Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Fruticultura]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-294520150002&lang=pt vol. 37 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[AMIDO E HIPOCLORITO DE SÓDIO NO ENRAIZAMENTO <em>IN VITRO</em> DO ABACAXIZEIRO ‘GOLD’ E SEUS EFEITOS NA ACLIMATIZAÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200273&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho teve como objetivo avaliar a substituição total ou parcial do ágar por amidos de milho e mandioca e da esterilizaçãofísica em autoclave pela esterilização química com hipoclorito de sódio (NaClO) no desenvolvimento de mudas deabacaxizeiro ‘Gold’ (Ananas comosus). Como agentes geleificantes,foram utilizados: M1: ágar (6,0 g L-1);M2: amido de milho (60,0 g L-1); M3: ágar (3,0 g L-1) + amido de milho (30,0 g L-1), e M4: ágar (3,0 g L-1) + amido de mandioca (30,0 g L-1). As esterilizações foram feitas por meio da autoclavagem a 121°C e da utilização de soluções de NaClO nas concentrações de 0,003% para o enxágue das vidrarias e 0,0003% para adição ao meio de cultivo. Após um mês de cultivo in vitro, não houve influência negativa do NaClO e dos agentes geleificantes no enraizamento das brotações para a maioria dos parâmetros avaliados. As mudas produzidas in vitro foram levadas para aclimatização em casa de vegetação, por 90 dias. Na aclimatização, as mudas oriundas dos tratamentos com esterilização química não diferiram das oriundas dos meios autoclavados em nenhum parâmetro avaliado, enquanto a combinação ágar + amido de milho proporcionou resultados inferiores entre os agentes geleificantes.<hr/>This study aimed to evaluate the total or partial replacement of agar by corn starch and cassava starch and physical sterilization in autoclave for chemical sterilization with sodium hypochlorite (NaClO) in development of pineapple ‘Gold’ plantlets. The gelling agents used were: M1: agar (6.0 g L-1); M2: corn starch (60.0 g L-1); M3: agar (3.0 g L-1) + corn starch (30.0 g L-1) and M4: agar (3.0 g L-1) + cassava starch (30.0 g L-1). The sterilizations were made by autoclaving at 121°C or by using the solutions of NaClO at the concentrations of 0,003% to rinse the glassware and 0,0003% for addition to the culture medium. After one month of in vitro cultivation, it was observed no negative influence of NaClO and gelling agents in the rooting in vitro of shoots for most parameters evaluated. The plantlets derived from in vitro phase were taken to acclimatization in greenhouse for 90 days. During the acclimatization, the plantlets derived from treatments with chemical sterilization did not differ from the ones derived of autoclaved media to any parameter evaluated, whereas the combination agar + corn starch provided inferior results among gelling agents. <![CDATA[COMPARAÇÃO ENTRE AS REGIÕES VITÍCOLAS DE SÃO JOAQUIM – SC, BRASIL E SAN MICHELE ALL’ADIGE – TN, ITÁLIA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200281&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A fenologia da videira, a produtividade das plantas e a qualidade da uva apresentam forte relação com os fatores ambientais. O objetivo deste trabalho foi comparar as regiões vitícolas de altitude elevada de Santa Catarina com a região de San Michele All’Adige localizada na Itália. Para os estudos, utilizou-se dos dados da Estação Experimental de São Joaquim - EPAGRI (28°16’30,08”S, 49°56’09,34”O, altitude 1.400 m), localizada em São Joaquim e do Istituto Agrario di San Michele All’Adige – Fondazione Edmund Mach46°11’41,46”N, 11°08’04,41”L, altitude 223 m), localizado na Província de Trento. A variedade avaliada foi a Rebo, para a qual foram determinados osprincipais estádios fenológicos e calculada a exigência térmica através dos graus-dia, temperaturas média, máxima, mínima, amplitude, precipitação, umidade relativa do ar, insolação e radiação solar global. No momento da colheita, foi avaliado o desempenho agronômico da variedade Rebo. Em São Joaquim, o ciclo da variedade Rebo é mais longo, o acúmulo térmico é menor, a precipitação pluviométrica e a radiação solar global acumulada são maiores do que em San Michele All’Adige. As temperaturas mais baixas e a menor insolação durante a floração-mudança de cor das bagas são os principais fatores climáticos relacionados com as menores produtividades das plantas. Em São Joaquim, as baixas temperaturas e as elevadas taxas de radiação solar global na maturação contribuem de maneira positiva na formação dos compostos fenólicos, mas dificultam a degradação dos ácidos da variedade Rebo.<hr/>The grapevine phenology, plant yield and grape quality have a strong relationship with environmental factors. The objective of this study was to compare the wine producing regions of the State of Santa Catarina in Brazil and the region of San Michele All’Adige located in Italy. The data used in this study came from São Joaquim Experimental Station - EPAGRI (28°16’30,08”S, 49°56’09,34”W, altitude 1,400 m), located in São Joaquim and from Istituto Agrario di San Michele All’Adige - Fondazione Edmund Mach (46°11’41,46 “N, 11°08’04,41”E, altitude 223m), located in the Province of Trento. The evaluated variety was Rebo, the main phenological stages were recorded and thermal requirement was calculated through the growing degree-days. The climatic parameters evaluated were, maximum, mean and minimum temperature, amplitude, precipitation, relative humidity, sunlight and solar radiation. At harvest was evaluated the agronomic performance. In São Joaquim the cycle of Rebo is longer, the heat summation is lower, the precipitation and accumulated solar radiation are higher than in San Michele All’Adige. Lower temperatures and lower sunlight during flowering-veraison are the main climatic factors related to lower yields. In São Joaquim, lower temperatures and higher rates of solar radiation during maturation contribute positively in the formation of phenolic compounds, but make difficult acids degradation of Rebo variety. <![CDATA[UNIDADES DE FRIO PARA MACIEIRAS NA REGIÃO DE VACARIA – RS, BRASIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200289&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As macieiras necessitam de um período de acumulação de frio para a quebra da dormência das gemas. Neste estudo, as unidades de frioforam quantificadas por diferentes métodos de cálculo para a região de Vacaria-RS, Brasil, a fim de compará-las com as necessidades de macieiras ‘Gala’ e ‘Fuji’. As unidades de frio foram calculadas para o período de2000/2009, através dos seguintes métodos: Horas de Frio Ponderadas, Utah, Carolina do Norte, Utah Modificado e Carolina do Norte Modificado. Na região estudada, o número de unidades de frio apresenta altavariabilidade entre os anos, independentemente dos métodos de cálculo. Mesmo em anos com alta disponibilidade de horas de frio, o número de unidades de frio necessárias para a quebra de dormência em macieiras ‘Gala’ e ‘Fuji’ não é alcançado, naturalmente. Maio, junho e julho é o principal trimestre para acumular unidades de frio, durante o período de dormência de gemas de macieira.<hr/>Apple trees need a period of chill accumulation for breaking the dormancy of buds. In this study, the chilling units were quantified by different calculation methods for the region of Vacaria, in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, in order to compare them to the needs of ‘Gala’ and ‘Fuji’ apple trees. Chill units were calculated for the period of 2000 to 2009, by the following methods: Weighted Chill Hours, Utah, North Carolina, Modified Utah, and Modified North Carolina. In the studied region, the number of chill units presents high variability among years, regardless of the methods of calculation. Even in years with high availability of chilling hours, the number of chilling units needed for bud break in ‘Gala’ and ‘Fuji’ apple trees is not achieved naturally. May, June, and July is the main trimester for accumulating chill units, in the dormancy period of apple buds. <![CDATA[ATIVIDADE RESPIRATÓRIA EM MITOCÔNDRIAS ISOLADAS DA POLPA DO MAMÃO UENF/CALIMAN 01 E TAINUNG 01 NA CONSERVAÇÃO DO FRUTO EM PÓS-COLHEITA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200296&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho teve como objetivo comparar a atividade respiratória em mitocôndrias isoladas e os atributos físicos e químicos da polpade dois híbridos de mamão, UENF/Caliman01 (UC01) e Tainung01,durante o amadurecimento dos frutos. Oamadurecimento dos frutos não mostrou diferenças significativas entre os genótipos na luminosidade (L), no croma (C) e no ângulo hue da casca. A perda de massa (PM)e as firmezas do fruto (FF) e domesocarpo (FM) diferiram entre os genótipos, sendo que a FF e a FM diminuíram com o tempo após a colheita,ao contrário da PM, que aumentou no mesmo período. A atividade respiratória nas mitocôndrias isoladas mostrou diferenças entre os genótipos quanto à respiração total (RT), sendo maior e decrescente no Tainung01 e constante no UC01 durante o amadurecimento dos frutos. Durante esse período, verificou-se que a participação da via oxidase alternativa (AOX) foi crescente, contra uma participação decrescente da via citocromo oxidase (COX) em ambos os híbridos, indicando um crescente desacoplamento das mitocôndrias, o que pode estar associado às rápidas transformações bioquímicas que acarretam a senescência do órgão. A partir desses resultados, sugere-se investigar materiais genéticos com menor atividade AOX, ou formas de minimizar a atividade respiratória nos frutos em pós-colheita. A AOX apresentou alta correlação positiva com a PM e negativa com a FF e a FM. O inverso foi observado para COX. A RT apresentou correlação positiva apenas com a FM. As correlações apontam a viabilidade de estimar a atividade respiratória por meiode análises mais simples, como a PM, a FF e a FM, facilitando a pesquisa na área.