Scielo RSS <![CDATA[Radiologia Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-398420160001&lang=en vol. 49 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Imaging evaluation in metabolic syndrome: beyond steatosis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Cardiac MRI and CT: the eyes to visualize coronary arterial disease and their effect on the prognosis explained by the Schrödinger's cat paradox]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Fine-needle aspiration of axillary lymph nodes: a change of paradigm in the approach to axillary compromise?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[Prevalence and sonographic changes compatible with fatty liver disease in patients referred for abdominal ultrasound examination in Aracaju, SE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: To estimate the prevalence and evaluate sonographic findings compatible with changes consistent with hepatic steatosis in patients referred for abdominal ultrasonography at four reference centers in Aracaju, SE, Brazil. Materials and Methods: Prospective, descriptive survey, with analytical and quantitative approach, comprising abdominal ultrasonography scans performed with a convex, dynamic 3.75 MHz transducer. Liver dimensions and parenchymal echotexture were evaluated, classifying hepatic steatosis into grades (1, 2 or 3). The SPSS® 22.0 software was used for statistical analysis, adopting p &lt; 0.05 as significance level. Results: A total of 800 individuals (561 women and 239 men) were evaluated. The prevalence of steatosis was 29.1%, and the male patients were most affected, presenting with more advanced grades of disease (p = 0.021), as follows: 119 grade 1 (51.0%); 94 grade 2 (40.4%); and 20 grade 3 (8.6%). The median age patients' was 46 years. Conclusion: In the present study sample, the prevalence of hepatic steatosis was high, particularly in the male patients. Ultrasonography is suggested as a first choice for the diagnosis of this condition, considering its wide availability, low cost and absence of side effects or risks to the patient.<hr/>Resumo Objetivo: Estimar a prevalência e avaliar as alterações ecográficas compatíveis com esteatose hepática em pacientes encaminhados para exame de ultrassonografia abdominal em quatro centros de referência de Aracaju, SE, Brasil. Materiais e Métodos: Estudo prospectivo, descritivo tipo survey, com abordagem analítica e quantitativa, realizado mediante exame de ultrassonografia abdominal com transdutor convexo, dinâmico e com 3,75 MHz. Foram avaliadas as dimensões do fígado e a ecotextura do parênquima, classificando a esteatose hepática em graus (1, 2 ou 3). Considerou-se nível de significância p &lt; 0,05 e foi utilizado o programa estatístico SPSS® 22.0. Resultados: Foram avaliados 800 indivíduos, sendo 561 mulheres e 239 homens. A prevalência de esteatose foi 29,1%, sendo maior em homens. O gênero masculino apresentou graus mais avançados de esteatose hepática (p = 0,021). Dos diagnosticados, 119 tinham grau 1 (51,0%), 94 apresentavam grau 2 (40,4%) e 20 tinham grau 3 (8,6%). A mediana de idade foi 46 anos. Conclusão: A prevalência da esteatose hepática foi alta na amostra analisada, sendo maior no gênero masculino. Sugere-se a ultrassonografia como primeira opção para o diagnóstico desta afecção, por ser um método acessível, de baixo custo e sem efeitos colaterais ou riscos para o paciente. <![CDATA[Diagnostic underestimation of atypical ductal hyperplasia and ductal carcinoma in situ at percutaneous core needle and vacuum-assisted biopsies of the breast in a Brazilian reference institution]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: To determine the rates of diagnostic underestimation at stereotactic percutaneous core needle biopsies (CNB) and vacuum-assisted biopsies (VABB) of nonpalpable breast lesions, with histopathological results of atypical ductal hyperplasia (ADH) or ductal carcinoma in situ (DCIS) subsequently submitted to surgical excision. As a secondary objective, the frequency of ADH and DCIS was determined for the cases submitted to biopsy. Materials and Methods: Retrospective review of 40 cases with diagnosis of ADH or DCIS on the basis of biopsies performed between February 2011 and July 2013, subsequently submitted to surgery, whose histopathological reports were available in the internal information system. Biopsy results were compared with those observed at surgery and the underestimation rate was calculated by means of specific mathematical equations. Results: The underestimation rate at CNB was 50% for ADH and 28.57% for DCIS, and at VABB it was 25% for ADH and 14.28% for DCIS. ADH represented 10.25% of all cases undergoing biopsy, whereas DCIS accounted for 23.91%. Conclusion: The diagnostic underestimation rate at CNB is two times the rate at VABB. Certainty that the target has been achieved is not the sole determining factor for a reliable diagnosis. Removal of more than 50% of the target lesion should further reduce the risk of underestimation.