Scielo RSS <![CDATA[Revista Ceres]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-737X20140001&lang=pt vol. 61 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Diferenças entre os gêneros na assistência técnica e extensão rural realizada por médicos veterinários</b>: <b>paradigma ou preconceito</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A Medicina Veterinária é profissão relativamente antiga e, mesmo em tempos modernos, em determinados países ou regiões, a profisssional veterinária ainda encontra barreiras ao exercício pleno da profissão, tanto nas atividades de Assistência Técnica como nas de Extensão Rural. Este estudo objetivou verificar se existem diferenças entre os gêneros, no que se refere às atividades de Assistência Técnica e de Extensão Rural, realizadas por médicos veterinários no Estado de Goiás (Brasil) e, em caso de existência, analisar se os resultados podem ser considerados frutos de um paradigma ou de preconceito. O trabalho foi desenvolvido no Estado de Goiás, em 26 municípios, envolvendo 100 propriedades rurais, administradas por indivíduos de diferentes gêneros e perfis. Foram analisados questionários respondidos pelos proprietários, envolvendo cinco temas, compreendendo diferenças entre os gêneros, senso de organização profissional, relacionamento interpessoal, força física e conhecimento técnico. Na visão dos entrevistados, os homens foram considerados como detentores de maior aptidão para as atividades que exigem força física e, as mulheres, para o trabalho que requer maior senso de organização. Para as outras atividades, ambos os profissionais equipararam-se quanto ao seu desempenho, pois a maioria dos entrevistados alegou não ter preferência, em relação aos aspectos gênero, relacionamento interpessoal e conhecimento teórico. Concluiu-se que as diferenças entre os gêneros, nos desempemhos em Assistência Técnica e em Extensão Rural, realizadas por médicos veterinários no Estado de Goiás, foram identificadas quando os aspectos considerados são a força física e o senso de organização. Nos quesitos preferência pelo homem ou pela mulher, relacionamento interpessoal e conhecimento técnico, não houve distinções. Dessa forma, pode-se considerar a existência de um paradigma, não a de um preconceito.<hr/>The Veterinary Medicine is a relatively old profession. In some countries or regions, even in modern times, veterinary women still find obstacles in the profession. This study aimed to evaluate if there are differences between genders in veterinary Technical Assistance as well as in Rural Extension and analyzes whether the results can be considered a paradigm or a prejudice. The research was developed in 100 farms in 26 municipalities in the state of Goias. The farms were administrated by different genders and profiles. A questionnaire was applied to farmers involving five topics: differences between genders, professional organization, interpersonal relationship, physical strength and technical knowledge. In the interviewees' opinion, men were considered to have more ability for tasks which require physical strength; and women were considered to have more ability than men when the task involves organization. Regarding the other topics (interpersonal relationship, technical knowledge and differences between genders) both professionals were equivalent, because the majority of the interviewees claimed not to have preference for gender. Therefore, it was concluded that the differences between genders in Technical Assistance and Rural Extension performed by veterinarians were identified when it comes to physical strength and organization. In topics preference between men or women, interpersonal relationship and technical knowledge, there was not distinction between the genders. Then, the differences between genders can be considered a paradigm and not a prejudice. <![CDATA[<b>Erosividade das chuvas e tempo de recorrência para Lavras, Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A erosividade das chuvas é um dos principais agentes causadores da erosão do solo, no sul de Minas Gerais. Por essa razão, objetivou-se, com este trabalho, aplicar cinco distribuições de probabilidades aos valores de erosividades, mensais e anual, e estimar o tempo de recorrência desses valores, com base na melhor distribuição de probabilidades ajustada para a região de Lavras, MG. A série de precipitações estudada foi de 1961 a 2004 e as distribuições de probabilidades utilizadas foram: Gumbel, Gama, Log-normal 2 e 3 parâmetros e Normal, ajustadas pelo método da Máxima Verossimilhança. Verificou-se que as distribuições Gama e Gumbel produziram o menor número de séries não adequadas, registrando-se apenas uma, para o mês de agosto. As demais distribuições produziram maiores números de séries não adequadas, especialmente, a distribuição Log-normal 2 parâmetros. Sendo assim, recomenda-se, para o cálculo de erosividade, que seja feita uma verificação prévia da melhor distribuição para cada período da série estudada, apesar de os dados apontarem um desempenho considerável da distribuição Gumbel.<hr/>Rainfall erosivity is a major causative agent of soil erosion in the south region of Minas Gerais state, Brazil. Thus, this study aimed to apply five distributions of probabilities to monthly and annual erosivity and estimate the recurrence time of these values with the best distribution of probability adjusted to the region of Lavras, MG. The precipitation series from 1961 to 2004 was used in the study and the distributions of probabilities were Gumbel, Gamma, Log-normal 2 and 3 parameters and Normal. The distributions Gamma and Gumbel produced the smallest number of non-adequate series, with only one recorded for the month of August. The other distributions produced a larger number of nonadequate series, especially, the Log-normal 2 parameters. Thus, it is recommended that for the calculation of erosivity, a previous assessment of the best distribution for each period of the studied series should be done, despite the data pointing out a considerable performance of the Gumbel distribution. <![CDATA[<b>Evapotranspiração real diária em sub-bacias do Paracatu, utilizando produtos do sensor Modis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A evapotranspiração define a perda total de água do sistema solo-planta para a atmosfera. Nas áreas agrícolas, particularmente onde se pratica algum tipo de irrigação, a determinação da evapotranspiração, por via de sensoriamento remoto, vem ganhando cada vez mais importância, pois possibilita identificar a eficiência com que a água tem sido utilizada. Nesse contexto, este trabalho tem o objetivo de determinar a evapotranspiração real diária (ETr diária), com a utilização de produtos do sensor MODIS, nas sub-bacias do Ribeirão Entre Ribeiros e Rio Preto, que ficam entre os Estados de Goiás e Minas Gerais. O SEBAL (Surface Energy Balance Algorithm for Land) foi utilizado para a obtenção da ETr diária em quatro dias diferentes, no período de julho a outubro de 2007. Os resultados encontrados foram compatíveis com os citados em outras literaturas e a comparação entre a evapotranspiração, obtida pelo SEBAL, e a evapotranspiração da cultura (ETc) demonstraram que esse algoritmo pode ser utilizado como boa opção para determinar, com a utilização de produtos do sensor MODIS, a evapotranspiração diária nas condições das sub-bacias do ribeirão Entre Ribeiros e rio Preto.