ISSN 0104-4478 versão impressa
ISSN 1678-9873 versão on-line

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Objetivo e política editorial

A Revista de Sociologia e Política aceita artigos originais e ensaios bibliográficos cujo tema principal seja a prática política de agentes sociais.

Os artigos devem apresentar resultados substantivos de pesquisas empíricas a partir da análise de dados e evidências ainda não publicados.

Os ensaios bibliográficos devem promover discussões teóricas e metodológicas sobre um domínio específico de pesquisa em Sociologia Política e/ou Ciência Política. O debate deve se concentrar em obras atuais. Os textos devem conter reflexões sobre o "estado da arte" em uma área de estudos específica (partidos e eleições, comportamento político, valores ideológicos, história política, política internacional etc.). Recomenda-se que os autores dos ensaios mesclem a literatura nacional e internacional publicada sobre o tema analisado no ensaio.

Os manuscritos devem ser redigidos em um português claro e conciso. Artigos em espanhol e em inglês também serão aceitos. Os artigos e ensaios bibliográficos devem conter até 14 mil palavras.

A decisão sobre a publicação de artigos e ensaios bibliográficos cabe aos Editores, a partir da avaliação dos pareceristas. O processo de avaliação ocorre em duas etapas: os manuscritos submetidos são examinados pelos editores para verificar se o artigo está de acordo com o escopo e área de interesse do periódico. Os artigos aprovados na primeira etapa são enviados para a análise de pelo menos dois pareceristas, que podem: (a) indicar a publicação; (b) indicar a publicação desde que sejam feitas revisões; (c) negar a publicação. A publicação dos artigos aprovados estará, contudo, condicionada a aspectos editoriais e ao orçamento da Revista de Sociologia e Política. A primeira etapa é realizada em cerca de 20 dias. A segunda etapa costuma ser finalizada entre 45 e 90 dias.

Os editores da Revista de Sociologia e Política reservam-se o direito de sugerir ao autor modificações de forma a fim de adequar as colaborações ao padrão editorial e gráfico da revista. Os textos, já diagramados, serão revisados pelos autores antes da publicação eletrônica.

As afirmações e conceitos emitidos em artigos assinados são de absoluta responsabilidade dos seus autores.

A Revista de Sociologia e Política apóia os códigos de conduta científica do Committee on Publication Ethics (COPE) (http://www.publicationethics.org/), bem como as diretrizes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes) e o manual de boas práticas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (http://www.fapesp.br/boaspraticas/).

 

Normas para apresentação de artigos

Os artigos e ensaios bibliográficos devem ser submetidos através do endereço eletrônico https://mc04.manuscriptcentral.com/rsocp-scielo. O resumo dos artigos originais deve ser redigido no formato IMRAD (introdução, materiais e métodos, resultados, discussão). A Revista de Sociologia e Política solicita que o resumo seja fornecido através de formulários específico disponível para download neste link. Este formulário precisa ser preenchido e anexado durante o processo de submissão online.

Os manuscritos devem ser anexados sem quaisquer informações que permitam identificar seus autores, tais como: nome e informações institucionais, agradecimentos, vinculação do artigo a projetos de pesquisa, ou a instituições universitárias. As referências no corpo do texto a trabalhos publicados previamente também devem ser suprimidas, para assegurar o anonimato durante o processo de avaliação. Esta é uma versão para avaliação por pares, e todas essas informações poderão ser adicionadas após o processo de avaliação, caso o artigo seja aprovado. As dúvidas a este respeito devem ser enviadas para editoriarsp@ufpr.br.

O título do artigo deve conter até 100 caracteres com espaços. Cada nota de rodapé deve conter no máximo 400 caracteres com espaços. Essa são restrições necessárias ao projeto gráfico do periódico, e portanto não serão toleradas exceções.

As referências bibliográficas utilizadas serão apresentadas no final do artigo, listadas em ordem alfabética, obedecendo o padrão harvard:

Artigos publicados em periódicos científicos (com um autor)
Sobrenome, N., DATA. Título do Artigo. Título do Períodico, vol(nº), pp.início-fim.

