Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Oftalmologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-728020190001&lang=pt vol. 78 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Revista Brasileira de Oftalmologia: Acesso Aberto e Visibilidade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Estudo retrospectivo para avaliar o impacto de ranibizumab 0,5mg na acuidade visual de pacientes com doenças maculares num contexto de vida real]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: The primary objective of the study is to evaluate, in a population in the state of Bahia, Brazil, the impact of ranibizumab in best-corrected visual acuity of patients with macular disease and macular edema. Methods: This study did a retrospective and observational assessment visual acuity of the group of patients followed at the Professor Edgard Santos University Hospital and Oftalmodiagnose Eye Hospital in 2011 and 2012 in a real life context. Results: The impact on sample patientes post-treatment demonstrated favorable outcome with an increase in visual acuity of 32%, which means improvement of more than one line in the snellem chart. Conclusion: Improvement in visual acuity of this group was observed from baseline to the end of follow up in a real-life context.<hr/>Resumo Objetivo: O objetivo principal do estudo é avaliar, em uma população no estado da Bahia, o impacto do ranibizumab na acuidade visual melhor corrigida de pacientes com doença macular e edema macular. Métodos: Para isso, fizemos uma avaliação retrospectiva e observacional da acuidade visual do grupo de pacientes seguidos no Hospital Universitário Professor Edgard Santos e Oftalmodiagnose Hospital de Olhos em 2011 e 2012 em um contexto de vida real. Resultados: O estudo demonstrou desfecho favorável com aumento da acuidade visual de 32%, o que significa melhora de mais de uma linha no quadro snellem. Conclusão: A melhora da acuidade visual desse grupo foi observada desde o início até o final do seguimento em um contexto da vida real. <![CDATA[Transposição muscular para o tratamento do estrabismo paralítico. Revisão retrospectiva de 23 casos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Introduction: Muscular transposition procedures are used when there is no ocular rotation in a particular direction due to alterations of the extraocular muscles such as paralysis, agenesis or congenital anomalies. The objective of this study is to characterize the patients treated with this procedure and determine the percentage of correction of the deviation angle obtained after surgery in the Pediatric Ophthalmology, Strabismus and Neuro-ophthalmology Unit. “Dra. Ana María Illescas Putzeys”, Hospital de ojos y oídos “Dr. Rodolfo Robles V. Methods: A retrospective, descriptive, observational study was conducted with review of records of patients operated on muscle transposition during the years 1999 to 2016. Results: Twenty-three rectus muscle transposition procedures were performed. Thirteen were male (56.5%). The mean age was 42 years. In our series, an average correction of 42 PD (82%) was obtained regardless of the type of paralysis or the surgical procedure performed. Conclusion: In selected cases of paralytic strabismus, the main approach may be only muscle transposition with augmentation (posterior intermuscular fixation suture), with good results, similar to those obtained with muscle transposition using adjuvants such as botulinum toxin treatment.<hr/>Resumo Introdução: Os procedimentos de transposição muscular são utilizados quando não há rotação ocular em nenhuma direção determinada devido a alterações dos músculos extraoculares, como paralisia, agenesia ou anomalias congênitas. O objetivo deste estudo é caracterizar os pacientes tratados com este procedimento e determinar a porcentagem de correção do ângulo de desvio obtida após a cirurgia na Unidade Pediátrica de Oftalmologia, Estrabismo e Neuro-Oftalmologia. “Dra. Ana María Illescas Putzeys”, Hospital de ojos y oídos “Dr. Rodolfo Robles V. Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo, descritivo, observacional, com revisão dos registros de pacientes operados para transposição muscular nos anos de 1999 a 2016. Resultados: Foram realizados vinte e três procedimentos de transposição do músculo reto. Treze pacientes eram homens (56,5%). A idade média foi de 42 anos. Em nossa série, foi obtida uma correção média de 42 PD (82%), independente do tipo de paralisia ou do procedimento cirúrgico realizado. Conclusão: Em casos selecionados de estrabismo paralítico, a principal abordagem pode ser apenas a transposição muscular com aumento (sutura de fixação intermuscular posterior), com bons resultados semelhantes aos obtidos com a transposição muscular com a utilização de adjuvantes como o tratamento com toxina botulínica. <![CDATA[Ultrassonografia do nervo óptico no modo A para o diagnóstico do glaucoma]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivos: Determinar se a medida do diâmetro horizontal ou refletividade do nervo óptico retrobulbar no modo A apresenta correlação com a relação da escavação pelo diâmetro do nervo óptico no glaucoma, considerando: a correlação das medidas, a sensibilidade e especificidade entre os métodos e qual a medida tem maior sensibilidade e especificidade para discriminar glaucomatosos. Métodos: Estudo mascarado, prospectivo e comparativo de nervos ópticos de 38 pacientes com glaucoma de ângulo primário de ângulo aberto e 37 pacientes controles, que foram examinados para determinação ecográfica retrobulbar de seus diâmetros no modo A (DNA) e das suas refletividades (RNA). Biomicroscopicamente foram estabelecidas as relações do comprimento vertical ou horizontal da escavação pelo diâmetro correspondente dos discos ópticos (EV/DV ou EH/DH). Estas medidas foram avaliadas quanto às suas correlações, consistências, sensibilidades e especificidades. Resultados: A média de DNA foi de 2,93 mm no grupo controle e de 2,72 mm no grupo glaucomatoso (p&lt;0,001) e a do RNA foi de 32,22% no grupo controle e 31,59% no grupo glaucomatoso (p=0,577). DNA correlacionou-se moderada e significativamente com EH/DH (-0,450, p &lt;0,01) e EV/DV (-0,463, p&lt;0,01) e o RNA se correlacionou de forma insignificante com EH/DH e EV/DV. A consistência das medidas de DNA foi de 0,6780(IC95%: 0,5883-0,7561) e de RNA foi de 0,6902(0,6010-0,7640) e a elas foram inferiores às medidas de consistência do disco. A medida de 2,85 mm de DNA foi a de maior sensibilidade (0,757) e especificidade (0,714) para diagnóstico de glaucoma. Conclusão: A ecografia A Estandardizada da medida do diâmetro do nervo óptico retrobulbar foi a mais indicado para diagnóstico do glaucoma.<hr/>Abstract Objectives: Determine if retrobulbar optic nerve horizontal diameter measurement or reflectivity correlates with the optic disc excavation diameter relation in glaucoma, considering: measurements correlation, the sensitivity and specificity between the methods and which value has greater sensitivity and specificity to differentiate patients with and without glaucoma. Methods: In a masked study, the optic nerves of 38 patients with open angle primary angle glaucoma and 37 control patients were examined for retrobulbar echographic determination of their A mode (DNA) and their reflectivity (RNA) diameters. Biomicroscopically the relationships of the vertical or horizontal length of the excavation by the corresponding diameter of the optical discs (EV / DV or EH / DH) were estahed. These measures were evaluated for their correlations, consistencies, sensitivities and specificities. Results: Mean DNA was 2.93 mm in the control group and 2.72 mm in the glaucomatous group (p &lt;0.001) and that of the RNA was 32.22% in the control group and 31.59% in the glaucomatous group (p = 0.577). DNA was moderately and significantly correlated with EH / DH (-0.450, p &lt;0.01) and EV / DV (-0.463, p &lt;0.01) and RNA correlated insignificantly with DH / DH and EV / DV. DNA measurements was 0.6780 (95% CI: 0.5883-0.7561) and RNA was 0.6902 (0.6010-0.7640) and were lower than the consistency measurements of the disc. The measurement of 2.85 mm of DNA was the one of greater sensitivity (0.757) and specificity (0.714) for diagnosis of glaucoma. Conclusion: The standard method A of retrobulbar optic nerve diameter measurement was the most suitable for glaucoma diagnostic. <![CDATA[Desmascarando o queratocone: efeito do epitélio corneano no queratocone]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100022&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: Na presença de uma córnea irregular, como no queratocone, o epitélio tem uma distribuição diferente do normal, “mascarando” a irregularidade do estroma. A avaliação topográfica sem considerar o efeito do epitélio pode induzir uma avaliação menos correta, afetando a precisão de um eventual tratamento guiado por topografia. O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito de “máscara” do epitélio no queratocone, comparando a tomografia corneana com e sem epitélio, no decurso da realização de Crosslinking (CXL). Métodos: Cinco olhos de 5 doentes com queratocone em progressão submetidos a CXL segundo o protocolo original de