Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Otorrinolaringologia]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-729920090001&lang=pt vol. 75 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Padrão de referência para a interpretação dos resultados da prova calórica com ar</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Características do zumbido em trabalhadores expostos a ruído</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O zumbido é um sintoma auditivo relatado por indivíduos expostos ao ruído. OBJETIVO: Estudar as características do zumbido relatadas por indivíduos expostos ao ruído ocupacional. FORMA DE ESTUDO: Descritivo prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Participaram 52 indivíduos com idade média de 29 anos que faziam parte do programa de prevenção da perda auditiva de um frigorífico. Os indivíduos responderam a uma anamnese e suas audiometrias realizadas em 2005 e 2006 foram utilizadas. RESULTADOS: No presente estudo, 71% dos indivíduos apresentaram audiometria normal. A prevalência do zumbido para o sexo masculino foi de 16% e para o sexo feminino foi de 9% apresentando tempo médio de exposição ao ruído de sete anos a um nível médio de ruído entre 86 e 91 dBA (48%). Verificou-se um predomínio do zumbido bilateral (46%), do tipo chiado (40%) de intensidade média (49%), com tempo de instalação do sintoma entre um a cinco anos (67%), sendo sua freqüência semanal (41%) e a noite o período que mais perturba (34%). Encontrou-se significância entre a periodicidade do zumbido e o nível de ruído. CONCLUSÃO: Recomenda-se a inclusão do tema zumbido em programas de prevenção da perda auditiva a fim de promover a saúde auditiva dos trabalhadores.<hr/>Tinnitus is a common auditory complaint among individuals exposed to noise. AIM: this paper aims to study the characteristics of tinnitus in workers exposed to noise. STUDY DESIGN: this is a descriptive prospective study. MATERIALS AND METHOD: Fifty-two individuals averaging 29 years of age were enrolled in a hearing loss prevention program at a meat processing plant. The participants were interviewed and had their hearing tested in 2005 and 2006. RESULTS: seventy-one percent of the participants were found to have normal hearing. Tinnitus was present in 16% of the males and in 9% of the females. Mean noise exposure length was 7 years and noise levels ranged from 86 to 91 dBA (48%). Bilateral tinnitus (46%) of the hissing type (40%) and moderate intensity (49%) was the most prevalent. Symptoms began to be observed within one to five years after initial exposure to noise (67%) and manifested themselves in weekly episodes (41%) that bothered the patients mostly at night (34%). A significant correlation was observed between the frequency of tinnitus episodes and the noise levels to which workers were exposed. CONCLUSION: tinnitus should be included in hearing loss prevention programs in order to more comprehensively promote occupational hearing health. <![CDATA[<B>O efeito das orelhas externa e média nas emissões otoacústicas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Características como a freqüência de ressonância da orelha externa e da orelha média podem interferir na captação das emissões otoacústicas. OBJETIVO: Investigar a influência da freqüência de ressonância da orelha externa e da orelha média na resposta das emissões otoacústicas. DESENHO CIENTÍFICO: Estudo de série, prospectivo, clínico. MATERIAL E MÉTODO: Foram feitas medidas com microfone-sonda na orelha externa, timpanometria de multifreqüência e teste de emissões otoacústicas por transitório e produto de distorção em 19 orelhas direitas e 20 orelhas esquerdas de indivíduos do sexo masculino e 23 orelhas direitas e 23 orelhas esquerdas de indivíduos do sexo feminino com 17 a 30 anos. As 85 orelhas eram audiologicamente normais. RESULTADOS: Não foram observadas relações estatisticamente significantes entre a melhor freqüência de emissões otoacústicas e a freqüência de ressonância da orelha externa oclusa e da orelha média. CONCLUSÃO: Os níveis de respostas das emissões otoacústicas por transitório e produto de distorção não são influenciadas apenas pela ressonância da orelha externa e da orelha média.<hr/>Characteristics of how external and middle ear resonance frequency can impact the capture of otoacoustic emissions. AIM: to study the impact of external and middle ear resonance frequency in otoacoustic emissions. STUDY DESIGN: Prospective, clinical, series study. MATERIALS AND METHODS: Microphone-probe measurements were made in the external ear, together with multifrequency timpanometry distortion product transient otoacoustic emissions in 19 right and 20 left ears from male individuals and 23 right and 23 left ears from female individuals with 17 to 30 years of age. The 85 ears were audiologically normal. RESULTS: We did not observe statistically significant associations between the best otoacoustic emission best frequencies and the occluded external and middle ear resonance frequencies. CONCLUSION: Response levels for both transient and distortion product otoacoustic emissions are not influenced by the external and middle ear resonances alone. <![CDATA[<b>Análise de citocinas pela RT-PCR em pacientes com rinite alérgica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Rinite alérgica é uma doença que decorre de um processo inflamatório da mucosa nasal conseqüente à reação de hipersensibilidade a alérgenos inalatórios e, eventualmente, alimentares. É mediada por IgE, envolvendo diferentes células, mediadores e citocinas. OBJETIVO: Avaliar as transcrições para as seguintes citocinas: IL-4, IL-5, IL-8 e IFN-gama, particularmente importantes no processo alérgico nasal, principalmente IL-4 e IL-5. Neste estudo, optou-se por avaliar os pacientes atópicos fora das crises alérgicas, com a finalidade de se conhecer as expressões das citocinas neste período. MATERIAL E MÉTODO: Realizou-se um estudo transversal e prospectivo, selecionando-se 30 pacientes, sendo 13 pacientes portadores de rinite alérgica paucissintomáticos e 17 pacientes não-atópicos. Os grupos foram selecionados através da história, do exame clínico otorrinolaringológico e do teste alérgico cutâneo - Prick Test. O perfil das citocinas foi pesquisado nos fragmentos de mucosa nasal, através da RT-PCR semiquantitativa, escolhida por apresentar boa reprodutibilidade e especificidade, utilizando-se como referência o gene da Beta-actina. RESULTADOS: Os valores de IL-5, IL-8, IFN-gama mantiveram-se homogêneos em relação ao grupo controle. A IL-4 apresentou diferença com significância estatística. CONCLUSÃO: Os pacientes alérgicos paucissintomáticos apresentaram normalização da expressão das citocinas na mucosa nasal à exceção de IL-4.<hr/>Allergic rhinitis is an inflammatory reaction of the nasal mucosa, in consequence of an IgE mediated hypersensitive reaction to inhaling allergens, involving different mediators and cytokine cells. AIM: The purpose of this study was to evaluate the transcriptions for IL-4, IL-5, IL-8 and IFN-gama, particularly important in the nasal allergy process, especially IL-4 and IL-5. For this study we decided to evaluate atopic patients who were free from allergic crises, with the purpose of knowing the cytokine expressions during this period. MATERIALS AND METHODS: Another prospective and transversal study was carried out, selecting 30 patients, 13 of these patients were pauci-symptomatic and 17 were non atopic. The groups were selected by means of a medical interview, an otolaryngologic clinical exam and allergy skin tests - Prick Test. The cytokines were investigated in fragments of the nasal mucosa, using RT-PCR - chosen because it has good reproducibility and specificity. RESULTS: IL-5, IL-8, IFN-gama cytokine values were kept homogeneous in relation to the control group. Only IL-4 presented significant statistic differences. CONCLUSION: Asymptomatic patients with allergic rhinitis presented with normalization of cytokine expression in the nasal mucosa, with exception of IL-4. <![CDATA[<B>Detecção do vírus Epstein-Barr em tonsilites recorrentes</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As tonsilites recorrentes têm sido objeto de muitos estudos. Eventos considerados na predisposição e causa incluem a utilização errônea de antibióticos em crises agudas, alterações da microflora, mudanças estruturais nas criptas epiteliais tonsilares e infecções virais. A infecção pelo vírus Epstein-Barr (EBV) ocorre freqüentemente na infância persistindo em linfócitos de tonsilas, podendo causar tonsilites recorrentes. Pouco se conhece sobre a persistência e reativação do EBV em pacientes imunocompetentes. Alguns métodos como a hibridização in situ, a reação em cadeia da polimerase (PCR) e a imuno-histoquímica têm sido utilizados no estudo da patogenia do vírus. OBJETIVO: Para caracterizar a associação do vírus Epstein-Barr com tonsilites recorrentes examinamos a presença do EBV pela PCR e por imuno-histoquímica usando como alvo a proteína viral LMP-1. FORMA DE ESTUDO: Estudo transversal com análise de prevalência amostral. MATERIAL E MÉTODOS: Foram selecionados 24 blocos parafinados de tonsilas, provenientes do Serviço de Anatomia Patológica, removidas de crianças de 2 a 12 anos com diagnóstico de tonsilite recorrente. Resultados: O genoma do EBV foi detectado em 13 (54,1%) e a LMP-1 em 9 (37,5%) dos casos. CONCLUSÃO: As tonsilas das crianças podem ser colonizadas pelo EBV e este pode estar associado à patogenia das tonsilites recorrentes.