Scielo RSS <![CDATA[Arquivos Brasileiros de Oftalmologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0004-274920170006&lang=pt vol. 80 num. 6 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Como avaliar e reconhecer um revisor de periódico científico: uma proposta de índice para medir o desempenho dos revisores]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Porção pretarsal visível após blefaroplastia superior sem ou com sutura de brassiere]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600345&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: Increased tarsal platform show (TPS) and decreased brow fat span (BFS) are associated with favorable results in women undergoing cosmetic blepharoplasty. We conducted a study to evaluate the efficacy of upper blepharoplasty with or without a technique (brassiere sutures) to increase TPS and decrease BFS. Methods: This is a prospective, randomized, comparative, case series study of 100 eyelids (50 consecutive women patients) treated with cosmetic upper blepharoplasty performed by a single surgeon. Patients were randomized to receive traditional upper blepharoplasty with a single running suture skin closure versus orbicularis oculi muscle fixation to the periosteum (brassiere sutures) prior to skin closure. Data on patient age, duration of follow-up, complications, and treatment were analyzed. The mean TPS, mean BFS, and mean TPS/BFS ratio were measured at three anatomic landmarks before and after surgery. Results: Fifty-six eyelids (28 patients) were treated with traditional single suture blepharoplasty, and 44 eyelids (22 patients) had brassiere sutures. In both groups, paired t-tests indicate significant differences between preoperative and postoperative evaluations (p&lt;0.05) for eyelid parameters in each location. However, when TPS, BFS, and TPS/BFS ratio were compared between groups with two-way ANOVA, there were no statistically significant differences (p&gt;0.05). Conclusions: Brassiere sutures during upper blepharoplasty and traditional blepharoplasty were associated with postoperative increase in TPS, decrease in BFS, and increase in TPS/BFS, without statistically significant differences between these surgeries.<hr/>RESUMO Objetivo: O aumento do TPS (porção pretarsal visível) e a diminuição do BFS (porção preseptal visível) estão associados com resultados favoráveis em mulheres submetidas a blefaroplastia estética. Os autores avaliaram a eficácia da cirurgia de blefaroplastia superior associada ou não à técnica (sutura de brassiere) em aumentar o TPS e diminuir o BFS. Métodos: Estudo prospectivo, comparativo, randomizado de uma série de casos de 100 pálpebras (50 pacientes mulheres) tratados com blefaroplastia superior por um único cirurgião. Os pacientes foram randomizados para ser submetidos a tradicional blefaroplastia superior (com sutura única da pele) ou para realizarem sutura de fixação do músculo orbicular no periósteo (sutura de brassiere) antes da sutura de pele. Foi analisado idade do paciente, tempo de acompanhamento, complicações e tratamento. A média do TPS, BFS e relação TPS/BFS foram medidas antes e depois da cirurgia em três pontos anatômicos. Resultados: Cinquenta e seis pálpebras (28 pacientes) foram submetidas à tradicional blefaroplastia e 44 pálpebras (22 pacientes) fizeram a blefaroplastia superior associado com sutura de brassiere. Em ambos os grupos, os testes t pareados indicam diferenças significativas entre as avaliações pré-operatórias e pós-operatórias (p&lt;0,05) para os parâmetros da pálpebra nos três pontos anatômicos estudados. Contudo, ao comparar os resultados da relação TPS, BFS e TPS/BFS entre os grupos (usando ANOVA bidirecional), não há diferença estatisticamente significante (p&gt;0,05). Conclusão: Suturas de brassiere com blefaroplastia superior e blefaroplastia tradicional foram associadas com um aumento no pós-operatório do TPS, diminuição do BFS, e aumento da relação TPS/BFS, contudo sem diferença estatisticamente significativa entre essas cirurgias. <![CDATA[Qualidade do serviço oftalmológico prestado aos pacientes ambulatoriais dos sistemas de saúde público e privado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600350&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To compare perceptions of the quality of ophthalmological services offered to outpatients from the public healthcare system to those from the private healthcare system, and to determine which measures are seen as necessary and a priority for improving the quality of care. Methods: This was a prospective observational study on 200 patients, 101 and 99 of whom were from the public and private healthcare systems, respectively. All patients underwent an ophthalmological examination at an ophthalmology hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Personal interviews were conducted using two structured questionnaires adapted from the modified SERVQUAL scale. Results: Overall, patients from the private healthcare system were significantly more dissatisfied than those from the public healthcare system. In both systems, reliability was considered to be the most important determinant of quality, and it presented the highest level of dissatisfaction. Satisfaction with the public healthcare system was significantly greater than that with the private healthcare system in terms of the tangibles, reliability, responsiveness, and assurance determinants of the SERVQUAL scale. Conclusions: Institutions must plan, execute, evaluate, and monitor measures that seek to improve the overall patient satisfaction with the quality of services provided, particularly in the private healthcare system, and special attention must be paid to reliability in both healthcare systems. The identification and monitoring of the quality of healthcare services through the periodic use of the SERVQUAL scale may provide healthcare managers with information so that they can identify, plan, and monitor necessary and priority measures. This could be a key strategy for improving the quality of outpatient health services in the public and private systems.