Scielo RSS <![CDATA[Acta Amazonica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0044-596720110001&lang=en vol. 41 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Use of wood residues for the cultivation of edible mushroom <i>Lentinus strigosus</i> in the Amazon</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivo a utilização de resíduos madeireiros do estado do Amazonas para o cultivo de Lentinus strigosus. de ocorrência na região. A linhagem foi procedente da coleção do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. Utilizou-se separadamente serragens de Simarouba amara (marupá), Ochroma piramidale (pau de balsa) e Anacardium giganteum (cajuí) suplementadas com farelo de arroz e de trigo e CaCO3 (80:10:8:2), respectivamente, ajustando-se a umidade em torno de 75%. Os substratos (500g) foram acondicionados em sacos de polipropileno, esterilizados a 121 ºC , durante 30 minutos, inoculados e incubados em câmara climatizada a 25 ± 3 ºC e UR de 85%, até emissão dos primórdios, com redução de temperatura de 25 para 23 ± 1 ºC e aumento de UR para 85-90%, no período de "frutificação". O crescimento micelial ocorreu de 12 a 20 dias, com surgimento de primórdios com cerca de 15 a 25 dias após a inoculação. A produção de basidiocarpos ocorreu três a cinco dias após a emissão dos primórdios. Foram avaliados: eficiência biológica (EB, %), rendimento (g kg-1) e perda da matéria orgânica (PMO, %). As serragens suplementadas foram eficientes no cultivo de L. strigosus, apresentando EB de 38, 48 e 59%; rendimento de 98, 119 e 177 g kg-1; e PMO de 42, 59 e 48%, para marupá, pau de balsa e cajuí, respectivamente. Assim, há um potencial de aproveitamento desses resíduos na Amazônia, bem como uma provável utilização da linhagem selvagem, podendo contribuir para melhoria das condições sócio-econômicas da população regional e sustentabilidade dos recursos da biodiversidade.<hr/>The objective of this work was to use wood residues from the state of Amazonas for the cultivation of Lentinus strigosus. found in that region. The strain came from the collection of the National Institute of Amazonian Research. Sawdust species Simarouba amara, Ochroma piramidale and Anacardium giganteum were separately used in the preparation of the substrates, supplemented with rice and wheat bran and CaCO3 (80:10:8:2), respectively, with humidity adjusted to approximately 75%. Substrates (500 g) were packed using bags polypropylene, sterilized at 121 ºC for 30 minutes, inoculated and incubated in an acclimatized chamber at 25 ± 3 ºC and relative air humidity of 85% until primordia emission, with temperature reduced from 25 to 23 ± 1 ºC and air relative humidity increased to 85-90% in the fruiting period. Micelial growth occurred within 12 to 20 days and primordia appeared within 15 to 25 days after the inoculation. Harvest occurred three to five days after primordia emission. Biological efficiency (BE, %), yield (g kg-1) and loss of organic matter (PMO, %) were evaluated. Supplemented sawdust were efficient in the cultivation of L. strigosus, presenting BE of 38, 48 and 59%, yield of 98, 119 and 177 g kg-1 and PMO of 42, 59 and 48% for Simarouba amara, Ochroma piramidale and Anacardium giganteum, respectively. The results show the potential use of those residues in the Amazon, as well as the possibility of using the wild strain, to contribute to the improvement of the social and economical conditions of the regional population and sustainability of the biodiversity resources. <![CDATA[<b>Palynological study of Holocene sediments of Bom Jesus core, east margin of the Marajó Island, Pará, Amazonia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en A porção superior (1,25m) do testemunho de sondagem Bom Jesus (TBJ), coletado no limite campo-mangue da Fazenda Bom Jesus, município de Soure, ilha do Marajó, Pará, Brasil, foi estudada através de análise palinológica de alta resolução objetivando a determinação da composição, abundância e diversidade de tipos polínicos bioindicadores de modificações na paleovegetação durante o Holoceno. 16 amostras sedimentares de 2cm³ foram tratadas de acordo com metodologia padrão em palinologia. Os programas Tilia e Tilia Graph foram utilizados para a construção dos diagramas palinológicos de abundância e concentração. A base do testemunho foi datada por 14C em 2730 ± 40 anos A.P. Foram definidas três zonas palinológicas. A presença de pólen de Rhizophora com abundância máxima de 88% apontou dominância de mangue ao longo de todo o testemunho sedimentar. Variações recorrentes na hidrodinâmica da baía do Marajó, caracterizadas por pulsos erosivos de curto período, parecem ter provocado redução na dominância de mangue. O incremento na abundância de tipos polínicos bioindicadores de campo inundável associados a elementos de restinga e floresta, evidenciam a migração do campo inundável sobre o manguezal. Os dados indicam correlação com outros registros polínicos holocênicos de transgressão marinha para a costa norte amazônica no Holoceno Superior.<hr/>The upper portion (1.25 m) of the sediment core Bom Jesus (TBJ), was collected in the field-mangrove limit of Bom Jesus Farm, municipality of Soure, island of Marajó, Pará, Brazil, was studied through pollen analysis high resolution aimed at determining the composition, abundance and diversity of the pollen types bioindicators of changes in the palaeobotany. 16 samples of sedimentary 2cm³ were treated according to standard methodology. Tilia and Tilia Graph software were used for to construct abundance and concentration palinological diagrams. The core base was dated by 14C in 2730 ± 40 years AP. Three palynological zones were identified. The mangrove ecosystem was dominant all sedimentary sequence of the TBJ core and was represented mainly for Rhizophora pollen type, which reaches 88% of the maximum relative abundance. Variations applicant hydrodynamics in the Marajó bay, characterized by short pulses of erosive period, seem to have caused reduction in the dominance of mangroves. The increase in the abundance of types growth bioindicators of field associated with elements of swamp forest and restinga, indicate the migration of the field on the mangrove swamp. The data show correlation with other palynological records of Holocene marine transgression to the north coast in the Upper Amazon Holocene. <![CDATA[<b>Morphology of flower, fruit and seedling of <i>Victoria amazonica</i> (Poepp.) J.C. Sowerby (Nymphaeaceae)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Victoria amazonica (Poepp.) J.C. Sowerby é uma hidrófita que ocorre nas várzeas de águas brancas e igapós da Bacia Amazônica e na Bacia do rio Paraguai. A morfologia da flor, fruto e plântula/"tirodendro" é objeto do presente trabalho. O material botânico foi coletado em Parintins e Manaus, estado do Amazonas, Brasil. A análise morfológica foi feita em material fresco e fixado em FAA 50. O desenvolvimento das plântulas foi realizado no escuro em frascos com água com teor reduzido de oxigênio. As flores possuem pedicelo longo e são hemicíclicas, diclamídeas, monoclinas e com antese vespertina. Os frutos são carnosos, indeiscentes, com pseudossincarpia. As sementes apresentam arilo que atua na dispersão pela água. As plântulas se desenvolvem em condições de hipoxia e apresentam um cotilédone exposto acicular. O "tirodendro" apresenta eofilos com heterofilia. As flores apresentam caracteres morfológicos básicos da família, a definição do tipo de fruto exige estudo ontogenético e a heterofilia é um caráter típico de plântulas/"tirodendros"de Nymphaeaceae.