Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Economia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-714020180002&lang=en vol. 72 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Os Efeitos da Incerteza sobre a Atividade Econômica no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200144&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho investiga os efeitos da incerteza sobre a atividade econômica no Brasil. Para isso, são construídas diversas proxies que buscam capturar o nível de incerteza vigente na economia brasileira (incerteza doméstica) e em vários de seus principais parceiros comerciais (incerteza externa). Em seguida, são estimados diversos modelos de vetores autorregressivos (VAR) estruturais, tal como proposto por Baker, Bloom &amp; Davis (2016). As funções de resposta ao impulso sugerem efeitos contracionistas significativos da incerteza sobre a atividade, em particular sobre o investimento. Além disso, as estimativas indicam que os efeitos da incerteza doméstica são mais acentuados do que os da incerteza externa. Pode-se afirmar, portanto, que os níveis de incerteza vigentes no Brasil desde as eleições presidenciais de 2014 representam importante fator por trás da recessão subsequente. Estima-se que caso não houvesse a expansão de incerteza doméstica observada a partir do segundo semestre de 2014, a produção industrial em 2015 teria sido, em média, entre 0,9% e 3,9% maior, dependendo da variável proxy de incerteza utilizada. No caso do IBC-Br, este teria sido entre 0,4% e 1,3% maior. Os resultados encontrados são robustos para diversas alterações no modelo.<hr/>In this paper we investigate the uncertainty effects on Brazilian economic activity. To this purpose, we construct several proxies to capture the uncertaintylevels ofBrazilian economy (domestic uncertainty) and of its main trading partners (external uncertainty). Next, we estimate structural vector autoregressions (SVARs) models, as proposed by Baker, Bloom &amp; Davis (2016). The impulse response functions suggest significant contractionary effects of the uncertainty on activity, mainly on investment. Our estimates also suggest that domestic uncertainty effects are more pronounced than the external ones. It can be said, therefore, that the uncertainty levels prevailing in Brazil since the presidential elections of 2014 represent an important factor behind the subsequent recession. We estimate that if there had been no expansion of the domestic uncertainty observed from the second half of 2014, industrial production in 2015 would have been, on average, between 0.9% and 3.9% higher, depending on the uncertainty proxy variable used. In the case ofIBC-Br, this would have been between 0.4% and 1.3% higher. Our results are robust considering several changes in the model. <![CDATA[The Economic Consequences of the Agricultural Expansion in Matopiba]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200161&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper examines the consequences of the agricultural expansion in the Matopiba-areas from the states of Maranhão, Tocantins, Piauí and Bahia located in the Cerrado biome. Comparing municipalities from these four states located inside and outside the Cerrado biome, it finds that agricultural production evolved similarly in these groups of municipalities until the late 1990s when it started to increase faster in municipalities inside the Cerrado. The growth in agricultural production led to increases in GDP per capita and access to durable goods and basic infrastructure.<hr/>Esse artigo examina as conseqüências da expansão agrícola no Matopiba - areas dos estados do Maranhão, Tocatins, Piauí e Bahia localizadas no bioma Cerrado - através da comparação da evolução de resultados econômicos de municípios desses estados localizados dentro e fora do bioma Cerrado. Os resultados indicam que a evolução da produção agrícola nesses grupos de municípios foi parecida até o final dos anos 1990, quando começou a crescer mais rápido nos municípios localizados no bioma Cerrado. O crescimento da produção agrícola se traduziu em crescimento do PIB per capita e do acesso a bens de consumo duráveis e infraestrutura básica. <![CDATA[Uma Nota sobre o Impacto da Corrupção no Endividamento dos Estados Brasileiros]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200186&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta nota agrega à discussão sobre as finanças públicas dos estados brasileiros, atendo-se à pela fragilidade fiscal e corrupção crescente. Propõe-se a estimação de três distintas abordagens utilizadas na literatura internacional com o intuito de mensurar o impacto do Índice de Corrupção Governamental na Dívida Consolidada Líquida como razão do Produto Interno Bruto desses entes federativos. A elasticidade-corrupção do endividamento é significativo a 1% e oscila entre 0,015 e 0,020. O exercício empírico aqui sugerido permite ainda inferir que a redução do endividamento nos estados através do combate à corrupção é mais eficiente se aliado à austeridade fiscal do que quando combinado com demais políticas econômicas.