<hr/>RESUMO Objetivo: Comparar a percepção da qualidade dos serviços oftalmológicos prestado aos pacientes ambulatoriais do sistema público com a do sistema privado e detectar quais ações são percebidas como necessárias e prioritárias para melhorar a qualidade do atendimento. Métodos: Foi realizado estudo prospectivo observacional de 200 pacientes sendo 101 do sistema público de saúde e 99 do sistema privado submetidos a exame oftalmológico em Hospital Especializado em Oftalmologia (HEO) - Belo Horizonte - MG - Brasil. Realizaram-se entrevistas pessoais, mediante a aplicação de dois questionários estruturados adaptados da escala SERVQUAL modificada. Resultados: No geral, detectou-se que pacientes do sistema de saúde privado, estão significativamente mais insatisfeitos que aqueles do sistema público de saúde. Em ambos os sistemas a confiabilidade foi considerada o determinante de qualidade mais importante e o que apresentou o maior índice de insatisfação. No sistema público a satisfação foi significativamente superior à do sistema privado a nível dos determinantes da escala SERVQUAL: tangibilidade, confiabilidade, atendimento e segurança. Conclusões: A instituição deve planejar, executar, avaliar e monitorar ações que busquem melhorar a satisfação geral dos pacientes com a qualidade do serviço recebido, principalmente do sistema privado, com atenção especial à confiabilidade nos dois sistemas. A identificação e monitorização da qualidade dos serviços de saúde, empregando periodicamente a escala SERVQUAL, poderá fornecer informações à administração dos serviços de saúde para que possam detectar, planejar e monitorizar as ações necessárias e prioritárias, podendo funcionar como chave estratégica para o aprimoramento da qualidade dos serviços de saúde ambulatoriais públicos e privados. <![CDATA[Cirurgia para correção de exotropia intermitente: resultados em diferentes grupos etários]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600355&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To report the outcomes in patients undergoing surgical correction of intermittent exotropia and to compare the age at surgery to motor and sensory success. Methods: This was a retrospective cohort study. The results of patients with intermittent exotropia treated with surgery over a 4-year period were reviewed. Patients were divided into two groups based on age at first surgery (&lt;4 years vs. ≥4 years), and motor and sensory outcomes were compared between the two groups. Results: One hundred thirty-six patients were evaluated, with 67 and 51 patients undergoing surgery before and after the age of 4 years, respectively. The mean age at surgery was 6.8 ± 2.6 years. The reoperation rate for the patients who underwent surgery before 4 years of age was 48% versus 42% for the ones who underwent surgery after this age (p=0.93). Postoperative stereopsis showed an inverse linear association with age at surgery (p&lt;0.001). For each month younger at the time of surgery, there was 0.69 s of arc worsening in the Titmus test. Conversely, when we separately analyzed the patients in whom the first postoperative alignment was esotropic vs. orthophoric/exotropic, we found no correlation between the immediate postoperative alignment in the first week and sensory outcome at the last visit. Conclusions: When indicated, patients with intermittent exotropia can be operated upon safely under 4 years of age, and may even present better motor results than older patients. Postoperative stereoacuity in younger children revealed to be worse than in older children; however, this result is unlikely to be due to inadequate age for surgery, but rather, immaturity for performing the stereopsis test.<hr/>RESUMO Objetivo: Descrever os resultados em pacientes submetidos à correção cirúrgica de exotropia intermitente e comparar o sucesso motor e sensorial em relação à idade na cirurgia. Métodos: Estudo tipo coorte retrospectivo. Os resultados cirúrgicos de pacientes com exotropia intermitente foram avaliados em um período de 4 anos. Os pacientes foram divididos em 2 grupos de acordo com a idade na primeira cirurgia (antes ou após os 4 anos de idade) e foram comparados quanto aos resultados motores e sensoriais. Results: 136 pacientes foram avaliados, 67 operados antes dos 4 anos e 51 operados após esta idade. A idade média na cirurgia foi de 6,8 ± 2,6 anos. A taxa de reoperação em pacientes operados antes dos 4 anos foi de 48% versus 42% naqueles operados mais tarde (p=0,93). A estereopsia pós-operatória mostrou uma associação linear inversa com a idade na cirurgia (p&lt;0,001). Para cada mês mais jovem na idade da cirurgia, houve uma piora de 0,69 segundos de arco no teste de Titmus. Por outro lado, não foi encontrada correlação entre o alinhamento pós-operatório na primeira semana e o resultado sensorial na última visita, quando avaliamos separadamente os pacientes que se apresentaram com esotropia ou orto/exotropia na primeira semana pós-cirúrgica. Conclusão: Havendo critério para cirurgia, os pacientes com exotropia intermitente podem ser operados com segurança antes dos 4 anos de idade, e podem muitas vezes apresentar um melhor resultado motor do que os pacientes operados mais tarde. A estereopsia pós-operatória em crianças mais jovens foi pior, mais provavelmente por imaturidade ao realizar o teste do que por idade inadequada