Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Ciência do Solo]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-068320090006&lang=en vol. 33 num. 6 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Evaluation of the structure of a eutroferric red nitosol under no-tillage, conventional tillage and forest</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Alterações estruturais causadas no solo pelos sistemas de manejo podem resultar em compactação e interferir no desenvolvimento radicular das culturas. Com o objetivo de avaliar os influxos do tipo de manejo sobre a estrutura do solo, por meio de métodos qualitativo (perfil cultural) e quantitativo (densidade), realizou-se um estudo em solo derivado do basalto, com textura argilosa a muito argilosa, no município de Maringá (PR), Terceiro Planalto Paranaense, coordenadas 23 º 29 ' S e 51 º 59 ' W, submetido aos sistemas de manejo convencional com sucessão de milho (Zea mays L. ) e soja (Glycine max); e plantio direto com rotação de trigo (Triticum spp.), milho (Zea mays L.), feijão (Phaseolus vulgaris), aveia-preta (Avena strigosa) e soja durante 20 anos. Próximo desses locais, selecionou-se área de floresta como testemunha. Amostras indeformadas foram coletadas a partir dos volumes homogêneos de solo, verificados na descrição do perfil cultural: duas amostras em solo sob floresta, duas em plantio direto e três amostras em solo com manejo convencional. A análise física associada às análises morfológicas das estruturas do solo para as profundidades de 0 a 20 cm e 20 a 40 cm permite concluir que: (a) o tipo de manejo do solo agrícola determina quantidades distintas de horizontes antrópicos; (b) a condição apresentada pelo volume estrutural infere a forma de exploração do solo pelas raízes; (c) os processos de compactação no solo sob manejo convencional ocorrem tanto em profundidade como em lateralidade; (d) o sistema plantio direto mostrou-se mais favorável do ponto de vista da qualidade estrutural; (e) o método do perfil cultural é eficiente em avaliações morfológicas do solo.<hr/>Structural changes caused by management systems to soil can result in compaction and may change crop root development. With the aim to evaluate the effects of the farming systems on the soil structure by qualitative (cultural profile) and quantitative (soil density) methodologies, a field study was carried out in Maringá, state of Paraná, Brazil (23 º 29 ' S, 51 º 59 ' W). A conventional tillage system with crop succession of corn (Zea mays L.) and soybean (Glycine max) and a no-till system with crop rotation of wheat (Triticum spp.), corn (Zea mays L.), common bean (Phaseolus vulgaris), black oats (Avena strigosa), and soybean (Glycine max) established for more than 20 years were evaluated. An area under natural forest near the experimental field was evaluated as reference. After the description of the cultural (soil) profile, deformed samples were collected from the homogeneous soil volumes: two samples under forest, two samples in the no-till system and three samples in the conventional system. The physical and morphologic analyses of the soil structures of the layers 0-20 and 20-40 cm showed: (a) the two different tillage system promoted distinct depths of anthropic horizons; (b) the soil structure affected root distribution; (c) soil compaction under conventional system occurred in vertical and horizontal directions (d) soil structure was best under the no-till system; (e) the cultural profile methodology is efficient in soil morphology evaluations. <![CDATA[<B>Compressibility of Oxisol aggregates under no-till in response to soil water potential</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600002&lng=en&nrm=iso&tlng=en The system of no-till sowing stands out as being a technology that suits the objectives of more rational use of the soil and greater protection against the erosion. However, through till, any of it, occurs modifications of the soil's structure. This current work aims to study the influence of the energy state of the water and of the organic matter on the mechanism of compaction of Red Oxisol under no-till management system. Humid and non-deformed sample were collected in horizon AP of two agricultural areas under no-till, with and without rotation of cultures. In the laboratory, these samples were broken into fragments and sifted to obtain aggregates of 4 to 5 mm sized, which were placed in equilibrium under four matrix potentials. Thereafter, they were exposed to uni-dimensional compression with pressures varying from 32 to 1,000 kPa. The results in such a way show that the highest compressibility of aggregates both for the tilling with rotation of cultures as for the tilling without rotation of cultures, occurred for matrix potential -32 kPa (humidity of 0.29-0.32 kg kg-1, respectively), while the minor occurred for the potentials of -1 and -1,000 kPa (humidity of 0.35 and 0.27 kg kg-1, respectively), indicating that this soil should not be worked with humidity ranging around 0.29 to 0.32 kg kg-1 and the highest reduction of volume of aggregates was obtained for the mechanical pressures lower than 600 inferior kPa, indicating that these soils showed to be very influenced by compression, when exposed to mechanical work. Also, the aggregates of soil under no-till and rotation of crops presented higher sensitivity to the compression than the aggregates of soil under no-till and without rotation of crops, possibly for having better structural conditions given to a higher content of organic matter.<hr/>O sistema de semeadura direta destaca-se como uma tecnologia que atende aos objetivos de uso mais racional do solo e maior proteção contra a erosão. Entretanto, por meio do manejo, qualquer que seja ele, ocorrem modificações da estrutura do solo. O presente trabalho teve como objetivo estudar a influência do estado energético da água e do teor de matéria orgânica sobre o mecanismo de compactação de Latossolo Vermelho sob plantio direto. Utilizaram-se para este estudo amostras de solo úmidas e indeformadas, coletadas no horizonte Ap de duas áreas agrícolas sob plantio direto com e sem rotação de culturas. No laboratório, essas amostras foram fragmentadas e peneiradas para obtenção de agregados de 4 a 5 mm de diâmetro, os quais foram colocados em equilíbrio com umidade de quatro potenciais matriciais para, após essa etapa, sofrerem uma compressão uniaxial com pressões de 32 a 1.000 kPa. Os resultados mostram que a maior compressibilidade dos agregados tanto para o manejo com rotação de culturas como para o manejo sem rotação de culturas, ocorreu para o potencial matricial de -32 kPa (umidade entre 0,29 e 0,32 kg kg-1), enquanto a menor ocorreu para os potenciais de -1 e -1.000 kPa (umidades de 0,35 e 0,27 kg kg-1, respectivamente), indicando que esse solo não deve ser trabalhado com umidade em torno de 0,29-0,32 kg kg-1. A maior redução de volume dos agregados foi obtida para pressões mecânicas inferiores a 600 kPa, indicando que esses solos mostraram-se bastante sensíveis à compactaçãoquando expostos ao trabalho mecânico. Além disso, os agregados do solo com plantio direto e rotação de culturas apresentaram sensibilidade maior à compressão que os agregados do solo com plantio direto e sem rotação de culturas, possivelmente por terem melhores condições estruturais, graças ao maior teor de matéria orgânica. <![CDATA[<B>Determination of air permeability in undisturbed soil samples by the decreasing pressure method</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600003&lng=en&nrm=iso&tlng=en A permeabilidade do solo ao ar (Ka) determina o fluxo convectivo de gases na matriz do solo e a troca de gases na interface do sistema solo-atmosfera, influenciando diretamente a qualidade do ambiente físico para o crescimento de plantas e a taxa de ocorrência de processos dependentes da concentração de gases no solo. A Ka pode ser estimada por um método simplificado baseado em uma modificação da lei de Darcy para fluxo de gases no solo em pressão decrescente. Os objetivos deste trabalho foram modificar e aprimorar um permeâmetro para quantificar, em laboratório, a permeabilidade de amostras indeformadas de solos ao ar utilizando o método da pressão decrescente. Foram utilizados dois sistemas de aquisição de dados: um sistema eletrônico automatizado composto por um transdutor de pressão conectado a um datalogger (E1), e alternativamente um sistema composto de um manômetro digital para registro do decréscimo de pressão e um cronômetro (E2). No sistema E1, foram avaliadas amostras da camada superficial de um Nitossolo Vermelho eutroférrico argiloso, coletadas na área experimental da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - USP, Piracicaba, SP, e no E2 foram avaliadas amostras de um perfil de Nitossolo Vermelho distroférrico muito argiloso, coletadas em intervalos de profundidade em área experimental da Universidade Estadual de Maringá, PR. Os ensaios para a determinação de Ka foram realizados em amostras indeformadas de solo com variação na densidade do solo e no conteúdo de água. A Ka aumentou com a redução do conteúdo de água do solo em função do maior volume de poros ocupados com ar e com o decréscimo da densidade do solo devido ao aumento da porosidade total das amostras. Os resultados mostraram que o método é versátil, rápido, de fácil aplicação e baixo custo para a determinação da Ka, independente do sistema de aquisição de dados utilizados.<hr/>Soil air permeability (Ka) controls the convective gas flux in the soil matrix and at the soil-atmosphere interface, directly affecting the soil physical quality for plant growth and the rate of processes that depend on the soil gas concentration. Ka can be estimated by a simplified method based on a modification of Darcy's law for gas flow in soil under decreasing pressure. The objective of this research was to modify and improve a permeameter for laboratory quantification of Ka by the falling pressure method. Two data acquisition systems were used for this purpose: an electronic-automatic system composed of a pressure transducer connected to a datalogger (E1) and alternatively, a system composed of a digital manometer for measuring the pressure decrease and a chronometer (E2). In E1, samples of the surface layer of a "Nitossolo Vermelho eutroférrico" (Alfisol) collected on the experimental farm of the Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - USP, Piracicaba, Sao Paulo, were evaluated, while in E2 samples of a "Nitossolo Vermelho distroférrico" profile from different depths, collected from the experimental farm of the Universidade Estadual de Maringá, Maringá, PR, were evaluated. The Ka tests were performed in undisturbed samples with variability in soil bulk density and water content. Overall Ka increased with decreasing soil water content and bulk density. This can be related to the increase in air-filled porosity volume with the decrease in these two variables. The results show that the apparatus is inexpensive, versatile, fast, and simple for Ka determination, independently of the data acquisition system. <![CDATA[<B>Estimation of water retention and availability in soils of Rio Grande do Sul</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Dispersed information on water retention and availability in soils may be compiled in databases to generate pedotransfer functions. The objectives of this study were: to generate pedotransfer functions to estimate soil water retention based on easily measurable soil properties; to evaluate the efficiency of existing pedotransfer functions for different geographical regions for the estimation of water retention in soils of Rio Grande do Sul (RS); and to estimate plant-available water capacity based on soil particle-size distribution. Two databases were set up for soil properties, including water retention: one based on literature data (725 entries) and the other with soil data from an irrigation scheduling and management system (239 entries). From the literature database, pedotransfer functions were generated, nine pedofunctions available in the literature were evaluated and the plant-available water capacity was calculated. The coefficient of determination of some pedotransfer functions ranged from 0.56 to 0.66. Pedotransfer functions generated based on soils from other regions were not appropriate for estimating the water retention for RS soils. The plant-available water content varied with soil texture classes, from 0.089 kg kg-1 for the sand class to 0.191 kg kg-1 for the silty clay class. These variations were more related to sand and silt than to clay content. The soils with a greater silt/clay ratio, which were less weathered and with a greater quantity of smectite clay minerals, had high water retention and plant-available water capacity.<hr/>Informações dispersas sobre retenção e disponibilidade de água em solos podem ser agrupadas em bancos de dados para gerar funções de pedotransferência. Os objetivos do trabalho foram: gerar equações de pedotransferência para estimar a retenção de água a partir de atributos do solo de fácil obtenção; avaliar a eficiência de pedofunções existentes para várias regiões para a estimativa da retenção de água em alguns solos do RS; e estimar a disponibilidade de água em função da distribuição do tamanho das partículas dos solos. Dois bancos de dados com atributos do solo, incluindo retenção de água foram organizados: um a partir de dados da literatura (725 dados) e outro de solos de um sistema de monitoramento e manejo de irrigação (239 dados). Com o banco da literatura foram geradas funções de pedotransferência, avaliadas nove pedofunções disponíveis na literatura e calculado o teor de água disponível. As equações de pedotransferência geradas tiveram coeficientes de determinação entre 0,56 e 0,66. Equações de pedotransferência geradas com solos de outras regiões não foram adequadas para estimar a retenção de água de alguns solos do RS. O teor de água disponível variou em função da classe textural do solo, desde 0,089 kg kg-1 para a classe areia, a 0,191 kg kg-1 para a classe argilo siltosa. As variações foram mais dependentes das frações areia e silte do que da argila. Os solos com maior relação silte/argila, menos intemperizados e com maior quantidade de argilominerais do grupo das esmectitas, tiveram maior retenção e disponibilidade de água. <![CDATA[<B>Diagnostic techniques applied in geostatistics for agricultural data analysis</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600005&lng=en&nrm=iso&tlng=en The structural modeling of spatial dependence, using a geostatistical approach, is an indispensable tool to determine parameters that define this structure, applied on interpolation of values at unsampled points by kriging techniques. However, the estimation of parameters can be greatly affected by the presence of atypical observations in sampled data. The purpose of this study was to use diagnostic techniques in Gaussian spatial linear models in geostatistics to evaluate the sensitivity of maximum likelihood and restrict maximum likelihood estimators to small perturbations in these data. For this purpose, studies with simulated and experimental data were conducted. Results with simulated data showed that the diagnostic techniques were efficient to identify the perturbation in data. The results with real data indicated that atypical values among the sampled data may have a strong influence on thematic maps, thus changing the spatial dependence structure. The application of diagnostic techniques should be part of any geostatistical analysis, to ensure a better quality of the information from thematic maps.