Dresden. Foi realizada tomografia corneana antes e durante o procedimento (imediatamente após a remoção do epitélio), e avaliados os valores da queratometria - K1, K2, K médio (Km), ponto de máxima curvatura (Kmax), valores paquimétricos e astigmatismo corneano. Resultados: Os valores médios de curvatura corneanas antes e após a remoção do epitélio foram de: K1: 43,50 ± 2,54D e 44,32±2,64D (p=0,080); K2: 46,64±2,35D e 49,38±2,86D (p=0,043); Km: 45,48±2,42D e 46,72±2,60D (p=0,042). Observou-se igualmente um aumento estatisticamente significativo do valor de queratometria máxima após a remoção do epitélio (p=0,043). Na paquimetria central observou-se uma redução média de 26,8µm de 524,8±33,0µm para 498,2±37,7µm (p= 0,042). Conclusão: Observou-se um aumento estatisticamente significativo nos valores do Kmax, K2, e Kmédio após remoção do epitélio. Este estudo demonstra o efeito de “máscara” que o epitélio exerce no queratocone.<hr/>Abstract Objective: In the presence of an irregular cornea, like in keratoconus, the corneal epithelium has a different profile “masking” the irregular corneal stroma surface. Topographical analysis without considering the epithelium effect can result in an incorrect assessment, affecting the accuracy of any topography guided treatment. The aim of this study was to evaluate the “masking” effect of the corneal epithelium on corneal curvature in patients with keratoconus, comparing topographical findings before and after removal of the epithelium during Crosslinking (CXL). Methods: Five eyes of 5 patients with progressive keratoconus submitted to CXL according to the original Dresden protocol. Corneal topography was performed before and during the procedure (immediately after epithelium removal) and values of keratometry: K1, K2, mean K (Km), maximum corneal apical curvature (Kmax), corneal thickness and corneal astigmatism were evaluated. Results: The average values of corneal curvature before and after epithelial remove were: K1: 43.50±2.54D and 44.32±2,64D (p=0.080); K2 46.64±2,35D and 49.38±2,86D (p=0.043); Km 45.48±2.42D and 46.72±2.60D (p=0.042). It was also observed a significant increase in the maximum values of corneal apical curvature after removal of the epithelium (p=0.043). In central corneal thickness there was seen a reduction of 26.8µm from 524.8±33.0µm to 498.2±37.7µm (p = 0.042). Conclusion: There was seen a significant increase in the values of Kmax, K2 and mean K. This study demonstrates the masking effect of corneal epithelium on corneal curvature in keratoconus. <![CDATA[Eficácia do travoprosta 0,004% na redução da pressão intraocular em pacientes com glaucoma]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100027&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: avaliar a eficácia do colírio TRAVAMED® (travoprosta 0,004%) (Ofta, Brasil) na redução da pressão intraocular (PIO), em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) ou hipertensão ocular (HO), bem como avaliar os efeitos colaterais decorrentes do uso da droga. Métodos: estudo randomizado, controlado, com 70 olhos de 38 pacientes acima de 18 anos de idade, com diagnóstico de GPAA ou HO. Todos os pacientes receberam o colírio TRAVAMED® como primeira droga a ser introduzida no tratamento, tendo sido utilizada uma gota uma vez ao dia (à noite), e 30 dias após foram submetidos à tonometria de aplanação (Goldmann) para mensuração da PIO, com o mesmo examinador, no mesmo tonômetro e nos mesmos horários. Resultados: A média de redução da PIO após 30 dias de uso do TRAVAMED® foi de 7,46 mmHg. Em relação aos efeitos colaterais, 15,71% (11) dos olhos apresentaram hiperemia conjuntival, 8,57% (6) apresentaram dor, 8,57% (6) apresentaram ardência, 2,86% (2) apresentaram embaçamento visual e em 1,56% (1) dos olhos não houve queda significativa da PIO. Conclusão: A medicação TRAVAMED® foi eficiente na redução da PIO após 30 dias de uso contínuo, na dose de 1x/dia. Acerca dos efeitos colaterais, os mais observados foram hiperemia ocular (15,71%), dor (8,57%) e ardência (8,57%), porém estudos com maior tempo de seguimento se fazem necessários.<hr/>Abstract Objective: to evaluate how much decreases intraocular pressure (IOP) with TRAVAMED® (travoprost 0,004%) (Germed, Brazil) in patients with primary open angle glaucoma (POAG) and ocular hypertension (OH) and possible side effects. Methods: controlled and randomized study, it was evaluated 70 eyes of 38 patients with age of 18 years old or more diagnosed with POAG and OH. All the patients had TRAVAMED® as first drop for treatment used once daily (at night) and 30 days later they had IOP measured by Goldmann tonometry, with the same examiner in the same tonometer at the same times. Results: the mean decrease in IOP was 7,46 mmHg after 30 days using the drops. 