Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Oftalmologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-728020130006&lang=en vol. 72 num. 6 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>The influence of ethics and good judgment on the controversies of medicine</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Best waveform score for diagnosing keratoconus</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600002&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To test whether corneal hysteresis (CH) and corneal resistance factor (CRF) can discriminate between keratoconus and normal eyes and to evaluate whether the averages of two consecutive measurements perform differently from the one with the best waveform score (WS) for diagnosing keratoconus. METHODS: ORA measurements for one eye per individual were selected randomly from 53 normal patients and from 27 patients with keratoconus. Two groups were considered the average (CH-Avg, CRF-Avg) and best waveform score (CH-WS, CRF-WS) groups. The Mann-Whitney U-test was used to evaluate whether the variables had similar distributions in the Normal and Keratoconus groups. Receiver operating characteristics (ROC) curves were calculated for each parameter to assess the efficacy for diagnosing keratoconus and the same obtained for each variable were compared pairwise using the Hanley-McNeil test. RESULTS: The CH-Avg, CRF-Avg, CH-WS and CRF-WS differed significantly between the normal and keratoconus groups (p<0.001). The areas under the ROC curve (AUROC) for CH-Avg, CRF-Avg, CH-WS, and CRF-WS were 0.824, 0.873, 0.891, and 0.931, respectively. CH-WS and CRF-WS had significantly better AUROCs than CH-Avg and CRF-Avg, respectively (p=0.001 and 0.002). CONCLUSION: The analysis of the biomechanical properties of the cornea through the ORA method has proved to be an important aid in the diagnosis of keratoconus, regardless of the method used. The best waveform score (WS) measurements were superior to the average of consecutive ORA measurements for diagnosing keratoconus.<hr/>OBJETIVO: Testar se a histerese corneana (CH) e o fator de resistência corneano (CRF) podem discriminar olhos com ceratocone e avaliar se a média de duas medidas consecutivas apresenta desempenho diferente da medida única com a melhor waveform score para diagnósticar o ceratocone. MÉTODOS: Foram realizadas medidas do ORA de um olho por indivíduo, selecionados aleatoriamente a partir de 53 pacientes normais e de 27 pacientes com ceratocone. Dois grupos foram considerados: a média (CH-médio, o CRF-médio) e melhor waveform score (CH-WS, CRF-WS). O teste de Mann-Whitney U-teste foi utilizado para avaliar se as variáveis apresentaram distribuições semelhantes entre os grupos. As curvas (ROC) foram calculadas para cada parâmetro para avaliar eficácia no diagnóstico e as obtidas para cada variável foram comparadas usando o teste de Hanley-McNeil. RESULTADOS: CH-médio, CRF-médio, CH-WS e CRF-WS diferiram significativamente entre os grupos (p<0,001). Já as áreas sob a curva ROC para CH-médio, CRF-médio, CH-WS, e CRF-WS foram 0,824, 0,873, 0,891, 0,931, respectivamente. CH-WS e CRF-WS obtiveram AUROCs significativamente melhores do que CH-médio e CRF-médio (p=0,001 e 0,002). CONCLUSÃO: A análise das propriedades biomecânicas da córnea através do ORA demonstrou ser um método auxiliar importante no diagnóstico de ceratocone, independente do método utilizado. As melhores medidas waveform score foram superiores à média das medições consecutivas para o diagnóstico de ceratocone. <![CDATA[<b>Therapeutic effect of corneal crosslinking on infectious keratitis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600003&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar o efeito do crosslinking (CXL) no tratamento de ceratite infecciosa, resistente ao tratamento clínico, e investigar a relação com o agente etiológico. MÉTODOS: Foram incluídos 11 pacientes com diagnóstico de ceratite infecciosa de etiologia bacteriana (sete olhos) e fúngica (quatro olhos) na Fundação Altino Ventura (FAV) no período de outubro de 2011 a maio de 2012. Os pacientes incluídos estavam