<hr/>Victoria amazonica (Poepp.) J.C. Sowerby is a hydrophyte that occurs in the white water leas and igapos of the Amazonian and Paraguay Basin. The flower, fruit and seedling/"tirodendro" morphology is the object of the present work. The botanical material was collected at Parintins and Manaus, Amazonian state, Brazil. The morphological analysis was made in both fresh and fixed material. The seedling development was accomplished in flasks with water containing little oxygen and maintained in the darkness. Flowers present long pedicel and they are hemicyclic, dichlamydeous, bisexual with vespertine anthesis. Fruits are fleshy, indehiscent with pseudo-syncarpy. Seeds present aril that acts in the water dispersion. Seedlings grow in hypoxy conditions and they present an acicular and exposed cotyledon. The "tirodendro" stage presents eophylls with heterophylly. Flowers present basic morphologic characters of the family, the definition of the fruit type demands ontogenetic study and the heterophylly is a typical character of Nymphaeaceae seedlings/ "tirodendros". <![CDATA[<b>Vascular plants from the Parque Estadual Cristalino, Northern Mato Grosso, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os resultados do primeiro inventário botânico detalhado da região do Parque Estadual Cristalino, Mato Grosso, Brasil, são apresentados, incluindo uma lista de espécies. Um total de 1366 espécies de plantas vasculares distribuídas em 626 gêneros e 151 famílias foram registradas. As famílias com maior número de espécies foram Leguminosae, Rubiaceae, Melastomataceae, Malvaceae sensu lato e Moraceae. A flora inclui pelo menos sete novas espécies e diversos endemismos da região da Serra do Cachimbo, assim como muitos registros novos para o estado e alguns novos para o Brasil. Mais estudos provavelmente irão incrementar o número de espécies de forma significativa. Apesar da região apresentar uma diversidade alfa relativamente baixa em comparação a outras regiões já estudadas na Amazônia, a sua grande heterogeneidade de fitofisionomias é refletida numa elevada diversidade beta. Levando em conta esta riqueza biológica, situação importante mas ainda pouco estudada da margem ecotonal da Amazônia meridional, e sua posição estratégica com relação ao avanço sul-norte do deflorestamento, a região do Cristalino ocupa alta prioridade em termos de conservação.<hr/>The results of the first detailed botanical inventory in the region of the Cristalino State Park, Mato Grosso, Brazil, are presented, including an annotated checklist. A total of 1366 species of vascular plants, representing 626 genera and 151 families, were recorded. The most species-diverse families included Leguminosae, Rubiaceae, Melastomataceae, Malvaceae (sens. lat.) and Moraceae. The flora includes at least seven new species and several endemics from the Serra do Cachimbo, as well as many new records for the State of Mato Grosso and several for Brazil. Further studies are likely to increase the number of species significantly. The region does not show high alpha-diversity by Amazonian standards but is ecologically diverse, resulting in high levels of beta-diversity. Considering this biological richness, its situation within the important yet relatively poorly studied ecotone of the Amazonian margin, and its strategic position at the advancing frontier of deforestation pushing northwards into the basin, Cristalino is a high priority for conservation. <![CDATA[<b>Use of FOURIER analysis for studying micrometeorological variables of a northern Mato Grosso transition forest</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho foi realizado utilizando dados coletados em uma Floresta de Transição, em uma área pertencente à Fazenda Maracaí no Noroeste de Sinop, MT, com dados micrometeorológicos obtidos com o sistema de correlação de vórtices turbulentos (Eddy Covarience) instalado numa torre de 40 metros. Teve como objetivo principal estudar as potencialidades da análise de Fourier aplicada a dados de fluxo de Calor Latente (LE), Calor Sensível (H) e Temperatura (T). Para os cálculos foram feitas médias de 3 em 3 horas para cada mês, ao longo do período de 1999 a 2005, para as variáveis estudadas. Os períodos dominantes encontrados foram de 24; 12; 4 e 3,4 horas. Os dois primeiros são atribuíveis ao movimento de rotação da Terra, ou seja, à periodicidade dia/noite. Quanto aos dois períodos menores, há indícios que estão relacionados com a dinâmica de abertura dos estômatos. Assim sendo, os resultados deste trabalho indicam que os fatores que influenciam predominantemente as variáveis microclimatológicas durante o dia (freqüências entre 10-5 a 10-4 Hz) são a radiação solar e a dinâmica de abertura dos estômatos, um resultado que destaca as potencialidades da aplicação do método de Fourier no estudo da dinâmica de microclimas em ecossistemas.<hr/>In this work, we employed data collected in a transition forest, on the Maracaí farm, northwest of Sinop, MT, Brazil. The data was obtained by the eddy covariance method, using equipment installed on a 42m high tower. Its main purpose was to study the potentialities of Fourier analysis applied to data of latent (H) and sensible (Le) heat flux and the air temperature (T). We investigated the main frequencies presented by the data, and obtained mean values for the variables corresponding to every 3 hours, between 1999 and 2005. The main periods obtained with the Fourier method were 24; 12; 4 and 3.4 hours. The first two are attributed to the solar radiation and to the Earth rotation. The last two periods, as indicated by the data, are related to stomata dynamics. In this way, the results indicate that the main factors that predominantly influence the microclimatological variables during the day (frequencies between 10-5 a 10-4 Hz), were the solar radiation and the stomata dynamics. These results reinforce the importance of employing the Fourier method in studying microclimatic dynamics of ecosystems. <![CDATA[<b>Mapping ancient vegetation cover of the Amazon floodplain using historical MSS/Landsat images (1975-1981)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo apresenta um mapa da cobertura vegetal da planície de