ISSN 1413-7704 versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

Tempo - Revista do Departamento de História da UFF, criada em 1996 por iniciativa do Colegiado de Pós-Graduação em História, é uma publicação destinada à divulgação e discussão de trabalhos de pesquisa no campo da História.
Sua política editorial está organizada da seguinte maneira:

1. Anualmente é publicado um dossiê temático, cujos temas são decididos em reunião anual do Conselho Editorial da Revista. Os artigos, escritos por autores convidados, são submetidos à apreciação do coordenador responsável pelo dossiê e avaliadores indicados pela Comissão Editorial.

2. Artigos livres, recebidos em fluxo contínuo de autores nacionais e estrangeiros que, desidentificados, são submetidos à apreciação de dois pareceristas de reconhecida formação acadêmica. Em caso de divergência sobre a publicação ou não do texto, este é encaminhado a um terceiro parecerista;

3. Resenhas de livros publicados nos campos da História Social e da Historiografia, também sujeitas ao sistema de pareceristas (um);

4. Ensaios e/ou entrevistas, desde que aprovadas pela Comissão Editorial, seções estas que podem faltar em alguns números, conforme as circunstâncias do momento;

5. Resumos dos artigos em português, espanhol, inglês e francês.

6. A Revista publica artigos recebidos originalmente em português, espanhol, inglês e francês.

7. A partir do número 34 a Revista apresenta todos os seus artigos em versão bilíngue (português/ inglês).

A revista é editada por uma Comissão Editorial, formada por seis membros do Departamento de História da UFF, escolhidos em plenária departamental. A publicação conta ainda com um Conselho Consultivo, composto por três historiadores doutores da UFF; nove historiadores vinculados a outras instituições acadêmicas do estado do Rio de Janeiro, e dezoito professores vinculados a instituições nacionais e estrangeiras.

 

Forma e preparação de manuscritos

A revista Tempo é uma publicação digital do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (PPGH). Seus números são organizados a partir de dossiês temáticos, seções de artigos livres e resenhas. Com uma periodicidade semestral (Julho e Dezembro) ela está aberta à publicação de trabalhos inéditos e pesquisas originais sobre história ou historiografia.

A produção editorial opera em fluxo contínuo recebendo propostas de textos escritos em português, espanhol, inglês e francês.

Para apresentação de propostas deve ser utilizado o programa Submission cujo preenchimento está franqueado no site da revista (http://www.historia.uff.br/revista/index.php/tempo/index)

Todos os trabalhos enviados ao Editor são submetidos à avaliação de membros do Conselho Consultivo ou à de pareceristas conceituados, sendo ainda condicionados à aprovação final da comissão Editorial.

Todos os artigos submetidos – inclusive do Dossiê e as resenhas – devem estar em conformidade com as normas de submissão e formatação expostas abaixo:

Obs: Tomamos a liberdade de destacar algumas regras que frequentemente deixam de ser observadas em grande parte dos originais enviados, impedindo que tenha início o processo de avaliação editorial.

1. O autor deve possuir a titulação de doutor.

2. O autor deverá preencher formulário de cadastramento junto ao Submission e anexar seu artigo.

3. Arquivos devem obedecer ao formato Word for Windows (doc. ou docx).

4. Os artigos devem ter entre 36 mil e 64 mil caracteres com espaço, incluindo notas e referências bibliográficas.

5. Textos deverão ser formatados com margens de 2,5cm, em fonte Times New Roman, tamanho 13 e espaço duplo.

6. Todo artigo deverá estar acompanhado de título, de um resumo com no máximo 1300 caracteres (com espaço) e três palavras-chave. Não exagere no tamanho do resumo; não ultrapasse o número de palavras-chave.

7. Gráficos, tabelas, imagens e/ou ilustrações serão tratados como elementos e além de virem expostos no decorrer do texto devem ser enviados em arquivo TIF ou JPG, preferencialmente coloridos e em boa resolução (com no mínimo 600dpi) encaminhados separadamente, devidamente numerados, com títulos e referências de créditos. O artigo não poderá ter mais que 8 elementos destes.

8. Tabelas, gráficos e/ou imagens só serão aceitos se forem de domínio público ou com autorização do proprietário.

9. O autor poderá inserir hiperlinks nos locais apropriados de seu artigo.

10. As notas de pé de página (formatadas com margens de 2,5cm, em fonte Times New Roman, tamanho 10 e espaço simples), numeradas sequencialmente, devem ser apresentadas observando-se a seguinte orientação e sequência:

i.      Para Livro

Nome do autor seguido do sobrenome, Título da obra (em itálico), Número da edição (se não for a primeira), Local de publicação, Nome da editora, Ano da publicação, Número da(s) página(s) ( p. ex.: Bóris Fausto, História do Brasil, São Paulo, Edusp, 1994, p. 20)

ii.      Para Artigo

Nome do autor seguido do sobrenome, Título do artigo entre aspas, Nome do periódico em itálico, Volume e/ou número do periódico, Local de publicação, Ano da publicação, Número da(s) página(s) (p. ex.: Rachel Soihet, “O drama da conquista na festa: reflexões sobre resistência indígena e circularidade cultural”, Estudos Históricos, vol. 5, n. 9, Rio de Janeiro, 1992, p. 44-59) . Essencial conhecer e adotar as regras da ABNT.

11. A mesma orientação deve ser obedecida nas referências bibliográficas utilizadas.

12. Não utilize os termos Opcit. ou Ibidem nas notas de rodapé, deixando as referências bibliográficas sempre completas e repetidas. No momento da diagramação a revisão irá substituir as referências repetidas pelos termos adequados.

