Scielo RSS <![CDATA[Radiologia Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-398420150001&lang=pt vol. 48 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Mudanças na <em>Radiologia Brasileira</em> para 2015]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Contribuição da biópsia dirigida por ultrassonografia transretal no diagnóstico do câncer da próstata: olhando para os anos que passaram e para os anos que virão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Qual o seu diagnóstico?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Aspectos de imagem da paracoccidioidomicose osteoarticular na avaliação por tomografia computadorizada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: To evaluate musculoskeletal involvement in paracoccidioidomycosis at computed tomography. Materials and Methods: Development of a retrospective study based on a review of radiologic and pathologic reports in the institution database. Patients with histopathologically confirmed musculoskeletal paracoccidioidomycosis and submitted to computed tomography were included in the present study. The imaging findings were consensually described by two radiologists. In order to avoid bias in the analysis, one patient with uncountable bone lesions was excluded from the study. Results: A total of seven patients were included in the present study. A total of 18 bone lesions were counted. The study group consisted of 7 patients. A total number of 18 bone lesions were counted. Osteoarticular lesions were the first manifestation of the disease in four patients (57.14%). Bone lesions were multiple in 42.85% of patients. Appendicular and axial skeleton were affected in 85.71% and 42.85% of cases, respectively. Bone involvement was characterized by well-demarcated osteolytic lesions. Marginal osteosclerosis was identified in 72.22% of the lesions, while lamellar periosteal reaction and soft tissue component were present in 5.55% of them. One patient showed multiple small lesions with bone sequestra. Conclusion: Paracoccidioidomycosis can be included in the differential diagnosis of either single or multiple osteolytic lesions in young patients even in the absence of a previous diagnosis of pulmonary or visceral paracoccidioidomycosis <hr/> Objetivo: Avaliar o acometimento musculoesquelético da paracoccidioidomicose nas imagens de tomografia computadorizada. Materiais e Métodos: Estudo retrospectivo desenvolvido a partir de revisão de laudos radiológicos e patológicos do banco de dados da instituição. Foram selecionados pacientes com paracoccidioidomicose osteoarticular submetidos a tomografia computadorizada. Todos os casos considerados tiveram confirmação histopatológica da doença. Os achados de imagem foram descritos em consenso por dois radiologistas. Um paciente com incontáveis lesões ósseas foi excluído da contabilização das anormalidades com a finalidade de evitar viés. Resultados: Foram incluídos 7 pacientes no presente estudo. Um total de 18 lesões ósseas foi contabilizado. Em quatro casos (57,14%) a lesão osteoarticular foi a primeira manifestação da doença. As lesões ósseas eram múltiplas em 42,85%. Os esqueletos apendicular e axial foram afetados em 85,71% e 42,85% dos pacientes, respectivamente. O envolvimento ósseo caracterizou-se por lesões osteolíticas bem delimitadas. Identificou-se osteoesclerose marginal em 72,22% das lesões contabilizadas. Reação periosteal lamelar e componente de partes moles estiveram presentes em 5,55% das anormalidades. Um paciente exibiu múltiplas lesões com sequestros ósseos. Conclusão: A paracoccidioidomicose pode ser incluída no diagnóstico diferencial de lesões osteolíticas, únicas ou múltiplas, em pacientes jovens, mesmo sem diagnóstico prévio de paracoccidioidomicose pulmonar ou visceral. <![CDATA[O papel da ecografia transretal no diagnóstico do câncer da próstata: novas contribuições]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: The present study was aimed at evaluating the contribution of transrectal prostate ultrasound in the screening for prostate neoplasias and in the guidance of prostate biopsies. Materials and Methods: Prospective study developed over a one-year period. All the patients with indication for prostate biopsy were evaluated. Regardless of PSA values, the patients underwent ultrasound in order to identify suspicious nodules (confirmed by two observers). Sextant biopsy was subsequently performed. In cases of finding suspicious nodules, an additional puncture directed to such nodules was done. Results: In a total of 155 cases the prevalence of malignancy was of 53%. Suspicious nodules were detected in 34 patients, and 25 where malignant (positive predictive value of 74%). The specificity and sensitivity for suspicious nodules were 88% and 31% respectively. Comparatively with the randomly obtained sextant specimens, the rate of findings of neoplasia was higher in the specimens obtained with puncture directed to the nodule (p = 0.032). No statistically significant difference was observed