Scielo RSS <![CDATA[Pesquisa Agropecu├íria Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-204X20140012&lang=en vol. 49 num. 12 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Climate change and its effects on irrigated rice yield in the state of Rio Grande do Sul, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200915&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi estimar o rendimento de grãos de arroz irrigado nas regiões orizícolas do Estado do Rio Grande do Sul, em diferentes datas de semeadura, em cenário climático futuro - cenário A1B do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) - e determinar as possíveis alterações no atual calendário de semeadura do arroz irrigado nesse cenário. O modelo SimulArroz foi usado, tendo-se considerado três grupos de maturação (precoce, médio e tardio) e sete datas de semeadura (1/8, 1/9, 1/10, 1/11, 1/12, 1/1 e 1/2) para cada ano do cenário climático, nas seis regiões orizícolas do estado. Entre as regiões orizícolas, há variação do efeito da mudança no clima sobre o rendimento, em que a região da Fronteira Oeste é a menos favorecida e a Zona Sul, a mais favorecida no cenário futuro. As mudanças climáticas projetadas têm efeito positivo no rendimento de grãos de arroz irrigado no Estado do Rio Grande do Sul, principalmente no final do século 21, quando o período de semeadura poderá ser antecipado.<hr/>The objective of this work was to estimate the irrigated rice grain yield in the rice production regions of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, in different sowing dates, in a future climatic scenario - the A1B scenario from the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) - and to determine possible changes in the current sowing calendar for irrigated rice in this scenario. The SimulArroz model was used, considering three maturity groups (early, middle, and late) and seven sowing dates (8/1, 9/1, 10/1, 11/1, 12/1, 1/1, and 1/2) for each year of the climatic scenario, in the six rice production regions of the state. Among the rice production regions, there is a variation in the effect of climate change on yield, in which the Fronteira Oeste region is less favored and the Zona Sul region more favored in the future scenario. The projected climate change has a positive effect on rice grain yield in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, mainly at the end of the 21st century, when the sowing period may be anticipated. <![CDATA[Fish oil replacement by soybean oil in the diet of fat snook juveniles]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200925&lng=en&nrm=iso&tlng=en The objective of this work was to evaluate fish oil replacement by soybean oil in diets, as for the effects on the performance and body composition of juveniles of fat snook (Centropomus parallelus). The experiment was carried out in a randomized block design, with three treatments (lipid sources) and six replicates, in a 60-day period. Fat snook juveniles (24.17±0.28g) were distributed in 18 experimental tanks of 200 L each, equipped with aeration and heating systems, under continuous water renovation (800% per day). Three isoproteic (44% CP) and isoenergetic (4,635 kcal CE kg-1) diets were formulated to comprise three replacement rates (0, 50, and 100%) of fish oil by soybean oil. Biometric analyses were done to evaluate fish performance, and two entire specimens from each replicate were used for body composition analyses. The zootechnical indices of weight gain (38.68±5.41 g), feed conversion (1.38±0.10), and specific growth at 1.70±0.18% weight gain per day were considered satisfactory. Lipid source substitution does not affect the performance and body composition of fat snook juveniles, which suggests that soybean oil can replace fish oil in diet formulation.<hr/>O objetivo deste trabalho foi avaliar a substituição do óleo de peixe por óleo de soja em dietas, quanto ao efeito no desempenho e na composição corporal de juvenis de robalo-peva (Centropomus parallelus). O experimento foi realizado em delineamento de blocos ao acaso, com três tratamentos (fonte de lipídeos) e seis repetições, pelo período de 60 dias. Juvenis de robalo-peva (24,17±0,28 g) foram distribuídos em 18 tanques experimentais de 200 L cada um, equipados com sistemas de aeração e aquecimento, com renovação contínua da água (800% ao dia). Três dietas isoproteicas (44% PB) e isoenergéticas (4.635 kcal EB kg-1) foram formuladas para abranger três níveis de substituição (0, 50 e 100%) do óleo de peixe pelo óleo de soja. Realizaram-se avaliações biométricas quanto ao desempenho, e dois animais por repetição