<hr/>A modelagem da estrutura de dependência espacial pela abordagem da geoestatística é de fundamental importância para a definição de parâmetros que definem essa estrutura e que são utilizados na interpolação de valores em locais não amostrados, pela técnica de krigagem. Entretanto, a estimação de parâmetros pode ser muito alterada pela presença de observações atípicas nos dados amostrados. O desenvolvimento deste trabalho teve por objetivo utilizar técnicas de diagnóstico em modelos espaciais lineares gaussianos, empregados em geoestatística, para avaliar a sensibilidade dos estimadores de máxima verossimilhança e máxima verossimilhança restrita a pequenas perturbações nos dados. Foram realizados estudos de dados simulados e experimentais. O estudo com dados simulados mostrou que as técnicas de diagnóstico foram eficientes na identificação da perturbação nos dados. Pelos resultados obtidos com o estudo de dados reais, concluiu-se que a presença de valores atípicos entre os dados amostrados pode exercer forte influência nos mapas temáticos, alterando, assim, a estrutura de dependência espacial. A aplicação de técnicas de diagnóstico deve fazer parte de toda análise geoestatística, a fim de garantir que as informações contidas nos mapas temáticos tenham maior qualidade. <![CDATA[<B>Irrigation water quality influence on clay dispersive behavior of Oxisols</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O fenômeno de dispersão da argila do solo pode ser provocado pela qualidade da água de irrigação. Objetivou-se estudar o efeito da irrigação com água com diferentes condutividades elétricas (CE), combinadas com diferentes valores de Relação de Adsorção de Sódio (RAS), na dispersão da argila de solos, de diferentes mineralogias, do Estado de Minas Gerais. As amostras foram coletadas no horizonte B de solos das cidades de Viçosa, Belo Horizonte e Barroso, classificados como Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico típico (LVA), Latossolo Vermelho perférrico típico (LV) e Latossolo Vermelho distroférrico típico (LVd) destacados, respectivamente, pela presença de argilominerais caulinita, hematita e gibbsita. Os tratamentos corresponderam à percolação, nos três solos, de soluções de NaCl e CaCl2 preparadas de forma a se obter seis diferentes valores de CE (20; 50; 100; 200; 400 e 800 mS m-1) e cinco de RAS (0, 5, 10, 20 e 40 mmol c L-1), em três repetições, dispostos em um delineamento em blocos casualizados. A aplicação das soluções foi feita em permeâmetros de coluna vertical e carga constante. A solução foi aplicada até o momento em que a CE do efluente se aproximou daquela da solução aplicada (C/C0 = 1,0). Para avaliar o efeito das soluções aplicadas na estrutura do solo, foram quantificados os teores de argila dispersa em água (ADA). Os valores de ADA nas amostras de solo submetido à percolação das diferentes soluções salino-sódicas (ADA-S) foram relacionados com a CE e a RAS da solução percolada, ajustando-se superfícies de resposta com este fim. O comportamento dos solos foi diferenciado, no que se refere à dispersividade da argila, o que estava associado à mineralogia, mas, também, ao grau de intemperismo do solo. O LVA apresentou comportamento não dispersivo em todos os tratamentos e, no geral, todas as soluções de percolação, notadamente as de maiores CE, independentemente dos valores de RAS, proporcionaram diminuição no teor de argila dispersa (ADA-S) nos solos LV e LVd.<hr/>The phenomenon of dispersion of soil clay can be caused by the quality of irrigation water. This study investigated the effect of irrigation water with different electric conductivities (EC), combined with different Sodium Adsorption Relation (SAR) values on clay dispersion in soil commonly found in the state of Minas Gerais, with different mineralogies. The samples were collected from the B horizon of three soils (Oxisols) in Viçosa, Belo Horizonte and Barroso, respectively, with high levels of the clay minerals kaolinite, hematite, and gibbsite, and are classified as Yellow-Red Latosol, Red Latosol and dystroferric Red Latosol. The physical, chemical, and mineralogical properties of the soils were characterized. The treatments corresponded to percolation, through the three soils, of NaCl and CaCl2 solutions with six different EC values (20; 50; 100; 200; 400, and 800 mS m-1) and five SAR values (0, 5, 10, 20, and 40 mmol c L-1), in a randomized block design with three replications. The solutions were applied in vertical column and constant load permeameters. The solution was applied until the EC of the effluent approached that in the applied solution (C/C0 = 1.0). To evaluate the effect of the solutions applied to the soil structure, the contents of clay dispersed in water (CDW) were quantified. The values of CDW in the soil materials percolated with the different sodic-saline solutions (CDW-S) were related to EC and SAR of the percolated solutiona. The soil behavior was distinct regardint clay dispersion, which was ascribed to its mineralogy as well as to the degree of weathering. The Yellow-Red Latosol showed a non-dispersive pattern in all treatments. In general, all percolation solutions, especially those with highest EC, regardless of the SAR value, indicated reduced dispersed clay (CDW-S) in the Red Latosol and dystroferric Red Latosol. <![CDATA[<B>Humic acids in a fertirrigated soil in the São Francisco River Valley, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600007&lng=en&nrm=iso&tlng=en A aplicação de ácidos orgânicos, principalmente húmicos (AH), associada à adubação mineral e orgânica pode levar a alterações nas propriedades dos AH do solo. No Vale do São Francisco, o uso de ácidos orgânicos vem despertando o interesse de produtores que usam sistema de irrigação. Entretanto, não são conhecidas as modificações que podem ocorrer nas características das substâncias húmicas do solo quando são aplicados ácidos orgânicos associados à fertilização mineral e estercos. Os objetivos deste trabalho foram avaliar e caracterizar, por métodos espectroscópicos (UV-Vis, Infravermelho, Fluorescência e RPE), as possíveis mudanças qualitativas no AH extraído de solo fertirrigado com duas fontes de fertilizantes (orgânica e mineral), associadas à aplicação de ácidos orgânicos comerciais na cultura da goiabeira. O experimento foi conduzido na Embrapa Semiárido, em Petrolina - PE. Os tratamentos utilizados foram: F - fertirrigação com fertilizantes minerais (ureia, fosfato monoamônio, cloreto de potássio); FE - F + aplicação de 20 dm³/planta de esterco; FH - F + fertirrigação com 30 dm³ ha-1 de Codahumus 20®; FEH - fertirrigação mineral + aplicação de 20 dm³/planta de esterco + fertirrigação com 30 dm³ ha-1 de Codahumus 20®, e R- tratamento testemunha, sem adubação. A relação E4/E6 dos AH variou de 4,8 a 5,4 para os tratamentos FEH e F. Os dados obtidos por meio da espectroscopia FTIR sugerem mistura de características aromático-alifáticas, grande quantidade de grupos carboxílicos e menor número de grupos nitrogenados para os AH dos tratamentos FEH, FH e FE. Os valores obtidos do índice A465 variaram de 1,04 a 1,74, referentes aos AH dos tratamentos FEH e FE. Verificou-se uma concentração de radicais livres orgânicos no AH do tratamento FEH (2,66 spins g-1 10(17)) três vezes maior do que o AH do tratamento F (0,95 spins g-1 10(17)). O esterco foi o responsável pelo maior de policondensação e grau de humificação do ácido húmico dos tratamentos FE e FHE.<hr/>The use of humic (HA) acids together with mineral and organic fertilizers probably modifies the natve soil humic acids'In the São Francisco Valley, Northeast Brazil, organic acids have gain interest of growers using irrigated agriculture. But so far, the possible modifications of the native soil humic substances under application of organic acids along with mineral and organic fertilizers are not known. The objective of this study was to evaluate and characterize the qualitative changes in humic acids extracted from a soil fertirrigated with different sources of mineral and organic fertilizers, together with the commercial organic acid application to guava trees. The experiment was carried out at Embrapa Tropical Semi-Arid, in Petrolina, State of Pernambuco, Brazil. The treatments were: F - mineral fertirrigation (urea, monoammonium phosphate, potassium chloride); FE - F + 20 L/plant manure; FH - F + fertirrigation with 30 L Codahumus 20® ha-1; FEH - mineral fertigation + 20 L/plant manure + fertirrigation with 30 L Codahumus 20® ha-1; and R - reference (without fertilizer, manure or organic acid applications). The E4/E6 ratio of HA ranged from 4.8 to 5.4 for the treatments FEH and F. Results of the Fourier-transform infrared spectroscopy suggest a mixture of aromatic and aliphatic characteristics, a large abundance of carboxylic groups and a lower number of nitrogen groups for humic acids in the treatments FEH, FH and FH. The A465 index ranged from 1.04 to 1.74 for HA in the treatments FEH and FE. The concentration of organic free radicals in HA in the treatment FEH (2.66 Spins g-1 10(17)) was three times higher than the HA concentration in treatment F (0.95 Spins g-1 10(17)). Manure accounted for the highest level of HA polycondensation and humification degree in the treatments FE and FHE. <![CDATA[<B>The effect of plantation silviculture on soil organic matter and particle-size fractions in Amazonia</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Eucalyptus grandis and other clonal plantations cover about 3.5 million ha in Brazil. The impacts of intensively-managed short-rotation forestry on soil aggregate structure and Carbon (C) dynamics are largely undocumented in tropical ecosystems. Long-term sustainability of these systems is probably in part linked to maintenance of soil organic matter and good soil structure and aggregation, especially in areas with low-fertility soils. This study investigated soil aggregate dynamics on a clay soil and a sandy soil, each with a Eucalyptus plantation and an adjacent primary forest. Silvicultural management did not reduce total C stocks, and did not change soil bulk density. Aggregates of the managed soils did not decrease in mass as hypothesized, which indicates that soil cultivation in 6 year cycles did not cause large decreases in soil aggregation in either soil texture. Silt, clay, and C of the sandy plantation soil shifted to greater aggregate protection, which may represent a decrease in C availability. The organic matter in the clay plantation soil increased in the fractions considered less protected while this shift from C to structural forms considered more protected was not observed.<hr/>Este trabalho teve como objetivo investigar a dinâmica dos agregados do solo e das suas frações derivadas dos mesmos em duas texturas de solo, cada uma com uma plantação de Eucalipto e uma floresta primaria imediatamente adjacente. Eucalyptus grandis e outros clones cultivados em plantações cobrem aproximadamente 3,5 milhões de hectares no Brasil. Os impactos de manejo intensivo de plantações de rotação curta sobre a estrutura de solo e a dinâmica de carbono (C) são em grande parte desconhecidos em ecossistemas tropicais. No longo prazo, a sustentabilidade desses sistemas é provavelmente ligada à manutenção da matéria orgânica e à estrutura de agregação do solo, principalmente em áreas de solos de baixa fertilidade. Manejo silvicultural não diminuiu os estoques de C total, e não mudou a densidade do solo. Agregados dos solos manejados não diminuíram em massa, o que indica que a subsolagem e o manejo em ciclos de 6 anos não causaram um efeito negativo na agregação do solo em ambas as texturas. Os agregados do solo arenoso sob plantio aumentaram seus conteúdos de silte, argila e C, indicando que, na estrutura de agregação do solo, C está mudando para um ambiente de maior proteção contra decomposição. O solo argiloso sob plantio teve um aumento de matéria orgânica contida nas frações consideradas menos protegidas, e não demonstrou essas mudanças de C para formas estruturais consideradas mais protegidas. <![CDATA[<B>Carbon content in Amazonian Oxisols after forest conversion to pasture</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Soil plays an important role in the C cycle, and substitution of tropical forest by cultivated land affects C dynamic and stock. This study was developed in an area of expansion of human settlement in the Eastern Amazon, in Itupiranga, State of Pará, to evaluate the effects of native forest conversion to Brachiaria brizantha pasture on C contents of a dystrophic Oxisol. Soil samples were collected in areas of native forest (NF), of 8 to 10 year old secondary forest (SF), 1 to 2 year old SF (P1-2), 5 to 7 year old SF (P5-7), and of 10 to 12 year old SF (P10-12), and from under pastures, in the layers 0-2, 2-5 and 5-10 cm, to evaluate C levels and stocks and carry out separation of OM based on particle size. After deforestation, soil density increased to a depth of 5 cm, with greater increase in older pastures. Variation in C levels was greatest in the top soil layer; C contents increased with increasing pasture age. In the layers 2-5 and 5-10 cm, C content proved to be stable for the types of plant cover evaluated. Highest C concentrations were found in the silt fraction; however, C contents were highest in the clay fraction, independent of the plant cover. An increase in C associated with the sand fraction in the form of little decomposed organic residues was observed in pastures, confirming greater sensitivity of this fraction to change in soil use.<hr/>O solo desempenha importante papel no ciclo do C, porém a substituição da floresta tropical por áreas cultivadas altera a dinâmica e o estoque desse elemento. Em uma frente pioneira de colonização no município de Itupiranga (PA), na Amazônia Oriental, foi desenvolvido este estudo com o objetivo de avaliar as consequências da substituição de floresta nativa por pastagens de Brachiaria brizantha no conteúdo de C de um Latossolo Amarelo distrófico. As amostras de solo foram coletadas em área de floresta nativa (FN), floresta secundária de 8-10 anos (FS), pastagens de 1-2 anos (P1-2), de 5-7 anos (P5-7) e de 10-12 anos (P10-12), nas camadas de 0-2, 2-5 e 5-10 cm, para avaliar os teores e o estoque de C e realizar um fracionamento granulométrico da matéria orgânica. Após o desmatamento, a densidade do solo aumentou até a profundidade de 5 cm, sendo esse aumento maior nas pastagens mais antigas. As maiores mudanças no conteúdo de C ocorreram na camada superior do solo, havendo aumento nesse conteúdo com o tempo de implantação das pastagens. Nas camadas de 2-5 e 5-10 cm, o conteúdo de C se mostrou estável entre os tipos de cobertura vegetal avaliados. As maiores concentrações de C foram encontradas na fração silte, mas os maiores conteúdos de C ocorreram na fração argila, independentemente do tipo de cobertura vegetal. Um aumento da quantidade de C associado à fração areia, na forma de resíduos orgânicos pouco decompostos, foi observado nas pastagens, confirmando a maior sensibilidade dessa fração às mudanças de uso do solo. <![CDATA[<B>Molecular weight distribution of humic acids and root growth promotion</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os ácidos húmicos (AH) estimulam diretamente vários processos fisiológicos que promovem o crescimento vegetal, especialmente do sistema radicular. O conhecimento da natureza química e do papel de AH na expressão de efeitos biofertilizantes e bioestimulantes é fundamental para o desenvolvimento de insumos biológicos à base de ácidos húmicos. O objetivo deste trabalho foi avaliar uma possível relação entre a distribuição de massa molecular aparente de AH isolados de vermicomposto e a magnitude de resposta na promoção do crescimento radicular. Para isso, foram obtidas subfrações (SF) dos AH por meio de cromatografia preparativa por exclusão de tamanho em gel de Sephadex G-50 (CGE). O processo preparativo foi validado pelo uso da cromatografia líquida de alta performance por exclusão de tamanho (HPSEC). As cinco frações obtidas foram testadas em diferentes concentrações (0; 0,0001; 0,001; 0,003; 0,005; e 0,01 mol L-1 de C) quanto à sua capacidade de estimular o crescimento radicular de plantas de Arabidopsis thaliana (ecótipo col. 4). Para plantas de milho (Zea mays hyb. UENF 506-6) foi utilizada a dose de 0,002 mol L-1 de C. O modelo quadrático descreveu a indução do crescimento radicular de Arabidopsis e a dose de AH, sendo 0,00511 mol L-1 de C o ponto de inflexão médio. Na concentração ótima, foi observada correlação inversa e significativa entre distribuição de massa molecular e indução do número de raízes laterais em Arabidopsis. No entanto, outros atributos, como área e comprimento radicular, não sofreram influência da massa molecular aparente. Em plântulas de milho, foi observado aumento no número de sítios de mitose e raízes laterais tanto no tratamento com AH como com suas subfrações. A atividade da H+-ATPase de membrana plasmática foi significativamente alterada pelo AH, porém não ocorreu o mesmo com todas as subfrações. A atividade de estimulação do crescimento radicular parece estar mais relacionada com a estrutura química das substâncias húmicas do que com a distribuição de massa molecular dos agregados húmicos.