15.71% (11) of eyes had conjunctival redness, 8.57% (6) had pain, 8.57% (6) had burning, 2.86% (2) had blurring vision and 1.56% (1) of the eyes there wasn’t a significant reduction in IOP. Conclusion: TRAVAMED® was efficient when evaluating IOP decrease. The most correlated side effects were conjunctival redness (15.71%), pain (8.57%) and burning (8.57%), but studies with longer follow-up are needed. <![CDATA[Aplicação do modelo WINROP no rastreio de Retinopatia de Prematuridade (ROP) numa amostra de prematuros portugueses]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100030&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: Avaliar a sensibilidade e especificidade do algoritmo WINROP na deteção de retinopatia de prematuridade (ROP) numa amostra de prematuros portugueses. Métodos: Estudo retrospetivo que incluiu todos os recém-nascidos prematuros (RN) submetidos a rastreio de ROP no Centro Hospital Universitário do Porto entre Janeiro de 2010 a Maio de 2016. A idade gestacional (IG), peso à nascença e os pesos semanais dos RN, até uma idade pós-menstrual de 35-36 semanas, foram introduzidos na aplicação online do WINROP, que sinaliza com uma mensagem de alarme os RN em risco de desenvolver ROP tipo 1, que requer tratamento. Resultados: De um total de 496 RN submetidos a rastreio de ROP, 20 foram excluídos do estudo por registos incompletos e 101 por IG≥32 semanas. Dos RN com uma IG≥ 32 semanas, um desenvolveu ROP tipo 1 e foi submetido a tratamento. Dos 375 RN introduzidos no modelo WINROP, 231 (62%) registaram um sinal de alarme. Todos os RN com ROP tipo 1 foram identificados pelo sinal de alarme. O tempo médio entre o sinal de alarme e o tratamento foi de 11 semanas. O algoritmo WINROP apresentou uma sensibilidade e um valor preditivo negativo de 100% e uma especificidade de 42%. Conclusão: O modelo WINROP demonstrou ser sensível na deteção de prematuros com necessidade de tratamento. Embora com um valor de especificidade menor, a aplicação do algoritmo pode ajudar a reduzir substancialmente o número de exames realizados. Uma das limitações do modelo consiste na exclusão de RN com IG≥32 semanas.<hr/>Abstract Objective: To evaluate the sensitivity and specificity of the WINROP algorithm for predicting retinopathy of prematurity (ROP) in a population of Portuguese preterm infants. Methods: Retrospective study of all newborns who underwent ROP screening at Hospital Universitário do Porto from January 2010 to May 2016. Gestational age (GA), birthweight and weekly postnatal weight measurements of the newborns, up to a postmenstrual age of 35-36 weeks, were entered in the online application of WINROP, which signals with an alarm the newborns who are at risk of developing ROP type 1, which requires treatment. Results: Of a total of 496 RN undergoing ROP screening, 20 were excluded from the study by incomplete records and 101 by GA ≥32 weeks. Of the newborns with a GA≥32 weeks, one developed ROP type 1 and was treated. Of the 375 newborns introduced in the WINROP application, 231 recorded an alarm signal. All the newborns with type 1 ROP were identified by the alarm signal. The WINROP algorithm presented a sensitivity and a negative predictive value of 100% and a specificity of 41%. The mean time between the alarm signal and the treatment was 10 weeks plus 6 days. Conclusion: The WINROP model was 100% sensitive in the detection of preterm infants requiring treatment for ROP. Besides its lower specificity, WINROP application can reduce substantially the number of exams in ROP screening. One of the limitations of the model is the exclusion of newborns with GA≥32 weeks. <![CDATA[Avaliação da acuidade visual em escolares do ensino fundamental]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100037&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: Descrever e analisar a prevalência de baixa acuidade visual nos estudantes da rede pública municipal de Cáceres, Mato Grosso. Métodos: Estudo transversal de 489 alunos do segundo e terceiro anos do ensino fundamental de 13 escolas municipais de Cáceres, atendidos entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. A acuidade visual foi avaliada através do uso da tabela de Snellen e considerada normal quando superior a 0,7 ou 20/30. Resultados: Dos 489 escolares triados, 85 (17,4%) apresentaram baixa acuidade visual, sendo encaminhados para exame oftalmológico com especialista. Dos escolares encaminhados, 63 (74,1%) compareceram à consulta e 28 (44,45%) tiveram indicação de correção visual, tendo ganhado os óculos. A prevalência de erros refrativos foi de 8,99%, constituindo-se a principal causa de baixa acuidade visual. A média de idade foi de 8,29 anos (DP= 0,809), sendo que a idade média das crianças com alterações oftalmológicas foi maior quando comparada àquelas sem alterações oftalmológicas (p = 0,027). Conclusão: O estudo mostrou que a prevalência de baixa acuidade visual, bem como suas causas, corrobora com a encontrada em outros programas de triagem em escolares. Demonstrou também a importância do diagnóstico precoce das alterações visuais para obtenção de melhores desfechos e ressaltou-se a necessidade de medidas preventivas para atenção à saúde ocular dos escolares.<hr/>Abstract Objective: To describe and analyze the prevalence of visual impairment in municipal public school students in Caceres, Mato Grosso. Methods: A transversal study of 489 school children from the second and third years of elementar school in 13 municipal schools in Caceres, attended between December 2017 and January 2018. Visual acuity was evaluated using Snellen optometric chart and considered normal when higher than 0.7 or 20/30. Results: Of the four hundred and eighty-nine children were evaluated, eighty-five (17.4%) had low visual acuity at the screening, being referred for ophthalmological examination with specialist. Of the students referred, sixty three (74.1%) presented at the ambulatory and twenty eight (44.45%) had indication of visual correction, having won the glasses. The prevalence of refractive error was 8.99%, constituting the main cause of low visual acuity. The mean age was 8.29 anos (SD = 0.809), being an average of children with ophthalmological alterations was higher when compared to those without ophthalmological alterations (p = 0.027). Conclusion: The study showed that the prevalence of low visual acuity, as well as its causes, corroborates with that found in other screening programs in school children. It also demonstrated the importance of early diagnosis of visual changes to get better outcomes and emphasized the need for preventive measures for attention to eyes health of school children. <![CDATA[Os efeitos a longo prazo do uso de concentrado de plaquetas em olho seco diabético: uma série de casos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100042&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Objetivo: Avaliar a eficácia a longo prazo após 6 meses de uso do colírio de concentrado de plaquetas (CCP) autólogo no olho seco sintomático de pacientes diabéticos. Métodos: Um estudo de intervenção com único grupo prospectivo tipo série de casos; dez pacientes diabéticos com doença do olho seco refratário que usaram o CCP e foram reavaliados 6 meses após suspensão do tratamento. Na etapa inicial 221 pacientes diabéticos foram avaliados quanto a olho seco, destes 12 foram submetidos ao CCP, e avaliados para sintomas, escore de OSDI (Ocular Surface Disease Index), TFBUT (Tear Film Break Up Time) e Teste de Schirmer. Nesta etapa do estudo os pacientes foram reconvocados após 6 meses de suspensão do CCP, e o escore de OSDI, TFBUT e teste de Schirmer foram revistos. Resultados: Houve diferença estatisticamente significante nos escores de OSDI e TFBUT entre o basal (antes do tratamento com CCP) e após 1 mês do uso do CCP ; entre o basal e após 6 meses de suspensão do uso do CCP, e entre os valores após 1 mês de uso e após 6 meses sem uso (p= 0,005, p=0,010 e p= 0,028, p=0,04, p= 0,03 e p=0,02 respectivamente). Nos resultados do Teste de Schirmer não houve diferença significativa em nenhuma das comparações (p=0,09, p= 0,26, p=0,47 respectivamente). Conclusões: O CCP após 6 meses de uso apresenta evidências de que ainda seria eficaz mesmo com a suspensão do colírio.<hr/>Abstract Objective: To evaluate the long-term efficacy of autologous platelet -rich plasma (PRP) in the symptomatic dry eye of diabetic patients after 6 months of treatment suspension. Methods: A single intervention group, prospective study, series of cases; ten diabetic patients with refractory dry eye disease who used PRP and were reassessed 6 months after discontinuation of treatment. At the initial stage 221 diabetic patients were evaluated for dry eye, of these 12 were submitted to CPC, and evaluated for symptoms, Ocular Surface Disease Index (OSDI), TFBUT (Tear Film Break Up Time) and Schirmer’s Test. At this stage of the study, patients were recruited after 6 months of CCP suspension, and the OSDI, TFBUT and Schirmer test scores were reviewed. Results: There was a