<hr/>Evapotranspiration defines the total loss of water from the soil-plant system to the atmosphere. In agricultural areas, particularly under some form of irrigation, the remote sensing-based determination of evapotranspiration is gaining increasing importance, since it provides a measure of water use efficiency. In this context, this study aimed to estimate the daily actual evapotranspiration (ETr) using MODIS sensor products in the sub-basins of Entre Ribeiros creek and Preto river, between the states of Goiás and Minas Gerais. The Surface Energy Balance Algorithm for Land (SEBAL) was used to obtain the ETr in four different days from July to October, 2007. The results were consistent with other reports in the literature and the comparison between the evapotranspiration by SEBAL and crop evapotranspiration (ETc) showed that this algorithm can be a good option to estimate the daily evapotranspiration using MODIS sensor products in the conditions of the sub-basins of Entre Ribeiros creek and Preto river. <![CDATA[<b>O manejo da copaíba pelas etnias Arara e Gavião na Terra Indígena Igarapé Lourdes, Rondônia, Norte do Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi identificar e avaliar o potencial de produção de óleoresina de Copaifera multijuga Hayne, proveniente de 100 árvores re-exploradas e de 36 manejadas pela primeira vez no ano de 2008, na Terra Indígena Igarapé Lourdes (território das etnias Arara e Gavião), em Rondônia. Para cada árvore, foram medidos o diâmetro à altura do peito (DAP) e a quantidade de óleoresina liberada, e identificados os indivíduos, com base em características dendrológicas. Os resultados indicam que a frequência relativa de árvores produtivas teve padrão semelhante entre as re-exploradas (39%) e aquelas manejadas pela primeira vez (41,6%). A produção variou de 0 a 3,6 L/árvore, com média geral de 0,143 L/árvore, sendo 0,157 L/árvore para re-exploradas e 0,104 L/árvore para manejadas pela primeiras vez. Ao excluir as árvores improdutivas, as re-exploradas tiveram maior rendimento médio (0,403 L/árvore) do que as até então intactas (0,250 L/árvore), mas essas diferenças foram estatisticamente não significativas (t, p = 0,37). Árvores reexploradas têm médias diamétricas superiores (58 cm) e diferem estatisticamente (t, p = 0,001) das manejadas pela primeira vez (46 cm). Houve correlação positiva entre produção e diâmetro, sendo mais significativa para as até então intactas (0,61) do que para as re-exploradas (0,27). Apesar da variabilidade do rendimento, observou-se uma ligeira tendência, da menor liberação de óleoresina entre árvores com os menores DAPs (30 a 40 cm), sendo essa uma possível explicação para a menor produção encontrada para as árvores até então inexploradas.<hr/>The production potential of oleoresin from 100 retapped and 36 first-time tapped trees of Copaifera multijuga Hayne was evaluated inthe Indigenous Land Igarapé Lourdes (territory of Arara and Gavião ethnicities), Rondônia. The diameter at breast height (DBH) and the amount of oleoresin exuded was measured for each tree and the individuals were identified based on dendrological characteristics. The results indicate that relative frequency of yielding trees had similar pattern between retapped (39%) and those tapped for the first time (41.6%). The production ranged from 0 to 3.6 L/tree, with an overall average of 0.143 L/tree, where 0.157 L/tree was recorded for retapped and 0.104 L/tree for virgin trees. By excluding the non-yielding trees, the average yield of retapped trees is increased to 0.403 L/tree, while the virgins increased to 0.250 L/tree, but these differences were not statistically significant (t, p = 0.37). Retapped trees had higher average diameters (58 cm) and are statistically different (T, p = 0.001) from the virgins (46 cm). Positive correlation was found between production and diameter, being more significant for the virgins (0.61) than for the retapped trees (0.27). Despite the yield variability, there was a slight trend of lower oleoresin exudation from smaller DBH (30-40 cm) trees, which is one possible explanation for the lower production of virgin trees. <![CDATA[<b>Crescimento de girassol como flor em vaso em função de doses de paclobutrazol</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O girassol (Helianthus annuus L.), que é comumente cultivado para produção de sementes e óleo, também apresenta potencial de uso como planta ornamental. Entretanto, seu porte elevado dificulta essa utilização, principalmente como flor em vaso. Objetivou-se neste experimento avaliar os efeitos do regulador de crescimento paclobutrazol sobre o crescimento de plantas de girassol em vaso, cultivadas em sistema hidropônico, dentro de estufa, em vasos preenchidos com sílica moída. Os dois genótipos de girassol utilizados foram BRS Oásis, com capítulo marrom e altura média de 1,85 m, e Helio 358, com capítulo amarelo e altura média de 1,45 m. As doses de paclobutrazol avaliadas foram 0; 0,5; 1; 2; 4; e 6 mg L-1 , aplicadas diretamente no substrato de sílica moída. A solução nutritiva utilizada foi a de Hoagland, e as plantas foram mantidas sob aeração constante. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial com cinco repetições, totalizando 60 parcelas. Avaliaram-se a altura das plantas e a massa de matéria seca de raiz, caule, folhas e de capítulos. Houve efeito do paclobutrazol sobre o crescimento das plantas. O uso do paclobutrazol na dose de 2mgL-1 reduz a altura do girassol, porém não afeta a qualidade da inflorescência, o que pode viabilizar o seu uso na produção de flores de girassol como ornamentais. A sensibilidade ao paclobutrazol é maior para o genótipo Helio 358 em relação ao genótipo BRS Oásis.<hr/>Sunflower, besides being an oil seed crop, is also grown as an ornamental plant. However, its great growth in height makes such use difficult, especially as pot flower. This study aimed to evaluate the effects of the growth regulator paclobutrazol on the growth of potted sunflowers in a hydroponic system, in pots filled with milled silica in a greenhouse. Two sunflower genotypes BRS Oásis with brown head and average height of 1,85 m and Helio 358, with yellow head and average height of 1,45 m. The rates of paclobutrazol evaluated were 0; 0.5; 1; 2; 4 and 6 mg L-1, directly applied on the milled silica substrate. The plants were maintained in Hoagland nutrient solution under constant aeration. The experiment was arranged in a factorial complete randomized block , design with five repetitions, totaling 60 plots. The variables evaluated were plant height, dry phytomass of root, stem, leaves and heads. There was no effect of paclobutrazol on plant growth. Paclobutrazol reduced the height of cultivars Helio 358 and BRS Oásis at all rates. Rates higher than 2 mg L-1 and 4 mg L-1 reduced the growth of the genotypes BRS Oásis and Helio 358 respectively. Sensitivity to paclobutrazol is greater for the genotype Helio 358 than forBRS Oásis. <![CDATA[<b>Produtividade de arroz de terras altas em função de reguladores de crescimento</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O uso de irrigação por aspersão e, ou, de níveis elevados de adubação, no arroz de terras altas, pode resultar no aumento da altura de plantas e, consequentemente, em maiores taxas de acamamento. Para resolver esse problema, podem-se utilizar reguladores vegetais, como forma de reduzir a altura da planta. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a eficiência de reguladores vegetais, aplicados no estádio de diferenciação do primórdio da panícula, na redução da altura da planta, e suas consequências nos componentes da produção e da produtividade de grãos do arroz de terras altas, cv. Primavera, irrigado por aspersão. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, dispostos em esquema fatorial 3x4, com quatro repetições. Os tratamentos foram: cloreto de mepiquat e etil-trinexapac, aplicados nas doses 0, 50, 100 e 200 mg i.a. ha-1, e, o paclobutrazol, nas doses 0, 25, 50 e 100 mg i.a. ha-1. Os reguladores vegetais reduzem a altura da planta e o aumento das doses dos reguladores reduziu os valores dos componentes da produção e da produtividade de grãos; o etil-trinexapac foi o regulador mais prejudicial à produtividade do arroz; não foi identificada uma dose adequada de regulador que aliasse à redução da altura das plantas a capacidade de aumentar a produtividade de grãos.<hr/>The use of sprinkler-irrigation and/or high levels of fertilization in upland rice can increase plant height and hence plant lodging. Lodging can be controlled by using growth regulators, in order to reduce plant height. The objective of this study was to evaluate the efficiency of plant growth regulators applied at the stage of panicle primordium differentiation on the reduction of plant height and the impact on grain yield and its components of upland rice cultivar Primavera, under sprinkler irrigation. The experiment was arranged in a 3x4 factorial randomized blocks design with four replications. Treatments consisted of: mepiquat chloride and trinexapac-ethil applied at doses 9, 50, 100, and 200 mg a.i. ha-1, and paclobutrazol at doses of 0, 25, 50, and 100 mg a.i. ha-1. Plant growth regulators reduced rice plant height; increasing doses of regulators reduced upland rice grain yield and its components; trinexapac-ethyl was the most harmful to rice grain yield.In this study, it was not identified the dose of growth regulator that allied reduction in plant height and did not cause decrease in rice yield. <![CDATA[<b>Estudos etiológicos da murcha-do-abacateiro em Antioquia, Colômbia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt El cultivo de aguacate en Colombia ha presentado un incremento en el área sembrada durante la última década, especialmente en clima frío moderado, entre 1.800 y 2.500 msnm. La variedad Hass se destaca por tener la mayor área sembrada en este clima, en el departamento de Antioquia-Colombia. Este cultivo presenta grandes retos tecnológicos para su expansión; entre ellos el manejo de enfermedades ocupa un lugar predominante por las implicaciones que tiene en costos, impacto en la salud, ambiente y restricciones para exportaciones. La marchitez, ocasiona la muerte de numerosos árboles en todas las etapas del cultivo y presenta la mayor incidencia y severidad de las enfermedades identificadas para este cultivo. El desconocimiento de los agentes causales de esta enfermedad, ha llevado a realizar prácticas de manejo encaminadas principalmente al control del oomycete Phytophthora cinnamomi Rands, como único agente causal. Esta investigación tuvo como objetivo identificar los distintos agentes causales de la marchitez del aguacate y la relación de su incidencia con las prácticas de manejo en lotes cultivados en el departamento de Antioquia-Colombia. Los resultados encontrados muestran que la marchitez es el principal problema del cultivo de aguacate. Los microorganismos P. cinnamomi, Phytophthora heveae Thompson, Phytophthora citrícola Sawada, Verticillium sp., y Cylindrocarpon destructans (Zinss) Scholten fueron aislados y reprodujeron los síntomas asociados a marchitez. Las condiciones de bajo contenido de oxigeno el suelo también reprodujeron la sintomatología de marchitez, involucrando también un origen abiótico en la etiología.<hr/>O plantio de abacateiro na Colômbia tem apresentado aumento da área cultivada durante a última década, especialmente em clima frio moderado, com altitudes entre 1.800 e 2.500 m. A variedade Hass destaca-se por apresentar a maior área cultivada nesse clima, no Estado de Antioquia - Colômbia. A cultura do abacateiro apresenta grandes desafios tecnológicos para sua expansão na Colômbia, sendo o manejo das doenças, especialmente da murcha, um dos mais importantes fatores a serem considerados, devido ao impacto nos custos, na saúde, no ambiente e nas restrições para as exportações. O murchamento ocasiona a morte de muitas árvores em todas as etapas do cultivo, e apresenta a maior incidência e severidade em relação a outras doenças para esse tipo de cultivo. O desconhecimento dos fatores que geram essa doença tem levado à realização de práticas de manejo direcionadas principalmente ao controle do oomiceto Phytophthora cinnamomi Rands como único agente causal. Esta pesquisa teve como objetivo principal identificar possíveis agentes causais da murcha-do-abacateiro na Colômbia, bem como correlacionar a incidência da doença às práticas de manejo associadas a essa doença no Estado de Antioquia - Colômbia. Os resultados encontrados mostram que a murcha é o principal problema nos cultivos do abacateiro. Os microorganismos P. cinnamomi, Phytophthora heveae Thompson, Phytophthora citrícola Sawada, Verticillium sp.e Cylindrocarpon destructans (Zinss) Scholte isolados de abacateiros com murcha reproduziram os sintomas associados a essa doença. Deficiências de oxigênio também reproduziram os sintomas da murcha, indicando envolvimento de fatores abióticos na etiologia da murcha-do-abacateiro. <![CDATA[<b>Molibdênio aplicado com glifosato e isolado por via foliar em feijoeiro cultivado sobre palhada de milho no sistema de plantio direto</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The effect of molybdenum (Mo) on common bean grown in desiccated corn stover in a no-tillage system was evaluated under two application modes: Mo mixed with the desiccant glyphosate and Mo direct spray to the bean leaves. The treatments (four replicates) were assigned to a completely randomized block design in a split-plot arrangement with the application of Mo (0, 100, 200, 400 and 800 g ha-1) mixed with glyphosate in the main plots and Mo foliar spray (0 and 100 g ha-1) in the sub-plots. The field experiments were carried out in 2009 and 2010 in the municipality of Coimbra, Minas Gerais State, with the common bean cultivar Ouro Vermelho. Mo mixed with glyphosate had neither an effect on common bean yield nor on the Mo and N contents in leaves, however it increased the Mo and N contents in seeds. Application of Mo via foliar spray increased Mo content in leaves and Mo and N contents in seeds. The reapplication of molybdenum with glyphosate for desiccation in subsequent crops caused a cumulative effect of Mo content in bean seeds.<hr/>O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito da aplicação do molibdênio (Mo), em mistura com dessecante, em feijoeiro cultivado sobre palhada de milho (Zea mays), no sistema de plantio direto. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema de parcelas subdivididas. Nas parcelas, foram aplicadas doses de Mo (0, 100, 200, 400 e 800 g ha-1), juntamente com herbicida dessecante (Glifosato) e, nas subparcelas, duas doses de Mo (0 e 100 g ha-1), por via foliar. O trabalho foi realizado no município de Coimbra, MG, nos anos de 2009 e 2010, utilizando-se o cultivar Ouro Vermelho. A aplicação das doses do molibdênio, em operação de dessecação, com glifosato, em sistema de plantio direto, não influenciou a produtividade de grãos e o teor foliar de molibdênio e de nitrogênio nas plantas de feijão; porém, elevou os teores de molibdênio e de nitrogênio nos grãos do feijoeiro. Os teores de molibdênio nas folhas, bem como os teores de molibdênio e de nitrogênio nos grãos do feijoeiro aumentaram com a aplicação do molibdênio, isolado, por via foliar. A reaplicação do molibdênio, em operação de dessecação com glifosato, na mesma área, em cultivos subsequentes, proporcionou efeito acumulativo no teor de molibdênio nos grãos de feijão. <![CDATA[<b>Divergência genética de subamostras de tomateiro</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Understanding the genetic variability of a species is crucial for the progress of a genetic breeding program and requires characterization and evaluation of germplasm. This study aimed to characterize and evaluate 101 tomato subsamples of the Salad group (fresh market) and two commercial controls, one of the Salad group (cv. Fanny) and another of the Santa Cruz group (cv. Santa Clara). Four experiments were conducted in a randomized block design with three replications and five plants per plot. The joint analysis of variance was performed and characteristics with significant complex interaction between control and experiment were excluded. Subsequently, the multicollinearity diagnostic test was carried out and characteristics that contributed to severe multicollinearity were excluded. The relative importance of each characteristics for genetic divergence was calculated by the Singh's method (Singh, 1981), and the less important ones were excluded according to Garcia (1998). Results showed large genetic divergence among the subsamples for morphological, agronomic and organoleptic characteristics, indicating potential for genetic improvement. The characteristics total soluble solids, mean number of good fruits per plant, endocarp thickness, mean mass of marketable fruit per plant, total acidity, mean number of unmarketable fruit per plant, internode diameter, internode length, main stem thickness and leaf width contributed little to the genetic divergence between the subsamples and may be excluded in future studies.<hr/>Para o avanço de um programa de melhoramento genético é fundamental o conhecimento da variabilidade genética existente na espécie, o que demanda estudos de caracterização e avaliação do germoplasma disponível. Objetivou-se neste estudo a caracterização e avaliação de 101 subamostras de tomateiro do grupo Salada e duas testemunhas comerciais, uma do grupo Salada (cv. Fanny) e outra do grupo Santa Cruz (cv. Santa Clara). Foram realizados quatro experimentos no delineamento em blocos casualizados, com três repetições e cinco plantas por parcelas. Foram realizadas análises de variância conjunta e descartadas as características com interação significativa do tipo complexa entre testemunha e experimento. Posteriormente, foi realizado o diagnóstico de multicolinearidade e descartadas as características que contribuíam para níveis severos de multicolinearidade. A importância relativa de cada característica para divergência genética foi realizada pelo método de Singh (1981), e as de menor importância relativa foram descartadas conforme metodologia de Garcia (1998). Os resultados demonstram grande divergência genética entre as subamostras estudadas para as características morfológicas, agronômicas e organolépticas, indicando potencial para o melhoramento genético. As características sólidos solúveis totais, número médio de frutos bons por planta, espessura do endocarpo, massa média de frutos bons por planta, acidez total, número médio de frutos ruins por planta, diâmetro do entrenó, comprimento do entrenó, espessura do pecíolo principal e largura da folha pouco contribuíram para a divergência genética entre as subamostras, podendo ser descartadas em estudos futuros. <![CDATA[<b>Seleção de linhagens de feijão com alta produtividade de grãos e alta concentração de cálcio e ferro</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Genetic improvement of common bean nutritional quality has advantages in marketing and can contribute to society as a food source. The objective of this study was to evaluate the genetic variability for grain yield, calcium and iron concentrations in grains of inbred common bean lines obtained by different breeding methods. For this, 136 F7 inbred lines were obtained using the Pedigree method and 136 F7 inbred lines were obtained using the Single-Seed Descent (SSD) method. The lines showed genetic variability for grain yield, and concentrations of calcium and iron independently of the method of advancing segregating populations. The Pedigree method allows obtaining a greater number of lines with high grain yield. Selection using the SSD method allows the identification of a larger number of lines with high concentrations of calcium and iron in grains. Weak negative correlations were found between grain yield and calcium concentration (r = -0.0994) and grain yield and iron concentration (r = -0.3926). Several lines show genetic superiority for grain yield and concentrations of calcium and iron in grains and their selection can result in new common bean cultivars with high nutritional quality.<hr/>O melhoramento genético da qualidade nutricional do feijão representa vantagens mercadológicas e contribui para a sociedade em termos de fonte de alimento. O objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade genética para a produtividade de grãos e para a concentração de cálcio e de ferro em grãos de linhagens de feijão obtidas por diferentes métodos de melhoramento. Para tanto, 136 linhagens F7 foram obtidas pelo método Genealógico e 136 linhagens F7 foramobtidas pelo método Descendência de uma Única Semente (SSD). As linhagens de feijão apresentaram variabilidade genética para produtividade de grãos, concentração de cálcio e de ferro em grãos independentemente do método de condução da população segregante. O método Genealógico permitiu obter maior número de linhagens com alta produtividade de grãos. A seleção usando o método SSD possibilitou a identificação de maior número de linhagens com alta concentração de cálcio e de ferro nos grãos. Correlação negativa de baixa magnitude foi observada entre a produtividade de grãos e as concentrações de cálcio (r = -0,0994) e de ferro (r = -0,3926). Várias linhagens apresentam superioridade genética para a produtividade de grãos e para concentrações de cálcio e de ferro nos grãos, e a seleção destas linhagens pode resultar em novas cultivares de feijão com alta qualidade nutricional. <![CDATA[<b>Variabilidade em população base de pimenteiras ornamentais <i>(Capsicum annuum L.)