in the Gleason score for both types of specimens (p = 0.172). Conclusion: The high positive predictive value and the high rate of findings of neoplasia in specimens of suspicious nodules should be taken into consideration in the future. The authors suggest a biopsy technique similar to the one described in the present study (sextant biopsy plus puncture directed to the suspicious nodule). <hr/> Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar o papel da ecografia prostática transretal no rastreamento da neoplasia prostática e na orientação da biópsia prostática. Materiais e Métodos: Estudo prospectivo com a duração de um ano. Foram avaliados todos os doentes com indicação para biópsia. Ignorando o valor de PSA, realizamos ecografia para identificar nódulos suspeitos (confirmados por dois observadores). Efetuamos, depois, biópsia dirigida a todos os sextantes. Nos casos com nódulo suspeito, efetuamos ainda punção adicional dirigida ao nódulo. Resultados: Num total de 155 casos, a prevalência de malignidade foi 53%. Detectamos nódulos suspeitos em 34 pacientes, 25 dos quais malignos (valor preditivo positivo de 74%). A especificidade e a sensibilidade dos nódulos suspeitos foram 88% e 31%, respectivamente. A porcentagem de tumor foi superior nas biópsias dirigidas ao nódulo, comparativamente à amostra com maior representação tumoral obtida aleatoriamente (p = 0,032). Não houve diferença estatisticamente significativa entre o escore de Gleason de ambas as amostras (p = 0,172). Conclusão: O elevado valor preditivo positivo e a elevada representação tumoral nos nódulos considerados suspeitos deverão ser levados em consideração no futuro. Sugerimos uma técnica de biópsia igual à utilizada neste estudo (biópsia sextante mais punção dirigida a nódulo suspeito). <![CDATA[O valor da espessura cortical renal em predizer a função renal em pacientes renais crônicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: To determine the presence of linear relationship between renal cortical thickness, bipolar length, and parenchymal thickness in chronic kidney disease patients presenting with different estimated glomerular filtration rates (GFRs) and to assess the reproducibility of these measurements using ultrasonography. Materials and Methods: Ultrasonography was performed in 54 chronic renal failure patients. The scans were performed by two independent and blinded radiologists. The estimated GFR was calculated using the Cockcroft-Gault equation. Interobserver agreement was calculated and a linear correlation coefficient (r) was determined in order to establish the relationship between the different renal measurements and estimated GFR. Results: The correlation between GFR and measurements of renal cortical thickness, bipolar length, and parenchymal thickness was, respectively, moderate (r = 0.478; p &lt; 0.001), poor (r = 0.380; p = 0.004), and poor (r = 0.277; p = 0.116). The interobserver agreement was considered excellent (0.754) for measurements of cortical thickness and bipolar length (0.833), and satisfactory for parenchymal thickness (0.523). Conclusion: The interobserver reproducibility for renal measurements obtained was good. A moderate correlation was observed between estimated GFR and cortical thickness, but bipolar length and parenchymal thickness were poorly correlated. <hr/> Objetivo: Determinar se existe relação linear entre a espessura do córtex renal, comprimento bipolar e a espessura do parênquima renal em pacientes com insuficiência renal crônica que apresentam diferentes taxas de filtração glomerular (TFGs) e avaliar a reprodutibilidade dessas medidas. Materiais e Métodos: Exames ultrassonográficos foram realizados em 54 pacientes com insuficiência renal crônica, por dois radiologistas, de modo independente e duplo-cego. A estimativa da TFG foi calculada pela equação de Cockcroft-Gault. A concordância interobservador e o coeficiente de correlação linear (r) foram calculados para estabelecer se existe relação entre medidas renais e a TFG. Resultados: A espessura do córtex renal apresentou moderada correlação com a TFG (r = 0,478; p &lt; 0,001). O comprimento bipolar e a espessura do parênquima apresentaram fraca correlação, com valores de r = 0,380 (p = 0,004) e r = 0,277 (p = 0,116), respectivamente. A concordância interobservador foi excelente para a espessura cortical (0,754) e comprimento bipolar (0,833) e satisfatória para a espessura do parênquima (0,523). Conclusão: A reprodutibilidade das medidas obtidas entre os radiologistas foi boa. A relação entre a TFG estimada com a espessura do córtex renal apresentou moderada correlação e o comprimento bipolar e a espessura do parênquima renal apresentaram fraca correlação. <![CDATA[Comparação dos valores de captação medidos nos estudos de <sup>18</sup>F-NaF PET/CT utilizando três intensidades diferentes de corrente do tubo de tomografia computadorizada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: To analyze standardized uptake values (SUVs) using three different tube