statistically significant difference in the OSDI and TFBUT scores between the baseline (before PRP treatment) and after 1 month of PRP use; between the baseline and after 6 months of PRP use, and between the values after 1 month of use and after 6 months of non-use (p = 0.005, p = 0.010 and p = 0.028, p = 0.04, p = 0 , 03 and p = 0.02, respectively). Schirmer test values had no significant difference in any of the comparisons (p = 0.09, p = 0.26, p = 0.47 respectively). Conclusions: PRP after 6 months of use presents evidence that it would still be effective even with suspension of eye drops. <![CDATA[Síndrome de Pierre Robin associada à Síndrome de Duane familiar do tipo III]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100046&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A síndrome de Pierre Robin (PRS) consiste em uma tríade de anomalias caracterizada por micrognatia, glossoptose e fissura de palato, comumente associada com outras síndromes e ocasionalmente com alterações oculares. Na Síndrome de Duane (DRS), há uma falha na inervação do reto lateral pelo VI nervo, com inervação anômala do reto lateral por fibras do III nervo. Ainda que a PRS já tenha sido associada com mais de 50 outras síndromes, não existe na literatura relato de casos de associação com a DRS familiar. Dessa forma, esse trabalho tem por objetivo relatar um caso dessa associação em um paciente de 29 anos com recorrência das síndromes na família.<hr/>Abstract The Pierre Robin Syndrome (PRS) consists of a triad of anomalies characterized by micrognathia, glossoptosis and fissure of the palate, usually associated with other syndromes e occasionally associated with ocular variations. In Duane Retraction Syndrome (DRS), there is a failure in the lateral rectus innervation by the VI cranial nerve, with anomalous innervation of the lateral rectus by fibers of the III nerve. Even though PRS has already been associated with more than 50 other syndromes, there is not any report in literature of association with familial DRS. Thus, this work aims to report a case of this association in a 29 years old patient with recurrence of the syndromes in the family. <![CDATA[Lentes de contato provocando conjuntivite por <em>Ralstonia Pichettii</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100049&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O presente relato apresenta o caso de conjuntivite causada por Ralstonia pichettii em paciente imunocompetente usuária de lente de contato. A bactéria isolada da solução utilizada para desinfecção das lentes R. pichettii não pertente a microbiota humana mas infecta pacientes imunodeprimidos e está presente em soluções aquosas. Não há padronização de sensibilidade para esta bactéria e poucos antibióticos foram testados para bactérias não fermentadoras da glicose. Devido ao reduzido perfil de sensibilidade aos antimicrobianos demonstrado pela R. pichettii, torna-se importante a identificação correta deste agente etiológico em quadros de conjuntivite e ceratites. Este relato de caso ilustra que R. Pickettii é um patógeno mais importante do que se pensava anteriormente.<hr/>Abstract The present report reports a case of conjunctivitis caused by Ralstonia pichettii in an immunocompetent patient wearing a contact lens. The bacterium isolated from the solution used to disinfect R. pichettii does not belong to the human microbiota but infects immunodepressed patients and is present in aqueous solutions. There is no standardization of sensitivity for this bacterium and few antibiotics have been tested for non-fermenting glucose bacteria. Due to the reduced antimicrobial sensitivity profile demonstrated by R. pichettii, it is important to correctly identify this etiologic agent in conjunctivitis and keratitis. This case report illustrates that R. Pickettii is a more important pathogen than previously thought. <![CDATA[Descolamento seroso de coroide como manifestação tardia da síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100052&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Relatamos um caso atípico de uma paciente de 40 anos com apresentação completa da Síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada (SVKH) que após 17 anos do diagnóstico inicial evoluiu com descolamento seroso de coroide. A paciente procurou atendimento com queixa de dor em olho esquerdo (OE). O exame oftalmológico revelou acuidade visual (AV) igual a de movimento de mãos, à biomicroscopia foi observada reação inflamatória granulomatosa na câmara anterior, a tonometria foi igual a 0 mmhg, e a fundoscopia indevassável pela pouca midríase e turvação de meios em OE. O descolamento seroso de coroide foi avaliado através de ultrassonografia ocular. A abordagem terapeutica intituida para paciente consistiu em prednisona 1mg/kg/dia via oral, dexametasona 1mg/mL e atropina 1% colírios. A evolução do quadro foi satisfatória, com melhora da AV para 20/40, ausência de reação inflamatória em câmara anterior, normalização da pressão intraocular e resolução do descolamento seroso de coroide em OE. Concluimos que a fase crônica da SVKH, apesar da manifestação classicamente descrita ser uveíte anterior, pode ter outras apresentações e o descolamento seroso da coroide é uma rara complicação.