em uso de colírios há pelo menos sete dias e não apresentavam melhora da infecção. Estes foram avaliados antes da realização do CXL e no período pós-operatório até cicatrização da úlcera. Para realização do CXL foram instiladas gotas de riboflavina a 0,1% e dextrano a 20%, a cada cinco minutos em um período de 30 minutos antes do procedimento, e durante a aplicação da luz ultravioleta A (UVA). A córnea foi exposta à UVA com comprimento de onda de 370ηm ± 5ηm e uma irradiância de 3mW/cm². RESULTADOS: Os pacientes com infecção bacteriana obtiveram cura do processo infeccioso após o CXL e nenhum paciente com ceratite fúngica apresentou cicatrização. Observou-se associação significante (p = 0,003) entre o agente etiológico e a cicatrização. CONCLUSÃO: O CXL mostrou-se eficaz no tratamento da ceratite bacteriana resistente ao tratamento clínico, evitando a realização de transplante tectônico. Em relação à ceratite fúngica, este procedimento não influenciou na melhora do processo infeccioso.<hr/>PURPOSE: To evaluate the effect of corneal crosslinking (CXL) in the treatment of infectious keratitis resistant to medical treatment, and investigate the relation with the CXL outcome to the etiologic agent. METHODS: The study included 11 patients who were diagnosed with bacterial (seven eyes) or fungal keratitis (four eyes) at Altino Ventura Foundation from october 2011 to may 2012. All patients were using antibiotic eye drops for at least 7 days and have had no infection improvement. Patients were evaluated prior to CXL and the postoperative period until healing of the keratitis. For CXL, eyes were first instilled with a solution containing 0.1% riboflavin and 20% dextran for 30 min at a 5-minutes interval. Riboflavin-soaked eyes were then irradiated with UVA light (370ηm ± 5ηm) at 3mW/cm² for 30 minutes. RESULTS: Eyes with bacterial infection exhibited improvement of infectious symptoms after CXL whereas eyes with fungal keratitis showed no improvement. Thus, there was a statistically significant correlation (p = 0.003) between the etiologic agent and the effectiveness of healing. CONCLUSION: CXL was effective in the treatment of bacterial keratitis resistant to clinical treatment, eliminating the need for surgery. However, CXL was not effective in managing fungal keratitis. <![CDATA[<b>Labial salivary glands transplantation in the treatment of dry eye in dogs by autograft</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600004&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar os efeitos clínicos da secreção das glândulas salivares labiais como alternativa de lubrificação ocular para alívio do olho seco, em casos moderados, severos e refratários ao tratamento clínico, através da técnica de transposição de glândulas salivares labiais para o fórnice conjuntival pela autoenxertia. MÉTODOS: Foram selecionados 17 cães os quais apresentavam olho seco autoimune sem reposta satisfatória ao tratamento clínico. O teste lacrimal de Schirmer e o tempo de ruptura do filme lacrimal foram realizados no pré-operatório para avaliar a quantidade e a qualidade da lágrima produzida. Os pacientes foram submetidos aos exames oftálmicos completos no pré-operatório, a cada 15 dias por dois meses e a cada 30 dias por mais dois meses, totalizando seis retornos pós-operatórios. No pré-operatório e em todos os pós-operatórios fotografias digitais foram tiradas para o arquivo fotográfico. Utilizou-se o programa photoshop para avaliação e marcação dos neovasos corneanos em todos os retornos. RESULTADOS: Houve redução em todos os casos da secreção mucopurulenta, hiperemia conjuntival e blefarospasmo, bem como estabilização de lesões pré-existentes e redução importante do número de neovasos corneanos. A transposição resultou na melhora do tempo de ruptura do filme lacrimal, porém sem alterações significativas no teste de Schirmer. CONCLUSÃO: O transplante das glândulas salivares labiais para o fórnice conjuntival é um procedimento de fácil execução, rápido, eficaz, acessível a qualquer cirurgião veterinário oftalmologista e de grande valia para casos moderados e severos de ceratoconjuntivite seca não responsivos às medicações existentes.