Scielo RSS <![CDATA[Revista Ceres]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-737X20180002&lang=pt vol. 65 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Condições hídricas e crescimento vegetal de culturas agrícolas importantes para comunidades indígenas do semiárido brasileiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200111&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A região semiárida brasileira caracteriza-se pela extrema variabilidade interanual da precipitação pluvial, de tal forma que o conhecimento do início e do fim da estação chuvosa contribui para evitar cultivos de lavouras antieconômicos e consequentes prejuízos. Objetivou-se com este trabalho relacionar as estimativas das condições hídricas com a estação de crescimento e com o desenvolvimento de culturas agrícolas importantes para as comunidades indígenas do semiárido nordestino, considerando-se três distintos cenários climatológicos. As estimativas da evapotranspiração potencial (ETP) mensal, para cada localidade, foram calculadas pelo método de Thornthwaite (1948) e transformadas em médias decendiais. As variáveis distribuição decendial da precipitação, ETP integral e metade da ETP foram utilizadas para caracterização da fase de crescimento do feijão-caupi, da mandioca e do milho, além da determinação dos períodos pré-úmido, úmido e pós-úmido. Na região do semiárido nordestino brasileiro, não é possível traçar um planejamento anual agrícola para cultivos de sequeiro em anos secos. Apenas para a localidade de Banzaê, BA-Quijingue, BA, nos cenários normal e chuvoso, foi possível prever épocas com menor probabilidade de risco para os cultivos, a partir da determinação do início, da duração e do final de cada subperíodo, bem como da estação de crescimento de cada cultura, que são 31/01 a 23/09 e 10/12 a 12/09 para o feijão-caupi, 31/01 a 01/11 e 10/12 a 21/10 para a mandioca, e 31/01 a 03/10 e 10/12 a 22/09 para o milho, na mesma ordem dos cenários de precipitação. Há uma grande variabilidade e irregularidade de períodos de dez dias de precipitação, ao longo do ano, nas localidades estudadas.<hr/>ABSTRACT The Brazilian semiarid region is characterized by extreme interannual rainfall variability, such that knowledge of the beginning and end of the rainy season contributes to avoiding uneconomic crops and consequent losses. The aim of this study was to relate the estimates of water conditions to the growth season and development of major crops for indigenous communities in the semiarid northeast, considering three different climatic scenarios. Monthly estimates of potential evapotranspiration (ETP) for each location were estimated through the method of Thornthwaite (1948) and transformed into 10-day averages. The variables 10-day distribution of precipitation, full ETP, and half ETP were used to characterize the growth phase of cowpea, cassava, and maize, along with the determination of pre-humid, humid, and post-humid periods. The results showed that, in the semiarid northeast region of Brazil, it is not possible to have an agricultural annual planning for rainfed crops in dry years. Only for the location of Banzaê, BA-Quijingue, BA, in normal and rainy scenarios, it was possible to predict times of less probability of crop risk, starting from the determination the onset, duration, and end of each sub-period and the growth of each crop, which are 31/01 to 23/09 and 10/12 to 12/09 for cowpea, 31 / 01 to 01/11 and 10/12 to 21/10 for cassava, and 31/01 to 03/10 and 10/12 to 22/09 for corn, in the same order as the precipitation scenarios. There is great variability and irregularity of periods of 10-day rainfall throughout the year in the locations studied. <![CDATA[Toxidez por alumínio sobre o desenvolvimento inicial de plântulas de yacon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200120&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The increasing consumption of yacon potato has raised worldwide interest in its crop and generated demand for scientific elucidations of several factors associated to its agricultural management. Among the demands, there are the studies related to the effects of aluminum (Al3+) on the development of yacon plants. Thus, this study was developed to evaluate the effects of aluminum on budding and initial growth of yacon plantlets. The experiment was carried out in a completely randomized block design, with three replications and six aluminum contents in the substrate: 0, 10, 25, 50, 100, and 200 mg L-1. The response of yacon plantlets to aluminum contents was evaluated by the emergence time, emergence speed index, number of leaves, plant height, leaf area, radicle length, and dry mass weight of leaves, stems, and radicles. The presence of aluminum in the substrate negatively influences the emergence and initial growth of yacon, causing losses in foliage development (number of leaves and leaf area), in biomass accumulation, growth and, especially, restricting the development of radicles. Aluminum toxicity fully inhibits radicle growth in substrate contents above 83 mg L-1, under the controlled conditions used in this experiment.