<hr/>This study had the object of comparing the respiratory activity in isolated mitochondria and the physical and chemical attributes of the pulp of two papaya hybrids, UENF/Caliman01 and Tainung01, during fruit ripening. The fruit ripening did not show significant differences between the genotypes with regard to lightness (L), chroma (C), and hue angle of the skin. The loss of mass (LM) and the firmness of fruit (FF) and mesocarp (FM) differed between the genotypes, with FF and FM decreasing with time after harvest, while LM rose over the same period. The respiratory activity in the isolated mitochondria revealed differences between the genotypes with respect to total respiration (TR), being higher and with negative time-correlation function in Tainung01 and constant in UC01 during fruit ripening. During this period the participation of alternative oxidase (AOX) pathway was crescent, against the decreasing participation of cytochrome c oxidase (COX) pathway in both hybrids was verified, indicating an increasing uncoupling of the mitochondria, which may be associated with the rapid biochemical transformations that cause the senescence of the organ. From these results, investigating genetic materials with lower AOX activity or ways of minimizing the respiratory activity in postharvest fruit is suggested. The AOX presented the high positive correlation with LM and negative with FF and FM while the inverse was observed for COX. The TR presented positive correlation only with the FM. The correlations indicated the viability of estimated respiratory activity through simpler analyses such as LM, FF, and FM, thus facilitating studies in the area. <![CDATA[COMPOSIÇÃO IDEAL DA SOLUÇÃO FILMOGÊNICA ADICIONADA DE PREBIÓTICO, APLICADA EM UVAS ‘THOMPSON’]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200308&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A aplicação de coberturas comestíveis em frutas e hortaliças deve ser precedida de testes que busquem a formulação que melhor se adapta àquele produto. O objetivo deste trabalho foi determinar a composição ideal da cobertura comestível à base de cera de carnaúba adicionada de prebiótico a ser aplicada em uvas variedade Thompson, armazenadas sob refrigeração. Após a seleção, os frutos foram higienizados e procedeu-se à aplicação de soluções aquosas de cera de carnaúba adicionadas de Fruto-oligossacarídeo (FOS). Foram testadas treze formulações, utilizando as combinações de 50; 33; 25 e 0% (v/v) de cera de carnaúba e 30; 20; 10 e 0% do FOS (p/v). Durante 25 dias, foram avaliados parâmetros de textura, físicoquímicos e físicos. Os parâmetros de textura avaliados sofreram alterações durante o período do estudo, mas sem evidências de terem sofrido interferência das coberturas aplicadas. As formulações que se mostraram mais promissoras para futuras aplicações comerciais foram dos tratamentos B (50% de cera, 20% de FOS), K (25% de cera, 10% de FOS) e L (25% de cera, 0% de FOS).<hr/>The application of edible coatings for fruits and vegetables should be preceded by tests that seek the formulation that best fits that product. The objective of this study was to determine the ideal composition of edible coating based on carnauba wax added to prebiotic to be applied on grapes Thompson variety, stored under refrigeration. After selection, the fruits were cleaned and proceeded to apply the aqueous solutions of carnauba wax added to fructooligosaccharides (FOS).Thirteen formulations were tested, using the combinations 50, 33, 25 and 0% (v/v) of carnauba wax and 30, 20, 10 and 0% of the FOS (w/v). For 25 days, texture, physicochemical and physical parameters were evaluated. The texture parameters were changed during the study period, but no evidence have been influenced the coverage applied. The tested edible coatings did not alter the parameters evaluated of the Thompson grapes. The formulation which showed the most promising for future commercial applications were the treatment B (50% wax, 20% FOS), K (25% wax, 10% FOS) and L (25% wax, 0% FOS). <![CDATA[INDUÇÃO DE RESISTÊNCIA E QUALIDADE PÓS-COLHEITA DE AMORA-PRETA TRATADA COM ÁCIDO SALICÍLICO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200318&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do elicitor ácido salicílico (AS) aplicado em póscolheita de amora-preta sobre a conservação e a indução de resistência. Foram colhidas amoras da cultivar Tupy selecionadas e submetidas aotratamento em diferentes concentrações de AS (0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 mM) e a testemunha (água destilada).Utilizou-se do delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições de 30 frutos por unidade experimental. Após 144 horas de armazenamento, na temperatura de 8°C, avaliaram-se a perda de biomassa fresca, os teores de sólidos solúveis totais (SST), a acidez total titulável (ATT ) e de ácido ascórbico, bem como a incidência de podridões. Nos intervalos de 24; 48; 96 e 144 horas, retiraram-se amostras de frutos para determinação de proteínas totais, antocianinas, flavonoides e atividade das enzimas fenilalanina amônia-liase (FAL), quitinases e ß-1,3-glucanase. Houve aumento do teor de proteínas e ativação da ß-1,3-glucanase com a aplicação de AS, demonstrando haver indução de resistência nos frutos pela aplicação de AS. Os teores de antocianinas e flavonoides, bem como a atividade da FAL, tiveram alterações no decorrer do experimento, em função da aplicação de AS, demonstrando haver ativação da rota dos fenilpropanoides para síntese de metabólitos secundários. Os tratamentos de AS não afetaram os parâmetros de perda de biomassa fresca, AT , SST, incidência de podridões, ácido ascórbico e atividade de quitinase.<hr/>The objective of this study was to evaluate the effect of the elicitor salicylic acid (SA) applied in post-harvest blackberry on conservation and the induction of resistance. Blackberry cultivar Tupy fruits were harvested, selected and subjected to treatment with different concentrations of SA (0.5, 1.0, 1.5 and 2.0 mM) and control (distilled water). We used a completely randomized design with four replications of 30 fruits per experimental unit. After 144 hours storage at the temperature of 8 °C, it was evaluated the weight loss, total soluble solids (TSS), titratable acidity (TA), ascorbic acid and the incidence of rottenness. At intervals of 24, 48, 96 and 144 hours fruit samples were withdrew for determination of total protein, anthocyanins, flavonoids and activity of the enzymes: phenylalanine ammonia-lyase (PAL), chitinase and ß-1,3-glucanase. There was an increase of protein content and activation of ß-1,3-glucanase with the application of SA, demonstrating induction of resistance in fruits by application of SA. The content of anthocyanins and flavonoids, as well as the activity of PAL, had changes during the experiment due to the application of SA, which demonstrated activation of the phenylpropanoid route for synthesis of secondary metabolites. The treatments of AS did not affect the mass loss, TA, TSS, rot incidence, ascorbic acid and chitinase activity. <![CDATA[QUALIDADE DE AMEIXAS CV. REUBENNEL APÓS TRATAMENTO COM PRODUTOS ALTERNATIVOS,REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200327&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi avaliar a aplicação de produtos alternativos e de refrigeração, com posterior aplicação de etileno, sobre a qualidade de ameixas ‘Reubennel’, a fim de prolongar o período de comercialização. Os produtos aplicados logo após a colheita foram: biomassa cítrica (Ecolife®)- 150 mL (p.c.) 100 L-1 por 30 s; vapor de etanol - 2 mL kg-1 por 2 h (20ºC/80%UR), e cloreto de cálcio (CaCl2) - 1% (p/v) por 10 min. Em seguida, os frutos foram armazenados a 0ºC/95%UR. Após 17 e 33 dias, três caixas de cada tratamento, com 40 frutos cada, foram removidas da câmara de refrigeração, sendo uma das caixas segregada para análises, enquanto as outras duas foram transferidas para 20oC/85%UR por mais 4 dias. Destas caixas, uma de cada tratamento foi submetida à climatização, através da aplicação de etileno (100 uL L-1, 72 h) em minicâmara (200 L). Procedeu-se à avaliação da qualidade dos frutos ao zero; 17; 17+4; 33 e 33+4 dias, através de análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Os resultados foram analisados estatisticamente, em delineamento experimental inteiramente casualizado para os produtos alternativos e em fatorial (4x2) para a combinação com a climatização. Concluiu-se que o tratamento pós-colheita das ameixas com vapor de etanol reduz a população microbiana, bem como proporciona incremento dos sólidos solúveis. As ameixas ‘Reubennel’ podem ser armazenadas por até 33 dias sob refrigeração (0ºC/95%UR), seguindo-se a climatização com etileno e,imediatamente, comercializadas.<hr/>The purpose of this research was to evaluate the application of alternative products and refrigeration, with subsequent exposure to exogenous ethylene on quality of plums ‘Reubennel’, in order to prolong the marketing period. Products applied soon after harvest were: citric biomass (Ecolife ®) - 150 ml (pc) 100 L-1 for 30 s; ethanol vapor - 2 ml kg-1, per 2 h (20°C/80% RH) and , calcium chloride (CaCl2) - 1% (w / v) for 10 min. Then, the fruits were stored at 0°C/95% RH. After 17 to 33 days, three boxes per treatment with 40 fruits each were removed from the cooling chamber, one of the boxes segregated for analysis, while the other two were transferred to 20oC/85% RH for 4 more days. Of these boxes, one for each treatment was subjected to climatization through the application of ethylene (100 uL-1,72 h) in a mini-camera (200 L). We proceeded to evaluate the quality of the fruit at zero, 17, 17+4, 33, and 33+4 days, through physical-chemical, microbiological and sensory analysis. The results were analyzed statistically in a completely randomized design for alternative products and factorial (4x2) for the combination with the climatization. It was concluded that post-harvest treatment of plums with ethanol vapor reduces the microbial population as well as providing increased soluble solids. The ‘Reubennel’ plums can be stored for up to 33 days under refrigeration (0oC/95% RH), followed by climatization with ethylene and immediately commercialized. <![CDATA[ANTRACNOSE DO CAQUIZEIRO CAUSADA POR <em>Colletotrichum horii</em>: INCIDÊNCIA EM RAMOS, FOLHAS, FLORES E FRUTOS EM CAMPO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200335&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência em várias partes da planta e o desenvolvimento da antracnose do caquizeiro causada por Colletotrichum horiinas cultivares Fuyu e Kakimel produzidas sob os sistemas orgânico e convencional, respectivamente, nas safras de 2010/2011 e 2011/2012, em Campina Grande do Sul, Paraná, Brasil. Em cada pomar, 10 plantas foram selecionadas aleatoriamente, e 10 ramos do ano por planta, distribuídos ao redor dacopa, foram marcados para as avaliações de incidência de antracnose em ramos e folhas, a cada 15 dias. A quantificação de frutos caídos com ou sem sintomas da doença foi a cada 15 dias, durante o período de crescimento de frutos até a colheita, relacionada com a produção total. C. horii em flores foi avaliada em campo e também após incubação no laboratório. Infecção latente foi observada em frutos verdes coletados aos 90; 120 e 150 dias após a floração. Em ambas as safras, observou-se a queda de frutos com sintomas de antracnose entre os meses de janeiro e abril. C. horii é capaz de infectar flores, permanecer latente e provocar sintomas de antracnose em frutos imaturos. Frutos colhidos sadios apresentaram sintomas em pós-colheita após a incubação.