Scielo RSS <![CDATA[Bragantia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0006-870520070001&lang=en vol. 66 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Growth of maize 'Saracura' (BRS-4154) and <FONT FACE=Symbol>a</FONT>-amylase and invertases activity associated with the increase of flooding tolerance caused by exogenous calcium</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se avaliar o crescimento da plântula e o metabolismo de carboidratos associados ao aumento da tolerância à hipoxia exercido pela presença do cálcio no período de germinação e/ou alagamento de plântulas de milho com diferentes idades. O experimento foi desenvolvido na Universidade Federal de Lavras, MG, em 2002. Cariopses de milho da variedade 'Saracura' (BRS-4154) foram germinadas em água ou solução de CaCl2. Após dois e quatro dias, as plântulas foram submetidas ao alagamento em tubos de PVC com tampão (com ou sem CaCl2) por três dias, sendo então avaliadas a sobrevivência, massa seca e as características bioquímicas. O cálcio aumentou a sobrevivência ao alagamento de plântulas com quatro dias, entretanto, não influenciou naquelas com dois dias. O alagamento reduziu a massa seca das plântulas sem prejudicar sua recuperação pós-estresse, entretanto, o cálcio influenciou no acúmulo de massa seca pós-hipoxia somente em plântulas com quatro dias, mostrando uma recuperação mais rápida dos danos causados no período de alagamento, o que ocorre em plântulas de dois dias de germinação, independentemente desse elemento. Em plântulas mais jovens também houve maior mobilização das reservas de amido, assim como, maior translocação e utilização dessas reservas. O alagamento reduziu drasticamente a atividade da invertase ácida do vacúolo, independentemente da presença do cálcio, comprovando sua não participação nos processos comandados por essa enzima. A redução na atividade das invertases favorece menor concentração de hexoses, diminuindo a respiração anaeróbica e, conseqüentemente, a produção de substâncias tóxicas, aumentando a sobrevida das plântulas em condições de hipoxia.<hr/>This research evaluated the plantlet growth and carbohydrate metabolism associated with the increase in hypoxia tolerance caused by calcium presence during germination and/or flooding of maize plantlets with different ages. The experiment was conducted at Universidade Federal de Lavras, MG, in 2002. Maize caryopses (var.'Saracura') were germinated in water or CaCl2. After two and four days, the plantlets were submitted to flooding in PVC tubes with buffer (with or without CaCl2) during three days, being evaluated the survival, dry weight and biochemical characteristics. Calcium increased plantlet survival to flooding at four days, although there was no influence on two-day samples. Flooding reduced the plantlet dry weight without affect on the recovery after stress, therefore calcium influenced dry weight accumulation after hypoxia only in plantlets at four days, showing a faster recovery from damages caused during the flooding period, which also occurs in plantlets treated at two days of germination, but independently of this element. Younger plantlets also showed higher mobilization of the starch reserves, as well as higher translocation and utilization of these reserves. Flooding reduced drastically the vacuole acid invertase activity, independent of calcium presence, demonstrating that it has no participation in the processes coordinated by this enzyme. The reduction in the invertase activity favors a lower hexose concentration, decreasing anaerobic respiration and, consequently, the production of toxic substances, thereby increasing the survival of plantlets in hypoxia conditions. <![CDATA[<B>Genetics divergence among lettuce genotypes by AFLP markers</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Considerando a restrita diversidade de espécies disponíveis para nutrir a carência de vitaminas no Brasil, Kerr e colaboradores, desde 1981, vêm desenvolvendo pesquisas para melhoramento genético de hortaliças ricas em vitamina A. Dentre elas, obtiveram uma cultivar de alface, denominada Uberlândia 10.000 com 10.200 UI de vitamina A em 100 gramas de folha fresca. Este trabalho objetivou comparar o grau de divergência genética entre a cultivar Uberlândia 10.000 e seus parentais para avaliar a eficiência da seleção utilizada, por meio da técnica AFLP. Foram utilizados os seguintes genótipos de alface: Maioba, Salad Bowl-Mimosa, Moreninha-de-Uberlândia, Vitória de Santo Antão, Uberlândia 10.000 lisa 8.ª e 9.ª geração e Uberlândia 10.000 crespa 8.ª e 9.ª geração. A técnica AFLP foi eficiente para identificar genótipos muito próximos e para estudos de progênies em alface. O primer PR15 permitiu a separação da forma lisa e crespa com 1,8% de divergência genética e a oitava da nona geração com apenas 0,71%. Com o estudo da filogenia da cultivar pode-se observar que o programa de melhoramento foi desenvolvido com sucesso, pois a cultivar obtida Uberlândia 10.000 possui alto teor de vitamina A e 92% de similaridade com o parental Vitória de Santo Antão. O primer PR11 conseguiu identificar polimorfismo entre cultivares de alta e baixa resistência à septoriose, sugerindo a possibilidade destas bandas estarem relacionadas à resistência.<hr/>Considering the restricted diversity of species available to counteract vitamin deficiencies in Brazil, Kerr and coworkers have been engaged since 1981, in developing genetic improved garden vegetables rich in vitamin A. One of these vegetables is the lettuce cultivar Uberlândia 10,000, which contains 10,200 UI of vitamin A per 100 grams of fresh leaves. This study compares the genetic diversity between Uberlândia 10,000 and its parental, evaluating selection efficiency through the AFLP technique. The following lettuce genotypes were used for this comparison: Maioba, Salad Bowl-Mimosa, Moreninha-de-Uberlândia, Vitória de Santo Antão, smooth 8th and 9th generation Uberlândia 10,000, and crinkly 8th and 9th generation Uberlândia 10,000 cultivars. The AFLP technique was effective for identifying very close genotypes and for studying lettuce progenies. The primer PR15 enabled the separation of smooth and crinkly types down to 1.8% of genetic diversity and the 8th and 9th generations down to only 0.71% of diversity. Phylogenetic study of the cultivar confirmed the success of the breeding program, with the Uberlândia 10,000 cultivar revealing high vitamin A content and 92% of similarity with the parental Vitória de Santo Antão. The primer PR11 allowed the identification of polymorphism between cultivars with high and low resistance to septoriosis, suggesting that these bands may be resistance-related. <![CDATA[<B>Changes in morfology and phenolics accumulation in sorghum (S<I>orghum bicolor</I> (L.) Moench) plants under aluminum stress</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os efeitos do alumínio (Al+3) sobre a morfologia e o acúmulo de compostos fenólicos foram avaliados em duas cultivares de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) com tolerância diferencial ao Al+3. As plantas foram mantidas em solução nutritiva durante dez dias, na presença (185 mM) ou na ausência de Al+3. Os ápices radiculares foram coloridos com hematoxilina férrica, sendo a intensidade da coloração observada na presença do Al+3 muito próxima entre as cultivares, o que inviabiliza a aplicação desse teste, isoladamente, para discriminação entre o genótipo sensível e o tolerante ao Al+3. As análises da morfologia externa e interna dos ápices radiculares de plantas tratadas com Al+3 também foram muito similares entre as duas cultivares, não permitindo a utilização dessas características para seleção entre a cultivar sensível e a tolerante. O maior acúmulo de lignina e, principalmente, a menor produção de compostos fenólicos, observados na presença do Al+3 nas raízes das plantas da cultivar tolerante (BR006R), são parâmetros que possibilitam a discriminação das cultivares quanto à tolerância ao Al+3.