Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Oftalmologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-728020160004&lang=es vol. 75 num. 4 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Descemet Membrane Endothelial Keratoplasty (DMEK)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400261&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Demographic and behavioral profile of patients with optic medical indication of contact lenses]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400264&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivos: Avaliar o perfil demográfico e comportamental de pacientes com indicação médica óptica de lentes de contato (LC) em um hospital público de Curitiba. Métodos: Estudo transversal realizado através de questionário em pacientes atendidos no serviço de lentes de contato do ambulatório do SUS do Hospital de Olhos do Paraná, no período de 02 de setembro de 2014 a 04 de agosto de 2015. Resultados: Dos 69 entrevistados, 56,52% fizeram LC. Destes, 55,07% têm entre 20-49 anos, 69,56% são mulheres, 40,58% com ensino médio completo e 36,23% com 2 a 6 salários mínimos. Predominaram a lente rígida com 66,67%, com menos de 8 horas de uso em 41,02% e desconforto durante o uso em 59%. A limpeza das LC é feita ao colocar e ao retirar em 87,18% dos casos, com 71,8% utilizando solução própria para LC. Alto custo da compra foi o principal motivo do não uso de LC, com 70% dos pacientes que não fizeram uso desse recurso. Conclusões: Dos entrevistados, 56,52% iniciaram o uso de LC, sendo o ceratocone a doença mais indicada. Foi demonstrado nesse estudo que os pacientes em questão têm boa orientação quanto a manuseio e manutenção das LC. Apesar dos inquestionáveis avanços da tecnologia médica, continuam ocorrendo a desistência do uso desse recurso principalmente pelo custo e medo do manuseio. É responsabilidade do especialista esclarecer os benefícios que os pacientes com indicação médica terão com o uso de LC, assim como motivar o seu uso.<hr/>ABSTRACT Objectives: To assess the demographic and behavioral profile of patients with optic medical indication of contact lenses (CL) in a public hospital in Curitiba. Methods: Cross-sectional questionnaire study of patients who attended the contact lens service of the national health system (SUS) outpatient clinic from the "Hospital de Olhos do Paraná" between September 2nd, 2014 and August 4th, 2015. Results: Of the 69 people interviewed, 56.52% acquired CL. Of these, 55.07% are between 20-49 years old, 69.56% are women, 40.58% had finished high school and 36.23% earned a salary of 2 to 6 times the minimum wage. Rigid lenses prevailed, representing 66.67% of the total, with less than 8 hours of usage in 41.02% of the cases and discomfort during usage was assessed in 59%. The cleaning of CL was done at the moment of insertion and removal in 87.18% of cases, and 71.8% used contact solution. High purchase cost was the main reason for not using CL for 70% of patients who did not use this resource. Conclusions: Of the patients interviewed, 56.52 % started using LC. Keratoconus was the main disease for which CL were indicated. It was demonstrated in this study that patients in question have good guidance on handling and maintenance of LC. Despite the unquestionable advances in medical technology continue to occur the abandonment of the use of this feature mainly the cost and fear of handling. It is the responsibility of the expert clarify the benefits that patients with medical indication will have with the use of LC, as well as encourage their use. <![CDATA[Influence of the change in the shape of the corneal epithelium removal in postoperative PRK visual acuity.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400269&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: Verificar se a modificação no formato da desepitelização corneana na ceratectomia fotorrefrativa (PRK), de circular para oval, modifica a recuperação da acuidade visual (AV) no pós-operatório. Métodos: Foram avaliados prospectivamente 43 pacientes submetidos ao PRK bilateral e simultâneo. De forma randomizada em cada paciente, um olho foi desepitelizado no formato circular e o outro no formato oval. No sexto dia de pós-operatório (D6) foram registradas a percepção subjetiva pelo paciente da qualidade de visão comparativa entre os olhos, a AV objetiva monocular e o aspecto do empilhamento epitelial corneano. Resultados: Em relação à percepção subjetiva da qualidade de visão, observou-se que 48,8% dos pacientes não perceberam diferença entre os olhos e 51,2% perceberam diferença (41,9% referiram melhor qualidade de visão no olho da desepitelização oval e 9,3% referiram melhor visão no olho da desepitelização circular). Em relação à AV (Snellen), a média na desepitelização oval, de 0,62, foi significativamente superior (p&lt;0,001) que na circular, de 0,53. Quanto ao empilhamento epitelial, em 64,3% houve menor densidade do empilhamento nos olhos submetidos à desepitelização oval, em 31,0% não foi identificada diferença e em 4,8% dos olhos submetidos à desepitelização oval o empilhamento foi maior. Tais resultados se devem ao fato de que na desepitelização oval as células epiteliais provêm de bordas não equidistantes do centro da córnea e percorrem uma área menor, determinando um empilhamento epitelial central mais suave. Conclusão: Verificou-se que a modificação no formato da desepitelização corneana no PRK para oval, determinou uma significativa melhora da recuperação da AV.