Scielo RSS <![CDATA[Acta Amazonica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0044-596719940004&lang=en vol. 24 num. 3-4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Phenology of five sapotaceae tropical tree species correlated to climatic variables in Ducke Forest reseve, Manaus, AM]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400161&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudo fenológico de cinco espécies de Sapotaceae, na Reserva Ducke, no período de 1970 a 1990. Procedeu-se análises multi variadas entre as fases de plena floração, frutos maduros e folhas novas e variáveis climáticas (umidade relativa do ar, precipitação, insolação, evaporação e temperatura média). A plena floração das espécies ocorreu na estação seca, entre os meses de julho e novembro; A periodicidade da floração de Pouteria guianensis Aubl. foi bianual; Radlkoferella macrocarpa(Hubr.) Aubr., padrão anual; Chrysophyllwn oppositum (Ducke) Ducke, anual irregular; Rogala ucuquirana-branca (Aubr. &amp; Pellegr.) W. Rodr., anual alternado; e Rogala ulei (Krause) Aubr., padrão irregular (floresceu em apenas 5 anos). A frutificação das espécies ocorreu na estação chuvosa, entre os meses de dezembro e abril. A periodicidade da frutificação de p. guiaiiensis foi irregular; C. oppositum e R. macrocarpa, annual irregular; R. ucuquirana-branca, anual alternado e R. ulei foi muito irregular, tendo fruti ficado em apenas 2 anos. A irregularidade na frutificação, possivelmente, pode ser explicada pela predação dos frutos por animais, uma vez que são todos camosos e comestíveis. As espécies são perenifólias, com exceção de R. macrocarpa com tendência a ser semi-caducifólia durante a floração. A análise dos componentes principais demonstrou que as variáveis precipitação, umidade relativa e frutos maduros estão referidas à estação chuvosa, em oposição às variáveis insolação, evaporação e temperatura média que definiram a estação seca, onde se situaram a plena floração e folhas novas. E mostrada a Matriz de Correlações Lineares para as variáveis fenológicas e climáticas, e a análise fátorial de correspondência simples indicou que a precipitação teve a maior contribuição (40% da variação total), seguida da insolação (25%), plena floração (13%), folhas no-vas(9%), frutos maduros (8%), evaporação (5%), temperatura média (0%) e umidade relativa (0%).<hr/>Phenological study carried out in Ducke Forest Reserve during the period of 1970 to 1990. Is was done a multivariate analysis with the phenophases (complete flowering, mature fruits and new leaves) and five climatic variables (relative humidity, rain-fall, insolation, evaporation and mean temperature). Complete flowering occurred in dry season (from July to november) to all species; Pouteria guiaiiensis Aubl. presented biannual periodicity; Radlkoferella macmcaipa (Hubr.) Aubr. was annual; Chrysophyllum oppositun (Ducke) Ducke, annual irregular; Ragala ucuquirana-branca (Aubr. &amp; Pellegr.) W. Rodr., annual alternated; and Ragala ulei (Krause) Aubr., irregular (has presented flowering only in 5 years). Fruiting occurred in wet season (from december to aprii) to all species. The fruiting periodicity to P. guiaiiensis was irregular; C. opposition and R. macrocarpa were annual irregular; R. ucucquirana-branca,annual alternated and R. ulei was very irregular, fruiting only in 2 years of this study. The fruiting irregularity, probably, could be explicated by fruits predation, because all of them are succulents and eatables by animals. The Principal Components Analysis demonstrated that rain fall, relative humidity and mature fruits were related to the rain season in opposition to insolation, evaporation and mean temperature related to dry season, where occurred complete flowering and new leaves. It is showed the matrix of linear correlations to the phenological and climatic variables. A factorial analysis of simple correspondence showed that rain fall was the variable with the greater contribution (40%) followed by insolation (25%), complete flowering (13%), new leaves (9%), mature fruits (8%), evaporation (5%), mean temperature (0%) and relative humidity (0%). <![CDATA[Reprodutive biology of <em>Clidemia Iurta</em> (L.) D. Don (Melastomataceac)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400183&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho foi desenvolvido com a finalidade de apresentar algumas considerações sobre a biologia reprodutiva de Clidemia Iurta, Conclui-se que: I ) A ântese tem início em torno das 18:00 h e termina por volta das 09:00 h do dia seguinte; 2) Esta é uma espécie preferencialmente alógama, porém não apresenta auto-incompatibilidade genética; 3) A polinização parece depender de agentes polinizadores, principalmente abelhas das famílias Apidae (Bambus, Melipona, Euglossa, Trigona) e Halictidae.