<hr/>The Al+3 effects on the morphology and on the phenolics accumulation were evaluated in two sorghum cultivars exhibiting differential tolerance to Al+3. The plants were kept in nutrient solution, for ten days, in the presence (185 mM) or Al+3 absence. The root apexes were colored with ferric hematoxylin, and because the intensity of color development is very similar among evaluated cultivars, the use of this method as a selection parameter for Al+3-tolerance is not indicated. Analyses of superficial and internal morphology from tissues treated with Al+3 also expressed very similar alterations among the two cultivars, not allowing its use for selection between sensitive and Al+3-tolerant genotype. The higher lignin accumulation and, mainly, the lower phenolics production in roots of the BR006R cultivar in Al+3's presence, demonstrated the existence of differential tolerance among cultivars. <![CDATA[<B>Lipoxygenase activity in Brazilian rice cultivars with variable resistance to leaf blast disease</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Eight rice lines viz. CNA 8983, IAC-1732, IAC-1733, IAC-1748, IAC-1736, IAC-201, Volano and Arborea were evaluated in greenhouse for resistance against the leaf blast disease caused by Magnoparthe gracea. Lines CNA 8983, IAC 1732, IAC 1733 and IAC 1748 showed satisfactory resistance against the blast fungus while IAC 1736 and IAC 201 were intermediate and Volano and Arborea susceptible. All lines did not have lipoxygenase activity increased by methyljasmonic acid, however enzyme activity showed a positive relationship with resistance.<hr/>Oito linhagens de arroz (CNA 8983, IAC-1732, IAC-1733, IAC-1748, IAC-1736, IAC-201, Volano e Arborea) foram avaliadas em casa de vegetação para a resistência contra a brusone causada por Magnoparthe gracea. As linhagens CNA 8983, IAC 1732, IAC 1733 e IAC 1748 foram satisfatoriamente resistentes contra o fungo; IAC 1736 e IAC 201 foram intermediárias e Volano e Arbórea, suscetíveis. Em todas as linhagens não ocorreu atividade de lipoxigenase aumentada pela exposição ao ácido metiljasmônico, no entanto, a atividade enzimática mostrou correlação positiva com a resistência. <![CDATA[<B>Evaluation of wheat inbred lines originated from interespecific crosses in two locations in the state of São Paulo, Brazil, and in the laboratory</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Avaliaram-se 18 linhagens semi-anãs, provenientes de cruzamento interespecífico entre trigo comum e trigo duro e duas cultivares-controle (IAC-24 e IAC-370). As linhagens foram avaliadas em quatro ensaios, com quatro repetições em Capão Bonito, condição de sequeiro e solo ácido e em Mococa, condição de irrigação e solo corrigido, em 2003 e 2004, em relação à produção de grãos, altura das plantas e resistência à ferrugem-da-folha. A tolerância à toxicidade ao alumínio foi avaliada em soluções nutritivas contendo 0, 2, 4, 6, 8 e 10 mg L-1, em laboratório. Em Capão Bonito, a linhagem 14 foi imune a Puccinia recondita f. sp. tritici, agente causal da ferrugem-da-folha, e destacou-se em relação à produção de grãos e à tolerância ao alumínio. Nos quatro ensaios, as cultivares IAC-24 e IAC-370 e as linhagens 5, 9, 10, 12, 13, 18, 19 e 20 foram moderadamente resistentes ao agente causal dessa ferrugem. A linhagem 14 pela resistência ao agente causal da ferrugem-da-folha em todos os ensaios, poderá ser utilizada como fonte genética para esta característica. Todos os genótipos foram tolerantes à toxicidade de alumínio, por ocorrer crescimento da raiz primária após o tratamento com 10 mg L-1 de Al3+, com exceção da cultivar Anahuac sensível a 2 mg L-1 de Al3+, e da IAC-370, além da linhagem 13, sensíveis a 4 mg L-1 de Al3+. Produção de grãos, em condição de sequeiro e de solo ácido, e porte da planta foram afetados de forma semelhante pela toxicidade de alumínio.<hr/>Eighteen semidwarf type wheat inbred lines, originated from interespecific cross between bread and durum wheat and two control cultivars (IAC-24 and IAC-370), were evaluated in four trials, with four replications, carried out at Capão Bonito, in acid soil without lime application and upland condition, and at Mococa, acid soil with lime application and sprinkler irrigation condition, in 2003 and 2004, in relation to grain yield, plant height and resistance to leaf rust. The tolerance to Al3+ toxicity was evaluated in nutrient solutions containing 0, 2, 4, 6, 8 and 10 mg L-1, in the laboratory. The inbred line 14, in Capão Bonito, was immune to the Puccinia recondita f. sp. tritici, causal agent of leaf rust and was superior for grain yield and tolerance to aluminum toxicity. In the four trials, the cultivars IAC-24 and IAC-370 and the inbred lines 5, 9, 10, 12, 13, 18, 19 and 20 showed moderate resistance to the causal agent of this rust. The inbred line 14 due to the resistance to the causal agent of leaf rust in all trials could be used considered a source of genetic for this character. In general, genotypes were tolerant to aluminum toxicity because they showed root growth after treatment in solution containing 10 mg L-1, except for the cultivar Anahuac sensitive to 2 mg L-1 of Al3+, and the cultivar IAC-370 and the line 13, sensitive to 4 mg L-1 of Al3+. Grain yield in acid soil without lime application in upland condition and plant height were affected in the same way by aluminum toxicity. <![CDATA[<B>Progenies of <I>Coffea arabica</I> cv IPR-100 resistant to root-knot nematode <I>Meloidogyne paranaensis</B></I>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar o nível de resistência a Meloidogyne paranaensis em progênies de cafeeiros (Coffea arabica) de frutos maiores da mesma família da cultivar IPR-100. O experimento de 64 tratamentos foi desenvolvido em casa de vegetação no delineamento em blocos ao acaso com 3 repetições e parcelas com 20 plântulas. A cultivar Mundo Novo IAC 376-4 foi utilizada como testemunha suscetível a M. paranaensis. Foram inoculados 500 ovos por planta, totalizando 10000 ovos por parcela de 100 cm². Avaliou-se, 109 dias após as inoculações, o número de galhas e a massa de ovos presentes nas raízes. As plantas-mãe das 24 progênies classificadas como resistentes ao M. paranaensis têm potencial para se tornarem a versão melhorada da cultivar IPR-100 com frutos maiores.