<hr/>Recurrent tonsillitis has been the subject of frequent investigation. Misuse of antibiotic therapy in acute tonsillitis, changes to the tonsillar microflora, structural changes to the tonsillar crypts, and viral infections have been listed as predisposing or causal factors for recurrent tonsillitis. Epstein-Barr virus (EBV) infection usually occurs in early childhood and may persist in tonsillar lymphocytes, thus leading to the onset of recurrent tonsillitis. Little is known about the persistence and reactivation of EBV strains in immunocompetent patients. Methods such as in situ hybridization, polymerase chain reaction (PCR), and immunochemistry have been used to study the pathogenesis of the EBV. AIM: this study aims to characterize the association between EBV and recurrent tonsillitis by investigating the presence of EBV through PCR and immunohistochemistry, using viral protein LMP-1 as a target. STUDY DESIGN: this is a cross-sectional study with analysis of sample prevalence. MATERIALS AND METHOD: twenty-four paraffin-embedded tonsil specimens from the Pathology Service were selected. The specimens were removed from children aged between 2 and 12 years diagnosed with recurrent tonsillitis. RESULTS: EBV genome was detected in 13 (54.1%) specimens, whereas viral protein LMP-1 was found in 9 (37.5%) specimens. CONCLUSION: children's tonsils can be colonized by EBV and such colonies may be associated with the pathogenesis of recurrent tonsillitis. <![CDATA[<B>Estudo anatômico do forame esfenopalatino</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As variações anatômicas do forame esfenopalatino podem corresponder às alterações na entrada da irrigação nasal arterial, condição relevante para o tratamento das epistaxes graves através da ligadura da artéria esfenopalatina. OBJETIVO: Estudar o forame esfenopalatino quanto à sua variação numérica e sua localização na parede lateral nasal em relação à crista etmoidal óssea do osso palatino. Material e Método: Os estudos anatômicos foram realizados em 54 hemicrânios. RESULTADOS: O forame esfenopalatino apresentou a seguinte variação numérica: único (87,0% ou 47 peças), duplo (11,1% ou 6 peças) e triplo (1,9% ou uma peça); foi localizado no meato nasal superior em 81,5% ou 44 peças, 14,8% (8 peças) entre os meatos nasais médio e superior e no meato nasal médio apenas em um caso (1,9%). CONCLUSÃO: Foi demonstrada a variação numérica do FEP, a sua relação com a crista etmoidal óssea, e sua localização nos meatos nasais superior, médio e em ambos.<hr/>Anatomical variations of the sphenopalatine foramen may correspond to alterations at the arterial nasal irrigation input, which is a relevant condition to treat severe epistaxis through ligation of the sphenopalatine artery. AIM: To study the sphenopalatine foramen in terms of its numeric variation and its location on the lateral nasal wall in relation to the bony ethmoidal crest of the palatine bone. MATERIALS AND METHODS: The anatomical studies were carried out in 54 hemifaces. RESULTS: the sphenopalatine foramen presented the following numeric variation: single (87%, or 47 specimens), double (11,1%, or 6 specimens), and triple (1.9% or one specimen); it was located at the superior nasal meatus in 81.5%, or 44 specimens; 14.8% (8 specimens) between the middle and superior nasal meatus and in the middle nasal meatus in only one case (1.9%). CONCLUSION: We have been able to show a numeric variation of the SPF, its relation with the bony ethmoidal crest and its location in the superior meatus, middle meatus, and in both. <![CDATA[<B>Conhecimento da anatomia da orelha de cobaias e ratos e sua aplicação na pesquisa otológica básica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O uso de mostras animais é importante na pesquisa otológica e o conhecimento da anatomia de sua orelha permite sua utilização adequada. OBJETIVO: Estudar a anatomia da orelha da cobaia e do rato por microscopia óptica de luz (MOL) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) e suas vantagens anatômicas na pesquisa otológica básica. MATERIAL E MÉTODO: Os ossos temporais, as bulas timpânicas e cócleas de três cobaias e ratos albinos foram fotografados e analisados ao MOL e MEV. RESULTADOS: O rato não é tão simples de manipular como a cobaia, e freqüentemente apresenta otite média. O rato apresenta uma junção frágil da bula timpânica, duas e meia espiras na cóclea e a membrana timpânica não veda todo o conduto auditivo externo. A cobaia possui uma bula inteiriça, martelo e bigorna fundidos e três e meia espiras na cóclea. Pela MEV a cobaia e o rato possuem Membrana Tectória, Membrana de Raissner e o Órgão de Corti. As Células de Hensen estão presentes somente na cobaia. CONCLUSÃO: A cobaia foi considerada de fácil manipulação para a microdissecção, pelo tamanho e rigidez do osso temporal, e para experimentos cirúrgicos envolvendo o estribo, janela oval e a membrana timpânica. Pela MEV nota-se semelhança entre cobaia e rato, podendo ambos serem utilizados em estudos da orelha interna.<hr/>The use of animal samples is important in otologic research and understanding the anatomy of their ears help make proper use of them in research projects. AIM: to study guinea pig's and rat's ears under light microscopy(LM) and scanning electron microscopy(SEM) and understand their anatomical advantages in basic otologic research. MATERIALS AND METHODS: The temporal bones, tympanic bullas and cochleas from three albino guinea pigs and rats were photographed and analyzed under LM and SEM. RESULTS: Rats aren't as simple to handle as guinea pigs, and often present with otitis media. Rats have a fragile junction of the tympanic bulla, two and half turns in the cochlea, and their tympanic membranes do not seal off the entire external auditory canal. Guinea pigs have full bullas, their incus and malleus are fused and they have three and half cochlear turns. Under SEM, guinea pigs and rats have Tectori Membrane, Raissner's Membrane and the Organ of Corti. Only guinea pigs have Hensen's Cells. CONCLUSION: Guinea pigs were considered easy to handle for microdissection purposes because of the size and robustness of their temporal bones, and for surgical experiments involving the stapes, the oval window and the tympanic membrane. Under SEM there are similarities guinea pigs and rats, and both can be used in inner ear studies. <![CDATA[<B>Estudo comparativo de exames audiométricos de metalúrgicos expostos a ruído e ruído associado a produtos químicos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A exposição a produtos químicos ototóxicos na presença ou não do ruído pode provocar danos irreversíveis na audição dos trabalhadores em um período significativamente menor de exposição. OBJETIVO: Realizar um estudo comparativo, através de exames audiométricos, em trabalhadores expostos somente a ruído e ruído associado a produtos químicos. MÉTODOS: 155 metalúrgicos (18 - 50 anos) expostos a ruído (grupo I) e a ruído e produtos químicos (grupo II) por um período que varia de 3 a 20 anos. RESULTADOS: diferença significativa na proporção de perda auditiva ocupacional da orelha direita entre os grupos I (3,6%) e II (15,5%). Proporção de perda auditiva ocupacional no profissional significativamente maior no grupo II (18,3%) em relação ao grupo I (6%). Com respeito ao tempo médio de exposição aos agentes agressores, o grupo I esteve exposto por tempo significativamente maior. Estudo retrospectivo. DISCUSSÃO: O fato de ter havido maior comprometimento da orelha direita no grupo II é controverso e merece ser pesquisado futuramente, pois alguns estudos revelam que a orelha esquerda seria mais suscetível à lesão por ruído. CONCLUSÃO: O grupo II apresentou proporcionalmente maior prevalência de perda auditiva quando comparado ao grupo I, mesmo tendo estado exposto aos agentes agressores por um menor tempo médio.