current intensities for attenuation correction on 18FNaF PET/CT scans. Materials and Methods: A total of 254 18F-NaF PET/CT studies were analyzed using 10, 20 and 30 mAs. The SUVs were calculated in volumes of interest (VOIs) drawn on three skeletal regions, namely, right proximal humeral diaphysis (RH), right proximal femoral diaphysis (RF), and first lumbar vertebra (LV1) in a total of 712 VOIs. The analyses covered 675 regions classified as normal (236 RH, 232 RF, and 207 LV1). Results: Mean SUV for each skeletal region was 3.8, 5.4 and 14.4 for RH, RF, and LV1, respectively. As the studies were grouped according to mAs value, the mean SUV values were 3.8, 3.9 and 3.7 for 10, 20 and 30 mAs, respectively, in the RH region; 5.4, 5.5 and 5.4 for 10, 20 and 30 mAs, respectively, in the RF region; 13.8, 14.9 and 14.5 for 10, 20 and 30 mAs, respectively, in the LV1 region. Conclusion: The three tube current values yielded similar results for SUV calculation. <hr/> Objetivo: Analisar os valores de captação (SUVs) utilizando três diferentes intensidades de mAs para realização de correção de atenuação na 18F-NaF PET/CT. Materiais e Métodos: Um total de 254 exames de 18F-NaF PET/CT foi estudado utilizando 10, 20 e 30 mAs. Os SUVs foram calculados utilizando volumes de interesse (VOIs) desenhados em três regiões do esqueleto: diáfise proximal do úmero direito (UD), diáfise proximal do fêmur direito (FD) e primeira vértebra lombar (VB1), totalizando 712 VOIs. Desse total, 675 regiões classificadas como normal foram analisadas (236, 232 e 207 na UD, FD e VB1, respectivamente). Resultados: A média dos SUVs para cada região óssea foi 3,8, 5,4 e 14,4 para UD, FD e VB1, respectivamente. Quando os exames foram agrupados pelo valor da corrente mAs, a média de valores de captação foi 3,8, 3,9 e 3,7 para 10, 20 e 30 mAs, respectivamente, na UD; 5,4, 5,5 e 5,4 para 10, 20 e 30 mAs, respectivamente, na FD; e 13,8, 14,9 e 14,5 para 10, 20 e 30 mAs, respectivamente, na VB1. Conclusão: As três correntes analizadas apresentaram resultados similares para o cálculo de SUV. <![CDATA[Níveis de radiação ambiental em serviço de tomografia por emissão de pósitrons acoplada a tomografia computadorizada (PET/CT)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: To evaluate the level of ambient radiation in a PET/CT center. Materials and Methods: Previously selected and calibrated TLD-100H thermoluminescent dosimeters were utilized to measure room radiation levels. During 32 days, the detectors were placed in several strategically selected points inside the PET/CT center and in adjacent buildings. After the exposure period the dosimeters were collected and processed to determine the radiation level. Results: In none of the points selected for measurements the values exceeded the radiation dose threshold for controlled area (5 mSv/year) or free area (0.5 mSv/year) as recommended by the Brazilian regulations. Conclusion: In the present study the authors demonstrated that the whole shielding system is appropriate and, consequently, the workers are exposed to doses below the threshold established by Brazilian standards, provided the radiation protection standards are followed. <hr/> Objetivo: Avaliar o nível de radiação no ambiente de um serviço de PET/CT. Materiais e Métodos: Para a determinação dos níveis de radiação no ambiente foram utilizados dosímetros termoluminescentes TLD-100H previamente selecionados e calibrados. Estes detectores foram expostos durante 32 dias em diversos pontos estrategicamente escolhidos nas dependências do serviço e nos prédios adjacentes. Após o período de exposição, os dosímetros foram recolhidos e processados. Resultados: Em nenhum dos pontos avaliados os valores medidos ultrapassaram os limites de restrição de dose para área controlada (5 mSv/ano) ou para área livre (0,5 mSv/ano) recomendados pelas normas brasileiras. Conclusão: Com este trabalho foi possível demonstrar que todas as blindagens do serviço estão adequadas e que, consequentemente, os trabalhadores, desde que seguindo as normas de radioproteção, receberão doses abaixo da dose de restrição indicada no Brasil. <![CDATA[Teste de linearidade em medidor de atividade: utilização do radioisótopo <sup>99m</sup>Tc <em>versus</em> <sup>18</sup>F]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objective: The present study was aimed at evaluating the viability of replacing 18F with 99mTc in dose calibrator linearity testing. Materials and Methods: The test was performed with sources of 99mTc (62 GBq) and 18F (12 GBq) whose activities were measured up to values lower than 1 MBq. Ratios and deviations between experimental and theoretical 99mTc and 18F sources activities were calculated and subsequently compared. Results: Mean deviations between experimental and theoretical 99mTc and 18F sources activities were 0.56 (± 1.79)% and 0.92 (± 1.19)%, respectively. The mean ratio between activities indicated by the device for the 99mTc source as measured with the equipment pre-calibrated to