na cirurgia. <![CDATA[Erros refrativos em crianças e adolescents em Bucaramanga (Colombia)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600359&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: The aim of this study was to establish the frequency of refractive errors in children and adolescents aged between 8 and 17 years old, living in the metropolitan area of Bucaramanga (Colombia). Methods: This study was a secondary analysis of two descriptive cross-sectional studies that applied sociodemographic surveys and assessed visual acuity and refraction. Ametropias were classified as myopic errors, hyperopic errors, and mixed astigmatism. Eyes were considered emmetropic if none of these classifications were made. The data were collated using free software and analyzed with STATA/IC 11.2. Results: One thousand two hundred twenty-eight individuals were included in this study. Girls showed a higher rate of ametropia than boys. Hyperopic refractive errors were present in 23.1% of the subjects, and myopic errors in 11.2%. Only 0.2% of the eyes had high myopia (≤-6.00 D). Mixed astigmatism and anisometropia were uncommon, and myopia frequency increased with age. There were statistically significant steeper keratometric readings in myopic compared to hyperopic eyes. Conclusions: The frequency of refractive errors that we found of 36.7% is moderate compared to the global data. The rates and parameters statistically differed by sex and age groups. Our findings are useful for establishing refractive error rate benchmarks in low-middle-income countries and as a baseline for following their variation by sociodemographic factors.<hr/>RESUMO Objetivo: O objetivo deste estudo foi estabelecer a frequência de erros refrativos em crianças e adolescentes com idade entre 8 e 17 anos, residentes na região metropolitana de Bucaramanga (Colômbia). Métodos: Este estudo foi uma análise secundária de dois estudos descritivos transversais que aplicaram levantamentos sociodemográficos e avaliaram a acuidade e a refração visuais. As ametropias foram classificadas como erros miopicos, erros hipermetrópicos e astigmatismo misto. Os olhos eram considerados emétropes se nenhuma dessas classificações fosse feita. Os dados foram coletados usando software livre e analisados com STATA/IC 11.2. Resultados: Mil e duzentos e vinte e oito indivíduos foram incluídos neste estudo. As meninas mostraram uma maior taxa de ametropia do que os meninos. Erros refrativos hipermetrópicos estavam presentes em 23,1% dos indivíduos e erros miópicos em 11,2%. Apenas 0,2% dos olhos apresentavam miopia alta (≤-6,00 D). O astigmatismo misto e a anisometropia eram incomuns e a frequência de miopia aumentava com a idade. Houve leituras queratométricas mais acentuadas estatisticamente significativas em míopes em comparação com os olhos hipermétropes. Conclusões: A frequência de erros de refração que encontramos em 36,7% é moderada em comparação com os dados globais. As taxas e os parâmetros diferiram estatisticamente por sexo e grupos etários. Nossas descobertas são úteis para estabelecer padrões de referência de erro de refração em países de baixa renda média e como base para seguir sua variação por fatores sociodemográficos. <![CDATA[Avaliação por OCT <em>in vivo</em> do comprimentos axiais centrais do segmento anterior]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600364&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To assess changes in anatomic structures in the anterior eye segment in terms of axial lengths with accommodation via optical coherence tomography. Methods: In this observational study, 25 eyes of 25 healthy adults were examined using the Visante® omni optical coherence tomography system. Central corneal thickness, anterior chamber depth, central lens thickness, and anterior segment length were assessed. The evaluated parameters were obtained with accommodation using different stimulus vergences, namely 0.0, -1.0, -2.0, and -3.0 D. Variation of these parameters was compared among different levels of accommodation. Results: Central corneal thickness was not altered at any stimulus vergence during accommodation (p&gt;0.05). Conversely, anterior chamber depth was significantly reduced (p&lt;0.05), whereas central lens thickness was significantly increased (p&lt;0.05). Anterior segment length also increased with accommodation (p&lt;0.05), indicating backward movement of the posterior pole. Conclusions: There are significant variations in anterior segment lengths that occur with accommodation. Studying these changes will provide useful information regarding the accommodation mechanism that can improve our understanding of this process and facilitate clinical decision-making by practitioners.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar as mudanças das estruturas anatômicas no segmento anterior do olho em termos de comprimentos axiais com acomodação por meio da tomografia de coerência óptica. Métodos: Neste estudo observacional, foram incluídos 25 olhos de vinte e cinco adultos saudáveis e medidos com o sistema Visante® omni tomografia de coerência óptica. A espessura corneana central, a profundidade da câmara anterior, a espessura central da lente e o comprimento do segmento anterior foram avaliados. Os parâmetros avaliados foram obtidos com acomodação usando diferentes vergências de estímulo: 0,0, -1,0, -2,0 e -3,0 D. A variação desses parâmetros foi comparada para os diferentes níveis de acomodação. Resultados: A espessura corneana central não foi alterada em nenhum estímulo durante a acomodação (p&gt;0,05). A ACD mostrou uma redução significativa (p&lt;0,05), enquanto a espessura central da lente foi significativamente aumentada (p&lt;0,05). O comprimento do