<hr/>Some aspects of reprodutive biology of Clidemia hirta were observed. It was noticed: a) The anthesis begins at about 6:00 PM and ends at about 9:(X) AM of the next day; b) Clidemia hirta is preferentially allogamous, but .shows no genetic autoincompatibility; c) Clidemia hirta is pollinated by bees of Apidae (Bombus, Melipona. Euglossa, Trigona) and Halictidae families. <![CDATA[Quantitative and Comparative Studies on lhe Floristics of a Wood Vegetation in lhe Saeavém Forest Reserve - São Luís, State of Maranhão (Brazil)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400189&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi inventariado 0.5 ha de mala localizado na Reserva Florestal tio .Sacavém. parte integrante do Parque Estadual do Bacanga. que dista cerea de 7 Km do centro de São Luís (2"32'S: 44"I7'W), capital do Estado do Maranhão, numa altitude inferior a 30 in. A área foi coberta originalmente por uma floresta tropical úmida, denominada localmente de "Pré-Amazônia". O estudo foi realizado nas manchas remanescentes de vegetação. dividido em 50 parcelas de 10x10 m. nas quais foram amostrados 410 indivíduos com PAP (perímetro ã aluíra do peno) a partir de 15 cm. pertencentes a 34 famílas, 66 gêneros e 110 espécies, além de 46 espécies arbóreas, pertencentes a 41 gêneros e 25 famílias, que não foram incluídas na análise quantitativa. O DAP variou de 4.8 cm a 86.7 cm. ficando a média em 16.28 cm. As allur.is mínima, média e máxima foram, respectivamente, 2,0 m, 11,16 m e 25,0 ni. Foram leitas comparações com diversos trabalhos realizados na Amazônia, indicando que a área estudada apresenta uma riqueza elevada, sendo comparável àquelas florestas também em estrutura, embora os valores médios de alluni e diâmetro sejam mais baixos.<hr/>An inventory was earried out in 0.5 ha of forest in lhe Sacavém Reserve of the Bacanga State Park. The Park is located in lhe São Luís city (2" 32'S; 44" 17'W). capital of the Stale of Maranhão, Brazil, al an altitude of about 30 m. The original vegetation consisted of a humid tropical forest locally termed 'Pre-Amazonian foiesl'. The sampling was made in remaining forest patches using 50 quadrais of 10x 10 m each. 410 trees were sampled with a minimum perimeter at breast height (PUH) of 15 cm, belonging to 34 families. 66 genera and I 10 species. A further 46 tree species distributed in 41 genera and 25 families were also included bui occunng outside the sampling area and were not used in the quanlitalive analysis. The OHI I varied between 4.8 cm and 86.7 cm. with a mean of 16.28 cm. The minimum, mean and maximum heights were 2.0 m. 11.6 in and 25.0 m. respctively. The results obtained here show that the Sacavém Reserve forest has a species richness index as high as oilier Amazonian locations and. although the mean values for height and diameter are low. its structure is also similar to the several studied sites of the same vegetation. <![CDATA[Phytosociology of a woody vegetation in the Sacavém Forest Reserve - São Luis. State of Maranhão(Brazil)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400219&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi amostrada fitossociologicamente uma área de 0,5 ha de mata na Reserva Florestal do Sacavém, distando cerca de 7 Km do centro da cidade de São Luís (2"32'S; 44"17'W), em manchas remanescentes de floresta tropical úmida, denominada localmente de "Pré-Amazônia". A área foi dividida em 50 parcelas de l0x 10 m ( 100 m2), nas quais foram amostrados 410 indivíduos com PAP a partir de 15 cm, pertencentes a 34 famílias, 66 gêneros e 110 espécies, além de 5 indivíduos mortos não considerados na análise fitossociológica. O DAP variou de 4,8 cm a 86,7 cm, ficando a média cm 16,28 cm. As alturas mínima, média e máxima foram, respectivamente, 2,0 m, 11,16 m e 25,0 m. A área basal total foi de 14,207 m2, equivalente a 28,4140 m2/ha, com média de 0,07 m2/indivíduo, e a densidade absoluta foi de 820 indivíduos/ha. As cinco famílias mais importantes em IVI foram Leguminosae, Chrysobalanaceae, Meliaceae, Myrtaceae e Arecaceae, perfazendo 49,24% do total. As primeiras cinco espécies em IVI foram Licania cf incana Aubl., Guarea guidonia (L.) Sleumer, Copaifera langsdorffii Desf., Dipteryx laamiferaDucke c uma morfo-espécie (Desconhecida 1). Cerca de 60% das espécies consideradas apresentaram apenas 1 ou 2 indivíduos. O índice de diversidade de Shannon e Weaver (Η') foi de 4,189. Foram feitas comparações com diversos trabalhos realizados em florestas amazônicas, confirmando que a área em estudo é comparável àquelas em riqueza, densidade e dominância, embora a área tenha sido subdimensionada.