<hr/>ABSTRACT Objective: To determine if the change in the shape of the corneal epithelial removal in photorefractive keratectomy (PRK), from circular to oval shape, modifies the recovery of the postoperative visual acuity (VA). Methods: Forty-three(43) patients subjected to bilateral simultaneous PRK were prospectively evaluated. Randomly for each patient, one eye underwent epithelial removal in circular shape and the other in oval shape. On the sixth day of postoperative period (D6) the follow items were recorded: the subjective comparative perception, informed by the patient, of the quality of vision between the eyes, the objective monocular VA and the appearance of the central corneal epithelial suture line. Results: With regard to subjective quality of vision perception, it was observed that 48.8% of patients did not realize the difference between the eyes, while 51.2% did (41.9% reported better quality of vision in the eye with the oval shape and 9.3% reported better vision in the eye with the circular shape). With regard to the VA (Snellen), the average in the oval shape of 0.62 was significantly higher (p &lt; 0.001) than the circular shape of 0.53. As for the appearance of the epithelial suture line, in 64.3% of the cases there was a lower density of the suture line in the eyes submitted to the oval shape, 31.0% did not demonstrate difference and in 4.8% of eyes submitted to oval shape the suture line was denser. These results are due to the fact that in the oval shape the epithelial cells come from non-equidistant edges of the corneal periphery to the center and run across a smaller area, determining a smoother, sometimes off-center, epithelial suture line. Conclusion: The change in the shape of the corneal epithelial removal in photorefractive keratectomy (PRK), from circular to oval shape, determines a better recovery of the postoperative visual acuity (VA). <![CDATA[Epidemiological profile of west center cornea donors]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400274&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: Traçar o perfil epidemiológico dos doadores de córnea do Estado de Goiás. Métodos: Foi utilizada amostra probabilística de 793 prontuários calculada pela fórmula de Leslie Kish (Epi Info 7), levando em consideração um n total de 3.093 prontuários no período de janeiro de 2006 a agosto de 2015. Os dados foram analisados utilizando o programa Statistical Package for Social Science (SPSS) e os resultados foram descritos por meio de proporções, medidas de tendência central e dispersão. As comparações entre variáveis categóricas foram feitas através do teste Qui-Quadrado com nível de significância de 5%. Resultados: A média de idade foi de 37,33 anos, sendo que a maioria foi do sexo masculino (81,21%). A causa mortis mais frequente foi traumatismo crânio encefálico (34,04%) seguido pelo infarto agudo do miocárdio (14,12%). Entre os cinco primeiro anos, o tempo entre o óbito e a enucleação foi de 4,7±1,7 horas enquanto que nos últimos anos foi de 4,9±1,6 horas. Já o tempo entre o óbito e a preservação foi de 13±4,6 horas no período de 2006 a 2010 e de 11,4±4,7 horas no período de 2011 a 2015 (p&lt;0,001). Conclusão: Conclui-se que o fator idade foi estatisticamente significante na população mais jovem com aumento nos últimos 10 anos. São necessárias campanhas sócia educativas para a conscientização da população geral e com isso, reduzir a incidência da faixa etária mais jovem, assim como a necessidade de manter atualizados todos os profissionais que atuam nessa área, desde a equipe de abordagem, de colheita, de enfermeiros e médicos para melhor captação e preservação de córneas para transplantação.<hr/>ABSTRACT Objective: Describe the epidemiological profile of cornea donors in the state of Goiás. Methods: We used a random sample of 793 records calculated by the formula of Leslie Kish (Epi Info 7) taking into account a total of 3,093 records from January 2006 to August 2015. The data was analyzed using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) and the results were described using proportions, central tendency and dispersion measures. Comparisons between categorical variables were made using the chi-square test with 5% significance level. Results: The mean age was 37.33 years, and the majority was male (81.21%). The most frequent cause of death was traumatic brain injury (34.04%) followed by acute myocardial infarction (14.12%). Among the first five years, the time between death and enucleation was 4.7 ± 1.7 hours while that in recent years was 4.9 ± 1.6 hours. Time between death and preservation was 13 ± 4.6 hours in the period 2006 to 2010 and 11.4 ± 4.7 hours in 2011 to 2015 (p &lt;0.001). Conclusion: We could conclude that age was statistically significant in the younger population, with an increase of the same in the last 10 years. We need to create and implement educational campaigns to raise awareness of this issue in the general population, and thus reduce the incidence of the younger age group. We also need to keep updated all professionals working in this area, the approach staff, cornea collection team, nurses and doctors to better capture and preserve donor corneas. <![CDATA[The pre-anesthetic evaluation for ophthalmic surgery in the elderly is really necessary? The reality of a public hospital]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400279&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivos: A avaliação pré-anestésica (APA) e a realização de exames laboratoriais são questionadas para cirurgias oftalmológicas ambulatoriais por acrescentarem custos e retardarem a cirurgia. Estas são de baixo risco, mas os pacientes são idosos e com várias comorbidades. O objetivo deste estudo foi determinar se a APA é realmente necessária nestes pacientes em um hospital público. Métodos: Foi conduzido um estudo retrospectivo em 297 prontuários contendo a APA de pacientes para cirurgias oftalmológicas em um hospital público. Foram avaliados através