segmento anterior também aumentou com acomodação (p&lt;0,05) indicando um movimento do polo posterior para trás. Conclusões: Há variações significativas nos comprimentos do segmento anterior que ocorrem com acomodação. Estudar essas mudanças fornece informações úteis sobre o mecanismo de acomodação para os profissionais, a fim de obter uma melhor compreensão desse processo e ajudá-los a tomar suas decisões clínicas. <![CDATA[Algoritmo para o diagnóstico da doença do olho seco em indivíduos infectados com vírus linfotrópico de células-T humanas tipo 1]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600369&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To evaluate the accuracy of lacrimal film tests and propose an algorithm for the diagnosis of dry eye disease in individuals infected with human T-cell lymphotropic virus type 1. Methods: Ninety-six patients infected with human T-cell lymphotropic virus type 1 were enrolled in the study. To assess clinical complaints, patients completed the Ocular Surface Disease Index questionnaire. To evaluate lacrimal film quality, patients underwent the tear breakup time test, Schirmer I test, and Rose Bengal staining. Dry eye disease was diagnosed when at least two of the three test results were abnormal. The sensitivity, specificity, positive and negative predictive values, and overall accuracy of the questionnaire as well as of each test alone and combined in parallel and in series were determined. Results: The most sensitive test was the tear breakup time test (98%), whereas the most specific was the Schirmer I test (100%). Rose Bengal staining had the highest overall accuracy (88.64%), whereas the Ocular Surface Disease Index had the lowest overall accuracy (62.65%). The tear breakup time test, Schirmer I test, and Ocular Surface Disease Index combined in parallel showed increased sensitivity and decreased specificity for all tests. In contrast, when combined in series, these tests demonstrated increased specificity and decreased sensitivity. Conclusion: This study shows the need to use multiple tests to evaluate tear film quality and include a symptom questionnaire as part of the diagnostic algorithm for dry eye disease.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a precisão da propedêutica do filme lacrimal e propor um algoritmo para o diagnóstico da doença do olho seco em indivíduos infectados com Vírus linfotrópico de células-T humanas tipo 1. Métodos: Noventa e seis pacientes infectados com o vírus linfotrópico de células T humana tipo 1 foram incluídos no estudo. Para avaliar sintomatologia, os pacientes responderam o questionário Índice para Doenças da Superfície Ocular. A fim de avaliar a qualidade do filme lacrimal, os pacientes foram submetidos ao teste de ruptura do filme lacrimal, teste de Schirmer I e coloração com Rosa Bengala. A doença do olho seco foi diagnosticada quando, pelo menos, dois dos testes ruptura do filme lacrimal, teste de Schirmer I e coloração com Rosa Bengala) eram anormais. Foram determinados sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo e acurácia do questionário e de cada teste sozinho e combinados em paralelo e em série. Resultados: O teste de ruptura do filme lacrimal foi o mais sensível (98%) e o teste de Schirmer I foi o mais específico (100%). A maior acurácia foi encontrada no teste de coloração com Rosa Bengala (88,64%), enquanto sintomas avaliados usando o questionário Índice para Doenças da Superfície Ocular teve a menor acurácia geral (62,65%). O teste de ruptura do filme lacrimal, teste de Schirmer I e Questionário de Doença da Superfície Ocular quando combinados em paralelo mostraram um aumento da sensibilidade e uma diminuição na especificidade de todos os testes. Por outro lado, combinados em série, teste de ruptura do filme lacrimal, Schirmer I e questionário Índice para Doenças da Superfície Ocular tiveram um aumento na especificidade e sensibilidade diminuída. Conclusão: Este estudo apontou a necessidade de utilizar mais do que um teste para avaliar a qualidade do filme lacrimal, bem como utilizar um questionário de sintomas como parte do algoritmo de diagnóstico para doença do olho seco. <![CDATA[Comparação de duas técnicas de rotação de auto-enxerto conjuntival na cirurgia de pterígio primário]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600373&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To compare the effects of 90° and 180° conjunctival rotational autograft (CRA) techniques used in primary pterygium surgery. Methods: Forty-five patients were included in this retrospective study. Visual acuity (VA), corneal topography, and auto-refractometer measurements, as well as detailed biomicroscopic examinations, were performed preoperatively and postoperatively. During surgery, the pterygium tissue was excised then rotated 90° in Group 1 and180° in Group 2, after which it was sutured to the bare sclera. Pterygium recurrence was defined as corneal invasion ≥1 mm. Results: Group 1 consisted of 21 patients with a mean age of 45.1 ± 11.8 years, while Group 2 comprised 24 patients with a mean age of 47.9 ± 13.8 years. The pterygia in Group 1 were graded as more advanced than those in Group 2. A similar number of recurrences were observed in Group 1 (14.3%) and in Group 2 (16.7%). There was no statistically significant difference in terms of the preoperative and postoperative VA and astigmatism values between the two groups. There was a statistically significant improvement in the postoperative VA and astigmatism values in Group 1 and in the postoperative astigmatism values in Group 2. Although postoperative redness was more common in Group 1, no statistically significant difference was found between the groups. Conclusion: BothCRA techniques can be successful in patients for whom it is desirable to avoid a conjunctival autograft and for patients without high cosmetic expectations.