Exemplo: Bécarud, J., 1973. Noblesse et représentation parlementaire : les députés nobles de 1871 à 1968. Revue Française de Science Politique, 23(5), pp.972–993.

Artigos publicados em periódicos científicos (com mais de um autor)
Sobrenome, N. & Sobrenome, N., DATA. Título do Artigo. Título do Períodico, vol(nº), pp.início-fim.

Exemplo: Neal, M. & Morgan, J., 2000. The Professionalization of Everyone?: A Comparative Study of the Development of the Professions in the United Kingdom and Germany. European Sociological Review, 16(1), pp.9–26.

Artigos publicados em periódicos científicos (com DOI)
Sobrenome, N. & Sobrenome, N., DATA. Título do Artigo. Título do Períodico, vol(nº), pp.início-fim. DOI: número do doi
Exemplo: Ricci, P. & Zulini, J.P., 2013. Quem ganhou as eleições?: a validação dos resultados antes da criação da justiça eleitoral. Revista de Sociologia e Política, 21(45), pp.91–105. DOI: 10.1590/S0104-44782013000100008

Livros
Sobrenome, N., DATA. Título do livro Cidade: Editora.
Exemplo: Carvalho, J.M. de, 1996. A construção da ordem: a elite política imperial; Teatro de sombras: a política imperial Rio de Janeiro: Editora Relume-Dumará.
 
Capítulo em coletânea ou livro organizado
Sobrenome, N., DATA. Título do capítulo. In N. Sobrenome & N. Sobrenome (orgs). Titulo do livro ou coletânea. Cidade: Editora, pp. ínicio–fim.

Exemplo: Weber, M., 1994. Politics as a Vocation. In P. Lassman & R. Speirs, eds. Weber: Political Writings. Cambridge: Cambridge University Press, pp. 309–369.

Teses e dissertações
Sobrenome, N., DATA. Título do trabalho. Tese de Doutorado ou Dissertação de Mestrado. Cidade: Nome da Universidade.

Exemplo: Di Martino, M., 2009. A política como profissão: análise da circulação parlamentar na Câmara dos Deputados (1946-2007). Tese de Doutorado. São Paulo: Universidade de São Paulo.

Comunicação apresentada em congresso
Sobrenome, N. & Sobrenome, N., DATA. Título da Comunicação. In Nome do Congresso. Cidade.

Exemplo: Veiga, L. & Souza, N.R. de, 2006. PT, mandatário, versus PSDB, desafiante: as estratégias de retórica na disputa pela Prefeitura de São Paulo em 2004. In 5o Encontro da ABCP. Belo Horizonte.

Outras fontes
SIGLA DA FONTE. DATA. Nome do relatório ou do banco de dados utilizado. Disponível em: hiperlink. Acesso em: dd.mm.aaaa.

Exemplo: IMF. 2000. Diversity Annual Report. Disponível em: http://www.imf.org/external/np/div/2000/. Acesso em: 16.set.2013.

Artigos e jornais
Título da Matéria. DATA. Nome do jornal. Cidade, Dia.Mês. Disponível em: hiperlink. Acesso em: dd.mm.aaaa
Exemplo: La gente reclama más rigor para luchar contra la delincuencia. 1999. El Clarín. Buenos Aires, 18.Abr.

Disponível em: http://edant.clarin.com/diario/1999/04/18/e-03801d.htm. Acesso em: 15.nov.2013.

Formato de referências múltiplas no corpo do texto
(Autor 1 & Autor 2 DATA; Autor DATA)
Exemplo: (Veiga & Souza 2006; Weber 1994)

Formato de referências para citações no corpo do texto
(Autor Data, p.xx)
Exemplo: (Carvalho 1996, p.23)

(Autor 1 & Autor 2 DATA, p. xx; Autor DATA, p.xx)
Exemplo: (Veiga & Souza 2006, p. 44; Weber 1994, p.67)

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Rua General Carneiro, 460 - sala 904
80060-150 Curitiba PR - Brasil
Tel/Fax.: (55 41) 3360-5320


editoriaRSP@ufpr.br