<hr/>The aim of this study was to evaluate the incidence in different parts of the plant and the development of anthracnose caused by Colletotrichum horii persimmon Fuyu and Kakimel cultivars produced under organic and conventional systems, respectively, on growing seasons in 2010/11 and 2011/12, in Campina Grande do Sul, State of Paraná, Brazil. In each orchard, 10 plants were randomly selected and 10 shoots of one year old spread around of the plant canopy were assessed by the incidence of anthracnose on shoots and leaves, every 15 days. It was quantified the fruit dropped with or without symptoms of the disease every 15 days during the growth period to the fruit harvest and compared to total yield. C. horii incidence was assessed in flowers in the field and after incubation in the laboratory. Latent infection was assessed in green fruit collected at 90, 120 and 150 days after flowering. In both seasons, there was fruit drop with anthracnose symptoms from January to April. C. horii is able to infect flowers, remain latent and cause symptoms of anthracnose on immature fruits. Harvest health fruit developed symptoms of the disease after postharvest incubation. <![CDATA[CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA E EFEITO DO ÓLEO ESSENCIAL DE ERVA-DE-SANTA-MARIA SOBRE O ÁCARO-RAJADO DE MORANGUEIRO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200346&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O ácaro-rajado, Tetranychus urticae Koch (1836) (Acari: Tetranychidae), é a principal praga na cultura do morangueiro. O objetivo deste trabalho foi a caracterização química do óleo essencial de Chenopodium ambrosioides L. e a avaliação de seus efeitos sobre o ácaro-rajado. Os compostos do óleo essencial foram identificados pelasanálises de CG-DIC e CG-EM. A mortalidade e a oviposição foram avaliadas após a pulverização do óleo (2,5; 5,0; 7,5 e 10,0% v v-1) sobre fêmeas do ácaro-rajado. O rendimento do óleo essencial foi de 0,3%, e os compostos identificados foram (Z)-ascaridol (87%), (E)-ascaridol (5,04%), p-cimeno (4,83%), a- terpineno (1,24%) e piperitona (0,7%). Os maiores valores para mortalidade e redução de oviposição observados foram 85% e 69%, respectivamente. O óleo essencial de C. ambrosioidesé uma opção promissora para o manejo do ácaro-rajado.<hr/>The twospotted spider mite, Tetranychus urticae Koch (1836)(Acari: Tetranychidae), is the major pest in strawberry. The objective of this study was the chemical characterization of the essential oil of Chenopodium ambrosioides L. and the evaluation of their effects on twospotted spider mite. The compounds of the essential oil were identified by GC/FID and GC/MS analysis. The mortality and oviposition were evaluated after spraying the oil (2.5, 5.0, 7.5 and 10.0% v v-1) on twospotted spider mite females. The yield of the essential oil was of 0.3% and the compounds identified were (Z)-ascaridol (87%), (E)-ascaridol (5.04%), p-cymeno (4.83%), a-terpinene (1.24%) and piperitone (0.7%). The highest values for mortality and reduction of oviposition observed were 85% and 69%, respectively. C. ambrosioides essential oil is a promising option for the management of twospotted spider mite. <![CDATA[DIVERSIDADE GENOTÍPICA E PATOGÊNICA DE <em>Colletotrichum musae</em> NO ESTADO DE PERNAMBUCO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200355&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sessenta isolados de oriundos de Colletotrichumcampos de produção de banana dos Municípios de Vicência, São VicenteFérrer e Machados, no Estado de Pernambuco, foram avaliados quanto a características morfológicas,moleculares, culturais, de virulência e de diversidade genética. Os isolados foram identificados como C. musae, tendo a maioria conídios retos, oblongos, com ápices arredondados. A taxa de crescimento micelial variou de1,36 a 1,91 cm/dia. Foram encontrados três grupos de coloração para as colônias: branca, creme e salmão,enquanto a presença de setores variou de 0 a 8 por isolado e, na maioria dos isolados (73,3%), houve a presença de microescleródios. A diferença em virulência foi significativa para a área abaixo da curva de progresso da doença, indicando variabilidade entre os isolados. O dendrograma gerado pela análise UPGMA dos marcadores ISSR–PCR revelou a formação de três grupos pelo coeficiente de similaridade de Dice, os quais correspondem, na sua maioria, às três áreas amostradas.<hr/>Sixty Colletotrichum isolates originating from fields producing banana in the municipalities of Vicência, São Vicente Férrer and Machados in the State of Pernambuco were evaluated for physiological, morphological, molecular, cultural, virulence and genetic diversity characteristics. The isolates were identified as C. musae, with most conidia, straight, oblong with rounded summits. The mycelial growth rate ranged from 1.36 to 1.91 cm / day. Three groups of staining for colonies were found: white, cream and salmon, while the presence of sectors ranged from 0 to 8 per isolate, and in most isolates (73.3%) there were the presence of microsclerotia. The difference in virulence was significant for the area under the disease progress curve, indicating variability among isolates. The dendrogram generated by UPGMA analysis of ISSR-PCR markers revealed the formation of three groups by Dice similarity coefficient which correspond mostly to the three sampled areas. <![CDATA[SIMULAÇÃO DA DERIVA DE CLOMAZONE E GLYPHOSATE EM MUDAS DE LARANJEIRA ‘HAMLIN’]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200367&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Na região citrícola do Estado de São Paulo, é comum que a cultura da laranja e da cana-deaçúcar seja vizinha. Por propiciar uma redução de custos, o setor sucroalcooleiro vem procurando otimizar suas aplicações, como, por exemplo, pormeio das aplicações aéreas, prática que aumenta o risco de deriva de produtos em culturas não alvo.Objetivou-se neste trabalho avaliar os danos causados pela deriva de clomazone, na sequência da deriva de glyphosate, sobre o crescimento de plantas jovens de laranjeira ‘Hamlin’. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 2x8, sendo doisherbicidas (clomazone isolado e glyphosate a 0,75% p.c. + clomazone) e oito doses crescentes do clomazone (0;1,56; 3,12; 6,25; 12,50; 18,75; 25,00 e 50,00% da dose recomendada comercialmente para o controle de plantas daninhas), com 3 repetições. As avaliações foram compostas por diâmetro do caule, comprimento dos ramos e teor relativo de clorofila total, determinados dos 10 aos 90 dias após a aplicação (DAA), e área foliar, matéria seca de folhas e caule, determinados aos 90 DAA. Os resultados obtidos indicaram que houve redução significativa nas características avaliadas, sendo que os efeitos negativos para a cultura ocorremmesmo em doses baixas (1,56%), que foram capazes de prejudicar o crescimento das plantas. Os resultadosobtidos permitem concluir que a deriva de clomazone isolado ou sem sequência do glyphosate causa prejuízos no crescimento inicial das laranjeiras, atuando de forma mais agressiva quando em sequência com a deriva de glyphosate.<hr/>In citrus area of the State of São Paulo it is common that the orange and the sugar cane crops are neighboring. To provide a cost reduce, alcohol and sugar sectors are looking for optimizing their applications, for example, by aerial applications, a practice that increases the risk of drifting of these products in non-target crops. Therefore, this study aimed to evaluate the effects caused by drift simulation of clomazone, itself or followed by glyphosate application in the growth of young plants of orange ‘Hamlin’. The experimental design was randomized blocks with treatments arranged in a 2x8 factorial design, the treatments consisting of two herbicides (clomazone isolated and glyphosate 0.75% pc + clomazone) and eight increasing doses of clomazone (0, 1.56, 3.12, 6.25, 12.50, 18.75, 25.00 and 50.00% of the recommended rate for weed control) with three replicates. At 10 and 90 days after application (DAA) were evaluated stem diameter, length of the branches and the total chlorophyll content, and at 90 DAA were also evaluated leaf area, dry matter of leaves and stem. The results indicated that there was significant reduction in the evaluated characteristics, and the negative effects occur even at low doses at the crop (1,56%), that were able to damage the culture growth. From the results obtained in this study, it can be concluded that the drift of clomazone alone or without following the glyphosate causes losses in the initial growth of the orange, acting more aggressively when in sequence with glyphosate drift. <![CDATA[VARIABILIDADE GENÉTICA DE ISOLADOS DE <em>Fusarium solani</em> e <em>Fusarium oxysporum f.</em> sp.<em>passiflorae</em> ASSOCIADOS AO MARACUJAZEIRO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200377&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Determinou-se a variabilidade genética de 37 isolados de Fusarium solani e 13 isolados de Fusarium oxysporum f. sp. passiflorae patogênicos ao maracujazeiro por meio do uso de marcadores ISSR e RAPD. Os isolados foram obtidos de maracujazeiros com sintomas de murcha, encontrados nas principais regiões produtoras do Norte Mineiro e no município de Sebastião Laranjeira – BA. Após obtenção de culturas monospóricas, os isolados tiveram seus DNAs extraídos e submetidos à reação de PCR. Foram selecionados nove primers ISSR e nove primersRAPD, e a análise de dados foi realizada, utilizando-se do coeficiente de similaridade de Jaccard. A partir da amplificação com os primers ISSR e RAPD, foram obtidos 121 e 126 locos, respectivamente, sendo quetodos apresentaram polimorfismo entre, pelo menos, dois isolados. Demonstraram-se, por meio das análises ISSR, índice de similaridade genética interespecífica de 0,15 e índices de variabilidade intraespecífica de 0,27 a 0,92 para F. solani e de 0,30 a 0,89 para F. oxysporum. f. sp. passiflorae. Já, por meio das análises RAPD, foram gerados índice de similaridade genética interespecífica de 0,11 e índices de variabilidade intraespecífica de 0,17 a 0,79 para F. solani e de 0,21 a 0,73 para F. oxysporum f. sp. passiflorae. Os isolados de F. oxysporum f. sp. passiflorae e F. solani agruparam-se em dois clustersdistintos, e observou-se uma alta variabilidade intraespecífica nas duas espécies.