Scielo RSS <![CDATA[Cadernos de Pesquisa]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-157420090002&lang=en vol. 39 num. 137 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B> EDITORIAL </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Cultural transmission under harassment</B>: <B>avatars of common culture in school</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, gostaríamos de propor algumas reflexões em torno do que se percebe como crise da transmissão escolar. Mais especificamente, interessa-nos o que decorre da discussão sobre a cultura comum que a escola deve transmitir, tendo em vista que essa instituição está voltada para a formação do núcleo de referências comuns que permite ao aluno se integrar à sociedade nacional e se converter em cidadão. Hoje, tanto a ideia de "cultura comum" como a própria noção de tradição e reprodução cultural parecem sob assédio. Em primeiro lugar, esse assédio tem a ver com o declínio das humanidades modernas como centro de referência da cultura comum - um declínio que já tem mais de um século. Em segundo lugar, está ocorrendo uma transformação profunda da ideia de tradição e reprodução cultural, bem como das formas com que estas se realizam. Ambos os elementos são discutidos no artigo. Por último, para retomar a ideia de transmissão da cultura comum na escola, sugerem-se alguns critérios que levem em conta os questionamentos e desafios da construção de uma tradição nas presentes condições.<hr/>In this article, I advance some arguments about what is perceived as the crisis of the act of transmitting or passing over culture to new generations. More specifically, I am interested in understanding what is built into the discussion of what a common culture is, and what role schools play in their formation. Schools were institutions that were conceived for producing a core of common references that allowed people to be included in the national society and turn into citizens. Today, both the idea of a 'common culture' and the notion of tradition and cultural reproduction appear to be under siege. First, this siege is linked to the decline of modern humanities as the reference centre for common culture - a decline that has been taking place for over a century. Second, what is taking place is a profound transformation of the ideas of tradition and cultural reproduction, and of the ways in which they are performed. Both elements are discussed in this article. Finally, I suggest some criteria to rethink the passing over of a cultural tradition in schools, taking into account the challenges and questions that have been posed to the construction of a tradition in present conditions <![CDATA[<B>Curriculum studies</B>: <B>advances and challenges on the internationalization process</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo focaliza a etapa da internacionalização dos estudos sobre currículo, em desenvolvimento no momento atual. Essa fase segue-se à de reconceptualização, que transformou a feição do campo, substituindo seu caráter instrumental hegemônico pela preocupação em compreender o processo curricular. Após explicitar sinais evidentes da internacionalização, o texto discute, com o apoio das categorias hibridização, cosmopolitismo e tradição, o quanto as conversas complicadas que configuram o campo podem tanto contribuir para o avanço e a democratização do conhecimento quanto para estimular movimentos em direção à homogeneização, que terminem por sufocar tradições e interesses locais. Possibilidades e riscos implicados no processo precisam, portanto, ser cuidadosamente considerados.<hr/>The article focuses on the internationalization process that has been characterizing curriculum studies nowadays. This moment follows the reconceptualization of the field, which changed its instrumental feature into an effort of understanding curriculum. After presenting some evidences of how the internationalization process has been developed, the text discusses, drawing on the categories of hybridization, cosmopolitism and tradition, how the complicated conversation that marks the present field can contribute to deepen and democratize curriculum knowledge, as well as to stimulate movements towards homogenization, that ends up by suffocating local traditions and interests. Possibilities and risks implicated in the process have, therefore, to be carefully considered. <![CDATA[<B>School curriculum</B>: <B>between theories and methods</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em um momento de intensa globalização, em que se impõem novos padrões e novos conceitos, o currículo ganha uma outra centralidade educacional, sobretudo se for considerado da perspectiva da noção de conhecimento. Procura-se, neste artigo, debater questões ligadas à teorização e ao método do currículo, destacando-se quer as teorias críticas e de instrução, sempre cruzadas com a racionalidade tyleriana e o relativismo, quer o currere como espaço de discussão.