<hr/>Humic acids (HA) directly stimulate several physiological processes that promote plant growth, particularly of the root system. Knowledge about the chemical nature and the role of HA in the effects observed under biofertilization and biostimulation is essential to develop HA-based biological resources. The aim of this study was to evaluate a possible relationship between the distribution of the apparent molecular weight of HA isolated from vermicompost and the response in root growth promotion. HA sub-fractions were obtained through preparative chromatography by size exclusion using Sephadex gel G-50 gel (CGE). The preparative process was validated by high-performance size-exclusion chromatography (HPSEC). The five sub-fractions were tested at different concentrations (0; 0.0001; 0.001; 0.003; 0.005; and 0.001 mol L-1 C) for their capacity to stimulate root growth of Arabidopisis thaliana (ecotype col 4) seedlings. For maize seedlings (Zea mays hybrid UENF 506-6) a rate of 0.002 mol L-1 C was used. The quadratic model described the relationship between root growth induction and HA dose in Arabidopsis; 0.00511 mol L-1 C was the average inflection point. At the optimum concentration, a significant negative correlation between molecular weight distribution and the number of lateral roots induced in A. thaliana was observed. However, other root traits, e.g., area and length, were not influenced by the apparent molecular weight of fractions. An increase in the number of mitotic and lateral root emission was observed for maize seedlings, both for the treatment with HA as well as with the sub-fractions. The H+-ATPase activity of plasma membrane was significantly affected by HA, although differently in the sub-fractions. The stimulating activity of root growth seems to be more related to the chemical structure of humic substances than to the distribution of molecular weight of the humic aggregates. <![CDATA[<B>Allelopathic effects of plant aqueous extracts on germination, mycorrhization and Initial growth of corn, soybean and bean</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Restos vegetais e liteira podem interferir no desenvolvimento de plantas. Este trabalho objetivou avaliar os efeitos alelopáticos de extratos aquosos de Pinus sp., milheto (Pennisetum americanum (L.) Leeke) e mucuna (Stizolobium aterrimum Piper & Tracy) sobre a germinação, colonização micorrízica e crescimento inicial de milho (Zea mays L.), soja (Glycine max L.) e feijão (Phaseolus vulgaris L.). Os extratos foram elaborados utilizando folhas trituradas. O experimento in vitro empregou papel Germitest umedecido com extratos ou água destilada por sete dias. O experimento em casa de vegetação teve esquema fatorial 3 x 3 x 4, com quatro repetições: três espécies vegetais (soja, milho e feijão), três extratos aquosos (Pinus, milheto e mucuna) e quatro doses de extrato (0,0; 0,5; 1,0; e 2,0 kg L-1). O substrato foi Latossolo Vermelho coletado no município de Selvíria-MS, no bioma Cerrado. Após a semeadura, os vasos receberam, a cada cinco dias, por 45 dias, 50 mL dos extratos. Para a soja, extratos de mucuna e milheto diminuíram o comprimento do hipocótilo e da radícula e os de Pinus aumentaram esses comprimentos. Em feijão, o extrato de Pinus diminuiu o comprimento do hipocótilo e da radícula, mas os extratos de mucuna e milheto aumentaram-no. O extrato do milheto reduziu a percentagem e a velocidade de germinação em feijão. Todos os extratos reduziram a colonização micorrízica e o número de esporos de fungos micorrízicos arbusculares em soja, milho e feijão.<hr/>Plant residues and litter may affect the plant growth. The objective of this study was to evaluate the allelopathic effects of aqueous extracts of pine (Pinus sp.), millet [Pennisetum americanum (L.) Leeke] and velvet bean (Stizolobium aterrimum Piper & Tracy) on germination, mycorrhizal colonization and initial growth of corn (Zea mays L.), soybean (Glycine max L.) and bean (Phaseolus vulgaris L.). Extracts of ground leaves were prepared. For the in vitro seven day- germination test, pH - neutral paper was previously wetted with the aqueous extracts or distilled water. The greenhouse experiment was arranged in a 3 x 3 x 4 factorial design, with four replications: three plant species (soybean, corn and bean), three aqueous extracts (Pinus, millet and velvet bean) and four extract doses (0.0; 0.5; 1.0 and 2.0 kg L-1). A Red Latossol (Oxisol) collected in Selvíria, state of Mato Grosso do Sul, in the Cerrado biome was used as substrate. After sowing in pots, 50 mL of the aqueous extracts was applied every 5 days, during 45 days. Opposite to pine, extracts of velvet bean and millet reduced the hypocotyl and root length in soybean. In common bean, pine extract reduced hypocotyl and root length, contrasting to velvet bean and millet. Millet extract decreased the germination percentage and germination rate of beans. All plant extracts reduced mycorrhization and the number of spores of arbuscular mycorrhizal fungi on soybean, maize and common bean. <![CDATA[<B>Simulated soil carbon and nitrogen dynamics in an Acrisol of Rio Grande do Sul State using the Century model</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Diversas pesquisas têm mostrado desempenho satisfatório do modelo Century no estudo da dinâmica da matéria orgânica do solo (MOS) nas condições edafoclimáticas do Rio Grande do Sul, porém os estoques de N do solo são normalmente superestimados. O objetivo deste estudo foi ajustar parâmetros do modelo Century em relação ao ciclo do N, para torná-lo uma ferramenta útil no estudo da dinâmica do N em nosso meio. As simulações foram realizadas com dados experimentais de um estudo de longa duração instalado em 1985 em um Argissolo Vermelho distrófico da EEA-UFRGS, em Eldorado do Sul (RS). A inicialização do modelo consistiu na entrada de dados de solo, clima e ajuste de variáveis locais relacionadas à adição de N por fixação não simbiótica e parâmetros relativos a perdas de N por volatilização e relação C/N de resíduos de culturas que entram nos compartimentos lento e passivo da MOS. O modelo foi executado por um período de 6.000 anos nas condições do bioma de campos nativos do Sul do Brasil (bioma mesic/subhumid grassland), para obtenção dos estoques estáveis do C orgânico total (COT) e N total (NT) do solo e dos compartimentos de C e N do solo. Com o modelo assim ajustado, simularam-se oito tratamentos (dois tipos de preparo de solo, dois sistemas de cultura e duas doses de N mineral em fatorial 2 x 2 x 2) selecionados do experimento, conforme o histórico d estudo, alterando-se o parâmetro de cultivo CLTEFF(2) (multiplicador para decomposição do compartimento lento), o qual dependeu do potencial de adição de C pelas culturas e do grau de revolvimento do solo. Adicionalmente, foi acrescentado às sequências de eventos de manejo de solo sob preparo convencional um "efeito adicional de cultivo", persistindo por dois meses após cada evento de revolvimento do solo. Esse prolongamento do efeito do revolvimento do solo permitiu melhor ajuste da dinâmica do C no solo sob sistema de preparo convencional, pois refletiu a maior decomposição da MOS observada nas condições locais. De maneira geral, a aplicação do modelo Century com a parametrização proposta demonstrou bom ajuste das estimativas de COT e NT em relação aos valores observados em 1998, evidenciando que o modelo C tem potencial para ser utilizado no planejamento e na definição de estratégias de manejo de solo.<hr/>Several studies have shown the satisfactory performance of the Century Model to study soil organic matter (SOM) for the climatic and edaphic conditions of Rio Grande do Sul. However, soil N stocks were usually overestimated in these simulations. The objective of this study was to parameterize the N cycle submodel of Century for a successful use in N dynamic studies in Southern Brazil. For the simulations, data from a long-term study site established in an Acrisol (Argissolo Vermelho distrófico) at EEA-UFRGS (Eldorado Agricultural Experiment Station - UFRGS) in 1985 were used. The initial parameterization included soil and climate properties, non-symbiotic N fixation inputs, N losses by volatilization and C/N ratios of plant residues that enter the slow and passive N pools of SOM. Century was run for a simulation period of 6,000 years to determine the steady state of soil total carbon and nitrogen stocks and the C and N soil compartments for conditions of Southern Brazilian grasslands (mesic biome/subhumid grassland). Subsequently, eight selected treatments (conventional and no-tillage managements, two crop systems and two N levels in factorial combination) were simulated according to historical soil management data, with appropriate changes in the cultivation parameter CLTEFF(2) (slow pool decomposition multiplier), which was affected by crop C inputs and tilling intensity. Additionally, an "enhanced cultivation effect" was included for two months after each plowing event in the conventional soil management schedules. This extension of the tilling effect resulted in a better adjustment of the soil C dynamics in the case of the conventional tillage system, reflecting the higher soil organic matter decomposition under the local conditions. In general, the estimates of the model with the above-mentioned parameterization agreed well with the field data measured in 1998. This indicates the Century model as a feasible tool for the planning and establishment of soil management strategies. <![CDATA[<B>Soil macrofauna in three succession stages of a seasonal semidecidous forest and a mixed pasture in Pinheiral</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Entre os diferentes tipos de organismos da macrofauna do solo, distribuídos em diversos tipos de habitats, com variados hábitos alimentares e ciclos de vida, alguns são capazes de responder rapidamente às alterações ambientais e, por isso, considerados bons indicadores do funcionamento dos ecossistemas. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito dos seguintes estádios sucessionais de Floresta Estacional Semidecidual Submontana do domínio ecológico da Mata Atlântica: floresta secundária estádio inicial (FSEI), floresta secundária estádio médio (FSEM), floresta secundária estádio avançado (FSEA) e uma área de pasto misto manejado (PMM) sobre a densidade, diversidade e composição da comunidade da macrofauna edáfica em duas épocas do ano, no município de Pinheiral (RJ). Para amostragem da macrofauna, foram retiradas oito amostras da serapilheira e da camada superficial (0-10 cm) do solo pelo método recomendado pelo programa Tropical Soil Biology and Fertility (TSBF), com adaptações. Predominaram Isoptera, Formicidae e Oligochaeta em FSEI, FSEM e FSEA e Formicidae e Oligochaeta em PMM. Não houve diferença significativa na densidade da macrofauna edáfica entre as áreas. Os maiores valores dos estimadores de diversidade utilizados (equabilidade de Pielou, riqueza total e média) foram encontrados em FSEA. Os valores de riqueza total mostraram aumento gradual de acordo com o estádio de sucessão, desde PMM até FSEI. Constatou-se maior número de indivíduos no solo do que na serapilheira em todas as áreas de floresta, nas duas épocas. Pela análise de componentes principais (ACP) realizada para os períodos seco e chuvoso, foi possível identificar maiores diferenças na composição das comunidades entre os estádios sucessionais para o período chuvoso. Nesta época, os estádios FSEM e FSEA estiveram associados a uma maior diversidade de invertebrados saprófagos e predadores do que PMM e FSEI, demonstrando influência do processo sucessional sobre a comunidade da macrofauna do solo.<hr/>Among a number of organisms that constitute soil macrofauna communities, distributed in different types of habitats, with varied foraging habits and life cycles, some are capable of a rapid response to environmental changes. These organisms are considered efficient indicators of the well-functioning of ecosystems. The main objective of this study was to evaluate the effects of the following succession stages of a seasonal semidecidous submontane forest of the Atlantic Forest domain: Secondary Forest Initial Stage - SFIS, Medium Stage - SFMS, Advanced Stage - SFAS and a Mixed and Managed Pasture - MMP on the density, diversity and composition of the edaphic macrofauna community, in two seasons, in the Pinheiral county (Rio de Janeito state, southeastern Brazil). The macrofauna assessment was carried out by collecting eight samples of litter and superficial soil layer (0-10 cm) using the method recommended by "Tropical Soil Biology Fertility Programme" (TSBF), with modifications. The predominant taxonomic groups were Isoptera, Formicidae and Oligochaeta in SFIS, SFMS and SFAE and Formicidae and Oligochaeta in MMP. No significant difference of edaphic macrofauna density between the areas was observed. The highest diversity estimator values: Pielou's evenness index, total and average richness were observed in SFAE. The total richness values increase gradually from MMP towards SFAE. A higher number of individuals colonized soil in relation to the litter microhabitat in all forest areas, in the two sampling seasons. The principal component analysis (PCA) performed separately for the dry and wet season indicated greater differences of the macrofauna communities between succession stages in the wet season. In this season, the stages SFMS and SFAE were associated to a higher saprophagous and predator diversity than in MMP and SFIS. These results demonstrate the influence of the succession stage on the soil macrofauna community. <![CDATA[<B>Surface liming with paper and cellulose industry alkaline residue in a highly buffered soil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Solos dos planaltos subtropicais do Brasil são pobres em nutrientes e têm alta necessidade de calagem, o que encarece e pode limitar a correção da acidez. O objetivo deste estudo foi avaliar modificações químicas e físicas de um Cambissolo Húmico alumínico e a resposta da cultura do trigo ao resíduo alcalino da indústria de papel e celulose (Dregs) em comparação com um corretivo convencional. Os tratamentos foram doses de resíduo (Res) de 25, 50 e 100 % da recomendação indicada pelo método SMP, visando elevar o pH para 6,0, que correspondem a 2.625, 5.250 e 10.500 kg ha-1, respectivamente. Essas doses se comparam a 50 e 100 % SMP de calcário dolomítico (Cal), e correspondem a 5.600 e 11.200 kg ha-1, respectivamente, além do solo sem correção (testemunha, sem resíduo e, ou, corretivo). O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os corretivos foram aplicados superficialmente em duas épocas: primeira metade em junho de 2004 e o restante em junho de 2006, em uma área de campo nativo pastejado, sem revolvimento do solo. As amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0 a 5, 5 a 10, e 10 a 15 cm para caracterização química e física do solo. Em 2006, foram avaliados os teores foliares de nutrientes e a produtividade de grãos de trigo. A aplicação superficial do resíduo alcalino melhorou os atributos químicos do solo, principalmente na camada superficial, com aumento do pH e dos teores de Ca e Mg, da relação molar entre Ca e Mg e do teor de Na, sem, entretanto, atingir o valor crítico de saturação da CTC por Na. A calagem superficial com resíduo ou calcário reduziu linearmente o grau de floculação das argilas na camada superficial do solo. Os teores de nutrientes nas plantas e a produtividade de grãos foram semelhantes entre os tratamentos com calcário ou resíduo, com respostas crescentes às doses dos corretivos.<hr/>Soils of the subtropical highlands of Brazil are nutrient-poor and have high lime requirements, which increases costs and can limit the acidity correction. The objective of this study was to assess chemical and physical modifications of an aluminic Humic Cambissol, and the response of wheat crop to the application of alkaline residue from paper and cellulose industry. The treatments consisted of residue rates corresponding to 25, 50 and 100 % (respectively 2,625, 5,250 and 10,500 kg ha-1) of the recommended liming by the SMP method, to increase pH up to 6.0, in comparison with dolomitic limestone at rates of 50 and 100 % SMP (respectively 5,600 and 11,200 kg ha-1), and the control treatment, with no residue and no lime application, in an experimental design of random blocks with four replicates. The lime was surface-applied in 2004, on a grazed native grassland area, without incorporation. Soil samples were collected from the layers 0-5; 5-10 and 10-15 cm for soil chemical and physical analyses. In 2006, the foliar nutrient contents and grain yield of the wheat crop were evaluated. Surface application of alkaline residue improved soil chemical properties, mainly in the surface layer, and increased soil pH, and Ca and Mg contents. However, the Ca:Mg molar ratio and sodium contents increased, without reaching the critical Na saturation in the soil CEC. Surface liming with residue or limestone linearly decreased the degree of clay flocculation in the surface soil layer. Foliar nutrient contents and grain yield were similar in the liming treatments, with positive response to lime rates. <![CDATA[<B>Utilization of Boron (<SUP>10</SUP>B) derived from fertilizer by sugar cane</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600015&lng=en&nrm=iso&tlng=en The response to B in agricultural systems of sugar cane is still an unexplored issue; B application has however recently been widely publicized and used with a certain degree of frequency. The use of 10B-labeled fertilizers may further contribute to clarify this practice. With the objective of evaluating sugar cane use of B (10B) derived from fertilizer (boric acid), an experiment was conducted under field conditions in the 2005/2006 growing season. The experiment consisted of the installation of microplots (2 x 1.5 m) where 4 kg ha-1 B (boric acid with 85.95 % in 10B atoms) dissolved in water was applied 90 days after planting (May 2005). The solution was applied to the soil on both sides of the plant row at a distance of 20 cm. After harvest (June 2006) the B content and 10B abundance in % atoms in all parts of the sugar cane plants (stalks, dry leaves, tips and roots) were determined. Results showed that the total B accumulated was 471 g ha-1 in the entire plant (35 % in the stalks, 22 % in the dry leaves, 9 % in the tips and 34 % in the roots). The sugar cane plants used on average 14 % of the total accumulated B in the above-ground part (44 g ha-1) and 11 % in the roots (19 g ha-1), totaling 13 % in the entire plant (63 g ha-1). The recovery of 10B-fertilizer by sugar cane plants was low, around 2 % of the total applied amount.