foram utilizados para análises de composição corporal. Os índices zootécnicos de ganho de peso (38,68±5,41 g), conversão alimentar (1,38±0,10) e taxa de crescimento específico a 1,70±0,18% do peso vivo por dia foram considerados satisfatórios. A substituição da fonte de lipídeo não afeta o desempenho nem a composição corporal de juvenis de robalo-peva, o que é uma indicação de que o óleo de soja pode substituir o óleo de peixe na formulação de dietas. <![CDATA[Phosphites in the management of anthracnose on jilo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200930&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de fosfitos sobre a antracnose (Colletotrichum tamarilloi) em jiló, na pós-colheita. O crescimento micelial e a produção e a germinação de conídios foram avaliados após a aplicação dos sais de fosfitos de Ca, K, Mg, Zn e Cu, nas concentrações de 0,25, 0,50, 0,75, 1,00, 1,25, 1,50 e 1,75 g L-1 (in vitro), sobre o fungo C. tamarilloi. As doses 0,25, 0,75, 1,25 e 1,75 g L-1 afetaram os frutos no período pós-colheita. Avaliaram-se os atributos químicos e a possível resposta bioquímica. A dose de 1,50 g L-1 foi utilizada no controle da antracnose, em pós-colheita, após inoculação do fungo. In vitro, a concentração efetiva para a redução de 50% do crescimento micelial e da produção e da germinação de conídios (CE50) foi alcançada para as menores concentrações do fosfito de K. Observou-se efeito linear quanto à redução da incidência da antracnose e ao aumento das atividades das enzimas oxidativas/reativas catalase, ascorbato peroxidase e polifenoloxidase. O fosfito de K foi o sal mais eficiente contra a antracnose, em frutos armazenados a 13±2°C e 24±2°C, e tem potencial para ser utilizado para o manejo desta doença.<hr/>The objective of this work was to evaluate the effects of phosphites on anthracnose (Colletotrichum tamarilloi) on jilo at postharvest. Mycelial growth, and production and germination of conidia were evaluated after the application of Ca, K, Mg, Zn, and Cu phosphites at the doses of 0.25, 0.50, 0.75, 1.00, 1.25, 1.50, and 1.75 g L-1 (in vitro) on the fungus C. tamarilloi. The doses 0.25, 0.75, 1.25, and 1.75 g L-1 affected fruit in the period postharvest. Chemical attributes and the possible biochemical response were evaluated. The dose of 1.50 g L-1 was used in the post-harvest management of anthracnose after fungus inoculation. In vitro, the effective concentration for 50% reduction of mycelial growth and of conidial production and germination (EC50) was achieved for K phosphite lower concentrations. Linear effect was observed for the anthracnose incidence reduction and for the activity increase of oxidative/reactive catalase enzymes, ascorbate peroxidase, and polyphenoloxidase. Potassium phosphite was the most efficient salt against anthracnose, in stored fruit at 13±2°C and 24±2°C, and it has the potential to be used for this disease management . <![CDATA[Correlations of the cladode area index with morphogenetic and yield traits of cactus forage]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200939&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar as correlações do índice de área do cladódio com características morfogênicas e produtivas da palma forrageira (Nopalea sp. e Opuntia sp.). Foram avaliados três clones de palma forrageira, em condições de sequeiro: IPA Sertânia, Miúda e Orelha de Elefante Mexicana. Dados morfológicos dos cladódios e da planta, índice de área do cladódio e biomassa acumulada foram obtidos na ocasião da colheita. A relação entre os dados coletados foi avaliada por meio da análise de trilha, após a aplicação da matriz de correlação de Pearson e do teste de multicolinearidade. Foram observadas maiores correlações das características morfogênicas com o rendimento da cultura do que com o índice de área do cladódio, com R2 entre 0,5930 e 0,9502. As variáveis altura x largura e número total de cladódios foram as que melhor explicaram a variação do índice de área do cladódio. O número total de cladódios, o índice de área do cladódio e a morfologia dos cladódios de quarta ordem são as variáveis que melhor explicam a variabilidade do rendimento dos clones de palma forrageira avaliados em ambiente semiárido.