<hr/>RESUMO Objetivo: Comparar os efeitos das técnicas de auto-enxerto rotacional de conjuntiva (CRA) de 90° e 180°, usadas na cirurgia de pterígio primário. Métodos: Quarenta e cinco pacientes foram incluídos neste estudo retrospectivo. Acuidade visual (AV) pré e pós-operatória, topografia da córnea, auto-refratometria e exames biomicroscópicos detalhados foram feitos. Durante a cirurgia, o tecido de pterígio foi excisado e o mesmo tecido foi girado 90° no Grupo 1 e 180° no Grupo 2, após o que foi suturado à esclera nua. A recorrência do pterígio foi definida como invasão da córnea ≥1 mm. Resultados: O Grupo 1 consistiu em 21 pacientes, cuja média de idade foi de 45,1 ± 11,8 anos e o Grupo 2 compreendeu 24 pacientes, cuja idade média foi de 47,9 ± 13,8 anos. O Grupo 1 teve maior frequência de pterígios classificados como mais avançada do que no Grupo 2. Um número similar de recorrências foi observado no Grupo 1 (14,3%) e no Grupo 2 (16,7%). Não houve diferença estatisticamente significativa em termos de valores pré e pós-operatórios de AV e astigmatismo entre dois grupos. Houve uma melhora estatisticamente significativa nos valores pós-operatórios de AV e astigmatismo no Grupo 1 e nos valores de astigmatismo pós-operatório no Grupo 2. Embora a vermelhidão pós-operatória tenha sido detectada mais comumente no Grupo 1, não foi encontrada diferença estatisticamente significante entre os grupos. Conclusão: Ambas as técnicas de CRA podem ser bem sucedidas em pacientes onde é desejável evitar um auto-enxerto conjuntival livre e para quem a expectativa de cosméticos não é alta. <![CDATA[Repetibilidade e reprodutibilidade da segmentação automática de camadas retinianas em sujeitos saudáveis com tomografia de coerência óptica Spectralis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600378&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To evaluate the repeatability and reproducibility of automatic segmentation in healthy subjects using a Spectralis optical coherence tomography (OCT) system. Methods: A total of 60 eyes from 60 patients were included in this prospective study. Spectral-domain optical coherence tomography images were generated using the Spectralis OCT system. An automated algorithm was used to segment the macular retina into nine layers and evaluate the thickness of each layer in the foveal, inner, and outer Early Treatment Diabetic Retinopathy Study (ETDRS) subfield rings. The eyes were imaged three times by an examiner to assess intraobserver repeatability and imaged once by a second examiner to assess interobserver reproducibility. The first scan was used for reference, whereas the second and third scans were collected using the device’s follow-up mode. Intraclass correlation coefficients (ICCs) of repeatability and reproducibility were analyzed. Results: The examiners achieved high repeatability and reproducibility for all parameters. Good agreement was found for all parameters in all ETDRS subdivisions with an ICC of &gt;0.96 for all measurements. Conclusion: It is possible to obtain cross-sections from the same location using the device’s follow-up mode, making it virtually impossible to distinguish between repeated measurements taken with the device by different examiners.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a repetibilidade e a reprodutibilidade da segmentação automática com tomografia de coerência óptica Spectralis em indivíduos saudáveis. Métodos: Foram incluídos neste estudo prospectivo um total de 60 olhos de 60 pacientes. As imagens de tomografia de coerência óptica de domínio espectral (SD-OCT) foram geradas com Spectralis OCT (Heidelberg Engineering, Heidelberg, Alemanha). Um algoritmo automatizado foi utilizado para segmentar a retina macular em nove camadas e quantificar a espessura de cada camada em anéis de subcampo ETDRS fovetais, internos e externos. Os olhos de cada paciente foram imaginados três vezes pelo primeiro examinador para avaliar a repetibilidade intra-observador e uma vez pelo segundo examinador para avaliar a reprodutibilidade entre observadores. A primeira verificação foi definida como a varredura de referência, enquanto a segunda e a terceira varredura foram as varreduras de seguimento e foram realizadas com o uso do modo de acompanhamento, respectivamente. O coeficiente de correlação intraclasse (ICC) de repetibilidade e reprodutibilidade foi analisado. Repetibilidade e reprodutibilidade das medidas obtidas foram analisadas utilizando o coeficiente de correlação intraclasse. Resultados: Os examinadores alcançaram alta repetibilidade e reprodutibilidade para todos os parâmetros. Foi encontrado um bom acordo para todos os parâmetros em todas as subdivisões de ETDRS com um coeficientes de correlação intraclasse superior a 0,96 para todas as medições. Conclusão: É possível obter seções transversais do mesmo local usando o modo de acompanhamento, o que torna praticamente impossível distinguir entre medições repetidas do dispositivo independentemente do examinador. <![CDATA[Uma inovação na cirurgia de glaucoma: implante de endoprótese de gel XEN45]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600382&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To report follow-up data for patients who underwent XEN45 gel stent implantation, a new method of minimally invasive glaucoma surgery. Methods: Fifteen eyes in fifteen patients who underwent XEN45 gel stent implantation surgery were investigated in the study. All patients were examined preoperatively and at the following postoperative time points: 1 day; 1 and 2 weeks; and 