<hr/>No agrossistema da cana-de-açúcar a resposta à aplicação de B é ainda uma questão não esclarecida, porém é um procedimento que vem sendo utilizado com certa frequência. O uso de fertilizantes marcados com 10B pode auxiliar no entendimento dessa prática. Com o objetivo de avaliar o aproveitamento do B (10B) proveniente do fertilizante (ácido bórico) pela cana-de-açúcar, realizou-se um experimento em campo, na safra de 2005/2006, que consistiu na instalação de microparcelas (2 m de comprimento por 1,5 de largura), que, após 90 dias do plantio (maio de 2005), receberam 4 kg ha-1 de B (ácido bórico com 85,95 % em átomos de 10B) dissolvidos em água. A solução foi aplicada ao solo nos dois lados da linha de plantio, a uma distância de 20 cm. Após a colheita (junho de 2006), foram determinados o teor de B e a abundância de 10B em átomos % em todas as partes das plantas de cana-de-açúcar (colmos, folhas secas, ponteiros e raízes). Os resultados mostraram que o acúmulo total de B foi de 471 g ha-1, e, dessa quantidade, 35 % estavam nos colmos, 22 % nas folhas secas, 9 % nos ponteiros e 34 % nas raízes. O aproveitamento do 10B-fertilizante pela cana-de-açúcar representou em média 14 % do boro total acumulado na parte aérea (44 g ha-1), 11 % nas raízes (19 g ha-1) e 13 % na planta inteira (63 g ha-1). A recuperação do 10B-fertilizante pela cana-planta foi baixa, em torno de 2 % do total aplicado. <![CDATA[<B>Soil potassium content in an integrated crop-livestock system under no-tillage with different grazing intensities</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600016&lng=en&nrm=iso&tlng=en A dinâmica de K em sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP) diverge daquelas de outros sistemas de manejo, porque os sistemas ILP são mais complexos e envolvem, além das práticas relacionadas à cultura de interesse econômico, a introdução do animal. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar as concentrações do K do solo em um sistema ILP, em plantio direto, com diferentes intensidades de pastejo (aveia-preta + azevém) de bovinos no inverno e a cultura da soja cultivada no verão. O experimento foi iniciado em maio de 2001 em área pertencente à Fazenda do Espinilho, localizada no município de São Miguel das Missões - RS, em Latossolo Vermelho distroférrico que vinha sendo cultivado em plantio direto desde 1991. Os tratamentos constaram de intensidades de pastejo: 10, 20, 30 e 40 cm de altura do pasto e um tratamento sem pastejo, distribuídos num delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições. Os teores de K disponível eram originalmente altos e assim se mantiveram ao longo do tempo, independentemente do tratamento de pastejo. Em todas as situações houve a formação de um gradiente decrescente de concentração de K a partir da superfície, sendo maior após pastagem que após soja. A ausência do pastejo, apesar de propiciar menor ciclagem de K, resultou em maiores teores do nutriente no solo, em relação às áreas com animais, especialmente aquelas intensamente pastejadas, devido às perdas causadas, provavelmente, pelas excretas.<hr/>Potassium (K) dynamics in integrated crop-livestock (ICL) systems diverge from other tillage systems, because ICL systems are more complex and involve, apart from the cash crop management, the presence of animals. The objective of this study was to evaluate the soil K concentration in an ICL system under no-tillage with different grazing (black oat and Italian ryegrass) intensities in the winter growing season and soybean cultivated in the summer. The experiment was initiated in May 2001 on the Espinilho - Farm, in São Miguel das Missões, state of Rio Grosso do Sul, Brazil, on a Rhodic Hapludox (Oxisol), under no-tillage since 1991. The treatments consisted of different grazing intensities: 10, 20, 30 and 40 cm of pasture height, and a control (no grazing), in a randomized block design, with three replications. Available K contents were originally high and remained high during the experiment, independent of the grazing intensity. Potassium was stratified in a decreasing gradient from the soil surface in all situations, and was higher after pasture than after soybean. In the control area, in spite of lower K cycling, higher soil K values were found than in the grazed areas, mainly the intensively grazed, due to losses, probably caused by animal manure. <![CDATA[<B>Ammonia volatilization of urea in the out-of-season corn</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600017&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this study was to evaluate the N losses due to volatilization at different rates of common urea, polymer coated urea and urease inhibitor-treated urea in the out-of-season corn, using semi-open static collectors. The treatments consisted of N levels on side-dressing fertilization with urea in different treatments: (a) control (without N), (b) urea 40 kg ha-1 N, (c) urea 80 kg ha-1 N, (d) polymer coated urea 40 kg ha-1 N, (e) polymer coated urea 80 kg ha-1 N and (f) urea with the urease inhibitor (UI) N 80 kg ha-1 N. The results showed that the treatments with polymer coated urea and with urease inhibitor-treated urea reduced the volatilization of N around 50 % compared to common urea, either in the first and the second N side-dressing fertilizations. Thus, they demonstrate that the polymer coat and the urease inhibitors were effective in reducing the volatilization of urea N applied in coverage, which resulted in higher productivity. There was also increasing urease activity in the treatments with application of common urea.<hr/>O objetivo deste estudo foi avaliar as perdas por volatilização doN em diferentes doses de ureia comum, revestida com polímeros e tratada com inibidores de urease na cultura do milho safrinha, utilizando coletores semiabertos estáticos. O N, na forma de ureia, foi aplicado em cobertura nas seguintes doses: milho safrinha solteiro (sem N); ureia - 40 kg ha-1 de N; ureia - 80 kg ha-1 de N; ureia revestida com polímeros - 40 kg ha-1 de N; ureia revestida com polímeros 80 kg ha-1 de N; e ureia com inibidor de urease (UI) - 80 kg ha-1 de N. Os resultados mostraram que os tratamentos com ureia revestida e ureia com inibidor de urease reduziram a volatilização de N em torno de 50 % em relação à ureia comum, tanto na primeira quanto na segunda cobertura nitrogenada. Foi demonstrado que o revestimento da ureia e o inibidor da urease foram eficientes na redução da volatilização do N da ureia aplicados em cobertura, o que refletiu em maiores produtividades. Verificou-se também maior atividade da urease nos tratamentos com aplicação de ureia comum. <![CDATA[<B>Phloem mobility of Boron in two eucalypt clones</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Boron deficiency causes large productivity losses in eucalypt stands in extensive areas of the Brazilian Cerrado region, thus understanding B mobility is a key step in selecting genetic materials that will better withstand B limitation. Thus, in this study B mobility was evaluated in two eucalypt clones (68 and 129), under B sufficiency or B deficiency, after foliar application of the 10B isotope tracer to a single mature leaf. Samples of young tissue, mature leaves and roots were collected 0, 1, 5, 12 and 17 days after 10B application. The 10B:11B isotope ratio was determined by HR-ICP-MS. Samples of leaves and xylem sap were collected for the determination of soluble sugars and polyalcohols by ion chromatography. Boron was translocated within eucalypt. Translocation of foliar-applied 10B to the young tissues, mature leaves and roots was higher in clone 129 than in 68. Seventeen days after 10B application to a single mature leaf, between 14 and 18 % of B in the young tissue was originated from foliar B application. In plants with adequate B supply the element was not translocated out of the labeled leaf.<hr/>A deficiência de boro tem causado perdas expressivas de produtividade em extensas áreas de eucalipto no Brasil, principalmente na região do Cerrado. A mobilidade de B é um fator chave na seleção de materiais genéticos mais tolerantes à deficiência deste nutriente. Neste trabalho, a mobilidade de B foi avaliada em dois clones de eucalipto (68 e 129), com e sem deficiência de B, após a aplicação foliar do traçador isotópico 10B em uma única folha madura. Amostras de tecidos jovens, folhas maduras e raízes foram coletadas nos tempos de 0, 1, 5, 12 e 17 dias após a aplicação. A determinação da razão isotópica 10B:11B foi feita por meio de HR-ICP-MS. Foram coletadas amostras de folhas e do exsudato xilemático para determinação de açúcares solúveis e poliálcoois, por meio de cromatografia iônica. Houve translocação de B no eucalipto. O clone 129 apresentou maior translocação de B da folha aplicada para tecidos jovens, folhas maduras e raízes, quando comparado ao clone 68. Aos dezessete dias após a aplicação do 10B em uma única folha madura, entre 14 e 18 % do B do tecido jovem era proveniente do B aplicado. As plantas com suprimento adequado de B não apresentaram translocação do elemento. <![CDATA[<B>Effect of calcium silicate suplly and the nutritional efficiency of coffee cultivars</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Embora não seja considerado nutriente essencial às plantas, o Si é classificado como elemento benéfico ou útil, mas pode alterar a dinâmica nutricional das plantas. Objetivando comparar a eficiência nutricional de variedades de cafeeiro (Catuaí, Mundo Novo e Icatu) em resposta à adubação silicatada, realizou-se um experimento em blocos casualizados, com as três variedades de mudas em tubetes combinadas com seis doses de CaSiO3 (T0 = 0, T1 = 0,063, T2 = 0,125, T3 = 0,25, T4 = 0,5 e T5 = 1,0 g dm-3 de substrato). A variedade Icatu teve a maior eficiência de absorção (EA) de Cu, Zn, Fe e Si, maior eficiência de uso (EU) de N, K, Ca, B e Mn, não diferindo da Mundo Novo com relação aos nutrientes N, Ca e Mn, e maior eficiência de translocação (ET) de N, S, Zn e de Fe. A Catuaí teve maior EA de P, K, B e Mn, não diferindo da Mundo Novo com relação aos nutrientes P, K e Mn, maior EU para Mg, S, Cu, Zn, Fe e Si, provavelmente devido à melhor ET desses nutrientes, exceto para Fe e Si. A Mundo Novo foi mais eficiente na absorção de N, K, Ca, Mg, Mn e Si, teve maior EU de P e Mn e maior ET de K, Ca, B, Mn e Si.<hr/>Silicon is classified as a beneficial nutrient and can improve the nutritional dynamics of plants, although it is not considered an essential nutrient for plants. In an experiment in a randomized block design, three coffee cultivars (Catuaí, Mundo Novo and Icatu) were planted in plastic tubes, combined with six doses of calcium silicate (T0=0, T1=0.063, T2=0.125, T3=0.25, T4=0.5 and T5=1.0 g dm-3 substrate), to compare the nutritional efficiency of the cultivars in response to silicon fertilization. Cultivar Icatu showed the higher uptake efficiency (UE) of Cu, Zn, Fe, and Si, and efficiency of use (EU) of N, K, Ca, B, and Mn, but the later did not differ from Mundo Novo cultivar (N, Ca, and Mn). The efficiency of translocation (ET) was higher for N, S, Zn, and Fe. For Catuaí the uptake efficiency of P, K, B, and Mn was higher, but did not differ from Mundo Novo for P, K, and Mn. The Catuai's s efficiency of use for Mg, S, Cu, Zn, Fe, and Si was higher, probably because of a better ET of these nutrients, with exception of Fe and Si. The cultivar Mundo Novo was the most efficient in N, K, Ca, Mg, Mn and Si uptake, had the higher EU of P and Mn, and the highest ET of K, Ca, B, Mn, and Si. <![CDATA[<B>Cobalt and molybdenum concentrated suspension for soybean seed treatment</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600020&lng=en&nrm=iso&tlng=en The concentrated suspension (CS), the basis of Mo trioxide, allows high Mo concentrations and is therefore a technical advance for seed treatment, since it allows the recommendation of the Mo at lower dosage than with the liquid solution formulations (LS). The purpose of this research was to evaluate the efficiency and doses of fertilizer with Mo and Co in concentrated suspension in comparison with liquid solution as well as fertilizers associated with phytohormones, applied in seed treatments, and their effect on soybean yield. Two experiments were carried out in the growing seasons of 2004/2005 and 2005/2006 at the Universidade Federal de Uberlandia (UFU).The first was conducted in an experimental area on the Fazenda Capim Branco, with six treatments and four replications: (1) Mo and Co (CS) - 22 g ha-1 + 1.08 g ha-1; (2) Mo and Co (CS) - 22 g ha-1 + + 1.08 g ha-1 + phytohormone -200 mL ha-1; 3) Mo and Co (LS), 20.7 g ha-1 + 4.13 g ha-1; 4) Mo and Co (LS), 20.7 g ha-1 + 4.13 g ha-1 + phytohormone -200 mL ha-1; (5) + control phytohormone-200 mL ha-1; and (6) control (free of Mo and Co in the seed treatment). The phytohormone consisted of: auxin (11 mg L-1) and cytokynin (0.031 mg L-1). The soybean cultivar Monsoy 8004 was used and a fertilization of 400 kg ha-1 of 02-20-20 NPK fertilizer was applied at sowing. Based on the results of the first experiment, the second was conducted on the Fazenda Floresta do Lobo, in Uberlândia, MG, evaluated in a randomized block design with nine treatments and four replications. The treatments consisted of Mo and Co (g ha-1) doses applied to soybean seeds, as CS formulation (15, 25, 35, 45, 60 and 0.74; 1.23; 1.72; 2.21; 2.95) and LS- (15; 20; 25 and 3.18; 4.25; 5.31), respectively, and the control (free of Mo and Co in the seed treatment). The variety Monarch was used, fertilized with 300 kg ha-1 of NPK fertilizer (03-32-06) at sowing; and 78 kg ha-1 (K2O) in topdressing 30 days after soybean emergence. The Mo and Co doses in the seed treatment with LS and CS resulted in higher soybean yields than in the control, from 20 g ha-1 Mo and 4.25 g ha-1 Co in liquid solution and 35 g ha-1Mo and 1.72 g ha-1 Co in the concentrated suspension.<hr/>A formulação suspensão concentrada (SC), que é à base de trióxido de Mo, permite altas concentrações de Mo por unidade de volume; é, portanto, um avanço tecnológico no tratamento de semente, pois há condições de obedecer à recomendação de Mo da Embrapa em volumes de dosagens menores que os produtos em formulação solução líquida (LS). Objetivou-se avaliar a eficácia de doses de fertilizantes contendo Co e Mo em formulação suspensão concentrada (CS) em comparação com a formulação solução líquida (LS), bem como a associação dos fertilizantes com fitormônio aplicados no tratamento de semente e o desempenho na produtividade da soja. Foram realizados dois experimentos, em dois anos consecutivos, nas safras de 2004/2005 e 2005/2006. O primeiro foi conduzido na área experimental da Fazenda Capim Branco, com seis tratamentos e quatro repetições: (1) Mo e Co (CS) - 22 g ha-1 + 1,08 g ha-1; (2) Mo e Co (CS) - 22 g ha-1 + 1,08 g ha-1 + fitormônio - 200 mL ha-1; (3) Mo e Co (LS) - 20,7 g ha-1 + 4,13 g ha-1; (4) Mo e Co (LS) - 20,7 g ha-1 + 4,13 g ha-1 + fitormônio - 200 mL ha-1; (5) fitormônio - 200 mL ha-1; e (6) testemunha (ausência de Mo e Co no tratamento de sementes). A composição do fitormônio é à base de auxina (11 mg L-1) e citocinina (0,031 mg L-1). A cultivar de soja utilizada foi a Monsoy 8004, e a adubação de semeadura foi realizada com 400 kg ha-1 da formulação 02-20-20. De posse dos resultados obtidos no primeiro experimento, foi realizado outro experimento na Fazenda Floresta do Lobo, localizada no município de Uberlândia, MG. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com nove tratamentos e quatro repetições. Foram aplicados, em tratamento de semente, nas doses em g ha-1 de Mo e Co: formulação CS - (15, 25, 35, 45, 60 e 0,74; 1,23; 1,72; 2,21; 2,95), respectivamente formulação LS - (15; 20 e 25 e 3,18; 4,25; 5,31), respectivamente; e a testemunha (ausência de Mo e Co no tratamento de sementes). Utilizou-se a cultivar Monarca, com a adubação de semeadura de 300 kg ha-1 do formulado 03-32-06; e adubação de cobertura com 78 kg ha-1 de K2O, aos 30 DAE. As doses de Mo e Co no tratamento de semente com solução líquida e suspensão concentrada, aumentaram o rendimento de grãos de soja. A produtividade da soja foi superior à da testemunha a partir das doses de 20 g ha-1 de Mo e 4,25 g ha-1 de Co na solução líquida e de 35 g ha-1 de Mo e 1,72 g ha-1 de Co na suspensão concentrada. <![CDATA[<B>Nitrongen-fertilizer recommendation for high corn yields under no-tillage in the South-Central region of Paraná State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O N é um dos nutrientes demandados em maior quantidade pela cultura do milho e o seu suprimento adequado tem implicações técnicas, quanto ao desempenho e à lucratividade da cultura, e ambientais pelo alto potencial de lixiviação do nitrato. Resultados de 61 experimentos, realizados por 13 anos, numa parceria entre a Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária (FAPA) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), foram analisados e interpretados visando o desenvolvimento de uma tecnologia de indicação de N para alto rendimento da cultura do milho em plantio direto e adaptado ao uso de plantas de cobertura na região centro-sul do Paraná. As quantidades de N (ureia) a serem aplicadas no milho foram estimadas a partir da demanda de N em diferentes faixas de rendimento de grãos da cultura (6-8, 8,1-10, 10,1-12 e 12,1-14 t ha-1), da disponibilidade de N à cultura em solos com diferentes teores de matéria orgânica (MO) na camada de 0-10 cm (< 40, 40-60 e > 60 g kg-1), do efeito de plantas de cobertura (gramínea, leguminosa, consórcio gramínea-leguminosa e nabo forrageiro) na disponibilidade de N, e da eficiência do N mineral aplicado. As doses de N indicadas (DNI) tiveram boa relação com as doses de máxima eficiência econômica (DMEE) calculadas para condições distintas de MO no solo, planta de cobertura e expectativa de rendimento (DNI = 39 + 0,80 DMEE, R² = 0,74, n = 20, p = 0,03), o que confirma a adequação das doses para a cultura na região. As doses também apresentaram boa relação com a indicação de N vigente nos Estados do RS e SC (DNI: PR = -14 + 1,06 RS/SC, R² = 0,88, n = 12, p = 0,02), o que valida o uso da indicação do centro-sul do PR, que apresenta expectativas de rendimento mais elevadas, para sub-regiões do RS/SC que apresentam alto potencial de rendimento da cultura. Da mesma forma, a indicação do RS/SC pode ser utilizada para sub-regiões do PR que apresentam menor aptidão climática à cultura do milho.