<hr/>The diversity of 37 isolates of Fusarium solani and 13 isolates of Fusarium oxysporum f. sp. passiflorae was evaluated using ISSR and RAPD molecular markers. The isolates were obtained from passion fruit plants with wilt symptoms, found in the main producing regions of the Northern of Minas Gerais and Sebastião Laranjeira - BA. Molecular fingerprinting were obtained using DNA extract from mycelium of monosporic culture and nine ISSR and RAPD primers. Amplification with ISSR and RAPD primers generated 121 and 126 bands, respectively, all of which showed polymorphism between at least two isolates. ISSR analysis showed interspecific genetic similarity index of 0.15. The intraspecific variability was large, ranging from 0.27 to 0.92 for F. solani and from 0.30 to 0.89 for F. o. f. sp. passiflorae. The RAPD analysis generated interspecific genetic similarity index of 0.11 and intraspecific variability indices ranging from 0.17 to 0.79 for F. solani and from 0.21 to 0.73 for F. o. f. sp. passiflorae. The isolates of F. oxysporumf. sp. passiflorae and F. solani were clustered into two distinct groups. The intraspecific variability within the two species was high. <![CDATA[INCENTIVOS À PRODUÇÃO DE FRUTAS E AS MUDANÇAS NA AGRICULTURA DA REGIÃO NORTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200387&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A economia agrícola da região Norte Fluminense é, historicamente, dependente da atividade sucroalcooleira. Na tentativa de reduzir tal dependência, vêm sendo adotados incentivos ao desenvolvimento da fruticultura na região, particularmente através do “Programa Frutificar”. O presente trabalho visa a avaliar os impactos desse programa, sob a óticade sua contribuição para elevar a produção de frutas e diversificar a agricultura regional. A análise foi efetuada mediante o emprego do modelo , shift-sharede taxas geométricas de crescimento, e do Índice de Diversificação. De mão dessas análises, pode-se concluir que foi constatada a redução da área agrícola da região, particularmente associada à queda nas áreas cultivadas com cana-deaçúcar, arroz, milho e feijão. Por outro lado, no período sob estímulo do “Programa Frutificar”, verificouse aumento do cultivo das fruteiras: abacaxi, banana e coco-da-baía. Esta constatação é um indicativo da contribuição da fruticultura como fator de diversificação da economia agrícola regional. Cabe ressaltar que a economia da região Norte Fluminense é ainda fortemente dependente do setor sucroalcooleiro.<hr/>The agricultural economy of the North region of Rio de Janeiro is historically dependent on sugarcane production. In an attempt to reduce such dependence, incentives for the development of fruit production in the region have been adopted, particularly through the “Frutificar” Program (Bear fruit Program). This research aims to evaluate the impacts of the mentioned program, especially its contribution to increase the fruits production and raise the diversification of regional agriculture. The analysis was performed by using the shift-share model, geometric rates of growth and the Diversification Index. It was observed reduction in agricultural area of ??the region, particularly associated with the fall in areas cultivated with sugar cane, rice, corn and beans. In the period of the “Frutificar” Program incentives, there were an increase in the production of pineapple, banana and coconut, which contributed to the diversification of the regional agricultural economy. However, this economy still remains heavily dependent on sugarcane. <![CDATA[COMPORTAMENTO ESPACIAL DAS VARIÁVEIS PRODUÇÃO, VOLUME DE COPA E DIÂMETRO DE CAULE DA VARIEDADE MAXI GALA COM A UTILIZAÇÃO DA TÉCNICA DE COKRIGAGEM SOBRE POMAR COMERCIAL EM VACARIA-RS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200396&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A Agricultura de Precisão (AP) permite a utilização de diferentes ferramentas na obtenção de informações, e estas otimizam a tomada de decisão por parte do produtor, impactando positivamente na receita final. O objetivo do trabalho foi verificar o comportamento das variáveis produção (PROD), volume de copa (VC) e diâmetro de caule (DC) da variedade Maxi Gala com a utilização da técnica da cokrigagem. O experimento foi conduzido em uma área de 0,90 hectare de produção comercial da variedade Maxi Gala, na Fazenda São Paulino, da empresa RASIP, em Vacaria-RS, apresentando como coordenadas geográficas 28º31’17” de latitude sul e 50º49’17” de longitude oeste, durante as safras de 2010/2011 e 2011/2012. Coletaram-se 75 amostras para cada variável, em uma malha de 12 m na entrelinha e 10 m na linha. As variáveis avaliadas foram produção por planta , volume de copa e diâmetro de caule. Foram feitas a análise estatística descritiva dos dados e a análise espacial através dos semivariogramas. De posse dos modelos ajustados, realizou-se a interpolação pelo método da krigagem. Após, foi realizada a correlação simples dos parâmetros e elaborado os semivariogramas cruzados para interpolação, pela técnica da cokrigagem. Os parâmetros PROD versus DCapresentaram média correlação na variedade Maxi Gala, na safra de 2011. Nas safras de 2011 e 2012, os parâmetros VC versus DC também apresentaram média correlação. A técnica da cokrigagem pode ser uma ferramenta daAP a ser utilizada pela cultura da macieira no levantamento de informações.Verificou-se que houve resposta e redução na coleta de amostras das variáveis mais difíceis; na safra de 2011, reduziu-se a coleta de 15 amostras da PROD, e na safra de 2012, reduziu-se a coleta de 20 amostras do VC.<hr/>Precision Agriculture (PA) allows the use of different tools in obtaining information, and they optimize decision making by producers having a positive impact on the final recipe. The objective was to verify the behavior of the production variables (PROD), canopy (CV) and stem diameter (SD) variety Maxi Gala with the use of the cokriging technique. The experiment was conducted in an area of ??0.90 hectares of commercial production of the variety Maxi Gala at Fazenda São Paulino RASIP Company in Vacaria - RS presenting as geographical coordinates 28º31’17” south latitude and 50º49’17” west longitude during 2010/11 and 2011/12 crops. It was collected 75 samples for each variable in a loop of 12m between line and 10 m on the line. The variables evaluated were yield per plant, canopy volume and diameter. Descriptive statistical analysis and spatial analysis through the semivariogram were made. By having the adjusted models, it was held the interpolation by the kriging method. After it was performed a simple correlation of the parameters, prepared the crossed semivariogram for the interpolation by the cokriging technique. The PROD versus SD parameters showed an average correlation in the Maxi Gala cultivar in 2011 harvest. In 2011 and 2012 harvests the CV versus SD parameters also showed an average correlation. The cokriging technique can be a PA tool to be used by apple culture in gathering information. It was found that there was response and reduction in collecting samples of the most difficult variables, in the 2011 harvest 15 samples of PROD were reduced and in the 2012 harvest 20 samples of the CV were reduced. <![CDATA[COMPORTAMENTO DE GENÓTIPOS DE ABACAXIZEIRO RESISTENTES À FUSARIOSE EM COMPARAÇÃO A CULTIVARES COMERCIAIS SUSCETÍVEIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200404&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A fusariose é a doença mais severa na cultura do abacaxi no Brasil, e as cultivares mais plantadas, ‘Pérola’ e ‘Smoth Cayenne’, são suscetíveis, com perdas estimadas em 30 a 40% dos frutos. O uso de genótipos resistentes à doença abre grande perspectiva para a solução do problema. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em experimento de campo, o potencial produtivo, as características das plantas e a qualidade de frutos de novos híbridos deabacaxi resistentes à fusariose: EC-105, EC-93, cv. BRS Vitória e cv. BRS Imperial, comparando o desempenho destes genótipos com as cultivares ‘Pérola’, ‘Smooth Cayenne’ e ‘Gold (MD-2)’, suscetíveis à doença. O delineamento experimental foi o em blocos casualizados, com cinco repetições. A cv. BRS Imperial apresenta características importantes de qualidade de fruto, com maiores valores de SS e ratio. A cv. BRS Vitória reúne características favoráveis, como massa de frutos semelhante à da ‘Pérola’, reduzido diâmetro do eixo central do fruto, baixos índices de aderência de mudas “filhote” ao fruto e de tombamento de frutos, e boa produção de mudas aproveitáveis. Os demais híbridos resistentes à fusariose apresentam características negativas que limitam sua recomendação como cultivar comercial.<hr/>The fusariose is the most severe disease in pineapple in Brazil and the most planted cultivars, ‘Perola’ and ‘Smoth Cayenne’, are susceptible, with estimated losses of 30 to 40% of the fruits. The use of disease resistant genotypes opens great prospects for resolving the problem. The objective of this research was to study, in a field experiment, the potential of production, the plants characteristics and the fruit quality of new pineapple hybrids resistant to fusariose: EC-105, EC-93, cv. BRS Vitória and cv. BRS Imperial comparing the performance of these genotypes with the cultivars ‘Pérola’, ‘Smooth Cayenne’ and ‘Gold (MD-2)’, susceptible to the disease. The experimental design was completely randomized blocks, with five replicates. The cv. BRS Imperial features important fruit quality, with higher values of SS and ratio. The cv. BRS Vitoria brings together favorable characteristics as mass of fruit similar to the Pérola cultivar, reduced diameter of the central axis of the fruit, low rates of adherence of slips to fruit and fruit overturned, production of good number of profitable slips. The other hybrids resistant to fusariosis show negative characteristics that limit its recommendation to commercial cultivation. <![CDATA[CRESCIMENTO, RENDIMENTO E QUALIDADE NA PÓS COLHEITA DE CERA DE MAÇÃ EM FUNÇÃO DA APLICAÇÃO DE NAFTALENOACÉTICO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200410&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Results of this study represent the first report of the effect of Naphthalene Acetic Acid (NAA) on the pre and post harvest quality of wax apple fruit. The wax apple trees were spray treated with 0, 5, 10 and 20 mg L-1 NAA under field conditions during 2008 to 2011. The experiments were carried out in Completely Randomized Design (CRD) with six replications. Leaf chlorophyll content, chlorophyll fluorescence, photosynthetic yield, net photosynthetic rate, drymatter content of leaves and total soluble solids and K+content of wax apple fruits were significantly increased after treatments with 10 mg L-1. Polygalacturonase activity significantly decreased with NAA treatments. The application of 5 mg L-1 NAA increased 27% more bud and reduced 42% less fruit drop compared to the control. In addition, higher protein and phosphate synthase activity of leaves, fruit set, fruit growth, larger fruit size and yield were recorded in NAA treated plants. In storage, treated fruits exhibited higher TSS and firmness and less weight loss, browning, titratable acidity, respiration and ethylene production than the control. It is concluded that spraying with 5 and 10 mg L-1 NAA once a week under field conditions produced better fruit growth and yield of the wax apple and maintained better fruit quality in postharvest storage.