inundação do Rio Amazonas entre as cidades de Parintins (AM) e Almeirim (PA), com base em imagens Landsat-MSS adquiridas entre 1975 e 1981. O processamento digital dessas imagens envolveu a transformação para imagens-fração de vegetação, solo e água escura (sombra), seguido da aplicação de técnicas de segmentação e classificação por região. O mapa resultante da classificação foi organizado em quatro classes de cobertura do solo: floresta de várzea, vegetação não-florestal de várzea, solo exposto e água aberta. A precisão do mapa foi estimada a partir de dois tipos de informações coletadas em campo: 1) pontos de descrição: para validação das classes de cobertura não sujeitas a grandes alterações, como é o caso dos corpos d'água permanentes, e identificação de indicadores dos tipos de cobertura original presentes na paisagem na ocasião da obtenção das imagens (72 pontos); 2) entrevistas com moradores antigos para a recuperação da memória sobre a cobertura vegetal existente há 30 anos (44 questionários). Ao todo foram coletadas informações em 116 pontos distribuídos ao longo da área de estudo. Esses pontos foram utilizados para calcular o Índice Kappa de concordância entre os dados de campo e o mapa resultante da classificação automática, cujo valor (0,78) indica a boa qualidade do mapa de cobertura vegetal da várzea. Os resultados mostram que a região possuía uma cobertura florestal de várzea de aproximadamente 8.650 km2 no período de aquisição das imagens.<hr/>This study presents a vegetation map of the Amazon River floodplain between the towns of Parintins (AM) and Almeirim (PA), based on Landsat-MSS scenes from 1975 to 1981. Digital processing involved the transformation of multispectral images into fraction-images of vegetation, soil and dark water (shadow), followed by the application of segmentation and region-classification techniques. The resulting map was organized four classes of land cover types: floodplain forest, non-forest floodplain vegetation, bare soil, and open water. Map accuracy was estimated from two types of ground data 1) sample points describing ground cover classes not subjected to major changes, such as permanent water bodies, and identifying indicators of the 30 year old vegetation type landscape (72 points); 2) interviews with community early residents for memory recovery of information on the vegetation cover existing in the 1970 (44 interviews). Altogether, 116 information points was collected along the study area. These points were used to calculate the Kappa Index for agreement between the four field-verified classes and the automatic classification, with value (0.78) indicates the good quality of the floodplain vegetation cover map. The region had 8650 km2 coverage of floodplain forest at the time of image acquisition. <![CDATA[<b>Design and development of babaçu (<i>Orbignya phalerata</i> Mart.) harvest for small farms in areas of forests transition of the Amazon</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O babaçu (Orbignya phalerata) é uma típica palmeira das matas de transição dos ecossistemas Amazônia/Cerrado e Amazônia/Caatinga, sendo de grande importância econômica, social e ambiental nestas regiões. Os produtos advindos dos babaçuais possibilitam renda para uma das camadas mais pobres da região amazônica e um dos entraves para a obtenção eficiente destes produtos é a colheita dos cocos de babaçu, que atualmente se faz no sistema extrativista. O objetivo deste trabalho foi realizar o desenvolvimento e projeto de uma colhedora de babaçu adaptável ao ambiente de trabalho da agricultura familiar e as características das matas de transição amazônicas. Para tal foram realizados estudos de literatura que nortearam as decisões e simplificações de projeto, assim como foram realizados os cálculos e desenhos da nova colhedora. O projeto foi realizado através de ferramentas de engenharia que apresentaram como resultados o memorial de cálculo que descreve o caminho técnico para o dimensionamento dos elementos constituintes da colhedora e a partir destes os desenhos detalhados dos elementos da nova máquina. Pelos desenhos detalhados suas considerações e decisões concluí-se que a colhedora de babaçu apresenta-se passível de ser construída com materiais nacionais de baixo custo, além de fácil operação, manutenção e com mínimo efeito sobre os babaçuais naturais.<hr/>The babaçu (Orbignya phalerata) is a typical palm of transition forests of Amazon/Savana and Amazon/Caatinga econsystems; it is very important economically, socially and environmentally in this region. Products derived from babaçu provide income for the poor of these regions. One of the problems for obtaining this product efficiently is the extractivist system of harvesting. The objective of this work is to set up a self-propelling project of babaçu harvesting, for family farmers of the Amazonian transition forest region, which would not interfere in natural babaçu forests, and would contribute to harvesting efficiency. The project was carried out with engineering tools. We obtained the calculus memorial, definition of machine elements, which substantiates the technical of the project. <![CDATA[<b>Influence of the forest certification in the compliance of the environmental and labor legislation in the Amazonia Region</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nas últimas décadas tem surgido uma maior preocupação ambiental advinda das mudanças climáticas e dos desmatamentos contínuos das florestas tropicais. Para conciliar a exploração e a conservação das florestas surgiram alguns mecanismos, entre eles a certificação florestal. No Brasil, ela está presente há mais de uma década, através do FSC (Forest Stewardship Council), uma ONG (Organização Não-Governamental) que estabeleceu um padrão para a certificação do manejo florestal. Este padrão possui nove princípios e o primeiro deles trata da "Obediência às Leis e Princípios do FSC", exigindo o cumprimento e respeito de todas as leis aplicáveis ao país onde opera e obedecer a todos os seus Princípios e Critérios. Neste contexto, este trabalho teve por objetivo verificar a influência da certificação florestal no cumprimento da legislação nas unidades de manejo de florestas nativas. Buscaram-se os dados nos relatórios públicos das unidades de manejo certificadas até 2007. A avaliação foi realizada por meio da identificação e análise das principais não-conformidades, com relação ao primeiro princípio. Verificou-se que os principais problemas estavam relacionados à legislação ambiental e trabalhista. As não-conformidades da legislação trabalhista foram em sua maioria referentes aos problemas com trabalhadores terceirizados e a legislação ambiental referentes às áreas de preservação permanente e falta de autorizações de órgãos ambientais. Caso sejam tomadas ações para resolvê-las, pode-se concluir que a certificação florestal pode contribuir para o atendimento da legislação nas unidades de manejo de florestas nativas.