<hr/>Nitrogen (N) is required in large quantities by corn and its supply causes technical concerns related to crop performance and profitability, and environmental concerns in view of the high risk of nitrate leaching. Results of 61 field experiments conducted through 13 years, in a cooperative effort of the Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária (FAPA) and the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), were analyzed and interpreted aiming at establishing a N fertilizer indication for high corn yields, adjusted to the use of winter cover crops in no-till soils in the South-Central region of Parana, Brazil. The urea-N rates were calculated based on the N required for different corn yield levels (6-8, 8.1-10, 10.1-12 and 12.1-14 t ha-1) and taking into account the N availability in soils with different soil organic matter contents in the layer 0-10 cm (< 40, 40-60 and > 60 g kg-1), the effect of winter cover crops (grass, leguminous, grass-legume consortium, and wild radish) on N availability, and the efficiency of N fertilizer. The indicated rates of urea-N were closely related to the N rates for maximum economic efficiency (MEE) for different soil OM contents, cover crop and corn yield (N indication = 39+0.80MEE, R² =0.74, n=20, p=0.03) corroborating the adequacy of this N indication for corn. The N rates were closely correlated with the rates recommended in the states of Rio Grande do Sul (RS) and Santa Catarina (SC) (Indication PR = -14+1.06 RS/SC, R² = 0.88, n=12, p=0.02). This confirms the use of the indication of Central South Parana for subregions of RS and SC with high corn yield potential. Likewise, the recommendation for RS and SC can also be used in subregions in PR that are climatically less suitable for corn. <![CDATA[<B>Boron mobility in eucalyptus clones</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Understanding the magnitude of B mobility in eucalyptus may help to select clones that are more efficient for B use and to design new practices of B fertilization. This study consisted of five experiments with three eucalyptus clones (129, 57 and 58) where the response to and mobility of B were evaluated. Results indicated that clone 129 was less sensitive to B deficiency than clones 68 and 57, apparently due to its ability to translocate B previously absorbed via root systems to younger tissues when B in solution became limiting. Translocation also occurred when B was applied as boric acid only once to a single mature leaf, resulting in higher B concentration in roots, stems and younger leaves. The growth of B-deficient plants was also recovere by a single foliar application of B to a mature leaf. This mobility was greater, when foliar-applied B was supplied in complexed (boric acid + manitol) than in non-complexed form (boric acid alone). When the root system of clone 129 was split in two solution compartments, B supplied to one root compartment was translocated to the shoot and back to the roots in the other compartment, improving the B status and growth. Thus, it appears that B is relatively mobile in eucalyptus, especially in clone 129, and its higher mobility could be due to the presence of an organic compound such as manitol, able to complex B.<hr/>O entendimento da magnitude da mobilidade de B no eucalipto é importante, devido a sua utilidade para a seleção de clones mais eficiente para esse micronutriente, além da projeção de novas práticas de fertilização de B. Este estudo envolveu cinco experimentos com três clones de eucalipto (129, 57 e 68), em que foram avaliadas a resposta e a mobilidade de B. Os resultados indicaram que o clone 129 foi menos sensível à deficiência de B do que os clones 68 e 57, aparentemente, em razão da sua maior habilidade de translocar B, previamente absorvido via sistema radicular, para tecidos jovens quando este miucronutriente tornou-se limitante na solução. O B aplicado de maneira localizada e numa única vez em uma folha madura foi retranslocado para os demais componentes das plantas (raízes, hastes e folhas novas), indicando que a aplicação foliar pode ser usada para recuperar rapidamente o crescimento de plantas deficientes. Essa mobilidade foi maior quando o B aplicado via foliar foi fornecido complexado com manitol, em vez de sozinho. Quando o sistema radicular do clone 129 foi dividido em dois compartimentos em solução nutritiva, o B fornecido a um compartimento da raiz foi translocado às raízes no outro compartimento, aumentando o teor deste micronutriente e o crescimento. Assim, as evidências indicam que o B é relativamente móvel no eucalipto, especialmente no clone 129; essa maior mobilidade poderia ser devida à presença de um composto orgânico, como o manitol, que complexaria o B para sua translocação. <![CDATA[<B>Soil nitrogen mineral content to predict yield potential in barley</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600023&lng=en&nrm=iso&tlng=en O teor de N mineral do solo não é usado na recomendação de adubação nitrogenada para cultivos de grãos no Brasil, devido à sua elevada instabilidade por efeito dos fatores ambientais. Seu uso poderia melhorar a eficiência das adubações e reduzir os custos de produção. Foi feita uma análise dos teores de NH4+ e de NO3- do solo, até 15 cm de profundidade, no período da pré-semeadura e do rendimento de grãos em 61 ensaios de cevada, em 20 municípios, em três Regiões Fisiográficas do Rio Grande do Sul, de 2002 a 2005. Os rendimentos foram divididos em classes (muito baixo, baixo, médio, alto e muito alto), que foram relacionadas aos teores de N mineral, usando o modelo de regressão de Gompertz. O ajuste indicou dois marcos de N mineral delimitadores do rendimento relativo: 8 e 18 mg kg-1 de N no solo. Abaixo de 8 mg kg-1 de N houve predomínio de muito baixos rendimentos, evidenciando o efeito da baixa disponibilidade sobre a produtividade. Acima de 18 mg kg-1 de N, este nutriente não foi mais fator decisivo na formação do potencial produtivo, sendo indicativo de potencial produtivo muito alto. Esses valores poderão futuramente ser incorporados como base de um modelo de recomendação de adubação nitrogenada.<hr/>Soil N mineral content is not considered when recommending N for grain crops in southern Brazil due to the high variation according to environmental conditions. In the methodology described here soil N mineral is considered in adjusted N recommendations to increase efficiency and reduce production costs. The soil levels of NH4+ and NO3- were analyzed to a depth of 15 cm, in the pre-sowing and grain yield stage of 61 barley trials distributed in 20 counties in three regions of Rio Grande do Sul State (Depressão Central, Planalto Médio and Alto Uruguai) for four years (2002-2005). The yield potential was classified (very low, low, medium, high and very high) and related to the N mineral contents using the Gompertz regression model. The adjusted model indicated two N mineral values delimiting relative yields: 8 and 18 mg kg-1 soil. Low yields predominate below 8 mg kg-1 soil, indicating a direct effect of low N availability on yield potential very early in the season. At soil NH4+ and NO3- values over 18 mg kg-1 soil N was no longer decisive in the formation of yield, indicating a very high yield potential. These values may be useful in models of N recommendation. <![CDATA[<B>Application of lime with different reaction degrees</B>: <B>chemical changes in soil under corn</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600024&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com a correção da acidez, nutrientes importantes para o cultivo do milho tornam-se mais disponíveis à planta, promovendo o aumento de produtividade. Objetivou-se com este estudo avaliar as alterações químicas ocorrentes em dois solos e na produção de matéria seca de milho pela aplicação de corretivos com diferentes graus de reatividade. Foi realizado um primeiro experimento em casa de vegetação, aplicando-se doses de três calcários comerciais, sendo um com reatividade média, denominado A (RE = 85,7 %; PRNT = 88,3 %), outro com reatividade baixa denominado B (RE = 83,7 %; PRNT = 76,2 %), e outro, denominado C (RE = 99,1 %; PRNT = 105,3 %) altamente reativo, em quatro cultivos sucessivos de milho. Os solos utilizados foram Neossolo Quartzarênico e Latossolo Vermelho. Os tratamentos foram dispostos inteiramente ao acaso, com quatro repetições, constando de três doses de calcário, calculadas para elevar a saturação por bases para 40, 60 e 80 %, além da testemunha. Paralelamente, um experimento de incubação foi realizado para verificar o efeito residual dos corretivos ao longo do tempo. A calagem aumentou os valores de pH, Ca2+ e Mg2+ e reduziu os teores de Al3+ trocável. O melhor crescimento do milho foi observado no Latossolo Vermelho. Neste solo, os calcários A e B foram mais eficientes na elevação do pH durante os quatro cultivos, enquanto o produto C teve menor eficiência na redução do Al3+ nos últimos ciclos, devido à sua maior reatividade. Os calcários A e C tiveram comportamentos semelhantes nos dois solos estudados. Houve queda na produção de matéria seca aérea com os cultivos sucessivos de milho. No experimento de incubação, os teores de Ca trocável foram maiores que os residuais.<hr/>With acidity correction, important nutrients for the corn development become more available to the plants, increasing yield. The objective of this study was to evaluate chemical changes in two soils and corn dry matter yield as affected by lime application with different degrees of reaction. The experiment was carried out in a greenhouse on a Oxisol and a Quartzpsament. Three rates of three commercial limes were applied, one with mean reactivity A (RE = 85.7 %; PRNT = 88.3 %), another with low reactivity B (RE = 83.7 %; PRNT = 76.2 %) and C (RE = 99.1 %; PRNT = 105.3 %) with high reactivity, in four successive corn cycles. A randomized complete block design was used with four replications. The treatments consisted of three lime rates, calculated to increase base saturation to 40, 60 and 80 %, plus a control treatment. In parallel, another experiment was performed to verify the residual lime effect over time by incubation. Liming increased the values of pH, Ca2+ and Mg2+ and reduced Al3+. The best corn development was observed on the Oxisol. In this soil, the limes A and B were more efficient to increase the pH throughout the cycles, whereas product C had the lowest efficiency in Al3+ reduction in the last cycles due its higher reactivity degree. Limes A and C performed similarly in both soils. The shoot dry matter yield declined in the course of the successive corn cycles. In the incubation experiment, the exchangeable calcium content was higher than the residual. <![CDATA[<B>Soil attributes and distinction of pedoenvironments for agriculture in the MBYA Indian Reserve in Ubatuba (SP)</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600025&lng=en&nrm=iso&tlng=en As terras indígenas são destinadas à reprodução física e cultural, segundo os usos, costumes e tradições de seus povos. A experiência de agricultores Guarani Mbya na terra indígena Boa Vista do Sertão do Promirim foi considerada pela distinção de atributos de solo em três pedoambientes agrícolas denominados yvy porã (terra boa, TB ; terra para o cultivo do milho avaxi etei). A pesquisa de campo (etnográfica e pedográfica) foi realizada em ambiente de floresta ombrófila densa submontana, em Ubatuba, SP. Foram feitas análises morfológicas, físicas e químicas, em perfis dos solos de três áreas yvy porã (Argissolo Vermelho-Amarelo e Cambissolo Háplico) e em amostras de terra, das camadas de 0,0-0,05 e 0,05-0,10 m. A aptidão das terras foi avaliada segundo o Sistema de Avaliação da Aptidão Agrícola das Terras (SAAAT). As áreas foram definidas por quatro informantes Guarani Mbya, que localizaram as yvy porã e as ordenaram pelo potencial agrícola. Na profundidade de 0,0-0,05 m, os atributos teores de argila total (AT), Ca + Mg e Ca, soma de bases, V% e pH definiram a TB3 como a de maior potencial. Na profundidade de 0,05-0,10 m, os atributos foram os teores de H, Ca, H + Al e AT, o valor T, a soma de bases, o volume total de poros (VTP) e o diâmetro médio ponderado (DMP), e o pH. A análise de componente principal permitiu explicar a qualificação das yvy porã (TB3 > TB1 > TB2) segundo os Mbya, em termos dos atributos do solo, e corroborar TB3 como a área de maior potencial para a cultura do milho tradicional. Contudo, o SAAAT não diferenciou a aptidão agrícola entre as yvy porã e, em função do fator deficiência de fertilidade, o grupo de aptidão seria regular para pastagem natural (5n). A incongruência nas avaliações evidencia a relevância do conhecimento tradicional na gestão agroambiental das terras indígenas, visando à sua sustentabilidade.<hr/>The Indian reserves are designated for the preservation of culture and population, according to the use, customs and traditions of its peoples. The experience of Guarani MBYA Indian farmers in the Boa Vista reserve in the Sertão do Promirim, was taken into consideration by the distinction of soil parameters in three agricultural environments, called yvy porã (good land, land for cultivation of "avaxi etei" = traditional corn). Field research (ethnographic and pedographic) was carried out in a submontane dense rainforest area, in Ubatuba, São Paulo State, Brazil. The soil profiles of Inceptisols and Ultisols were characterized according to morphologic, physical and chemical attributes, as well as in soil samples from the layers 0.0-0.05 and 0.05-0.10 m. The land capability of the areas was evaluated based on the Brazilian system SAAAT (evaluation system of soil suitability for agricultural use). The areas of yvy porã were identified and classified according to the agricultural potential by four Guarani Mbya key informers. Results showed that in the 0.0-0.05 m soil layer, the attributes total clay, Ca + Mg and Ca, sum of bases, base saturation, and pH defined TB3 as the soil with greatest agricultural potential. In the layer 0.05-0.10 m, the attributes were H, Ca, Al, and H + Al, total clay, CEC, sum of bases, total porosity, aggregate mean weight diameter, and pH. The principal component analysis supported the Mbya qualification of yvy porã (TB3 > TB1 > TB2), in terms of soil attributes, and also corroborated TB3 as the area of greatest agricultural potential for traditional corn. However, the Brazilian land capability system was not able to distinguish the yvy porã areas, and, due to the soil fertility factor, classified the suitability of all areas as for natural grasslands (5n). The incongruence of the interpretations of land potential substantiates the importance of traditional knowledge for the environmental and agriculture planning of Indian territory, towards to their sustainability. <![CDATA[<B>Characteristic of Dystrustepts in the Venezuelan Andes</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600026&lng=en&nrm=iso&tlng=en The majority (60 %) of the soils in the Venezuelan Andes are Inceptisols, a large percentage of which are classified as Dystrustepts by the US Soil Taxonomy, Second Edition of 1999. Some of these soils were classified as Humitropepts (high organic - C-OC-soils) and Dystropepts by the Soil Taxonomy prior to 1999, but no equivalent large group was created for high-OC soils in the new Ustepts suborder. Dystrusepts developed on different materials, relief and vegetation. Their properties are closely related with the parent material. Soils developed on transported deposits or sediments have darker and thicker A horizons, a slightly acid reaction, greater CEC and OC contents than upland slope soils. Based on the previous classification into large groups (Humitropepts and Dystropepts) we found that: Humitropepts have a slightly less acid and higher values of CEC than Dystropepts. These properties or characteristics seem to be related to the fact that Humitropepts have a higher clay and OC content than the Dystropepts. Canonical discrimination analysis showed that the variables that discriminate the two great soil groups from each other are OC and silt. Data for Humitropepts are grouped around the OC vector (defining axis 3, principal component analysis), while Dystropepts are associated with the clay and sand vectors, with significant correlation. Given the importance of OC for soil properties, we propose the creation of a new large group named Humustepts for the order Inceptisol, suborder Ustepts.