Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Economia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-714020070004&lang=en vol. 61 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>"Dê-me segurança ou lhe dou um não"</b>: <b>em busca do eleitor mediano no referendo das armas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em 2005, a sociedade brasileira participou de um referendo sobre o comércio legal de armas de fogo, e optou pela deste comércio. Nesse processo dois grupos de interesse foram formados, o grupo do SIM, favorável à proibição do comércio de armas de fogo, e o grupo do NÃO, em posição oposta. Assim, o objetivo deste artigo é analisar os argumentos de cada grupo, a partir de um modelo analítico e identificar os determinantes do resultado do referendo, utilizando dados em nível municipal. Os resultados indicam que a proporção de votos no NÃO é negativamente correlacionado com a taxa de homicídio em 2002 e positivamente correlacionado com a variação desta taxa de 1995 a 2002. Assim, nos municípios em que a recente da violência foi maior, os cidadãos não desejam abrir mão do direito de adquirirem armas de fogo.<hr/>On October 23, 2005, the Brazilian society faced a referendum with two options: "to not ban the legal market for firearms" and "to ban the legal market for firearms". Voters chose the first option. Along the months before the voting day, two interest groups were formed: one, called "No" - arguing for not banning the market - and the other group, called "Yes" - for the ban. This article has two main objectives: first, to analyze the arguments of each group using an analytical model and, two, to identify the determinants of the voter's choice using data at the local level. The main results indicate that the votes for No were negatively correlated to the homicide rate (measured in 2002) and positively correlated with the marginal change of the homicide rate (between 1995 and 2002. Thus, cities in which the violence increases more quickly, the citizens did not choose to ban the legal market for firearms. <![CDATA[<b>O impacto dos fatores familiares sobre a defasagem idade-série de crianças no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Analisamos o efeito da renda e da educação dos pais sobre a probabilidade de as crianças terem defasagem idade-série usando a PNAD 1996. Com a adoção de hipóteses sobre os vínculos existentes entre gerações, controlamos para a existência de fatores não observados que afetam a formação da renda dos pais e as decisões referentes à escolaridade das crianças (viés de simultaneidade) ou que são passados de uma geração à outra (viés de hereditariedade). Usamos três instrumentos: oferta educacional dos pais; fatores familiares entre as gerações de pais e avós; e a mudança educacional de 1971.<hr/>We study the impacts of family income and parental education on the probability of children's schooling delay using the 1996 PNAD. With the adoption of some hypotheses about the links between generations of children, parents and grandparents, we control for the existence of non observable factors that simultaneously affect the income formation of parents and decisions concerning children schooling (simultaneity bias) or that are transmitted from one generation to another (hereditary bias). We work with three instruments: number of schools by the time parents were children; family factor changes across generations (parents/grandparents); and the 1971 change of the educational system. <![CDATA[<b>Vantagem comparativa dinâmica e crescimento numa economia com dois setores</b>: <b>agrícola e industrial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa os efeitos dos ganhos de produtividade na agricultura sobre o processo de industrialização e, conseqüentemente, sobre o crescimento de longo prazo da economia. Supõe-se no modelo que a produtividade na agricultura é endógena e que a experiência acumulada na indústria exerça impacto positivo sobre a produtividade agrícola. Uma condição necessária para o declínio do emprego industrial é que, devido à vantagem comparativa na agricultura, a economia do resto do mundo apresente baixa integração agricultura/indústria Mostra-se ainda sob que condições intervenções de política podem reverter o padrão de especialização induzido pela vantagem comparativa inicial e ainda assim obter ganhos de bem estar.