<hr/>OBJECTIVE: To evaluate the clinical effects of lips salivary gland secretion as ocular lubricant for dry eye relief in mild cases, severe and refractory to medical treatment, through the transposition technique of salivary glands autograft to the conjunctival fornix. METHODS: Seventeen dogs exhibiting autoimmune dry eye with no satisfactory response to clinical treatment were selected. Lacrimal Schirmer Test and Tear Film break-up time (BUT) preoperative tests were performed to estimate the quantity and the quality of produced tear. Animals were submitted to complete ophthalmic exams routine preoperative, each 15 days for two months and then each 30 days for more two months after surgery, totalizing six returns. Photos were taken before and after surgical procedure for photo archive. Photoshop software was utilized for corneal neovascular evaluation. RESULTS: Mucopurulent secretion, conjunctival hyperemia and blepharospasm diminished in all cases, as well as occurred stabilization of pre existent damages with important reduction of corneal neovascularization. The transposition resulted on break-up time tests improvement but no significant changes on Schirmer tests. CONCLUSION: This technique is simple, quick and effective, accessible to any veterinary ophthalmologist surgeon and is of great value for moderate and severe cases of dry keratoconjunctivitis not responsive to medications. <![CDATA[<b>Efficacy of three different methods for side port incision wound sealing</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600005&lng=en&nrm=iso&tlng=en PURPOSE: To evaluate wound leakage and bacteria-sized particle influx in differently corneal sealed side port incisions. METHODS: Four 1.5mm tunnel squared incisions were created in each of four cadaveric human eyes. In each cornea, one incision was left unsealed, whereas the other three incisions were sealed using a 10-0 nylon suture, cyanoacrylate glue, or stromal hydration, respectively. A Seidel and an India ink test were performed on each eye. During each Seidel test, flourescein was applied, the IOP increased from 15 to 80mmHg, and the IOP at which each incision started to leak recorded. During each India ink test, ink was placed on the eye and rinsed out with balanced salt solution (BSS). Ink penetration was then measured by planimetry at physiologic conditions and after an IOP plunge from 80mmHg to 0mmHg. RESULTS: Regardless of IOP variations, no leakage or ink inflow was observed through the glued incisions. In contrast, leakage did occur in the other three sealing methods, albeit at significantly different IOP levels in each one (p=0.013). Ink inflow occurred in these sealing methods at physiologic IOP and, to a significantly greater extent, after the IOP challenge (p<0.05). At both of these IOP conditions, the differences in ink influx among these three incision-sealing methods were deemed statistically insignificant. CONCLUSION: This study showed that glue was more effective at preventing wound leakage and bacteria-sized particle influx than other commonly used methods especially hydrosealing.<hr/>OBJETIVO: Avaliar o sinal de Seidel positivo e a penetração de tinta da Índia em incisões corneanas acessórias seladas por diferentes métodos. MÉTODOS: Quatro incisões de 1,5 x 1,5mm foram criadas em cada um dos quatro olhos provindos do banco de olhos. Em cada córnea, uma incisão foi mantida sem manipulação, enquanto que as outras três incisões foram seladas respectivamente com Nylon 10-0, cola de cianoacrilato e hidratação estromal. Foram realizados dois testes: Sinal de Seidel positivo e penetração da tinta da Índia. No primeiro, foi aplicado fluoresceína gotas e a pressão intraocular (PIO) elevada de 15 para 80mmHg. No segundo, a tinta da Índia foi aplicada sobre o olho estudado em duas situações: sob PIO fisiológica e sob variação súbita da pressão, de 80 para 0mmHg. RESULTADOS: Na incisão selada com cola, apesar da variação da PIO, não houve vazamento e nem penetração de partículas de tinta. Por outro lado, o sinal de Seidel foi positivo nas outras três incisões em diferentes níveis de PIO (p=0,013). A penetração da tinta da Índia ocorreu nestas três incisões sob pressão fisiológica e com maior extensão após a variação da PIO (p<0,05). Esta diferença, no entanto não foi considerada estatisticamente significante quando comparadas as incisões entre si. CONCLUSÃO: No presente estudo, a cola foi mais eficaz em prevenir Seidel e entrada de partículas do que outro método comumente usado especialmente, hidratação estromal. <![CDATA[<b>Ocular trauma in the emergency department of Goiás Eye Bank Foundation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600006&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Estudar e analisar os tipos de trauma ocular no serviço de urgência da Fundação Banco de Olhos de Goiás e orientar médicos generalistas quanto ao seu primeiro atendimento. MÉTODOS: Foram analisados 351 atendimentos no período de dezembro de 2010 a fevereiro de 2011, sendo que apenas nos casos de trauma ocular foram avaliados o sexo, idade, procedência, tipo de trauma e o tratamento realizado. RESULTADOS: Foi realizada uma análise de 351 atendimentos de urgência deste serviço, onde foi encontrado um total de 153 traumas oculares (43,6%), com predominância em 131 casos (85,6%) do sexo masculino. A faixa etária mais acometida foi a de adultos jovens de 20 a 39 anos, em 90 casos (58,8%). Goiânia foi a procedência mais frequente em 89 casos (58,2%). O trauma mecânico fechado por corpo estranho superficial foi o tipo de trauma mais comum com 95 casos (66,4%). O tratamento clínico foi amplamente mais predominante em 149 casos (97%). CONCLUSÃO: Em relação aos traumas oftalmológicos predominaram os pacientes com corpos estranhos superficiais do sexo masculino, na faixa etária economicamente ativa procedente de Goiânia, com tratamento clínico, e direta relação com acidentes ocupacionais, merecendo atenção especial quanto à prevenção.<hr/>PURPOSE: To study and analyze the types of ocular trauma in the emergency department of Goiás Eye Bank Foundation, Goiânia - Brazil and guide general physicians about the first medical contact. METHODS: An analysis was done in 351 visits between december, 2010 and february, 2011. The ocular trauma cases were evaluated by gender, age, origin, trauma type and treatment performed. RESULTS: Three hundred fifty-one emergency medical visits were analyzed and were found 153 ocular traumas (43.6%), showing predominance of 131 cases (85.6%) of men. The most frequent age was 20 to 39 year-old young male in 90 cases (58.8%). Goiânia was the most frequent origin with 89 (58.2%). The superficial foreign body mechanical trauma was the most common trauma type with 95 cases (66.4%). Clinical treatment was performed in 149 cases (97%). CONCLUSION: Concerning the ocular trauma, superficial foreign bodies predominated in males in working age coming from Goiânia treated clinically. There is a strong relationship with occupational accidents requiring special attention to prevention. <![CDATA[<b>Development and validation of quality of life questionnaire in pseudophakic patients in portuguese</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600007&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Elaborar e validar o questionário de qualidade de vida na versão do idioma português. MÉTODOS: O questionário "Cataract TyPESpecification" modificado foi desenvolvido especificamente para avaliar a qualidade de vida pós-cirurgia de catarata. O questionário avaliou 10 itens status funcionais por meio de 18 perguntas. Foi aplicado por um único examinador, com o objetivo de graduar a satisfação visual de 0 a 10 (0 muito insatisfeito; 5 neutro; 10 muito satisfeito). Houve estudo prospectivo comparativo, não randomizado, que incluiu 142 olhos de 71 pacientes com catarata da Universidade de São Paulo. A avaliação oftalmológica contou com medida da acuidade visual para longa, intermediária e curta distâncias, sem correção e com a melhor correção óptica e questionário de satisfação. Foi submetido a um questionário de satisfação quanto à acuidade visual e fenômenos fóticos. Todos os exames foram realizados com 6 meses de pós-operatório. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi de 60,7 ± 6,6 anos no grupo Tecnis, 63,1 ± 4,4 anos no grupo Restor e 63,7 ± 4,2 anos no grupo SN60AT/SN60WF. A acuidade visual para perto não-corrigida e a corrigida para longe foram estatisticamente superiores nos grupos Restor® e Tecnis® comparadas ao grupo SN60AT/SN60WF (p<0,001). Não houve diferença estatística entre os grupos quando comparadas a acuidade visual para longe não-corrigida e a melhor corrigida (p=0,56). O questionário de satisfação apresentou maior independência de óculos a favor da Tecnis® (9,3/10) e Restor® (8,7/10), mas com mais queixas de halos (Restor® 18,8%; Tecnis® 21,7%) e glare (Restor® 25%; Tecnis® 26,1%) do que no grupo SN60AT/SN60WF. CONCLUSÃO: A Restor® e Tecnis® apresentaram melhor acuidade visual para perto do que o grupo SN60AT/SN60WF. As lentes Restor® e Tecnis® apresentaram maior satisfação na visão de perto e independência do uso de óculos e fenômenos fóticos do que as lentes monofocais. O questionário "Cataract TyPESpecification" foi uma variável importante na qualidade de vida e satisfação do paciente após a cirurgia de catarata.<hr/>PURPOSE: Development and validation of quality of life questionnaire in pseudophakic patients in Portuguese. METHODS: The modified Cataract TyPESpecification questionnaire was specifically developed to assess quality of life after cataract surgery, functional status evaluated with 10 items and contains 18 questions. All questions were applied by a single examiner, with the goal of graduating visual satisfaction from 0 to 10 (0 means very dissatisfied, 5 neutral, 10 very satisfied).This prospective comparative study included 142 eyes of 71 patients in Sao Paulo University. The ophthalmologic evaluation performed included near, intermediate and distance corrected and uncorrected visual acuity and quality of life questionaire. The minimum follow-up was 6 months. RESULTS: The mean age of patients was 60.7± 6.6 years in theTecnis®MF, 63.1 ±4.4 years in-groupRestor®63.7±4.2 years in-group SN60AT/SN60WF. Uncorrected and distance-corrected near visual acuity were statistically higher in theRestor® and Tecnis® groups compared to the SN60AT/SN60WF group (p<0.001). There were no statistical differences between groups comparing uncorrected and best-corrected distance visual acuity (p=0.56). Satisfaction questionnaire showed high glasses independence fortheTecnis®MF (9.3 /10) and Restor® (8.7 /10), but with more unsatisfied of halos (18.8% Restor®, Tecnis®21, 7%) and glare (Restor® 25%;Tecnis®26.1%) than the group SN60AT/SN60WF. CONCLUSION: Cataract patients who received multifocal (Restor®; Tecnis®MF) IOLs at time of surgery obtained better uncorrected and distance corrected near visual acuity and reported better overall vision, less limitation in visual function, less spectacle dependency, and more glare or halo than those who received monofocal (SN60AT; SN60WF) IOLs. Cataract TyPESpecification questionnaire was a strong predictor of change in patient satisfaction caused by cataract surgery. <![CDATA[<b>Analysis of risk factors and epidemiology of blindness prevention campaign by glaucoma in João Pessoa, Paraíba</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600008&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Este trabalho tem por objetivo avaliar a incidência dos fatores de risco em uma amostra da população, avaliada durante uma campanha de prevenção da cegueira pelo glaucoma, bem como analisar os dados epidemiológicos sobre a ocorrência de casos suspeitos de glaucoma na cidade de João Pessoa, Paraíba. MÉTODOS: Após prévia divulgação, pessoas com idade ≥ 40 anos, compareceram voluntariamente ao Hospital Universitário Lauro Wanderley, João Pessoa, Paraíba. Realizou-se anamnese, medida da pressão intraocular (PIO) com tonômetro de aplanação de Goldmann e biomicroscopia de fundo. Considerados suspeitos aqueles com PIO ≥ 21 mmHg ou disco óptico com relação escavação sobre disco (E/D) ≥ 0,5 x 0,5. Os suspeitos foram subdivididos por idade, sexo e tipo de alteração e divididos em: Grupo I de 40 e 49 anos; Grupo II de 50 e 59 anos; Grupo III ≥ 60 anos; P+ se apenas PIO Analysis of risk factors and