<hr/>Boa parte dos solos dos Andes Venezuelanos (60 %) é classificada como "Inceptisol", e uma grande percentagem deles é Dystrustepts nas versões do Soil Taxonomy. Outros foram classificados como Humitropepts - solos com altos teores de C de compostos orgânicos (CO). Os Dystrustepts desenvolvem-se sobre diferentes materiais, relevo e vegetação. Suas características têm estreita relação com o tipo de material de origem. Os Dystrustepts desenvolvidos sobre sedimentos apresentam horizontes A mais escuros, menor acidez, CTC e teor de CO mais altos que os dos solos desenvolvidos em relevo mais declivoso. Pela análise dos solos, dada a classificação anterior em grandes grupos (Humitropepts e Dystropepts), tem-se que os Humitropepts apresentam menor acidez e maior CTC que os Dytropepst. Estas características parecem estar relacionadas com o fato de os Humitropepts apresentarem teores de argila e de matéria orgânica maiores que os de Dystropepts. A análise canônica discriminante mostra que as variáveis que mais denotam diferenças entre os grandes grupos de solos são os teores de CO e de silte. Os dados dos Humitropepts agrupam-se ao redor do vetor CO (Eje 3 da análise de componentes principais); e os dos Dystropepts estão associados com os vetores teores de argila e de areia. Pela importância do teor de CO nas propriedades dos solos, propõe-se a criação de um novo grupo, denominado Humustepts, na ordem Inceptisol, subordem Ustepts. <![CDATA[<B>The combined use of reflectance, emissivity and elevation Aster/Terra data for tropical soil studies</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600027&lng=en&nrm=iso&tlng=en Reflectance, emissivity and elevation data of the sensor ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer)/Terra were used to characterize soil composition variations according to the toposequence position. Normalized data of SWIR (shortwave infrared) reflectance and TIR (thermal infrared) emissivity, coupled to a soil-fraction image from a spectral mixture model, were evaluated to separate bare soils from nonphotosynthetic vegetation. Regression relationships of some soil properties with reflectance and emissivity data were then applied on the exposed soil pixels. The resulting estimated values were plotted on the ASTER-derived digital elevation model. Results showed that the SWIR bands 5 and 6 and the TIR bands 10 and 14 measured the clay mineral absorption band and the quartz emissivity feature, respectively. These bands improved also the discrimination between nonphotosynthetic vegetation and soils. Despite the differences in pixel size and field sampling size, some soil properties were correlated with reflectance (R² of 0.65 for Al2O3 in band 6; 0.61 for Fe2O3 in band 3) and emissivity (R² of 0.65 for total sand fraction in the 10/14 band ratio). The combined use of reflectance, emissivity and elevation data revealed variations in soil composition with topography in specific parts of the landscape. From higher to lower slope positions, a general decrease in Al2O3 and increase in total sand fraction was observed, due to the prevalence of Rhodic Acrustox at the top and its gradual transition to Typic Acrustox at the bottom.<hr/>Dados de reflectância, emissividade e elevação do sensor ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer)/Terra foram usados para caracterizar variações na composição dos solos com a posição em topossequências. Dados normalizados de reflectância do SWIR (shortwave infrared) e de emissividade do TIR (thermal infrared), integrados com a imagem fração-solo de um modelo de mistura espectral, foram avaliados para separar solos expostos de vegetação não fotossinteticamente ativa. Relações de regressão de alguns atributos dos solos com dados de reflectância e emissividade foram aplicadas sobre os pixels de solos expostos. Os valores estimados resultantes foram projetados sobre um modelo digital de elevação gerado a partir dos dados ASTER. Os resultados mostraram que as bandas 5 e 6 do SWIR e 10 e 14 do TIR mediram a feição de absorção das argilas e a de emissividade do quartzo, respectivamente. Essas bandas melhoraram também a discriminação entre vegetação não fotossinteticamente ativa e solos. Apesar das diferenças no tamanho dos pixels e dos locais de amostragem de campo, alguns atributos dos solos foram correlacionados com a reflectância (R² de 0,65 para Al2O3 na banda 6 e de 0,61 para Fe2O3 na banda 3) e a emissividade (R² de 0,65 para fração total de areia com a razão das bandas 10/14). O uso combinado dos dados de reflectância, emissividade e elevação revelou variações na composição dos solos com a topografia em porções específicas da cena. Das maiores para as menores elevações, um decréscimo no conteúdo de Al2O3 e aumento na fração total de areia foram geralmente observados. Isso ocorreu em razão do predomínio de Latossolo Vermelho-Escuro no topo e de sua gradual transição para Latossolo Vermelho-Amarelo na base. <![CDATA[<B>Topolitosequences of soils in Alto Paranaíba region</B>: <B>physical, chemical and mineralogical properties</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600028&lng=en&nrm=iso&tlng=en Pouco se conhece sobre a diferenciação pedogenética no Alto Paranaíba (MG), quando são comparados materiais de composição química tão variada, como tufitos, rochas ígneas alcalinas e ultramáficas e carbonatitos, todos de ocorrência na região. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo caracterizar física, química e mineralogicamente os solos representativos de três topolitossequências do Alto Paranaíba. Para isso, foram descritos e coletados 11 perfis de solos, entre os municípios de Serra do Salitre, Patrocínio e Coromandel, representando as variações litológicas na faixa do contato geológico entre os grupos Bambuí, rochas vulcânicas ultramáficas e Araxá. Nas amostras de solos foram realizadas análises físicas e químicas de rotina, além de determinações de Fe, Al e Si após extração por ataque sulfúrico; Fe por DCB e oxalato; Fe, Ca, Mg, K, P, Ti e outros metais pesados após digestão total (ataque triácido); e determinação dos diferentes componentes da fração argila por difratometria de raios X. Os Latossolos do Alto Paranaíba são extremamente intemperizados e com índices Ki e Kr muito baixos, indicativos de solos ricos em óxidos de Fe e de Al, não possuindo uma filiação definida com os materiais de origem subjacente, indicando intensa pedoturbação e provável mistura com materiais alóctones. As assinaturas geoquímicas indicativas da natureza ultramáfica são os teores elevados de Cr, Ni, Mn, Fe e Mg. A mineralogia da fração argila dos Latossolos indica a coexistência de vermiculita com hidroxi-Al entrecamadas, caulinita, gibbsita e anatásio, evidenciando uma gênese policíclica dos minerais da fração mais fina e o elevado grau de intemperismo. Nos Cambissolos, a rápida dessilificação atual conduz à coexistência de gibbsita e óxidos de Fe com esmectitas e illitas, em virtude da rápida ação do intemperismo nos substratos de rochas máficas ou ultramáficas-alcalinas, pobres em sílica.<hr/>Little is known bout the pedogenetic differentiation in Alto Paranaíba, western Minas Gerais, Brazil, when materials with such a variety of chemical compositions as tufite, alkaline-ultramafic igneous rocks and carbonatites are compared, which are all found in this region. The purpose of this study was to characterize the physical, chemical and mineralogical properties of three representative soil topolitosequences of the Alto Paranaíba region. Therefore, 11 soil profiles were described and collected in the Serra do Salitre, Patrocínio and Coromandel counties, representing the influence of mafic-ultramafic bodies along the geological interface between Bambuí and Araxá groups. Soil samples were routinely analyzed for physical and chemical properties, besides determinations of Fe, Al and Si after sulfuric extraction; Fe after extraction by DCB and oxalate; Fe, Ca, Mg, K, P, Ti, and other heavy metals after total digestion (triacid attack); and determination of the different components in the clay fraction by DRX. The Latosols (Oxisols) of the Alto Paranaíba are extremely weathered and have very low Ki and Kr indexes, indicators of soils with high iron and aluminum oxides contents, with no defined relationship with the underlying parent materials, indicating intense pedoturbation and mixture with alloctonous materials. The geochemical signatures of the ultramafic nature are the unusual high content of Cr, Ni, Mn, Fe, and Mg. The clay fraction mineralogy of the Latosols shows the coexistence of VHE, kaolinite, gibbsite, and anatase, indicating a polycyclic genesis of the minerals from the finer fraction and the high weathering degree. In the Cambisols, the current rapid desilification indicates the coexistence of gibbsite and iron oxides with smectites and illite because of the fast weathering in the silicon-poor mafic or alkaline-ultramafic rock substrates. <![CDATA[<B>Rainfall erosivity and erodibility of Cambisol (Inceptisol) and Latosol (Oxisol) in the region of Lavras, Southern Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600029&lng=en&nrm=iso&tlng=en No Brasil, ainda são relativamente poucos os estudos envolvendo erodibilidade do solo, principalmente Cambissolos, dada a morosidade na obtenção dos resultados de experimentos com chuva natural. O conhecimento dos índices de erosividade e de erodibilidade é importante para o planejamento conservacionista, contribuindo para a sustentabilidade dos solos. Este estudo teve como objetivos determinar a erosividade da chuva e a erodibilidade de Cambissolo Háplico Tb distrófico típico e Latossolo Vermelho distroférrico típico, sob chuva natural, em Lavras (MG), no período de 1998 a 2002. Os dados de precipitação pluviométrica foram obtidos na Estação Climatológica Principal de Lavras, localizada no campus da Universidade Federal de Lavras, próxima das unidades experimentais de perdas de solo. A erosividade (EI30) foi determinada a partir do produto da energia cinética da chuva pela sua intensidade máxima em 30 min. Estes dados, correlacionados com as perdas de solo, permitiram obter o índice de erodibilidade dos solos. A precipitação total média anual foi 1.287 mm e a erosividade média foi de 4.865 MJ mm ha-1 h-1 ano-1. A erodibilidade foi 0,0355 Mg h MJ-1 mm-1 para o Cambissolo e 0,0032 Mg h MJ-1 mm-1 para o Latossolo, em consonância com seus atributos mineralógicos, químicos, físicos e morfológicos diferenciais.<hr/>Relatively few studies in Brazil have investigated soil erodibility, mainly for Cambisols (Inceptisols), due to the tediousness of data collection in natural rainfall experiments. Knowledge about erodibility and erosivity is important for conservation planning, which contributes to soil sustainability. This study aimed at evaluating the rainfall erosivity and erodibility of a typic dystrophic Tb Haplic Cambisol (Inceptisol) and a typic dystroferric Red Latosol (Oxisol) under natural rainfall, in Lavras, state of Minas Gerais, Brazil, between 1998 and 2002. Pluvial precipitation data were obtained from the main weather station of Lavras, of the Universidade Federal de Lavras, close to the soil loss experimental plots. Erosivity (EI30) was calculated as the product of the rain kinetic energy by the maximum intensity in 30 min. Based on these data, correlated with the soil losses, the soil erodibility could be computed. The mean annual total precipitation was 1,287 mm and the mean calculated erosivity 4,865 MJ mm ha-1 h-1 year-1. The erodibility of the Cambisol was 0.026 Mg h MJ-1 mm-1 and of the Latosol 0.004 Mg h MJ-1 mm-1, in agreement with their differential mineralogical, chemical, physical and morphological properties. <![CDATA[<B>Soil management effect on organic matter in a flooded soil under rice in Southern Brazil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600030&lng=en&nrm=iso&tlng=en Solos de várzea representam um importante depósito de C atmosférico, cujo efeito de práticas agrícolas na dinâmica da matéria orgânica (MO) necessita ser mais bem entendido. Este estudo foi realizado em experimento de longa duração (11 anos), localizado na Estação Experimental do Arroz de Cachoeirinha (RS), e teve como objetivo avaliar o efeito do sistema plantio direto (SPD) nos estoques de C orgânico, na labilidade da MO e na proteção física da MO em agregados de um Gleissolo Háplico (200 g kg-1 de argila) cultivado com arroz (Oriza sativa L.) irrigado por inundação, em comparação ao sistema de preparo convencional (SPC). O estoque de C orgânico da camada de 0-20 cm não foi afetado pelos sistemas de manejo de solo (38,39 Mg ha-1 no solo em SPC e 37,36 Mg ha-1 em SPD), o que indica que as taxas de decomposição da MO nesse ambiente anaeróbio não foram influenciadas pelo revolvimento do solo. A labilidade da MO nesse solo de várzea, avaliada pela razão C orgânico particulado (COP)/C orgânico associado aos minerais, foi bem superior à labilidade normalmente verificada em solos aerados e, na média da camada de 0-20 cm, não foi alterada pelos sistemas de manejo de solo (0,24 em SPC e 0,28 em SPD). O aumento da fração leve-oclusa (FLO) foi apenas uma pequena proporção (9 %) do aumento do teor de C orgânico total no SPD, em comparação ao SPC, na camada superficial (0-5 cm), indicando que a proteção física da MO no interior de agregados foi pouco expressiva na estabilização da MO neste ambiente de drenagem restrita. Isso se deve, provavelmente, à efêmera agregação e, ou, à facilidade de acesso dos microrganismos e de suas enzimas à decomposição da MO intra-agregados nesse solo devido à saturação por água.<hr/>Flooded soils are important sinks of atmospheric C, hence the effect of agricultural practices on their organic matter (OM) dynamics should be better understood. This study was carried out in an 11 year experiment at IRGA (Instituto Rio Grandense do Arroz) experimental station in Cachoeirinha, Rio Grande do Sul, southern Brazil. The main objectives of this study were to evaluate the effect of no-tillage (NT) on organic C stocks, on OM lability and on the physical protection of OM in soil aggregates of a Gleysol (200 g kg-1 clay) cultivated with paddy rice (Oryza sativa L) in comparison to conventional tillage (CT). Organic C (0-20 cm) was not affected by soil management systems (38.39 Mg ha-1 in CT soil and 37.36 Mg ha-1 in NT soil) indicating that decomposition rates of OM in this anaerobic environment were not influenced by soil disturbance. The lability of OM in this flooded soil, calculated by the ratio of particulate organic C (POC)/mineral-associated organic C was higher than the values usually verified for well-drained soils of subtropical regions and, in the 0-20 cm soil layer, C was not affected by soil management systems (0.24 in CT and 0.28 in NT). The increase of the occluded light OM fraction (intra-aggregate light fraction) was only a small proportion (9%) in relation to the total organic carbon increase in NT, compared to CT, in the surface layer (0-5 cm). These data suggest that the physical protection of OM in soil aggregates was not an important mechanism of OM stabilization in this environment of restrained drainage. The reason is probably the weak soil aggregation and/or the easy access of microorganisms and their enzymes to the decomposition of the intra-aggregate OM pool due to the soil saturation by water. <![CDATA[<B>Soil organic carbon and nitrogen stocks in an untilled crop-livestock integration system under different grazing intensities</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600031&lng=en&nrm=iso&tlng=en Sistemas de integração lavoura-pecuária têm um alto potencial de uso no sul do país, especialmente em áreas de soja sob plantio direto, com espécies de cobertura no inverno. A condução de sistemas de integração com diferentes intensidades de manejo da pastagem resultará, ao longo do tempo, em estoques de C orgânico (CO) e de N diferenciados, decorrentes do aporte diferenciado de resíduos. Este trabalho foi realizado para avaliar a evolução dos estoques de CO e de N total (NT) e em frações físicas da matéria orgânica em solo submetido a diferentes intensidades de pastejo, em plantio direto. O experimento foi iniciado em 2001, em um Latossolo Vermelho distrófico, após a colheita da soja. Os tratamentos constaram de alturas de manejo da pastagem (aveia-preta + azevém): 10, 20 e 40 cm, com bovinos jovens, e sem pastejo, seguido do cultivo de soja, em delineamento de blocos ao acaso. Amostras de solo foram retiradas no início do experimento (maio 2001), após três anos (maio de 2004) e após seis anos (maio de 2007), para a avaliação dos teores e dos estoques de CO e de NT. Intensidades de pastejo moderadas (20 e 40 cm de altura do pasto) promoveram aumento nos estoques de CO total, CO particulado, NT e N na matéria orgânica particulada no solo, semelhante ao plantio direto sem pastejo. Na alta intensidade de pastejo (10 cm), houve redução no estoque desses elementos, com degradação da qualidade da matéria orgânica.