<hr/>RESUMO O crescente consumo de batata yacon tem despertado interesse mundial pela cultura, o que tem gerado demanda por elucidações científicas de diversos fatores associados ao seu manejo agrícola. Entre as demandas, estão os estudos realacionados aos efeitos efeitos do alumínio (Al3 +) sobre o desenvolvimento de plantas yacon. Assim, este estudo foi desenvolvido para avaliar os efeitos do alumínio sobre a brotação e o crescimento inicial de mudas de yacon. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições e seis teores de de alumínio no substrato: 0, 10, 25, 50, 100 e 200 mg L-1. O comportamento das plântulas de yacon foi avaliado pelo tempo e índice de velocidade de emergência, número de folhas, altura, área foliar, comprimento da radícula e massa seca de folhas, hastes e radículas. A presença de alumínio no substrato influencia negativamente a emergência e o crescimento inicial da yacon, causando redução no desenvolvimento foliar (número de folhas e área foliar), no acúmulo de biomassa, crescimento e restringindo, especialmente, o desenvolvimento da radícula. A toxicidade do alumínio inibe completamente o crescimento radicular em concentrações acima de 83 mg L-1, nas condições controladas usadas neste experimento. <![CDATA[Influence of the limitation of axillary bud growth on grain and oil yield of castor bean hybrids]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200127&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Redução no ciclo e uniformidade na maturação de frutos são características desejadas para a colheita mecanizada da cultura da mamona. O objetivo do presente trabalho foi estudar o efeito da limitação do crescimento secundário sobre o crescimento e os parâmetros produtivos da mamona. O experimento de campo foi conduzido entre fevereiro e maio de 2012, em delineamento experimental de blocos casualizados e esquema fatorial 2x2, com quatro repetições. Dois híbridos de mamona (Híbrido 12 e Híbrido 18) foram cultivados em duas formas de condução: (i) plantas sem nenhuma limitação ao crescimento e (ii) plantas com limitação do crescimento secundário do caule (poda e desbaste). A limitação do crescimento secundário das plantas resultou em maior partição de assimilados para o racemo primário das plantas, promovendo maior número e massa de grãos. Como resultado, plantas com apenas o racemo primário apresentaram produtividade de grãos equivalente a plantas que cresceram sem limitações. A produtividade de óleo em plantas com apenas o racemo primário foi equivalente a plantas testemunha para o Híbrido 12 e superiores para o Híbrido 18, com a vantagem da obtenção de plantas com maturação uniforme.<hr/>ABSTRACT Cycle reduction and uniform fruit maturation are desired characteristics for a mechanical harvest of castor bean crop. The objective of this research was to study the effect of secondary growth limitation on growth and production parameters of castor bean plants. A field experiment was conducted between February and May 2012 in a randomized block design in a factorial scheme 2 × 2, with four replications. Two castor bean hybrids (Hybrid 12 and Hybrid 18) were grown in two cultivation systems: (i) plants without growth limitation and (ii) plants with secondary stem growth limitation (thinning with pruning). Removal of secondary stems resulted in higher partitioning of assimilates to the primary raceme, promoting higher number and dry weight of grains. As a result, plants with only the primary raceme presented grain yield equivalent to plants without growth limitation. Oil yield of plants with only the primary raceme was equivalent to the control for the Hybrid 12 and higher for the Hybrid 18, with advantage of uniform maturation for these plants. <![CDATA[Water relations, photosynthetic capacity, and growth in passion fruit (<em>Passiflora edulis</em> Sims f. <em>flavicarpa</em> Deg.): seedlings and grafted plants]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200135&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A utilização da técnica de enxertia em maracujazeiros tem sido uma estratégia promissora para o desenvolvimento de cultivares tradicionais de maracujazeiros que, por sua vez, apresentam raízes suscetíveis a vários patógenos do solo. Contudo, não se conhece o efeito desta técnica sobre as trocas gasosas, as relações hídricas e a eficiência fotoquímica em plantas desta espécie. O objetivo deste trabalho foi estudar a capacidade fotossintética, as relações hídricas e o crescimento de maracujazeiros propagados por semente (PPS) e propagados por enxertia (PPG), submetidos à limitação da disponibilidade de água no solo. O presente estudo foi realizado em casa de vegetação, utilizando mudas de Passiflora edulis f. flavicarpa e mudas enxertadas [Passiflora edulis f. flavicarpa (enxerto) e Passiflora mucronata (porta-enxerto)] cultivadas em potes de 3,5 dm3. Aos 37 dias após o transplantio (DAT), foi suspensa a irrigação em metade das plantas propagadas por sementes (PPSDS, plantas propagadas por sementes em condições de deficiência hídrica) e em metade das plantas propagadas por enxertia (PPGDS, plantas propagadas por enxertia em condições de deficiência hídrica). Em um outro grupo de plantas, o solo foi mantido na capacidade de campo. As trocas gasosas, a emissão da fluorescência da clorofila, a estimativa do teor de clorofilas e os potenciais hídricos foliar e do solo foram determinadas durante o experimento. Nas plantas PPSDS e PPGDS, a restrição hídrica reduziu os valores da condutância estomática, o rendimento quântico incidente (Φi) e a massa seca da raiz em relação aos respectivos controles mantidos irrigados (PPS e PPG). Tanto para as PPSDS e PPGDS, até os valores de -50 kPa de potencial hídrico do solo, houve redução da taxa fotossintética em 50%, sem haver redução do potencial hídrico foliar. Em relação às plantas enxertadas, as plantas propagadas por semente apresentaram maiores valores das medidas biométricas, tanto cultivadas na condição de capacidade de campo, como cultivadas na condição de limitação de água no substrato. A técnica de enxertia não comprometeu o estado hídrico, a emissão da fluorescência e as trocas gasosas.