<hr/>A phytosociological study was carried out in 0.5 ha of remaining patches of 'Pre-Ama-zonian' humid tropical forest within the Sacavém Forest Reserve, located in the municipality of São Luís, state of Maranhão, Brazil (2° 32'S; 44° 17'W). The total area comprised of fifty 10x10 m quadrats in which 410 trees with a minimum perimeter at breast height (PBH) of 15 cm were sampled, including 5 dead individuals. There were found 110 species of 66 genera in 34 families. The DBH varied between 4.8 cm and 86.7 cm, with an average of 16.28 cm. The minimum, mean and maximum heights were 2.0 m, 11.16m and 25.0 m, respectively. The total basal area was 14.207 m2 or 28.4140 rrrVha with an average of 0,07 m2/tree; the absolute density was 820 trees/ha. The five most importante families in IVI were Leguminosae, Chrysobalanaceae, Meliaceae, Myrtaceae and Arecaceae, making up 49.24% of the total. The five most important species in IVI were Licaniacf. incana Aubl., Guaina guidonia (L.) Sleumer, Copaifera langsdorffiiDesf., Dipteryx lacuniferaDucke and one morpho-species (Unknown 1 ). As much as 60% of the species had only one or two individuals. The Shannon &amp; Weaver diversity index (Η') was 4.189. Although the area studied is comparatively small, several comparisons made with surveys for other Amazonian forest locations led to the conclusion that the Sacavém Reserve has similar richness, density and dominance. <![CDATA[Mass and Energy Exchange Betwenn Natural Sungaces and the Atmosphere]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400237&lng=en&nrm=iso&tlng=en A modelização matemática das trocas de massa e de energia resultantes da interação entre vegetação e atmosfera é tratada pela combinação de análises das equações diferenciais representando a conservação de propriedades do ar (temperatura e umidade) com a equação do balanço de energia local do meio vegetal. Fluxos e fontes de calor e de massa, perfis de temperatura e umidade foram calculados através das relações matriciais das equações diferenciais discretizadas. As transferências radiativas são definidas no modelo, considerando a vegetação como um meio túrbido, onde as superfícies vegetais são distribuídas de forma aleatória no espaço. Os resultados produzidos pelo modelo para floresta são comparados com medidas micrometeorológicas realizadas na Reserva Florestal Ducke, Manaus - AM.<hr/>The mathematical modeling of energy and mass exchange in the vegetation-atmosphere interaction is treated by combining the analysis of the differential equations representing air properties conservation (temperature, humidity) and local energy budget equation of vegetative medium. Fluxes, sources, temperature and humidity profiles were calculated by the matrix form of discrete differential equations. Radiative transfers are defined in the model, considering the vegetation as a turbid medium, where the vegetal surfaces are distributed randomly in the space. The results produced by the model for a forest are compared with micrometeoro-logical measurements obtained at Reserva Florestal Ducke, Manaus - AM. <![CDATA[Detection of biolype El Tor scrum group lnaba <em>Vibrio cholerae</em> in lhe river Solimões - May/91]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400261&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi efetuada a pesquisa do Vibrio cholerae em 41 amostras do água, coletadas de algumas localidades da região do alto Solimões através da técnica de Moore mod.: Tabatinga (Brasil) = 13 amostras; Benjamin Constant (Brasil) = 7 amostras: Ilha de Islândia (Peru) = 2 amostras: Ilha de Santa Rosa (Peru) = 19 amostras. Não houve isolamento do Vibrio cholerae da água, dos Municípios de Tabatinga e Benjamin Constant - Brasil e Ilha de Islândia - Peru. Houve o isolamento do Vibrio cholerae biotipo El Tor sorogrupo Inaba de 4 (21 %) amostras de água coletada de 19 diferentes pontos localizados à margem direita do Rio Solimões, na Ilha de Santa Rosa - Peru. O Vibrio cholerae detectado apresentou-se sorologicamente igual ao responsável pela cólera na região do alto Solimões. O isolamento do Vibrio cholerae da água do Rio Solimões leva-nos a responsabilizá-la como sendo um dos veículos de disseminação do bacilo, como também da doença.