da história, exame clínico e exames complementares, a proporção de pacientes que apresentaram na APA doenças desconhecidas ou não controladas e alterações dos exames complementares. Resultados: A média de idade dos pacientes foi de 71,5 anos, com 95,28% tendo pelo menos uma doença crônica. A doença mais prevalente foi hipertensão arterial sistêmica (62,96%), que em 7,7% dos pacientes estavam sem controle adequado; 2.3% não tinham diagnóstico de HAS. O diabetes mellitus tipo 2 apareceu em segundo (22,22%), com 5,3% sem controle adequado. Glicemia acima de 100 mg.dl-1 foi encontrada em 25,92%, sem diagnóstico conhecido. Do total, 84,8% tomavam pelo menos um medicamento. Somente 73,4% dos pacientes foram liberados para a cirurgia na primeira consulta. Conclusão: A APA em oftalmologia é capaz de detectar doenças não diagnosticadas, ou condições clínicas instáveis, e exerce um papel não só de otimização do paciente para a cirurgia como de atendimento primário, desempenhando papel importante na saúde global da população e, portanto, considerada necessária nos pacientes idosos do sistema público de saúde.<hr/>ABSTRACT Objectives: Pre-anesthetic assessment (PAA) and laboratory tests are questioned for ophthalmic procedures due to their additional costs and surgery delays. These are lower risks, nonetheless, patients are elderly and suffer from multiple comorbidities. The aim of this study was to determinate if it is really necessary in a public hospital. Method: a retrospective study on 297 medical records containing the pre-anesthetic questionary from ophthalmic surgery patients in a public hospital was leaded. By the anamnesis, clinical examination and laboratory tests, the rate of patients who came up with unknown or uncontrolled diseases for the pre-anesthetic evaluation among with unsettled lab tests were analyzed. Results: The patients's mean age was 71.5 years old. 95.28% of them suffer from at least one chronic disease. The most prevailer illness was systemic arterial hypertension (SAH) (62.96%), which in 7.7% of were uncontroled. Also 2.3% had no diagnosis of SAH. The DM2 appeared in second (22.22%), with 5.3% without proper management. Glycaemia above 100 mg.dl1 was found in 25.92%, undiagnosed; 84.8% of the total were taking at least one medication. Only 73.4% of patients were released for surgery in the first moment. Discussion: To sum up, PAA in ophthalmology surgery is able to bring up undiagnosed diseases, or unstable medical conditions, and it plays a role not only in optimize the patient for surgery, but also as primary care. It can be an important deal to improve population's health, therefore, considered necessary in elderly patients in the public health system. <![CDATA[Prevalence of detection of visual impairment and treatment in the age group 4 to 7 years]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400286&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivos: Verificar a prevalência da baixa visual numa fração dos estudantes matriculados na rede pública municipal de Caratinga, Minas Gerais, bem como mostrar a importância da realização de ações precoces no cuidado com a acuidade visual (AV) em crianças de até 7 anos de idade. Métodos: Estudo transversal realizado em alunos, com idade entre 4 e 7 anos, matriculados no primeiro e segundo ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Geraldo Marques Cevidanes, do município de Caratinga, Minas Gerais. A AV foi avaliada com base na aplicação do Teste de Snellen e considerada normal quando superior a 0,7. Os alunos que apresentaram dificuldade no exame igual ou inferior a 0,7 foram encaminhados a consultas oftalmológicas. Resultados: Foram avaliadas 118 crianças. Quanto à AV, 5% da amostra apresentou alteração da AV, sendo 16,6% com alteração visual apenas no olho esquerdo; 33,3%, somente no olho direito; e 50%, bilateral. Necessitaram da prescrição de órteses 66,6% dos estudantes com baixa visual. Conclusão: Este estudo vai ao encontro de pesquisas nacionais no que tange à prevalência de baixa AV, entretanto discorda de trabalhos que encontraram prevalências destoantes. Sugere-se o desenvolvimento de projetos em saúde preventiva que abranjam a idade escolar não apenas de forma médica, mas também social.<hr/>ABSTRACT Objective: To determine the prevalence of low vision in a fraction of the students in public schools at Caratinga, Minas Gerais. Moreover, show the relevance of preventive measuresto evaluate Visual Acuity (VA) in children up to 7 years old. Methods: A transversal study was made in students, between 4 and 7 years old, enrolled in first and second year of elementary school of Geraldo Marques Cevidanes Municipal School, in the city of Caratinga, Minas Gerais.VA was evaluated using Snellen optometric chart and considered normal when higher than 0,7. Students who had difficulty in being evaluated or had presented VA less than 0,7 were referred to an ophthalmologist. Results: One hundred-eighteen children were evaluated. Five percent (5%) of the sample had low VA, being 16,6% only in the left eye, 33,3% in the right eye and 50% bilateral. 