<hr/>The aim of this research was to identify large grain progenies of Coffea arabica cv IPR-100 with various level resistance to Meloidogyne paranaensis. The experiment was performed in greenhouse by artificial inoculation, with a experimental design of randomized blocks with 64 treatments (63 C. arabica 'IPR-100' progenies + C. arabica 'Mundo Novo'), 3 replications and 20 plants per plot. The Mundo Novo IAC 376-4 cultivar was used as susceptible standard to M. paranaensis. Five hundred eggs per plant were inoculated, totalizing 10000 eggs per plot of 100 cm². Gall and egg mass indexes were evaluated 109 days after the inoculations. The mother plants of the 24 progenies classified as resistants to M. paranaensis have potential to become an improved version of 'IPR-100' with large grains. <![CDATA[<B>Heterosis and combining ability analyses from the partial diallel</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en This study discusses from the theoretical standpoint the analyses of heterosis and combining ability from the partial diallel. Aiming at to investigate the information provided by the genetic parameters, simulation studies were realized. The genetic model adjusted considered one gene, groups of six populations, three degrees of dominance (|d/a| equal to 0.5, 1 and 2, representing partial, complete and overdominance) and random allelic frequencies. For each degree of dominance 50 replications were performed. The model for heterosis analysis does not need to be restricted. The unrestricted model gives the same information as the restricted one. The model for combining ability is restricted. The restrictions of the partial-G2 model of GERALDI and MIRANDA-FILHO do not satisfy the parametric values of the specific combining ability effects. As in the complete diallel analysis, from the theoretical point of view there is no differences between the analysis of heterosis and combining ability. The analysis of differences in gene frequencies among the populations of the two groups is more efficient when it considers the heterosis and not the specific heterosis - or the specific heterosis effects or the effects of specific combining ability - mainly for genes whose frequencies are contrasting in the groups.<hr/>Este estudo discute do ponto de vista teórico as análises de heterose e capacidade de combinação a partir de dialelo parcial. Foram realizados estudos de simulação com o objetivo de investigar as informações proporcionadas pelos parâmetros genéticos. O modelo genético ajustado considerou um gene, grupos de seis populações, três graus de dominância (|d/a| igual a 0,5, 1 e 2, representando dominâncias parcial e completa, e sobredominância) e freqüências alélicas aleatórias. Para cada grau de dominância foram realizadas 50 simulações. O modelo para análise de heterose não precisa ser restrito. O modelo irrestrito proporciona as mesmas informações do restrito. O modelo para análise de capacidade de combinação é restrito. As restrições do modelo partial-G2 de GERALDI e MIRANDA-FILHO não satisfazem aos valores paramétricos dos efeitos de capacidade específica de combinação. Como na análise de dialelo completo, do ponto de vista teórico não há diferenças entre as análises de heterose e de capacidade de combinação. A análise das diferenças de freqüências gênicas entre as populações dos dois grupos é mais eficiente quando são consideradas as heteroses e não as heteroses específicas - ou os efeitos de heterose específica ou os efeitos de capacidade específica de combinação - principalmente quanto a genes cujas freqüências são contrastantes nos grupos. <![CDATA[<B>Reaction of <I>Lactuca sativa</I> L. lines to <I>Lettuce mosaic virus</I> (LMV)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho teve como meta avaliar a reação de 18 linhagens superiores do programa de melhoramento de alface (Lactuca sativa L.) do IAC e de seis cultivares comerciais, ao Lettuce mosaic virus (LMV). Em condições de campo, na região de Atibaia (SP), foram observados sintomas de mosaico, nanismo e necrose em plantas das cultivares Rider, 'Karla H25' e Hortência. O vírus presente nos isolados foi identificado por meio de inoculação mecânica em plantas indicadoras e diferenciadoras e de testes sorológicos de Plate Trapped Antigen-Enzyme linked-immunosorbent assay (PTA-ELISA). Nas amostras avaliadas, identificou-se a espécie LMV pelo PTA-ELISA e do patotipo IV pela reação nas hospedeiras diferenciais. Para a avaliação do comportamento dos genótipos de alface, foi empregado o LMV isolado 'Karla H25'. Foram submetidos à inoculação 24 genótipos de alface empregando-se, como controle positivo, a alface 'White Boston' por sua suscetibilidade ao LMV. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso e analisado pelo teste do qui-quadrado. Detectaram-se genótipos com comportamento de suscetibilidade e de tolerância. Nos genótipos 3 e 4, foram observadas plantas com comportamento de tolerância ao LMV isolado 'Karla H25', enquanto nos demais genótipos, constataram-se plantas com comportamento suscetível. O plantio de cultivares tolerantes pode ser uma alternativa aos prejuízos causados pela infecção pelo LMV com conseqüente diminuição do uso de produtos químicos para o controle dos afídeos vetores.<hr/>Reactions to one isolate from diseased lettuce plants collected in 2003 in Atibaia, SP, were studied in six varieties and 18 selected lettuce (Lactuca sativa L.) lines. Underdeveloped, malformed leaves with mosaic symptoms and also necrotic leaves were found under field conditions in Raider, 'Karla H25' and Hortência lettuce cultivars. These symptomatic plants were sampled and the virus etiology studied by PTA-ELISA and by means of mechanical inoculation on test plants and on differential lettuce cultivars resistant to Lettuce mosaic virus, LMV pathotypes I, II and III. LMV pathotype IV was identified in all cultivars studied by the reaction in the differential hosts. 'Karla H25'isolate was selected to screen the best lines of the breeding as well as lettuce program and commercial varieties. Twenty-four best lines of the program were inoculated with this isolate and the evaluations were based on symptoms. Symptomless lettuce plants were additionally tested for LMV presence, in PTA-ELISA, and by retro-inoculation to Chenopodium amaranticolor. The results indicated lines with varied degrees of susceptibility and tolerance. Lines 3 and 4 showed tolerance and this suggests that they can provide a good alternative for disease control and also that they might contribute in the reduction of chemical control. <![CDATA[<B>"Decote" type pruning effect upon <I>xylella fastidiosa</I> control in coffee cultivars</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en A bactéria Xylella fastidiosa causa prejuízos à cafeicultura e o emprego de produtos químicos, até o presente, não tem possibilitado o controle econômico dessa bactéria. O manejo adequado do cafezal, desde o plantio, com o uso de mudas isentas da bactéria e o controle das cigarrinhas vetoras, são medidas que atenuam a incidência da doença. A utilização de podas, que tem sido recomendada como medida de controle