<hr/>At a time of intense globalization, when new patterns and new concepts are being proposed, the school curriculum has gained a new educational centrality particularly when one considers it from the perspective of notion of knowledge. This article aims at discussing issues related to curriculum theorizing and method, emphasizing either the critical and teaching theories, always interconnected with the Tylerian rationale and the relativism, or currere, as a space for discussion. <![CDATA[<B>The struggle for ethics in primary school</B>: <B>religious or secular?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo identifica um conflito entre dois conceitos de Ética no currículo das escolas públicas de ensino fundamental no Brasil contemporâneo. De um lado, a Ética laica, fundamentada nos provisórios consensos político-ideológicos; de outro, a Ética religiosa, convergente com uma Educação Moral e Cívica de conteúdo religioso. Esse conflito conceitual é explicado pelo autor como produto de um conflito político em torno da autonomia do campo educacional.<hr/>This article identifies a conflict between two concepts of ethics in the primary public school curriculum in contemporary Brazil. On one hand, secular ethics, grounded in a transitory political-ideological consensus; on the other hand, religious ethics converging with civic and moral education of a religious nature. This conceptual conflict is explained by the author as the result of a political conflict over autonomy in the educational realm. <![CDATA[<B>Diverse educational practices</B>: <B>psychology at the state of São Paulo high schools</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo visa discutir, à luz da aprovação do Parecer n. 38/06 do Conselho Nacional de Educação que torna obrigatório o ensino de Filosofia e Sociologia no ensino médio, a pertinência do ensino de Psicologia, em particular no Estado de São Paulo, onde esta disciplina vem progressivamente perdendo espaço. Subsidia o debate, pesquisa de caráter etnográfico, composta por dois estudos de caso realizados em estabelecimentos de ensino, um público e um privado, do município de São Paulo, onde foram acompanhadas aulas de Psicologia mediante observação e analisadas questões relativas ao ensino dessa disciplina. Aspectos característicos de cada escola levaram a refletir sobre as disparidades do sistema educacional paulista, conduzindo à discussão sobre o ensino de Psicologia e sua contribuição, como ciência, nesse cenário.<hr/>The objective of this article is to discuss, in light of the approval of the Official Opinion number 38/06 by the National Council of Education which made teaching Philosophy and Sociology mandatory in high school, the relevance of teaching Psychology, particularly in the state of São Paulo, where this subject has been increasingly losing space. The debate is grounded in an ethnographic survey consisting of two case studies carried out in teaching institutions, one public and the other private, in the city of São Paulo. Psychology classes were attended, and observation of issues related to teaching it were analyzed. The characteristic aspects of each school has led us to reflect about the inequalities within the São Paulo state education system, and to discuss teaching Psychology and its contribution, as a science, in this setting. <![CDATA[<B>Technology, work and education in high school curriculum reform</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho investiga o modo pelo qual as proposições relativas a tecnologia, trabalho e formação, na reforma curricular do ensino médio, foram incorporadas pelas escolas. O estudo dos documentos oficiais, em especial das Diretrizes e Parâmetros Curriculares para esse nível de ensino, indicou como proposições principais a associação entre saberes e suas tecnologias e a organização do currículo com base na prescrição de competências. Foi encaminhado às escolas de ensino médio da cidade de Curitiba (PR) um instrumento para obter informações sobre quais dessas proposições as escolas tomaram como referência, que alterações buscaram fazer em resposta a elas e de que forma incorporaram os dispositivos normativos em suas propostas pedagógicas. A análise das respostas confirma a hipótese que a apropriação da política curricular oficial não é linear evidenciando distintos processos de incorporação que conferem à reforma um alcance relativo.