</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi caracterizar progênies de uma população base de pimenteiras (Capsicum annuum L.). Foram utilizadas 54 plantas de uma geração F2 de pimenteiras ornamentais, para se avaliarem os seguintes caracteres morfoagronômicos: altura da planta (AP), diâmetro da copa (DDC), altura da primeira bifurcação (APB), diâmetro do caule (DCL), comprimento da folha (CFL), largura da folha (LFL), comprimento da corola (CDC), comprimento de antera (CANT), comprimento do estilete (CES) e largura da pétala (LAP). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições. Os dados foram submetidos à Análise de Variância, com posterior agrupamento das médias para o teste de Scott-Knott (p<0,01). Com exceção do CANT, verificaram-se diferenças significativas para os demais descritores, pelo Teste F. O DCL foi o descritor com maior herdabilidade (99,49%), seguido de DDC (96,14%) e APB (94,05%). O caractere DCL apresentou maior variabilidade entre as plantas, formando 13 classes, seguido de DDC, com oito e APB, com seis classes. Quando se utilizaram as técnicas multivariadas, foi possível agrupar as 54 plantas em oito grupos, sendo o grupo 1 o que reuniu maior número de plantas (35). A característica que mais contribuiu para a divergência genética foi o diâmetro do caule (68,97%), seguida pelo diâmetro da copa (9,22%), altura da primeira bifurcação (6,76%) e altura da planta (4,58%). Já as características de flor foram as que menos contribuíram para a variabilidade (10,47%). Houve variabilidade entre as plantas estudadas, sendo possível praticar seleção dentro dessa família, dando continuidade ao Programa de Melhoramento de Pimenteiras.<hr/>The objective of this study was to characterize genotypes of a base population of pepper (Capsicum annuum L.). We used 54 plants of a F2 generation of ornamental peppers based on the following morphological characteristics: plant height (PH), canopy width (DDC), first bifurcation height (APB), stem width (DCL), stem length (CFL), leaf length, leaf width (LFL), corolla length (CDC), anther length (CANT), style length (CES) and petal width (LAP). The experimental design was in a completely randomized with three replications. Data were analyzed by ANOVA with subsequent grouping by Scott-Knott criteria (p d" 0.01). Except for CANT, there were significant differences for all the other descriptors by F test (p d" 0.01). LTB is the descriptor with the highest heritability (99.49%), followed by DDC (96.14%) and ABS (94.05%). The trait DCL showed the greatest variability among the plants, forming 13 groups, followed by DDC with 8 and APB with 6 groups. Using multivariate analysis it was possible to separate the 54 plants in eight groups. The group 1 was the largest one with 35 genotypes. The stem width (68.97%), canopy width (9.22%), first bifurcation height (6.76%) and plant height (4.58%) had the highest contribution to the variability. The flower traits had the lowest contribution to the variability (10.47%). The results showed that there was variability among genotypes, and then it is possible to perform selection within this family to continue the breeding program of ornamental pepper. <![CDATA[<b>Cinética da liberação de eletrólitos pelas sementes de <i>Caesalpinia echinata</i> Lam. (pau-brasil) durante a embebição</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The electrical conductivity of leachates from imbibing seeds has been used as a vigor test for several species. The adaptation of this methodology to different species requires knowledge on the leaching kinetics of electrolytes. For Brazilwood seeds, the classic method was not satisfactory and rapid tests are essential because they have low storage capacity at room temperature. Leaching kinetics during seed imbibition is a function of physiological quality, presence or absence of seed coat, imbibing temperature and the initial moisture content of seed. In this study, the electrolyte leaching rate of six different categories of seeds, from two regions, was evaluated in seeds with and without seed coat and incubated with different moisture contents and at different temperatures. The results showed that the electrolyte leaching rate in Brazilwood seeds is independent of the physiological quality, the presence or absence of seed coat and imbibition temperature, but these factors changed the total amount of electrolytes leached. The leaching rate increased in the first few minutes of imbibition, suggesting that the adjustment of the methodology must consider the reduction in imbibition time, reduction in temperature, use of a controlled and slower pre-imbibition, and replacement of the imbibition solution after the first few minutes.<hr/>A condutividade elétrica da solução de embebição de sementes tem sido utilizada como diagnóstico do vigor de sementes de diversas espécies. Os ajustes dessa metodologia para as várias espécies requerem o conhecimento da cinética de liberação desses eletrólitos. Para sementes de pau-brasil, a metodologia clássica não se mostrou adequada e, considerando-se que elas apresentam baixa capacidade de armazenamento em temperatura ambiente, testes rápidos, como o da condutividade elétrica, são essenciais. Para tanto, deve-se conhecer a cinética da liberação de eletrólitos durante a embebição dessas sementes, em função de sua qualidade fisiológica, da presença ou ausência de tegumento, da temperatura de embebição e do teor de água inicial das sementes, que foi o objetivo deste trabalho. Para tanto, seis diferentes categorias de sementes, obtidas de duas regiões, foram analisadas quanto à liberação de eletrólitos, quando se removeu, ou não, o tegumento e, também, quando foram incubadas com diferentes teores de água e em diferentes temperaturas. Os resultados demonstraram que o padrão de liberação de eletrólitos das sementes de pau-brasil independe de sua qualidade fisiológica, da presença ou da ausência do tegumento e da temperatura de embebição, mas esses fatores alteram a quantidade total de eletrólitos liberados. Verificou-se, ainda, que há intensa liberação logo nos primeiros minutos de embebição, sugerindo que o ajuste de metodologia deve considerar a redução ao longo do período de embebição, a redução da temperatura, a utilização de pré-embebição controlada e mais lenta e a troca da solução de embebição, após os primeiros minutos. <![CDATA[<b>Aplicação de extrato etanólico de própolis no crescimento e produtividade do feijoeiro comum</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A própolis é uma substância muito utilizada em várias áreas da ciência, porém, os efeitos da sua aplicação em culturas anuais ainda são desconhecidos. Diante disto, objetivou-se, com este trabalho, verificar o efeito da aplicação de extrato etanólico de própolis (EEP) sobre a severidade da antracnose, o crescimento e a produtividade do feijoeiro carioca, cultivar IPR 139. Foram conduzidos dois experimentos no período de outubro de 2010 a janeiro de 2011. O delineamento experimental dos experimentos foi o de blocos ao acaso, com cinco repetições, realizando-se três aplicações de EEP nas concentrações: 0; 1; 2; 3 e 4%, quinzenalmente, a partir de 25 dias após a emergência (DAE). O EEP foi preparado com 10% de própolis bruta (originária do litoral paranaense) e 90% de álcool, a 96 ºGL. A altura das plantas, o número de folhas e a área foliar não foram alterados. O EEP na concentração de 4% reduziu a severidade da antracnose em até 63%, aumentou os teores foliares de nitrogênio (N), magnésio (Mg), ferro (Fe), a área foliar/folha e produtividade em até 33%. A redução da severidade da antracnose, obtida com a aplicação do EEP, aumentou a produtividade do feijoeiro.