<hr/>Research was carried out on Vibrio cholerae in 41 water samples collected from various locations in the Upper Solimões region, using the Moore mod technique: Tabatinga (Brazil) = 13 samples; Benjamin Constant (Brazil) = 7 samples; Islândia Island (Peru) = 2 samples: Santa Rosa Island (Peru) = 19 samples. There was no isolation of Vibrio cholerae in the water from Tabatinga and Benjamin Constant - Brazil and Islândia sland - Peru. There was isolation of Vibrio cholerae biolype El Tor Serum Group Inaba in 4 (21%) of the water samples collected in 19 different places located on the righi bank of the River Solimões al Santa Rosa Island - Peru. The detected Vibrio cholerae was serologically equal to that responsible for cholera in the Upper Solimões region. The isolation of Vibrio cholerae in water from the River Solimões implies that it was responsible for the dissemination of the bacillus and the disease. <![CDATA[Zinc bioavalability of a regional diet of Manaus, AM. study in rats]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400265&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi estudada a biodisponibilidade de zinco em ratos recebendo uma dieta regional de Manaus, AM. A dieta foi elaborada segundo os dados de SHRIMPTON &amp; GIUGLIANO, (1979) para famílias com rendimentos inferiores a 2 salários mínimos. O ensaio biológico com ratos da linhagem Wistar se baseou inicialmente, na depleção de zinco e vitamina A na lactação, adaptação dos filhotes com a dieta regional por 7 dias e período de repleção onde se realizou a suplementação com zinco de acordo com as recomendações do "COMMITTEE ON LABORATORY ANIMAL DIETS" (1979). Os resultados nos permitiram concluir que a quantidade de zinco presente na dieta, avaliada pelos parâmetros de medida de biodisponibilidade de zinco como crescimento, concentração nos órgãos e de enzima zinco dependente, foi utilizada adequadamente pelos animais, provavelmente pelos fatores promotores da dieta.<hr/>Zinc bioavailability in rats receiving a regional diet of Manaus, was studied. The regional diet was elaborated according to data of SHRIMPTON &amp; GIUGLIANO (1979), for families receiving less than two minimum salaries. The biological test with Wisiar rats was based on the depletion of zinc and vitamin A during the period of lactation, followed by the adaptation of the pup rats with regional diet of Manaus for seven days, and a period of repletion where supplements of zinc were given according to the recommendations of the COMMITTEE ON LABORATORY ANIMAL DIETS (1979).From the results it was concluded that the amount of zinc-present in the diet, as determined by parameters of bioavailability such as growth, concentration in the organs and zinc-dependent enzymes, was adequately used by the animals, probably due to promoting factors in the diet. <![CDATA[Utilization and Management of Forest Resources of the Tropical Moist Forests]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400275&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho é apresentada uma revisão das atividades de manejo de florestas tropicais úmidas, incluindo conceitos, histórico, aplicações c pesquisas experimentais sobre o tema, em importantes países tropicais da Ásia, África c América, com ênfase na Amazônia Brasileira. É também apresentada uma análise da situação das florestas tropicais úmidas e das perspectivas quanto ao desenvolvimento florestal da região amazônica, depois da Rio-92 e de outros importantes movimentos ambientalistas que ocorreram nos últimos anos. Manejar a floresta sob regime de rendimento sustentado é uma forma inteligente de uso do solo amazônico. É aplicável em muitas sub-regiões da Amazônia, mas não para a região toda. Não há modelo específico de manejo para as distintas indústrias madeireiras c, a tendência atual, é a diversificação de produtos para que a sustentabilidade econômica do manejo seja mais facilmente alcançada.