<hr/>ABSTRACT Grafting has been used in passion fruit as a promising strategy for the improvement of traditional cultivars, which have roots susceptible to several soil pathogens. However, the effect of grafting on gas exchange, water relations, and photochemical efficiency in passion fruit is still not understood. The objective of this study was to evaluate the photosynthetic capacity, water relations, and the growth of seed-propagated (PPS) and grafted (PPG) passion fruit under drought stress. Ungrafted seedlings of Passiflora edulis f. flavicarpa and seedlings of Passiflora edulis f. flavicarpa (scion) grafted onto Passiflora mucronata (rootstock) were cultivated in a greenhouse in 3.5-dm3 pots. At 37 days after transplanting (DAT), one-half of the seed-propagated plants had the watering suspended (PPSDS, plant propagated by seed under drought stress) as well as one-half of the grafted plants (PPGDS, plant propagated by grafting under drought stress). Another group of plants was kept in soil at field capacity. Gas exchanges, chlorophyll fluorescence emission, chlorophyll content, and leaf and soil water potentials were determined during the experiment. Drought-stressed plants (PPSDS and PPGDS) reduced the stomatal conductance, incident quantum yield (Φi), and root dry mass in relation to the respective watered controls (PPS and PPG). Up to -50 kPa of soil water potential, both PPSDS and PPGDS reduced the photosynthetic rate by 50%, without reducing leaf water potential. The seed-propagated plants showed higher growth characteristics than the grafted plants in both conditions, at the field capacity and in the substrate with water limitation. Grafting showed no effect on water status, fluorescence emission, and gas exchange. <![CDATA[Alternância de produção de cultivares de macieira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200144&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Biennial bearing is the process in fruit trees by which one year of high fruit load is followed by a very low load or no production the next year. In apple growing, this is a troublesome problem, because of the negative effect on crop yield accumulated over the years, fruit quality, and plant physiology. The objective of this study was to evaluate the biennial bearing of nine apple cultivars, grafted on two rootstocks using of the biennial bearing index (BBI). The indices were calculated for the scion cultivars Maxi-Gala, Gala Real, Royal Gala, Fuji Select, Fuji Suprema, Mishima, Daiane, and Cripps Pink based on the yields from the harvests from 2008 to 2013. The apple cultivars exhibited no significant alternate production, considering the range of variation of the index. For the M-9 rootstock, cv. Fuji Suprema showed the highest BBI. For Marubakaido/M-9, Baigent, Mishima, Fuji Select, and Maxi-Gala showed the highest indices. There was no correlation between the biennial bearing index and the stem cross section of the scion cultivars, regardless of the rootstock used.<hr/>RESUMO A alternância de produção caracteriza-se por um ano de elevada carga de frutos, seguido de outro ano com produção muito baixa ou nula. Na cultura da macieira é um problema indesejável, devido ao efeito negativo sobre a produtividade acumulada ao longo dos anos, qualidade da fruta e fisiologia da planta. O objetivo do trabalho foi avaliar a alternância de produção de nove cultivares de macieira, enxertadas sobre dois porta-enxertos, por meio da aplicação do índice de alternância de produção (IAP). A partir das produtividades observadas nas safras 2008 a 2013, foram calculados os IAP para as cultivares Baigent, Maxi-Gala, Gala Real, Royal Gala, Fuji Select, Fuji Suprema, Mishima, Daiane e Cripps Pink. As cultivares de macieira não apresentaram forte alternância de produção, considerando a amplitude de variação do índice utilizado. No porta-enxerto M-9, a cultivar Fuji Suprema exibiu IAP maior que as demais cultivares. No Marubakaido/M-9, os maiores índices foram apresentados por 'Baigent', 'Mishima', 'Fuji Select' e 'Maxi-Gala'. Não houve correlação entre o índice de alternância de produção e a área transversal do caule das cultivares, independentemente do porta-enxerto utilizado. <![CDATA[Desenvolvimento, produção e qualidade de tomate 'Chonto' enxertado em acessões de tomate cereja]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200150&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Currently, tomato is one of the most cultivated crops worldwide, with the highest economic value, increasing its demand and, thus, its