<hr/>Exposure to ototoxic chemical products in the presence or absence of noise can cause irreversible injury to the hearing of workers for a significantly short period of exposure period. AIM: to perform a comparative study, through audiometric tests, in workers exposed to noise only and noise associated with chemical products. MATERIALS AND METHODS:155 steel workers (18 - 50 years) exposed to noise (group I), and exposed to noise and chemical products (group II) for a period that varies from 3 to 20 years. RESULTS: significant difference in the rate of occupational hearing loss in the right ear between groups I (3.6%) and II (15.5%). A significantly higher rate of occupational hearing loss in group II (18.3%) and I (6%). With respect to the average time of exposure to aggressive agents, group I was exposed by a significantly higher time. Retrospective study. DISCUSSION: The fact that the right ear was more affected in group II is controversial and should be better investigated in the future, since some studies show that the left ear would be more prone to noise-induced hearing loss. CONCLUSION: group II had proportionally a higher rate of hearing loss when compared with group I, even after having been exposed to aggressive agents for a lower average time. <![CDATA[<B>Resultados de um programa de triagem auditiva neonatal em Maceió</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Desde 1998, com a criação do grupo de apoio a triagem auditiva neonatal, vários programas de triagem auditiva foram implantados no país. Em Alagoas, o primeiro programa foi criado em 2003, do qual não se publicou nenhum resultado. Sabe-se que a audição é importante para a comunicação humana, pois a perda auditiva na criança pode acarretar distúrbios na aquisição da fala, na linguagem e no desenvolvimento emocional, educacional e social. OBJETIVO: Apresentar os resultados obtidos em um programa de triagem auditiva neonatal em Maceió. MATERIAL E MÉTODO: Trata-se de um estudo analítico retrospectivo para analisar exames realizados entre setembro de 2003 e dezembro de 2006 em um hospital privado de Maceió. RESULTADOS: De 2002 recém-nascidos, 1626 atenderam aos critérios de inclusão, sendo 835 (51,4%) do sexo masculino. A triagem auditiva foi adequada em 1416 casos (87,1%), sendo a faixa etária mais freqüente entre 16 e 30 dias. No total, 163 (10,0%) apresentavam indicadores de risco para deficiência auditiva, o mais freqüente foi a hiperbilirrubinemia. CONCLUSÕES: Os resultados estatísticos obtidos neste programa de triagem auditiva demonstram a importância da implantação e manutenção de um programa dessa natureza. Esta análise foi considerada importante para contribuição de um estudo multinacional ou regional.<hr/>Since 1998, after we started the support group for neonatal hearing screening, many other hearing screening programs were held in Brazil. In Alagoas, the first program started in 2003, but none of its results were published. Hearing is paramount for human communication; therefore, childhood hearing loss can impair speech acquisition, emotional, educational and social development. AIM: to present the results achieved in a neonatal hearing screening program in Maceió. MATERIALS AND METHODS: a retrospective analytical study was carried out in order to study the results from tests carried out from September 2003 to December 2006 in a private hospital of Maceió. RESULTS: from a total of 2002 newborns, 1,626 fitted the inclusion criteria, 835 (51.4%) males. The hearing screening was considered appropriate in 1416 cases (87.1%), and the most frequently found age was between 16 and 30 days. Finally, 163 (10.0%) children presented risk indicators for hearing loss, and hyperbilirubinemia was the most common indicator. CONCLUSIONS: statistical results obtained from this hearing screening program show the importance of holding such programs. This study is important because it contributes to further regional or multinational studies. <![CDATA[<B>Avaliação do impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida em crianças com hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas é extremamente comum na infância, sendo um dos problemas mais freqüentes do consultório do otorrinolaringologista, podendo prejudicar a qualidade de vida das crianças. OBJETIVO: Avaliar o impacto da adenotonsilectomia sobre a qualidade de vida das crianças que apresentam aumento do volume das tonsilas. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo de coorte contemporâneo longitudinal. Foi aplicado a setenta e cinco pais ou responsáveis por crianças submetidas a adenotonsilectomia um questionário específico para a avaliação da qualidade de vida, OSD-6, antes do procedimento cirúrgico e trinta dias após. RESULTADOS: A adenotonsilectomia proporcionou significativa diminuição na pontuação obtida no questionário. DISCUSSÃO: Ronco e a obstrução nasal foram os sintomas responsáveis pelas maiores pontuações nos questionários. Existe grande preocupação dos pais com o ronco das crianças e pobre correlação estatística entre o grau de obstrução e a pior qualidade de vida. CONCLUSÃO: A adenotonsilectomia apresenta impacto relevante na qualidade de vida das crianças com hipertrofia das tonsilas.<hr/>The hypertrophy of the palatine and pharyngeal tonsils is extremely common in children, being one of the most frequent causes of visits to otolaryngologists and such problem can impair the child's quality of life. AIM: to evaluate the impact of adenotonsillectomy on the lives of children with hypertrophied tonsils. MATERIALS AND METHODS: Contemporary longitudinal cohort study. A specific questionnaire used to evaluate the quality of life - OSD-6, was given to seventy five parents or guardians of children previously submitted to adenotonsillectomy, before the surgery and thirty days afterwards. RESULTS: The adenotonsillectomy provided a significant reduction in the questionnaire score. DISCUSSION: Snoring and nasal obstruction were the symptoms with the highest scores. There is a great concern from the parents with the snoring of the children and a poor statistic correlation between the degree of obstruction degree and a worse quality of life. CONCLUSION: Adenotonsillectomy causes a relevant impact in the quality of life of children with tonsil hypertrophy. <![CDATA[<B>Rinossinusites em crianças infectadas pelo HIV sob terapia anti-retroviral</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A associação dos inibidores de protease (IP) à terapia anti-retroviral provocou mudanças importantes na morbidade e mortalidade de pacientes infectados pelo HIV. OBJETIVOS: Avaliar o impacto desta associação na prevalência de rinossinusite (RS) e na contagem sérica de linfócitos CD4 em crianças infectadas pelo HIV. CASUÍSTICA E MÉTODOS: A forma de estudo foi cross-sectional com 471 crianças infectadas pelo HIV. Em 1996, inibidores de protease foram liberados para terapia anti-retroviral. Desta forma, dois grupos de crianças foram formados: as que não fizeram uso de IP e as que fizeram uso desta droga após 1996. A prevalência de RS e a contagem sérica de linfócitos CD4 foram comparadas entre estes grupos. RESULTADOS: 14,4% das crianças infectadas pelo HIV apresentaram RS. A RS crônica foi mais prevalente que a RS aguda em ambos os grupos. Crianças menores de 6 anos tratadas com a associação de IP apresentaram maior prevalência de RS aguda. A associação de IP esteve associada à maior contagem de linfócitos CD4 séricos com menor prevalência de RS crônica. CONCLUSÕES: A terapia com IP esteve associada ao aumento na contagem de linfócitos CD4. Crianças abaixo dos 6 anos em uso de IP apresentaram menor tendência à cronificação da doença.