66,6% of students with visual impairment required the prescription glasses. Conclusion: This study meets national research regarding the prevalence of low VA, however, doesn´t match with others studies. It is suggested that projects to prevent eye health in children are important not only medically, but also socially. <![CDATA[Influence of the home environmental affordances in the mobility of children with low vision mobility: functional skills and caregiver assistance]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400290&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: Analisar e correlacionar a influência dos estímulos presentes no ambiente domiciliar nas habilidades funcionais e no nível de assistência do cuidador na mobilidade de crianças com baixa visão e visão normal. Métodos: Participaram sete crianças com diagnóstico de baixa visão (32,29 ± 7,09 meses) e sete com visão normal (31,57 ± 6,90 meses). Os instrumentos utilizados foram Affordances in the Home Environment for Motor Development - Self Report (AHEMD-SR) e Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI) referente à parte I (habilidades funcionais) e II (assistência do cuidador) da área de mobilidade. Resultados: De acordo com o PEDI, não houve diferença significativa entre crianças com baixa visão e visão normal nas habilidades funcionais (U=13,5; p=0,076) e na assistência do cuidador (U=13,0; p=0,083) na área de mobilidade, porém houve correlação moderada (r=+0,756; p=0,049) entre as partes I e II para crianças com baixa visão. No AHEMD-SR, crianças com baixa visão apresentaram diferenças significativas nas subescalas: motricidade fina (U=7,5; p=0,024), motricidade grossa (U=7,5; p=0,024) e AHEMD total (U=8,0; p=0,035). Porém ambas receberam a classificação "média" para as oportunidades de estimulação do ambiente domiciliar. Conclusão: O ambiente domiciliar das crianças com baixa visão apresentou razoáveis oportunidades de estímulos, no entanto seu desempenho estava dentro dos padrões de normalidade para as habilidades funcionais e assistência do cuidador em mobilidade.<hr/>ABSTRACT Objective: To analyse and correlate the influence of the present affordances in the home environment in the functional skills and the level of caregiver assistance for the mobility of children with low vision and normal vision. Methods: Participated seven children with low vision diagnosis (32.29 ± 7.09 months) and seven with normal vision (31.57 ± 6.90 months). The instruments used were Affordances in the Home Environment for Motor Development - Self Report (AHEMD-SR) and Pediatric Evaluation of Disability Inventory (PEDI) relative to the parties I (functional skills) and II (caregiver assistance) for the mobility area. Results: According to PEDI, there was no significant difference between children with low vision and normal vision in functional skills (U=13.5; p=0.076) and caregiver assistance (U=13.0; p=0.083) in the mobility area, however there was moderate correlation (r=+0.756; p=0.049) between the parties I and II for children with low vision. In AHEMD-SR, children with low vision showed significant differences in the subscales: fine-motor (U=7.5; p=0.024), gross-motor (U=7.5; p=0.024), and AHEMD total (U=8.0; p=0.035). However, both children received classification "average" for the affordances in the home environment. Conclusion: Children with low vision showed no differences in functional skills and caregiver assistance in the mobility. And the home environment offered reasonable affordances, which favored the functional skills and caregiver´s assistance in the mobility. <![CDATA[Contrast sensitivity assessment in different age group in medium and high spatial frequency]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400296&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: Comparar a sensibilidade ao contraste nas faixas etárias de 20 a 25, 40 a 45 e acima de 60 anos de idade. Métodos: Realizou-se um estudo transversal com indivíduos de diferentes idades, com acuidade visual superior a 20/25, sem doença ocular e sem cirurgia oftalmológica prévia. A acuidade visual foi medida pelo teste de Snellen e, a sensibilidade ao contraste, pelo aparelho OPTEC 3500P(r). A análise estatística foi realizada pelo teste de Wilcoxon, considerando um intervalo de confiança de 95%. Resultados: Em relação aos pacientes de 20 a 25 anos, os de 40 a 45 anos não apresentaram diminuição significativa da sensibilidade ao contraste em nenhuma das frequências espaciais avaliadas. Comparando os pacientes acima de 60 anos aos de 40 a 45 anos, houve diminuição da sensibilidade ao contraste nas frequências de 6,0 a 18,0 cpg no modo diurno e de 3,0 a 18,0 cpg no noturno. Já quando comparados aos de 20 a 25 anos, os pacientes maiores de 60 anos mostraram diminuição nas frequências de 3,0 a 18 cpg no modo diurno e em todas as frequências no modo noturno. Conclusão: A função de sensibilidade ao contraste parece diminuir com a idade, após os 45 anos, principalmente nas médias e altas frequências espaciais. Isso pode impactar na leitura, na direção e na mobilidade, dentre outras atividades diárias.<hr/>ABSTRACT Objective: To compare contrast sensitivity in different age groups: 20 to 25, 40 to 45 and above 60 years old. Methods: We performed a cross sectional study with individuals of different ages, with visual acuity better than 20/25, without eye disease and without prior eye surgery. Visual acuity was measured by Snellen test and contrast sensitivity was evaluated by OPTEC 3500P(r) equipment. Statistical analysis was performed using Wilcoxon test, considering a 95% confidence interval. Results: Compared to patients between 20 and 25 years old, patients between 40 and 45 years old did not presented decreased contrast sensitivity in any of evaluated frequencies. When compared to patients between 40 and 45 years old, patients over 60 years old presented decrease in contrast sensitivity at frequencies of 6,0 to 12,0 cpg in diurnal mode and 3,0 to 18,0 cpg in nocturnal mode. But when compared to patients between 20 and 25 years, patients older than 60 years old showed contrast sensitivity decreased in the frequencies of 3,0 to 18 cpg in diurnal mode and at all frequencies in nocturnal mode. Conclusion: Contrast sensitivity seems to decrease with age, after 45 years old, especially in middle and high spatial frequencies. This condition may affect reading, direction