expansion, production, and trade. The tomato crop is susceptible to attack of pathogens with devastating consequences on the decline in yields from 50 to 100%. For this reason, new production methods are proposed such as grafting in wild rootstocks, which have high genetic variability and genes responsible for resistance to fungi, bacteria, viruses, and nematodes. The aim of this study was to evaluate the effect of grafting commercial tomato cultivars onto cherry tomato genotypes on yield and fruit quality. The experiment was arranged in a completely randomized design with four replications. The experimental unit consisted of four plants. spaced at 0.9 m between rows (channels), 0.30 m between double rows, and 0.4 m between plants. The treatments consisted of the combination of the following factors: three promising rootstocks (IAC391, IAC426, and LA2076), two commercial scions (Calima and Torrano), two grafting methods (cleft and splice), and two ungrafted commercial controls. Yield components, soluble solids content, percentage of fruit quality, and average fruit weight were evaluated. IAC391 was the most promising rootstock, reaching productions similar to those of the controls. The cleft grafting method, reached a success rate of 98.3%. The commercial scion Torrano stood out for achieving the highest yields.<hr/>RESUMO Atualmente, o tomate é uma das culturas mais cultivadas no mundo, com o maior valor econômico, aumentando sua demanda e, assim, sua expansão, produção e comercialização. A cultura do tomate é suscetível ao ataque de patógenos com consequências devastadoras no declínio da produtividade de 50 para 100%. Por esta razão, novos métodos de produção são propostos, como o uso de porta-enxertos selvagens, que possuem alta variabilidade genética e genes responsáveis pela resistência a fungos, bactérias, vírus e nematoides. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do enxerto de cultivares comerciais de tomateiro sobre genótipos de tomateiro em produtividade e qualidade de frutos. O experimento foi organizado em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. A unidade experimental consistiu em quatro plantas, espaçadas a 0,9 m entre linhas (canais), 0,30 m entre linhas duplas e 0,4 m entre plantas. Os tratamentos consistiram da combinação dos seguintes fatores: três porta-enxertos promissores (IAC391, IAC426 e LA2076), dois enxertos comerciais (Calima e Torrano), dois métodos de enxertia (fenda e inglês simples) e dois controles comerciais não enxertados. Os componentes de rendimento, teor de sólidos solúveis, porcentagem de qualidade dos frutos e peso médio dos frutos foram avaliados. O IAC391 foi o porta-enxerto mais promissor, alcançando produções semelhantes às dos controles. O método de enxertia de fenda atingiu uma taxa de sucesso de 98,3%. O enxerto comercial Torrano se destacou por alcançar os maiores rendimentos. <![CDATA[Enriquecimento mineral de cenouras com diferentes fontes e doses de zinco]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200158&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Zinc (Zn) deficiency in soil and plants and its low nutritional status in the population encourage studies on enrichment of agricultural products. Carrot has potential to enrichment because it is a commonly consumed vegetable. The objective of this study was to evaluate Zn sources (ZnO, ZnSO4, or ZnEDTA) and doses (0, 5, 10, 20, and 30 mg dm-3) applied to the soil to increase the concentration of this mineral in the carrot edible part. Zinc sulfate was the most suitable source for this role because it had a higher accumulation with the increase of treatment dose. The best dose was 19.45 mg dm-3 of ZnSO4, which resulted the highest content of Zn in carrots. Moreover, this treatment increased Zn in the root by seven times compared with the control. The low production cost of Zn enrichment of carrots makes them a potential vegetable for the deficiency reduction of this micronutrient in the population nutrition.<hr/>RESUMO A deficiência de zinco (Zn) no solo e plantas e seu baixo estado nutricional na população estimulam estudos sobre enriquecimento de produtos agrícolas. A cenoura tem potencial para o enriquecimento, pois é um vegetal comumente consumido. O objetivo deste estudo foi avaliar as fontes de Zn (ZnO, ZnSO4 ou ZnEDTA) e a dose (0, 5, 10, 20 and 30 mg dm-3) aplicadas no solo a fim de aumentar a concentração do mineral na parte comestível da cenoura. ZnSO4 foi mais adequado para esse papel, porque apresentou maior acúmulo com o aumento da dose de tratamento. A melhor dose foi 19.45 mg dm-3 de ZnSO4, a qual apresentou maior teor de Zn nas cenouras. Além disso, este tratamento aumentou o teor de Zn na raiz em 7 vezes comparado com o controle. O baixo custo da produção de cenouras enriquecidas com Zn as torna uma hortaliça potencial para a redução da deficiência deste micronutriente na nutrição populacional. <![CDATA[<strong>Efeito do Glifosato no cultivo in vitro de <em>Cattleya nobilior</em> Rchb. F</strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200165&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Dentre as técnicas utilizadas pela biotecnologia para multiplicação de mudas de orquídea, o cultivo in vitro destaca-se pelo elevado potencial de produção de novas plântulas. A presença de algumas substâncias químicas utilizadas no meio de cultura, dependendo da concentração, pode favorecer ou não o crescimento e o desenvolvimento da planta. Diante do exposto, objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito do glifosato no cultivo in vitro da orquídea Cattleya nobilior Rchb. F. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com seis tratamentos e dez repetições. Os tratamentos foram constituídos de seis concentrações de glifosato (0,0; 8,5; 17,0; 25,5; 34,0 e 42,5 mg L-1 e.a.), acrescidas ao meio de cultura MS modificado, com metade das concentrações de macronutrientes. As plântulas submetidas às diferentes concentrações de glifosato foram obtidas de sementes germinadas in vitro. As avaliações de comprimento e de biomassas secas de parte aérea e de raízes, de número de folhas, de comprimento da folha, de largura da folha, do número de brotos dos teores de clorofilas a, b e de carotenoides foram realizadas 200 dias após o transplantio das plântulas. Dentre os componentes fitométricos analisados, apenas o comprimento, a biomassa seca de raízes e o teor de carotenoides diminuíram com o incremento das doses do herbicida glifosato. Baixas concentrações de glifosato adicionadas ao meio de cultura resultam em efeito hormese, com aumento do crescimento da parte aérea de Cattleya nobilior Rchb. F.<hr/>ABSTRACT Among the techniques used by biotechnology for multiplication of orchid seedlings, the in vitro cultivation stands out due to the high production potential of new seedlings. The presence of some chemical substances used in the culture medium, depending on the concentration, may or may not favor the growth and development of the plant. Therefore, the objective of this work was to evaluate the effect of glyphosate on the in vitro cultivation of the orchid Cattleya nobilior Rchb. F. The experimental design was completely randomized, with six treatments and ten replications. The treatments consisted of six concentrations of glyphosate (0.0, 8.5, 17.0, 25.5, 34.0, and 42.5 mg L-1 a.i.), added to the modified MS culture medium with half the concentrations of macronutrients. Seedlings subjected to different glyphosate concentrations were obtained from seeds germinated in vitro. The length and dry biomass measurements of the shoot and root, number of leaves, leaf length, leaf width, number of shoots, chlorophyll a, b, and carotenoid contents were performed 200 days after transplanting of the seedlings. Among the phytometric components analyzed, only the length and dry biomass of root and the carotenoid content decreased with increasing doses of the glyphosate herbicide. Low concentrations of glyphosate added to the culture medium result in hormese effect, with increased growth of Cattleya nobilior Rchb. F. shoot. <![CDATA[Produção de forragem em sistemas forrageiros de capim elefante consorciados com trevo vesiculoso ou amendoim forrageiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200174&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Most dairy production systems are pasture-based, usually consisting of sole grass species. This system facilitates pasture management, but results in high production costs, mainly because of nitrogen fertilizers. An alternative to making forage systems more sustainable is to introduce legumes into the pasture. Mixed pastures allow better forage distribution over time and reduce fertilization costs. Thus, the objective of this study was to evaluate, throughout the year, three forage systems (FS): FS1 (control) - elephant grass (EG), ryegrass (RG), and spontaneous species (SS); FS2 - EG + RG + SS + arrowleaf clover; and FS3 - EG + RG + SS + forage peanut. Elephant grass was planted in rows spaced 4 m apart. Ryegrass was sown between the EG lines, in the winter. Arrowleaf clover was sown according to the respective treatments and forage peanut was preserved. Evaluation was carried out using Holstein cows. The experiment was arranged in a completely randomized design, with three treatments (FS), and three repetitions (paddocks) with repeated measurements (grazing cycles). Forage mass ​​achieved 3.46, 3.80, and 3.91 t ha-1 for the treatments FS1, FS2 and FS3, respectively. The forage systems intercropped with legumes produced the best results.<hr/>RESUMO Os sistemas de produção leiteira, em sua maioria, utilizam as pastagens como base da alimentação dos animais, geralmente, constituídas apenas por gramíneas. Essa prática simplifica o manejo dos pastos, contudo, implica em custos elevados de produção, notadamente pelo uso de adubos nitrogenados. Uma alternativa para tornar os sistemas forrageiros mais sustentáveis é a introdução de leguminosas, possibilitando melhor distribuição de forragem no decorrer do tempo, além de reduzir custos com adubação. Assim, o objetivo desta pesquisa foi avaliar, ao longo do ano, três sistemas forrageiros (SF) com capim elefante (CE), azevém (AZ), espécies de crescimento espontâneo (ECE), como SF1(testemunha); CE + AZ + ECE + trevo vesiculoso, como SF2; e CE + AZ + ECE + amendoim forrageiro, como SF3. O capim elefante foi estabelecido em linhas afastadas a cada 4 m. No período hibernal realizou-se a semeadura do azevém entre as linhas de CE; e considerando os respectivos tratamentos o trevo vesiculoso foi semeado e o amendoim forrageiro foi preservado. Para avaliação foram usadas vacas da raça Holandesa. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com três tratamentos (SF), três repetições (piquetes) com medidas repetidas (pastejos). Os valores de massa de forragem foram de 3,46; 3,80 e 3,91 t ha-1, respectivamente para os tratamentos SF1, SF2 e SF3. Melhores resultados foram obtidos nos sistemas forrageiros consorciados com leguminosas. <![CDATA[Adubação fosfatada no feijoeiro cultivado sob palhada de Brachiaria brizantha cv. Marandu]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200181&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The application of phosphate fertilizer is indispensable for the achievement of sustainable bean production, and P is necessary practically in the entire cycle. Thus, cultural management alternatives have been used in the best use of this nutrient, among them the use of Brachiaria as cover crop. The objective of this research was to evaluate the dynamics of phosphorus in the soil with and without the presence of Brachiaria brizantha cv. Marandú as cover crop, and the bean response to phosphorus fertilization. We used a randomized block design with a split plot arrangement; the plots were composed of P2O5 doses (0, 50, 100, 200, and 400 kg ha-1) via triple superphosphate; and the subplots were composed of the presence and absence of Brachiaria as previous cover crop cultivation of beans. Soil samples were taken at 15 and 30 days after sowing (DAS) bean. In the samples, phosphorus fractionation in soil was carried out by the Hedley technique. Phosphorus content was evaluated in the leaf and grain yield of bean plants. The phosphorus fertilization and cultivation of Brachiaria brizantha cv. Marandú as cover crop provided changes in the levels of labile P of soil at 15 and 30 DAS bean, and labile P of soil only at 15 DAS bean. The presence of B. brizantha cv. Marandú as cover crop increases the P content in the bean leaf with consequent grain yield gain of 18%.<hr/>RESUMO A aplicação de fertilizante fosfatado é indispensável para obtenção de produções sustentáveis de feijão, sendo o fósforo (P) necessário praticamente em todo seu ciclo. Por essa razão, alternativas de manejo da cultura estão sendo utilizadas, visando ao melhor aproveitamento desse nutriente, dentre elas, o uso da braquiária como planta de cobertura. Objetivou-se, com esta pesquisa, avaliar a dinâmica do fósforo no solo, com e sem a presença de Brachiaria brizantha cv. Marandu como planta de cobertura, bem como avaliar a resposta do feijoeiro à adubação fosfatada. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, com arranjo de parcelas subdivididas; as parcelas foram compostas por doses de P2O5 (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1), por via do superfosfato triplo, e as subparcelas foram compostas por presença e ausência de braquiária como planta de cobertura, anteriormente ao cultivo do feijoeiro. Foram obtidas amostras de solo, aos 15 e 30 dias após a semeadura do feijoeiro. Nas amostras coletadas, efetuou-se o fracionamento de fósforo no solo, pela técnica de Hedley. Nas plantas de feijoeiro, avaliaram-se o teor de fósforo na folha e a produtividade de grãos. A adubação fosfatada e o cultivo de Brachiaria brizantha cv. Marandu como planta de cobertura proporcionam aumentos dos teores de P-lábil do solo, aos 15 e 30 DAS do feijoeiro, e de P-plábil (P pouco lábil) do solo somente aos 15 DAS do feijoeiro. A presença da Brachiaria brizantha cv. Marandu, como planta de cobertura, aumenta os teores de P da folha do feijoeiro, com consequente ganho de 18% na produtividade de grãos. <![CDATA[Associação de fosfatos e inoculação com <em>Bacillus subtilis</em> e seu efeito no crescimento e desempenho produtivo do feijoeiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200189&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O feijoeiro é uma cultura responsiva à aplicação de fósforo (P) e estudos são necessários para identificar manejos de fornecimento que minimizem a dependência de fosfatos solúveis, os quais têm uma obtenção onerosa e baixo efeito residual. O objetivo do estudo foi avaliar o crescimento e o desempenho produtivo do feijoeiro em resposta à aplicação isolada ou associada de fontes naturais e solúvel de fósforo, na presença e ausência de inoculação com Bacillus subtilis. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando um Latossolo Vermelho com teor inicial de P de 6,61 mg dm-3. O delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6x2, estudando-se as seguintes fontes de fósforo, na dose equivalente a 120 kg P2O5 ha-1: superfosfato triplo (SFT, solúvel), Itafós (ITA, natural não reativo), Gafsa (GAF, natural reativo), SFT + ITA, SFT + GAF e um controle (sem adubação com P); com e sem inoculação com B. subtilis (109 células mL-1) e quatro repetições. Melhores resultados de crescimento da parte aérea e raízes, além do desempenho produtivo, foram obtidos com o uso do SFT, isolado ou combinado com ITA e GAF. Para a fonte solúvel, a inoculação com B. subtilis também promoveu maior crescimento, porém não influenciou a produtividade de grãos, que foi incrementada em função da inoculação apenas quando se utiliza a fonte ITA isoladamente.