<hr/>Resumo Objetivo: Determinar o grau de subestimação diagnóstica de biópsias mamárias percutâneas estereotáxicas por agulha grossa (core biopsy) e assistidas a vácuo (mamotomia) em lesões não palpáveis, com resultados histopatológico de hiperplasia ductal atípica (HDA) ou carcinoma ductal in situ (CDIS) e que foram submetidas a exérese cirúrgica posteriormente. Como objetivo secundário, atribuiu-se a frequência de HDA e CDIS nos casos biopsiados. Materiais e Métodos: Foram revisados, retrospectivamente, 40 casos biopsiados com diagnóstico de HDA ou CDIS, entre fevereiro de 2011 e julho de 2013, e que posteriormente foram submetidos a cirurgia, cujo laudo histopatológico estava registrado no sistema interno de informações. Os resultados das biópsias foram comparados aos da cirurgia e a taxa de subestimação foi calculada de acordo com equações matemáticas específicas. Resultados: A taxa de subestimação diagnóstica da core biopsy foi 50% para HDA e 28,57% para CDIS, e da mamotomia foi 25% para HDA e 14,28% para CDIS. As HDAs representaram 10,25% do total de casos biopsiados, enquanto 23,91% foram CDIS. Conclusão: A taxa de subestimação diagnóstica é cerca de duas vezes maior na core biopsy em relação à mamotomia. A certeza do alvo atingido não é o único determinante para um diagnóstico preciso. Remover mais que 50% da lesão alvo poderá diminuir o risco de subestimação diagnóstica. <![CDATA[Receiver operating characteristic (ROC) curve for classification of<sup>18</sup>F-NaF uptake on PET/CT]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: To assess the cutoff values established by ROC curves to classify18F-NaF uptake as normal or malignant. Materials and Methods: PET/CT images were acquired 1 hour after administration of 185 MBq of18F-NaF. Volumes of interest (VOIs) were drawn on three regions of the skeleton as follows: proximal right humerus diaphysis (HD), proximal right femoral diaphysis (FD) and first vertebral body (VB1), in a total of 254 patients, totalling 762 VOIs. The uptake in the VOIs was classified as normal or malignant on the basis of the radiopharmaceutical distribution pattern and of the CT images. A total of 675 volumes were classified as normal and 52 were classified as malignant. Thirty-five VOIs classified as indeterminate or nonmalignant lesions were excluded from analysis. The standardized uptake value (SUV) measured on the VOIs were plotted on an ROC curve for each one of the three regions. The area under the ROC (AUC) as well as the best cutoff SUVs to classify the VOIs were calculated. The best cutoff values were established as the ones with higher result of the sum of sensitivity and specificity. Results: The AUCs were 0.933, 0.889 and 0.975 for UD, FD and VB1, respectively. The best SUV cutoffs were 9.0 (sensitivity: 73%; specificity: 99%), 8.4 (sensitivity: 79%; specificity: 94%) and 21.0 (sensitivity: 93%; specificity: 95%) for UD, FD and VB1, respectively. Conclusion: The best cutoff value varies according to bone region of analysis and it is not possible to establish one value for the whole body.<hr/>Resumo Objetivo: Acessar valores de corte estabelecidos pela curva ROC para classificar a captação de 18F-NaF como normal ou maligna. Materiais e Métodos: Imagens de PET/CT foram realizadas 1 hora após a administração de 185 MBq de18F-NaF e volumes de interesse (VOIs) foram desenhados em três regiões do esqueleto: diáfise umeral proximal direita (UD), diáfise femoral proximal direita (FD) e corpo da primeira vértebra lombar (VB1), em 254 pacientes, totalizando 762 VOIs. A captação nos VOIs foi classificada como normal ou maligna baseada no padrão de distribuição do radiofármaco e nas imagens de CT. Um total de 675 volumes foi classificado como normais e 52 como malignos. Trinta e cinco VOIs classificados como indeterminados ou lesões não malignas foram excluídos da análise. Os valores de captação (SUVs) medidos nos VOIs foram plotados em uma curva ROC para cada uma das três regiões. Foi calculada a área sob a curva (AUC), bem como os valores de SUV mais adequados para a classificação dos VOIs (maior resultado da soma da sensibilidade e especificidade). Resultados: As AUCs foram 0,933, 0,889 e 0,975 para UD, FD e VB1, respectivamente. Os valores de corte mais adequados de SUV foram 9,0 (sensibilidade: 73%; especificidade: 99%), 8,4 (sensibilidade: 79%; especificidade: 94%) e 21,0 (sensibilidade: 93%; especificidade: 95%)para UD, FD e VB1, respectivamente. Conclusão: O valor de corte de SUV mais adequado varia de acordo com a região óssea em análise e não é possível estabelecer um valor adequado para todo o esqueleto. <![CDATA[Strategies to evaluate the impact of rectal volume on prostate motion during three-dimensional conformal radiotherapy for prostate cancer]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: To evaluate the rectal volume influence on prostate motion during three-dimensional conformal radiotherapy (3D-CRT) for prostate cancer. Materials and Methods: Fifty-one patients with prostate cancer underwent a series of three computed tomography scans including an initial planning scan and two subsequent scans during 3D-CRT. The organs of interest were outlined. The prostate contour was compared with the initial CT images considering the