and mobility, as well as other daily activities. <![CDATA[Changes of orbital connective tissue after bimatoprost injection. Experimental study in rats]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400300&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO O bimatoprost é utilizado comumente como a droga de primeira escolha no tratamento do glaucoma primário de ângulo aberto. Hiperemia conjuntival, crescimento dos cílios, enoftalmia, escurecimento cutâneo periocular, sulco palpebral profundo e prurido ocular têm sido relatados em pacientes que receberam bimatoprost em doses únicas diárias durante cerca de 3 meses. O mecanismo exato para estes efeitos adversos permanece desconhecido. Objetivo: Verificar em animais de experimentação, as alterações do tecido conjuntivo orbitário após injeção retrobulbar de bimatoprost 0,03%. Métodos Foram utilizados trinta e seis ratos machos (Rattus norvegicus albinus) submetidos a diferentes períodos de injeção retrobulbar de bimatoprost à direita. O material exenterado foi submetido à análise histológica, morfométrica (diâmetro, densidade numérica e densidade de volume dos adipócitos) e imunohistoquímica para marcação do VEGF. Os resultados destas análises foram submetidos à análise descritiva com o auxílio do software R. O nível de significância adotado foi 5%. Para as comparações foi proposto o modelo de regressão linear com efeitos mistos. Resultados: Na amostra estudada, as órbitas submetidas a injeções retrobulbares de bimatoprost apresentaram ao redor do nervo óptico tecido conjuntivo mais espesso, com inúmeros capilares e vasos de vários calibres e a redução da quantidade, diâmetro e volume das células adiposas estatisticamente significativo quando comparado à órbita contralateral e ao grupo controle. Conclusão: Neste estudo observaram-se as seguintes alterações potencialmente reversíveis do tecido conjuntivo orbitário nos ratos submetidos à injeção retrobulbar de bimatoprost: 1) redução da quantidade, do diâmetro e do volume das células adiposas orbitárias; 2) neovascularização local; 3) espessamento e remodelamento das fibras de colágeno na cavidade orbitária.<hr/>ABSTRACT Bimatoprost is commonly used as the drug of first choice in the treatment of primary open-angle glaucoma. Conjunctival hyperemia, eyelash growth, enophthalmos, periocular skin pigmentation, deep lid sulcus and itching eyes have been reported in patients that daily received single dosages during a three month period. The exact mechanism for these adverse effects remains unknown. Objective: to verify alterations, in test animals, of the orbital connective tissue after peribulbar injections of bimatoprost 0.03% using histological and immune-histochemical analysis. Methods: thirty six male test rats (Rattus norvegicus albinus) were subjected to various periods of periocular injections of bimatoprost 0.03% in the right eye.All extracted material was submitted to histological, morphometric (diameter, numeric density and density of adipocyte volume) and immune-histochemical analysis to mark the vascular endothelial growth factor (VEGF). These analysis results were then submitted to a descriptive analysis with the help of R software. The significance level used was 5%. For comparison, the model of linear regression with mixed effects was proposed. Results: In the sample studied, the eye sockets that were continuously submitted to bimatoprost had a denser conjunctival tissue around the optic nerve, with numerous capillaries and blood vessels of various sizes and a reduction of quantity, diameter and volume of adipose cells of statistic importance when compared to the contralateral eye socked and the control group. Conclusion: In this study, the following potentially reversible changes of orbital connective tissue were observed in test rats subjected to periocular injection of bimatoprost: 1) reduction of quantity, diameter and volume of orbital adipose cells; 2) local neovascularization; 3) thickening and remodeling of collagen fibers in the orbital cavity <![CDATA[Platelet-rich plasma in diabetic dry eye disease]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400308&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT Objective: To evaluate the effectiveness of autologous Plasma- rich platelet (PRP) in symptomatic dry eye of diabetic patients. Design A prospective single group interventional study. Participants: Twelve diabetic patients with refractory dry eye disease. Methods Patients were treated with autologous PRP eye drops four times a day for a month. Dry eye symptoms and its frequency, according to DEWS studies, tear film breakup time, improvement of visual acuity lines, and Schirmer test. Results: All the patients had some symptomatic improvement regarding dryness, itching, burning and redness (p=0.002). Five patients, 41.66% (5/12) had improvement of 1 or more lines of visual acuity in both eyes, 50% and 58.33% had no alteration in right and left eye, respectively (p=0.14). Considering Schirmer test, 66.66% (8/12) had improvement in the test value, 25% (3/12) had no alteration in this test value and 8.33% (1/12) had a reduced value in the test after treatment.(p=0.04). Considering the value of BUT test 58.33% (7/12) had improvement in the test value and 41.66% (5/ 12) had no alteration in this test value (p=0.018). Conclusions PRP is safe and an interesting alternative therapy in symptomatic diabetic dry eye. More clinical trials are required to create specific protocols to this treatment.