Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Oftalmologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-728020140005&lang=es vol. 73 num. 5 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Structure, style and writing of a scientific paper: the way in which researchers acknowledge their peers]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500257&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Social aspects of corneal transplantation in Brazil: contrast between advances in surgical technique and limiting access to the population]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500260&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[The role of Descemet's membrane in the pathogeny of corneal edema following anterior segment surgery]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500262&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetivo: Encontrar fatores importantes na patogenia do edema corneano pós-cirúrgico, em casos de pós-facectomia e pósceratoplastia, por meio do estudo dos achados histopatológicos, a fim de ver o que pode ser feito para evitar sucessivas ceratoplastias. Métodos: Estudo retrospectivo descritivo das alterações histopatológicas de casos de edema corneano pós-cirúrgicos. Os tecidos foram provenientes de ceratoplastia penetrante no período compreendido entre setembro de 2009 e agosto de 2013. Foi realizada revisão de prontuários em busca principalmente de informações sobre cirurgias prévias. Resultados: Foram incluídos 70 botões corneanos, sendo 34 de pacientes do sexo masculino e 36 do sexo feminino. A média das idades foi de 63,1±17,20 (média ± DP) anos. A maioria dos casos era de falência após transplante (71,43%). A rarefação celular foi a principal alteração encontrada no endotélio (58 casos), sendo também a alteração histopatológica mais frequente. Na membrana de Descemet, predominaram as alterações de integridade (53 casos), seja na forma de ruptura, de descolamento isolado ou de descolamento associado à ruptura. Foi frequente a associação de alterações endoteliais à ausência da integridade da membrana de Descemet. Conclusão: Descolamento da membrana de Descemet é um achado histopatológico frequente nos casos de edema corneano pós-cirúrgicos estudados, devendo ser considerado um fator importante na patogenia dos mesmos. Essa alteração deve ser procurada com atenção nos pós-operatórios, a fim de ser diagnosticada e tratada precocemente, vindo possivelmente a evitar muitas indicações de ceratoplastia. <hr/> Objective: To find relevant factors in the pathogeny of postoperative corneal edema in post-cataract surgery and post-keratoplasty cases, through the study of histopathological findings in order to see what can be done to avoid successive keratoplasties. Methods: Retrospective descriptive study of histopathological findings in postoperative corneal edema cases. Tissues were obtained from penetrating keratoplasty in the period between september 2009 and august 2013. A medical record review was conducted primarily looking for information about previous surgeries. Results: Seventy corneal buttons were included, out of which 34 were from male patients and 36 were from female patients. The mean age was 63.1±17.20 (mean ± SD) years. Most of cases were corneal failure after keratoplasty (71.43%). The main change found in endothelium was cellular rarefaction (58 cases), and it was also the most common histopathological change. Changes in integrity predominated in Descemet's membrane (53 cases), whether in the form of rupture, isolated detachment or detachment associated with rupture. Endothelial changes associated with the absence in Descemet's membrane integrity were frequent. Conclusion: Descemet's membrane detachment is a frequent histopathological finding in postoperative corneal edema cases studied, thus it should be considered an important factor in the pathogeny of such cases. This change should be carefully researched in the postoperative period in order to be diagnosed and treated early, possibly avoiding many keratoplasty indications. <![CDATA[Preemptive analgesia of nepafenac 0.1% in retinal photocoagulation]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500269&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetivo: Avaliar o efeito preemptivo com nepafenaco 0,1% em pacientes submetidos à fotocoagulação da retina para tratamento da retinopatia diabética proliferativa. Métodos: Trinta pacientes foram submetidos à fotocoagulação com laser de argônio em ambos os olhos. O olho contralateral de cada paciente foi o controle. O nepafenaco e o placebo foram utilizados 30 minutos antes da aplicação do laser. Ambos os olhos foram fotocoagulados no mesmo dia. A intensidade da dor foi avaliada por meio da escala analógica visual e da escala descritiva de