<hr/>Os resultados deste estudo representam o primeiro relatório do efeito do ácido naftalenoacético (NAA) sobre a qualidade da colheita de pré e pós de frutas de cera de maçã. As árvores de cera de maçã foram tratadas com spray de 0; 5; 10 e 20 mg L-1 NAA em condições de campo, durante 2008 a 2011. Os experimentos foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizado (DIC), com seis repetições. Folha, teor de clorofila, fluorescência da clorofila, o rendimento fotossintético, a taxa de fotossíntese líquida, o teor da matéria seca dasfolhas e sólidos solúveis totais e K + conteúdo da maçã de cera aumentaram significativamente após os tratamentos com 10 mg L-1. Atividade Poligalacturonase diminuiu significativamente com tratamentos NAA. A aplicação de 5 mg L-1 NAA aumentou em 27% os brotos e reduziu 42% a queda de frutos em comparação com o controle. Além disso, mais proteína e atividade fosfato sintase de folhas, frutificação, crescimento do fruto, maior tamanho do fruto e rendimento foram registrados nas NAAs, nas plantas tratadas. No armazenamento, os frutos tratados apresentaram maior TSS e firmeza, e menos perda de peso, escurecimento, acidez titulável, respiração e produção de etileno em relação ao controle. Conclui-se que a pulverização com 5 e 10 mg L-1 NAA uma vez por semana, em condições de campo, produziu melhor crescimento do fruto a produção da maçã cera e mantendo melhor qualidade dos frutos na conservação pós-colheita. <![CDATA[QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO TRABALHO NA COLHEITA:ESTUDO DE CASO DE CEREJEIRAS QUE CRESCEM NO CHILE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200423&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt In Chile, the cherry tree has been one of the fastest growing and most profitable crops in the last ten years. However, increasing production costs, the scarcity of hired labor, and unfavorable exchange rates have reduced the productivity and competitiveness of the Chilean fruit sector. The aim of this article is to evaluate the harvest labor quality in cherry growing in Chile through the use of productivity indicators. A harvest labor evaluation system (HLES) was designed and four indicators were measured: Average Weight of Harvested Box, Average Daily Production per Worker, Percent of Export Fruit, and Percent of Fruit Discarded. Significant differences werefound between the 2010/11 season (with the HLES implementation) and the previous seasons without HLES. The average worker yield, average weight of a filled box, and fruit quality improved, while the amount of discarded fruit decreased. Hired labor management in agriculture is crucial for improving the productivity of the fresh fruit export producers. The use of HLES and the adoption of new technologies could help to solve the competitiveness problem in the Chilean fruit sector.<hr/>No Chile, a cerejeira tem sido uma das culturas de mais rápido crescimento e mais rentáveis nos últimos dez anos. No entanto, o aumento dos custos de produção, a escassez de mão de obra contratada, e taxas de câmbio desfavoráveis reduziram a produtividade e competitividade do setor de frutas no Chile. O objetivo deste artigo é avaliar a qualidade do trabalho na colheita em cerejeiras crescendo no Chile através da utilização de indicadores de produtividade. Um sistema de avaliação do trabalho de colheita (HLES) foi projetado e quatro indicadores foram medidos: Peso médio das caixas colhidas, produção diária média por trabalhador, percentagem de exportação de frutas, e percentagem de frutos descartados. Foram encontradas diferenças significativas entre 2010/11 (com a implementação do HLES) e das temporadas anteriores sem HLES. O rendimento médio por trabalhador, peso médio da caixa cheia, e a qualidade dos frutos melhorou, enquanto a quantidade de frutos descartados diminuiu. A administração do trabalho contratado na agricultura é crucial para melhoria da produtividade de produtores exportadores de frutas frescas. O uso do HLES e a adoção de novas tecnologias poderiam ajudar a resolver o problema de competitividade no sector de frutas chileno. <![CDATA[QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA DA UVA E PERFIL SENSORIAL VÍNICO PARA DIFERENTES CULTIVARES DE VIDEIRA SUBMETIDAS À PODA MECANIZADA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200432&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Estudos ao longo do Globo têm mostrado que a mecanização da poda, dentre outros processos de manejo da videira, é adequada para a obtenção de vinhedos com “stands” bem formados e com qualidade de produção equivalente ou superior àqueles conduzidos sob manejo manual, sobretudo com economia de capital humano e financeiro. Informações sobre o padrão de poda que influencia diretamente a ecofisiologia do dossel, a composição do rendimento e a qualidade de derivados da uva são existentes para condições de manejo tradicional manual, mas incipientes para a uma condição mecanizada, no Brasil. Um experimento foi realizado com Vitis sp. e Vitis vinifera, visando a estudar os impactos da adoção inicial da poda mecanizada, sobre a composição do rendimento, qualidade da uva e perfil sensorial dos vinhos produzidos no experimento. Os resultados mostraram que a aplicação da poda mecanizada em vinhedos tradicionais causou pequenas flutuações na qualidade da uva, em duas safras analisadas.<hr/>Studies over the globe have shown that mechanical pruning, among other management processes of the vine, are suitable for obtaining vineyards well trained and stands with grape quality equivalent or superior to those conducted under manual handling, specially, with the economy of man power and financial capital. Information about the pruning techniques that directly influence the canopy ecophysiology, grape composition and quality of grape and its by-products are available for traditional manual handling, but are scarce for a mechanized conditions, in Brazil. An experiment was conducted with Vitissp. and Vitis vinifera aiming to study the impact of initial adoption of mechanical pruning, on the grape composition, quality and sensory profile of wines produced in the experiment. The results showed that the application of mechanical pruning in traditional vineyards caused small fluctuations in the quality of grapes, in two analyzed seasons. <![CDATA[DIVERGÊNCIA GENÉTICA DE ACESSOS DE MARACUJÁ UTILIZANDO DESCRITORES QUANTITATIVOS E QUALITATIVOS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200442&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivou-se no trabalho caracterizar uma coleção de germoplasma de maracujá, com base em descritores quantitativos equalitativos, e estimar a divergência com base na análise conjunta dos dados. Estudaram-se 22 acessos, procedentes da Coleção de maracujá da Embrapa Mandioca e Fruticultura. Foram utilizados 36 descritores morfoagronômicos, sendo 13 qualitativos e 23 quantitativos. Os dados foram analisados de forma conjunta pelo algoritmo de Gower. Adicionalmente, os acessos foram avaliados em condições de campo quanto à tolerância às doenças da parte aérea (antracnose, virose, bacteriose e verrugose) e das raízes (Fusarium). Houve variabilidade fenotípica entre os genótipos para as características morfoagronômicas estudadas, principalmente nos frutos, que mostraram diferenças acentuadas em teores de sólidos solúveis e vitamina C. O método aglomerativo utilizado foi UPGMA por ter maior coeficiente de correlação cofenética (r = 0.94**). Os acessos estudados dividiram-se em três grupos. Foi possível identificar que dentro de um mesmo grupo existe similaridade entre os acessos. Contudo, entre os grupos, pode-se inferir sobre a presença de variabilidade para os descritores utilizados, incluindo aqueles de interesse agronômico. Verificou-se que existe variabilidade genética dentro das espécies silvestres (P. suberosa e P. gibertii) e seu potencial de uso emprogramas de melhoramento genético, como fonte de vitamina C e como porta-enxertos (P. gibertii).<hr/>This study aims to characterize a collection of germplasm of Passiflora, based on quantitative and qualitative descriptors and use the Gower’s algorithm to quantification of genetic divergence. We used 22 accessions, coming from the germplasm Collection of Embrapa Cassava and Fruits. We used 36 morphoagronomic descriptors, 13 qualitative and 23 quantitative. Data were analyzed by Grower’s algorithm for the joint analysis. The accessions were evaluated under field conditions for tolerance to foliar diseases (anthracnose, viral, bacterial and scab) and roots (Fusarium). There was phenotypic variability among genotypes for morphological characteristics studied, mainly in fruits, which marked differences were observed in soluble solids and vitamin C contents of fruits. We used UPGMA to perform the clustering, since it was the method with the higher cophenetic correlation coefficient (r = 0.94**). Accessions felt into three classes. It was possible to identify within a group there are some similarity among accessions. However, among groups, one can infer the presence of variability for the descriptors used, including those of agronomic interest. It has been found that there is variability within wild species (P. suberosa and P. gibertii) and its potential used in breeding programs as a source of vitamin C and as rootstocks (P. gibertii). <![CDATA[COMPOSIÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E DE COMPOSTOS BIOATIVOS EM FRUTOS DE<em> Bromelia antiacantha</em> BERTOL.