<hr/>RESUMO Objetivo: Avaliar a eficácia do colírio de concentrado de plaquetas (CCP) autólogo no olho seco sintomático de pacientes diabéticos. Projeto Um estudo de intervenção único grupo prospectivo. Participantes Doze pacientes diabéticos com doença do olho seco refratário. Métodos Os pacientes foram tratados com colírio de PRP autólogo quatro vezes por dia durante um mês. Sintomas de olho seco e sua frequência, seguindo os critérios de DEWS, tempo de ruptura do filme lacrimal, a melhoria das linhas de acuidade visual e teste de Schirmer. Resultados Todos os pacientes tiveram alguma melhora dos sintomas de ressecamento, coceira, ardor e vermelhidão (p = 0,002). Destes, 41,66% (5/12) tiveram melhora de uma ou mais linhas de acuidade visual em ambos os olhos; 50% e 58,33% não tinham alteração no olho direito e esquerdo, respectivamente (p = 0,14) . Considerando o teste de Schirmer, 66,66% (8/12) tiveram melhora no valor do teste, 25% (3/12) não apresentaram alteração neste valor de teste e de 8,33% (1/12) tiveram um valor reduzido no teste após tratamento. (p = 0,04). Considerando o valor de teste BUT 58,33% (7/12) apresentaram melhora no valor de teste e 41,66% (12/05) não apresentaram alteração neste valor de teste (p = 0,018). Conclusões O CCP é seguro e uma terapia alternativa interessante no olho seco diabético sintomático. Mais ensaios clínicos são necessários para criar protocolos específicos para este tratamento. <![CDATA[Refraction and visual fatigue syndrome on watching the ULTRA HD 4k television curved screen system]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400314&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Objetivo: Avaliar uma possível desordem de sensibilidade ocular (similar a glare), com sintomas de fadiga visual, através da observação de tela de televisão ULTRA HD- 3D- 4K de tela curva de 55 polegadas, em voluntários com exame oftalmológico normal. Métodos: Um estudo prospectivo, longitudinal, caso-controle, com formação de grupos por faixa etária e com critérios de inclusão e exclusão. Uma comparação de um vídeo documentário gravado com resolução HD 4K e o mesmo documentário gravado em FULL HD antes e após a tele-audiência anterior consistindo numa avaliação de três fases do estudo com os mesmos critérios. A fadiga visual foi analisada por meio de um questionário padronizado de queixas de síndrome de fadiga visual comuns e comparado a teste de sensibilidade ao contraste, teste de amplitude de acomodação e convergência, teste de frequência de piscar e teste de movimentos sacádicos conjugados oculares de grande amplitude. Equipamentos acessórios como tablets com câmara digitais serão utilizados para gravação de vídeos da frequência de piscar, e de movimentos oculares sacádicos durante toda a audiência televisiva. Analise estatística com Teste de Qui quadrado, teste t de Student, teste de Tukey e teste F com analise de Variância foram feitos para dados em tabelas de contingência e gráficos caixa em Box Plot. Nível de significância estimado em 5%. Resultados: Oitenta voluntários normais foram avaliados e avaliados como inferência de expressividade estatística alpha (α) de 10%, sem obter significância de 5% para as queixas de um questionário de Síndrome de Fadiga Visual. Outros testes estatísticos revelam dados de significância de 5% numa inferência global da pesquisa quanto à frequência de piscar e de movimentos sacádicos conjugados oculares de grande amplitude. Conclusão: Telas de televisão de alta resolução ULTRA HD 4K, podem provocar queixas de fadiga visual numa população de características pouco comuns (com baixa frequência de piscar palpebral e movimentos sacádicos conjugados), mas existentes. O baixo índice de estatística significativa poderá revelar-se de maior expressão no uso de uma amostragem de pesquisa mais numerosa. Os autores chamam a atenção para a possibilidade de incremento desse efeito de fadiga visual no futuro advento de Sistema de Televisão ULTRA HD 8K.<hr/>ABSTRACT Purpose: To evaluate eye sensitivity disorder (similar to glare), with symptoms of visual fatigue, through watching television ULTRA HD3D-55-inch 4K curved screen among volunteers with normal eye examination. Methods: A prospective, longitudinal, case-control study, with inclusion and exclusion criteria and groups formation enrolled by age range. A comparison of a video documentary presented with the ULTRA HD TV 4K and with the FULL HD TV before and after the previous tele-audience, consisting of an evaluation of three phases of the study regarding the case-control criteria. The main variable analyzed was a questionnaire of visual fatigue syndrome complaints which was compared with secondary variables as the contrast sensitivity test, amplitude of accommodation test, blink frequency test, and test of conjugated saccadic eye movements of big amplitude. Tablets with digital camera equipment were used for video recording of the blink frequency, and saccadic eye movements throughout the television audience. Statistical analysis with Chi Square test. Results: Eighty healthy volunteers were evaluated and assessed as expressiveness of statistical inference alpha (α) of 10%, without obtaining significance of 5% for complaints of a questionnaire Visual Fatigue Syndrome. Other statistical tests showed 5% of significance of data in a global inference research on the frequency of blinking and combined saccadic movements of great amplitude. Conclusion: High resolution television screens ULTRA HD 4K may cause complaints of eyestrain in a population with some uncommon characteristics (low eyelid blink frequency and conjugated saccades movements). The low statistical significant index could be increased in a research with a higher number of participants. The authors call attention to the possibility of increasing this visual fatigue effect in the future advent of Television System ULTRA HD 8K. <![CDATA[Pterygium growing below the LASIK flap region]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400320&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO O pterigio é uma lesão fibrovascular da superfície ocular que pode ter um comportamento agressivo e em alguns casos ameaçar a visão. Embora não exista consenso da sua patogênese, evidências recentes sugerem que seja uma condição proliferativa relacionada com a exposição à radiação ultravioleta. Relatamos aqui um caso de pterígio que cresceu sob a região do flap de cirurgia refrativa (LASIK).