dor. Resultados: A análise da interação instilação versus nepafenaco mostrou que os pacientes do grupo placebo apresentaram níveis de dor semelhantes em ambos os olhos, e os do grupo nepafenaco apresentaram redução importante do nível de dor no olho em que foi instilado a suspensão de 0,1% quando comparado ao olho contralateral que recebeu placebo (p=0,023). Conclusão: Este estudo sugere que a suspensão de 0,1% de nepafenaco foi útil na analgesia preemptiva de pacientes submetidos à fotocoagulação de retina quando comparada ao placebo. <hr/> Objective: To evaluate the preemptive effect of nepafenac 0,1% in patients undergoing retinal photocoagulation for the treatment of proliferative diabetic retinopathy Methods: Thirty patients underwent argon laser photocoagulation in both eyes. The contralateral eye of each patient was the control. The nepafenac and placebo were used 30 minutes before the application of the laser. Both eyes were photocoagulated in the same day. Pain intensity was assessed by visual analog scale and descriptive pain scale Results: The analysis of the interaction instillation versus nepafenac showed that patients in the placebo group had similar levels of pain in both eyes, and the nepafenac group had significant reduction in pain in the eye that was instilled suspension of 0,1% when compared to the contralateral eye which received placebo (p = 0.023). Conclusion: This study suggests that a suspension of 0,1% nepafenac helpful for preemptive analgesia in patients undergoing retinal photocoagulation compared to placebo. <![CDATA[Analysis quantitative and qualitative of the tear film in patients undergoing PRK and LASIK with femtosecond]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500273&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetivo: Analisar a secreção lacrimal, coloração da superfície ocular e estabilidade do filme lacrimal em indivíduos submetidos à cirurgia de PRK e LASIK com laser de femtossegundo (femto LASIK). Métodos: Vinte olhos de 10 pacientes submetidos à técnica de Femto LASIK e 11 olhos de 6 pacientes submetidos à técnica de PRK foram estudados de forma prospectiva, longitudinal e intervencionista. Tempo de rotura do filme lacrimal (TRFL), teste de Schirmer basal e coloração da superfície ocular com lissamina verde foram analisados no pré-operatório (pré), no 15º e no 30º dia pós-operatório (15º pós e 30º pós, respectivamente). Resultados: Agrupando todos os olhos, observou-se que o TRFL reduziu-se de forma estatisticamente significante no 15º pós em relação ao valor pré-operatório (p=0,025), mantendo-se reduzido no 30º pós (p= 0,001); não houve diferença estatisticamente significativa entre o 15º pós e o 30º pós (p=0,219). No teste da lissamina verde, houve aumento significativo desse escore, no 15º pós em relação ao período pré-operatório (p=0,021), havendo, posteriormente, redução no 30º pós (p=0,010). No teste de Schirmer basal, não foi detectada mudança estatisticamente significante ao longo dos três momentos (p=0,107). Comparando-se os testes TRFL, lissamina verde ou Schirmer basal, nos dois grupos estudados (PRK e LASIK), não houve diferença estatisticamente significante em nenhum dos três momentos (pré, 15º pós e 30º pós). Conclusão: Evidenciou-se alteração do filme lacrimal nos pacientes submetidos à cirurgia refrativa, quando foram utilizados os testes de TRFL e lissamina verde. Nas duas técnicas empregadas, não houve diferença estatisticamente significante de alteração do filme lacrimal, quando comparadas entre si (PRK e LASIK). <hr/> Purpose: To evaluate tear film stability, ocular surface staining and tear secretion in patients undergoing PRK and femtosecond laser LASIK. Methods: Twenty eyes of 10 patients submitted to femtosecond laser LASIK and 11 eyes of the 6 patients submitted do PRK underwent tear film break-up time (TBUT), Schirmer’s basal and lissamine green staining measurements pre and postoperatively on days 15 (PO 15) and 30 (PO 30). Results: When grouping all eyes TBUT was reduced on PO 15 (p=0.025) and on PO 30 (p=0.001) compared to preoperative values. No difference was found between PO 15 and PO 30 (p=0.219). Compared to preoperative measurements, lissamine green test demonstrated a significant increase in score on PO 15 (p=0.021) and a significant reduction on PO 30 (p=0.010), when both groups were analyzed together (all 42 eyes). No changes in Schirmer’s basal test were detected in all 3 time periods (p=0.107). TBUT, lissamine green and Schirmer’s basal measurements were no different in all 3 time periods when both groups (PRK and femtosecond laser LASIK) were compared. Conclusion: TBUT and lissamine green measurements were altered after refractive surgery regardless the technique (PRK or femtosecond laser LASIK). When comparing one technique to the other, no