<hr/>In the last decades environmental concerns have been arising as a result of the climate changes and the ongoing deforestation in tropical regions. To conciliate the exploration and conservation of the forests some mechanisms have , among them the forest certification. In Brazil, it has been presented more than a decade, through the FSC (Forest Stewardship Council), an NGO (Non-governmental organization) which established standard guidelines for forest management certification. Such guidelines have nine principles and the first one deal with "Compliance with laws and FSC Principles", demanding the compliance and respect of all applicable laws of the country where it operates and comply with all their Principles and Criteria. In this context, this study aimed to verify the influence of forest certification in the legislation compliance in the units of management of native forest. Data was collected from public reports of the certificated management units until 2007. The evaluation was made up through the identification and analyses of the main non-conformance, related to the first principle. It was found that the main problems were related to the environmental and labor legislation. The labor legislation non-conformances were mostly related to the problems with the outsourced workers and environmental legislation relating to permanent preservation areas and lack of permit from environmental agencies. <![CDATA[<b>Response potential to fertilization response for N, P, K, Ca and Mg in cupuaçueiros evaluated by different DRIS standards</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O potencial de resposta à adubação é uma ferramenta utilizada para a interpretação dos valores dos índices DRIS, de forma que pode ser útil para verificar se diferentes grupos de normas resultam em diagnósticos distintos ou semelhantes entre si. Neste sentido, objetivou-se avaliar o comportamento do diagnóstico nutricional, submetidos a cinco grupos de normas DRIS. Para isto, amostras foliares de cupuaçueiros foram coletadas de pomares comerciais, cuja idade das plantas variou de 5 a 18 anos, sob monocultivo e sistemas agroflorestais (SAF's), obtendo-se para cada relação nutricional entre os nutrientes N, P, K, Ca, Mg, as normas DRIS bivariadas, as quais foram obtidas para o conjunto das populações monitoradas e para subpopulações específicas. As diferentes normas DRIS resultaram em diagnósticos semelhantes para N, P e Ca, enquanto que para K e Mg os diagnósticos produzidos distinguiram-se entre as normas resultando em desvios nutricionais.<hr/>The response of potential fertilization is a tool used to interpret the values of DRIS indices, so that it may be useful to see if different groups of rules might result in different or similar diagnosis among themselves. In this sense, it we aimed to evaluate the performance of the nutritional diagnosis, submitted to five groups of DRIS norms. For this, leaf samples were collected from commercial cupuaçueiro orchards, whose plant ages ranged from 5 to 18, with cropping or agroforestry (SAF). For each relationship among the nutrition nutrients N, P, K, Ca and Mg, we obtained bivariate DRIS standards for all populations and monitored for specific subpopulations. The different standards resulted in DRIS diagnoses similar for N, P and Ca and distinct for Mg and K the produced diagnoses stood out among the norms resulting in nutritional deviations. <![CDATA[<b>Effects of amount of adhesive spread on the glue line shear strength in the plywood of <i>Copaifera duckei</i> Dawyer and <i>Eperua oleifera</i> Ducke</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en A madeira por ser um material de origem orgânica responde de várias maneiras aos diversos produtos nela empregados, inclusive a aplicação de cola a qual depende do seu teor de umidade, tendendo a atingir um teor de umidade em equilíbrio dinâmico com a umidade relativa da atmosfera. Atualmente utilizam-se lâminas com teores de umidade entre 5 e 15% de acordo com o tipo de resina utilizada. O presente estudo avaliou o efeito de 04 gramaturas (270; 330; 364 e 390 g/m²) na produção de painéis compensados utilizando as espécies: Copaifera duckei Dawyer e Eperua oleifera Ducke. As espécies utilizadas foram retiradas da área de manejo florestal sustentável da Gethal Indústria de Madeira Compensada Ltda localizada em Manicoré-Am. As lâminas foram produzidas com espessuras de 2,2 mm. As variáveis do ciclo de prensagem foram controladas seguindo as orientações técnicas estabelecidas pelo fabricante da resina. Foi avaliada a resistência da linha de cola, com amostras da capa e do miolo em condições seca e pós-fervura. Para análise estatística foi aplicado um delineamento inteiramente casualizado com arranjo em esquema fatorial dos tratamentos. Confrontando os valores médios da tensão de ruptura e a percentagem de falha na madeira obtidos nesta pesquisa, ensaio seco e pós-fervura, com os da literatura, foi verificado que os painéis avaliados atendem aos critérios estabelecidos, podendo ser indicados para uso interior e exterior, pois de acordo com a Norma EN 314-2 (1993) o valor médio da tensão de ruptura em conjunto com a porcentagem de falha na madeira encontram-se em um padrão aceitável de comportamento.<hr/>The wood as a source of organic material responds in different ways to different treatments her employees, including the application of glue which depends on its moisture content, tending to reach a moisture content in dynamic equilibrium with relative humidity of the atmosphere. Currently we use blades with moisture levels of between 5 and 15% according to the type of resin used. This study evaluated the effect of 04 weights (270, 330, 364 and 390 g/m²) in the production of panels using offset the species: Copaifera ducker Dawyer and Eperua oleifera Ducke. The species were removed from the area of sustainable forest management Gethal Plywood Industry Ltd. located in Manicoré-Am. The slides were produced with thickness of 2.2 mm. The variables of the pressing cycle of were controlled by following the technical guidelines set by the manufacturer of resin. The property was assessed to resilience of the line of glue, with samples of the hood and the kernels in drought conditions and post-boil. Statistical analysis was applied an experimental design with in a factorial arrangement of treatments. Confronting the average values of voltage collapse and the percentage of failure in wood obtained in this research, test and post-boiling dry, with the literature, it appears that the panels assessed meet the established criteria, may be indicated for use inside and outside Because according to EN 314-2 (1993) the average voltage collapse along with the percentage of failure in the wood are at an acceptable standard of behavior. <![CDATA[<b>Urbanization