Portal de Revistas da Universidade de São Paulo: http://www.revistas.usp.br/rpc, acompanhados de uma carta do autor responsável ao editor (enviada como Documento Suplementar), resumindo em poucas frases a essência do trabalho e os resultados principais, e solicitando publicação na Revista de Psiquiatria Clínica.

A carta de submissão (bem como o resumo do artigo) deve responder as seguintes perguntas: 1) Porque o trabalho foi feito? 2) Como o trabalho foi feito?( Revisão de Literatura: fontes consultadas, quantos trabalhos encontrados, quantos trabalhos incluídos, critérios de inclusão e exclusão, meta-análise ou trabalho descritivo. Artigo Original: desenho do estudo, número de sujeitos incluídos, duração do ensaio, etc.), 3) Quais são os resultados principais?, 4) E quais são as implicações destes resultados?

Ao ser recebido, o artigo será inicialmente avaliado pelo Editor-Chefe da revista e/ou Editores-Assistentes quanto à sua adequação ao formato (estrutura do manuscrito), originalidade, validade, e relevância do conteúdo e das conclusões. Manuscritos com prioridade insuficiente para publicação serão recusados prontamente. Os outros manuscritos serão encaminhado, de forma anônima, para o respectivo editor de área.

 

Forma e preparação de manuscritos

Revisão por pareceristas

Todos os artigos publicados são revisados por pelo menos dois pareceristas anônimos e independentes. A decisão sobre a aceitação do artigo para publicação ocorrerá, salvo raras exceções, dentro do prazo de até dois meses a partir da data de seu recebimento.

Uma vez aceito para publicação, torna-se o trabalho propriedade permanente da Revista de Psiquiatria Clinica, que reserva todos os direitos autorais corresponde aos direitos exclusivos e ilimitados de reproduzir e distribuir os trabalhos aceitos em qualquer forma de publicação (impressa, mídia eletrônica ou outra forma qualquer) no Brasil e no exterior.

Estrutura e preparação de manuscritos

I. A primeira página deve conter o título do artigo em Inglês

II. A segunda pagina, que não será enviada aos pareceristas, deve conter: (a) nome completo dos autores, sem abreviações, e a afiliação principal de cada autor (sem títulos acadêmicos); (b) a denominação e o endereço da instituição onde o trabalho foi elaborado; (c) o endereço do autor para correspondência, incluindo endereço eletrônico (e-mail); (d) os agradecimentos.

III. A terceira página deve conter um resumo em Inglês de não mais de 200 palavras, seguido de até cinco palavras-chave. O resumo deverá apresentar, muito sucintamente, a essência do trabalho (vide instruções abaixo).
IMPORTANTE: O resumo de Artigos Originais, Comunicações Breves, e Revisões de Literatura deve ser estruturado em: Background, Objectives, Methods, Results e Discussion/Conclusions, e responder as seguintes perguntas: 1) Porque o trabalho foi feito?, 2) Como o trabalho foi feito? (Revisão de Literatura: fontes consultadas, quantos trabalhos encontrados, quantos trabalhos incluídos, critérios de inclusão e exclusão, meta-análise ou trabalho descritivo. Artigo Original: desenho do estudo, número de sujeitos incluídos, duração do ensaio, etc.), 3) Quais são os resultados principais?, 4) E quais são as implicações destes resultados?

IV. REFERÊNCIAS. A Revista de Psiquiatria Clínica adota as normas de padrão Vancouver. As referências devem ser citadas no texto por meio de números arábicos consecutivos, que correspondem às respectivas fontes, conforme constam na bibliografia, nesta inseridas por ordem de entrada. Para artigos com até seis autores, todos eles devem ser citados; para artigos com mais de seis autores, os seis primeiros devem ser citados, seguidos de et al. Para a lista de referências bibliográficas deve também ser respeitado o espaço duplo.

V. TABELAS. Devem ser submetidas em folhas separadas depois da lista de referências com as respectivas legendas. As tabelas devem ser numeradas consecutivamente, na ordem em que foram citadas no texto, e encabeçadas por um título e legenda apropriados. No texto principal, a localização preferencial das tabelas deve ser indicada entre colchetes angulares <> (p. ex. < Tabela 1 >).
As legendas devem permitir o entendimento das tabelas sem necessidade de recorrer-se ao texto. As tabelas devem ser restritas a informações que não podem ser inseridas no texto, e naturalmente não devem repetir informações já expressas no texto.

VI. FIGURAS. O número e o tamanho das ilustrações devem ser os menores possíveis para esclarecimento do texto. Ilustrações coloridas serão aceitas; todavia, os autores deverão cobrir os custos adicionais de impressão. Todas as figuras, tais como fotografias, gráficos ou diagramas, devem ser numeradas consecutivamente, na ordem em que foram citadas no texto, e submetidas em folhas separadas. No texto principal, a localização preferencial das figuras deve ser indicada entre colchetes angulares <> (p. ex. < Figura 1 >).