<hr/>This paper is a comprehensive review of the utilization and management of tropical moist forests in Asia, Africa and America countries, and, in particular, the Brazilian Amazon. The review includes concepts of forest management, history and experimental forest research. Managing the forest on a sustainable yield basis is a wise land use for the Amazonian region which is suitable for almost the entire area. There is no specific model of forest management for different timber industries, but product diversification is recommended as a general strategy toward the goal of management sustainability. <![CDATA[Food consumption of a Neotropical grasshopper, <em>Stenacris fissicauda fissicauda</em> (Bruner, 1908) (Orthoptera: Acrididae) from the Amazonian "Várzea"]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400289&lng=en&nrm=iso&tlng=en É feita a determinação da quantidade média (g) de biomassa foliar consumida por 1 g (peso seco) de gafanhoto/dia nesta espécie. O material para a realização dos experimentos foi coletado na ilha de Marchantaria (várzea - Rio Solimões) perto de Manaus. Os animais testados foram agrupados por estádio ninfal (ninfas iniciais (I+II), médias (111+lV) e finais (V+VI)) e os adultos pelo sexo (machos, fêmeas, machos+fêmeas). A planta utilizada como alimento foi Paspalwn repens, macrófita aquática das Poaceac, onde Stenacrisf. fissicaudadesenvolve o seu ciclo vital. Verificou-se que as ninfas de estádios iniciais realizam o maior consumo (0,7740 g/g de biomassa animal/dia), enquanto que o menor consumo de biomassa foliar, foi feito pelos adultos (0,2622 g/g de biomassa animal/dia). O consumo médio foi calculado em 0,5 g (peso seco) de biomassa foliar consumida por g (peso seco) de biomassa animal por dia. Estes dados estão sendo comparados com o consumo foliar de Cornops aquaticum (Acrididac) em Eichhornia crassipes (Pontederiaceae) da mesma área.<hr/>Average leaf consumption of the grasshopper species Stenacris f. fissicauda is determined. The results are expressed as grams of leaf biomass/gram dry weight grasshopper/ day. The material used in the experiments was collected on Ilha de Marchantaria (island of "várzea ' - Rio Solimões) near Manaus. The animals were grouped accoding to nymph stage (initial (l+ll), middle (III+IV), final (V+VI)), and sex (males, females, males+females). The plant used as food was Paspalum repens, an aquatic macrophytc of the Poaceae on which Stenacris f. fissicaudadevelops its life cycle. The initial stage nymphs consumed the most (0.7740 g/g of animal bio-mass/day), while the smallest consume of leaf biomass was done by adults (0.2622 g/g of animal biomass/day). The calculated average consumption was about 0.5 g (dry weight) of leaf biomass consumed per gram (dry weight) of animal biomass/day. Data are compared with leaf consumption of Cornops aquatietun (Acrididae) on Eichiiornia crassipes (Pontederiaceae) from the same area. <![CDATA[EARTHWORM ACTIVITY IN FOREST AND SAVANNA SOILS NEAR BOA VISTA, RORAIMA, BRAZIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400303&lng=en&nrm=iso&tlng=en From May to December, 1992 we studied the earthworm activity, as part of the ECOFIT Program at Surrão ( 30km from Boa Vista), verifying the duration of the activity and quantifying it through the casts deposited on the soil surface. Three transects were stablished: a 100m long in the savanna, a 40m in the transitional area and 100m long in the forest. Specimens were collected monthly along the transects according to the method proposed by TSBF and the casts were collected from the squares previously placed on the transects. Two earthworm species were found in the three areas: Pontoscolex roraìmensis and Pontoscolex corethrurus. The first species depositing its casts on the soil surface. Rainy season wich usually occurs from April to August, determined the duration of activity for the two species (however, 1992 was atypical in that rainy season, only started in May). P. roraìmensis produced casts in the three areas from May to August followed by aestivation. In the savanna, P. corethrurus started aestivation in the same period as P. roraìmensis but remained active until November in the two other areas. P. roraìmensiswas found up 50m from the forest border, being associated to the presence of Curatella americana and Byrsonima sp, two typical savanna bushes.<hr/>De maio a dezembro de 1992 a atividade das minhocas foi estudada como parte do Programa ECOFIT na região de Surrão a 30km de Boa Vista. Verificou-se a duração e quantificou-se essa atividade através da produção de excrementos na superfície do solo. Estabelecemos três transectos: um com 100m de comprimento na savana, outro com 40m na área de transição e um outro com 100m na floresta. Os animais foram coletados mensalmente ao longo dos transectos de acordo com o método proposto pelo TSBF e os excrementos foram coletados nos quadrados previamente colocados nos transectos. Duas espécies de minhocas foram encontradas nas três áreas: Pontoscolex roraìmensis e Pontoscolex corethrurus. A primeira espécie