<hr/>This paper analyses the effects of agricultural productivity gains on the industrialization process and on the long run growth rate of the economy. The model allows endogenous gains in agricultural productivity and, besides that, it is assumed that accumulated experience in the manufacture sector exerts a positive impact on agricultural productivity. The model shown that a necessary condition to the decline of industrial employment, due to comparative advantage in agriculture, is that the economy of the rest of world has poor industry/ agriculture integration. Finally, it is also shown that interventionist can reverse specialization induced by initial comparative advantages. <![CDATA[<b>Desemprego dos jovens no Brasil</b>: <b>os efeitos da estabilização da inflação em um mercado de trabalho com escassez de informação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Após a estabilização da inflação com o Plano Real em 1994, a taxa de desemprego dos jovens no Brasil aumentou significativamente em relação aos adultos. De acordo com o argumento proposto neste artigo, a maior rigidez salarial provocada pela estabilização da inflação e o elevado grau de incerteza dos empregadores sobre a rodutividade dos trabalhadores mais jovens foram importantes para explicar esse resultado. Como parte das informações sobre a produtividade é revelada com a experiência no mercado de trabalho, a estabilização deve ter limitado a capacidade das firmas ajustarem o salário real à medida que adquirem mais informações sobre os trabalhadores jovens. Com isso, os ajustes nas situações em que a produtividade do trabalhador se revela inferior ao salário real passam a ser feitos através do emprego. Usando dados da PNAD para o período de 1981 a 2002 são encontradas evidências consistentes com esse argumento, já que reduções na taxa de inflação parecem ter aumentado o desemprego e reduzido a duração média do emprego de todos os grupos etários, mas de maneira mais acentuada para os trabalhadores jovens.<hr/>Following the inflation stabilization with the Real Plan in 1994, the youth unemployment rate in Brazil increased substantially relative to prime-age adult workers. We argue in this paper that the increased wage rigid due to inflation stabilization and the employers' uncertainty about young workers productivity were important factors for this unemployment rate pattern. More information about productivity is revealed to the employer as the worker accumulates experience in the labor market. Therefore, low inflation rates should have restricted firms' capacity to change real wage as more information is acquired, and when the worker productivity is revealed lower than the real wage, adjustments are realized thought employment reduction. Using PNAD data from 1981 to 2002, the evidence is consistent with our argument. The results show that inflation is negatively related to unemployment rate and positively associated to employment duration, but these relationships are more intense for young workers. <![CDATA[<b>Term structure of sovereign spreads</b>: <b>a contingent claim model</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper proposes a simple structural model to estimate the termstructure and the implied default probability of a selected group of emerging countries, which account for 54% of the JPMorgan EMBIG index on average for the period 2000-2005. The real exchange rate dynamic, modeled as a pure diffusion process, is assumed to trigger default. The calibrated model generates sovereign spread curves consistent to market data. The results suggest that the market is systematically overpricing spreads for Brazil in 100 basis points, whereas for Mexico, Russia and Turkey the model is able to reproduce the market behavior.<hr/>Este trabalho propõe um modelo estrutural para estimar a estrutura a termo e a probabilidade implícita de default de países emergentes que representam, em média, 54% do índice EMBIG do JPMorgan no período de 2000-2005. A taxa de câmbio real, modelada como um processo de difusão simples, é considerada como indicativa de default. O modelo calibrado gera a estrutura a termo dos spreads consistente com dados de mercado, indicando que o mercado sistematicamente sobre-estima os spreads para o Brasil em 100 pontos base na média, enquanto para México, Rússia e Turquia reproduz o comportamento do mercado. <![CDATA[<b>Using normalized equations to solve the indetermination problem in the Oaxaca-Blinder decomposition</b>: <b>an application to the gender wage gap in Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71402007000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en There are hundreds of works that implement the Oaxaca-Blinder decomposition. However, this decomposition is not invariant to the choice of reference group when dummy variables are used. This paper applies the solution proposed by Yun (005a,b) for this identification problem to Brazilian gender wage gap estimation. Our principal finding is the increasing difference in part-time work coefficients between men and women, which contributes to narrow the gender wage gap. Other studies in Brazil not using any correction of the identification problem have found different results.<hr/>Há centenas de trabalhos que implementam a decomposição de Oaxaca-Blinder. Entretanto, esta decomposição não é invariante à escolha dos grupos de referência quando variáveis binárias são utilizadas como regressores. Este artigo aplica a solução proposta por Yun (005a,b) para este problema de identificação à estimação do diferencial de salários por sexo no Brasil. A crescente diferença entre homens e mulheres no coeficiente da regressão associado ao trabalho em meio período vem contribuindo para reduzir o diferencial de salários por sexo. Outros estudos já realizados no Brasil que não utilizaram qualquer correção do problema de identificação, encontraram resultados diferentes.