em citros e videiras, não tem ainda eficiência comprovada para o cafeeiro. Neste trabalho, objetivou-se estudar a eficácia do emprego da poda do tipo decote em cafeeiros arábica como controle de X. fastidiosa. Para tanto, após o emprego desse tipo de poda em cafeeiros infectados pela bactéria, quantificou-se a proporção de elementos de vaso do xilema obstruídos pela bactéria, e avaliou-se a severidade dos sintomas externos de infecção provocados pela X. fastidiosa. Oito meses após a aplicação da poda, no mês de junho de 2003 (período seco), observou-se que as plantas estavam com 4% dos elementos de vaso do pecíolo, 2% na nervura principal e 1% no caule obstruído pela X. fastidiosa. No período chuvoso, 14 meses após a poda, a proporção de obstrução dos elementos de vaso diminuiu para 2% no pecíolo, 1% no caule e na nervura principal. A prática da poda diminuiu ligeiramente a proporção de elementos de vaso obstruídos pela bactéria apenas no período seco, uma vez que foi observado antes da poda um máximo de 6% de obstrução no pecíolo. Os novos ramos que brotavam no cafeeiro, na estação chuvosa, pareciam compensar a obstrução dos ramos mais velhos, diminuindo a proporção de obstrução dos elementos de vaso na planta. Em 2003, não houve diferenças na severidade do sintoma externo entre os tratamentos nos dois períodos, seca e chuvoso. Entretanto, no período seco de 2004, as cultivares Catuaí Vermelho IAC 81 e Mundo Novo IAC 515-20, enxertadas sobre o porta-enxerto 'Apoatã IAC 2258' de C. canephora, foram os tratamentos com maior severidade e, novamente no período chuvoso, as diferenças não foram observadas. Concluiu-se, portanto, que a prática da poda do tipo decote não resultou nesse experimento em um controle eficiente da X. fastidiosa em cafeeiros de C. arabica de pé-franco ou enxertados e infectados por esta moléstia.<hr/>Xylella fastidiosa plant colonization causes damages to the coffee production and nowadays there is no available economic chemical control to this bacterium. Adequate cultivation management as the use of bacteria-free scions and control of the insect vector (cicadas), are practices that may attenuate the disease incidence. Pruning, that has been recommended for citrus and vines for disease control, still does not have its efficiency proved for coffee plants. This research work aimed to quantify the proportion of xylem vessel elements obstructed by the bacteria, as well as to evaluate the disease external symptoms severity after the "decote" type pruning. In June 2003 (dry season), eight months after pruning, it was observed that 4% of the petiole vessel elements were obstructed by X. fastidiosa, 2% of the central vein and 1% of the stem. In the rainy season, 14 months after pruning, the obstruction proportion of vessel elements decreased to 2% in the petiole and to 1% in central vein and stem respectively. Therefore, the pruning practice decreased slightly the xylem vessel obstruction caused by the bacteria in the dry period, once prior to pruning a 6% obstruction in the petiole was observed. The new branches sprouted during the rainy season seemed to compensate obstruction in older branches, thus decreasing vase obstruction proportion. In 2003 there were no differences in the disease symptom severity among treatments in the two periods (dry and rainy season), however, in the dry period of 2004, 'Catuaí Vermelho IAC 81' and 'Mundo Novo IAC 515-20' cultivars, grafted on C. canephora 'Apoatã IAC 2258', presented higher severity and, again in the rainy period, differences were not observed. It was concluded that the "decote" type pruning practice did not result in a X. fastidiosa efficient control. <![CDATA[<B>Assessment of the economic injury level of <I>Mahanarva fimbriolata</I> (Stål) (hemiptera: cercopidae) to sugarcane</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en O nível de dano econômico de Mahanarva fimbriolata (Stål) em cana-de-açúcar foi estimado em experimento em campo, em área colhida em fim de safra (novembro), aplicando-se thiamethoxam nas doses de 150, 200 e 250g i.a.ha-1, quando as populações da praga eram de 1,8 (4/12/02), 7,6 (17/12/02) ou 12,4 cigarrinhas.m-1 (26/12/02). Parcelas testemunhas sem inseticida foram mantidas. Após as aplicações, as infestações de cigarrinha foram estimadas mensalmente e em 26/9/03 o experimento foi colhido. O controle de cigarrinha pela aplicação de inseticida resultou em incremento de produtividade de colmos e de açúcar, em relação à testemunha. Aplicações feitas sob infestações de 1,8 (04/12/02) ou 7,6 (17/12/02) resultaram em maior produtividade do que aplicações feitas com populações de 12,4 cigarrinhas.m-1. Na média, as três doses de thiamethoxam tiveram comportamento semelhante, mas houve interação entre dose e época ou infestação por ocasião das aplicações. Quando as aplicações foram feitas em 4/12/02, sob infestação de 1,8 cigarrinhas.m-1, o tratamento com thiamethoxam a 250g i.a.ha-1 resultou em produtividade de colmos e de açúcar total recuperável superior à do tratamento com 150 g i.a.ha-1, fato atribuído ao maior residual e melhor controle inicial da praga, proporcionado pela dose maior. Pela análise econômica observou-se que thiamethoxam a 250g i.a.ha-1 aplicado com infestação de 1,8 cigarrinhas.m-1 proporcionou o maior lucro, e enquanto aplicado na dose de 250g i.a.ha-1, sob infestação de 12,4 cigarrinhas.m-1, a menor receita líquida. Análises de regressão permitiram estimar o nível de dano econômico da praga, nas condições do presente experimento, entre 3 e 5 cigarrinhas.m-1.<hr/>The economic injury level of Mahanarva fimbriolata (Stål) to sugarcane was experimentally evaluated in a field area harvested at November. The inseticide thiamethoxam was applied: 150, 200 e 250 g i.a.ha-1. Applications started when the pest populations reached of 1.8 spittlebugs.m-1 (12/04/02), 7.6 spittlebugs.m-1 (12/17/02) or 12.4 spittlebugs.m-1 (12/26/02). Untreated plots were maintained as check. After the insecticide applications, infestations of the sugarcane root froghopper were monthly evaluated till 9/26/03 when the experiment was harvested. Compared with check plots, the pest control resulted in significant increment of sugar productivity. When applied under infestation of 1.8 (12/04/02) or 7.6 (12/17/02) the productivity was resulted higher than control made with populations of 12,4 spittlebugs.m-1. Thiamethoxam was efficient when applied in all of the three doses. It was observed interaction between dose and time of insecticide application. When the applications had been made in 12/04/02, under infestation of 1,8 spittlebugs.m-1, the treatment with thiamethoxam 250 g i.a.ha-1 resulted in stalks and sugar productivities higher than the treatment with 150g i.a.ha-1. This fact was attributed to the greater amount of residue and better initial control of the pest, obtained with the highest dose. The economic analysis of the data showed that thiamethoxam at 250g i.a.ha-1 applied with the infestation of 1.8 spittlebugs.m-1, provided the greatest profit, whereas when applied at the dose of 250g i.a.ha-1, under infestation of 12.4 spittlebugs.m-1, the smallest net income