epidemiology of blindness prevention campaign by glaucoma in João Pessoa, Paraíba 21 mmHg; E/D+ se apenas E/D ≥ 0,5x0,5; e P/E/D+ quando ambos alterados. RESULTADO: No total de 244 pacientes, 29,50% foram considerados suspeitos (48,61% homens (H) e 51,38% mulheres(M), sendo 41,66% pertencentes ao Grupo I; 23,61% ao Grupo II e 34,72% ao Grupo III. Com relação ao tipo de alteração: 70,83% eram E/D+; 15,27% eram P+ e 13,88% P/E/D+. Foi ainda realizada uma análise detalhada entre homens e mulheres. CONCLUSÃO: Apesar da irreversibilidade das alterações conseqüentes ao glaucoma, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, associado à conscientização da população, são capazes de prevenir cegueira, comprovando a importância da realização periódica dessas campanhas.<hr/>OBJECTIVE: This study aims evaluating the incidence of risk factors in a population sample, assessed during campaign of prevention of blindness by glaucoma, and analyzing epidemiological data incidence of glaucoma in the city of João Pessoa (PB). METHODS: After prior disclosure, individuals aged≥ 40 years, attended voluntarily at Lauro Wanderley University Hospital, Joao Pessoa (PB) for examination, anamnesis, intraocular pressure (IOP) measured by applanation tonometer of Goldmann, and direct fundoscopy. Those who were considered suspect showed IOP ≥ 21 mmHg or/and a cup to disc ratio (CDR) ≥ 0,5. The cases suspects were separated by age, sex and abnormal signs. We referred to Group I individuals from 40 to 49 years old, Group II from 50 to 59 years old, Group III ≥ 60 years, "P+" for IOP ≥ 21 mmHg, "E/ D+" for CDR ≥ 0.5 and "P/E/D+" for individuals with all the showing signs. RESULTS: Within a total of 244 patients, 29.50% were considered suspects (48.61% male, 51.38% female, and 41.66% of group I, 23.61% of Group II and 34.72% of Group III). Regarding the type of sign: 70.83% were E/D+, 15.27% were P+ and 13.88% were P/ E/D+. There was also carried out a detailed analysis of men and women. CONCLUSION: Despite the irreversibility of the modifications caused by glaucoma, early diagnosis and proper treatment associated with raising awareness of population are preventive actions to inhibit blindness, confirming the relevance of conducting periodic preventive campaigns <![CDATA[<b>Prevalence of refractive errors and eye diseases in quilombo São José da Serra - Valença - RJ</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600009&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Determinar a prevalência das ametropias e oftalmopatias na população do Quilombo São José da Serra - Valença - RJ. MÉTODOS: Foram examinados 92 indivíduos de uma população de 102 pessoas da comunidade Quilombola em São José da Serra. Todos foram submetidos à avaliação oftalmológica completa, incluindo anamnese, ectoscopia ocular, medida da acuidade visual, teste de estereopsia, reflexo vermelho, cobertura monocular, Hirschberg, refração objetiva, subjetiva, biomicroscopia, tonometria de aplanação de GoldmannR, tonometria de sopro e fundoscopia direta ou binocular indireta usando lente de 20D. RESULTADOS: Foram examinados cerca de 90,19% da população quilombola, sendo 61,95% do sexo feminino e 38,04% do sexo masculino. A idade variou de 6 meses a 89 anos. Foram encontrados ametropias com necessidade de correção óptica em 23,91% dos indivíduos sendo mais frequente a presbiopia associada à hipermetropia, miopia e/ou astigmatismo com prevalência de 59,09% dos indivíduos examinados, seguido da presbiopia isolada em 22,72%, do astigmatismo hipermetrópico em 13,63% e do astigmatismo miópico em 4,54% dos examinados. Em relação às oftalmopatias encontraram-se catarata senil em 7,61%, ambliopia refracional em 6,52%, atrofia do epitélio pigmentar da retina e atrofia peripapilar em 2,17%, glaucoma em 1,09%, pterígio em 1,09%, retinocoroidite por toxoplasmose em 1,09% e hipopigmentação retiniana (albinismo ocular) em 1,09%. CONCLUSÃO: A prevalência das ametropias e doenças oculares no Quilombo São José da Serra foi de 23,9%(22/92) e 20,6%(19/92), respectivamente.