<hr/>Abstract We report an atypical case of a 40-year-old woman with complete presentation of Vogt-Koyanagi-Harada Syndrome (VKH) who presented with unilateral serous choroidal detachment 17 years after the diagnosis. The patient complained of pain in the left eye, the ophthalmologic examination revealed visual acuity (VA) equal to hand motion; biomicroscopy revealed a granulomatous inflammatory reaction in the anterior chamber, tonometry was equal to 0 mmhg, and the fundoscopy was impracticable. Serous choroidal detachment was assessed by ocular ultrasonography. The therapeutic approach proposed for the patient consisted of prednisone 1mg / kg / day orally, dexamethasone 1mg / mL and atropine 1% eye drops. The evolution of the condition was satisfactory, with VA improvement to 20/40, absence of inflammatory reaction in anterior chamber, normalization of intraocular pressure and resolution of serous choroidal detachment in OS. We conclude that the chronic phase of VKH, although classically described as anterior uveitis, may have other presentations and the serous choroid detachment is a rare complication. <![CDATA[Correção de estrabismo incomitante por cirurgia de recuo-ressecção combinadas do mesmo músculo reto]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100056&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O presente trabalho relata o caso de um paciente, masculino, 38 anos, com estrabismo incomitante e consequente diplopia, submetido à cirurgia debilitadora com recuo e fortalecimento com ressecção do músculo reto inferior direito. O objetivo desta técnica cirúrgica é a correção do desvio em sua posição de maior incomitância, sem prejudicar o alinhamento ocular na posição primária do olhar (PPO). O resultado satisfatório, em concordância com os dados da literatura atual, contribui para fazer desta técnica uma opção no tratamento de estrabismos incomitantes de difícil manejo.<hr/>Abstract The present study reports a case of a patient, 38-year-old man, with incomitant strabismus and consequent diplopia, submitted to debilitating surgery with recession and strengthening resection of the right inferior rectus muscle. This surgical technique aims to correct the deviation in its greater incomitence position, without impairing the ocular alignment in the primary position of the eye (PPO). The satisfactory result, in agreement with data of current literature, contributes to make this technique an option in the treatment of challenging incomitant strabismus. <![CDATA[Esporotricose ocular: manifestações atípicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100059&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A esporotricose humana e animal é uma infecção subaguda a crônica causada pelo fungo dimórfico Sporothrix schenckii. A esporotricose ocular tem ganhado destaque em função da epidemia de esporotricose urbana enfrentada pelo estado do Rio de Janeiro na última década e se apresenta classicamente como conjuntivite granulomatosa, mas formas atípicas podem ocorrer. Este artigo tem por objetivo relatar 2 casos atípicos de esporotricose ocular em pacientes imunocompetentes, ambos apresentando quadro clínico compatível com a síndrome oculoglandular de Parinaud associada à dacriocistite em um caso e presumivelmente à coroidite no outro caso.