<hr/>The association of protease inhibitors (PI) to antiretroviral therapy has generated sensible changes in morbidity and mortality of HIV-infected patients. AIM: Aims at evaluating the impact of this association on the prevalence of rhinosinusitis (RS) and CD4+ lymphocyte count in HIV-infected children. METHODS: Retrospective cross-sectional study of the medical charts of 471 HIV-infected children. In 1996, protease inhibitors were approved for use as an association drug in antiretroviral therapy. Children were divided into two groups: one which did not receive PI and another which received PI after 1996. The prevalence of RS and CD4+ lymphocyte counts were compared between these groups. RESULTS: 14.4% of HIV-infected children had RS. Chronic RS was more prevalent the its acute counterpart. Children under 6 years old who were taking protease inhibitors presented with a significant higher prevalence of acute RS. The association of PI with the antiretroviral regimen was associated to higher mean CD4+ lymphocyte count and lower prevalence of chronic RS. CONCLUSIONS: The use of protease inhibitors was associated to higher mean CD4+ lymphocyte count. Children under 6 years of age in antiretroviral therapy associated with PI presented a lower likelihood of developing chronic RS. <![CDATA[<B>Análise da correlação entre a escala visual-análoga e o <I>Tinnitus Handicap Inventory</I> na avaliação de pacientes com zumbido</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Um dos tópicos mais questionado nos estudos clínicos sobre zumbido é o método de mensuração do mesmo. As Escalas Visual-Análogas (EVAs) e o Tinnitus Handicap Inventory (THI) são freqüentemente utilizados para este fim. OBJETIVO: Verificar a correlação entre os escores da EVA e do THI em pacientes com zumbido neurossensorial através de um estudo prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: 43 pacientes com zumbido neurossensorial quantificaram o zumbido pelos dois métodos, sendo os escores comparados através do Coeficiente de Relação de Spearman. RESULTADOS: Foi observada correlação entre os escores da EVA e do THI. CONCLUSÃO: Em pacientes com zumbido neurossensorial existe correlação entre os escores da EVA e do THI.<hr/>One of the most challenging topics in tinnitus clinical studies is the measuring method used. Visual Analogue Scales (VAS) and Tinnitus Handicap Inventory (THI) are frequently used in tinnitus. AIM: To verify the relationship between VAS and THI scores in tinnitus patients in a prospective study. MATERIALS AND METHODS: 43 patients classified their tinnitus according to VAS and THI, and both scores were compared through the Spearman's correlation coefficient test. RESULTS: There was a correlation between the VAS and THI scores. CONCLUSION: There is correlation between VAS and THI scores in patients with sensorineural tinnitus. <![CDATA[<B>Medidas de imitância acústica em lactentes com 226hz e 1000hz</B>: <B>correlação com as emissões otoacústicas e o exame otoscópico</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A avaliação audiológica do lactente deve ser composta pela verificação das condições de orelha média (medidas de imitância acústica e otoscopia) e pela avaliação coclear (Emissões Otoacústicas). OBJETIVO: Verificar qual tom teste da timpanometria (226Hz ou 1000Hz) tem maior correlação com o exame otoscópico e com o resultado das Emissões Otoacústicas por estímulo transiente. MÉTODO: Realizou-se emissões otoacústicas nos 60 lactentes da amostra, com idade entre de zero e quatro meses. Foram distribuídos em dois grupos, sendo o grupo I 30 lactentes com EOA presente e o grupo II 30 lactentes com EOA ausente. Foram submetidos à timpanometria de múltiplas freqüências, com tom teste de 226Hz e 1000Hz e avaliação otoscópica. RESULTADOS: Na timpanometria, o tom teste de 1000Hz apresentou mais sensibilidade para identificar as alterações de orelha média. Nas crianças com curva timpanométrica dentro da normalidade, ambos os tons-teste (226 e 1000Hz) apresentaram alta especificidade. Todas as correlações foram significantes com o tom teste de 1000Hz. CONCLUSÃO: O tom teste de 1000Hz apresentou maior correlação estatisticamente significante com as EOA e com a avaliação otoscópica para lactentes de zero a quatro meses.<hr/>Audiological evaluation in infants should include the middle ear (immitance measures and otoscopy) and also a cochlear evaluation. AIM: To check which tympanometry tone test (226 Hz or 1000 Hz), transient otoacoustic emissions and otoscopy. METHODS: Transient otoacoustic emissions were taken from sixty infants ranging from zero to four months of age. The babies were assigned to two groups of 30 infants each, according to the presence or absence of otoacoustic emissions (OAE). All babies have undergone tympanometry with probe tones of 226 and 1000 Hz and ENT evaluation. RESULTS: Tests performed with 1000 Hz probe tone were more sensitive in identifying middle ear disorders. In children with normal tympanograms, both probe tones (226 and 1000 Hz) showed high specificity. All correlations were significant when the 1000 Hz probe tone was used. CONCLUSION: The high frequency probe tone (1000 Hz) presented the most significant correlation with OAE and otoscopy in infants from zero to four months of age. <![CDATA[<B>Avaliação longitudinal do ECAP registrado em crianças usuárias de implante coclear</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Em crianças usuárias de Implante Coclear (IC), o registro do potencial de ação composto do nervo auditivo evocado eletricamente (ECAP) representa uma maneira de avaliar as modificações nas respostas neurais e entre o feixe de eletrodos e o tecido neural ao longo do tempo. OBJETIVO: Estudar o ECAP em crianças ao longo do primeiro ano de uso do IC. MATERIAL E MÉTODO: As características do ECAP foram analisadas em 13 crianças, implantadas com idades inferiores a três anos de idade. Estudo de série. RESULTADOS: Houve aumento estatisticamente significante na amplitude do pico N1, nos eletrodos basais, entre o segundo e o terceiro retorno. Não foram obtidas diferenças significantes para: a latência do pico N1, o slope, o p-NRT e o período de recuperação entre os retornos. Nos três retornos, a maioria dos sujeitos apresentou tempo de recuperação entre 1000 e 2000µs. CONCLUSÃO: Ao longo do primeiro ano de uso do IC, a estimulação elétrica liberada pelos eletrodos intracocleares não causou alterações significativas às características do ECAP, exceto pelo aumento da amplitude do pico N1.<hr/>In children with cochlear implant (CI), the recording of the electrically evoked compound action potential (ECAP) of the auditory nerve represents an option to assess changes in auditory nerve responses and the interaction between the electrode bundle and the neural tissue over time. AIM: To study ECAP in children during the first year of CI use. MATERIALS AND METHODS: The ECAP characteristics have been analyzed in 13 children implanted younger than three years of age. Series study. RESULTS: During the first year of CI use there was a significant statistical raise in the N1 peak amplitude, in basal electrodes, between the second and third return visits. There were not any significant differences obtained for N1 peak, latency, slope, p-NRT or recovery time, in the return visits. CONCLUSION: During the first year of CI use, the electrical stimulation provided by the intracochlear electrodes did not cause significant changes to ECAP characteristics, except for an increase in N1 peak amplitude. <![CDATA[<B>Multicentricidade no carcinoma diferenciado da tireóide</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O tratamento cirúrgico de escolha no carcinoma diferenciado da tireóide sempre foi controverso. OBJETIVO: Analisar o acometimento tumoral do lobo contralateral da tireóide no carcinoma diferenciado, correlacionando risco e benefício com as complicações decorrentes da segunda intervenção. CASUÍSTICA E MÉTODO: Estudo retrospectivo, de 1998 a 2006, com 27 pacientes submetidos à tireoidectomia menos que total, sendo 21 lobectomias, cinco tireoidectomias subtotais e uma istmectomia. Foram analisados: gênero, idade, tipo de cirurgia, complicações, histopatológico do espécime cirúrgico e invasão do lobo contralateral. As idades variaram de 17 a 89 anos; o tipo histopatológico mais freqüente foi o carcinoma papilífero clássico (18 casos), seguido do carcinoma folicular (seis casos), do carcinoma papilífero variante folicular (dois casos) e do carcinoma de células Hürthle (um caso). Vinte e um pacientes foram submetidos à totalização da tireoidectomia, 15 a 30 dias depois. RESULTADOS: A análise do lobo contralateral foi negativa para carcinoma em 16 (76,5%) e positiva nos cinco restantes (23,8%). As complicações observadas foram: disfonia temporária (três casos) e hipoparatireoidismo (dois casos, sendo um permanente). CONCLUSÃO: A totalização da tireoidectomia é um procedimento importante no tratamento do carcinoma bem diferenciado da tireóide pelo elevado acometimento contralateral (23,8%). A incidência de complicações é pequena.