<hr/>Propolis is a substance widely used in various areas of science, but the effect of its application on annual crops is still unknown. Thus, our aim was to evaluate the effect of ethanol extract of propolis (EEP) on the severity of anthracnose, growth and productivity of Carioca bean cultivar IPR 139. Two experiments were conducted from October 2010 to January 2011. The experiments were arranged in the randomized block design with five replications: of three applications of EEP at concentrations of 0, 1, 2, 3 and 4%, fortnightly, from 25 days after emergence (DAE). EEP was prepared with 10% crude propolis (originated from the Paraná coast) and 90% alcohol 96º GL. No significant differences were found for plant height, leaf number and leaf area. EEP reduced anthracnose severity in up to 63% at the concentration of 4%, increased foliar nitrogen (N), magnesium (Mg), iron (Fe), mean leaf area and productivity by up to 33%. The decrease in anthracnose severity obtained with EEP application increased grain yield. <![CDATA[<b>Fenologia reprodutiva e caracterização físico-química de abacateiros em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O abacateiro é cultivado em algumas regiões tropicais e subtropicais. Seus frutos podem ser aproveitados de várias formas, utilizados ao natural ou na indústria de cosméticos, além da possibilidade de uso de seu óleo como fonte alternativa de biocombustível. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar as características fenológicas e físicoquímicas das variedades de abacateiros, visando a identificar variedades promissoras para Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. O trabalho foi realizado durante os ciclos reprodutivos de 2008/2009 e 2009/2010. As variedades avaliadas foram: 'Breda', 'Fortuna', 'Fuerte', 'Hass', 'Margarida', 'Ouro Verde' e 'Quintal'. Foram avaliadas as características fenológicas (início das brotações, início da floração, plena floração, final de floração e período de duração da floração, início da frutificação, início e final da colheita e tempo de colheita). As análises físicas e químicas incluíram: diâmetros longitudinal e transversal, percentagens de polpa, casca e caroço em relação à massa total, composição centesimal (lipídeos e umidade). Para as avaliações fenológicas, foram marcadas ao acaso seis plantas de cada variedade. Para as análises físico-químicas, utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado (DIC), com sete tratamentos (variedades), seis repetições, com seis frutos por parcela. Concluiu-se que, em relação à fenologia, todas as variedades floresceram de maneira satisfatória na região estudada. As variedades 'Fortuna', 'Quintal' destacaram-se para o consumo in natura, para o mercado interno, por apresentarem características desejáveis para o consumidor brasileiro. As variedades 'Hass' e 'Fuerte' apresentaram os melhores resultados quanto ao teor de óleo na polpa, destacando-se como as mais promissoras para a extração de óleo.<hr/>The avocado tree is cultivated in tropical and subtropical regions. Avocado fruits can be used in a variety of ways; fresh fruit consumption, in the cosmetic industry and the possibility of using the oil as an alternative source of biofuel. Thus, the objective of this work was to evaluate the phenological and physicochemical characteristics of avocado varieties, aiming .to identify the promising varieties from Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. The work was carried out during the reproductive cycles of 2008/2009 and 2009/2010. The evaluated varieties were: 'Breda', 'Fortuna', 'Fuerte', 'Hass', 'Margarida', 'Ouro Verde' and 'Quintal'. The phenological characteristics (early sprouting, early flowering, full flowering and duration of flowering, early fructification, early and late harvest and harvest time) were evaluated. The physical and chemical characteristics included longitudinal and transverse diameters, percentage of pulp, peel and seed against the total mass and centesimal composition (lipids and moisture). For the phenological characteristics, six plants of each variety were marked randomly. For the physicochemical characteristics, we used a completely randomized design (CRD) with seven treatments (varieties), six replicates with six fruit per plot. In relation to phenology, all the varieties flowered in a satisfactory manner in the investigated region. The varieties 'Fortuna' and 'Quintal' stood out for the fresh consumption for the domestic market for presenting the desirable characteristics for the Brazilian consumers. The varieties 'Hass' and 'Fuerte' presented the best results for oil content in the pulp, standing out as the most promising for oil extraction. <![CDATA[<b>Desempenho da mistura de aveia preta e azevém em função da adubação orgânica e mineral</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Maximizar a eficiência dos sistemas de produção existentes, reduzindo a entrada de insumos externos e dos custos de produção é a lógica da agropecuária moderna. Baseado nisso, objetivou-se, com este trabalho, avaliar a influência das adubações orgânica e mineral no desenvolvimento e produção de massa seca (MS) do consórcio de aveia preta (Avena strigosa Schreb.) com azevém (Lolium multiflorum Lam.). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições, com os seguintes tratamentos: sem adubação; adubação mineral; adubação organomineral (50% mineral e 50% orgânica) e adubação orgânica. O experimento foi instalado em 15 de maio e conduzido até 28 de setembro de 2010. Foram realizadas três avaliações nesse período, por meio de cortes, para estimar a produção de MS e, semanalmente, verificaram-se o número de folhas, de afilhos e o comprimento da parte aérea das plantas de cada espécie. O efeito dos tratamentos sobre as variáveis número de afilhos, número de folhas e comprimento da parte aérea apresentou significância apenas nas primeiras avaliações. A produção de MS da cultura da aveia preta foi maior no primeiro corte, decaindo posteriormente, em função do ciclo precoce da espécie. O azevém teve elevada produção somente no último período, em função da característica de seu ciclo. Somando-se a MS obtida nos três períodos, concluiu-se que o dejeto de produção leiteira proporciona produção semelhante à favorecida pela adubação mineral. O mesmo comportamento foi observado para as características morfogênicas avaliadas, diferindo da testemunha.