<hr/>This note adds to the discussion about the Brazilian state conjuncture, characterized by fiscal fragility and increasing corruption. We propose the estimation of three different approaches used in the international literature in order to measure the impact of the Governmental Corruption Index on the Net Consolidated Debt as the ratio of the Gross Domestic Product of these federative entities. The elasticity-corruption of debt is significant at 1 % and ranges from 0.015 to 0.020. The empirical exercise suggested here still allows us to infer that the reduction of the indebtedness in the states through the fight against corruption is more efficient if combined with fiscal austerity than when combined with other economic policies. <![CDATA[Avaliação de Impacto das Assistências Técnicas do Sistema S no Mercado de Trabalho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200196&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa o efeito da prestação de serviços de assistência técnica pelo Sistema S sobre indicadores de mercado de trabalho de microempreendedores usando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2014. A estratégia empírica empregada é a estimação de modelos de escore de propensão aplicados a amostras complexas. Os resultados mostram que receber assistência aumenta a probabilidade de formalização dos negócios e a demanda por crédito, bem como tem impactos positivos sobre jornada de trabalho e salários dos indivíduos. Estas evidências podem fundamentar as discussões sobre a contribuição do Sistema S para o mercado de trabalho brasileiro.<hr/>This paper analyses the effect of technical assistance services provided by the "S System" on labor market indicators of microentrepreneurs, using data from National Household Survey (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, PNAD) of 2014. The empirical strategy employed is an estimation of propensity score models applied to complex samples. The results shows that receiving assistance increases the probability of business formalization and of credit demand, was well it has a positive impact on work hours and the wage of individuals. These evidences can support the discussions about the contribution of the "S System" for the country's labor market. <![CDATA[Produtividade Setorial e Mudança Estrutural no Brasil: Uma Análise Para o Período 1981 a 2013]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200217&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo busca avaliar a evolução da produtividade setorial e seu papel no processo de mudança estrutural no Brasil, por meio da implementação de um modelo dinâmico de equilíbrio geral no período entre 1981 a 2013. O modelo calibrado para o caso brasileiro mostrou-se adequado para captar a evolução da participação dos setores no emprego da economia agregada, e foi utilizado para simular um cenário alternativo em que a produtividade da agropecuária teria o mesmo padrão de crescimento daquela observada para a economia brasileira. Os resultados sugerem que a produtividade da agropecuária, a mais alta entre os três setores analisados, foi relevante para a dinâmica da liberação de trabalho para o setor de serviços, embora possa ter favorecido uma pequena diminuição da participação da indústria no valor adicionado total.<hr/>This article aims to evaluate the relevance of sectoral productivity growth for structural change in Brazil in the period from 1981 through 2013, by implementing a dynamic general equilibrium model with three sectors. The calibrated model was used to simulate a hypothetical scenario where agricultural productivity would have grown at the aggregated economy’s productivity growth rate. Results suggest the agricultural productivity, the highest sectoral productivity in the period, was important to release labor to service sector, even though it may have marginally favored deindustrialization. <![CDATA[Determinantes da Produtividade: Análise do Impacto do Índice GCI e Seus Componentes Sobre a PTF]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402018000200249&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo buscou investigar os principais determinantes da produtividade em uma amostra de países. Para tanto, foram construídas medidas da Produtividade Total dos Fatores (PTF) e foram estimados os efeitos do - (GCI), de seus subíndices e dos 12 pilares de competitividade sobre a PTF. Os principais resultados são que o incremento em uma unidade do índice GCI leva à um crescimento líquido na produtividade entre 12 e 21%, o que parece ocorrer via o subíndice "Baseado em Eficiência”, onde uma elevação em uma unidade deste leva a um crescimento da PTF em mais de 30%. Em futuros estudos, pretende-se analisar, de maneira mais detalhada, os efeitos dos subíndices e dos pilares do GCI na produtividade, controlando para o nível de desenvolvimento econômico dos países.<hr/>This study aimed to investigate the main determinants of productivity in a cross-country sample. Therefore, measures of Total Factor Productivity (TFP) have been built, and we have estimated the effects of the Global Competitiveness Index (GCI), its subindexes and the 12 pillars of competitiveness on the former (TFP). The main results are that an increase in one unit of the GCI index leads to a net rise in productivity between 12 and 21%, which seems to occur via the "Efficiency Based” subindex, since an increment in one unit of this index leads to a TFP increase by more than 30%. In future studies, we intend to analyze, in more detail, the effects of the subindexes and the GCI’s pillars on productivity controlling for the countries’ economic development level.