<hr/>ABSTRACT Pterygium is a fibrovascular lesion of the ocular surface that can display an aggressive clinical behavior and, occasionally, threaten vision. Although there is no consensus on its pathogenesis, recent evidence suggests that it is a proliferative, rather than degenerative condition, strongly correlated with exposure to ultraviolet radiation. We report a case of pterygium that grew up bellow the flap Lasik region after the surgery. <![CDATA[A case of atypical <em>nocardia asteroides</em> sclerouveitis resistant to fourth-generation fluoroquinolones]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400322&lng=es&nrm=iso&tlng=es ABSTRACT We describe an unusual case of Nocardia spp scleritis in a health girl resistant to topical fourth-generation fluoroquinolones. Clinically, there was only partial response of the scleritis to initial therapy. Treatment was changed to meropenem intravenously and topical amikacin. Following several weeks of antibiotic treatment, the patient's infection resolved but her vision was reduced to no light perception. Nocardia asteroides must be considered as a possible agent in cases of necrotizing scleritis in patients without a clear source. Antibiotic sensitivity testing has a definitive role in view of the resistance to these new medications.<hr/>RESUMO Nós descrevemos um raro caso de esclerite por Nocardia spp em uma criança sadia resistente a utilização tópica de fluorquinolona de quarta-geração. Clinicamente, a paciente apresentou apenas uma resposta parcial do quadro de esclerite a terapêutica inicial. O tratamento foi então modificado para meropenem intravenoso e amicacina tópica. Após várias semanas de tratamento com antibiótico, o quadro infeccioso regrediu porém a visao da pacientes evoluiu para perda da percepção luminosa. Em casos de esclerite necrotizante em pacientes sem fatores de risco aparente é necessário considerer a Nocardia Asteroides como possível agente causador. Os testes de sensibilidade medicamentosa apresentam importância significativa em virtude do aparecimento de resistência aos novos medicamentos. <![CDATA[Ocular B-cell marginal zone lymphoma: case report and literature review]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400325&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO Paciente feminina, 70 anos, apresentou-se com queixas de prurido ocular à esquerda, lacrimejamento e hiperemia há 2 meses. Ao exame físico, apenas hiperemia conjuntival discreta. Foi solicitada biópsia, que sugeriu a hipótese de pseudolinfoma pela insuficiência de critérios classificatórios. Após um ano a paciente retornou com os mesmos sintomas e proptose ocular à esquerda, associado a proliferação de aspecto linfático em conjuntiva bulbar, com presença de vasos sanguíneos, ocupando toda região superior e maior parte da medial, se estendendo até o limbo, sem oclusão do eixo visual e mobilidade ocular extrínseca preservada. Nova biópsia e imuno-histoquímica, foram compatíveis com linfoma de células B da zona marginal. Foram realizadas tomografias computadorizadas (TC) de crânio, pescoço e órbitas, revelando aumento do volume do músculo reto superior esquerdo, com intensa impregnação pelo contraste, acometendo ventre e tendão, com borramento de gordura adjacente. Foram programados 6 ciclos de quimioterapia com ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina e prednisona, CHOP, a cada 21 dias. Houve melhora dos sintomas oculares após o primeiro ciclo. Após o quarto, nova TC de órbitas evidenciou regressão do espessamento do músculo reto superior esquerdo, ainda melhor na TC realizada após o sexto ciclo. Os linfomas MALT são responsáveis por 5-17% de todos os casos de LNH, respondem por mais de 90% dos linfomas que acometem os anexos oculares, mas podem se originar em diversos tecidos. Devido a raridade da doença, carecem estudos prospectivos randomizados que definam um consenso terapêutico. A literatura sugere que o tratamento deve ser individualizado.<hr/>ABSTRACT Female patient, 70 years old, presented with complaints of left eye pruritus, tearing and redness, for 2 months. Physical examination revealed only mild conjunctival hyperemia. Biopsy was ordered, and suggested the hypothesis pseudo lymphoma by insufficient classification criteria.After a year, the patient returned with the same symptoms, and left ocular proptosis associated with lymphatic aspect of proliferation in bulbar conjunctiva, with the presence of blood vessels, occupying the entire upper region and most of the medial, extending into the limbo without occlusion the visual axis, extrinsic ocular motility preserved.Another biopsy and immunohistochemistry were compatible with a B cell marginal zone lymphoma. Tomographic studies of cranium, neck and orbits were performed, and the orbit showed enlargement of the left superior rectus muscle volume, with intense contrast uptake, affecting belly and tendon and blurring of adjacent fat. Six cycles of chemotherapy with cyclophosphamide, doxorubicin, vincristine and prednisone, CHOP, were done every 21 days. There was improvement in ocular symptoms after the first cycle. After the fourth, new scans from the orbits revealed regression of thickening of the left superior rectus muscle, and even better after the sixth cycle. The MALT lymphomas account for 5-17% of