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200450&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Frutas e hortaliças, de forma geral, são fontes de vitaminas, sais minerais e fibras. Recentemente, tem sido verificada a presença de compostos bioativos, incluindo carotenoides, antocianinas e compostos fenólicos, para os quais pesquisas relatam ação antioxidante e potencial terapêutico. A Bromelia antiacantha Bertol., popularmente conhecida por banana-do-mato, caraguatá, gravatá, carauatá e croatá, ocorre naturalmente no Rio Grande do Sul-Brasil. Informações científicas quanto à composição nutricional e a atividade biológica para essa espécie ainda são restritas. Nesse sentido, o objetivo do trabalho foi determinar a composição físico-química, incluindo o teor de compostos bioativos da Bromelia antiacantha Bertol. Elevado teor de lipídios (5,07 ± 0,4 %), ácido ascórbico (60,01 ± 5,04 mg.100g-1) e carotenoides (162,67 ± 36,70 mg.100g-1) foram encontrados para a espécie Bromelia antiacantha Bertol., assim como baixo teor de carboidratos (8,75%).<hr/>Fruits and vegetables in general are sources of vitamins, minerals and fibers. Recently it has been verified the presence of bioactive compounds including carotenoids, anthocyanins and phenolic compounds, for which surveys have reported antioxidant action and therapeutic potential. The Bromelia antiacantha Bertol., popularly known asbanana do mato, caraguatá, gravata, carauatá and croatá occurs naturally in Rio Grande do Sul / Brazil. Scientific information on the nutritional composition and biological activity of this species is scarce. In this sense, the objective was to determine the physical and chemical composition, including the content of bioactive compounds of Bromelia antiacantha Bertol. High fat (5.07 ± 0.4%), ascorbic acid (60.01 ± 5.04 mg.100g-1) and carotenoids (162.67 ± 36.70 mg.100g-1) were found in the Bromelia antiacantha Bertol. species, as well as low-carbohydrate (8.75%). <![CDATA[CARACTERIZAÇÃO DE FRUTOS E PROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTOS HÍBRIDOS DE CITROS EM AMBIENTE PROTEGIDO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200457&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A diversificação de uso de porta-enxertos de citros é importante no Brasil devido à presença de diversos estresses abióticos e bióticos, além da busca por atributos horticulturais desejáveis como nanismo, alta eficiência de produção e indução de boa qualidade aos frutos. Para a seleção de um genótipo com potencial de uso como porta-enxerto, porém, o desempenho na fase de propagação também é relevante. Assim, caracterizaram-se os frutos e avaliou-se a propagação em ambiente protegido de porta-enxertos híbridos de citros obtidos ou selecionados pelo Programa de Melhoramento Genético de Citros da Embrapa: citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’, híbridos HTR-051, TSKC x (LCR x TR)-040 e 059, LVK x LCR-010 e 038, TSKC x CTTR-002, TSKC x CTSW-041 e LCR x TR-001, além das variedades comerciais citrumelo ‘Swingle 4475’, trifoliata ‘Flying Dragon’, limoeiro ‘Cravo Santa Cruz’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’. Foram avaliados variáveis biométricas, fisiológicas e coeficientes técnicos. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 50 plantas na parcela ou 20 frutos por genótipo, conforme a avaliação. Citrumelo ‘Swingle’ e LVK x LCR-010 apresentaram alta produção de sementes por fruto, enquanto HTR-051 e LCR x TR-001 produziram as menores quantidades. A poliembrionia foi superior para TSKC x CTTR-002, TSKC x (LCR x TR)–040, LCR x TR-001, citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’, tendo trifoliata ‘Flying Dragon’ e LVK x LCR-010 apenas 45% de poliembrionia média. A emergência de citrandarin ‘Riverside’ foi mais rápida e uniforme em relação aos demais genótipos. O crescimento vegetativo da parte aérea e do sistema radicular foi superior para citrandarin ‘Riverside’, TSKC x (LCR x TR)-059, tangerineira ‘Sunki Tropical’, citrumelo ‘Swingle’ e limoeiro ‘Cravo’ e seus híbridos. Todos os híbridos de citros avaliados apresentam potencial de uso como porta-enxertos.<hr/>The diversification of citrus rootstocks in Brazil is important in order to adjust to the diversification of abiotic and biotic stresses the trees are confronted, besides the need for horticultural traits of interest as dwarfism and high production efficiency and fruit quality. The performance of the genotype during the propagation stage is also relevant for rootstock selection. Therefore, fruits of hybrid rootstocks obtained or selected by Embrapa Citrus Breeding Program and commercial varieties were characterized and their propagation evaluated in a protected environment. The hybrids were ‘Indio’, ‘Riverside’ and ‘San Diego’ citrandarins, the hybrids HTR-051, TSKC x (LCR x TR)-040 and 059, LVK x LCR-010 and 038, TSKC x CTTR-002, TSKC x CTSW-041 and LCR x TR-001, and the commercial varieties ‘Swingle 4475’ citrumelo, ‘Flying Dragon’ trifoliate, ‘Rangpur’ lime selection Santa Cruz, and ‘Sunki’ mandarin selection Tropical. Collected data included biometric and physiological variables and technical coefficients. The experimental design was randomized blocks with four replications with 50 plants in the unit or 20 fruits per genotype, according to the evaluation procedure. ‘Swingle’ citrumelo and LVK x LCR-010 presented high seed production per fruit (23 to 26), while HTR-051 and LCR x TR-001 produced the least amounts (2 to 3). Polyembryony varied from 97,5% to 100% for TSKC x CTTR-002, TSKC x (LCR x TR)–040, LCR x TR-001, ‘Indio’, ‘Riverside’ and ‘San Diego’ citrandarins and ‘Sunki Tropical’ mandarin, and from 40% to 50% for ‘Flying Dragon’ trifoliate and LVK x LCR-010. Emergence of ‘Riverside’ citrandarin was faster (27 days) and more uniform in relation to the other genotypes (29 to 43 days). ‘Riverside’ citrandarin, TSKC x (LCR x TR)-059, ‘Sunki Tropical’ mandarin, ‘Swingle’ citrumelo and ‘Rangpur’ lime and its hybrids had the highest canopy and root system vegetative growth. All evaluated hybrid citrus genotypes could potentially be used as rootstocks. <![CDATA[DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO-AZEDO ENXERTADAS EM ESPÉCIES SILVESTRES DE <em>Passiflora</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200471&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O maracujazeiro-azedo é acometido por diversas doenças, sendo que as do sistema radicular tendem a inviabilizar o cultivo em diversas regiões; entretanto, há espécies de Passifloras que se demonstram resistentes, sendo que tornam necessários estudos sobre a influência pela enxertia destas espécies no maracujazeiro-azedo. Portanto, objetivou-se estudar a viabilidade da enxertia e o desenvolvimento inicial de maracujazeiro-azedo (Passiflora edulis) enxertado sobre P. alata, P. cincinnata, P. edulis, P. gibertii, P. morifolia e P. mucronata, comparadas com P. edulis não enxertado, proveniente de sementes. Aos 60 dias após a semeadura, foi realizada a enxertia por garfagem e, por um período de 105 dias, avaliaram-se a sobrevivência dos enxertos, altura da planta, comprimento dos internódios, número de folhas, diâmetro do porta-enxerto e do enxerto, área foliar e a massa da matéria seca da parte aérea e das raízes. A sobrevivência da enxertia foi superior a 90%, exceto na combinação P. edulis/P. morifolia que não apresentou brotações do enxerto e, posteriormente, morreram. A combinação P. edulis/P. gibertii tiveram menor altura do que P. edulis/P. mucronata, porém com semelhantenúmero de folhas, demonstrando que o P. gibertii teve efeito ananizante, devido à redução do comprimento dos internódios. O maior diâmetro do enxerto foi apresentado por P. edulis/P. edulis, indicando maior compatibilidade de enxertia dentro da mesma espécie. Dentre as espécies silvestres utilizadas como porta-enxerto, P. mucronata proporcionou maior desenvolvimento da parte aérea.<hr/>Various diseases affect sour passion fruit (Passiflora edulis) crop. The root system diseases limit the cultivation in different areas. Passiflora wild species are considered resistant or tolerant root diseases of passion fruit. The use of resistant species as rootstocks is a goal to overcome the disease problems. The study of growth and horticultural performance of Passiflora edulis grafted over wild Passiflora species are important to support the adoption of grafted plants in the orchards. This research studied the feasibility of grafting and the early growth of sour passion fruit grafted on P. alata, P. cincinnata, P. edulis, P. gibertii, P. morifolia, and P. mucronata, compared with P. edulis seedlings. The plants were grafted 60 days after sowing the seeds of the rootstocks. The experiment was evaluated for 105 days. The evaluated traits were scion survival, plant height, internode length, number of leaves, diameter of the rootstock and scion, leaf area and dry weight of shoots and roots. The scion survival was over 90%, except over P. morifolia, which did not issue shoots and the plant perished soon after. P. edulis/P. gibertii had lower height than P. edulis/P. mucronata, but similar number of leaves, demonstrating dwarf effect of P. gibertiidue to reduced internodes. P. edulis/P.edulis had the largest scion diameter, indicating higher grafting compatibility within the same species. Among the wild species, P. mucronata used as rootstock provided greater shoot growth. <![CDATA[PROPAGAÇÃO DA LICHIEIRA POR ALPORQUIA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200480&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of the study was to assess the influence of season and different substrates on rooting of air layers of lychee (Litchi chinensisSonn.) for the production of seedlings to ensure the formation of uniform and productive orchards. Air layers were done in plants of the Bengal cultivar using leafy and healthy woody branches, with about 0.010 to 0.015 m in diameter, in which were performed complete girdling with 0.020 m wide at a distance of 0.30 to 0.40 m below the apex. Then the branches were wrapped in moistened substrate. The layering was made at six times of theyear (January, March, May, July, September and November) and two substrates were used (coconut fiber and sphagnum) in a 6 x 2 factorial design in a randomized block with ten replicates. After 90 days, layers were separated from the matrix plant and evaluated for rooting and callus formation, root number, considering only the primary roots, length, area and volume of the roots, beyond the dry weight of roots and calluses. The months of January, March, September and November showed the best results for all analyzed variables related to rooting. With respect to the substrates, the only difference was in January and March to the root number and dry weight of roots, where the sphagnum showed the best results. The month of July was more conducive to the formation of calluses. The period between September and March was more suitable to the propagation of lychee, when there were rooting percentages above 90%, in addition to the formation of large amount of roots.