was obtained. Regression analysis allowed the estimation of the economic injury level for the pest, in the present experimental conditions, as ranging from 3 to 5 spittlebugs.m-1. <![CDATA[<B>Selections for resistance and susceptibility, detection and monitoring of resistance to the acaricide chlorfenapyr in <I>Tetranychus urticae</I> koch (Acari: Tetranychidae)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Problemas com resistência de ácaro-rajado, Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), a acaricidas têm sido registrados em diversos países, inclusive no Brasil. O estudo teve como objetivo caracterizar a resistência de T. urticae ao acaricida clorfenapir e avaliar a freqüência de resistência a esse composto em áreas comerciais de seis culturas no Estado de São Paulo. Seleções para resistência e suscetibilidade a clorfenapir foram realizadas em laboratório, utilizando-se uma população de T. urticae coletada em 2002 de um cultivo comercial de crisântemo em Holambra (SP). Após seis seleções para resistência e cinco seleções para suscetibilidade, foram obtidas as linhagens suscetível (S) e resistente (R) de T. urticae a clorfenapir. A razão de resistência (CL50 R/ CL50 S) obtida alcançou valores de 571 vezes. Estabeleceu-se uma concentração discriminatória de 37,4 mg L-1 de ingrediente ativo (i.a.) para o monitoramento da resistência de T. urticae a clorfenapir. O monitoramento foi realizado coletando-se 21 populações de ácaros em áreas comerciais de diferentes culturas (mamão, morango, feijão, tomate, crisântemo, rosa), em vários municípios do Estado de São Paulo. Arenas confeccionadas com folha de feijão foram infestadas com ácaros T. urticae e pulverizadas com clorfenapir, na sua concentração discriminatória, em torre de Potter. Os resultados indicaram grande variabilidade entre as populações com relação à suscetibilidade a clorfenapir. Foram observadas populações com freqüências de resistência entre 0,0 e 65,4%. As maiores freqüências de resistência foram observadas para populações coletadas de crisântemo em Holambra (SP).<hr/>Problems associated with acaricide resistance in Tetranychus urticae Koch have been recorded in several countries including Brazil. The objective of this study was to characterize the resistance of T. urticae to the acaricide chlorfenapyr and to evaluate the resistance frequency in commercial fields of six crops in the State of São Paulo (SP). Selections for resistance and susceptibility to chlorfenapyr were performed in a population of T. urticae collected in 2002 from a commercial chrysanthemum field in Holambra county, SP. After six selections for resistance and five selections for susceptibility, susceptible (S) and resistant (R) strains of T. urticae to chlorfenapyr were obtained. The resistance ratio (R/S) at the LC50 reached values of 571-fold. A discriminating concentration of 37.4 mg L-1 of active ingredient (A.I.) was established for monitoring chorfenapyr resistance in T. urticae. Twenty one mite populations were collected from different crops (papaya, strawberry, bean, tomato, chrysanthemum, rose), in various counties in the State of São Paulo. Bean-leaf-disc arenas were infested with T. urticae mites and submitted to chlorfenapyr spraying at the discriminating concentration, using a Potter tower. The results showed significant differences among populations in their responses to chlorfenapyr. Populations with frequencies of resistance from 0,0 to 65.4% were detected. The highest frequencies of resistance were observed in populations obtained from chrysanthemum in Holambra. <![CDATA[<B>Effect of diameter of the cotton squares in the development of boll weevil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en The objective of this work was to study the effect of diameter of the cotton squares in the corporal mass of adults of boll weevil, Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae). The assay was carried out under field and laboratory conditions, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. Six samplings obtained from a random harvesting of ten plants of each cultivar (Coodetec 405 and Fibermax 986). The number and diameter of squares were recorded for each plant. Squares with oviposition orifices were kept individually in a recipient and observed daily until adult emergence. The larger the diameter of the squares, the more corporal mass of boll weevil newly emerged adults in both cultivars.<hr/>O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito do diâmetro dos botões florais de algodoeiro na massa corporal de adultos do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae). O experimento foi realizado em condições de campo e laboratório, em Jaboticabal (SP), Brasil. Foram realizadas seis amostragens, coletando-se ao acaso dez plantas nas cultivares Coodetec 405 e Fibermax 986, avaliando-se o número e o diâmetro de botões florais. Os botões florais com orifícios de oviposição foram individualizados em frascos e observados diariamente para a visualização da emergência dos adultos. Botões florais com maiores diâmetros proporcionam maior massa corporal de adultos de A. grandis recém-emergidos nas duas cultivares. <![CDATA[<B>Crop residues aging on soil and their effects on pre-emergence herbicides</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o objetivo de avaliar os efeitos do envelhecimento dos resíduos vegetais de diferentes espécies [sorgo de cobertura (Sorghum bicolor x S. sudanensis 'Cober Exp'), milheto forrageiro (Pennisetum americanum 'BN2'), capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana) e capim-braquiária (Brachiaria brizantha)], no controle de Ipomoea grandifolia, pelos herbicidas diclosulam e imazaquin, aplicados em pré-emergência, foi desenvolvido experimento em casa de vegetação, no período de agosto a dezembro de 2004. Foram realizadas determinações químicas nos materiais vegetais em decomposição. A eficácia do herbicida diclosulam não foi afetada pelo envelhecimento da palha de nenhuma das coberturas estudadas. Pelo contrário, a associação desse herbicida a qualquer dos resíduos vegetais estudados, principalmente o de capim-braquiária, favoreceu o controle da planta daninha. O imazaquin teve o potencial de controle influenciado pelas coberturas de milheto forrageiro e capim-braquiária, aos 90 dias após a deposição dos resíduos vegetais sobre o solo. Tal comportamento pode ser atribuído ao enriquecimento de celulose e lignina nos materiais vegetais de milheto forrageiro e capim braquiária.