and transformation of indigenous resource management</b>: <b>the case of upper Rio Negro (Brazil)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do artigo é analisar as transformações observadas nos sistemas indígenas de manejo dos recursos naturais no Alto Rio Negro, Noroeste Amazônico, devido à urbanização intensa e acelerada de algumas localidades e aos processos migratórios ocorridos nas últimas décadas. Nossos dados foram obtidos por meio de pesquisas etnográficas e agroeconômicas, associadas ao Sistema de Informação Geográficas para análise de população, direitos fundiários e paisagens na área periurbana de São Gabriel da Cachoeira, a principal cidade da região. As comunidades indígenas utilizam um território tradicional, onde se articulam diversos tipos de direitos fundiários sobre os recursos naturais, desde o uso individual exclusivo até a propriedade comum. Na região periurbana, a propriedade privada da terra se tornou dominante. No entanto, por causa da escassez crescente dos recursos naturais ao redor da cidade, as famílias migrantes negociam seus direitos fundiários no âmbito de uma rede social extensa, criando assim uma estratégia multilocal. Esta pode ser entendida como manifestação da adaptabilidade dos sistemas tradicionais de manejo dos recursos naturais.<hr/>We analyse the transformations in indigenous resource management due to urbanization and migratory flows in the Upper Rio Negro, Northwest Amazon. Data were obtained from ethnographic and agro-economic research, combined with a GIS analysis of population, land tenure and landscape distribution in the peri-urban zone of São Gabriel da Cachoeira, the main town of the region. Each indigenous community is associated with a traditional territory, within which are articulated many kinds of resource use rights, ranging from individual exclusive ownership to common property. In the peri-urban area, private ownership has become the main land-use right. Due to the increasing scarcity of available resources around São Gabriel, newly arrived indigenous families have to negotiate land-use rights within their large kinship networks and to resort to a multilocal strategy. This multilocal land-use system may be seen as an expression of the adaptation of traditional natural resources management. <![CDATA[<b>Impact of forest-pasture conversion on stocks and dynamics of soil carbon and humic substances in the Amazon</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo avaliou as consequências do desmatamento e a utilização do solo com Brachiaria brizantha em relação ao estoque e dinâmica de C e frações húmicas em duas floresta-pastagem no Acre. A primeira localizada sequências município de Rio Branco em área de Floresta Aberta com bambu e palmeira e duas pastagens de B. brizantha de 3 e 10 anos com predomínio de Argissolo Vermelho-Amarelo alítico plíntico. O segundo situado no município de Senador Guiomard em área de Floresta Densa e pastagem de B. brizantha de 20 anos em Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico. Em cada local foram coletadas, em triplicata, amostras de solos nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20 e 20-40 cm. Nestas amostras foram avaliadas as características físico-químicas, o C das substâncias húmicas e da matéria orgânica leve, e a composição isotópica do solo e das respectivas frações orgânicas até 1 m de profundidade, determinando o percentual de C derivado da pastagem e da floresta. Houve incremento nos estoques de C do solo e nos valores de δ13C do solo com o tempo de utilização da pastagem, em ambas as sucessões. A porcentagem de C derivado de pastagem foi expressiva na camada superficial do sistema com 20 anos de uso, com proporções que chegaram a 70% do C total. Os valores de δ13C para os ácidos húmicos variaram de -12,19 a -17,57 ‰, indicando maior proporção de C derivado da pastagem. A estabilidade estrutural da MOS, inferida pela relação humina com as frações ácido fúlvico e ácido húmico (HUM/FAF+FAH), tenderam a diminuir nos ecossistemas de pastagem quando comparada com as florestas naturais.<hr/>This study evaluates the impacts of converting natural Amazonian forests in Brazil to pasture dominated by Brachiaria brizantha concerning to C dynamics and humic fractions in two soil chronosequences in the Acre State, Brazil. The first site, dominated by Plinthic Red Yellow Argissols (Ultisols), is located in the municipality of Rio Branco and comprises an area of bamboo- and palm-dominated open forest with two B. brizantha pastures of 3 and 10 years old. The second site, dominated by a dystrophic Red Yellow Latosol (Oxisol), is located in the municipality of Senador Guiomard and comprises an area of dense forest and a 20-year old B. brizantha pasture. In each site soil samples were collected in triplicate at depths of 0-5, 5-10, 10-20 and 20-40 cm. Samples were evaluated for physical and chemical characteristics, C of humic substances and light organic matter, and the isotopic composition of soil and its organic fractions to 1 m depth, determining the percentage of C derived of both grassland and forest. There were increases in stocks of soil C and δ13C soil with the time of grazing in both sites. The percentage of C derived from pasture was much higher in the surface layer of the Senador Guiomard site following 20 years of grazing, with proportions that reached 70% of the total C. δ13C values for the humic acids ranged from -12.19 to -17.57 ‰, indicating a higher proportion of C derived from pasture. The MOS structural stability inferred by the relationship of the humin with both fulvic acid and humic acid fractions (HUM / FAF + FAH) tended to decrease in grassland ecosystems when compared with native forests. <![CDATA[<b>Effects of bait spacing on ant abundance and richness in one forest at Central Amazonia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Coletas com iscas são amplamente utilizadas para investigar a atividade de formigas de solo e vegetação e também podem ser empregadas para estimar o número de espécies e a abundância de formigas. Apesar de ser barata e fácil de implementar, a riqueza e abundância das formigas estimadas por iscas podem ser enviesadas por alguns fatores, como a distância entre iscas. Neste trabalho, avaliamos se a distância entre iscas altera as estimativas de abundância e riqueza de formigas e qual distância entre iscas resulta na melhor relação entre custo financeiro e número de espécies amostradas, objetivo da maioria dos relatórios de impacto ambiental. Amostramos 30 transectos de 100 m com distância entre iscas diferentes (2,5; 3,4; 5; 6,7; 10 e 20 m), distribuídos em uma área de 1 km² em uma floresta de terra-firme ao norte de Manaus. Independente da distância entre iscas, o número de espécies coletado a cada cinco iscas, foi aproximadamente 8, e a abundância média foi maior que 50 indivíduos. No entanto o número de espécies por isca foi maior em transectos com maior distância entre iscas. Transectos com distância entre iscas de 10 e 20 m, coletaram 50% mais espécies por isca que transectos com iscas distantes a 2,5 e 3,4 m entre si. Nossos resultados sugerem que nesta área, a amostragem mais eficiente desse método de coleta seria distribuir 450 iscas a cada 10 m ou 20 m no solo da floresta.