difference was found in all measurements. <![CDATA[Novel spatula and dissector for safer deep anterior lamellar keratoplasty]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500279&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objective: We describe a novel spatula and dissector to facilitate the big-bubble technique in deep anterior lamellar keratoplasty (DALK). Methods: A 29-year-old man who was diagnosed with bilateral keratoconus underwent deep anterior lamellar keratoplasty (DALK). After 350μm partial thickness incision of the recipient cornea, the Bonfadini dissector was inserted at the deepest point in the peripheral incision and could be advanced to the center of the cornea safely because of its "semi-sharp" tip. After achieving the big-bubble (BB) separation of Descemet membrane (DM) from the overlying stroma, the anterior stromal disc was removed. Viscoelastic material was placed on the stromal bed to prevent uncontrolled collapse and perforation of DM during the paracentesis blade incision into the BB. We could detect the safe opening of the BB using the Bonfadini dissector by the leakage of air bubbles into the viscoelastic material. After injecting viscoelastic material into the BB space, we inserted the Bonfadini spatula into the bigbubble safely because of its curved profile and blunt edges. The groove along the length of the Bonfadini spatula enables safe and efficient incision or the residual stromal tissue using the pointed end of a sharp blade while protecting the underlying DM. After removal of posterior stroma, the donor button was sutured with 16 interrupted 10-0 nylon sutures. Results: This technique and the use of the Bonfadini spatula and dissector facilitate exposure of Descemet membrane. Conclusion: The smooth Bonfadini DALK spatula and dissector facilitate safe and efficient completion of DALK surgery. <hr/> Objetivo: Descrevemos o uso de novos instrumentais cirúrgicos para facilitar a técnica de "big-bubble" na ceratoplastia lamelar anterior profunda (DALK). Métodos: Paciente masculino, 29 anos, foi diagnosticado com ceratocone bilateral e submetido à ceratoplastia lamelar anterior profunda (DALK). Após incisão da córnea receptora numa profundidade de 350μm de espessura parcial, o dissector Bonfadini foi inserido no ponto mais profundo da incisão periférica e pode avançar para o centro da córnea com segurança devido à sua ponta semiafiada. Depois de realizar a "big-bubble" (BB) e atingir a separação da Membrana de Descemet (MD) do estroma sobrejacente, o disco corneano de estroma anterior foi removido. Um viscoelástico foi colocado sobre o leito do estroma remanescente para impedir o colapso não-controlado e perfuração da MD durante a incisão na BB com lâmina de paracentese. Verificamos segurança no rompimento do estroma remanescente com o auxílio do dissector Bonfadini, para liberação da bolha de ar da BB através do viscoelástico. Depois de injetar o viscoelástico no espaço da BB, inserimos a espátula Bonfadini neste espaço, o que demonstrou-se seguro devido ao formato curvo e das bordas arredondadas do instrumental. A chanfradura ao longo do comprimento da espátula Bonfadini permite a incisão pela ponta de uma lâmina afiada, protegendo assim a MD subjacente. Após a remoção do estroma posterior, o botão doador foi suturado com 16 pontos interrompidos de fio nylon 10.0. Resultados: Esta técnica e o uso da espátula Bonfadini e dissector facilitam a exposição de membrana de Descemet. Conclusão: A superfície lisa da espátula Bonfadini e dissector, facilitam a realização segura e eficiente da ceratoplastia lamelar anterior profunda (DALK). <![CDATA[Serological profile of candidates for corneal donation]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500282&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetive: The purpose of this study is to map the serological profile of candidates to corneal donation at Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, identifying the percentage of disposal by serology and the marker involved. Methods: There have been analised – retrospectively – the results of serology of all corneal donors, made between the period of 1st january 2006 and 31st december 2012. Data analised were related to age, gender and the results of serology pertinent to viral markers (HBsAg, anti-HBc, anti-HCV and anti-HIV), these, determined by immunosorbent tests (ELISA). Results: In the period of the study, there were 2476 corneal donors at the institution, with a major incidence on the male gender, on an average of 58.7 years old. 23% of retention because of serological unfitness was also identified, that is, 570 samples were non-negative to any of the used tests. The marker anti- HBc was the most prevalent on the studied population, followed by the Hepatitis C virus (HCV) and