<hr/>An experiment was conducted from August to December 2004 under greenhouse conditions to evaluate the effects of aging residues of different plant species [coverage sorghum (Sorghum bicolor x S. sudanensis 'Cober Exp'), forage millet (Pennisetum americanum 'BN2'), finger millet (Eleusine coracana) and St. Lucia Grass (Brachiaria brizantha)], on the control of Ipomoea grandifolia using the pre-emergence herbicides diclosulam and imazaquin. Crop residues were subjected to chemical analyses. The efficiency of diclosulam was not affected by any of the residues. On the other hand, in association with residues of any of the species, but especially with St. Lucia Grass, this herbicide showed increased weed control efficiency. The control potential of imazaquin was influenced by forage millet and St Lucia Grass residues 90 days after laying residues on the soil. This behavior may be due to cellulose and lignin increase in both forage millet and St. Lucia Grass. <![CDATA[<B>Influence of the type and amount of crop residues in efficiency of herbicides applied pre-emergence in soybean</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o objetivo de avaliar, em condições de campo e na região originalmente sob cerrado, os efeitos de resíduos vegetais [sorgo de cobertura (híbrido Cober Exp), milheto forrageiro (var. BN2), capim-pé-de-galinha (Eleusine coracana) e capim-braquiária (Brachiaria brizantha)] e duas quantidades de palha (3,0 e 5,5 t ha-1, no primeiro ano do estudo, e 3,5 e 5,8 t ha-1, no segundo) na eficácia de herbicidas residuais (diclosulam e imazaquin) aplicados em pré-emergência na cultura da soja, foi desenvolvido experimento, no ano agrícola 2003/2004 e repetido em 2004/2005, na fazenda Três Marcos, em Uberlândia (MG). Os herbicidas diclosulam e imazaquin não tiveram a eficácia afetada pela presença de palha na superfície do solo, independentemente da quantidade. Associados às coberturas, obteve-se melhor controle. No primeiro ano, após a instalação da cultura da soja, plantas de Eleusine coracana tornaram-se as principais infestantes na parcela de capim-pé-de-galinha.<hr/>This work was conducted in the agricultural years 2003/04 and 2004/05, at the farm 'Três Marcos', Uberlândia, MG - Brazil to evaluate the effect of crop residues [coverage sorghum (hybrid Cober Exp), forage millet (var. BN2), finger millet (Eleusine coracana) and St. Lucia Grass (Brachiaria brizantha)] and two amounts of straw (3.0 and 5.5 t ha-1 in the first year and 3.5 and 5.8 t ha-1, in the second year) in efficiency of herbicides (diclosulam and uimazaquin) applied pre-emergence in soybean, 'Cerrado' conditions. The efficiency of herbicides diclosulam and imazaquin was not affected by the straw at any amount. Associated to the straw coverage, it had best weed control. In the first year, after the soybean field was installed, Eleusine coracana became the major weed species in the finger millet plot. <![CDATA[<B>Soil management and nitrogen fertilization on winter irrigated common bean</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en A adoção de um sistema de manejo que possibilite melhorar as condições físicas do solo, associado ao fornecimento adequado de nitrogênio pode ser de suma importância no sentido de aumentar a eficiência da planta na utilização dos recursos disponíveis para seu desenvolvimento e a produção. O trabalho teve com objetivo avaliar o efeito do manejo do solo e de diferentes épocas de aplicação de nitrogênio no desenvolvimento e na produtividade do feijoeiro de inverno. O experimento foi desenvolvido no município de Selvíria (MS), no período de outono-inverno de 2002, 2003 e 2004, com uso de irrigação. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com 24 tratamentos, constituído de três modalidades de manejo do solo (grade pesada + grade niveladora, escarificador + grade niveladora e plantio direto) e oito épocas de aplicação de nitrogênio (Testemunha sem N, Semeadura - S, estádio V3, V4, 1/2 S + 1/2 V3, 1/2 S + 1/2 V4, 1/2 V3 + 1/2 V4 e 1/3 S + 1/3 V3 + 1/3 V4), com 4 repetições. Conclui-se que de três anos de cultivo, somente em um o plantio direto proporcionou maior produtividade do feijoeiro de inverno irrigado por aspersão em relação ao preparo convencional do solo. As épocas de aplicação de nitrogênio não proporcionaram diferenças na produtividade do feijoeiro. A adubação nitrogenada propiciou, em média, três cultivos, um aumento de 62% na produtividade do feijoeiro se comparado com a testemunha sem N.<hr/>The adoption of a system that facilitates to improve the conditions of soil, associated to nitrogen supply, can be very important to increase the plant efficiency IN using available resources. With the purpose of evaluating the effect of soil management and different stadia of nitrogen application on the development and production of winter irrigated common bean crop, a field experiment was carried out in Selvíria County, State of Mato Grosso do Sul, in the fall - winter growing season of 2002, 2003 and 2004. A randomized block design was used, with 24 treatments, constituted by three soil management system (heavy disk + leveling disk, chisel ploughing + leveling disk and no tillage) and eight stadia of nitrogen application (control without N application, at sowing - S, V3 stadium, V4 stadium, 1/2 S + 1/2 V3, 1/2 S + 1/2 V4, 1/2 V3 + 1/2 V4 and 1/3 S + 1/3 V3 + 1/3 V4), with 4 replications. As conclusion, for the three years of cropping, in only one of them, the no till system provided larger yield in the winter common bean irrigated by aspersion in relation to the conventional soil management. The stadia of nitrogen application did not provide differences in the yield of the bean plant. The nitrogen fertilization provided, on average of three crops, an increase of 62% in the yield of the common bean plant as compared with the control without N. <![CDATA[<B>Efficiency and distribution of nitrogen applied on side-dressing in corn intercropped with <I>Brachiaria ruziziensis</I>, cultivated in Santa Fe system</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en No sistema Integração Lavoura Pecuária (ILP), com opção pelo sistema Santa Fé - milho em consórcio com a Brachiaria ruziziensis, Germain & Edvard, são viabilizadas a produção de grãos e a forrageira com a finalidade de cobertura de solo e ou pastejo na entressafra no sistema plantio direto (SPD). Foi desenvolvido um experimento na Fazenda Canadá, município de Uberlândia, MG, em Latossolo Vermelho distrófico, de textura média (218 g kg-1 de argila), no sistema Santa Fé objetivando-se: a) quantificar a eficiência e distribuição de N-aplicado em cobertura na cultura de milho e de B. ruziziensis; b) quantificar o teor de S-SO4(2-) distribuído no perfil de solo após a aplicação de N em cobertura e c) produção da massa de matéria seca (MMS) da B. ruziziensis na colheita do milho e aos 55 dias após. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com oito tratamentos dispostos em faixas, com 100 m de comprimento e 4,5 m de largura, com quatro repetições. Os tratamentos foram: milho solteiro e consorciado sem N em cobertura, milho solteiro e consorciado com mistura de uréia e sulfato de amônio, relação 1:1 em nutriente, milho solteiro e consorciado com uréia em cobertura e milho solteiro e consorciado com sulfato de amônio em cobertura. Foram efetuadas duas coberturas de N, utilizando-se fontes marcadas com 15N, em estádios de dois a três folhas e cinco a seis folhas, aplicando-se a lanço, na entrelinha e incorporada no meio das entrelinhas, respectivamente, 40 e 64 kg ha-1 de N. A B. ruziziensis foi semeada em dose de 12 kg ha-1 em uma única fileira, na entrelinha, no estádio de cinco a seis folhas, e simultaneamente à segunda cobertura nitrogenada. Conforme os resultados, aos 23 dias após a segunda cobertura, na camada de 20 até 60 cm, as concentrações decrescentes de S-SO4(2-) no solo foram para sulfato de amônio > uréia + sulfato de amônio > uréia = testemunha, nos tratamentos de milho solteiro. A eficiência média do N-fertilizante no estádio de duas a três folhas foi de 45,0% do N-aplicado, independentemente da fonte aplicada. Na segunda cobertura foi, em média de 60,7%, independentemente do manejo e das fontes aplicadas, com destaque para o tratamento com sulfato de amônio (73,7% em média). Em ambas as culturas e, até a colheita de milho, foram assimilados 54,5 kg ha-1 do N-aplicado em cobertura, sendo 97,1% e 2,9% distribuídos na parte aérea no milho e B. ruziziensis, respectivamente. Não houve diferença de produtividade, exceto em relação às testemunhas. Na B. ruziziensis constatou-se acréscimo médio na MMS de 61,9% aos 55 dias após a colheita de milho. Pode-se concluir que, com a B. ruziziensis, não foi afetada a eficiência de N-aplicado e que, com sulfato de amônio seguido da mistura uréia + sulfato de amônio, houve mais contribuição para recuperação de N-fertilizante pelo milho. Grande proporção do N-fertilizante assimilado pelas culturas foi recuperada pelo milho.<hr/>Within the system of Integrated Cattle Farming, corn intercropping with Brachiaria ruziziensis, Germann & Edvard, the option called Santa Fé system, allow for the production of grains and the production of forrage during the dry season, with the purpose of covering the soil and/or food production for cattle. An experiment was carried out at Fazenda Canadá, Uberlândia, Minas Gerais State, Brazil, in a soil of medium texture (218 g kg-1 of clay), in Santa Fé system with the objectives of: a) to quantify the efficiency of using the N-applied in side-dressing on corn and B. ruziziensis; b) to quantify the SO4(2-)-S content distributed on soil profile after the application of N side-dressing and c) dry matter of B. ruziziensis at harvest of corn and 55 days after. An entirely random design was established, with eight treatments with four replications. The treatments were: single corn crop and intercropped with B. ruziziensis without N-applied (controls), single corn crop and intercropped one with urea mixture and ammonium sulphate, at a ratio of 1:1 in nutrient, single corn crop and intercropped with urea and single corn crop and intercropped with ammonium sulphate. Two N-sidedress applications were made, using sources labelled with 15N, in stages from two to three leaves and five to six leaves, applied between rows and incorporated between rows, respectively, using 40 and 64 kg ha-1 of N. The B. ruziziensis was sown at a quantity of 12 kg ha-1 in a single line in the middle of the corn rows, at the stage of five to six leaves. Twenty three days after the second N-sidedressing, the decreasing concentrations of SO4(2-)-S in the 20 to 60 cm layer of soil profile went to ammonium sulphate > urea + ammonium sulphate > urea = controls, at the treatments of single corn crop. The average efficiency of N-fertilizer at two to three leaves stage was 45.0% of the N-applied. The average efficiency of N-applied at second stage was 60.7%, the treatment with ammonium sulphate distinguishing itself (73.7 % on average). Up to corn harvest, both cultures assimilated 54.5 kg ha-1 of the N-applied, 97.1 and 2.9% being distributed to the aerial parts of the corn and B. ruziziensis, respectively. There was no grain productivity difference, except in relation to the controls. The B. ruziziensis showed an increasing average of 61.9% dry matter, 55 days after corn harvest. For the purpose of this study, it can be concluded that B. ruziziensis did not affect the efficiency of the N-applied and that ammonium sulphate followed by the mixture of urea + ammonium sulphate contributed to a greater recovery of N-fertilizer by corn plant. High proportion of N-fertilizer assimilated for both cultures was recovery by corn. <![CDATA[<B>Substrates for common bean grown in flowerpots with fertirrigation</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Considerando a necessidade de se identificar um substrato apropriado para o cultivo de feijoeiro em vasos - objetivo deste trabalho - foram desenvolvidos dois experimentos em casa-de-vegetação, durante o ano de 2005, com a cultivar de feijoeiro TPS Nobre. Sete substratos foram avaliados: Plantimax®, casca de arroz carbonizada, vermiculita, areia, casca de arroz carbonizada + 20% de Plantimax®, casca de arroz carbonizada + 20% de vermiculita e casca de arroz carbonizada + 20% de areia. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com cinco repetições. Os nutrientes foram fornecidos semanalmente por fertirrigação e a água foi adicionada de maneira a ser reposto o volume consumido. Nos substratos avaliados constataram-se características químicas e físicas diferenciadas. Caracterizou-se o substrato comercial Plantmax® pela elevada capacidade de troca de cátions (30,6 cmol c L-1) e maior capacidade de armazenamento de água por unidade de volume, o que contribuiu para a superioridade na produção de fitomassa seca das plantas e dos componentes do rendimento de grãos de feijão. O substrato comercial Plantmax® é apropriado para o cultivo de feijoeiro em vasos com o uso de fertirrigação.<hr/>The objective of this paper was to identify an appropriate substrate for common bean grown in flowerpots. The experiments were carried out in a green house during 2005, with the TPS Nobre common bean cultivar. Seven substrates were evaluated: Plantimax®, carbonized rice husks, vermiculite, sand, carbonized rice husks + 20% of Plantimax®, carbonized rice husks + 20% of vermiculite and carbonized rice husks + 20% of sand. The experimental design was completely randomized with five replications. The nutrients were supplied weekly to fertigation and the water was added to refill the consumed volume. The evaluated substrates had different chemical and physical characteristics. The commercial substrate Plantmax® was characterized by high cations capacity exchange (30.6 cmol c L-1) and the highest water storage capacity per volume unit, which contributed for the higher dry matter yield of the plants and for common bean grains yield components. Therefore, we concluded that commercial substrate Plantmax® is appropriate for the common bean cultivation in flowerpots with fertigation. <![CDATA[<B>Foliar fertilization with potassium nitrate in cotton</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em diversas lavouras de algodão, no Brasil e no exterior, tem ocorrido deficiência tardia de potássio. Com o objetivo de verificar a influência da adubação foliar com nitrato de potássio (KNO3) na nutrição e produção de algodão (Gossypium hirsutum L.), em vista do nível de nutrição potássica, da época de aplicação e dose do produto, em locais com diferentes potenciais de produtividade, foram desenvolvidos experimentos em dois anos agrícolas (2000/2001 e 2001/2002). Foram empregadas doses de 16 e 32 kg ha-1 de KNO3, divididas em duas ou quatro aplicações, a partir da primeira semana de florescimento do algodoeiro. Em outro experimento, foi aplicado 32 kg ha-1 de KNO3, em quatro aplicações realizadas da segunda à quinta semana de florescimento. A diminuição dos teores de potássio nas folhas do algodoeiro é um processo normal na fase de senescência da folha em fim de ciclo e não foi revertido com uso suplementar de K. A adubação foliar com KNO3 pode, em algumas condições, como por exemplo, em plantas deficientes em potássio, aumentar o teor do nutriente na folha. Entretanto, isso não afeta o conteúdo do nutriente nos frutos, a produtividade e a qualidade da fibra.