anterior, posterior, superior, inferior and lateral edges of the organ. Variations in the anterior limits and volume of the rectum were assessed and correlated with prostate motion in the anteroposterior direction. Results: The maximum range of prostate motion was observed in the superoinferior direction, followed by the anteroposterior direction. A significant correlation was observed between prostate motion and rectal volume variation ( p = 0.037). A baseline rectal volume superior to 70 cm3 had a significant influence on the prostate motion in the anteroposterior direction ( p = 0.045). Conclusion: The present study showed a significant interfraction motion of the prostate during 3D-CRT with greatest variations in the superoinferior and anteroposterior directions, and that a large rectal volume influences the prostate motion with a cutoff value of 70 cm3. Therefore, the treatment of patients with a rectal volume &gt; 70 cm3 should be re-planned with appropriate rectal preparation.<hr/>Resumo Objetivo: Avaliar a influência do volume retal na movimentação da próstata durante a radioterapia tridimensional conformacional (3D-CRT) para câncer de próstata. Materiais e Métodos: Cinquenta e um pacientes com câncer de próstata foram submetidos a três tomografias seriadas, sendo a primeira de planejamento e duas durante a 3D-CRT. Os órgãos de interesse foram delineados. O contorno da próstata foi comparado ao exame inicial em relação aos seus limites anterior, posterior, superior, inferior e laterais. As variações dos limites anterior do reto e de seu volume foram avaliadas e correlacionadas à movimentação da próstata no sentido anteroposterior. Resultados: As maiores variações na próstata foram observadas no sentido superoinferior, seguido pelo anteroposterior. Observou-se correlação significante da movimentação da próstata com a variação do volume do reto ( p = 0,037). O volume retal inicial superior a 70 cm3 influenciou significativamente na maior movimentação da próstata no sentido anteroposterior ( p = 0,045). Conclusão: Este estudo mostrou que a próstata apresenta significativa movimentação interfração durante a 3D-CRT, apresentando maiores variações nos sentidos superoinferior e anteroposterior, e que um volume retal inicial superior a 70 cm3 influencia na movimentação da próstata. Desta forma, os pacientes com volume retal superior a 70 cm3 devem ser replanejados com preparo retal adequado. <![CDATA[Locally advanced hypopharyngeal squamous cell carcinoma: single-institution outcomes in a cohort of patients curatively treated either with or without larynx preservation]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Objective: The present study was aimed at describing a single-institution experience in the curative treatment of patients diagnosed with locally advanced hypopharyngeal squamous cell carcinoma. Materials and Methods: Data concerning all patients treated for locally advanced hypopharyngeal squamous cell carcinoma between January 2006 and June 2012 were reviewed. Results: A total of 144 patients were included in the present study. The median follow-up period was 36.6 months. Median survival was 26 months, and 2-year and 5-year overall survival rates were, 51% and 30.5%, respectively. Median recurrence-free survival was 18 months and 2-year and 5-year recurrence-free survival rates were 42.8% and 28.5%, respectively. Conclusion: The outcomes in the present series are in line with the literature.<hr/>Resumo Objetivo: O objetivo deste estudo é descrever a experiência de uma instituição no tratamento com intenção curativa de doentes diagnosticados com carcinoma espinocelular da hipofaringe localmente avançado. Materiais e Métodos: Os dados relativos aos doentes portadores de carcinoma espinocelular da hipofaringe localmente avançado tratados entre janeiro de 2006 e junho de 2012 foram revistos. Resultados: Foram incluídos 144 doentes. O tempo mediano de seguimento foi 36,6 meses. A sobrevivência mediana, aos 2 anos e aos 5 anos foi 26 meses, 51% e 30,5%, respectivamente. A sobrevivência livre de recorrência mediana, aos 2 anos e aos 5 anos foi 18 meses, 42,8% e 28,5%, respectivamente. Conclusão: Os resultados encontrados na nossa série estão em acordo com a literatura. <![CDATA[Cardiac magnetic resonance imaging and computed tomography in ischemic cardiomyopathy: an update]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100026&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Ischemic cardiomyopathy is one of the major health problems worldwide, representing a significant part of mortality in the general population nowadays. Cardiac magnetic resonance imaging (CMRI) and cardiac computed tomography (CCT) are noninvasive imaging methods that serve as useful tools in the diagnosis of coronary artery disease and may also help in screening individuals with risk factors for developing this illness. Technological developments of CMRI and CCT have contributed to the rise of several clinical indications of these imaging methods complementarily to other investigation methods, particularly in cases where they are inconclusive. In terms of accuracy, CMRI and CCT are similar to the other imaging methods, with few absolute contraindications and minimal risks of adverse side-effects. This fact strengthens these methods as powerful and safe tools in the management of patients. The present study is aimed at describing the role played by CMRI and CCT in the diagnosis of ischemic cardiomyopathies.