<hr/>The treatment of choice for the well differentiated thyroid carcinoma has always been controversial. AIM: to analyze tumor invasion of the thyroid gland's contralateral lobe in cases of differentiated carcinoma, correlating risk/benefit with the complications of a second surgical approach. MATERIALS AND METHODS: Retrospective study, from 1998 to 2006, of 27 patients undergoing less than total thyroidectomy: lobectomy (21), subtotal thyroidectomy (5) or isthmusectomy (1). Gender, age, type of surgery, complications, histopathological analysis and invasion of the contralateral lobe were analyzed. Patients' ages varied from 17 to 89; the most frequent histopathological pattern was the classical papillary carcinoma (18 cases), followed by follicular carcinoma (6); the follicular variant of the papillary carcinoma (2) and the Hürthle cell carcinoma (1). Twenty-one patients underwent full thyroidectomies, from 15 to 30 days after the first intervention. RESULTS: the contralateral lobe analysis was negative for carcinoma in 16 (76.5%) and positive in the other 5 (23.8%) patients. The complications observed were temporary dysphonia (3 cases) and hypoparathyroidism (2 cases, one permanent). CONCLUSIONS: total thyroidectomy is important in the treatment of differentiated thyroid carcinomas, because there is a high contralateral spread rate (23.8%). It is a procedure without mortality, which bears few complications. <![CDATA[<B>Avaliação da artéria etmoidal anterior pela tomografia computadorizada no plano coronal</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O conhecimento da localização da artéria etmoidal anterior (AEA) constitui etapa importante na cirurgia do recesso do seio frontal e do etmóide anterior. A tomografia computadorizada (TC), em especial no plano coronal pode fornecer reparos anatômicos que identificam o trajeto da AEA. OBJETIVO: Identificar os reparos anatômicos que caracterizam o trajeto da AEA na parede medial da órbita e na parede lateral da fossa olfatória. Verificar a correlação entre a presença de pneumatização supra-orbitária e a visualização do etmoidal anterior (canal da AEA). CASUÍSTICA E MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 198 tomografias computadorizadas dos seios paranasais no plano coronal do período de agosto a dezembro de 2006. RESULTADOS: Pneumatização supra-orbitária foi identificada em 35% (70 exames). O canal da AEA foi caracterizado em 41% (81 exames). O sulco etmoidal anterior foi visualizado em 98% (194 dos exames) e o forame etmoidal anterior foi identificado em todos os exames (100%). CONCLUSÃO: O forame etmoidal anterior e o sulco etmoidal anterior foram referências anatômicas presentes em quase 100% dos exames avaliados. Houve correlação entre a presença de pneumatização supra-orbitária e a caracterização do canal da AEA.<hr/>The anterior ethmoidal artery (AEA) is an important point for frontal and ethmoid sinuses surgery. CT scans can identify landmarks to help the surgeon find the AEA. AIM: To identify the landmarks of the AEA on the orbital medial wall and on the lateral wall of the olfactory fossa. and to correlate the presence of supraorbital ethmoidal cells with spotting the anterior ethmoidal artery canal. MATERIALS AND METHODS: Retrospective review of 198 direct coronal paranasal sinuses computed tomography (CT) scans from August to December, 2006. RESULTS: Supraorbital pneumatization was seen in 35% (70 scans). The AEA canal was seen in 41% (81 scans). The anterior ethmoidal sulcus was seen in 98% (194 scans) and the anterior ethmoidal foramen was seen in all the scans (100%). CONCLUSION: The anterior ethmoidal foramen and the anterior ethmoidal sulcus were anatomical landmarks present in almost 100% of the scans studied. There was a correlation between the presence of supraorbital pneumatization and AEA canal visualization. <![CDATA[<B>Válvula fonatória brasileira para traqueotomia</B>: <B>padronização de pressão de diafragma</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A traqueotomia está indicada em condições com obstrução respiratória alta ou doença pulmonar obstrutiva crônica. As Válvulas Fonatórias (VF) melhoram a comunicação, higienização e umidificação das vias aéreas dos pacientes traqueotomizados. OBJETIVO: Demonstrar a VF nacional, de menor custo, e sua utilização na reabilitação fonatória desses pacientes, avaliar resistência de abertura pelo diafragma, o que confere melhor conforto ao paciente. Forma de Estudo: Experimental, coorte contemporâneo. MATERIAL E MÉTODO: A VF foi utilizada em 32 pacientes. A válvula tem diafragma dentro de um corpo em aço inox com encaixes de plástico. Estudou-se grau de conforto respiratório de acordo com a resistência do diafragma da válvula, 40, 50 e 60 shores. RESULTADOS: Obteve-se uso regular da VF acoplada à cânula por todos os pacientes, 26 o fizeram por mais de 12h diárias e destes 14 por 24h diárias. A pressão do diafragma obtida foi de 40 shores para 13 pacientes e 50 shores para 19 pacientes, sem utilização de 60 shores. CONCLUSÃO: A VF metálica permite fonação, sem a oclusão digital da cânula, e respiração sob conforto. Obteve-se resistência padronizada do diafragma. Atualmente todos os pacientes do estudo utilizam estas VF com fonação e 43,75% período integral.<hr/>Tracheotomy is performed in cases of upper airway obstruction or chronic pulmonary disorders. The Tracheotomy Speech Valves (TSV) improve communication and airway hygiene and humidification of tracheotomized patients. AIM: To show the low cost Brazilian TSV and its use in speech rehabilitation of tracheotomized patients, to evaluate diaphragm opening resistance and comfort to the patient. Study Design: Experimental, contemporary cohort. MATERIALS AND METHODS: The TSV was used in 32 patients. The valve has a diaphragm within a stainless steel body with plastic fittings. We studied the level of respiratory comfort according to the degree of valve diaphragm resistance, 40, 50 and 60 shores. RESULTS: All the patients used the TSV coupled to the cannula in a regular basis, 26 of them did it for more than 12 hours daily and from these, 14 used it for 24h daily. The diaphragm pressure obtained was that of 40 shores for 13 patients and 50 shores for 19 patients. 60 shores was never used. CONCLUSION: the metal TSV helps with speech without the need for closing the cannula with one's finger, and breathing was comfortable. We achieved standard diaphragm resistance. Currently all the patients from this study use this TSV with speech and 43.75% use it full time. <![CDATA[<B>Portadores de vitiligo: estudo das emissões otoacústicas e efeito de supressão</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Vitiligo é uma doença cutânea, caracterizada pela ausência da melanina, por destruição de melanócitos. OBJETIVO: Verificar a ocorrência de alteração auditiva em indivíduos com vitiligo. MÉTODO: Avaliação audiológica, pesquisa das emissões otoacústicas evocadas transientes e do efeito de supressão em estudo prospectivo de 24 pacientes com vitiligo. A faixa etária variou de 15 a 45 anos. RESULTADOS: 21 pacientes (87.5%) apresentaram audiometria normal; dois apresentaram perda auditiva unilateral em freqüências altas e um apresentou perda coclear de grau moderado à esquerda. Destes 21 sujeitos, 66,7% tiveram ausência de emissões, sugerindo disfunção coclear. As emissões estiveram presentes em todas as bandas de freqüência em apenas 7 pacientes (29,2%) e ausentes em 17 (70,8%), com maior ocorrência de falha no sexo masculino, na orelha direita. Na pesquisa da supressão, seis indivíduos falharam, todos do sexo feminino, sendo a orelha esquerda a mais afetada. CONCLUSÃO: Pela análise das emissões otoacústicas verificou-se que os portadores de vitiligo possuem maior predisposição à disfunção coclear, com maior ocorrência no sexo masculino na orelha direita. Quanto ao efeito de supressão, houve maior alteração no sistema eferente em mulheres, com maior ausência à esquerda. As alterações auditivas não diferiram quanto à idade, tipo de vitiligo e tempo de evolução da doença.<hr/>Vitiligo is a skin disease characterized by absence of melanin due to melanocytes destruction. AIM: to study the incidence of hearing alterations in patients with vitiligo. METHOD: prospective audiological evaluation, transient-evoked otoacoustic emission recordings and study the effects of suppression in 24 patients with vitiligo. Their ages ranged from 15 to 45 years. RESULTS: 21 patients (87.5%) had normal audiometry; 2 had unilateral hearing loss in the high frequencies and 1 had cochlear moderate hearing loss in the left ear. Of these 21 subjects, 66.7% had no otoacoustic emissions, suggesting cochlear dysfunction. Only 7 patients had otoacoustic emissions present in all frequencies (29.2%) and 17 (70.8%) did not have them, and the highest rate of no otoacoustic emissions happened in the right ear of males. Regarding the suppression study, 6 subjects failed, all of them were females, and their left ears were the most affected. CONCLUSION: the findings show that patients with vitiligo, particularly males, have a greater predisposition to cochlear dysfunction, especially in the right ear. As far as the suppression effect was concerned, there was a greater alteration in the female efferent system, particularly in the left ear. Hearing alterations did not vary as far as age is concerned, type of vitiligo and time of disease progression. <![CDATA[<B>Aspectos clínicos, histológicos e de microscopia eletrônica dos granulomas de intubação das pregas vocais</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Granulomas são lesões bilaterais e pediculadas das apófises vocais. Etiologias: intubação, refluxo, traumatismos, fonotraumatismo e idiopática. OBJETIVO: Analisar aspectos clínicos e morfológicos dos granulomas de intubação. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo retrospectivo dos pacientes submetidos à microcirurgia por granulomas de intubação, atendidos na Instituição onde foi realizado, a partir de 2002. Analisaram-se: idade, sexo, indicação e tempo da intubação, sintomas, laudos de videolaringoscopia e número de biópsia. Realizou-se estudo histológico em todos os casos e de microscopia eletrônica em três deles. RESULTADOS: 10 pacientes (7 F e 3 M), idade entre 2 anos e 72 anos e tempo de intubação entre 4 horas e 21 dias. Rouquidão foi o principal sintoma. A histologia mostrou hiperplasia epitelial, intenso inflamação importante no corion e proliferação vascular. Na MEV observou-se epitélio escamoso com escassa descamação. À MET, junções intercelulares alargadas e desmossomos alterados. No corion havia lagos sanguíneos, intensa inflamação, e fibroblastos com alterações estruturais como núcleos irregulares e cisternas dilatadas. CONCLUSÕES: Granulomas pós-intubação aparecem em qualquer idade, mesmo em intubação por curto período, e causam rouquidão precocemente. As principais alterações morfológicas são observadas no corion, como proliferação vascular, inflamação e alterações estruturais em fibroblastos indicando disfunção e dano celular.<hr/>Granulomas are bilateral and pediculated lesions of the vocal apophysis. Etiologies: intubation, reflux, trauma, vocal abuse, idiopathic origin. AIM: To analyze the clinical and morphological aspects of post intubation granulomas. METHODS: retrospective study of patients submitted to microsurgery for post intubation laryngeal granulomas seen at our Medical School starting in 2002. We analyzed: age, gender, indication and time of intubation, symptoms, videolaryngoscopic diagnosis and biopsy findings. Light microscopy was performed on all specimens, and electron microscopy on three of them. RESULTS: ten patients (7 females and 3 males), between the ages of 2 and 72 years, intubation time between 4h and 21 days. Hoarseness was a frequent symptom, starting in the first week following extubation. Histology shows mild epithelial hyperplasia, severe inflammation and vessel proliferation in the corion. Under SEM, the epithelium presented mild superficial desquamation. Under TEM, intracellular junctions showed widening with structural changes in the desmosomes. In the corion there were vessel proliferations, inflammation and fibroblasts with structural alterations. CONCLUSIONS: post intubation granulomas appear in any age and hoarseness is a frequent symptom. Morphological alterations occur in the corion as vessel proliferations, inflammation, and intracytoplasmatic alterations in fibroblasts suggesting cellular dysfunction and damage. <![CDATA[<B>Resolução temporal de crianças</B>: <B>comparação entre audição normal, perda auditiva condutiva e distúrbio do processamento auditivo</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A resolução temporal é essencial na percepção acústica da fala, podendo estar alterada nos distúrbios auditivos gerando prejuízos no desenvolvimento da linguagem. OBJETIVO: Comparar a resolução temporal de crianças com audição normal, perda auditiva condutiva e distúrbios do processamento auditivo. CASUÍSTICA E MÉTODO: A amostra foi de 31 crianças de 07 a 10 anos, divididas em três grupos: G1: 12 com audição normal, G2: sete com perda auditiva condutiva e G3: 12 com distúrbio do processamento auditivo. Os procedimentos de seleção foram: questionário aos responsáveis, avaliação audiológica e do processamento auditivo. O procedimento de pesquisa foi o teste de detecção de intervalos no silêncio realizado a 50 dB NS acima da média de 500, 1000 e 2000Hz na condição binaural em 500, 1000, 2000 e 4000Hz. Na análise dos dados foi utilizado o Teste de Wilcoxon, com nível de significância de 1%. RESULTADO: Observou-se que houve diferença entre os G1 e G2 e entre os G1 e G3 em todas as freqüências. Por outro lado, esta diferença não foi observada entre os G2 e G3. CONCLUSÃO A perda auditiva condutiva e o distúrbio do processamento auditivo têm influência no limiar de detecção de intervalos.<hr/>Temporal resolution is essential to speech acoustic perception. It may be altered in subjects with auditory disorders, thus impairing the development of spoken and written language. AIM: The goal was to compare temporal resolution of children with normal hearing, with those bearing conductive hearing loss and auditory processing disorders. MATERIALS AND METHODS: The sample had 31 children, between 7 and 10 years of age, broken down into three groups: G1: 12 subjects with normal hearing; G2: 7 with conductive hearing loss and G3: 12 subjects with auditory processing disorders. This study was clinical and experimental. Selection procedures were: a questionnaire to be answered by the parents/guardians, audiologic and hearing processing evaluation. The study procedure was the test to detect breaks in silence at 50 dB HL above the mean values of 500, 1000 and 2000 Hz in both ears in 500, 1000, 2000 and 4000 Hz. To analyze the data we used the Wilcoxon Test with a 1% significance level. RESULTS: We noticed a difference between G1 and G2 and between G1 and G3 in all the frequencies. On the other hand, this difference was not seen between G2 and G3. CONCLUSION: conductive hearing loss and auditory processing disorders can impact break detection thresholds. <![CDATA[<B>Avaliação audiológica e eletrofisiológica em crianças com transtornos psiquiátricos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Indivíduos com transtornos psiquiátricos podem apresentar distúrbios perceptuais, de atenção e memória, questionando-se a presença de perdas auditivas periféricas e/ou centrais. Assim, o objetivo deste trabalho é descrever os resultados obtidos nas avaliações audiológica e eletrofisiológica, verificando a ocorrência de alterações auditivas periféricas e/ou centrais nesta população. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foram avaliados 20 indivíduos com autismo e síndrome de Asperger, e 20 indivíduos em desenvolvimento típico, entre oito e 19 anos. RESULTADOS: Todos os indivíduos apresentaram resultados normais na avaliação audiológica. No PEATE, 50% dos indivíduos com autismo e 30% com síndrome de Asperger apresentaram alterações, havendo diferença estatisticamente significante na análise dos dados quantitativos em ambos os grupos. Em todos os grupos verificaram-se alterações no PEAML e P300. No PEAML, não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos na análise dos dados quantitativos e qualitativos. No P300, observou-se diferença estatisticamente significante quando comparados os grupos controle e síndrome de Asperger na análise dos dados quantitativos. CONCLUSÃO: Verificou-se grande ocorrência de alterações nos potenciais evocados auditivos em crianças autistas e com síndrome de Asperger, embora em algumas análises realizadas não tenha sido constatada diferença estatisticamente significante. Enfatiza-se a importância da investigação minuciosa da função auditiva em indivíduos com transtornos psiquiátricos.