by the Human Immunodeficiency Virus (HIV). Conclusion: From the data found through this study, it is essential to have the participation of an efficient service on the serological evaluation of the candidates to corneal donation, once the security of the receptor must be taken into consideration in a population of donors with 23% of unfitness prevalence, in which the most prevalent marker is the one of Hepatits B. <hr/> Objetivo: O intento deste desígnio é mapear o perfil sorológico dos candidatos a doação de córneas na Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, identificando o percentual de descarte por sorologia e o marcador envolvido. Métodos: Foram analisados – retrospectivamente – os resultados da sorologia de todos os doadores de córneas compreendidos entre 01 de janeiro de 2006 a 31 de dezembro de 2012. Foram avaliados os dados de idade, sexo e os resultados da sorologia pertinentes aos marcadores virais (HBsAg, anti-HBc, anti-HCV e anti-HIV) determinados por testes imunoenzimáticos (ELISA). Resultados: No período coberto pelo estudo, houve 2476 doadores de córneas na instituição, com maior ocorrência do sexo masculino e média de 58,7 anos de idade. Foram verificados 23,0% de retenção por inaptidão sorológica, ou seja, 570 amostras mostraram-se não-negativas para qualquer dos testes empregados. O marcador anti-HBc foi o mais prevalente na população aferida, seguido pelo vírus da hepatite C (HCV) e pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Conclusão: Diante dos dados encontrados por este estudo, torna-se decisiva a participação de um serviço eficaz no tangente à avaliação sorológica dos candidatos à doação de córnea, uma vez que a segurança do receptor deve ser considerada numa população de doadores com prevalência de retenção por inaptidão sorológica de 23,0%, donde o marcador mais prevalente é o de hepatite B. <![CDATA[Sealing the gap between conjunctiva and Tenon’s capsule in primary pterygium surgery]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500287&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetive: To assess the results of an alternative surgical approach in the excision of primary pterygium by analyzing the rates of recurrence and of intraoperative and postoperative complications. Methods: Retrospective cross-sectional study based reviewing the clinical records of individuals subjected to surgery for pterygium, with conjunctival autograft transplantation, fibrin glue and intraoperative application of mitomycin C. In addition, sealing was performed by suturing the gap between the conjunctiva and Tenon’s capsule. A total of 36 eyes from 35 individuals were subjected to the assessed techniques. The study variables were complications of surgery and recurrence rates during a minimun follow-up period of 6 months. Results: No recurrence occurred during the follow-up period. One graft (2.8%) exhibited partial retraction, but pterygium did not recur. The intraocular pressure increased in one eye (2.8%) and was controlled by clinical methods. Conclusion: Eyes in which a barrier was established between the conjunctiva and Tenon’s capsule by sealing the gap between them showed an absence of recurrence in the sample studied. However, there is the need of a random prospective study with a control group for a more accurate conclusion on the efficacy of the technique <hr/> Objetivo: Avaliar os resultados de uma abordagem cirúrgica alternativa na excisão de pterígio primário por meio da observação das taxas de recidiva e de complicações intraoperatórias e pós-operatórias Métodos: Estudo retrospectivo e transversal realizado a partir da revisão de prontuários de pacientes submetidos à cirurgia de pterígio com transplante autólogo de conjuntiva, cola de fibrina e aplicação intraoperatória de mitomicina C. Além disso, foi realizado através de sutura, o selamento da lacuna entre a conjuntiva e cápsula de Tenon. No total, 36 olhos de 35 pacientes foram submetidos à técnica. As variáveis do estudo foram complicações da cirurgia e taxas de recidiva durante um período mínimo de 6 meses de seguimento. Resultados: Não foram constatadas recidivas durante o tempo de seguimento. Um enxerto (2,8%) desenvolveu retração parcial, sem posterior recorrência do pterígio, e um olho (2,8%) apresentou aumento da pressão intraocular, que foi controlada clinicamente. Conclusão: A criação de uma barreira entre a conjuntiva e cápsula de Tenon, por meio do selamento da lacuna, mostrou ausência de recidiva na amostra estudada. Necessita-se, no entanto, de um estudo prospectivo randomizado com grupo controle para uma conclusão mais precisa da eficácia da técnica. <![CDATA[Visual impairment, rehabilitation and International Classification of Functioning, Disability and