1, 2, 3, 6, and 12 months. Intraocular pressure (IOP) was measured via Goldmann applanation tonometry. Combined surgical procedures (XEN45 + phacoemulsification + intraocular lens) were performed in patients who that had cataracts in addition to glaucoma. Results: The mean IOP values were significantly lower than the preoperative values at all postoperative visits (p&lt;0.001). In two patients, the IOP exceeded 20 mmHg 12 months after surgery. These IOP increases were controlled by medical therapy, and none of the patients needed another surgical procedure. Conclusion: XEN45 gel stent implantation is a minimally invasive glaucoma surgery that ensures the effective reduction of IOP. This new treatment modality also avoids the destructive complications encountered in other invasive surgical procedures. However, further studies with greater numbers of patients and longer follow-up periods are needed to clarify certain points.<hr/>RESUMO Objetivo: Relatar os dados de acompanhamento dos pacientes que apresentaram implante de endoprótese de gel XEN45, um novo método de cirurgia de glaucoma minimamente invasiva. Métodos: Foram investigados quinze olhos de quinze pacientes que tiveram cirurgia de implante de endoprótese de gel XEN45 no estudo. Todos os pacientes foram examinados no pré-operatório e nos seguintes pontos de tempo pós-operatório: 1 dia; 1 e 2 semanas; E 1, 2, 3, 6 e 12 meses. A pressão intraocular foi medida pela tonometria de aplanamento de Goldmann. Procedimentos cirúrgicos combinados (XEN 45 + facoemulsificação + lente intraocular) foram realizados nos casos que apresentavam catarata além do glaucoma. Resultados: Os valores médios de PIO foram significativamente menores em todas as visitas pós-operatórias quando comparados aos valores pré-operatórios (p&lt;0,001). Em 2 casos, os valores da pressão intraocular foram superiores a 20 mmHg aos 12 meses pós-operatório. Estes aumentos da pressão intraocular foram controlados por terapia médica, e nenhum dos pacientes necessitou de outro procedimento cirúrgico. Conclusão: Implantação de endoprótese de gel XEN45 é uma cirurgia de glaucoma minimamente invasiva que garante a redução efetiva da pressão intraocular. Esta nova modalidade de tratamento também evita as complicações destrutivas encontradas em outros procedimentos cirúrgicos invasivos. No entanto, estudos adicionais com um maior número de pacientes e períodos de acompanhamento mais longos são necessários para esclarecer certos pontos. <![CDATA[Comparação entre as medidas lineares da relação escavação/disco óptico obtidas com o OCT RTVue e a retinografia digital]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600386&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Purpose: To compare the linear measurements of the optic disk cup obtained using RTVue optical coherence tomography (OCT) with those obtained using digital retinography. Methods: This is a cross-sectional study performed with digital retinography and RTVue OCT images from patients with glaucoma or patients suspected of glaucoma. In color retinography, the greatest horizontal and vertical diameters of the optic disk starting from the inner edge of the Elschnig ring were obtained using a pachymeter with a grade of 0.01 mm. In OCT, the delineation of the optic nerve was obtained automatically from the horizontal and vertical cup results. Results: One hundred eyes from 100 subjects with a mean age of 60.1 ± 15.7 years were included. Of these, 79 were the right eye and 21 the left eye, with 61 men and 39 women. The mean horizontal cup obtained with OCT was 0.91 ± 0.10, while that obtained with retinography was 0.79 ± 0.11 (p&lt;0.01). Conclusions: There was poor agreement between the evaluated methods in the measurements of optic disk cup excavations. Measurements obtained automatically with OCT RTVue were higher but were significantly correlated with measurements obtained manually with digital retinography. Poor agreement of the optic disk parameters between the two imaging devices was noted.<hr/>RESUMO Objetivo: Comparar as medidas lineares da escavação do disco óptico, obtidas com o OCT RTVue com as obtidas pela retinografia digital. Métodos: Trata-se de um estudo transversal. Utilizou-se imagens de retinografia digital e exames de OCT obtidos pelo aparelho RTVue de pacientes suspeitos ou com glaucoma. Na retinografia colorida, foram obtidos os maiores diâmetros horizontal e vertical do disco óptico, a partir da borda interna do Anel de Elschnig através de paquímetro com graduação de 0,01 mm. No OCT, a delineação do nervo óptico foi obtida automaticamente e a partir dos resultados foi registrado o diâmetro horizontal e vertical da escavação. Resultados: Foram incluídos 100 olhos de 100 indivíduos, com idade média de 60,1 ± 15,7 anos. Desses, 79 foram do olho direito e 21 do olho esquerdo, sendo 61 homens e 39 mulheres. Verificou-se que as médias das escavações horizontais obtidas com o OCT foram de 0,91 ± 0,10, enquanto que as obtidas pela retinografia foram 0,79 ± 0,11 (p&lt;0,01). Conclusões: Nota-se fraca concordância entre os métodos avaliados para quantificar as medidas das escavações do disco óptico. As medidas obtidas automaticamente pelo OCT RTVue foram maiores, porém correlacionadas com as medidas obtidas manualmente pela retinografia digital. Além disso, notou-se fraca concordância nos parâmetros do disco óptico entre os dois dispositivos de imagens. <![CDATA[Evolução das alterações no nervo óptico e na retina em criança com neuropatia traumática indireta avaliadas com tomografia de coerência óptica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600390&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Herein, we describe the case of a 4-year-old child with indirect traumatic optic neuropathy and serial changes of the optic nerve head and retinal nerve fiber layer (RNFL) documented using optical coherence tomography (OCT). Visual acuity improved despite progressive RNFL thinning and optic disc pallor. We concluded that OCT may be useful for monitoring axonal loss but may not predict the final visual outcome.