measure 99mTc and 18F was 3.42 (± 0.06), and for the 18F source this ratio was 3.39 (± 0.05), values considered constant over the measurement time. Conclusion: The results of the linearity test using 99mTc were compatible with those obtained with the 18F source, indicating the viability of utilizing both radioisotopes in dose calibrator linearity testing. Such information in association with the high potential of radiation exposure and costs involved in 18F acquisition suggest 99mTc as the element of choice to perform dose calibrator linearity tests in centers that use 18F, without any detriment to the procedure as well as to the quality of the nuclear medicine service. <hr/> Objetivo: Avaliar a viabilidade de substituir o radioisótopo 18F pelo 99mTc no teste de linearidade em medidores de atividade. Materiais e Métodos: O teste foi realizado empregando-se fontes de 99mTc (62 GBq) e 18F (12 GBq), cujas atividades foram mensuradas até valores abaixo de 1 MBq. As razões e desvios entre as atividades experimentais e teóricas foram calculados e comparados. Resultados: Os desvios médios entre as atividades experimentais e teóricas para o 99mTc e 18F foram, respectivamente, 0,56 (± 1,79)% e 0,92 (± 1,19)%. A razão média entre as atividades indicadas pelo equipamento para a fonte de 99mTc quando mensurada no equipamento pré-ajustado para medir o 99mTc e 18F foi 3,42 (± 0,06), e para o 18F este valor foi 3,39 (± 0,05), razões consideradas constantes ao longo de todo o período de medida. Conclusão: Os resultados do teste utilizando o 99mTc são compatíveis com os adquiridos com o 18F, implicando na possibilidade de utilização de ambos os radioisótopos na realização do teste de linearidade. Esta informação, aliada ao elevado potencial de exposição e custos de aquisição do 18F, sugere que o 99mTc seja empregado na realização do teste de linearidade para clínicas que utilizam 18F, sem prejuízo para o procedimento e garantia da qualidade de um serviço de medicina nuclear. <![CDATA[Ressonância magnética do tórax na avaliação dos pacientes oncológicos: estado da arte]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Magnetic resonance imaging (MRI) has several advantages in the evaluation of cancer patients with thoracic lesions, including involvement of the chest wall, pleura, lungs, mediastinum, esophagus and heart. It is a quite useful tool in the diagnosis, staging, surgical planning, treatment response evaluation and follow-up of these patients. In the present review, the authors contextualize the relevance of MRI in the evaluation of thoracic lesions in cancer patients. Considering that MRI is a widely available method with high contrast and spatial resolution and without the risks associated with the use of ionizing radiation, its use combined with new techniques such as cine-MRI and functional methods such as perfusion- and diffusion-weighted imaging may be useful as an alternative tool with performance comparable or complementary to conventional radiological methods such as radiography, computed tomography and PET/CT imaging in the evaluation of patients with thoracic neoplasias.<hr/> A ressonância magnética (RM) possui diversas vantagens na avaliação de pacientes oncológicos portadores de lesões torácicas, sejam elas lesões de parede, pleurais, pulmonares, mediastinais, esofagianas, cardíacas ou linfonodais. É uma ferramenta bastante útil no manejo destes pacientes, seja no diagnóstico, no estadiamento, no planejamento cirúrgico, na avaliação de resposta ou no seguimento. No presente artigo os autores contextualizam a importância da RM na avaliação das lesões torácicas de pacientes oncológicos. Por se tratar de um equipamento disponibilizado universalmente, sem os riscos da irradiação ionizante, com elevada resolução de contraste e espacial, aliada a novas técnicas como a cine-RM, a perfusão e a difusão, a RM pode atuar como uma ferramenta alternativa, economicamente viável, e com performance comparável ou complementar aos métodos radiológicos convencionais como a radiografia simples, a tomografia computadorizada e a PET/CT na avaliação dos pacientes portadores de neoplasias torácicas. <![CDATA[O papel do ácido gadoxético como meio de contraste paramagnético na caracterização e detecção da lesão hepática focal: uma revisão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Recent studies have demonstrated that the use of paramagnetic hepatobiliary contrast agents in the acquisition of magnetic resonance images remarkably improves the detection and differentiation of focal liver lesions, as compared with extracellular contrast agents. Paramagnetic hepatobiliary contrast agents initially show the perfusion of the lesions, as do extracellular agents, but delayed contrast-enhanced images can demonstrate contrast uptake by functional hepatocytes, providing further information for a better characterization of the lesions. Additionally, this intrinsic characteristic increases the accuracy in the detection of hepatocellular carcinomas and metastases, particularly the small-sized ones. Recently, a hepatobiliary contrast agent called gadolinium ethoxybenzyl dimeglumine, that is simply known as gadoxetic acid, was approved by the National Health Surveillance Agency for use in humans. The authors present a literature review and a practical approach of magnetic resonance imaging utilizing gadoxetic acid as contrast agent, based on patients' images acquired during their initial experiment.