13. As citações de até três (3) linhas deverão vir entre aspas no corpo do texto. As citações com mais de três (3) linhas devem vir destacadas, em corpo menor, sem aspas, com recuo à esquerda de 1,25cm, ambas seguidas das devidas notas indicativas. As eventuais intervenções no meio de uma citação (introdução de termos) devem ser colocadas entre colchetes. As omissões devem ser representadas por reticências entre parênteses.

14. Termos em língua estrangeira devem ser grafados em itálico. Caso seja preciso destacar alguma palavra ou frase, empregar também o itálico.

15. Os grifos do autor devem vir destacados apenas em itálico.

16. Os numerais até o dez, inclusive, devem vir escritos por extenso.

17. Os subtítulos não devem vir numerados, devem vir apenas em caixa alta e baixa.

18. Não se utiliza bibliografia ou referência bibliográfica ao final do texto.

19. Os numerais deveram ter seus milhares separados por ponto. P. ex.: 1.800, 1.365.214, etc. a fim de que não sejam confundidos com ano.

20. Uma vez publicados os trabalhos, à Tempo se reservam todos os direitos autorais. A reprodução do artigo em outras fontes deve ser objeto de consulta à Tempo, sempre com a devida citação da publicação original.

21.  O conteúdo dos trabalhos publicados é da responsabilidade exclusiva dos seus autores.

Respeite rigorosamente as normas de publicação. Isso evita que seu artigo seja devolvido.

 

Envio de manuscritos

TEMPO publica artigos em português, espanhol, inglês e francês. Os originais passam por uma revisão de copidesque, formatação e padronização sendo submetidos à aprovação final do autor.

A publicação é bilíngue (português-ingles) e, no caso de artigos oferecidos originalmente em francês e espanhol, serão envidados todos os esforços para que sejam publicados também em português.

Aceitam-se, além de artigos e resenhas, entrevistas, transcrições de fontes comentadas, homenagens, comentários e moções. A avaliação será sempre feita pela Comissão editorial.

Existem as seguintes modalidades de propostas de contribuição – DOSSIÊ, ARTIGOS LIVRES E RESENHAS -, cujas regras são as seguintes:

1. DOSSIÊ (proposição exclusiva de professores do PPGH-UFF ou desses em parceria com professores de outras instituições)

- 1 por ano, no segundo semestre.

- contém no máximo 4 artigos, além da introdução;

- dentre os autores, ao menos um deve ser professor da área de História da UFF. É obrigatória a participação de ao menos um autor vinculado à instituição estrangeira.

- assim como os artigos livres os originais do Dossiê serão submetidos a pareceristas externos, obedecendo às mesmas regras dos ARTIGOS LIVRES (ver abaixo);

- Data da entrega: os artigos do dossiê devem chegar com no mínimo seis meses de antecedência da data de publicação;

- Cabe a Comissão Editorial a escolha de novos Dossiês Temáticos levando em consideração critérios definidos pelas agências de fomento à pesquisa e órgãos de indexação de periódicos acadêmicos nacionais e estrangeiros.

- Cabe ao(s) organizador(es) do dossiê acompanhar todo o processo de edição e tradução dos artigos, zelando pelo bom cumprimento das normas daTEMPO.

2. ARTIGOS LIVRES

- Devem ser inéditos e originais.

- Utilize como exemplo para estilo de texto, dimensão e forma de apresentação um dos textos disponíveis no site da TEMPO.

- Todos os textos são submetidos a um exame para conferência de plágio.

- Cabe ao Editor definir o número no qual o artigo será publicado.

- Originais são avaliados por 2 (dois) pareceristas. No processo de avaliação, (a) caso o texto receba indicação de correção, o autor deverá atender às sugestões do(s) parecerista(s); (b) se houver discrepância entre os pareceristas quanto à conveniência da publicação, um terceiro será convocado a decidir; (c) a rejeição por parte de um parecerista combinada à aceitação com pedido de correções por parte do outro avaliador significa recusa de publicação.

- Além dos conflitos de interesses habituais previstos para a escolha de pareceristas, professores da UFF não opinam sobre textos de colegas.

- É atribuição do Editor e da Comissão Editorial a decisão de publicação dos artigos.

3. RESENHAS

- Os livros escolhidos devem ter sido publicados há aproximadamente no máximo 12 (doze) meses do lançamento semestral da TEMPO.

- O autor do texto deve observar as exigências habituais em relação a  conflitos de interesse quando da escolha da obra resenhada.

- O Editor e a Comissão Editorial indicam e avaliam as propostas de resenhas de livros;

- resenhas devem ter entre 10 mil e 18 mil caracteres com espaço;

- No lead do texto deverá constar o nome do autor seguido dos créditos da obra resenhada, na seguinte ordem: autor, título (em itálico), local , editora, ano e número de páginas, conforme modelo abaixo:

LUCAIOLI, Carina P. Abipones en las fronteras del Chaco. Una etnografía histórica

sobre el siglo XVIII. Buenos Aires: Sociedad Argentina de Antropología, 2011. 352 p.

- Com raras exceções as regras de formatação da resenha seguem as mesmas orientações de formatação dos artigos. Uma das exceções é a indicação da página de citação de trechos do livro resenhado, que aparece entre parênteses ao final da citação.

- Utilize como exemplo para estilo de texto, dimensão e forma de apresentação um dos textos disponíveis no site da TEMPO.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Departamento de História da UFF
Campus do Gragoata, Bloco O, Sala 513
24210-350 - Niterói - RJ - Brasil
Tel./Fax: +55 21 2629-2920


secretaria.tempo@historia.uff.br