<hr/>RESUMO Descrição do caso de uma criança de 4 anos de idade com neuropatia óptica traumática indireta, cujas alterações no nervo óptico e na camada de fibras nervosas da retina foram documentadas com tomografia de coerência óptica seriadas. A acuidade visual apresentou melhora apesar da diminuição progressiva da camada de fibras nervosas e da palidez do disco óptico. Em conclusão, a tomografia de coerência óptica pode ser útil para monitorar a perda axonal na neuropatia óptica traumática indireta, sem no entanto, predizer o desfecho visual. <![CDATA[Fixação intra-escleral sem sutura da lente intraocular de sulco de três peças deslocada com uso de trocarte]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600393&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Trocar-assisted intraocular lens (IOL) reposition surgery using a scleral fixation method was performed for a patient with a dislocated sulcus IOL. Two 3-mm-long scleral tunnels 2 mm from and parallel to the limbus were formed using a 23-gauge vitrectomy trocar transconjunctivally entering the sclera at an angle of approximately 10°. Haptics were collected using a 23-gauge serrated retinal forceps entering from the trocar cannula and externalized from the scleral tunnels together with the trocar. The same procedure was applied for the other haptic. Both haptics were pushed into the scleral tunnel and a transconjunctival secure 10-0 nylon suture was placed at the scleral tunnel entry site around the haptic. Sutures were removed 1 week later. No complications occurred intraoperatively or postoperatively. At a 10-month follow-up, IOL was stabilized. IOL reposition surgery using the trocar-assisted IOL scleral fixation method is a viable alternative to intrascleral fixation surgery.<hr/>RESUMO Relatamos uma cirurgia de reposição de lentes intraoculares (LIO) usando o método de fixação escleral de lentes intraoculares usando o trocarte em paciente com lentes intraoculares deslocada no sulco. Nós formamos dois túneis esclerais de 3 mm de comprimento, de 2 mm e paralelos ao limbo, com trocarte de vitrectomia de calibre 23 passando pela esclera transconjonctivalmente em um ângulo de aproximadamente 10 graus. Os hápticos foram capturados por uma pinça dentária dentada de calibre 23 que entrou na cânula do trocarte e os hápticos foram externalizados pelos túneis esclerais, através do trocarte. O mesmo procedimento aplicado para o outro háptico. Ambos os hápticos foram empurrados para o túnel escleral e uma sutura segura transconjuntival é colocada no local de entrada do túnel escleral em torno do háptico com uma sutura de nylon 10-0. As suturas foram removidas uma semana depois. Não foram observadas complicações intraoperatórias ou pós-operatórias. Após o período de seguimento de 10 meses, a lentes intraoculares foi vista estabilizada. A cirurgia de reposição de lentes intraoculares usando o método de fixação escleral de lentes intraoculares assistido com trocarte é uma cirurgia alternativa de fixação intraescleral. <![CDATA[Uma apresentação incomum da rosácea ocular]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600396&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Rosacea is a chronic, progressive disease of unknown cause affecting the eye and the facial skin. Ocular rosacea is often underdiagnosed if the ophthalmologist does not inspect the patient’s face adequately during the ocular examination. Severe ocular complications and blindness can occur if the treatment is delayed because of non-diagnosis of the rosacea. Here, we present a case of ocular rosacea in a 78-year-old Caucasian woman. Based on the ocular lesions, which preceded cutaneous involvement, she was misdiagnosed as having ocular cicatricial pemphigoid initially. This case emphasizes the difficulty in diagnosis when ocular findings precede those of skin manifestations, and rosacea should be kept in mind in the differential diagnosis of chronic cicatrizing conjunctivitis.<hr/>RESUMO A rosácea é uma doença crônica e progressiva de causa desconhecida que afeta o olho e a pele do rosto. A rosácea ocular é muitas vezes pouco diagnosticada se o oftalmologista não inspecionar adequadamente o rosto do paciente durante o exame ocular. Podem ocorrer complicações oculares graves e cegueira se o tratamento for adiado devido ao não diagnóstico da rosácea. Um caso de rosácea ocular em uma mulher caucasiana de 78 anos de idade é apresentado. Com base nas lesões oculares, que precederam o envolvimento cutâneo, ela foi mal diagnosticada como penfigóide cicatricial ocular inicialmente. Este caso enfatiza a dificuldade de diagnóstico quando os achados oculares precedem aqueles das manifestações da pele e um diagnóstico de rosácea deve ser mantido em mente no diagnóstico diferencial da conjuntivite cicatrizante crônica. <![CDATA[Tatuagem conjuntival: relato de uma crescente tendência de modificação do corpo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600399&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT We report the case of a patient who received conjunctival tattooing for cosmetic purposes with associated complications. A 28-year-old male experienced severe ocular pain after undergoing conjunctival tattooing. Slit-lamp examination revealed blue deposits over the conjunctiva in association with intense conjunctival edema and a 4+ anterior chamber cellular reaction. The patient underwent clinical treatments to control ocular inflammation. Two months after the injury, the patient was still in follow-up to ensure that any further complications were managed and documented. This unusual case of conjunctival tattooing resulted in conjunctival edema and anterior uveitis. Because of the increasing popularity of eyeball tattooing, the potentially severe complications of this procedure may become more common.