<hr/>The potential for adopting crop-livestock systems in southern Brazil is high, especially in untilled soybean areas with cover crops in the winter season. The long-term use of this system at different grazing intensities will result in different carbon and nitrogen stocks in the soil due to the different plant and animal residues. This research was conducted to evaluate alterations in total carbon and nitrogen pools and in organic matter fractions in a soil under different grazing intensities under no-tillage. The experiment on a Rhodic Hapludult (Oxisol) was initiated in 2001, after soybean harvest. The treatments were different cattle grazing (black oat + ryegrass) pressures (10, 20 and 40 cm sward height) and an ungrazed treatment in the winter and soybean in the summer, in a randomized block design. Soil samples were taken at the beginning of the experiment (May, 2001), after three years (May, 2004) and after six years (May, 2007) to evaluate the content and stocks of organic carbon and nitrogen. Moderate grazing intensities (20 and 40 cm plant height) resulted in an increase of total carbon and nitrogen and in the organic matter particulate fraction, similarly to the ungrazed area. However, at the most intensive grazing pressure (10 cm plant height) there were losses in the stocks of these elements and reduction in soil organic matter quality. <![CDATA[<b>Characterization of soil structure and porosity under long-term conventional tillage and no-tillage systems</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600032&lng=en&nrm=iso&tlng=en Different management systems tend to modify soil structure and porosity over the years. The aim of this study was to study modifications in the morphostructure and porosity of dystroferric Red Latosol (Oxisol) under conventional tillage and no-tillage over a 31- year period. The study began with the description of soil profiles based on the cropping profile method, to identify the most compact structures, define sample collection points for physical and chemical analysis, and determine the water retention curve. A forest soil profile was described and used as reference. The results showed that, under conventional tillage, the microaggregate structure of the Oxisol was fragmented between 0 and 0.20 m, and compact (bulk density = 1.52 Mg m-3) in the sub-surface layer between 0.20 and 0.50 m. Under no-tillage, the structure became compacted (bulk density = 1.40 Mg m-3) between 0 and 0.60 m, but contained fissures and biopores. The volume of the class with a pore diameter of > 100 µm under no-tillage was limited, but practically non-existent in the conventional management system. On the other hand, the classes with a pore diameter of < 100 µm were not affected by the type of soil management system.<hr/>Os diferentes manejos do solo tendem a modificar a sua estrutura e porosidade ao longo dos anos de manejo. Dessa forma, este trabalho teve por objetivo estudar as alterações morfoestruturais e da porosidade de Latossolo Vermelho distroférrico sob preparo convencional e semeadura direta por 31 anos. O estudo baseou-se inicialmente na descrição dos perfis de solo, a partir do método do perfil cultural, para qualificar as estruturas mais compactas e definir os locais de coleta de amostras para as análises físicas e químicas e obtenção da curva de retenção de água. Um perfil de solo sob mata foi descrito e usado como referência. Os resultados permitiram concluir que, no preparo convencional, a estrutura microagregada do Latossolo Vermelho tornou-se fragmentada entre 0 e 0,20 m e compacta (densidade do solo de 1,52 Mg m-3) em subsuperfície, entre 0,20 e 0,50 m. Na semeadura direta, a estrutura tornou-se também compactada (densidade do solo de 1,40 Mg m-3) entre 0 e 0,60 m, porém, com a presença de fissuras e bioporos e a classe de poros com diâmetro > 100 µm, apresentou volume limitado, tendo desaparecido no preparo convencional, enquanto as classes de poros com diâmetro < 100 µm não foram alterados pelo tempo de manejo do solo. <![CDATA[<B>Bibliometrics in Brazilian research on accelerated soil erosion</B>: <B>institutions, topics, space and chronology</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600033&lng=en&nrm=iso&tlng=en Apesar do constante aumento na quantidade e diversidade de publicações acerca da erosão do solo no Brasil e no mundo, as grandes questões dessa ciência ainda não foram respondidas. Os possíveis motivos desse descompasso trazem à tona a necessidade de discutir o papel da pesquisa em erosão. A bibliometria permite uma visão abrangente da ciência, fornecendo perspectivas, contudo estudos que fazem uso dessas técnicas são escassos no mundo, bem como no Brasil. Os objetivos deste trabalho foram analisar as distribuições espacial, temporal, institucional e temática da pesquisa brasileira em erosão acelerada do solo a partir da divisão dos artigos em linhas temáticas e discutir a profundidade da abordagem das questões fundamentais em erosão. Para isso, 225 artigos de instituições brasileiras cujo tema central é a erosão do solo foram digitalizados, cadastrados em banco de dados e classificados em cinco linhas temáticas. Também foram produzidos mapas multitemporais a partir de ferramentas de geoprocessamento. A pesquisa brasileira em erosão, além de recente, está concentrada: (a) em poucas instituições, localizadas nas regiões Sul e Sudeste; e (b) em dois temas, centrados na Equação Universal de Perda de Solo e em comparações de manejos agrícolas quanto à perda de solo, com grande influência do nível de consolidação dos núcleos de pesquisa, que têm nesses dois temas centrais sua iniciação na pesquisa em erosão acelerada do solo.<hr/>Despite the increasing number and diversity of publications related to soil erosion in Brazil and throughout the world, the central questions of this science remain unanswered. The possible reasons for this imbalance highlight the need to reconsider the role of research on soil erosion. Bibliometric studies can provide ample view of the research field, describing perspectives, but research using this approach is scarce in international as well as in Brazilian literature. The objective of this study was to analyze the spatial, temporal, institutional and topical distribution of Brazilian research on accelerated soil erosion based on the organization of articles according to thematic lines and to discuss the depth of the approach to the fundamental issues of erosion in order to establish a bibliometric perspective. For this purpose, 225 articles of Brazilian institutions focused on soil erosion were scanned, registered in a database and classified into five thematic lines. Besides, multi-temporal maps were drawn using GIS tools. Brazilian research on erosion is recent and is characterized by: (a) concentration in few institutions in the southern and southeastern Brazil, (b) focused on two issues, related to the Universal Soil Loss Equation and comparisons of agricultural managements as related to soil loss, with a considerable influence of the consolidation level of the research centers, which have developed research on accelerated soil erosion along these two lines. <![CDATA[<B>Effectiveness of fused magnesium potassium phosphate for marandu grass</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600034&lng=en&nrm=iso&tlng=en The current high price of KCl and great dependence on importation to satisfy the Brazilian demand indicate the need for studies that evaluate the efficiency of other K sources, particularly those based on domestic raw material. For this purpose, a greenhouse experiment was conducted with samples of a sandy clay loam Typic Haplustox, in a completely randomized 4 x 3 x 2 factorial design: four K rates (0, 60, 120, and 180 mg kg-1), three sources (potassium chloride (KCl), fused magnesium potassium phosphate (FMPP) and a mixture of 70 % FMPP + 30 % KCl) and two particle sizes (100 and 60 mesh), with three replications. Potassium fertilization resulted in significant increases in shoot dry matter production and in K concentrations, both in soil and plants. The K source and particle size had no significant effect on the evaluated characteristics. Potassium critical levels in the soil and the shoots were 1.53 mmol c dm-3 and 19.1 g kg-1, respectively.<hr/>O alto custo atual do KCl e a grande dependência de sua importação para suprir a demanda nacional sugerem a necessidade de estudos que procurem avaliar a eficiência de outras fontes de K, principalmente aquelas baseadas em matéria-prima nacional. Nesse sentido, foi conduzido um experimento em casa de vegetação com amostras de um Latossolo Vermelho distrófico textura média, adotando-se o delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 3 x 2, sendo quatro doses de K (0, 60, 120 e 180 mg kg-1 de K), três fontes [(cloreto de potássio (KCl)], termofosfato magnesiano potássico (FMPP) e a mistura de 70 % FMPP + 30 % KCl) e duas granulometrias (100 e 60 mesh), com três repetições. Verificou-se que a adubação potássica promoveu incrementos significativos na produção de matéria seca (parte aérea) e nos teores de K no solo e na planta, não havendo diferenças entre as fontes e suas granulometrias. Os níveis críticos de K no solo e na parte aérea das plantas foram de 1,53 mmol c dm-3 e 19,1 g kg-1, respectivamente. <![CDATA[<B>CO<SUB>2</SUB>, CH<SUB>4</SUB> and N<SUB>2</SUB>O fluxes in an Ultisol treated with sewage sludge and cultivated with castor bean</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600035&lng=en&nrm=iso&tlng=en Organic residue application into soil alter the emission of gases to atmosphere and CO2, CH4, N2O may contribute to increase the greenhouse effect. This experiment was carried out in a restoration area on a dystrophic Ultisol (PVAd) to quantify greenhouse gas (GHG) emissions from soil under castor bean cultivation, treated with sewage sludge (SS) or mineral fertilizer. The following treatments were tested: control without N; FertMin = mineral fertilizer; SS5 = 5 t ha-1 SS (37.5 kg ha-1 N); SS10 = 10 t ha-1 SS (75 kg ha-1 N); and SS20 = 20 t ha-1 SS (150 kg ha-1 N). The amount of sludge was based on the recommended rate of N for castor bean (75 kg ha-1), the N level of SS and the mineralization fraction of N from SS. Soil gas emission was measured for 21 days. Sewage sludge and mineral fertilizers altered the CO2, CH4 and N2O fluxes. Soil moisture had no effect on GHG emissions and the gas fluxes was statistically equivalent after the application of FertMin and of 5 t ha-1 SS. The application of the entire crop N requirement in the form of SS practically doubled the Global Warming Potential (GWP) and the C equivalent emissions in comparison with FertMin treatments.<hr/>A aplicação de resíduos orgânicos no solo pode alterar a emissão de gases para atmosfera e dentre estes, CO2, CH4 e N2O, podem contribuir para o aumento do efeito estufa. Este ensaio foi realizado com o objetivo de quantificar a emissão de gases do efeito estufa (GEE) de um Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico (PVAd) tratado com lodo de esgoto (LE) e cultivado com mamoneira em área de reforma de canavial. Os tratamentos testados foram: Controle sem N; FertMin = fertilizante mineral; LE5 = 5 t ha-1 de LE, equivalente a 37,5 kg ha-1 de N; LE10 = 10 t ha-1 de LE, equivalente a 75 kg ha-1 de N; e LE20 = 20 t ha-1 de LE, equivalente a 150 kg ha-1 de N. A quantidade de lodo foi baseada na rate recomendada de N para a mamoneira (75 kg ha-1), nas quantidades de N no LE e na fração de mineralização do N do lodo. As emissões de gases foram quantificadas durante 21 dias. A aplicação tanto de lodo como de fertilizante mineral alterou os fluxos de CO2, N2O e CH4 em comparação ao controle. A umidade do solo não alterou as emissões de GEE, e o fluxo desses gases no tratamento com fertilizante mineral não foi estatisticamente diferente do verificado com a aplicação de 5 t ha-1 de LE. A aplicação de todo o N requerido pela cultura, na forma de lodo de esgoto, dobrou o Potencial de Aquecimento Global (PAG) e as emissões em equivalente-carbono, em comparação com o tratamento com fertilizante mineral. <![CDATA[<B>Copper phytoavailability and corn dry biomass production after swine manure application</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600036&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os resíduos da produção de suínos têm grande potencial como condicionadores químicos de solos para a produção vegetal. O objetivo deste trabalho foi avaliar: (a) a produção de matéria seca pela cultura do milho após a adição de dejeto de suínos e de doses crescentes de Cu; (b) como os teores de Cu e de matéria orgânica no solo podem interferir na absorção e translocação deste elemento para a parte aérea do milho. Este estudo foi realizado em casa de vegetação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O milho foi cultivado em amostra de um Latossolo Vermelho eutroférrico textura argilosa, com dois teores de matéria orgânica (34,09 e 8,60 g dm-3 provenientes de duas profundidades de coleta). O experimento foi constituído de 14 tratamentos: solo com dois teores de matéria orgânica submetidos a sete tratamentos: testemunha, dejeto de suíno; NPK + dejeto de suíno; NPK + dejeto de suíno + 100 mg dm-3 de Cu; NPK + dejeto de suíno + 200 mg dm-3 de Cu; NPK + dejeto de suíno + 300 mg dm-3 de Cu; NPK + dejeto de suíno + 400 mg dm-3 de Cu. A dose de dejeto de suíno aplicada foi igual para todos os tratamentos e equivalente a 120.000 L ha-1. Constatou-se que o teor de matéria orgânica do solo influenciou na produção de matéria seca da parte aérea do milho. As raízes absorveram parte do excesso de Cu adicionado, mas não houve translocação do elemento, na mesma proporção, para a parte aérea.<hr/>The residues of swine production have a great potential as soil chemical conditioners for crop production The purpose of this study was to evaluate: (a) corn yield, after application of swine manure and increasing doses of soluble copper in an Eutroferric Red Latosol with two organic matter contents (34,09 and 8,60 g dm-3), (b) the influence of soil copper and organic matter content on copper absorption and translocation to corn shoots. The study was set up in a greenhouse of the Universidade Estadual de Maringá, state of Paraná. The soil with two organic matter contents was submitted to seven treatments: control; swine waste; NPK + swine waste; and NPK + swine waste + 100, 200, 300 and 400 mg dm-3 copper, respectively. The dose of swine manure was equal in all treatments (120,000 L ha-1). It was observed that the soil organic matter content influenced the biomass shoot production. Roots absorbed part of the excess copper, but its translocation to the shoot was not proportional. <![CDATA[<B>Heavy metals in soils of a lead mining and metallurgy area</B>: <B>I - Phytoextraction</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600037&lng=en&nrm=iso&tlng=en A fitoextração tem sido sugerida como alternativa viável às práticas tradicionais de recuperação de solos contaminados por metais pesados (remoção do solo e destinação em aterros ou coprocessamento em cimento, etc.), em razão dos menores custos e por ser menos impactante ao ambiente. Este trabalho objetivou avaliar a fitoextração induzida (uso de ácido cítrico como agente quelante) de metais pesados, com o cultivo de aveia-preta (Avena strigosa Schreber), girassol (Helianthus annuus L.) e grama-batatais (Paspalum notatum Flügge), em solos poluídos (solos 2, 3 e 4) de uma área de mineração de Pb em Adrianópolis (PR). O solo 1 foi amostrado em área de mata nativa (referência). O experimento foi realizado em casa de vegetação, com três repetições. Foram determinados os teores de Pb, Cd, Cu, Ni, Cr e Zn no solo com HNO3/HCl (3:1) concentrados. Após a colheita das plantas, determinaram-se a massa de matéria seca e os teores de metais pesados nas raízes e parte aérea (digestão nítrico-perclórica). Os solos contaminados (2, 3 e 4) apresentaram as seguintes faixas de teores de metais pesados (mg kg-1): Pb - 2.598,5 a 9.678,2; Cd - 1,9 a 22,2; Cu - 165,5 a 969,2; Ni - 22,6 a 38,4; Cr - 15,2 a 27,8; e Zn - 87,4 a 894,8. A adição de quelante não induziu a uma absorção mais efetiva de metais pesados pelas plantas. O solo 2 possibilitou melhor crescimento das plantas, e o girassol deve ser preferido na fitorremediação das áreas sob as mesmas condições. Na área próxima à planta fabril (solo 3) e nas áreas com grande ocorrência de rejeitos (solo 4), a fitoextração não foi eficiente. Nesses ambientes, recomenda-se o estudo de outras plantas nativas e, ou, exóticas resistentes a altos teores de Pb (solo 3) ou a remobilização de solo mais rejeito para aterros industriais (solo 4).