<hr/>Baits are widely used to investigate the activity of terrestrial and arboreal ants, but also can be used to estimate the ant abundance and species richness. Despite the fact that baiting are cheap and easy to implement, many factors, such as the distance between baits, may influence the estimate of ant species richness and abundance. In this study, we evaluated the effects of bait spacing on abundance and the number of ant species. We also demonstrate which distance between baits showed the best relationship between costs and number of ant species sampled. We sampled 30 transects of 100 m with bait spacing ranging from 2.5 to 20 m, spread over 1 km² of a "terra-firme" forest situated at North of Manaus. The bait spacing did not affect the ant diversity estimative. Regardless bait spacing, the number of species collected every five baits was around 8, and the average abundance was approximately 50 individuals. However the number of species per bait was higher in transects with larger bait spacing. Transects with bait spacing of 10 m and 20 m, collected 50% more species than transects with baits placed 2.5 m and 3.4 m apart. Our results suggest that at this forest, the most efficient sampling design using only baits would be place 450 baits every 10 m or 20 m at the forest floor <![CDATA[<b>Five egg-laying queens in a single colony of brazilian stingless bees (<i>Melipona scutellaris</i> Latreille</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Polygyny, characterized by the presence of several egg-laying queens, is considered as a temporary colony status. In stingless bees it is rarely observed. This paper reports the first case of natural polygyny in Melipona scutellaris colony, with five egg-laying queens.<hr/>Poliginia, caracterizada pela presença de mais de uma rainha poedeira, é considerada como uma condição temporária em colônias. Em abelhas sem ferrão isso é raramente observado. Este artigo registra o primeiro caso de poliginia natural em colônia de Melipona scutellaris, com cinco rainhas poedeiras. <![CDATA[<b>Allometry of the babassu palm growing on a slash-and-burn agroecosystem of the eastern periphery of Amazonia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Babassu (Attalea speciosa C.Martius, Arecaceae) is a palm with extraordinary socioeconomic and ecologic importance in large areas of tropical Brazil, especially in frequently burned and degraded landscapes. Nevertheless, surprisingly little is known about this keystone species. This paper investigates the allometry of babassu, in order to improve understanding on palm architecture and to provide researchers with an efficient tool for aboveground biomass estimation of juvenile and adult palms. Juvenile leaf biomass can be accurately predicted with the easily measurable minimum diameter of rachis at 30 cm extension. Adult palm biomass can be estimated based on woody stem height, a variable fairly easily measurable on-field. Leaf biomass of adult palms was highly variable, averaged 31.7% of aboveground biomass and can be estimated only indirectly through the relationships between wood:leaf-ratio and total aboveground biomass. Carbon contents varied little in the babassu palm, without size- or growth-stage related differences, suggesting the general applicability of values (42.5% C for stems, 39.8% C for leaves). As a consequence of the limited secondary diameter growth inherent to palms, stem diameter of adult palms is unrelated to palm height and biomass. Stem tapering decreases with increasing palm height. This is partially compensated by increasing wood density in near cylindrical stems. Nevertheless, maximum babassu palm height of about 30 meters appears to be dictated by mechanical stability constraints. All allometric relationships of babassu described in this study are not affected by vegetation stand age, indicating the general applicability of these relationships.<hr/>A palmeira babaçu (Attalea speciosa C.Martius, Arecaceae) tem grande importância socioeconômica e ecológica em grande parte da área tropical brasileira, especialmente em áreas degradadas por queimadas freqüentes na Amazônia. No entanto, ainda pouco se sabe sobre as características ecológicas desta espécie-chave. Este estudo investiga a alometria do babaçu com o objetivo de estabelecer uma metodologia eficiente na estimativa da biomassa aérea de palmeiras juvenis e adultas e para um melhor entendimento da sua arquitetura. A biomassa de palmeiras juvenis pode ser estimada facilmente e com precisão com o diâmetro mínimo das ráquis das folhas a 30 cm de extensão. A biomassa de palmeiras adultas pode ser estimada com base na altura do tronco lenhoso, também relativamente de fácil medição em campo. A biomassa foliar das palmeiras adultas foi em media 31,7% da biomassa aérea, porém houve uma alta variação e, portanto, somente pode ser estimada indiretamente através da relação entre a razão madeira:folha e biomassa aérea total. Os teores de carbono no babaçu apresentaram baixa variação, sem diferenças sistemáticas em relação ao tamanho ou estágio de crescimento, o que aponta à aplicabilidade geral dos valores 42.5% C para troncos, 39.8% C para folhas. Em conseqüência do limitado crescimento secundário do diâmetro inerente de palmeiras, não houve relação do diâmetro de tronco com a altura e a biomassa das palmeiras adultas. Observou-se que o afilamento do caule diminui com o aumento da altura das palmeiras, o que é parcialmente compensado pelo incremento da densidade de madeira em troncos quase-cilíndricos. No entanto, a altura máxima do babaçu, de cerca de 30 metros, aparentemente está definida por limitações na estabilidade mecânica. Todas as relações alométricas aqui descritas são independentes da idade da vegetação, indicando a aplicabilidade geral das relações encontradas. <![CDATA[<b>Regeneración natural de nueve especies maderables en un bosque intervenido de la Amazonia Boliviana</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Un aspecto fundamental del manejo forestal sostenible, es el mantenimiento de la regeneración natural en los bosques aprovechados. A corto y largo plazo, el aprovechamiento forestal tiene varias consecuencias, sobre la regeneración natural de las especies forestales. Esta investigación, compara la abundancia de la regeneración natural y la distribución espacial de plántulas de nueve especies maderables, entre un bosque aprovechado y un testigo. La abundancia y estructura espacial, fue determinada mediante 55 parcelas de muestreo anidadas (20 x 20 m, 10 x 10 m), estas fueron distribuidas en 180 hectáreas en cada condición de bosque evaluado. Dentro de las parcelas de 10 x 10 m, se registraron las categorías: plántula, brinzal y latizal. En las parcelas de 20 x 20, se midieron los árboles semilleros con DAP > 20 cm. En bosque aprovechado C. racemosa, T. altissima y A. lecointei mostraron mayor abundancia total. Según categorías de regeneración, la abundancia de P. corymbosum resultó mayor en bosque aprovechado; pero en las especies C. racemosa, T. altissima, D. odorata y C. micrantha fue mayor en el bosque testigo. La abundancia de A. lecointei, P. heterophylla y Virola sp. no difirió entre sitios. Espacialmente, solo A. lecointei y Virola sp mostraron patrones diferentes entre condiciones de bosque estudiados. Estos resultados, permiten concluir que el aprovechamiento forestal, no modifica significativamente la abundancia y estructura espacial de la regeneración de todas las especies forestales, por lo que, las intensidades de extracción moderada no comprometería el potencial de la regeneración natural en bosques manejados.<hr/>Um aspecto fundamental do manejo florestal sustentável é a manutenção da regeneração natural nas florestas exploradas. A curto e longo prazo, a exploração florestal tem várias conseqüências, sobre a regeneração natural das espécies florestais. Nesta pesquisa foi comparada a abundância da regeneração natural e a distribuição espacial de plântulas de nove espécies madeiráveis em uma floresta explorada e uma floresta natural (testemunha). A abundância e estrutura espacial foram determinadas por meio do estabelecimento de 55 parcelas de amostragem (20 x 20 m, 10 x 10 m), que foram distribuídas em 180 hectares nos dois tipos de floresta avaliadas. Nas parcelas de 10 x 10, se registraram as categorias: plântulas, mudas e varas. Nas parcelas de 20 x 20, se registraram as plantas adultas com DAP > 40 cm. Na floresta explorada C. racemosa, T. altíssima e A. lecointei apresentaram maior abundância total. Segundo as categorias de regeneração, a abundância de P. corymbosum foi maior na floresta explorada, mas C. racemosa, T. altíssima, D. odorata e C. micrantha foram maiores na floresta testemunha. Quando comparada a abundância de A. lecointei, P. heterophylla e Virola sp., estas não apresentaram diferenças entre as florestas. Espacialmente, só Astronium lecointei e Virola sp. apresentaram padrões diferentes entre as condições de floresta estudadas. A conclusão foi que a exploração florestal, não modifica a abundância e a estrutura espacial da regeneração de todas as espécies florestais, pelo que, as intensidades de extração moderada não comprometeriam o potencial da regeneração natural nos bosques com manejo. <![CDATA[<b>Flowering levels, harvest season and yields of cupuassu (<i>Theobroma grandiflorum</i>)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Cupuassu (Theobroma grandiflorum), a specie native to Amazonia, has been planted commercially in Brazil to satisfy the demand for the flavorful juice obtained from the pulp around its seeds. The trees are notorious for low and irregular fruit production. Data gathered over two seasons from trees in a germplasm collection in Pará, Brazil, showed that some of them fruited more regularly than others. Differences in fruit production correlated to differences in flower production. Tree-to-tree variation in flower production, fruit production, and consistency of both over time suggest considerable scope for improving yields by selection. Hand pollinations resulted in a much higher frequency of fruit set than open pollinations, indicating that lack of effective pollination is also a reason for low yield. However, attempts to increase the level of effective pollination are handicapped by low knowledge about the pollinators of cupuassu and their behavior.<hr/>Cupuaçu (Theobroma grandiflorum) é uma espécie nativa da Amazônia que vem sendo plantada comercialmente no Brasil para satisfazer a demanda pelo seu suco, de sabor marcante, obtido da polpa que envolve as suas sementes. As árvores não notórias pela sua baixa e irregular produtividade. Dados obtidos de dois períodos produtivos, de árvores de uma coleção de germoplasma no estado do Pará, Brasil, mostraram que algumas delas frutificam mais irregularmente que outras. Diferenças na produção de frutos foram correlacionadas à diferenças na produção de flores. Variações entre plantas nas produções de flores e de frutos, e a repetibilidade de ambos ao longo do tempo sugerem melhoria das colheitas por seleção. Polinizações manuais resultaram em aumento no pegamento dos frutos, indicando que a falta de polinizador efetivo é também um causa da produtividade baixa. Entretanto, tentativas para aumentar o nível de polinização efetiva são dificultadas pelo pouco conhecimento sobre os agentes polinizadores do cupuaçu e seu comportamento. <![CDATA[<b>Outcrossing rate of <i>Couratari multiflora</i> (J.Smith) Eyma (Lecythidaceae), a low-density tropical tree species from a central Amazonian rainforest</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en A multilocus mixed-mating model was used to evaluate the mating system of a population of Couratari multiflora, an emergent tree species found in low densities (1 individual/10 ha) in lowland forests of central Amazonia. We surveyed and observed phenologically 41 trees in an area of 400 ha. From these, only four mother trees were analyzed here because few of them set fruits, which also suffered high predation. No difference was observed between the population multilocus outcrossing rate (t mp = 0.953 ± 0.040) and the average single locus rate (t sp = 0.968 ± 0.132). The four mother trees were highly outcrossed (t m ~ 1). Two out of five loci showed departures from the Hardy-Weinberg Equilibrium (HWE) expectations, and the same results occurred with the mixed-mating model. Besides the low number of trees analyzed, the proportion of loci in HWE suggests random mating in the population. However, the pollen pool was heterogeneous among families, probably due to both the small sample number and the flowering of trees at different times of the flowering season. Reproductive phenology of the population and the results presented here suggest, at least for part of the population, a long-distance pollen movement, around 1,000 m.