Health]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500291&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetive: To describe the characteristics of people with visual impairment who participated in the Visual Rehabilitation Groups, according to the ICD-10 and the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF). Methods: Quantitative, cross-sectional survey, developed in a university rehabilitation research center between october and december 2012. The users from the Visual Rehabilitation Groups were invited; 13 of them agreed to participate. We performed an occupational therapy evaluation – with anamnesis, performance evaluation and functional vision assessment – an analysis of medical charts and patient description with the use of the ICF Results: The major causes of visual impairment were diabetic retinopathy, glaucoma, optical neuritis and keratoconus. Some functions and structures of the body, performance and capabilities in activities and participation, environmental factors facilitators or limiters were highlighted in this study, allowing the description of the characteristics of each participant through the functionality and the improvement of the therapeutic planning. Assistive technologies, optical and non-optical aids used and their everyday benefits were presented. Conclusion: Visual loss, at any level, led to functional impairments, limiting and restricting the participation and performance in everyday activities, interfering with the individuals’ independence, autonomy and quality of life. However, the use of optical aids, non-optical aids and environmental adaptations proved to be beneficial for increasing the functionality, showing the influence of external factors on the performance. Knowing and recognizing the existence of diversities within the visual impairment universe allows us to understand who the treated individual is, avoiding the generalization by the visual condition. The ICF showed to have a fundamental role in this context. <hr/> Objetivo: Descrever as características das pessoas com deficiência visual participantes de Grupos de Reabilitação Visual, segundo a CID-10 e a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Métodos: Pesquisa quantitativa de corte transversal, desenvolvida em um centro universitário de pesquisas em reabilitação entre outubro e dezembro de 2012. Usuários de Grupos de Reabilitação Visual foram convidados, sendo 13 os que aceitaram participar. Foi realizada avaliação de terapia ocupacional – com anamnese, avaliação de desempenho e avaliação funcional da visão – consulta aos prontuários e a classificação dos participantes utilizando a CIF. Resultados: As principais causas de deficiência visual foram retinopatia diabética, glaucoma, neurite óptica e ceratocone. Algumas funções e estruturas do corpo, desempenho e capacidades em atividades e participação, fatores ambientais facilitadores ou limitadores foram destacados neste estudo, possibilitando descrever as características de cada participante por meio de sua funcionalidade e auxiliando no planejamento terapêutico. Tecnologias assistivas, auxílios ópticos e não ópticos utilizados e seus benefícios cotidianos foram apresentados. Conclusão: A perda visual, em qualquer nível, levou a prejuízos funcionais, limitando e restringindo a participação e o desempenho em atividades cotidianas, interferindo na independência, autonomia e qualidade de vida dos sujeitos. Entretanto, o uso de recursos ópticos, não ópticos, auxílios e adaptações ambientais mostraram-se benéficos para a ampliação da funcionalidade, evidenciando a influência de fatores externos no desempenho do indivíduo. Conhecer e reconhecer a existência da diversidade dentro do universo da deficiência visual possibilita entender quem é o sujeito atendido, evitando a generalização pela condição visual, tendo a CIF papel fundamental nesse contexto. <![CDATA[Knowledge about primary open angle glaucoma among medical students]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500302&lng=es&nrm=iso&tlng=es Objetivo: Avaliar o conhecimento dos alunos de graduação do curso de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora em relação ao glaucoma primário de ângulo aberto. Métodos: Neste estudo transversal, aplicou-se aos alunos dos 5º e 6º ano um questionário contendo 11 questões referentes a epidemiologia, fatores de risco, sintomas, diagnóstico, tratamento, consequências do glaucoma e por último se consideram os conhecimentos adquiridos na universidade como suficientes. Características dos alunos (idade, sexo, especialidade pretendida) foram identificadas. Resultados: Entre os estudantes, 52,9% eram mulheres. A origem genética da doença foi identificada por 22,5%. Quase a metade (46,1%) não sabia que o glaucoma na maioria das vezes é assintomático. Aproximadamente 1 em cada 3 alunos não sabia que a cegueira do