<hr/>Resumo A cardiomiopatia isquêmica é um dos principais problemas de saúde no mundo, representando significativa parcela da mortalidade. A ressonância magnética cardíaca (RMC) e a tomografia computadorizada cardíaca (TCC) são métodos de imagem não invasivos úteis no diagnóstico da doença arterial coronariana e também podem auxiliar no rastreamento de indivíduos com fatores de risco para o desenvolvimento de cardiomiopatia induzida por isquemia/infarto. Os avanços tecnológicos da RMC e da TCC contribuíram para o surgimento de diversas indicações clínicas para aplicação desses métodos de imagem de forma complementar a outros exames, principalmente quando estes se mostram inconclusivos. A RMC e a TCC apresentam acurácia semelhante aos demais métodos de imagem, poucas contraindicações absolutas e mínimos riscos de efeitos adversos, o que os fortalecem como ferramentas seguras no manejo dos pacientes. O presente estudo tem por objetivo descrever o papel da RMC e da TCC no diagnóstico das cardiomiopatias isquêmicas. <![CDATA[Solitary pulmonary nodule and <sup>18</sup>F-FDG PET/CT. Part 1: epidemiology, morphological evaluation and cancer probability]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100035&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Solitary pulmonary nodule corresponds to a common radiographic finding, which is frequently detected incidentally. The investigation of this entity remains complex, since characteristics of benign and malignant processes overlap in the differential diagnosis. Currently, many strategies are available to evaluate solitary pulmonary nodules with the main objective of characterizing benign lesions as best as possible, while avoiding to expose patients to the risks inherent to invasive methods, besides correctly detecting cases of lung cancer so as the potential curative treatment is not delayed. This first part of the study focuses on the epidemiology, the morfological evaluation and the methods to determine the likelihood of cancer in cases of indeterminate solitary pulmonary nodule.<hr/>Resumo O nódulo pulmonar solitário corresponde a um achado radiológico comum, cuja detecção ocorre frequentemente de forma incidental. A investigação desta entidade permanece complexa, uma vez que existem sobreposições entre as características dos processos benignos e malignos no seu diagnóstico diferencial. Atualmente, muitas estratégias estão disponíveis para a avaliação do nódulo pulmonar solitário, sendo que o objetivo principal consiste em caracterizar da melhor forma possível as alterações benignas, não expondo os pacientes aos riscos de métodos invasivos, e detectar corretamente os casos de câncer de pulmão, não retardando potencial tratamento curativo. Esta primeira parte do estudo tem como foco apresentar a epidemiologia, revisar a avaliação morfológica e demonstrar métodos para estimar a probabilidade de câncer em nódulo pulmonar solitário indeterminado. <![CDATA[Hyperechoic breast lesions: anatomopathological correlation and differential sonographic diagnosis]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100043&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Hyperechoic lesions are not a frequent finding at breasts ultrasonography, and most of times are associated with benign pathologies that do not require further evaluation. However, some neoplasms such as invasive breast carcinomas and metastases may present with hyperechogenicity. Thus, the knowledge about differential diagnoses and identification of signs of lesion aggressiveness are of great relevance to avoid unnecessary procedures or underdiagnosis, and to support the correct clinical/surgical approach. On the basis of such concepts, the present essay describes and illustrates the main features of hyperechoic lesions at breast ultrasonography in different cases, with anatomopathological correlation.<hr/>Resumo As lesões hiperecogênicas constituem um achado com baixa prevalência nos exames ultrassonográficos das mamas, em sua maior parte associado a doenças benignas que não necessitam de avaliação adicional. Porém, algumas neoplasias, como o carcinoma invasivo da mama e as metástases, podem apresentar-se desta forma. Assim, o conhecimento dos diagnósticos diferenciais e a identificação dos sinais de agressividade das lesões são de grande relevância, a fim de evitar procedimentos desnecessários ou o subdiagnóstico, e apoiar a conduta clínica/cirúrgica correta. Com base nestes conceitos, este artigo descreve e ilustra os principais aspectos das lesões hiperecogênicas presentes no exame ultrassonográfico das mamas, por meio de diferentes casos, e sua correlação anatomopatológica. <![CDATA[Multidetector computed tomography angiography of the celiac trunk and hepatic arterial system: normal anatomy and main