<hr/>The objective of this work was to evaluate the correlations of the cladode area index with morphogenetic and yield traits of the cactus forage (Nopalea sp. and Opuntia sp.). Three clones of cactus forage were evaluated in dry land conditions: IPA Sertânia, Miúda, and Orelha de Elefante Mexicana. Morphological data from cladode and plant, cladode area index, and accumulated dry biomass were obtained at harvest. The relationship between the collected data was analyzed by path analysis, after the application of Pearson's correlation matrix and the multicollinearity test. Higher correlations of morphogenetic traits were observed with crop yield than with the cladode area index, with R2 between 0.5930 and 0.9502. The variables height x width and total number of cladodes were the ones that best explained the variation of the cladode area index. The total number of cladodes, the cladode area index, and the morphology of fourth-order cladodes are the variables that best explain the yield variability of the cactus forage clones evaluated in semiarid environment. <![CDATA[Nitrogen use efficiency of pioneer and modern wheat cultivars]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200948&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi caracterizar cultivares brasileiras de trigo, desenvolvidas em diferentes décadas, quanto à eficiência de uso de N, sob diferentes disponibilidades do nutriente. Dez cultivares de trigo, lançadas entre 1940 e 2009, foram submetidas a quatro doses de adubação nitrogenada (0, 60, 120 e 180 kg ha-1 de N), em ambiente controlado, em delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. A produtividade de grãos aumentou em 0,54, 0,74, 0,74 e 0,82% ao ano, nas doses de 0, 60, 120 e 180 kg ha-1 de N, respectivamente. As eficiências de absorção e de utilização de N estiveram positivamente associadas à eficiência de uso do nitrogênio, com estreitamento na relação em condições de alta disponibilidade de N. As cultivares modernas são mais eficientes no uso do N e toleram doses mais baixas do nutriente, em comparação às cultivares pioneiras. Para o desenvolvimento de cultivares mais eficientes no uso de N, os programas de melhoramento genético de trigo devem priorizar a seleção de genótipos com maiores eficiências de absorção, remobilização e utilização de N.<hr/>The objective of this work was to characterize Brazilian wheat cultivars, developed in different decades, as to their nitrogen use efficiency, under different availabilities of the nutrient. Ten wheat cultivars, released between 1940 and 2009, were subjected to four nitrogen fertilization rates (0, 60, 120, and 180 kg ha-1 N), under a controlled environment, in a randomized complete block design, with three replicates. Grain yield increased in 0.54, 0.74, 0.74, and 0.82% per year at the rates of 0, 60, 120, and 180 kg ha-1 N, respectively. Nitrogen uptake and utilization efficiencies were positively associated with N use efficiency, with strengthening relation under high N availability conditions. Modern cultivars are more efficient in N use and tolerate lower rates of the nutrient in comparison to pioneer cultivars. For the development of more efficient cultivars in N use, wheat-breeding programs should prioritize the selection of genotypes with higher N uptake, remobilization, and utilization efficiencies. <![CDATA[Digital soil mapping based on map extrapolation between physiographically similar areas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200958&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi testar metodologias de mapeamento digital de solos (MDS) e avaliar a possibilidade de extrapolação de mapas entre áreas fisiograficamente semelhantes. A área de referência para o treinamento do modelo localizou-se no Município de Sentinela do Sul, RS, e a extrapolação foi feita para o Município Cerro Grande do Sul, RS. Desenvolveram-se pelo MDS modelos com o uso de variáveis ambientais, como preditoras, e as classes de solos - obtidas de um levantamento convencional na escala 1:50.000 - como variáveis dependentes. Testou-se o uso combinado de dois modelos de árvore de decisão (AD), treinados em duas paisagens com diferentes classes de drenagem. Para Sentinela do Sul, a concordância dos mapas preditos com os produzidos pelo levantamento convencional foi avaliada por matrizes de erro. Como a importância dos erros de mapeamento é variável, criou-se uma matriz ponderada, para atribuir diferentes importâncias aos erros específicos de mapeamento entre as distintas unidades de mapeamento. A acurácia do mapa de Cerro Grande do Sul foi avaliada pela verdade de campo. A extrapolação dos mapas gera resultados satisfatórios, com acurácia maior do que 75%. O uso de modelos com duas AD separadas por paisagens homogêneas gera mapas extrapolados com maior acurácia, avaliada pela verdade de campo.