all cases of NHL, accounting for over 90% of lymphomas affecting the eye attachments, but can originate in different tissues. Due to the rarity of the disease, there are no randomized prospective studies to define a therapeutic consensus. The literature suggests that treatment should be individualized. <![CDATA[Fibrotic scar membrane formation in patients undergoing penetrating keratoplasty]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400330&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO O surgimento de uma membrana fibrótica opacificada na córnea transplantada é pouco descrito nas literaturas nacional e mundial. O objetivo é relatar o caso de um paciente com leucoma total de olho esquerdo que foi submetido à ceratoplastia penetrante levando a formação de dupla câmara anterior devido ao surgimento de uma membrana fibrótica cicatricial. Paciente do sexo masculino, 54 anos, com leucoma total secundário a ceratite herpética, diabético há 20 anos, em uso de insulina, com retinopatia diabética não proliferativa. Realizou-se cirurgia de membranectomia com complicações pós-operatória.<hr/>ABSTRACT The emergence of opaque fibrotic membrane in transplanted cornea is little described in national and world literature. The goal is to report the case of a patient with leucoma total of left eye that was submitted to the penetrating keratoplasty leading to formation of double anterior chamber due to the emergence of a fibrotic scar membrane. Male patient, 54 years, with total herpetic keratitis secondary leucoma, diabetic for 20 years, using insulin, with non-proliferative diabetic retinopathy. Held membranectomia surgery with postoperative complications. <![CDATA[LASIK for hyperopia correction pos DSAEK(Descement Stripping Automated Endotelial Keratoplasty)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400333&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO O DSAEK (Descemet stripping automated endotelial Keratoplasty) é um dos procedimentos de escolha para tratamento das doenças que acometem o endotélio corneano. Apesar do sucesso terapêutico, o procedimento pode induzir uma hipermetropia residual. Em média a refração se estabiliza em um perído que varia de 6 a 12 meses após o transplante. O objetivo desse relato é descrever a evolução dessa opção terapêutica utilizada em um paciente de 54 anos portador de Distrofia de Fuchs. O paciente foi submetido ao transplante de córnea (DSAEK) e a remoção do cristalino no mesmo tempo cirúrgico o que resultou em hipermetropia residual. Após 3 anos de acompanhamento apresentava-se com a melhor visão corrigida de 20/20 (Snellen) no olho operado com uma refração de +3,25 -1,00 (5º). Optou-se por realização de LASIK (Laser assisted in situ Keratomileusis) hipermetrópico, obtendo um resultado visual satisfatório.<hr/>ABSTRACT DSAEK (Descemet stripping automated endothelial keratoplasty) is one of the options for corneal endothelium disease, which in some patients can result in a residual hyperopia after the procedure. Usually 6 to 12 months after corneal transplantation refraction is already stable. This report describes a therapeutic option used in a 54 years old patient with Fuchs' endothelial dystrophy submitted to cataract and corneal transplant that resulted in residual hyperopia, three years after the procedure the best corrected vision was 20/20 with a refraction of +3.25 -1.00 (5 º) treated with Hyperopic - LASIK (Laser-assisted In Situ Keratomileusis) with satisfactory visual result. <![CDATA[Cost-effectiveness in glaucoma. Concepts, results and current perspective]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802016000400336&lng=es&nrm=iso&tlng=es RESUMO O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no Brasil. Sua prevalência e incidência tendem a aumentar significativamente no futuro, principalmente devido ao aumento da população e ao seu envelhecimento. A escassez de recursos para a saúde associada ao aumento da disponibilidade e dos custos das tecnologias em saúde exige uma análise parametrizada destas tecnologias e uma alocação eficiente dos recursos. Os estudos de custo-efetividade e custo-utilidade são importantes, pois permitem uma comparação entre diferentes alternativas tanto em termos de seus custos quanto de seus resultados. Para isto, modelos matemáticos (como modelagem de Markov) são comumente utilizados como método de análise. Existem na literatura muitas evidências de custoefetividade e custo-utilidade no glaucoma, inclusive no Brasil. Este artigo se propõe a revisar de maneira prática os conceitos de avaliação econômica em saúde, os tipos de estudos econômicos em saúde, bem como os resultados dos estudos de custo-efetividade e custo-utilidade na área de glaucoma na literatura.<hr/>ABSTRACT Glaucoma is the leading cause of irreversible blindness in Brazil. Its prevalence and incidence tend to increase significantly in the future, mainly due to the population increase and aging. The scarcity of health care resources and the increasing costs in health require a balanced analysis of health interventions and an efficient allocation of resources. The cost-effectiveness and cost-utility studies are important because they allow a comparison between different alternatives in terms of both their costs and their results. For this purpose, mathematical modeling (such as Markov modeling) is commonly used as the analytical method. The literature, including in Brazil, has plenty of evidence of cost-effectiveness and cost-utility in glaucoma. This article aims to review in a practical way the concepts of economic evaluation in health, describe the different types of health economic studies, as well as the results of cost-effectiveness and cost-utility studies in glaucoma in the literature.