<hr/>This article analyzes how proposals related to technology, work and education in the high school curriculum reform have been incorporated by schools. An analysis of official documents, especially the Curriculum Guidelines and Parameters for this level of teaching, indicates that the main proposals are the association between knowledge and its technologies and the organization of the curriculum based on the prescription of competencies. A questionnaire was sent to high school institutions in the city of Curitiba (state of Paraná) to discover which of these proposals the schools took as references, which changes they tried to introduce as a response to those proposals, and how they have incorporated the regulatory directives into their pedagogical proposals. Analysis of the answers supports the hypothesis that the appropriation of the official curriculum policy is not uniform and there is evidence of different incorporation processes which give the reform only a limited reach. <![CDATA[<B>The diversity policies in Lula's government</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esse artigo tem como objetivo analisar, particularmente, como o Ministério da Educação durante o governo Lula, em sua primeira gestão (2003-2006), se posicionou diante da questão da diversidade, temática cada vez mais presente no debate educacional brasileiro. A partir do campo das políticas públicas, procura-se observar até que ponto a diversidade foi um princípio que orientou a agenda do governo no período. Inicialmente, é feita uma análise documental de programas, ações e relatórios de gestão, por meio da qual se identificam novos arranjos institucionais no MEC, além de vinte e quatro ações direcionadas à "diversidade". Contudo, observam-se pelo menos três sentidos distintos e, por vezes, contraditórios, que podem ser associados à concepção de "diversidade": a) a idéia de inclusão social; b) de ações afirmativas; c) de políticas de diferença. Nota-se que, apesar de as chamadas "políticas de diversidade" terem alcançado maior grau de institucionalização no governo Lula, as concepções que norteiam suas ações ainda são muito díspares e apropriadas de forma fragmentada pelas secretarias. Há evidências de disputas internas no governo pela definição de projetos educacionais com propostas diferentes para responder às demandas de movimentos sociais pelo reconhecimento das diversidades.<hr/>This article analyses how the Department of Education, during the first administration of Lula's government (2003-2006), addressed the diversity principle in the educational agenda, an increasingly predominant issue in the Brazilian educational debate. Initially, a documental analysis of the actions programmes and administration identified a new institutional arrangement in the Department of Education, especially concerning the diversity agenda. Twenty-four programs were developed during this period. However, these programs used distinct and sometimes contradictory definitions of diversity. It was possible to spot at least three different meanings for the term: a) social inclusion; b) affirmative action; c) difference policies. Thus, even though diversity reached a more significant level of institutionalization during Lula's government, it remains an issue of internal dispute, especially regarding how the government should respond to the demands of social movements for recognition of diversity in the public sphere. <![CDATA[<B>Fighting sexism in textbooks</B>: <B>agenda construction and its critics</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo tem por objetivo descrever e problematizar a construção da agenda sobre "sexismo no livro didático" em cenário internacional e nacional. Para tanto, efetua uma revisão crítica da literatura desde a década de 1960 até a contemporaneidade, dando especial ênfase a permanências e mudanças, bem como a tensões detectadas na implementação de políticas que visam o combate ao "sexismo" nos livros didáticos.<hr/>The article aims to describe the creation of an agenda on "sexism in textbooks" on the international and national levels. To accomplish this, it includes a critical review of the literature from the 1960's to the present placing special emphasis on the changes and what remains the same, as well as the tensions detected in the implementation of policies aiming at fighting "sexism" in textbooks. <![CDATA[<B>International academic exchange programs</B>: <B>Capes, CNPq and Fapesp fellowships</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo é parte de pesquisa que atenta para o peso crescente que a circulação internacional de pessoas, saberes e práticas tem alcançado nos processos de escolarização e formação profissional de determinados setores sociais. Considerando os recursos públicos que a Capes, o CNPq e a Fapesp destinam à formação de pesquisadores com vistas ao fomento à pesquisa e aos investimentos em ciência e tecnologia no horizonte da circulação internacional, recortamos para este artigo a descrição e a análise preliminares da base de dados de bolsistas no exterior dessas agências de fomento, no período de 1970 a 2000. O movimento de fluxos, a partir da metodologia quantitativa de correlação de variáveis, desenha as tendências dos intercâmbios acadêmicos internacionais promovidos pelas três agências e nas diversas áreas do conhecimento, sendo que se procura contextualizá-las nas políticas de desenvolvimento científico-tecnológico desenvolvidas pelo Estado brasileiro no período.