<hr/>Foi utilizado um modelo de cruzamento misto multilocos para analisar o sistema de cruzamento de uma população de Couratari multiflora, espécie arbórea emergente encontrada em baixas densidades (1 indivíduo/10 ha) nas florestas de "terra firme" da Amazônia central. Inventariamos e observamos fenologicamente 41 árvores em uma área de 400 ha. Dessas, somente quatro árvores-mãe foram analisadas, pois poucas árvores produziram frutos, os quais também sofreram alta predação. Não foi observada diferença entre a taxa de cruzamento multilocos (t mp = 0,953 ± 0,040) e a taxa média de loco único (t sp = 0,968 ± 0,132). As quatro árvores-mãe apresentaram alta taxa de cruzamento (t m ~ 1). Dois dos cinco locos analisados mostraram desvios das expectativas do Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW), e os mesmos resultados ocorreram para o modelo misto de cruzamento. Apesar do baixo número de árvores analisadas, a alta proporção de locos em EHW sugere que a população tenha um sistema de cruzamento aleatório. Entretanto, o conjunto polínico foi heterogêneo entre famílias, provavelmente pelo pequeno número e florescimento das árvores analisadas em diferentes fases da estação de florescimento. A fenologia reprodutiva da população e os resultados apresentados neste estudo sugerem que ao menos parte da população cruza via movimento de pólen de longa distância, em torno de 1.000 m. <![CDATA[<b>Prospecting serine proteinase inhibitors in leaves from leguminous trees of the Amazon forest</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os inibidores de proteinases são proteínas extensivamente investigadas nos tecidos de estocagem, mas pouco prospectadas em outros tecidos vegetais. O objetivo deste estudo foi detectar a presença de inibidores de serinoproteinases em extratos foliares de quinze espécies de leguminosas arbóreas da Amazônia. As espécies estudadas foram: Caesalpinia echinata, C. ferrea, Cedrelinga cateniformis, Copaifera multijuga, Dinizia excelsa, Enterolobium contortisiliquum, E. maximum, E. schomburgkii, Leucaena leucocephala, Ormosia paraensis, Parkia multijuga, P. pendula, P. platycephala, Swartzia corrugata e S. polyphylla. Folhas foram coletadas, secas a 30ºC durante 48 h, trituradas e submetidas à extração com NaCl (0,15 M, 10% p/v) resultando no extrato total. Ensaios foram executados para determinar a concentração de proteínas e detectar a atividade inibitória contra a tripsina e quimotripsina bovina. Os teores de proteínas bruta e solúvel nos extratos foliares variaram de 7,9 a 31,2% e 1,3 a 14,8%, respectivamente. A atividade inibitória sobre a tripsina e quimotripsina foi observada em todos os extratos foliares. Contudo, nos extratos de E. maximum, L. leucocephala, P. pendula, S. corrugata e S. polyphylla a inibição foi maior sobre a tripsina, enquanto o extrato de P. multijuga foi mais efetivo contra a quimotripsina. Nós concluímos que nos extratos foliares de leguminosas arbóreas têm inibidores de serinoproteinases e exibem potencial aplicações biotecnológicas.<hr/>The proteinase inhibitors are proteins extensively investigated in tissue storage, but few prospected in other plant tissues. The aim of this study was to detect the presence of serine proteinase inhibitors in leaf extracts from fifteen species of leguminous trees of the Amazon forest. The species studied were Caesalpinia echinata, C. ferrea, Cedrelinga cateniformis, Copaifera multijuga, Dinizia excelsa, Enterolobium contortisiliquum, E. maximum, E. schomburgkii, Leucaena leucocephala, Ormosia paraensis, Parkia multijuga, P. pendula, P. platycephala, Swartzia corrugata and S. polyphylla. Leaves were collected, dried at 30ºC for 48 h, crushed and subjected to extraction with NaCl (0.15 M, 10% w/v), resulting in the total extract. Tests were performed to determine the concentration of proteins and to detect of inhibitory activity against bovine trypsin and chymotrypsin. The content of crude and soluble protein in leaf extracts varied from 7.9 to 31.2% and 1.3 to 14.8%, respectively. The inhibitory activity on trypsin and chymotrypsin was observed in all leaf extracts. However, in extracts of E. maximum, L. leucocephala, P. pendula, S. corrugata and S. polyphylla, the inhibition was greater on trypsin, while extract of P. multijuga was more effective against chymotrypsin. We conclude that leaf extracts of leguminous trees have serine proteinase inhibitors and show potential biotecnological applications. <![CDATA[<b>Opportunistic predation of <i>Artibeus planirostris</i> (Spix, 1823) and <i>Carollia perspicillata</i> (Linnaeus, 1758) (Chiroptera, Phyllostomidae) by marsupials and anuran in the APA do Rio Curiaú, Amapá State, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Durante estudos com morcegos em floresta de várzea na APA do Rio Curiaú, Amapá, Brasil, observamos três casos de predações oportunistas de morcegos frugívoros capturados em redes de neblina. Duas destas predações ocorreram por marsupiais e uma por anuro. Artibeus planirostris (Spix, 1823) (Chiroptera, Phyllostomidae) foi predado por Didelphis marsupialis Linnaeus, 1758 e Philander opossum (Linnaeus, 1758) (Didelphimorphia, Didelphidae). Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (Chiroptera, Phyllostomidae) foi predado por Leptodactylus pentadactylus (Laurenti, 1768) (Anura, Leptodactylidae). A vocalização dos morcegos provavelmente atraiu os marsupiais para a rede, onde estes os predaram aproveitando que estavam presos. Este tipo de interação pode ocorrer naturalmente, no entanto, com maior dificuldade de registro.<hr/>We observed three occasional predations of bats captured in mist nets by marsupials and a frog during studies in a várzea forest in the Amapá state. Artibeus planirostris (Spix, 1823) (Chiroptera, Phyllostomidae) was preyed upon by Didelphis marsupialis Linnaeus, 1758 and Philander opossum (Linnaeus, 1758) (Didelphimorphia, Didelphidae). Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758) (Chiroptera, Phyllostomidae) was preyed on by Leptodactylus pentadactylus (Laurenti, 1768) (Anura, Leptodactylidae). The bats vocalizations probably attracted the marsupials and a frog to the mist nets where they preyed. This interaction form can occur naturally, however, are more difficult to observed. <![CDATA[<b>New species of Acanthoderini, Onciderini and Pteropliini (Coleoptera: Cerambycidae: Lamiinae) from Brazil and Bolivia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672011000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Novas espécies são descritas: em Acanthoderini - Psapharochrus inaequalis sp. nov. e Psapharochrus irumus sp. nov. de Santa Cruz, Bolívia; Psapharochrus rondonensis sp. nov e Punctozotroctes tuberculatus sp. nov. de Rondônia, Brasil; Meridiotroctes truncata sp. nov. da Bahia, Brasil; em Pteropliini - Rhaphiptera apeara sp. nov. da Bahia (Brasil) and Ataxia parva sp. nov. da Paraíba (Brasil); em Onciderini - Oncideres disiunctus sp. nov. do Amazonas (Brasil).<hr/>New species are described: in Acanthoderini - Psapharochrus inaequalis sp. nov. and Psapharochrus irumus sp. nov. from Santa Cruz, Bolívia; Psapharochrus rondonensis sp. nov and Punctozotroctes tuberculatus sp. nov. from Rondônia, Brazil; Meridiotroctes truncata sp. nov. from Bahia, Brazil; in Pteropliini - Rhaphiptera apeara sp. nov. from Bahia (Brazil) and Ataxia parva sp. nov. from Paraíba (Brazil); in Onciderini - Oncideres disiunctus sp. nov. from Amazonas (Brazil).