VII. LEGENDAS. As legendas das tabelas e figuras devem permitir uma compreensão completa sem a necessidade de referência ao texto. Cada figura deve ter um título curto, seguido de uma descrição concisa. Todas as abreviaturas e símbolos que aparecem nas figuras devem estar explicados nas legendas, apesar de já citadas no texto.

VIII. FOTOGRAFIAS de pacientes. A Revista de Psiquiatria Clínica não encoraja a publicação de fotografias de pacientes. Quando isso for imprescindível para o entendimento do texto, a fotografia deverá ter uma tarja que não permita a identificação do paciente e mesmo assim deverá vir acompanhada de uma autorização por escrito do paciente e/ou de seus responsáveis legais.

Artigos Originais

Geralmente, os artigos originais conterá dados novos de uma amostra considerável e representativa de pacientes ou sujeitos.

Os artigos originais devem conter até 3.500 palavras e não ultrapassar a soma de seis tabelas e/ou figuras. A contagem da palavra inclui apenas o corpo principal do texto (ou seja, não tabelas, figuras, resumos e referências). Recomenda-se restringir em até 30 o número de referências bibliográficas.

O resumo deve resumir a essência do trabalho e os resultados principais em não mais de 200 palavras e ser estruturado da seguinte forma: Background, Objectives, Methods, Results, e Discussion.

O texto principal deve ser estruturado em: Introduction (reunindo os tópicos Background e Objectives), Methods, Results, Discussion, Acknowledgment (se houver), e References.

Na seção de Métodos deve estar mencionado que os pacientes incluídos nos estudos assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme a regulamentação de pesquisa clínica no país e que o estudo foi aprovado de um Comitê de Ética em Pesquisa. Estudos envolvendo animais devem confirmar que estão de acordo com os padrões éticos exigidos para experimentos deste tipo.

Comunicações Breves

São manuscritos curtos contendo no máximo 1.500 palavras, incluindo todas as partes dos artigos originais (vide instruções supracitadas). Os comunicações breves devem ter um máximo de 1 tabela ou 1 figura e até 15 referências bibliográficas.

O abstract deve resumir a essência do trabalho e os resultados principais em não mais de 200 palavras e ser estruturado da seguinte forma: Background, Objectives, Methods, Results, e Discussion.

O texto principal deve ser estruturado em: Introduction (reunindo os tópicos Background e Objectives), Methods, Results, Discussion, Acknowledgment (se houver), e References.

Na seção de Métodos está mencionado que os pacientes incluídos nos estudos assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme a regulamentação de pesquisa clínica no país e que o estudo foi aprovado de um Comitê de Ética em Pesquisa. Estudos envolvendo animais devem confirmar que estão de acordo com os padrões éticos exigidos para experimentos deste tipo.

Revisões da Literatura

As revisões da literatura não devem ultrapassar 5.000 palavras. A contagem da palavra inclui apenas o corpo principal do texto (ou seja, não tabelas, figuras, resumos e referências). Tabelas e figuras não devem ultrapassar a soma de 6 itens, e não há limite numérico para as referências bibliográficas, embora seja recomendado incluir apenas o essencial.

O abstract deve resumir a essência do trabalho e os resultados principais em não mais de 200 palavras e ser estruturado da seguinte forma: Background, Objectives, Methods (inclusive palavras-chave, bancos de dado, período de publicação etc.), Results (quantos artigos sobre o tema foram localizados nos bancos de literatura, quantos foram incluídos na atual revisão, quantos foram excluídos e os motivos para exclusão), e Discussion.

O texto principal deve ser estruturado em: Introdução (Background e Objectives), Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão, Agradecimento (se houver), Referências e outras subdivisões a critério dos autores.

A Revista dá preferencia à publicação de meta-análises ou ao menos de revisões abrangentes e sistemáticas da literatura.

Cartas ao Editor

Cartas ao Editor serão avaliados com vistas à publicação, desde que não contenham ideias já submetidas a outras publicações. O texto não deve ultrapassar 500 (quinhentas) palavras ou ter mais de 10 referências e uma tabela ou gráfico. Cartas ao Editor que se refiram a artigos não devem ultrapassar três meses da publicação destes. Toda correspondência recebida por essa seção estará sujeita ao parecer dos Editores.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Departamento e Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina
Universidade de São Paulo
Rua Ovídio Pires de Campos, 785
05403-010 São Paulo SP Brasil
Tel./Fax.: +55 11 3069-8011


revistadepsiquiatria@usp.br