<hr/>Abstract Human and animal sporotrichosis is an infection caused by the dimorphic fungus Sporothrix schenckii, which is classified from subacute to chronic. Ocular sporotrichosis has been highlighted due to the epidemic of urban sporotrichosis faced by the state of Rio de Janeiro in the last decade and presents classically as granulomatous conjunctivitis, but atypical forms may occur. This article aims to report two atypical cases of ocular sporotrichosis in immunocompetent patients, both presenting a clinical picture compatible with Parinaud oculoglandular syndrome associated with dacryocystitis in one case and presumably to choroiditis in the other case. <![CDATA[Síndrome de Blau: infiltrados subepiteliais como manifestações oftalmológicas incomuns]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100062&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A Síndrome de Blau é uma doença de caráter hereditário autossômico dominante a qual também pode ocorrer de forma esporádica via mutação “de novo”. Em geral, tem aparecimento precoce ainda na primeira infância e sua tríade clássica inclui artrite, dermatite e uveíte. Este trabalho visa relatar as manifestações clínicas e principalmente oftalmológicas de uma paciente diagnosticada com Síndrome de Blau com ênfase ao achado incomum de infiltrados corneanos subepiteliais, raramente descrito na literatura.<hr/>Abstract The Blau syndrome is an autosomal dominant hereditary disease which can also occur sporadically via “de novo” mutation. Overall it has early onset and its classic triad includes arthritis, dermatitis and uveitis. This paper describes clinical and mainly especially ophthalmologic manifestations of a patient diagnosed with Blau syndrome with emphasis on an uncommon finding of corneal subepithelial infiltrates, rarely described in the literature. <![CDATA[Doença do Enxerto-versus-hospedeiro ocular: Revisão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100065&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Doença do Enxerto-versus-hospedeiro (do inglês Graft-versus-Host Disease - GVHD) é uma complicação importante e com altas taxas de morbidade e mortalidade nos pacientes submetidos ao transplante alogênico de células-tronco hematopoiéticas. O acometimento ocular, denominado GVHD ocular, pode acometer todas as estruturas dos olhos, porém a unidade lacrimal (glândulas lacrimais e superfície ocular) é o principal alvo da resposta inflamatória mediada por células T doadas. O desenvolvimento de doença do olho seco grave é a principal manifestação clínica ocular, e a associação de diversas opções terapêuticas se faz necessário. O objetivo desta revisão é descrever as manifestações clínicas, os critérios diagnósticos, o impacto na qualidade de vida, o tratamento atual e as perspectivas desta doença, que precisa de um acompanhamento multidisciplinar.<hr/>Abstract Graft-versus-host Disease (GVHD) is a major complication with high morbidity and mortality rates on patients undergoing hematopoietic stem cell transplantation. The ocular involvement, named ocular GVHD, may affect all structures of the eyes, but the lacrimal unit (lacrimal glands and ocular surface) is the main target of the inflammatory response mediated by the donor T cells. The development of dry eye disease is the main clinical ocular manifestation, and the association of a variety of therapeutics options is necessary. The aim of the review is to describe the clinical manifestations, diagnostic criteria, impact in quality of life, the current treatment and future perspectives of this disease that demands a multidisciplinary follow-up. <![CDATA[A influência do oxido nítrico na fisiopatologia da neuropatia glaucomatosa]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802019000100070&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O oxido nitrico (NO) é um fator relaxante derivado do endotélio e um potente vasodilatador que impacta em vários sistemas em todo o corpo. Estudos comprovam que o fluxo sanguíneo ocular basal é regulado pelo NO, sendo um importante regulador da homeostase, especialmente dentro dos tecidos uveais. A disfunção da produção de NO seria associado ao glaucoma através da alteração da perfusão da cabeça do nervo óptico associado ao aumento da pressão intraocular devido um sistema de drenagem trabecular deficiente. O NO tornou-se uma molécula atraente para o tratamento do glaucoma devido a possibilidade de modulação da drenagem trabecular, abaixando a pressão intraocular e ação neuroprotetora melhorando a perfusão sanguínea na cabeça do nervo óptico.<hr/>Abstract Nitric Oxide (NO) is a relaxing endothelium-derived factor and a potent vasodilator that impacts various systems throughout the body. Proven studies of basal ocular blood flow are regulated by NO, being an important regulator of homeostasis, especially within the uveal tissues. The dysfunction of the production associated with glaucoma due to alteration of the optic nerve head associated to the increase of the intraocular pressure by a deficient trabecular meshwork. NO became an attractive molecule for the treatment of glaucoma due to a modulation of the trabecular meshwork, lowering the neuroprotective intra and ocular pressure for a blood surgery in the head of the optic nerve.