<hr/>Individuals with psychiatric disorders can present perception, attention and memory deficits, raising doubts about peripheral and/or central hearing loss. Thus, the aim of this study is to describe the audiological and electrophysiological results of individuals with psychiatric disorders, looking for peripheral and/or central auditory disorders. METHODS: 20 individuals with autism and Asperger syndrome and 20 individuals without psychiatric disorders from eight to 19 years of age, were submitted to audiological and electrophysiological evaluation. RESULTS: No alterations were observed on the audiological evaluation in all the individuals. In ABR, 50% of individuals with autism and 30% with Asperger syndrome presented alterations. Significant statistical differences were observed between the groups in the quantitative analysis. All groups presented alterations in AMLR and P300. In AMLR, no significant statistical differences were observed between the groups in the qualitative and quantitative analyses. In the P300, we noticed significant statistical differences between Asperger and control groups in the quantitative analysis. CONCLUSIONS: A high occurrence of alterations in auditory evoked potentials was seen in children with psychiatric disorders, although in some analysis it was observed a non-statistically significant difference when comparing study and control groups. We stress the need for a more careful investigation of the auditory function in this population. <![CDATA[<B>Faringotonsilites em crianças</B>: <B>visão de uma amostra de pediatras e otorrinolaringologistas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100022&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As faringotonsilites agudas são infecções das vias aéreas superiores comuns na infância. OBJETIVO: Analisar opiniões e condutas de pediatras e otorrinolaringologistas do Estado de São Paulo em relação ao diagnóstico, tratamento e prevenção das faringotonsilites e suas complicações em crianças. MATERIAL E MÉTODOS: Selecionamos aleatoriamente 1370 pediatras e 1000 otorrinolaringologistas do Estado de São Paulo. Aos especialistas foi enviado questionário por correio. DESENHO DO ESTUDO: Estudo transversal. RESULTADOS: 95,8% dos pediatras e 91,5% dos otorrinos não solicitam rotineiramente exames para diagnóstico laboratorial das faringotonsilites agudas na criança. Os antimicrobianos mais prescritos pelos pediatras nas faringotonsilites bacterianas foram: penicilina por via oral durante 10 dias (33,6%) e penicilina benzatina em dose única (19,7%). Os antimicrobianos mais prescritos pelos otorrinos para tratamento foram: penicilina por via oral durante 10 dias (35,4%) e penicilina por via oral durante 7 dias (25,7%). A medida de prevenção das faringotonsilites bacterianas considerada muito eficaz por mais da metade dos pediatras e otorrinos foi a cirurgia de tonsilectomia. A faringotonsilite de repetição foi o principal motivo para os otorrinos indicarem cirurgia de tonsilectomia aos escolares e adolescentes (49,3% e 53,4%, respectivamente). CONCLUSÕES: É necessário uniformizar condutas de pediatras e otorrinos para diagnóstico e tratamento das faringotonsilites em crianças.<hr/>Acute pharyngotonsillitis is a common upper airway infection in children. AIM: To analyze opinions and practices of pediatricians and otorhinolaryngologists from Sao Paulo State, Brazil, concerning diagnosis, treatment and prevention of pharyngotonsillitis and their complications in children. METHODS: We randomly selected 1,370 pediatricians and 1,000 otolaryngologists from Sao Paulo State, Brazil. A questionnaire was mailed to the specialists. STUDY DESIGN: Cross-sectional. RESULTS: 95.8% of the pediatricians and 91.5% of the otolaryngologists do not perform routine laboratory diagnosis for acute pharyngotonsillitis in children. The antimicrobials more commonly prescribed by pediatricians for treatment of bacterial pharyngotonsillitis were: oral penicillin for 10 days (33.6%) and s single injection of benzathine penicillin G (19.7%). The antimicrobials prescribed more often by otorhinolaryngologists for treatment were: oral penicillin for 10 days (35.4%) and oral penicillin for 7 days (25.7%). Tonsillectomy was considered the most effective measure for prevention of bacterial pharyngotonsillitis by more than half of pediatricians and otolaryngologists. Repeated pharyngotonsillitis was the main reason for otolaryngologists to indicate tonsillectomy for school-aged children and adolescents (49.3% and 53.4% respectively). CONCLUSIONS: It is necessary to standardize the practices of pediatricians and otolaryngologists regarding diagnosis and treatment of pharyngotonsillitis in children. <![CDATA[<B>Relação do paciente surdo com o médico</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A comunicação não-verbal é importante no atendimento aos pacientes surdos e permite a excelência do cuidar em saúde. OBJETIVO: Analisar os aspectos legais e socioculturais da relação entre o paciente surdo e o médico. MÉTODO: Foram utilizadas as bases de dados informatizados para a coleta de dados, no período de 1996 a 2006, tendo como palavras-chave "paciente", "surdo", "comunicação" e "saúde". Realizou-se também busca não-sistemática em publicações científicas. RESULTADOS: Foram agrupados em duas categorias: a comunicação do paciente surdo com o médico ouvinte que trata das barreiras no atendimento ao paciente surdo e a importância da comunicação não-verbal na assistência à saúde. O surdo, sua língua e a relação médico-paciente que aborda as características da Língua de Sinais, tendo como respaldo constitucional a Lei Federal nº 10.436/02. CONCLUSÃO: Quando os pacientes surdos e os médicos se encontram, se deparam com barreiras comunicativas que comprometem o vínculo a ser estabelecido e a assistência prestada, podendo interferir no diagnóstico e no tratamento. Ficou clara a necessidade de as instituições públicas oportunizarem programas que visem à formação dos profissionais para adequada assistência aos pacientes surdos.<hr/>Non-verbal communication is important when caring for deaf patients, fostering excellence in health care. AIM: an analysis of the legal and sociocultural aspects of the relation between deaf patients and physicians. METHODS: Computerized databases for the period between 1996 and 2006 were used for collecting data; the keywords "patient", "deaf person", "communication" and "health" were used. A non-systematic search was made in scientific publications. RESULTS: These studies were grouped into two categories: communication between deaf patients and physicians, who has to deal with communication barriers when caring for deaf patients, and the importance of non-verbal communication in healthcare. Deaf persons, their language, and their relation with physicians show the importance of sign language, endorsed by the Federal Law 10.436/02. CONCLUSIONS: When deaf patients and physicians meet, they need to overcome communication barriers that may hinder the necessary bond in healthcare and the care that is provided; this may also affect the diagnosis and treatment. It is clear that public institutions should create programs for training healthcare professionals in the appropriate care of deaf patients. <![CDATA[<B>Remodelamento das vias aéreas inferiores e superiores</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100024&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Remodelamento pode ser definido como modelar novamente ou de forma diferente, reconstruir. Trata-se de um aspecto crítico do processo de reparação de lesões em todos os órgãos, representando um evento dinâmico de produção e degradação de matriz, em reação a inflamação, levando à reconstrução normal do tecido ou à formação de um tecido patológico. OBJETIVO E MÉTODO: Comparar os dados existentes em literatura entre o remodelamento de vias aéreas inferiores e superiores. RESULTADO: Asma é uma doença inflamatória crônica associada a remodelamento de vias aéreas. Na rinite alérgica, outra doença inflamatória crônica, o remodelamento é ainda pouco entendido. Apesar de a inflamação ser similar na rinite alérgica e asma, a extensão patológica do remodelamento nasal, assim como sua repercussão clínica, pode ser diferente dos brônquios. CONCLUSÃO: O remodelamento nas vias aéreas superiores ocorre em menor intensidade que nas vias inferiores, mas é aparente que a estrutura da mucosa nasal de pacientes com rinite não é normal.<hr/>Remodeling is defined as modeling again or differently, as reconstructing. Remodeling is a critical aspect of wound repair in all organs; it represents a dynamic process that associates the production and degradation of matrix in reaction to inflammation. This leads to normal reconstruction or a pathologic process. AIM AND METHODS: To compare data in the current literature on upper and lower airways. RESULTS: Asthma is a chronic inflammatory disease associated with abnormal airways remodeling. In allergic rhinitis, another chronic inflammatory disease, remodeling is still poorly understood. Even though inflammation is similar in allergic rhinitis and asthma, the pathologic extent of nasal remodeling, as well as its clinical consequences, might be different from those in bronchi. CONCLUSION: Remodeling occurs less in upper airways compared to lower airways; it is apparent, however, that the structure of the rhinitic nose is not normal. <![CDATA[<B>Infecção por pseudomonas aeruginosa em tumor odontogênico queratocístico</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100025&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Remodelamento pode ser definido como modelar novamente ou de forma diferente, reconstruir. Trata-se de um aspecto crítico do processo de reparação de lesões em todos os órgãos, representando um evento dinâmico de produção e degradação de matriz, em reação a inflamação, levando à reconstrução normal do tecido ou à formação de um tecido patológico. OBJETIVO E MÉTODO: Comparar os dados existentes em literatura entre o remodelamento de vias aéreas inferiores e superiores. RESULTADO: Asma é uma doença inflamatória crônica associada a remodelamento de vias aéreas. Na rinite alérgica, outra doença inflamatória crônica, o remodelamento é ainda pouco entendido. Apesar de a inflamação ser similar na rinite alérgica e asma, a extensão patológica do remodelamento nasal, assim como sua repercussão clínica, pode ser diferente dos brônquios. CONCLUSÃO: O remodelamento nas vias aéreas superiores ocorre em menor intensidade que nas vias inferiores, mas é aparente que a estrutura da mucosa nasal de pacientes com rinite não é normal.