depositava seus excrementos na superfície do solo. A estação chuvosa que normalmente ocorre de abril a agosto determinou a duração da atividade das duas espécies. Entretanto, 1992 foi atípico e a estação chuvosa só começou em maio. P. roraìmensis produziu excrementos nas três áreas de maio a agosto entrando então em estivação. Na savana P. corethrurus entrou em estivação na mesma época mas permaneceu em atividade até novembro nas duas outras áreas. P. roraìmensis foi encontrada a até 50m da borda da floresta sempre associada à presença de Curatella americana e Byrsonima sp, dois arbustos típicos da savana. <![CDATA[<em>Ergasilus triangularis</em> sp. n. (COPEPODA: ERGASILIDAE) from gill of <em>Laemolyta taeniata</em> (Kner, 1859), (CHARACIFORMES: ANOSTOMIDAE) from Brazilian Amazon]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400309&lng=en&nrm=iso&tlng=en Ergasilus triangularis sp. nov. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) é proposta. Os espécimens foram coletados dos filamentos branquiais de Laemolyta taeniata dos rios Jamari, Guaporé e Pacaás Novos do estado de Rondônia, Brasil. A nova espécie tem um espinho forte, pectinado e falciforme no artículo terminal do exopodito da primeira perna, indicando uma relação com outras sete espécies amazônicas de Ergasilus. Esta espécie difere das outras no tamanho dos espécimes, forma da antena e na ornamentação das pernas.<hr/>Ergasilus triangularis sp. n. (Copepoda, Poecilostomatoida, Ergasilidae) is proposed. The specimens were collected from gill filaments of the freshwater fishes Laemolyta taeniata from the rivers Jamari, Guaporé and Pacaás Novos , Rondônia State, Brazil. The new species has a falciform, pectinate spine on the exopodite of the first leg, that indicates relationship to seven previously described Amazonian species of Ergasilus.This species differs from others in size, shape of the antenna and armature of the legs. <![CDATA[ABNORMAL SPERMATHECAE NUMBERS IN PERUVIAN SANDFLIES (DIPTERA: PSYSCHODIDAE)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400317&lng=en&nrm=iso&tlng=en We report and illustrate two abnormal spermatheca numbers found in Peruvian sandflies, a supernumerary spermatheca in Lutzomyia cernerai and the absence of one spermatheca in L. amazonensis.<hr/>Apresentamos e ilustramos duas espermatecas de flebótomos peruanos registradas com números anormais; uma espermateca supernumerária em Lutzomyia carrerai e a falta de uma espermateca em L. amazonensis. <![CDATA[Efficiency of Deltamethrin and Permethrin, in Terrestrial Application, Against lhe Lepidopter-ous <em>Thyrinteina arnobia</em> (Geometridae) and <em>Nystalea nyseus</em> (Notodontidae) in the Humid Tropic]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59671994000400321&lng=en&nrm=iso&tlng=en Avaliou-se a eficiência dos piretróides deltametrina e permetrina em lagartas e mariposas de Thyrinteina arnobia (Stoll, 1782) (Lepidoptera: Geometridae) e Nystalea nyseus (Cramer, 1775) (Lepidoptera: Notodontidae). Cinco pontos de amostragem foram estabelecidos em cada parcela e as avaliações feitas 24, 48 e 72 horas após a aplicação dos inseticidas. Após a última avaliação foi feita uma pulverização a alta dosagem nos pontos de amostragem e contado o número total de insetos remanescentes nesses pontos para permitir o cálculo da porcentagem de eficiência em relação à mortalidade da testemunha. Evidenciou-se rápida ação larvicida da deltametrina e permetrina contra as duas espécies desfolhadoras. Esses inseticidas contudo, não foram eficientes contra os adultos dessas espécies e mostraram baixa seletividade cm favor de outros insetos, principalmente moscas parasitóides.<hr/>The efficiency of deltamethrin and permethrin was evaluated against caterpillars and moths of the eucalyptus leaf caterpillars species Thyrinteina arnobia(Lepidoptera: Geometridae) and Nystalea nyseus (Lepidoptera: Notodontidae). Five sampling points were established in each experimental unit and the evaluations were performed after 24, 48 and 72 hours after insecticide aplication. A high dosage spraying was made after the last evaluation and the number of dead insects was counted in each sampling point and the efficiency (%) calculated in relation to the mortality in the control. It was observed a high and fast larvicidal effect of deltamethrin and permethrin against these defoliator species. These insecticides however, were not efficient against the adults of these species and showed low selectivity in relation to other insects, mainly parasitoid Hies.