glaucoma era irreversível. A grande maioria (91,2%) identificou corretamente que a tonometria era um exame importante na avaliação do glaucoma e que o tratamento poderia ser clínico (70,6%) ou cirúrgico (71,6%). Porém, poucos alunos deram a real importância para os exames de fundoscopia (35,3%) e campimetria (28,7%). Quase a totalidade (95,1%) dos entrevistados considerou o próprio conhecimento como insuficiente. Conclusão: A maioria dos entrevistados acha que o conhecimento sobre glaucoma primário de ângulo aberto adquirido na graduação é insuficiente. Tal desconhecimento pode levar a oportunidades de diagnóstico perdidas e gerar consequências graves tanto do ponto de vista individual (cegueira) quanto do ponto de vista coletivo (impacto para o sistema de saúde e sociedade). <hr/> Objective: To assess the knowledge of primary open-angle glaucoma among medical students from Federal University of Juiz de Fora. Methods: In this cross sectional study, we conducted a survey among students attending the last two years of Medical School. The questionnaire consisted in 11 questions about epidemiology, risk factors, symptoms, diagnosis, treatment and primary openangle glaucoma (POAG) consequences. The students were also asked if they considered their knowledge about POAG sufficient. Students’ characteristics (age, sex and intended area of specialization) were identified. Results: Women comprised 52.9% of the students. Only 22.5% identified POAG as having a genetic origin. Almost half of them (46.1%) did not know that POAG is asymptomatic and 1 out of 3 students did not know that glaucoma blindness is irreversible. The great majority (91.2%) correctly identified tonometry as an important tool for diagnosis and that glaucoma can be treated through medications (70.6%) or surgery (71.6%). However, few students identified fundoscopy (35.3%) and perimetry (28.7%) as important tools for glaucoma assessment. Almost everyone (95.1%) considered their knowledge insufficient. Conclusion: The majority of the participants believe that their knowledge of POAG is insufficient. This gap can lead to some serious consequences from both individual (blindness) and collective (negative impact in health system and society) perspectives. <![CDATA[Oclusão de artéria central da retina associada ao forame oval patente]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500308&lng=es&nrm=iso&tlng=es Oclusão da artéria central da retina é uma doença comumente encontrada em pacientes idosos, mas pode também ser vista em crianças e adultos jovens. Nestes, as principais causas são anomalias cardíacas, sendo o forame oval patente o mais observado. O objetivo do trabalho é relatar o caso de um paciente jovem com oclusão da artéria central da retina apresentando persistência de forame oval e, também, salientar a importância de uma propedêutica detalhada nos casos de oclusões vasculares da retina.<hr/>Central retinal artery occlusion it’s a disease most encountered in older patients, however it can be seen in children and young persons. In this situation the principal causes are cardiac abnormalities, and the patent foramen ovale is the most observed. The purpose of this study is to report a case of central retinal artery occlusion in a young patient with patent foramen ovale and, also, describe the importance of a detailed management in cases of retinal vascular occlusions. <![CDATA[Dacriocistocele no adulto]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500311&lng=es&nrm=iso&tlng=es A dacriocistocele representa um saco lacrimal dilatado e é frequentemente considerada como tendo uma etiologia congênita. No entanto, dacriocistocele é uma doença rara em adultos. A característica clínica se caracteriza por um abaulamento indolor na região medial da órbita, inferior ao ligamento cantal medial. O teste de excreção lacrimal, endoscopia, tomografia computadorizada e ressonância magnética são utilizados para fazer o diagnóstico de dacriocistocele. Semelhante a pacientes pediátricos, marsupialização endoscópica do cisto nasal e a colocação de stent parece ser a terapêutica adequada. Em alguns casos o tratamento consiste na dacriocistorrinostomia externa<hr/>The dacryocystocele represents a dilated lacrimal sac and is often considered as having a congenital etiology. However, dacryocystocele is a rare disease in adults. The clinical feature is characterized by a painless bulge in the medial region of the orbit, below the medial canthal ligament. The lacrimal excretion test, endoscopy, computerized tomography and magnetic resonance image are used to make the diagnosis of dacryocystocele. Similar to pediatric patients, endoscopic marsupialization of the cyst with nasal stenting seems to be the appropriate therapy. In some cases the treatment consists of external dacryocystorhinostomy.