<hr/>RESUMO Relatamos um caso de um paciente que realizou tatuagem conjuntival para fins cosméticos com complicações associadas. Um homem de 28 anos de idade apresentou dor ocular importante após tatuagem conjuntival. O exame da lâmpada de fenda revelou depósitos azuis sobre a conjuntiva, associados a um intenso edema conjuntival e uma reação de câmara anterior de 4+ de células. O paciente foi submetido a tratamentos clínicos para controlar a inflamação ocular. Dois meses após o ocorrido, o paciente ainda estava em acompanhamento para garantir que quaisquer outras complicações fossem gerenciadas e documentadas. Um caso incomum de tatuagem conjuntival resultou em edema conjuntival e uveíte anterior. Devido à crescente popularidade da tatuagem no globo ocular, complicações potencialmente graves deste procedimento podem se tornar mais comuns. <![CDATA[Teleoftalmologia: onde estamos?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Information and communication technology has rapidly reached diverse aspects of modern life, including medicine and health-related matters. Aiming to improve teaching, research, and health care delivery for geographic or economic reasons, telemedicine is an ascending trend. Teleophthalmology might be one of the most challenging applications of telemedicine given its need for standardized and high definition digital images. However, technological advances are enhancing information transmission continuously and expanding the potential of teleophthalmology. In this review, we investigate the evolution and current status of teleophthalmology, describe its use in different areas, and explore its applicability. Although teleophthalmology is not a replacement for traditional eye care and still faces challenges for adequate implementation, it represents an effective care delivery method, facilitating appropriate and timely distribution of service especially in remote and/or underdeveloped regions.<hr/>RESUMO A tecnologia da informação alcança diversos aspectos da vida moderna, incluindo a medicina. Com o objetivo de aprimorar o ensino, pesquisa e assitência médica, seja por motivos geográficos ou econômicos, a telemedicina é uma tendência em ascenção. A teleoftalmologia é possivelmente uma das aplicações mais desafiadoras da telemedicina, uma vez que requer imagens digitais de alta resolução. Entretanto, avanços tecnológicos estão continuamente melhorando a transmissão de informações e expandindo o potencial da teleoftalmologia. Um revisão da literatura foi realizada para investigar a evolução e o status atual da teleoftalmologia, descrevendo e explorando sua aplicação em diferentes subespecialidades. Apesar de não representar uma substituição para a assistência oftalmológica tradicional, e, embora ainda existam desafios frente a uma implementação adequada, a teleoftalmologia é um método efetivo de assistência, facilitando a distribuição de atendimento, especialmente em regiões remotas e/ou menos desenvolvidas. <![CDATA[Otimizando a busca da literatura em revisões sistemáticas: MEDLINE é suficiente para identificar estudos de efeitos nas propriedades corneanas e no glaucoma?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492017000600406&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Information and communication technology has rapidly reached diverse aspects of modern life, including medicine and health-related matters. Aiming to improve teaching, research, and health care delivery for geographic or economic reasons, telemedicine is an ascending trend. Teleophthalmology might be one of the most challenging applications of telemedicine given its need for standardized and high definition digital images. However, technological advances are enhancing information transmission continuously and expanding the potential of teleophthalmology. In this review, we investigate the evolution and current status of teleophthalmology, describe its use in different areas, and explore its applicability. Although teleophthalmology is not a replacement for traditional eye care and still faces challenges for adequate implementation, it represents an effective care delivery method, facilitating appropriate and timely distribution of service especially in remote and/or underdeveloped regions.<hr/>RESUMO A tecnologia da informação alcança diversos aspectos da vida moderna, incluindo a medicina. Com o objetivo de aprimorar o ensino, pesquisa e assitência médica, seja por motivos geográficos ou econômicos, a telemedicina é uma tendência em ascenção. A teleoftalmologia é possivelmente uma das aplicações mais desafiadoras da telemedicina, uma vez que requer imagens digitais de alta resolução. Entretanto, avanços tecnológicos estão continuamente melhorando a transmissão de informações e expandindo o potencial da teleoftalmologia. Um revisão da literatura foi realizada para investigar a evolução e o status atual da teleoftalmologia, descrevendo e explorando sua aplicação em diferentes subespecialidades. Apesar de não representar uma substituição para a assistência oftalmológica tradicional, e, embora ainda existam desafios frente a uma implementação adequada, a teleoftalmologia é um método efetivo de assistência, facilitando a distribuição de atendimento, especialmente em regiões remotas e/ou menos desenvolvidas.