<hr/>Remodeling is defined as modeling again or differently, as reconstructing. Remodeling is a critical aspect of wound repair in all organs; it represents a dynamic process that associates the production and degradation of matrix in reaction to inflammation. This leads to normal reconstruction or a pathologic process. AIM AND METHODS: To compare data in the current literature on upper and lower airways. RESULTS: Asthma is a chronic inflammatory disease associated with abnormal airways remodeling. In allergic rhinitis, another chronic inflammatory disease, remodeling is still poorly understood. Even though inflammation is similar in allergic rhinitis and asthma, the pathologic extent of nasal remodeling, as well as its clinical consequences, might be different from those in bronchi. CONCLUSION: Remodeling occurs less in upper airways compared to lower airways; it is apparent, however, that the structure of the rhinitic nose is not normal. <![CDATA[<B>Neurofibroma plexiforme em conduto auditivo de paciente portador de neurofibromatose tipo I</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100026&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Remodelamento pode ser definido como modelar novamente ou de forma diferente, reconstruir. Trata-se de um aspecto crítico do processo de reparação de lesões em todos os órgãos, representando um evento dinâmico de produção e degradação de matriz, em reação a inflamação, levando à reconstrução normal do tecido ou à formação de um tecido patológico. OBJETIVO E MÉTODO: Comparar os dados existentes em literatura entre o remodelamento de vias aéreas inferiores e superiores. RESULTADO: Asma é uma doença inflamatória crônica associada a remodelamento de vias aéreas. Na rinite alérgica, outra doença inflamatória crônica, o remodelamento é ainda pouco entendido. Apesar de a inflamação ser similar na rinite alérgica e asma, a extensão patológica do remodelamento nasal, assim como sua repercussão clínica, pode ser diferente dos brônquios. CONCLUSÃO: O remodelamento nas vias aéreas superiores ocorre em menor intensidade que nas vias inferiores, mas é aparente que a estrutura da mucosa nasal de pacientes com rinite não é normal.<hr/>Remodeling is defined as modeling again or differently, as reconstructing. Remodeling is a critical aspect of wound repair in all organs; it represents a dynamic process that associates the production and degradation of matrix in reaction to inflammation. This leads to normal reconstruction or a pathologic process. AIM AND METHODS: To compare data in the current literature on upper and lower airways. RESULTS: Asthma is a chronic inflammatory disease associated with abnormal airways remodeling. In allergic rhinitis, another chronic inflammatory disease, remodeling is still poorly understood. Even though inflammation is similar in allergic rhinitis and asthma, the pathologic extent of nasal remodeling, as well as its clinical consequences, might be different from those in bronchi. CONCLUSION: Remodeling occurs less in upper airways compared to lower airways; it is apparent, however, that the structure of the rhinitic nose is not normal. <![CDATA[<B>Trombose do seio lateral e abscesso cerebral como complicação de colesteatoma</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100027&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Remodelamento pode ser definido como modelar novamente ou de forma diferente, reconstruir. Trata-se de um aspecto crítico do processo de reparação de lesões em todos os órgãos, representando um evento dinâmico de produção e degradação de matriz, em reação a inflamação, levando à reconstrução normal do tecido ou à formação de um tecido patológico. OBJETIVO E MÉTODO: Comparar os dados existentes em literatura entre o remodelamento de vias aéreas inferiores e superiores. RESULTADO: Asma é uma doença inflamatória crônica associada a remodelamento de vias aéreas. Na rinite alérgica, outra doença inflamatória crônica, o remodelamento é ainda pouco entendido. Apesar de a inflamação ser similar na rinite alérgica e asma, a extensão patológica do remodelamento nasal, assim como sua repercussão clínica, pode ser diferente dos brônquios. CONCLUSÃO: O remodelamento nas vias aéreas superiores ocorre em menor intensidade que nas vias inferiores, mas é aparente que a estrutura da mucosa nasal de pacientes com rinite não é normal.<hr/>Remodeling is defined as modeling again or differently, as reconstructing. Remodeling is a critical aspect of wound repair in all organs; it represents a dynamic process that associates the production and degradation of matrix in reaction to inflammation. This leads to normal reconstruction or a pathologic process. AIM AND METHODS: To compare data in the current literature on upper and lower airways. RESULTS: Asthma is a chronic inflammatory disease associated with abnormal airways remodeling. In allergic rhinitis, another chronic inflammatory disease, remodeling is still poorly understood. Even though inflammation is similar in allergic rhinitis and asthma, the pathologic extent of nasal remodeling, as well as its clinical consequences, might be different from those in bronchi. CONCLUSION: Remodeling occurs less in upper airways compared to lower airways; it is apparent, however, that the structure of the rhinitic nose is not normal. <![CDATA[<B>Schwannoma maligno em pacientes com doença de von Recklinghausen</B>: <B>relato de dois casos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100028&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Remodelamento pode ser definido como modelar novamente ou de forma diferente, reconstruir. Trata-se de um aspecto crítico do processo de reparação de lesões em todos os órgãos, representando um evento dinâmico de produção e degradação de matriz, em reação a inflamação, levando à reconstrução normal do tecido ou à formação de um tecido patológico. OBJETIVO E MÉTODO: Comparar os dados existentes em literatura entre o remodelamento de vias aéreas inferiores e superiores. RESULTADO: Asma é uma doença inflamatória crônica associada a remodelamento de vias aéreas. Na rinite alérgica, outra doença inflamatória crônica, o remodelamento é ainda pouco entendido. Apesar de a inflamação ser similar na rinite alérgica e asma, a extensão patológica do remodelamento nasal, assim como sua repercussão clínica, pode ser diferente dos brônquios. CONCLUSÃO: O remodelamento nas vias aéreas superiores ocorre em menor intensidade que nas vias inferiores, mas é aparente que a estrutura da mucosa nasal de pacientes com rinite não é normal.<hr/>Remodeling is defined as modeling again or differently, as reconstructing. Remodeling is a critical aspect of wound repair in all organs; it represents a dynamic process that associates the production and degradation of matrix in reaction to inflammation. This leads to normal reconstruction or a pathologic process. AIM AND METHODS: To compare data in the current literature on upper and lower airways. RESULTS: Asthma is a chronic inflammatory disease associated with abnormal airways remodeling. In allergic rhinitis, another chronic inflammatory disease, remodeling is still poorly understood. Even though inflammation is similar in allergic rhinitis and asthma, the pathologic extent of nasal remodeling, as well as its clinical consequences, might be different from those in bronchi. CONCLUSION: Remodeling occurs less in upper airways compared to lower airways; it is apparent, however, that the structure of the rhinitic nose is not normal. <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72992009000100029&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt</link> <description/> </item> </channel> </rss> <!--transformed by PHP 01:12:38 29-12-2014-->