<hr/>This article is part of a study considering the growing importance of the international transit of people, knowledge, and practices in the schooling and professional education processes of some social segments. Considering the public funds made available by the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel - Capes -, the National Council for Scientific and Technological Development - CNPq - and the State of São Paulo Research Foundation - Fapesp - to support researchers' fellowships abroad, aming to improve research and investments on Science and Technology on the context of international exchanges, we have dedicated this article to the preliminary description and analysis of the database of fellows funded abroad by these research agencies from 1970 to 2000. The movement of flows based on the quantitative methodology of the correlation of variables draws the trends of international academic exchange programs in the three research institutions and in the different areas of knowledge, and we intend to analyse them taking into account the scientific and technological development policies adopted by Brazilian State on the period. <![CDATA[<B>The social representations theory in studies of teacher's representation: analysis of brazilian theses and dissertations</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en A pesquisa apresentada analisou 27 teses de doutorado e dissertações de mestrado de programas brasileiros de Pós-Graduação em Educação que usam a teoria de representações sociais para estudar representações de ou sobre professor. Para a realização dessa análise foram investigados, principalmente, aspectos metodológicos relacionados ao uso da TRS, tais como: modo de descrição dos sujeitos da pesquisa e variáveis selecionadas nessa caracterização; descrição do objeto de estudo, sua contextualização e justificação como objeto de representação social; procedimentos de coleta de dados, sua adequação e justificação; tratamento dos dados; procedimentos de análise; síntese dos resultados e sua contribuição para a educação, para a formação de professores e para a TRS. Concluiu-se que a TRS é pouco explorada nos trabalhos, embora, de modo geral, eles contribuam para aclarar as representações que professores têm a respeito de vários campos que compõem sua vida profissional.<hr/>This study analyzed 27 Ph.D dissertations and master's theses from Brazilian graduate programs in education that use the social representation theory to study representations of or about teachers. For this analysis, principally methodological aspects related to the use of SRT were used, such as: description of the research subjects and the variables selected for this characterization; description of the research object, its contextualization and justification as an object of social representation; procedures adopted for data collection, their suitability and justification; data treatment; analysis procedures; results summary and their contribution towards education, teacher education programs and SRT. It was concluded that SRT has received little attention from researchers, although generally speaking these studies have contributed to clarifying the representations that teachers have about the different fields that constitute their professional life. <![CDATA[<B>Self-esteem and literacy</B>: <B>what may be in this relationship?</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem como objetivo analisar um conjunto de práticas utilizadas para alfabetizar jovens e adultos, as quais têm no resgate da autoestima seu foco central. O estudo utilizou uma parcela dos discursos do Programa Alfabetização Solidária registrados em um conjunto de publicações periódicas editadas entre 1997 e 2002, cuja circulação tinha abrangência nacional. Inspirada nos estudos de Michel Foucault, a análise contou com as noções de governamento e discurso. O argumento desenvolvido no texto pretende mostrar que a ênfase na elevação da autoestima funciona como uma das estratégias de governamento do Programa Alfabetização Solidária. As estratégias são operacionalizadas por meio: da produção da baixa autoestima como um problema para efetivar o processo de alfabetização; do desenvolvimento da autoconfiança pelo disciplinamento de corpos e mentes; e da produtividade da estratégia de valorização da autoestima evidenciada na mudança de conduta dos alfabetizandos. Essas práticas investem na elevação da autoestima e da estima aos outros, apostando no envolvimento, na persistência e na permanência do aluno nos programas de alfabetização para operar as mudanças desejadas nos indivíduos e nos locais com elevados índices de analfabetismo.