<hr/>O objetivo do trabalho foi verificar a influência da época do ano e de diferentes substratos no enraizamento de alporques de lichieira ( SLitchi chinensisonn.), visando à produção de mudas que assegurem a formação de pomares uniformes e produtivos. Foram feitos alporques em plantas da cultivar Bengal utilizando ramos lenhosos bem enfolhados e sadios, com cerca de 0,010 a 0,015 m de diâmetro, nos quais foram realizados anelamentos completos de 0,020 m de largura, a uma distância de 0,30 a 0,40 m abaixo do ápice dos mesmos. A seguir, os ramos foram envoltos por substrato umedecido. Foram avaliadas seis épocas de realização dos alporques (janeiro, março, maio, julho, setembro e novembro) e dois substratos (esfagno e fibra de coco), em um esquema fatorial 6 x 2, no delineamento em blocos casualizados, com dez repetições. Passados 90 dias, os alporques foram separados da planta-matriz e avaliados quanto à porcentagem de enraizamento e de calejamento; número de raízes, considerando-se apenas as raízes primárias; comprimento, área e volume das raízes; além da massa seca de raízes e calos. Os meses de janeiro, março, setembro e novembro apresentaram os melhores resultados para todas as variáveis relacionadas ao enraizamento analisadas. Com relação aos substratos, houve diferença apenas nos meses de janeiro e março para o número de raízes e massa seca de raízes, onde o esfagno apresentou os melhores resultados. No mês de julho, houve maior formação de calos. O período compreendido entre os meses de setembro e março foi o mais propício à propagação da lichieira, quando se obtiveram porcentagens de enraizamento superiores a 90%, além da formação de grande quantidade de raízes. <![CDATA[ACÚMULO DE NUTRIENTES EM BANANEIRA ‘D´ANGOLA’ (TIPO TERRA) SOB DOSES DE NITROGÊNIO VIA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200488&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A bananeira cv. D´Angola demanda grandes quantidades de nutrientes para seu desenvolvimento e produção. Para uma recomendação adequada de fertilizantes, é importante que se conheçam as quantidades de nutrientes absorvidas, exportadas e restituídas ao solo pela planta. Objetivou-se avaliar os acúmulos de fitomassa e macronutrientes na bananeira cv. D´Angola (tipo Terra), em cinco doses de nitrogênio (N) aplicado em fertirrigação por gotejamento. O trabalho foi desenvolvido no campo da Embrapa Mandioca e Fruticultura, no município de Cruz das Almas-BA, em delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições. Avaliaram-se a fitomassa e o acúmulo de nutrientes em cinco órgãos da planta (pseudocaule, folhas, frutos, engaço e coração), em cinco doses de N (135; 180; 225; 270 e 315 kg ha-1) aplicadas via água de irrigação. Os resultados indicaram que o acúmulo de fitomassa e nutrientes para a bananeira cv. D´Angola mostrou que há diferentes níveis de absorção, exportação e restituição ao solo de macronutrientes entre os órgãos da planta, em função das doses de N, e que, em média, o pseudocaule e as folhas foram os órgãos que mais acumularam de nutrientes, enquanto o coração foi o que menos acumulou. A ordem decrescente de absorção na planta foi potássio, seguido por nitrogênio e cálcio.<hr/>The plantain cv. D´Angola demands large amount of nutrients for its growth and production. It is important to know the amounts of nutrients which are extracted, exported and restituted to the soil by the plant for an adequate fertilizer recommendation. This study aimed to evaluate cumulative phytomass and macronutrients in cv. D´Angola plantain under five doses of nitrogen (N) applied by a drip fertigation system. The trial was carried in a randomized block design with four replications in an experimental field of Embrapa Cassava and Fruits, at Cruz das Almas, State of Bahia. Phytomass and nutrient accumulation were evaluated in five plant organs (pseudostem, leaves, fruits, peduncle and inflorescence) under application of five nitrogen levels (135, 180, 225, 270 and 315 kg ha-1) by irrigation water. The results indicated that the accumulation of phytomass and nutrients for plantain cv. D’Angola showed that, there are different levels of extraction, exportation and restitution to the soil of nutrients for plant organs depending on nitrogen doses; also, on average, pseudostem and leaves were the organs that accumulated more nutrients while the inflorescence was the one that accumulated less. The decreasing order of nutrient extraction by plant was potassium, followed by nitrogen and calcium. <![CDATA[QUALIDADE DO ABACAXIZEIRO ‘BRS IMPERIAL’ EM FUNÇÃO DE DOSES DE N-K]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200497&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A qualidade do fruto do abacaxizeiro é influenciada pelos macronutrientes, principalmente N e K. Este trabalho avaliou a influência de doses de N e K2O sobre as características de qualidade físico-químicas e sobre os defeitos externos e internos dos frutos de abacaxizeiro ‘BRS Imperial’. Aplicaram-se quatro doses de N (0; 160; 320; 550 kg ha-1) e quatro de K2O (0; 240;480 e 600 kg ha-1), em delineamento experimental em blocos ao acaso, com cinco repetições, em um fatorial completo 42. As doses de N e K2O influenciaram todas as variáveisfísico-químicasestudadas, exceto a firmeza dos frutos, que apresentaram média de 10,7 kgf. As doses de N reduziram a acidez titulável (AT) e os sólidos solúveis (SS) e aumentaram o pH e o ratio dos frutos, apresentando, na dose de 550 kg ha-1 de N, os valores médios de 0,31%, 17,9 oBrix, 4,02 e 57,7, respectivamente. As doses de K2O aumentaram AT e os SS, e reduziram o ratio dos frutos, apresentando, na dose de 600 kg ha-1 de K2O, os valores médios de 0,41%, 19,4 oBrix e 47,9, respectivamente. O pH respondeu de forma quadrática, com o valor mínimo de 3,95 na dose de 273 kg ha-1 de K2O. As correlações significativas de Pearson indicaram que plantas com maiores teores foliares de N na época da indução floral produziram frutos com menor AT e SS, enquanto aquelas com maiores teores foliares de K apresentaram maior AT e SS nos frutos. Com aplicação de 550 kg ha de-1 N, os frutos apresentaram translucidez entre 50 e 75% sem adubação potássica e de menos de 25% de translucidez na dose de 400 kg ha-1 de K2O.<hr/>Pineapple fruit quality is influenced by macronutrients, particularly N and K. This study evaluated the influence of N and K2O doses on physicochemical quality attributes and on the incidence of external and internal defects of ‘BRS Imperial’ pineapple fruits. Four levels of N (0, 160, 320, 550 kg ha-1) and four of K2O (0, 240, 480 and 600 kg ha-1) were tested in a randomized blocks experimental design with five replicates, in a 42 full factorial scheme. The doses of N and K2O influenced all physicochemical variables, except fruit firmness that averaged 10.7 kgf. The N doses reduced titratable acidity (TA) and soluble solids (SS) and increased pH and fruits’ ratio, with average values of 0.31%, 17.9 oBrix, 4.02 and 57.7, respectively, at 550 kg ha-1 of N. The K2O doses increased TA and SS and reduced the ratio of fruit, with average values of 0.41%, 19.4 oBrix and 47.9, respectively, at 600 kg ha-1 of K2O. The pH quadratic response showed the minimum value of 3.95 at 273 kg ha-1 of K2O. Significant Pearson correlations indicated that plants with higher N leaf contents at the time of floral induction produced fruits with lower TA and SS, while plants with higher K leaf contents produced fruits with higher TA and SS. The application of 550 kg ha-1 of N, the fruits showed translucency between 50 and 75% without potassium fertilization and less than 25% at 400 kg ha-1 of K2O. <![CDATA[RESPOSTA DA PEREIRA À APLICAÇÃO DE FÓSFORO E POTÁSSIO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200507&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to evaluate the response to phosphorus (P) and potassium (K) fertilization and to establish the critical levels of P and K in the soil and in the plant tissue in pear trees. Two experiments were conducted in São Joaquim (SC), Brazil. In experiment 1, the plants received annually the application of increasing rates of phosphate fertilizer (0, 40, 80, 120 and 160 kg P2O5 ha-1), while in experiment 2, increasing rates of potassium fertilizer (0, 40, 80, 120 and 160 kg K2O ha-1) were applied annually. In the two experiments, soil was collected annually from the 0-10, 10-20 and 0-20 cm layers, and the available P (experiment 1) and exchangeable K (experiment 2) content was analyzed. Whole leaves were collected annually, which were subjected to analysis of total P (experiment 1) and total K (experiment 2) content. The number and weight of the fruits per plant and fruit yield were evaluated. Application of P on the soil planted with pear trees increased the nutrient content in the soil and, in most crop seasons, in the whole leaf, but it did not affect the yield components and fruit yield. The application of K on the soil with pear trees increased the nutrient content in the soil and, in most of the crop seasons, in the whole leaf, but the potassium content in the whole leaf decreased in the crop season with greater fruit yield. The yield components and fruit yield were not affected by K fertilization.