<hr/>Phytoextraction has been suggested as a viable alternative to traditional restoration practices for heavy metal-contaminated soils (e.g., soil removal and disposal in land fill areas, or co-processing in cement), in view of the lower costs and lower environmental impact. This study had the objective of evaluating induced phytoextraction (use of chelating agent) of heavy metals in black oat (Avena strigosa Schreber), sunflower (Helianthus annuus L.) and Bahiagrass (Paspalum notatum Flügge) in polluted soils (soils 2, 3, and 4) of a Pb mining and processing area in Adrianópolis (PR), Brazil. The experiment was conducted in a greenhouse, with three replications. The soil Pb and Zn contents were determined using concentrated HNO3/HCl (3:1). After harvest, the dry biomass and heavy metal contents in the root and shoot parts were determined by nitro-perchloric digestion. The following values of heavy metal content were found in the contaminated soils (2, 3 and 4) (mg kg-1): Pb - 2,598.5 to 9,678.2; Cd - 1.9 to 22.2; Cu - 165.5 to 969.2; Ni - 22.6 to 38.4; Cr - 15.2 to 27.8 and Zn - 87.4 to 894.8. Chelate addition did not induce heavy metal uptake by the plants. Plant development in soil 2 was better and sunflower should be preferred for phytoremediation in areas under similar conditions. In the area surrounding the industrial plant (soil 3) and in the areas with high waste disposal (soil 4), phytoextraction was not efficient. In these environments other native plants and/or exotic Pb-resistant plants should be tested (soil 3) as well as the remobilization of soil with residues to industrial landfills. <![CDATA[<b>Heavy metals in soils of a lead mining and metallurgy area</b>: <b>II - forms and plant availability</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600038&lng=en&nrm=iso&tlng=en As formas e a disponibilidade dos metais pesados em solos contaminados definem o potencial de absorção pelas plantas e de contaminação das águas por lixiviação. Neste trabalho, foram usados diferentes métodos de extrações químicas com o objetivo de identificar as formas de Pb, Cd, Cr, Cu, Ni e Zn e avaliar a disponibilidade desses poluentes para girassol (Helianthus annuus L.), aveia-preta (Avena strigosa Schreber) (exóticas) e grama-batatais (Paspalum notatum Flügge) (nativa) como espécies indicadoras em solos de área de mineração e metalurgia de Pb, no município de Adrianópolis (PR). Foram coletadas amostras (0 a 40 cm) em quatro ambientes da área: solo 1 - referência (mata nativa); solo 2 - pequena ocorrência de rejeitos no perfil; solo 3 - próximo da chaminé da fábrica (aporte de material particulado); solo 4 - intenso descarte de resíduos finos. Os métodos de extração empregados foram: DTPA-TEA pH 7,3; Ca(NO3)2 0,5 mol L-1; HNO3 0,5, 1,0 e 4,0 mol L-1 e água régia (HNO3/HCl concentrados - 3:1). O experimento foi realizado em casa de vegetação, com três repetições. Houve intenso incremento nos teores pseudototais, trocáveis e não trocáveis de metais pesados com a mineração; os teores máximos de Pb e Zn extraídos pela água régia foram de 9.678,2 e 894,8 mg kg-1, respectivamente. Os extratores HNO3 0,5, 1,0 e 4,0 mol L-1 e água régia correlacionaram entre si quanto à extração de metais pesados nos solos. O extrator com princípio de quelação (DTPA-TEA pH 7,3) não foi eficiente na predição da disponibilidade desses metais para as plantas. As extrações nítricas devem ser preferidas para se estabelecer a fitodisponibilidade de Pb e Zn nos solos da área.<hr/>The forms and availability of heavy metals in contaminated soils determine the uptake potential of plants and water contamination by leaching. In this study different methods of chemical extraction were used, in order to identify the forms of Pb, Cd, Cr, Ni, Cu, and Zn and evaluate the availability of these pollutants for sunflower (Helianthus annuus L.), black oat (Avena strigosa Schreber) (exotic species) and Bahiagrass (Paspalum notatum Flügge) (native species), as indicators, in soils of Pb mining and metallurgy in Adrianópolis, state of Paraná, Brazil. Soil samples were collected in the 0-40 cm layer in four environments of the area: soil 1 - control (native forest); soil 2 - waste in soil profile; soil 3 - near the factory chimney (deposition of particulate material); soil 4 - heavy deposition of waste. The following extraction methods were used: DTPA-TEA pH 7.3; Ca(NO3)2 0.5 mol L-1; HNO3 0.5, 1.0 and 4.0 mol L-1, and concentrated HNO3/HCl (3:1). The plants were grown in a greenhouse, with three replications. The increase of pseudo-total, exchangeable and non-exchangeable heavy metal contents was verified; the highest contents of Pb and Zn were extracted by HNO3/HCl; 9,678.2 and 894.8 mg kg-1, respectively. Soil heavy metals based on acid extractors HNO3 0.5, 1.0 and 4.0 mol L-1 and HNO3/HCl were strongly correlated with each other. The extractor based on chelation (DTPA-TEA pH 7.3) was not efficient to predict the availability of heavy metals for plants under the study conditions. The nitric extractions should be preferred to determine Pb and Zn plant availability in the area. <![CDATA[<B>Cadmium and lead availability to corn in soil amended with phosphorus fertilizers</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600039&lng=en&nrm=iso&tlng=en Fertilizantes fosfatados são utilizados intensamente na agricultura, pois a baixa disponibilidade de P frequentemente limita o rendimento das culturas nas condições brasileiras. Esses fertilizantes, entretanto, constituem uma via de entrada de metais pesados no solo. Este trabalho objetivou avaliar o potencial de contaminação do solo por Cd e Pb adicionados por diferentes fertilizantes fosfatados, bem como a absorção destes por plantas de milho. Foram aplicadas cinco doses de diferentes fontes de P: superfosfato simples, superfosfato triplo, fosfato de Araxá, termofosfato de Yoorin e fosfato natural de Gafsa. As doses de P equivaleram a 0, 100, 300, 500 e 800 kg ha-1 de P2O5. Dois cultivos sucessivos com milho foram conduzidos no solo. O fosfato natural de Gafsa apresentou os maiores teores de Cd e Pb. Entre os fertilizantes acidulados, o superfosfato simples apresentou maior teor de Cd e Pb, e o termofosfato, maior concentração de Pb do que os acidulados. A aplicação de fosfato de Gafsa proporcionou as maiores concentrações de Pb na parte aérea do milho no primeiro cultivo. Este fosfato também foi responsável pelo maior teor de Cd nas plantas no segundo cultivo. O ácido cítrico foi mais eficiente em prever os teores disponíveis de Cd, enquanto o DTPA estimou melhor os teores de Pb.<hr/>Phosphorus fertilizers are intensively used in Brazil, since the low availability of phosphorus often limits yields in tropical soils. However, these fertilizers can be a entranceway for soil contamination with heavy metals. This study was carried out to investigate heavy metal contamination caused by the application of five different phosphorus fertilizers as well as the metal uptake by corn (Zea mays) plants. The fertilizers simple superphosphate, triple superphosphate, Araxá rock phosphate, Yoorin thermophosphate, and Gafsa rock phosphate were applied at rates of 0, 100, 300, 500 and 800 kg ha-1 P2O5 in two successive corn cycles. The highest Cd and Pb concentrations were found in Gafsa rock phosphate. For the acidulated phosphates, simple superphosphate was the richest in Cd and Pb, while the Pb concentration was highest in Yoorin thermophosphate. Gafsa application induced the highest Pb concentration in corn shoots in the first crop cycle. This fertilizer was also responsible for the highest Cd concentration in plants in the second crop. Citric acid was the most efficient extractant for predicting the available soil Cd contents, whereas DTPA estimated Pb availability best. <![CDATA[<B>Geochemistry of natural radionuclide in soils surrounding a Mining and Plant Uranium Concentration</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600040&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os impactos ambientais advindos da exploração e do beneficiamento de U são, em grande parte, idênticos àqueles causados por atividades minero-extrativistas em geral. Este trabalho teve o objetivo de determinar a partição geoquímica dos radionuclídeos naturais 238U, 226Ra e 210Pb em áreas circunvizinhas à Unidade de Mineração e Atividade de Urânio (URA) das Indústrias Nucleares do Brasil S.A., localizada na Província Uranífera de Lagoa Real, no município de Caetité, na região sudoeste do Estado da Bahia. Foram coletadas amostras de solo em cinco áreas circunvizinhas à URA, representando as principais classes de solos da região, na profundidade de 0-20 cm. Nas cinco áreas, foram determinados o teor de atividade total e o fracionamento geoquímico nas frações: F1 - levemente ácida, F2 - reduzível, F3 - oxidável, F4 - alcalina e F5 - residual. As atividades totais médias foram, em Bq kg-1 de solo, de 50 para 238U, 51 para 226Ra e 159 para 210Pb. Os extraídos na fase potencialmente biodisponível (F1) foram: 11 % para 238U, 13 % para 226Ra e 3 % para 210Pb. O 238U apresentou maior biodisponibilidade nos solos mais ácidos e maior afinidade pelos óxidos de Fe, o que não ocorreu para o 226Ra, tendo este apresentado a maior biodisponibilidade. O 210Pb apresentouse predominantemente associado a F5. As percentagens elevadas de 238U, 226Ra e 210Pb na fração geoquímica F5 indicam que as atividades observadas nos cinco solos estão, predominantemente, associadas ao material que deu origem a esses solos, e não a um processo de contaminação artificial em função da atividade da URA.<hr/>The environmental impacts resulting from uranium exploration and processing are to a great extent identical to those caused by extractive mining activities in general. This study aimed to determine the geochemical partitioning of the natural radionuclides 238U, 226Ra and 210Pb in areas surrounding the Uranium Mining and Concentration Plant (URA) of the Brazilian Nuclear Industries S.A., in the uranium deposit region of Lagoa Real, in Caetité, southwestern Bahia state. Representative soil samples of the main regional soil classes were collected from the layer 0-20 cm, in five areas around the URA. The level of total activity and geochemical fractionation (F1slightly acidic, F2 reducible, F3 oxidisable, F4 alkaline, and F5 residual) were determined for the five areas. The average total radioactivity levels were, in Bq kg-1 soil: 50 for 238U, 51 for 226Ra, and 159 for 210Pb. During the potentially bioavailable phase (F1) 11 % were extracted for 238U, 13 % for 226Ra and 3 % for 210Pb. The bioavailability of 238U was higher in more acidic soils and the affinity for iron oxides was greater, unlike in the case of 226Ra, with the greatest bioavailability. 210Pb was predominantly associated with F5. The high percentage of 238U, 226Ra and 210Pb in the geochemical fraction F5 indicates that the concentrations observed in the five soils are predominantly associated to the parent material of these soils, rather than to an artificial contamination caused by the URA activity. <![CDATA[<B>Nutritional status of sugar cane (planted cane) in <SUP>15</SUP>N experiments</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600041&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudos com isótopos estáveis são cada vez mais comuns pela qualidade e confiabilidade dos resultados obtidos e por não apresentarem risco ao homem e ao ambiente. No entanto, é necessário o uso de microparcelas para diminuir o custo do projeto. Por suas áreas serem muito reduzidas em relação à parcela onde está inserida, o objetivo deste trabalho foi comparar o estado nutricional de plantas das microparcelas com as do restante das parcelas experimentais, na fase de máximo desenvolvimento da cultura da cana-de-açúcar, em experimentos com doses de N. Foram instalados três experimentos, no Estado de São Paulo, com três doses de N e uma testemunha, com quatro repetições, em delineamento em blocos completos casualizados. Nas parcelas, de 48 linhas de 15 m cada, foram instaladas microparcelas de 3 m² com fertilizante-15N. Na época de máximo desenvolvimento da cultura foram coletadas folhas-diagnóstico para a avaliação de seu estado nutricional em todas as parcelas e microparcelas. Nessas folhas foram determinados os teores de macronutrientes, e os resultados foram submetidos à análise de variância. Foram comparados, em cada área experimental e de forma conjunta, os resultados das parcelas com os das microparcelas quanto aos teores foliares dos nutrientes e, quando significativo o efeito das doses de N na variação desses, foram feitas regressões. Não houve diferença entre os teores de N, P, Ca, Mg e S das folhas-diagnóstico entre as parcelas e as microparcelas, as quais foram consideradas representativas da área experimental. A adubação nitrogenada aumentou os teores dos nutrientes nas folhas-diagnóstico, o que deve ser considerado na avaliação nutricional da cultura quando este tipo de experimento for realizado.<hr/>Studies with stable isotopes are becoming more common due to the increased safety of operation and quality and reliability of results. However, the use of microplots is required to decrease the costs of such studies. Since microplots are small compared to regular plot areas, the purpose of this study was to investigate whether nutritional data based on microplot samples can adequately represent the whole area, in a comparison of the nutritional status of microplot sugar cane plants at their maximum development stage with those of the regular plots in experiments with N rates. Three experiments were set up, with three N rates (40, 80, and 120 kg ha-1 N) and a control, with four repetitions, in a randomized complete block design, in the state of São Paulo. Microplots of 3 m² containing 15N-fertilizer (5.04% atom 15N) were included in the main plots formed by 48 lines of sugar cane spaced 1.5 m apart. At the time of maximum development stage, diagnostic leaves were collected in the main and microplots to evaluate the nutritional status of plants by analyzing the total concentration of macronutrients. There were no differences in N, P, Ca, Mg, and S concentrations in the diagnostic leaves from the main and microplots, so that the latter can be considered representative of the experimental area. Higher nitrogen fertilizer rates induced increased concentrations of not only N, but also of P, Ca, Mg, and S in the diagnostic leaves. <![CDATA[<B>Undisturbed soil sampling equipment for research in controlled conditions</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-06832009000600042&lng=en&nrm=iso&tlng=en A avaliação da fertilidade do solo pode ser feita por vários métodos, entre eles os testes com plantas em campo ou em vasos. Estudos em casa de vegetação com solos sob sistema plantio direto são dificultados pela obtenção de amostras indeformadas. O presente estudo teve por objetivos propor um equipamento de coleta de amostras de solo indeformadas e testar sua eficácia para uso em estudos em casa de vegetação, especialmente em solos sob sistema plantio direto. Foi desenvolvido um amostrador cilíndrico com diâmetro de 200 e 300 mm de altura. Foram comparadas a resistência do solo à penetração e a densidade do solo no local de coleta e dentro do amostrador. A amostragem foi feita em quatro locais, em solos com distintas classes de argila e em diferentes profundidades, sendo: um Argissolo Vermelho distrófico típico (PVd) localizado na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, em Eldorado do Sul; um Latossolo Vermelho distrófico típico (LVd2) localizado em área de produção, em Cruz Alta; um Latossolo Vermelho distroférrico típico (LVdf2) localizado em área de produção, em Ijuí; e um Latossolo Vermelho distroférrico típico (LVdf2) localizado em área de produção, em São Miguel das Missões. Não houve diferença estatística entre as médias de resistência do solo à penetração e a densidade do solo em cada local e em cada profundidade de amostragem. O equipamento proposto permite obter amostras de solo indeformadas que podem ser utilizadas para estudos em condições controladas com amostras de solo, com estrutura indeformada.<hr/>Soil fertility can be evaluated by several methods, such as field or greenhouse tests with plants. In greenhouse studies with untilled soils the sampling of undisturbed soil cores is difficult. The aim of this study was to propose an equipment for undisturbed soil core sampling of untilled soils for greenhouse studies and test its efficiency. A sampler with a diameter of 200 mm and depth of 300 mm was developed. The soil penetration resistance and density of the soil and within the sampler were compared. Soil was sampled at four sites with different clay contents: an Acrisol, at the UFRGS Agronomic Experimental Station (Lat. S 30 º 05 ' 42 " and Long. W 51 º 40 ' 32 "), in Eldorado do Sul; an Oxissol in a crop production area (Lat. S 28 º 44 ' 17 " and Long. W 53 º 41 ' 54 ") in Cruz Alta; an Oxissol in a crop production area (Lat. S 28 º 19 ' 55 " and Long. W 53 º 55 ' 54 ") in Ijuí; and an Oxissol in a crop production area in São Miguel das Missões (Lat. S 28 º 55 ' 53 " and Long. W 54 º 20 ' 47 "). The results did not differ statistically for soil penetration resistance and soil density at each site and sampling depth. The proposed methodology can be used to collect undisturbed soil samples in greenhouse studies with untilled soils.