<hr/>Estudos recentes têm demonstrado que a utilização dos agentes de contraste paramagnéticos hepatobiliares na obtenção das imagens de ressonância magnética hepática melhoram de maneira expressiva a detecção e diferenciação das lesões hepáticas focais, em comparação com a utilização de meios de contraste de ação apenas extracelular. O uso do meio de contraste hepatobiliar permite uma avaliação inicial da perfusão do tumor, da mesma forma que os agentes de contraste extracelulares, além de uma avaliação tardia da captação pelos hepatócitos funcionantes, fornecendo informações adicionais que permitem uma melhor caracterização das lesões. Além disso, a utilização do agente de contraste hepatobiliar pode aumentar a acurácia do método na detecção de metástases e do carcinoma hepatocelular, especialmente os de pequenas dimensões. Recentemente, foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária a utilização e a comercialização de um agente de contraste hepatobiliar, o gadolínio etoxibenzil dimeglumine, conhecido genericamente com ácido gadoxético. Revisamos a literatura atual e apresentamos uma abordagem prática da utilização da ressonância magnética com o ácido gadoxético utilizando exemplos de imagens de pacientes da nossa experiência inicial. <![CDATA[Avaliação do embrião/feto ao longo da gestação por meio da ultrassonografia tridimensional com o <em>software</em> HD live: ensaio iconográfico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Fetal development is studied since the advent of two-dimensional ultrasonography. However, a detailed assessment of structures and surfaces improved with three-dimensional ultrasonography. Currently, it is possible to identify embryonic components and fetal parts with greater detail, at all pregnancy trimesters, using the HD live software, where the images gain realistic features by means of appropriate control of lighting and shadowing effects. In the present study, the authors utilized this resource to follow-up, by means of images, the development of a normal pregnancy along all trimesters.<hr/>O desenvolvimento fetal é estudado desde o advento da ultrassonografia bidimensional. Entretanto, a avaliação pormenorizada de estruturas e superfícies ganhou maior qualidade com a ultrassonografia tridimensional. Atualmente, é possível identificar componentes embrionários e partes do feto com maior riqueza de detalhes, em todos os trimestres da gestação, utilizando o software HD live, no qual a imagem ganha características realísticas mediante controle adequado de luz e sombreamento. Neste estudo utilizamos este recurso, por meio de imagens, para acompanhar a evolução de uma gestação normal em todos os seus trimestres. <![CDATA[Peritonite esclerosante encapsulante: relato de caso]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos. <![CDATA[Tumor neuroectodérmico primitivo periférico de parede torácica em adulto jovem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos. <![CDATA[Melorreostose]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos. <![CDATA[Achados pré e pós-natais de um gêmeo fusionado <em>dicephalus tetrabrachius-dipus</em> apresentando uma hérnia diafragmática]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos. <![CDATA[Hemangioma cavernoso do espaço epidural da coluna vertebral: aspectos de imagem na ressonância magnética]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos. <![CDATA[Pilomatricoma gigante: achados nas sequências convencionais de ressonância magnética e na difusão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842015000100018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Sclerosing encapsulating peritonitis, a rare cause of bowel obstruction, was described as a complication associated with peritoneal dialysis which is much feared because of its severity. The authors report a case where radiological findings in association with clinical symptoms have allowed for a noninvasive diagnosis of sclerosing encapsulating peritonitis, emphasizing the high sensitivity and specificity of computed tomography to demonstrate the characteristic findings of such a condition.<hr/>Peritonite esclerosante encapsulante, causa rara de obstrução intestinal, foi descrita como uma complicação associada à diálise peritoneal, muito temida por sua gravidade. Relata-se um caso em que os achados radiológicos associados aos sintomas clínicos permitiram o diagnóstico não invasivo de peritonite esclerosante encapsulante, destacando-se a alta sensibilidade e especificidade da tomografia computadorizada na demonstração dos achados característicos.