<hr/>O trabalho objetivou avaliar a resposta à adubação com fósforo (P) e potássio (K) e estabelecer o nível crítico no solo e no tecido de P e K em pereira. Dois experimentos foram conduzidos em São Joaquim (SC). No experimento 1 as plantas receberam anualmente a aplicação de doses crescentes de fertilizante fosfatado (0; 40; 80; 120 e 160 kg de PO5 h2a-1), enquanto no experimento 2 foram aplicadas anualmente doses crescentes de fertilizante potássico (0; 40; 80; 120 e 160 kg de K2O ha-1). Nos dois experimentos foi coletado anualmente solo nas camadas de 0-10; 10-20 e 0-20 cm, onde foi analisado o teor de P disponível (experimento 1) e K trocável (experimento 2). Anualmente foram coletadas folhas completas que foram submetidas à análise do teor total de P (experimento 1) e K (experimento 2). Avaliaram-se o número e a massa dos frutos por planta e a produção de frutos. A aplicação de P no solo cultivado com pereira incrementou o teor do nutriente no solo e, na maioria das safras, na folha completa. Porém, o incremento do teor de P disponível no solo e na folha não foi acompanhado de aumentos nos componentes de produção e na produção de frutos, impossibilitando o estabelecimento do nível crítico de P no solo e no tecido. A aplicação de K no solo aumentou o teor do nutriente no solo e, na maioria das safras, na folha completa da pereira, mas o teor de K na folha completa diminuiu na safra com maior produção de frutos. O incremento de K trocável no solo e na folha não foi acompanhado de aumentos nos componentes de produção e na produção de frutos, não permitindo o estabelecimento do nível crítico de K no solo e no tecido. <![CDATA[CARGA ÓTIMA DE FRUTOS NA MACIEIRA ‘PRINCESA’ DE BAIXO REQUERIMENTO EM FRIO INVERNAL:RESULTADOS PRELIMINARES]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200517&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da carga de frutos sobre a produção total, calibre, massa média, comprimento dos ramos e intensidade da frutificação no ano seguinte, em plantas de macieira (Malus × domesticaBorkh.) cv. ‘Princesa’. Durante os anos de 2009 e 2010, as infrutescências foram submetidas a raleio manual, deixando nas árvores uma carga de 1 a 9 frutos por centímetro quadrado de superfície do tronco (FCQ). A produção total aumentou com o incremento da carga frutífera desde 1 a 9 FCQ, enquanto a massa média dos frutos diminuiu no mesmo intervalo. A quantidade de frutos pequenos aumentou até atingir 10% do total nas plantas de maior carga e a proporção de frutos de tamanho médio cresceu, alcançando 35% do total da produção. No entanto, a quantidade de frutos grandes não foi afetada pelo nível de carga, mantendo-se em maior proporção com relação ao total colhido (˜66%). O crescimento dos ramos, até 60 dias após a colheita, esteve negativamente afetado pela intensidade de carga. Observouse que não houve alternância de safra no ano seguinte ao experimento. A carga ótima para minimizar a produção de frutos pequenos, alcançando a maior produção total sem debilitar as árvores, pode-se atingir no intervalo entre 5 e 9 FCQ.<hr/>The aim of this study was to evaluate the effect of crop load on yield, fruit size, vegetative growth and return to bloom of low-chill apple (Malus × domestica Borkh.), cv. ‘Princesa’. During 2009 and 2010 crop load was manually adjusted from 1 to 9 fruits per unit of trunk cross-sectional area (TCSA). Fruit yield was positively related tocrop load, but mean fruit weight decreased with increasing crop load. The proportion of small and middle-sized fruits increased with rising crop load reaching 10% and 35% respectively of the total yield at the highest crop load. However the proportion of large-sized fruits did not change with the increase in crop load. Shoot length at 60 days after harvest was negatively related to crop load whereas return to bloom was not affected. These results demonstrates that the optimum crop load for ‘Princesa’ apple ranges between 5 to 9 fruits per unit of TCSA. <![CDATA[‘URSBRS HADA’: TANGOREIRO DE MATURAÇÃO TARDIA E DUPLO PROPÓSITO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200524&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente trabalho tem como objetivo apresentar a caracterização hortícola básica da nova cultivar de tangoreiro ‘URSBRS Hada’. A partir de avaliações nas condições edafoclimáticas da região da Depressão Central do Rio Grande do Sul, a cultivar demonstra maturação tardia (outubro a dezembro) e duplo propósito de uso dos frutos (consumo in natura e produção de suco), além de apresentar-se tolerante, em condições de campo, a doenças, como: cancro-cítrico, pinta-preta e mancha-marrom de alternária. Seus frutos possuem formato achatado, coloração de amarelada a amarelo-alaranjada e são bastante sucosos, com alto teor de sólidos solúveis (SS) e elevada acidez (AT ). Além disso, trata-se de cultivar bastante produtiva, podendo produzir 20-25 t ha-1 por ano. Em síntese, o tangoreiro ‘URSBRS Hada’ é mais uma opção varietal para a citricultura.<hr/>This study aims to present the basic horticultural characterization of the new tangor cultivar ‘URSBRS Hada’. By way of evaluations at the conditions of the Central Depression region of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, the cultivar shows late ripening (October to December). Its fruits might be destined either for juice or for fresh consumption. The cultivar presents tolerance to diseases like citrus canker, black spot and alternaria brown spot under field conditions. The fruits have an obloid shape, yellowish to yelloworange peel color and are quite juicy, with high contents of soluble solids and high acidity. Furthermore, it is a very productive cultivar, yielding 20-25 t ha-1 per year. In summary, the tangor cultivar ‘URSBRS Hada’ presents itself as a feasible varietal option for the citrus industry. <![CDATA[AMIDO DE MILHO E HIPOCLORITO DE SÓDIO NO ENRAIZAMENTO <em>IN VITRO</em> DO ABACAXIZEIRO VITÓRIA E SEU EFEITO NA ACLIMATIZAÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200528&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho objetivou reduzir o custo de produção dos meios de cultura pela substituição do ágar por amido de milho e da esterilização física em autoclave pela esterilização química com hipoclorito de sódio (NaClO) em mudas de abacaxizeiro ‘Vitória’ propagadas in vitro. As brotações foram transferidas para meio de enraizamento composto pelos sais de MS, vitaminas de White, mioinositol e sacarose. O experimento foi instalado em DIC, em fatorial 3x2: meios geleificados com ágar (6,0 g L-1), amido de milho (60,0 g L-1) e ágar (3,0 g L-1) + amido de milho (30,0 g L-1), esterilizados em autoclave ou quimicamente com a fervura do meio e uso de NaClO a 0,05% para enxaguar a vidraria. Após um mês de enraizamento in vitro, parte das mudas foi avaliada quanto ao número de folhas e de raízes, e massas das matérias fresca e seca. O restante foi aclimatizado por 90 dias em casa de vegetação, ao final dos quais foram avaliados número de folhas, número de raízes, massa da matéria fresca e seca da parte aérea, raízes e total, área foliar, altura e diâmetro da roseta. A fervura do meio + esterilização química das vidrarias não diferiu da autoclavagem para a maioria dos parâmetros avaliados, enquanto o amido de milho proporcionou melhor desenvolvimento das mudas, tanto in vitro quanto durante a aclimatização.<hr/>This study aimed to reduce the production cost of culture media for agar substitution by corn starch and physical sterilization in autoclave by chemical sterilization with sodium hypochlorite (NaClO) in the plantlets of pineapple ‘Vitória’ propagated in vitro. The shoots were transferred to rooting medium composed of MS salts, White´s vitamins, myo-inositol and sucrose. The experiment was conducted in a completely randomized design in afactorial 3 x 2: media jellified with agar (6,0 g L-1), corn starch (60,0 g L-1) and agar (3,0 g L-1) + corn starch (30,0 g L-1), sterilized in autoclave or chemically boiling the medium and use of 0,05% NaClO to rinse the glassware. After a month of in vitro rooting, part of the plants were evaluated for number of leaves and roots and masses of fresh and dry materials. The rest of the plantlets was acclimatized for 90 days in a greenhouse. At the end of this period number of leaves, number of roots, fresh weight and dry weight of aerial part, root and total; leaf area, height and diameter of rosette were evaluated. The boiling + chemical sterilization did not differ of autoclave sterilization for the majority of parameters, while the corn starch enhanced growth of plantlets both in vitro and during acclimatization. <![CDATA[ESTAQUIA LENHOSA DE PORTA-ENXERTOS DE VIDEIRA PROMISSORES PARA REGIÕES COM HISTÓRICO DE MORTE DE PLANTAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452015000200534&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de concentrações de ácido indol-3-butírico (AIB) na estaquia lenhosa de cultivares de porta-enxertos de videira promissores para o Sul do Brasil. Material vegetal de porta-enxertos de videira foi coletado de plantas- matrizes pertencentes à coleção da Estação Experimental da EPAGRI, no município de Videira - SC. O experimento foi conduzido em casa de vegetação no período de julho a outubro de 2013. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com 20 tratamentos, dispostos em esquema fatorial 4x5, formado por quatro porta-enxertos (VR043-43, Dogridge, Richter 99 e EEV793-5) e cinco concentrações de AIB (0; 1.000; 2.000; 3.000 e 4.000 mg L-1). Após 60 dias, foram avaliados a porcentagem de enraizamento, o número, o comprimento e a matéria fresca de raízes das estacas. A aplicação de AIB aumentou a porcentagem de enraizamento, o número, o comprimento e a massa fresca de raízes para todos os porta-enxertos utilizados. O porta-enxerto VR043-43 apresentou melhor desenvolvimento radicular que os demais porta-enxertos estudados. Para a propagação das quatro cultivares de porta-enxertos de videira avaliados via estaquia lenhosa, recomenda-se a aplicação de AIB na concentração de 1.000 mg L-1.<hr/>The aim of this study was to evaluate the concentrations of indole-3-butyric acid (IBA) in hardwood cuttings of promising grapevine rootstocks for southern Brazil. Plant material was collected from selected plants from the grapevine rootstock collection of EPAGRI Experimental Station, in the city of Videira - SC . The experiment was conducted in a greenhouse during the period from July to October 2013. The experimental design was completely randomized with 20 treatments arranged in a 4x5 factorial scheme, consisting of four rootstocks ( VR043-43, Dogridge, Richter 99 and EEV793-5 ) and five IBA concentrations ( 0 , 1.000 , 2.000, 3.000 and 4.000 mg L- 1). After 60 days, it was evaluated the rooting percentage, the number, length and the fresh weight of the roots. The use of IBA increased rooting percentage, number, length and fresh weight of roots for all rootstocks. The rootstock VR043-43 showed better root development than the other rootstocks studied. To propagate the four cultivars of grapevine rootstocks evaluated via hardwood cuttings it is recommended the use of IBA at 1000 mg L- 1.