<hr/>OBJECTIVE: To determine the prevalence of refractive errors and eye diseases in the population of the Quilombo São José da Serra - Valença - RJ. METHODS: We examined 92 individuals in a population of 102 people in the community Quilombo São José da Serra. All patients underwent complete ophthalmologic examination including anamnesis, ectoscopy, visual acuity, stereopsis test, red reflex, cover/uncover test, Hirschberg test, manifest and dynamic refraction, biomicroscopy, tonometry (Goldmann and air puff tonometry), direct monocular /or indirect binocular fundoscopy. RESULTS: We examined 90.19% of the population quilombola, and 61.95% were female and 38.04% male. Ages ranged from 6 months to 89 years. Refractive errors were found requiring optical correction in 23.91% of individuals, being more frequent presbyopia associated with hyperopia, myopia and / or astigmatism with a prevalence of 59.09%, followed by presbyopia isolated in 22.72%, hyperopic astigmatism in 13.63% and myopic astigmatism in 4.54%. The ophthalmopathies observed were senile cataracts in 7.61%, refractive amblyopia in 6.52%, atrophy of the retinal pigment epithelium and peripapillary atrophy in 2.17%, glaucoma 1.09%, pterygium in 1.09%, retinochoroiditis toxoplasmosis in 1.09% and hypopigmentation retinal (ocular albinism) in 1.09%. CONCLUSION: The prevalence of ametropia and eye diseases in the Quilombo São José da Serra were 23.9%(22/92) and 20.6%(19/92), respectively. <![CDATA[<b>Training system for visual improvement</b>: <b>RevitalVision</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600010&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliação de pacientes submetidos a sessões sequenciais do RevitalVision (RV) e relatar seu benefício na melhora da acuidade visual (AV). MÉTODOS: Estudo transversal com uma amostra de 10 pacientes submetidos a sessões sequenciais do RV. A terapia foi realizada em um ritmo de 3 sessões por semana durante um período de 2 a 3 meses, sendo concluída depois de 20 a 40 sessões. Os principais critérios de inclusão foram pós-cirurgia de catarata (sem complicações) com LIO multifocal e até +3,00 D, astigmatismo < -1,00 D, ambliopia, glaucoma, pós-transplante de córnea, síndrome de Axenfeld Rieger, catarata congênita e pós-lasik. RESULTADOS: A amostra de dez pacientes foi composta por 30% do sexo feminino, 70% masculino em uma média de 29 anos e de 38,6 sessões por paciente. Houve significância estatística em relação à AV pré e pós as sessões sequenciais do RV (p = 0,0135), assim como melhora da sensibilidade ao contraste. CONCLUSÃO: Observou-se melhora da AV e da sensibilidade ao contraste nos pacientes submetidos após as sessões do RV.<hr/>OBJECTIVE: Evaluation of patients undergoing sequential sessions of RV and report its benefit in improving visual acuity (VA). METHODS: Cross sectional study with a sample of 10 patients who underwent sequential sessions of the RV. Patients were treated at a rate of 2-3 sessions per week for a period of 2 to 3 months and was completed after 20 to 40 sessions. The main inclusion criteria were post cataract surgery (without complications) and multifocal IOL until +3.00 D, astigmatism <-1.00 D, amblyopia, glaucoma, post corneal transplant, Axenfeld Rieger syndrome, congenital cataract and post lasik. RESULTS: The sample of ten patients comprised 30% female, 70% male with an average of 29 years and 38.6 sessions per patient. There was statistical significance in relation to pre and post AV sequential RV sessions (p = 0.0135) and improved contrast sensitivity. CONCLUSION: An improvement of VA and contrast sensitivity in patients after the RV sessions was observed. <![CDATA[<b>Canalicular laceration</b>: <b>the stick utilization of Veirs modified</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os autores descrevem a utilização do bastão de Veirs modificado como modelador intracanalicular, facilitando a sutura do canalículo lacrimal e evitando a sua estenose. A técnica consiste na introdução do bastão de Veirs modificado no lúmen canalicular pelo ponto lacrimal, em direção ao saco lacrimal. A seguir as terminações distal e proximal do canalículo lesado são identificadas e a região lateral e medial da mucosa canalicular são suturadas boca a boca, com pontos separados de polivicryl 8.0, deixando bem coaptadas as bordas da ferida, ao redor do bastão. A reconstrução da ferida é completada por planos. O fio de mononylon 6.0 do bastão que se exterioriza pelo ponto lacrimal será fixado à pele da pálpebra em ângulo reto. O bastão permanece por 4 a 6 semanas no lúmen canalicular.