variants]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100049&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract Although digital angiography remains as the gold standard for imaging the celiac arterial trunk and hepatic arteries, multidetector computed tomography in association with digital images processing by software resources represents a useful tool particularly attractive for its non invasiveness. Knowledge of normal anatomy as well as of its variations is helpful in images interpretation and to address surgical planning on a case-by-case basis. The present essay illustrates several types of anatomical variations of celiac trunk, hepatic artery and its main branches, by means of digitally reconstructed computed tomography images, correlating their prevalence in the population with surgical implications.<hr/>Resumo Embora a angiografia digital permaneça como padrão ouro no estudo do tronco celíaco e sistema arterial hepático, o exame por tomografia multidetectores associada às ferramentas informáticas de reconstrução de imagens digitais tem representado uma alternativa útil, principalmente por serem métodos não invasivos. O conhecimento detalhado tanto da anatomia normal quanto das variações anatômicas ajuda na interpretação de exames radiológicos e na adequação do planejamento cirúrgico para cada paciente. Este texto ilustra uma série de variações anatômicas do tronco celíaco e sistema arterial hepático, por meio de imagens tomográficas com reconstruções digitais, correlacionando as prevalências populacionais e implicações cirúrgicas. <![CDATA[Glenohumeral interposition of rotator cuff stumps: a rare complication of traumatic rotator cuff tear]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100053&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Tracheobronchopathia osteochondroplastica: computed tomography, bronchoscopy and histopathological findings]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100056&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Giant pedunculated hemangioma of the liver]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100057&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Posterior reversible encephalopathy syndrome following immunoglobulin therapy in a patient with Miller-Fisher syndrome]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100058&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Pulmonary paracoccidioidomycosis showing reversed halo sign with nodular/coarse contour]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100059&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Bilateral elastofibroma dorsi]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100061&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Endometrial osseous metaplasia: sonographic, radiological and histopathological findings]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100062&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro. <![CDATA[Mesothelioma of the tunica vaginalis in a patient with giant hydrocele]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000100063&lng=en&nrm=iso&tlng=en Abstract The present report describes a case where typical findings of traumatic glenohumeral interposition of rotator cuff stumps were surgically confirmed. This condition is a rare complication of shoulder trauma. Generally, it occurs in high-energy trauma, frequently in association with glenohumeral joint dislocation. Radiography demonstrated increased joint space, internal rotation of the humerus and coracoid process fracture. In addition to the mentioned findings, magnetic resonance imaging showed massive rotator cuff tear with interposition of the supraspinatus, infraspinatus and subscapularis stumps within the glenohumeral joint. Surgical treatment was performed confirming the injury and the rotator cuff stumps interposition. It is important that radiologists and orthopedic surgeons become familiar with this entity which, because of its rarity, might be neglected in cases of shoulder trauma.<hr/>Resumo O objetivo deste trabalho é relatar um caso com os achados de imagem característicos da lesão traumática do manguito rotador com interposição de múltiplos cotos de tendões do manguito rotador entre a glenoide e o úmero, confirmada cirurgicamente. Esta condição é uma rara complicação do trauma do ombro. Em geral ocorre no trauma de alta energia, frequentemente associada com luxação da articulação glenoumeral. No caso em questão não houve documentação de luxação franca da articulação glenoumeral. As radiografias mostraram aumento do espaço articular, rotação interna do úmero e fratura do coracoide. Nas imagens de ressonância magnética, além das alterações observadas nas radiografias, foi identificada ruptura massiva do manguito rotador com interposição dos cotos dos tendões do supraespinal, do infraespinal e do subescapular no interior da articulação glenoumeral. Foi realizado tratamento cirúrgico confirmando a lesão e a interposição dos cotos do manguito. É importante que radiologistas e ortopedistas estejam familiarizados com esta entidade, que, pela sua raridade, pode ser negligenciada no atendimento do trauma do ombro.