<hr/>Potassium deficiency developing late in the plant cycle has been observed in some cotton fields in Brazil and abroad. Experiments were conducted during 2 years to study the effects of timing and rates of foliar fertilization with KNO3 on cotton (Gossypium hirsutum L.) nutrition, yields and fiber quality in sites with different yield potentials. The experiments were developed in Pederneiras and Boracéia, SP, in the seasons 2000/2001 and 2001/2002. In the first two experiments 16 or 32 kg ha-1 of KNO3 were split in two or four times starting at the first week of flowering. In the other experiment 32 kg ha-1 of KNO3 were split in four times from the second to the fifth week of flowering. The decrease observed in K contents of cotton leaves was considered a natural process and was not reversed by K application. Foliar fertilization with KNO3 could, in some conditions, as in cotton plants deficient in K, increase the K contents in the leaves. However, this did not affect K contents in the cotton fruits, cotton yields and fiber quality. <![CDATA[<B>Influence of differents sowing periods and storage conditions on cooking quality of common bean grains</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en A conservação adequada pode manter as características do grão recém-colhido por mais tempo, assegurando o valor comercial do produto estocado. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de períodos de semeadura na qualidade de cozimento de grãos de feijão da cultivar TPS Nobre, quando armazenados em diferentes condições de temperatura, de umidade e tempo de estocagem. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com três repetições. Os tratamentos consistiram da combinação de três períodos de semeadura, com três ambientes de armazenamento e três tempos de armazenamento dos grãos (0, 3 e 6 meses). A interpretação dos resultados permitiu inferir que as porcentagens de grãos normais e de grãos duros revelaram comportamento diferenciado em função do ambiente e do tempo de armazenamento. Constatou-se maior porcentagem de grãos duros após seis meses de armazenamento, realizado sob temperatura média do ar de 12 &deg;C e umidade relativa de 45%-50% e também quando os grãos foram resultantes de semeadura realizada tardiamente (21/10/03). A absorção de água e o tempo de cozimento dos grãos de feijão foram alterados em função do período de semeadura, das condições e do tempo de armazenamento, caracterizando a existência de efeitos da interação genótipos x ambientes na qualidade para o cozimento dos grãos. Sendo assim, maior ou menor tempo para a absorção de água ou para o cozimento podem ser requeridos em função da qualidade dos grãos no momento da colheita ou das condições de temperatura e de umidade de armazenamento.<hr/>Appropriate preservation can maintain grain characteristics of recent harvested grains for larger period, assuring commercial value of the stored product. The objective of this study was to evaluate the effect of sowing periods on cooking quality of common bean grains of the TPS Nobre cultivar when stored under different temperatures, moisture content and storage times. A completely randomized design was applied, with three replications. The treatments were combinations of e three sowing periods, three storage environment and three storage times (0, 3 and 6 months). The results obtained showed that the percentage of normal and hard grains was influenced by storage environment and storage time. The highest percentage of hard grains were verified in the six month storage when storage occurred at 12ºC of main air temperature and 45-50% of moisture content and with grains of the late sowing (10/21/03). The water imbibition and cooking time varied according to sowing periods, storage environment and storage time, characterizing genotype x environment interaction on the cooking quality of common bean. In conclusion, longer or shorter time of water imbibition and cooking may be necessary as function of the grain quality at harvesting or of the temperature and moisture content during storage. <![CDATA[<B>Microclimatic and quality characteristics evaluations for the 'Romana' seedless table grape bunch grown under individual protection</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052007000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o objetivo de avaliar o efeito do uso de proteção individual de cachos, contra incidência de chuvas durante o período de maturação, no microclima, no controle de rachaduras e podridões e, principalmente, nas características de qualidade, foi realizado um experimento, em vinhedo da cultivar de uva de mesa sem sementes Romana (A1105), na região de Jundiaí (SP). Os tratamentos, constituídos pelo tipo de proteção individual dos cachos, foram: sem proteção; saco plástico transparente com fundo aberto; saco de papel impermeável com fundo aberto e papel impermeável translúcido (chapéu-chinês). Medições de temperatura do ar e umidade relativa foram efetuadas no nível do cacho nos tratamentos sem proteção e com proteção durante o período de maturação das uvas até a colheita. Os valores obtidos de temperatura foram: 23,9; 22,9 e 22,0 ºC, respectivamente, para os tratamentos saco plástico; chapéu-chinês e sem proteção. Os valores médios de umidade relativa foram mais elevados próximo dos cachos sem proteção (86,1%) quando comparados aos tratamentos: saco plástico (76,0%) e chapéu-chinês (73,2%). Em relação aos itens de qualidade dos cachos e controle de podridões, os tratamentos chapéu-chinês e saco de papel impermeável foram mais eficientes quando comparados ao tratamento sem proteção.<hr/>A field trial was carried out at Jundiaí, São Paulo State, Brazil, in a 'Romana' (A1105) seedless table grape vineyard aiming to evaluate the influence of individual bunch protection on microclimate and bunch quality, mainly for rot control. The different individual bunch protection against rain during the maturation period were: impermeable paper and polyethylene bunch cover. Measurements of temperature and relative humidity in the protected and unprotected bunchs were taken from beginning of maturation process to harvest. The obtained values of mean temperature were: 23.9; 22.9 and 22.0ºC, respectively for the treatments: polyethylene bag; impermeable paper and unprotected bunch environment. The values of mean relative humidity were higher at the bunches without protection (86.1%) when compared to the polyethylene bag (76.0%) and impermeable paper (73.2%). Also, the use of individual grape bunch protection (impermeable paper, polyethylene bag and impermeable paper bag) were effective in controlling bunch rot occurrence.