<hr/>ABSTRACT The common bean crop is responsive to phosphorus (P) fertilization, and studies are needed to identify supply managements that minimize the dependency of soluble phosphates, which are costly and have low residual effect. The aim of the study was to evaluate the growth and productive performance of the common bean crop as affected by sole or associated applications of soluble and rock phosphates, in the presence and absence of Bacillus subtilis inoculation. The experiment was carried out in pots in a greenhouse, using a Red Latosol with an initial concentration of 6.61 mg P dm-3. The experimental design was completely randomized in a factorial scheme 6 × 2, in which the sources of phosphorus were studied, at a dose equivalent to 120 kg P2O5 ha-1: ‘triple superphosphate’ (TSP, soluble), ‘Itafós’ (ITA, rock), ‘Gafsa’ (GAF, rock), TSP + ITA, TSP + GAF, and one control (no P fertilizer) - with and without inoculation of Bacillus subtilis and four replications. Better results for shoot and root growth, besides productive performance, were obtained with the application of TSP, solely or combined with ITA and GAF. For the soluble source, the inoculation with B. subtilis also promoted higher growth, although not influencing the grain yield, which was only increased by inoculation when ITA was solely used. <![CDATA[Adsorção de fósforo após a drenagem de dois solos alagados]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200196&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Lowland soils, seasonally flooded for rice cultivation, feature alternate oxidation and reduction conditions, which determine intense modifications in the soil mineral solid phase and in the dynamics of highly reactive elements, such as phosphorus. This study aimed to evaluate the effect of drainage of two lowland soils (Albaqualf and Argiaquoll) after a flooding period on the maximum phosphorus adsorption capacity (MPAC). The experiment was conducted in a greenhouse, and the system factor was composed of two levels: 1) flooded soil for 63 days, followed by drainage, and then humidity remained at 16% for 184 days; 2) soil moisture maintained at 16% throughout the trial period. After drainage, soil samples were collected at 0, 36, 96 and, 184 days for MPAC determination, which was performed by the adjustment of adsorption isotherms according to the Langmuir model. The behavior of MPAC after soil drainage was different for both soil classes evaluated. An immediate reduction of maximum phosphorus adsorption capacity was seen after drainage in the case of Albaqualf, while for Argiaquoll, there was a tendency to maintain higher values of MPAC after drainage, with subsequent reduction. Soil drainage after a flooding period increases de maximum phosphorus adsorption capacity, and this effect remains for approximately 163 days in Argiaquoll and 121 days in Albaqualf soils.<hr/>RESUMO Os solos de várzea, sazonalmente alagados para o cultivo do arroz, apresentam alternância nas condições de oxidação e redução, que determinam modificações intensas na fase sólida mineral do solo e na dinâmica de elementos reativos, como o fósforo. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da drenagem de dois solos de várzea, (Planossolo Háplico e Chernossolo Ebânico), após período de alagamento sobre a capacidade máxima de adsorção de fósforo (CMAP). O experimento foi conduzido em casa de vegetação, o fator sistema foi composto por dois níveis: 1) solos alagados por 63 dias seguido de drenagem e após manteve-se a umidade em 16% Ug por 184 dias; 2) solos mantidos com umidade de 16% Ug durante todo o período do experimento. Após a drenagem foram feitas coletas de solo nos tempos zero, 36, 66, 96 e 184 dias para determinação da CMAP. A determinação da CMAP foi feita por meio do ajuste de isotermas de adsorção segundo o modelo de Langmuir. O comportamento da CMAP após a drenagem do solo foi diferente para as duas classes de solo avaliadas. O Planossolo demonstrou tendência de redução imediata da CMAP após a drenagem do solo, no caso do Chernossolo, houve tendência de manutenção de valores elevados da CMAP logo após a drenagem, com posterior início da redução. A drenagem dos solos após período de alagamento aumenta a capacidade máxima de adsorção de fósforo, sendo que este efeito perdura por 163 dias para o Chernossolo e 121 dias para o Planossolo. <![CDATA[Modelos para predição da área foliar individual de leguminosas forrageiras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200204&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Leaf area is an essential variable for the quantification of other important leaf characteristics in physiological studies of plants, such as normalized photosynthetic rate and normalized phosphorus content. That is one of the reasons for the need of fast and accurate methods to estimate leaf area. The objective of this work was to fit linear or non-linear regression models to predict the individual leaf area of ​​six species of forage legumes, based on digital images analyzed with the package LeafArea, R software. In a field experiment, 100 leaves were randomly collected from the following species: Crotalaria juncea (L.), Canavalia ensiformis (L.), Cajanus cajan (L.), Dolichos lablab (L.), Mucuna cinereum (L.), and Mucuna aterrima (Piper &amp; Tracy) Merr., in which the central leaflet length and width were measured. Afterwards, digital images of each leaf were processed in R software for leaf area estimation. These estimates were used to fit leaf area prediction models; in fact, seventy leaves were used to fit the models; the rest of them were used for model validation. For the six species, the complete second-degree polynomial model, or derivative submodels, can be used to predict leaf area as a function of length and width of the central leaflet, presenting R² above 0.98 and percentage absolute mean error below 9%. In these models, the effect of leaf width is generally greater than the leaf length. The R package LeafArea showed to be a very efficient tool for the estimation of leaf area through the execution of the software ImageJ, with high precision and easy calibration.<hr/>RESUMO A área foliar é uma variável essencial para a quantificação de outras importantes características foliares em estudos fisiológicos de plantas, como taxa fotossintética e teor de fósforo, normalizados por área. Essa é uma das razões para a necessidade de métodos rápidos e precisos para estimar a área foliar. O objetivo deste trabalho foi ajustar modelos de regressão linear ou não linear para predizer a área foliar de seis espécies de leguminosas forrageiras, a partir de imagens digitais analisadas com o pacote LeafArea, software R. Em um experimento de campo, foram coletadas aleatoriamente 100 folhas das seguintes espécies: Crotalaria juncea (L.), Canavalia ensiformis (L.), Cajanus cajan (L.), Dolichos lablab (L.), Mucuna cinereum (L.), e Mucuna aterrima (Piper &amp; Tracy) Merr., nas quais foram medidos o comprimento e a largura do folíolo central. Posteriormente, imagens digitais de cada folha foram processadas no software R para estimativa da área foliar. Essas estimativas foram usadas para ajustar modelos de predição de área foliar; de fato, setenta folhas foram usadas para ajustar os modelos; o restante delas foi usado para validação do modelo. Para as seis espécies, o modelo polinomial completo de segundo grau, ou submodelos derivados, pode ser usado para predizer a área foliar em função do comprimento e largura do folíolo central, apresentando R² acima de 0,98 e porcentagem de erro médio absoluto abaixo de 9%. Nestes modelos, o efeito da largura da folha é geralmente maior que o comprimento da folha. O pacote R LeafArea mostrou-se uma ferramenta muito eficiente para a estimativa da área foliar através da execução do software ImageJ, com alta precisão e fácil calibração. <![CDATA[Comportamento de gemas dormentes de videira ‘bordô’ em Pinhais, Paraná]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-737X2018000200210&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O mecanismo fisiológico da dormência de gemas de espécies frutíferas temperadas ainda não foi totalmente esclarecido, sendo esse conhecimento importante para se entender melhor o comportamento das plantas em diferentes climas. Este experimento teve por objetivo caracterizar a dinâmica de brotação de gemas de videira cv. Bordô, por meio do teste biológico de nós isolados e do teste do tetrazólio. O experimento foi realizado com a coleta quinzenal de ramos de videira, nos meses de maio e agosto, nos anos de 2013 e 2014, em parreiral localizado em Pinhais, PR. Com os ramos coletados, instalaram-se o teste biológico (para obtenção do tempo médio de brotação, da taxa final de brotação, da taxa de brotações vigorosas e da velocidade de brotação) e o teste do tetrazólio (para verificar a taxa respiratória de gemas). Foram analisados o teor de umidade e a umidade ponderal das gemas. Os resultados foram significativos para todos os parâmetros, exceto para a taxa de brotações vigorosas. Concluiu-se que a endodormência de gemas do cv. Bordô é mais intensa durante o mês de maio e que o teste do tetrazólio apresenta alta correlação com os dados do teste biológico, mostrando ser um bom método para a análise da dormência de fruteiras de clima temperado. O teor de umidade também variou conforme a atividade respiratória, sendo maior em épocas de maior atividade metabólica.<hr/>ABSTRACT The dormancy of temperate fruit trees is still not totally clarified, and this knowledge is important to better understand the plant behavior in different climates. The objective of this experiment was to characterize the dynamics of ’Bordo’ grapevine budding through biological and tetrazolium tests. Branches of grapevine were collected biweekly from a vineyard located in Pinhais-PR, in May and August of 2013 and 2014. The collected branches were used to install the biological (to obtain the average bud break time, final bud break rate, vigorous buds rate, and velocity of bud break) and the tetrazolium (to verify buds respiratory rate) tests and analyze the moisture and the water contents of the buds. The results were significant in all the parameters evaluated, except for vigorous bud rate. The endodormancy is more intense in May, and the tetrazolium test has a high correlation with biological test data, which shows that tetrazolium test is an alternative for dormancy analysis of temperate fruit trees. The moisture content also varied according to respiratory rate, being higher when the metabolic activity is higher.