<hr/>This paper aims at analyzing a group of practices that have been used to alphabetize youths and adults, which have the recovery of self-esteem as their central focus. This study has employed part of discourses of the Solidary Literacy Program (Programa Alfabetização Solidária), recorded in a series of periodical publications, from 1997 to 2002, which were nationally distributed. From studies carried out by Michel Foucault, this analysis has considered the notions of government and discourse. The argument developed in this text intends to show that the emphasis on raising self-esteem has functioned as one of the governing strategies of the Solidary Literacy Program. The strategies have been brought into operation by means of production of low self-esteem as a problem that hinders the literacy process; development of self-confidence by disciplining bodies and minds; and productivity of the strategy of valuing self-esteem evidenced in the change of conduct of individuals who become literate. These practices invest in raising one's own self-esteem as well as the others', betting on the involvement, persistence and permanence of the student in literacy programs to operate the desired changes both in the individuals and in the places with high illiteracy indexes. <![CDATA[<B>Teacher education at the institute for education of the Rio de Janeiro during the New State period</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Articulado à temática da história das instituições educacionais, com ênfase na formação docente, este trabalho procura analisar as mudanças introduzidas no curso de formação de professores do Instituto de Educação do Rio de Janeiro durante o período do Estado Novo (1937-1945). Denominado Escola de Professores, quando da criação do Instituto em 1932, o curso foi posteriormente incorporado à Universidade do Distrito Federal (1935) sob o nome Escola de Educação e habilitava professores primários e secundários em nível superior, conforme proposta do Manifesto dos Pioneiros (1932). Com a extinção dessa universidade, em 1939, e a transferência de diversos cursos para a recém-criada Universidade do Brasil, o Instituto de Educação foi excluído do novo projeto e passou a formar professores primários na modalidade normal, em nível médio. O artigo procura abordar a fase de transição pela qual a instituição passou, assinalando continuidades e mudanças em relação à proposta original para, em seguida, focalizar o momento de ruptura, em consequência da Lei Orgânica do Ensino Secundário (1942) que acarretou mudanças acentuadas no curso de formação de professores oferecido pela instituição.<hr/>Aligned with the theme of the history of educational institutions and focusing on teacher education, this article aims to assess the changes implemented in the Teacher Education Programme conducted by the Institute of Education of Rio de Janeiro, during the New State period (1937-1945). Initially called Escola de Professores ['Teachers' School'], when the Institute was founded in 1932, the Programme was later taken up by the Federal District University (1935,) under the name of Escola de Educação ['School of Education'] and provided primary and secondary school teachers with Higher Education, in compliance with the Manifesto of New Education Pioneers (1932). With the closing down of the Federal District University in 1939 and the transference of several courses to the recently established University of Brazil, The Institute of Education was excluded from the new project and was able only to provide primary teachers with secondary education certificates. This article exploits the transition that the Institute went through, highlighting changes and continuities in relation to its original proposition. The article then focuses on the unfolding of the rupture caused by the Secondary Education Organic Law (1942), leading to significant changes in the Teacher Education Programme offered by the institution. <![CDATA[<B>Quota and non-quota system</B>: <B>performance of students at University of Brasília</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O texto discute o rendimento no curso de três turmas de alunos que ingressaram na Universidade de Brasília em 2004, 2005 e 2006, mediante vestibulares com dois sistemas de seleção, o de reserva de 20% das vagas para negros e o tradicional, de livre competição. Compararam-se as médias das notas de dois grupos de alunos em cada carreira, cotistas e não-cotistas, considerando o nível de prestígio social do curso e sua área do conhecimento do vestibular - Humanidades, Ciências e Saúde. Em linhas gerais, no conjunto das três turmas de cada área, os resultados mostraram que em aproximadamente dois terços ou mais das carreiras não houve diferenças expressivas entre as médias dos dois grupos ou estas foram favoráveis aos cotistas - apesar de exceção num único ano, nas Ciências. A principal tendência constatada, que encontrou eco em evidências empíricas de outras instituições, foi a da ausência de diferenças sistemáticas de rendimento a favor dos não-cotistas, contrariando previsões de críticos do sistema de cotas, no sentido de que este provocaria uma queda no padrão acadêmico da universidade.