<hr/>Maximizing the efficiency of existing production systems and reducing the intake of external inputs and production costs is the principle of modern farming and livestock production. In this context, the aim of this study was to evaluate the influence of organic and mineral fertilization on dry mass (DM) development and production of the consortium of black oat (Avena strigosa Schreb.) and ryegrass (Lolium multiflorum Lam.). The experiment was arranged in a randomized block design, with four replications, with the following treatments: without fertilization, mineral fertilization only, organic and mineral fertilization (50% mineral and 50% organic) and organic fertilization only. The experiment was conducted from May 15 to September 28, 2010. Three evaluations were performed in this period, using cuttings to estimate the DM production and recording the number of leaves, tillers and length of aerial part of plants of each species weekly. The effect of the treatments on the number of tillers, number of leaves and length of aerial part was significant only in the first evaluation. DM of black oat was higher in the first cutting and declined thereafter, due to its early cycle. Ryegrass obtained high production only in the last period, because of characteristics of its cycle. The total DM obtained in the three periods indicated that the dairy manure provides production similar to mineral fertilization. The same performance was obtained for the morphogenic characteristics evaluated, which differed from the control. <![CDATA[<b>Produtividade do minimilho em função das adubações nitrogenada e potássica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Há grande carência de informações quanto à adubação com Nitrogênio e Potássio para a produção de minimilho. Quando colhido antes do início da formação de grãos, as quantidades de nutrientes exigidas podem ser diferenciadas. Por essa razão, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a resposta do minimilho às adubações nitrogenada e potássica em solo de textura média na região de Maringá, gerando dados que possibilitam a recomendação da aplicação de doses adequadas desses nutrientes para a cultura, evitando os desperdícios e a contaminação ambiental. Os experimentos foram conduzidos na Fazenda Experimental de Iguatemi, na safra verão 2010/2011 e safrinha 2011. O delineamento experimental para os dois experimentos foi blocos casualizados no esquema fatorial 4 x 4, utilizando-se quatro doses de nitrogênio (N) (0, 50, 75 e 100 kg ha-1) e quatro de potássio (K) (0, 20, 40 e 60 kg ha-1), aplicadas 50% na semeadura e 50% em cobertura no estádio V6 de desenvolvimento. O cultivar de milho-pipoca utilizado foi o IAC 125, híbrido triplo top cross, de ciclo precoce. Para as condições em que foi realizada a pesquisa, o potássio e a interação NK não influenciaram a altura de plantas e o comprimento das espiguetas comerciais na safra verão. A máxima produtividade de minimilho, na safra verão, foi obtida com a aplicação de 64,35 kg ha-1 de nitrogênio, não havendo incremento na produtividade com a aplicação de potássio. Na safrinha, a maior produtividade foi alcançada com a combinação das doses 60,9 e 51,23 kg ha-1 de nitrogênio e potássio, respectivamente.<hr/>There is a lack of information regarding nitrogen and potassium fertilization on the production of baby corn. When ears are collected before grain formation, the amounts of required nutrients can be differentiated. This study evaluated the response of baby corn at different nitrogen and potassium fertilization rates in a medium texture soil in the region of Maringá PR Brazil. Data for adequate nutrient recommendation are produced for the crop, avoiding losses and environmental contamination. The experiment was conducted in the Iguatemi Experimental Farm during the summer harvest of 2010-2011 and the second corn crop of 2011. The experiment was arranged in a 4x4 factorial randomized block design with a, with 4 rates of nitrogen (0, 50, 75 and 100 kg ha-1) and 4 rates of potassium (0, 20, 40 and 60 kg ha-1), with 50% applied at seeding and 50% topdressed at the V6 development stage. The popcorn triple hybrid cultivar IAC 125 was used in the experiment. The results showed that potassium and the interaction NK did not influence plant height and length of commercial ears. Maximum babycorn yield was achieved with 64.35 kg ha-1 of nitrogen. The combination of the rates 60.9 of nitrogen and 51.23 kg ha-1 of potassiumprovided the highest yield in the second corn crop of baby corn. <![CDATA[<b>Carotenoides totais em resíduos do camarão<i> Litopenaeus vannamei</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Considerando-se o possível aproveitamento dos resíduos, provenientes do beneficiamento do camarão, realizouse, neste trabalho, a determinação da concentração de carotenoides totais dos resíduos do camarão Litopenaeus vannamei e da farinha obtida após secagem. As análises foram realizadas nos resíduos in natura e na farinha recémprocessada (dia 0) e aos 60, 120 e 180 dias de armazenamento sob congelamento. Os resíduos frescos apresentaram, no dia 0, teores de 42,74 µg/g de carotenoides totais e, a farinha recém-processada, de 98,51 µg/g. Após 180 dias de armazenamento, sob congelamento, os teores de carotenoides totais diminuíram significativamente, quando comparados com os do dia 0 (p < 0,05).<hr/>Aiming at the utilization of shrimp processing wastes, this study carried out an analysis of total carotenoids in white shrimp (Litopenaeus vannamei) waste and in the dried shrimp waste meal. The analysis of total carotenoids was carried out in fresh wastes and processed flour (day 0) and after 60, 120 and 180 days of frozen storage. The fresh shrimp waste had 42.74µg/g of total carotenoids and the dried meal 98.51µg/g. After 180 days of frozen storage, total carotenoids were significantly lower than day 0 (p < 0,05). <![CDATA[<b>Capacidade de enraizamento de plantas matrizes promissoras de <i>Myrciaria dubia </i>(Kunth) Mc Vaugh em câmara de subirrigação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Camu camu es una fruta nativa de la Amazonía, que llama la atención por el alto contenido de vitamina C (6,116 mg/ 100 g de pulpa), está en proceso de domesticación, por lo cual se está investigando un método de propagación vegetativa que permita avanzar en el proceso de mejoramiento genético. El objetivo de este trabajo fue evaluar la capacidad rizogénica de plantas matrices promisorias de camu camu "Myrciaria dubia (Kunth) McVaugh" según el aumento del número de hojas, mediante la técnica de estacas herbáceas en cámaras de subirrigación. El ensayo fue conducido mediante un Diseño de Bloques Completamente al Azar (DBCA) con arreglo factorial 9Ax3B, con 3 repeticiones y 15 estacas por unidad experimental. El factor A, estuvo constituido por nueve plantas matrices y el factor B: pares de hojas con 3 niveles: 1; 2 y 3 pares. El enraizamiento fue evaluado después de 90 días. Se observó que existió interacción estadística significativa para las variables: porcentaje de enraizamiento, longitud y número de raíces. Para las variables porcentaje de callo y porcentaje de mortalidad se encontró efecto de la planta matriz y pares de hojas. Los resultados muestran que el porcentaje de enraizamiento estuvo influenciado por efectos intrínsecos adherentes a la variabilidad genotípica de las plantas matrices, presentando un alto grado de dispersión, que osciló entre 91,11 % y 0,00 %, mostrando una alta variabilidad y marcada influencia de la planta matriz sobre el proceso de rizogénesis, influyendo de manera altamente significativa en el enraizamiento. Con respecto al área foliar, estacas con 2 y 3 pares de hojas, independiente de la planta matriz, presentaron mayor capacidad de enraizamiento. Con base en estos resultados se concluye que el efecto de la variabilidad genotípica y el área foliar influyen de manera altamente significativa en el proceso de rizogénesis de estacas herbáceas de camu camu.<hr/>O camu-camuzeiro é uma frutífera da Amazônia, que chama à atenção por seu alto teor de vitamina C (6,116 mg/100 g de polpa). Está em processo de domesticação, para o qual está sendo pesquisado um método de propagação vegetativa que permita avançar no melhoramento genético da espécie. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a capacidade rizogênica de plantas matrizes promissoras de camu-camuzeiro "Myrciaria dubia (Kunth) McVaugh", segundo o aumento do número de folhas, mediante a técnica de estaquias herbáceas em câmera de subirrigação. O ensaio foi conduzido em desenho de blocos casualizados (DBC), com arranjo fatorial 9Ax3B, com três repetições e 15 estacas por unidade experimental. O fator A foi constituído por nove plantas matrizes e, o fator B, por pares de folhas, com 3 níveis (1, 2 e 3). O enraizamento foi avaliado após 90 dias. Observou-se a existência de interação significativa para as variáveis percentagem de enraizamento, comprimento e número raízes. Para as variáveis percentagem de estacas calejadas e percentagem de mortalidade, encontraram-se efeitos de planta matriz e de pares de folhas. Os resultados mostram que a percentagem de enraizamento esteve influenciada por efeitos intrínsecos aderentes à variabilidade genotípica das plantas matrizes, apresentando, assim, alto grau de dispersão, que oscilou entre 91,11 e 0,00 %, mostrando alta variabilidade e marcada influência da planta matriz sobre o processo de rizogêneses, influenciando, de maneira altamente significativa, o enraizamento. Com respeito à área foliar, estacas com dois e três pares de folhas, independentemente da planta matriz, apresentaram maior capacidade de enraizamento. Com base nestes resultados, conclui-se que os efeitos da variabilidade genotípica e da área foliar influenciaram de maneira significativa o processo de rizogênese de estacas herbáceas de camu-camuzeiro. <![CDATA[<b>Produtividade e qualidade de frutos de pepino africano em resposta à adubação nitrogenada</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O pepino africano (Cucumis metuliferus) é uma planta nativa do continente africano, com potencial para comércio internacional, destinado tanto ao consumo, na forma de sucos, como ao uso farmacêutico. Todavia, pouco se sabe sobre seu manejo cultural, em nossas condições, sobretudo quanto à adubação nitrogenada. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de doses de nitrogênio sobr e o crescimento da planta, a produtividade e a qualidade de frutos. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, em vasos de 10 L. Constou de seis tratamentos, correspondentes às doses de N de 0, 40, 80, 120, 160 e 200 kg ha-1, distribuídas no delineamento inteiramente casualizado, com 11 repetições. Avaliaram-se: produção de frutos, massas de matéria seca de parte aérea e de raízes e características físicas e químicas de frutos. O número de frutos e a massa de matéria fresca de frutos apresentaram valores máximos estimados de 2,24 frutos/planta e de 516,41 g/planta, respectivamente, com as doses de 122,50 e de 154,44 kg ha-1 de N. A massa média de fruto estimada foi de 240,27 g/fruto, obtida com a dose máxima testada (200 kg ha-1 de N). A massa seca de parte aérea teve máximo estimado de 39,12 g/planta, com a dose de 144,0 kg ha-1 de N. As doses de N não interferiram na qualidade dos frutos. Para o cultivo do pepino africano, sugere-se a dose de 154,44 kg ha-1 de N, que proporciona 2,18 frutos/ planta, com massa média de 237,07 g/fruto, e produtividade estimada de 516,41 g/planta.<hr/>African horned cucumber (Cucumis metuliferus) is native from Africa and has great potential for international trade of both juice consumption and pharmaceutical uses. However, little is known about the crop management in our conditions, particularly in terms of nitrogen fertilization. This study aimed to evaluate the optimal N level for plant growth and fruit yield as well as fruit quality. The experiment was conducted in a greenhouse using 10 L pots. The experimental arrangement was a completely randomized design with six treatments corresponding to the N rates 0, 40, 80, 120, 160, 200 kg ha-1, with 11 replications. The variables evaluated included fruit yield, shoot dry matter, root dry matter and physical and chemical characterization of the fruits. The number of fruits and weight of fresh matter of fruits per plant presented maximum values of 2.24 fruits/plant and 516.41 g/plant, respectively, for the rates of 122.50 and 154.44 kg ha-1 N. The average weight of fruit was estimated at 240.27 g/fruit at the maximum N level tested (200 kg ha-1 N). The highest shoot dry matter was 39.12 g/plant at 144.00 kg ha-1 N. The N levels did not influence the quality of the fruits. For the cultivation of African cucumber, we recommend the rate of 154.44 kg ha-1 N that provides 2.18 fruits/ plant with average mass of 237.07 g/fruit and yield estimated at 516.41 g/plant. <![CDATA[<b>Tolerância do maxixeiro, cultivado em vasos, à salinidade da água de irrigação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2014000100020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O maxixeiro é uma cultura de grande importância nas regiões Norte e Nordeste do Brasil e a sua produção é oriunda, predominantemente, de plantas espontâneas. Em razão disso, são poucas as pesquisas sobre a cultura, principalmente no tocante ao efeito da salinidade. Este trabalho foi desenvolvido na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), em Mossoró, RN, com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes níveis de salinidade da água de irrigação sobre o desenvolvimento e o rendimento do maxixeiro. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos (níveis de salinidade da água de irrigação: S1-0,5; S2-2,0; S3-3,5 e S4-5,0 dS m-1). Foram realizadas cinco colheitas de frutos e, ao final do experimento, as plantas foram coletadas e foram analisadas as principais variáveis de desenvolvimento e de rendimento: comprimento do ramo principal, diâmetro do caule, número de folhas, área foliar, massas de matéria seca de folhas, hastes, frutos e total, número de frutos, massa média de frutos e produção. O maxixeiro apresentou-se como cultura sensível à salinidade. Houve respostas significativas para todas as variáveis avaliadas, as quais apresentaram reduções em seus valores, com o aumento da salinidade.<hr/>Gherkin (Cucumis anguria) is an important crop in the North and Northeast regions of Brazil, and its production is predominantly from spontaneously growing plants. For this reason, little research is done on the crop, especially regarding the effect of salinity. This study was conducted at the Federal Rural University of the Semiarid (UFERSA) in Mossoró, RN, to evaluate the effect of different salinity levels of irrigation water on the development and yield of gherkin. The experiment was arranged in a completely randomized design, with four treatments (salinity levels of irrigation water: S1-0.5, S2-2.0, S3-3.5 and S4-5.0 dS m-1). There were five harvests of fruits and at the end of the experiment the plants were collected and analyzed for major development parameters and yield. We evaluated the following variables: length of the main branch, stem diameter, number of leaves, leaf area, dry mass of leaves, stems, fruits and total fruit number, average fruit weight and yield. The results showed that gherkin is sensitive to salinity. Significant responses were found for all variables that reduced with increasing salinity.