<hr/>The objective of this work was to test methodologies for digital soil mapping (DSM) and to evaluate the possibility of map extrapolation between physiographically similar areas. The reference area for model training was located at the municipality of Sentinela do Sul, in the state of Rio Grand do Sul (RS), Brazil, and the extrapolation was done for the municipality of Cerro Grande do Sul, RS. Models were developed by DSM using environmental variables as predictors, and soil classes - obtained from a conventional soil survey at 1:50,000 scale - as dependent variables. The combined use of two decision trees (DT), trained in two landscapes with different drainage classes, was tested. For Sentinela do Sul, the agreement between the predicted maps with the ones produced by conventional survey was evaluated using error matrices. Since the importance of mapping errors is variable, a weighted error matrix was created to assign different importances to specific mapping errors between different mapping units. Map accuracy of Cerro Grande do Sul was evaluated by ground truth. Map extrapolation yields satisfactory results, with accuracy higher than 75%. The use of models with two DTs divided by homogeneous landscapes generates extrapolated maps with a greater accuracy, evaluated by ground truth. <![CDATA[Isozyme alterations in soybean cultivar seeds at different storage conditions]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200967&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi determinar alterações fisiológicas e isoenzimáticas em sementes de genótipos de soja, em diferentes condições de armazenamento. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições, em arranjo fatorial com seis cultivares de soja (TMG 1176, TMG 1179, TMG 132, TMG 133, TMG 115 e GB 874) e cinco periodos de armazenamento (0, 2, 4, 6 e 8 meses), em dois ambientes de armazenamento (câmara fria e seca, a 10ºC e 50% de umidade relativa; e armazém convencional, em condições não controladas). A qualidade fisiológica foi avaliada por meio de testes de germinação, de envelhecimento acelerado e de frio. As expressões isoenzimáticas determinadas foram as de malato desidrogenase (MDH), álcool desidrogenase (ADH), esterase (EST), isocitrato liase (ICL), superóxido dismutase (SOD) e peroxidase (PO). Sementes de soja armazenadas em câmara fria e seca conservaram sua qualidade fisiológica. Após seis meses de armazenamento, em condições não controladas, a qualidade das sementes e as atividades isoenzimáticas de MDH, ADH, EST, ICL, SOD e PO diminuíram. No armazenamento em câmara fria e seca, não ocorreu alteração nas sementes. Os genótipos de soja apresentam diferentes níveis de tolerância ao armazenamento e expressões isoenzimáticas.<hr/>The objective of this work was to determine the physiological and isozyme alterations in seeds of soybean genotypes, under different storage conditions. A completely randomized experimental design was used with four replicates, in a factorial arrangement with six soybean cultivars (TMG 1176, TMG 1179, TMG 132, TMG 133, TMG 115, and GB 874) and five storage times (0, 2, 4, 6, and 8 months), in two storage environments (a cold and dry chamber, at 10ºC and 50% relative humidity; and a conventional warehouse, under uncontrolled conditions). Physiological quality was evaluated by the germination, accelerated aging, and cold tests. Isozyme expressions of malate dehydrogenase (MDH), alcohol dehydrogenase (ADH), esterase (EST), isocitrate lyase (ICL), superoxide dismutase (SOD), and peroxidase (PO) were determined. Soybean seeds stored in cold and dry chambers maintained their physiological quality. After six months storage under uncontrolled conditions, seed quality and isozyme expressions of MDH, ADH, EST, ICL, SOD, and PO lowered. There was no alteration on seed stored in cold and dry chambers. Soybean genotypes show different tolerance levels to storage and isozyme expression. <![CDATA[Physiological and health quality of peanut seeds during the production process<strong> </strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200977&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito das etapas do processo de produção sobre a qualidade fisiológica e sanitária de sementes de amendoim. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado com 12 tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos consistiram de arranquio das plantas, recolha, transporte, secagem, armazenamento (dois, quatro e seis meses), além das seguintes etapas de beneficiamento: trilha mecânica, classificação por tamanho, separação por densidade e coloração, e tratamento químico. Avaliaram-se: o teor de água, a qualidade sanitária, a germinação e o vigor de sementes, após cada tratamento. Aspergillus spp. e Penicillium sp. foram encontrados nas sementes. No primeiro ano, após a trilha mecânica, as sementes apresentaram baixo desempenho. No processo de produção, o armazenamento promoveu a contaminação de 100% das sementes por Aspergillus spp. O tratamento químico foi eficiente na recuperação da qualidade sanitária da semente. As etapas de trilha mecânica e armazenamento reduzem a qualidade fisiológica das sementes de amendoim.