<hr/>The text deals with the academic achievement of three cohorts of students who entered the University of Brasília in 2004, 2005 and 2006, by means of entrance exams involving two selection processes: a 20% quota for black students and traditional evaluation procedures. Achievement was measured by the average grades obtained in courses followed by two groups of students in each career, those from the quota system and those from the non-quota system. Careers were classified according to their social prestige and their areas in the entrance exams - Humanities, Sciences and Health. Broad data trends indicated that, for the three cohorts in all areas, in approximately two thirds (or more) of the careers there were no meaningful differences between the average grades of the two groups, or these were favorable to students from the quota system; an exception, in one single year, was in the Sciences area. Main trends observed, echoed by empirical evidence from other universities, indicated an absence of systematic achievement differences in favor of non-quota students, thus opposing forecasts that the quota system would lead to decreasing academic standards in higher education, as voiced by many criticisms of the system. <![CDATA[<B>Heterogeneity in the performance of Unicamp students from admission to conclusion of undergraduated studies</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para avaliar o desempenho dos alunos da Universidade Estadual de Campinas, do ingresso à conclusão do curso. A amostra é composta por todos os ingressantes dessa universidade nos anos de 1997 a 2000, e a população que corresponde ao universo dos alunos ingressantes em todo o período de existência da universidade. O conjunto de dados disponível foi obtido a partir dos questionários socioculturais, aplicados pela Comissão Permanente de Vestibulares na inscrição do vestibular, e de informações acadêmicas fornecidas pela Diretoria Acadêmica da Universidade. É proposta uma metodologia com base na variável denominada "ganho relativo" sugerida por Dachs e Maia (2006). Essa nova metodologia fundamenta-se em medidas de diversidades propostas por Rao (1982) e na utilização de U-estatísticas. Propõem-se testes de homogeneidade para avaliar se existe diferença no desempenho entre alunos segundo alguns agrupamentos.<hr/>The aim of this work is to propose a methodology to evaluate the performance of students at Unicamp [São Paulo State University at Campinas] from admission to graduation. The sample consists of all students enrolled in Unicamp from 1997 to 2000, and the population corresponds to the universe of students throughout the existence of the university. The available database was gathered from socio-cultural questionnaires applied by the University Commission on College Entrance Examination at the time of enrollment for the examination ("vestibular") and from academic information provided by the Unicamp Academic Studies Board. A methodology is proposed based on the "relative gain" variable suggested by Dachs and Maia (2006). This new methodology is based on the diversity measures proposed by Rao (1982) and on the use of U-statistics. Homogeneity tests have been proposed to assess whether there is a difference in performance among students from different groups. <![CDATA[<B>Zygmunt bauman</B>: <B>entrevista sobre a educação. Desafios pedagógicos e modernidade líquida</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para avaliar o desempenho dos alunos da Universidade Estadual de Campinas, do ingresso à conclusão do curso. A amostra é composta por todos os ingressantes dessa universidade nos anos de 1997 a 2000, e a população que corresponde ao universo dos alunos ingressantes em todo o período de existência da universidade. O conjunto de dados disponível foi obtido a partir dos questionários socioculturais, aplicados pela Comissão Permanente de Vestibulares na inscrição do vestibular, e de informações acadêmicas fornecidas pela Diretoria Acadêmica da Universidade. É proposta uma metodologia com base na variável denominada "ganho relativo" sugerida por Dachs e Maia (2006). Essa nova metodologia fundamenta-se em medidas de diversidades propostas por Rao (1982) e na utilização de U-estatísticas. Propõem-se testes de homogeneidade para avaliar se existe diferença no desempenho entre alunos segundo alguns agrupamentos.