<hr/>The authors describe the stick utilization of Veirs modified as modelling intracanalicular facilitating canaliculo suture lachrymal and avoiding its estenose. The technique consists in the stick introduction of Veirs modified in the lumen canalicular by the lacrimal point, in direction to the lachrymal sack. To follow the distal terminations and near of canaliculo hurt are identified and the lateral and medial region of the mucosa canalicular are sutured mouth to mouth, with points separated of polivicryl 8.0, letting well the wound edges, around of the stick. The wound reconstruction is completed by plans. Mononylon thread 6.0 of the stick that is externalized by the lachrymal point will be fastened to the eyelid skin in right angle. The stick remains for 4 to 6 weeks in the canalicular lumen. <![CDATA[<b>Scleral re-fixation technique with pars plana approach for luxated haptica into the vitreous cavity in patient with keratoplasty</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste relato de caso é descrever uma nova técnica de refixação escleral, unilateral, de uma háptica cuja sutura escleral prévia rompeu-se, levando ao deslocamento da lente intraocular para o vítreo. Trata-se de um olho submetido anteriormente a dois transplantes de córnea, em que se buscou minimizar a manipulação intraocular e o trauma cirúrgico. Esta técnica consiste em realizar o procedimento em olho fechado, utilizando a mesma lente de fixação, sem a necessidade de externalizar as hápticas ou do uso de instrumentos cirúrgicos especiais. A perda de células endoteliais após o procedimento foi similar à observada após a facoemulsificação em pacientes com ceratoplastia penetrante. A técnica mostrou-se simples, segura, e, portanto, reprodutível, além de ser menos invasiva do que os métodos já descritos, permitindo a reabilitação visual precoce do paciente.<hr/>The purpose of this case report is to describe a new technique to re-establish a scleral fixation of one luxated haptic, which previous suture ruptured, causing the fall of the intraocular lens into the vitreous cavity. Considering that the patient underwent two penetrant keratoplasty surgeries, there was a major concern to cause minimal intraocular manipulation and less surgical trauma. This technique consists in a closed eye procedure using the fixation lens, without exposing the haptics or using special surgical instruments. The endothelial cell loss after the surgery was similar to that observed after phacoemulsification in eyes with penetrating keratoplasty. The technique proved to be simple, safe, and therefore reproducible, less invasive than the previously published methods and promoted the patient's early visual rehabilitation. <![CDATA[<b>Astigmatism treatment during phacoemulsification</b>: <b>a review of current surgical strategies and their rationale</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802013000600013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Preexisting corneal astigmatism, present at the time of cataract surgery, is reviewed in detail throughout this article on its most important aspects such as occurrence rates, clinical relevance and current treatment options. Special emphasis is given to the latter aspect. Each method's rationale, advantage and limitation ishigh lightened. Comparisons between treatment options, whenever possible, are also provided.<hr/>O astigmatismo corneano pré-existente, por ocasião da cirurgia de catarata, é detalhadamente revisado neste artigo sob aspectos tais como: ocorrência, relevância clínica com ênfase nas opções de tratamento atualmente disponíveis. Destacamos o embasamento teórico de cada método, bem como vantagens e limitações foram destacadas. Comparações entre as opções terapêuticas, sempre que possível, são apresentadas.