<hr/>The objective of this work was to evaluate the effect of production process stages on the physiological and health quality of peanut seeds. A completely randomized design with 12 treatments and four replicates was used. Treatments consisted of plant uprooting, plant gathering, transportation, drying, storage (two, four, and six months), and the following processing steps: mechanical threshing, classification by size, separation by density and color, and chemical treatment. Water content, health quality, germination, and vigor of seeds were evaluated after each treatment. Aspergillus spp. and Penicillium sp. were found in the seeds. In the first year, after mechanical threshing, seeds showed a reduced performance. In the production process, storage promoted the infection of 100% of the seeds by Aspergillus spp. The chemical treatment was effective in restoring seed health quality. Mechanical threshing steps and storage reduce the seed quality of peanut. <![CDATA[Bioclimatic zoning for Dorper sheep in the state of Pernambuco, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200986&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi realizar o zoneamento bioclimático para ovinos da raça Dorper, no Estado de Pernambuco. Foram utilizados dados meteorológicos médios diários de 246 postos meteorológicos no estado. As variáveis temperatura do ar e umidade relativa do ar foram utilizadas para o cálculo do índice de temperatura e umidade. Com os valores destas variáveis, traçaram-se as isolinhas por meio do programa Surfer. A região do Agreste pernambucano apresenta melhores condições climáticas para a raça Dorper, durante todo o ano, do que a região que compreende o litoral, a Zona da Mata e o Semiárido. Nos meses mais quentes e nas regiões mais críticas, como o Sertão, é necessária a implementação de manejo, como o provimento de sombra, para amenizar o estresse pelo calor e não comprometer o desempenho produtivo da raça.<hr/>The objective of this work was to perform the bioclimatic zoning for Dorper sheep, in the state of Pernambuco, Brazil. Average daily meteorological data from 246 meteorological stations in the state were used. The variables air temperature and air relative humidity were used to calculate the temperature and humidity index. With the values of these variables, isolines were traced using the Surfer software. The Agreste region of Pernambuco shows the best weather conditions for Dorper breed throughout the year than the region comprising the coast, "Zona da Mata", and "Semiárido". In the warmer months and in critical regions, as the "Sertão", the implementation of management is required, to provide shade to mitigate heat stress and not compromise the productive performance of the breed. <![CDATA[Protein contamination on Klason lignin contents in tropical grasses and legumes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-204X2014001200994&lng=en&nrm=iso&tlng=en The objective of this work was to evaluate the extent of protein contamination on Klason lignin (KL) in tropical grasses and legumes, and to propose an equation to estimate the protein-free content of Klason lignin (KLp). Five grass (30 samples) and 12 legume species (31 samples) were evaluated. Legumes had higher KL contents. Protein contamination was significant in both grasses and legumes, but greater in legume samples. The model to predict KLp was based on KL and crude protein (CP) contents, as follows: KLp = 0.8807KL - 0.0938KL x D - 0.00338CP (R2=0.935), in which D=0, for grasses, and D=1 for legumes.<hr/>O objetivo deste trabalho foi avaliar a extensão da contaminação proteica sobre a lignina Klason (LK) em gramíneas e leguminosas tropicais, e propor uma equação para estimar o conteúdo livre de proteína da lignina Klason (LKp). Foram avaliadas cinco espécies de gramíneas (30 amostras) e 12 de leguminosas (31 amostras). As leguminosas apresentaram maiores teores de LK. A contaminação proteica foi significativa em gramíneas e leguminosas, mas maior em amostras de leguminosas. O modelo para estimar LKp foi baseado nos conteúdos de LK e de proteína bruta (PB), da seguinte forma: LKp = 0,8807LK - 0,0938LK x D - 0,00338PB (R2=0,935), em que D=0, para gramíneas, e D=1 para leguminosas.