<hr/>The aim of this work is to propose a methodology to evaluate the performance of students at Unicamp [São Paulo State University at Campinas] from admission to graduation. The sample consists of all students enrolled in Unicamp from 1997 to 2000, and the population corresponds to the universe of students throughout the existence of the university. The available database was gathered from socio-cultural questionnaires applied by the University Commission on College Entrance Examination at the time of enrollment for the examination ("vestibular") and from academic information provided by the Unicamp Academic Studies Board. A methodology is proposed based on the "relative gain" variable suggested by Dachs and Maia (2006). This new methodology is based on the diversity measures proposed by Rao (1982) and on the use of U-statistics. Homogeneity tests have been proposed to assess whether there is a difference in performance among students from different groups. <![CDATA[<b>Mercado de trabalho e gênero</b>: comparações internacionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para avaliar o desempenho dos alunos da Universidade Estadual de Campinas, do ingresso à conclusão do curso. A amostra é composta por todos os ingressantes dessa universidade nos anos de 1997 a 2000, e a população que corresponde ao universo dos alunos ingressantes em todo o período de existência da universidade. O conjunto de dados disponível foi obtido a partir dos questionários socioculturais, aplicados pela Comissão Permanente de Vestibulares na inscrição do vestibular, e de informações acadêmicas fornecidas pela Diretoria Acadêmica da Universidade. É proposta uma metodologia com base na variável denominada "ganho relativo" sugerida por Dachs e Maia (2006). Essa nova metodologia fundamenta-se em medidas de diversidades propostas por Rao (1982) e na utilização de U-estatísticas. Propõem-se testes de homogeneidade para avaliar se existe diferença no desempenho entre alunos segundo alguns agrupamentos.<hr/>The aim of this work is to propose a methodology to evaluate the performance of students at Unicamp [São Paulo State University at Campinas] from admission to graduation. The sample consists of all students enrolled in Unicamp from 1997 to 2000, and the population corresponds to the universe of students throughout the existence of the university. The available database was gathered from socio-cultural questionnaires applied by the University Commission on College Entrance Examination at the time of enrollment for the examination ("vestibular") and from academic information provided by the Unicamp Academic Studies Board. A methodology is proposed based on the "relative gain" variable suggested by Dachs and Maia (2006). This new methodology is based on the diversity measures proposed by Rao (1982) and on the use of U-statistics. Homogeneity tests have been proposed to assess whether there is a difference in performance among students from different groups. <![CDATA[<b>Planeta web 2.0</b>: <b> inteligencia colectiva o medios fast food</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho é propor uma metodologia para avaliar o desempenho dos alunos da Universidade Estadual de Campinas, do ingresso à conclusão do curso. A amostra é composta por todos os ingressantes dessa universidade nos anos de 1997 a 2000, e a população que corresponde ao universo dos alunos ingressantes em todo o período de existência da universidade. O conjunto de dados disponível foi obtido a partir dos questionários socioculturais, aplicados pela Comissão Permanente de Vestibulares na inscrição do vestibular, e de informações acadêmicas fornecidas pela Diretoria Acadêmica da Universidade. É proposta uma metodologia com base na variável denominada "ganho relativo" sugerida por Dachs e Maia (2006). Essa nova metodologia fundamenta-se em medidas de diversidades propostas por Rao (1982) e na utilização de U-estatísticas. Propõem-se testes de homogeneidade para avaliar se existe diferença no desempenho entre alunos segundo alguns agrupamentos.<hr/>The aim of this work is to propose a methodology to evaluate the performance of students at Unicamp [São Paulo State University at Campinas] from admission to graduation. The sample consists of all students enrolled in Unicamp from 1997 to 2000, and the population corresponds to the universe of students throughout the existence of the university. The available database was gathered from socio-cultural questionnaires applied by the University Commission on College Entrance Examination at the time of enrollment for the examination ("vestibular") and from academic information provided by the Unicamp Academic Studies Board. A methodology is proposed based on the "relative gain" variable suggested by Dachs and Maia (2006). This new methodology is based on the diversity measures proposed by Rao (1982) and on the use of U-statistics. Homogeneity tests have been proposed to assess whether there is a difference in performance among students from different groups.