Scielo RSS <![CDATA[Radiologia Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-398420160004&lang=pt vol. 49 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[A importância da tomografia computadorizada do tórax na suspeição do diagnóstico das micobacterioses não tuberculosas (<em>Mycobacterium kansasii</em>)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Variantes anatômicas das artérias renais caracterizadas pela angiotomografia computadorizada: regra ou exceção? Sua utilidade no planejamento cirúrgico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Alterações na tomografia computadorizada do tórax em pacientes com infecção pulmonar por <em>Mycobacterium kansasii</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: To describe the main tomography findings in patients diagnosed with pulmonary infection caused by Mycobacterium kansasii. Materials and Methods: Retrospective study of computed tomography scans of 19 patients with pulmonary infection by M. kansasii. Results: Of the 19 patients evaluated, 10 (52.6%) were male and 9 (47.4%) were female. The mean age of the patients was 58 years (range, 33-76 years). Computed tomography findings were as follows: architectural distortion, in 17 patients (89.5%); reticular opacities and bronchiectasis, in 16 (84.2%); cavities, in 14 (73.7%); centrilobular nodules, in 13 (68.4%); small consolidations, in 10 (52.6%); atelectasis and large consolidations, in 9 (47.4%); subpleural blebs and emphysema, in 6 (31.6%); and adenopathy, in 1 (5.3%). Conclusion: There was a predominance of cavities, as well as of involvement of the small and large airways. The airway disease was characterized by bronchiectasis and bronchiolitis presenting as centrilobular nodules.<hr/>Resumo Objetivo: Descrever os achados tomográficos de pacientes com diagnóstico de infecção pulmonar pelo Mycobacterium kansasii. Materiais e Métodos: Estudo retrospectivo dos exames de tomografia computadorizada do tórax de 19 pacientes com infecção pulmonar pelo M. kansasii. Resultados: Dos 19 pacientes avaliados, 10 (52,6%) eram do sexo masculino e 9 (47,4%) eram do sexo feminino. A média de idade do grupo foi 58 anos, com variação entre 33 e 76 anos. As alterações encontradas nos exames de tomografia computadorizada foram distorção arquitetural em 17 pacientes (89,5%), opacidades reticulares e bronquiectasias em 16 (84,2%), cavidades em 14 (73,7%), nódulos centrolobulares em 13 (68,4%), pequenas consolidações em 10 (52,6%), atelectasias e grandes consolidações em 9 (47,4%), bolhas subpleurais e enfisema em 6 (31,6%) e linfonodomegalias em 1 paciente (5,3%). Conclusão: Houve predomínio de cavidades e do padrão de acometimento de pequenas e grandes vias aéreas. A doença de vias aéreas foi caracterizada por bronquiectasias e bronquiolites que se manifestaram como nódulos centrolobulares. <![CDATA[Alterações na tomografia computadorizada do tórax em pacientes adultos oligossintomáticos com doença falciforme]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: To describe and quantify the main changes seen on computed tomography of the chest in mildly symptomatic adult patients with sickle cell disease, as well as to evaluate the radiologist accuracy in determining the type of hemoglobinopathy. Materials and Methods: A prospective study involving 44 adult patients with sickle cell disease who underwent inspiration and expiration computed tomography of the chest. The frequency of tomography findings and the extent of involvement are reported. We also calculated radiologist accuracy in determining the type of hemoglobinopathy by analyzing the pulmonary alterations and morphology of the spleen. Results: The changes found on computed tomography scans, in descending order of frequency, were as follows: fibrotic opacities (81.8%); mosaic attenuation (56.8%); architectural distortion (31.8%); cardiomegaly (25.0%); lobar volume reduction (18.2%); and increased caliber of peripheral pulmonary arteries (9.1%). For most of the findings, the involvement was considered mild, five or fewer lung segments being affected. The accuracy in determining the type of hemoglobinopathy (HbSS group versus not HbSS group) was 72.7%. Conclusion: In adult patients with sickle cell disease, the main tomography findings reflect fibrotic changes. In addition, computed tomography can be helpful in differentiating among hemoglobinopathies.<hr/>Resumo Objetivo: Descrever e quantificar as principais alterações na tomografia computadorizada do tórax em pacientes adultos oligossintomáticos com doença falciforme e, secundariamente, avaliar o índice de acerto do radiologista quanto ao tipo de hemoglobinopatia. Materiais e Métodos: Estudo prospectivo em que 44 pacientes adultos com doença falciforme foram submetidos a tomografia computadorizada do tórax tanto em inspiração como em expiração. Foram descritos a frequência dos achados tomográficos e os graus de acometimento. Por meio da análise das alterações pulmonares e do padrão morfológico do baço, foi calculado o índice de acerto do radiologista quanto ao tipo de hemoglobinopatia. Resultados: As alterações encontradas nos exames de tomografia computadorizada, em ordem decrescente de frequência, foram: opacidades reticulares (81,8%), padrão de atenuação em mosaico (56,8%), distorção arquitetural (31,8%), cardiomegalia (25%), redução volumétrica lobar (18,2%) e aumento do calibre de ramos periféricos das artérias pulmonares (9,1%). Na maioria dos achados o grau de acometimento foi considerado leve, com até cinco segmentos pulmonares acometidos. O índice de acerto quanto ao tipo de hemoglobinopatia (grupo HbSS versus grupo não HbSS) foi 72,7%. Conclusão: Em pacientes adultos com doença falciforme os principais achados tomográficos refletem alterações fibróticas. Além do mais, a tomografia computadorizada pode ser útil na diferenciação do tipo de hemoglobinopatia. <![CDATA[Avaliação por ressonância magnética do lábio superior da glenoide de aspecto meniscoide: variante da normalidade ou lesão do lábio superior]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: The objective of this study was to determine the incidence of a "meniscoid" superior labrum. Materials and Methods: This was a retrospective analysis of 582 magnetic resonance imaging examinations of shoulders. Of those 582 examinations, 110 were excluded, for a variety of reasons, and the final analysis therefore included 472 cases. Consensus readings were performed by three musculoskeletal radiologists using specific criteria to diagnose meniscoid labra. Results: A meniscoid superior labrum was identified in 48 (10.2%) of the 472 cases evaluated. Arthroscopic proof was available in 21 cases (43.8%). In 10 (47.6%) of those 21 cases, the operative report did not include the mention a superior labral tear, thus suggesting the presence of a meniscoid labrum. In only one of those cases were there specific comments about a mobile superior labrum (i.e., meniscoid labrum). In the remaining 11 (52.4%), surgical correlation demonstrated superior labral tears. Conclusion: A meniscoid superior labrum is not an infrequent finding. Depending upon assumptions and the requirement of surgical proof, the prevalence of a meniscoid superior labrum in this study was between 2.1% (surgically proven) and 4.8% (projected). However, superior labral tears are just as common and are often confused with meniscoid labra.<hr/>Resumo Objetivo: O objetivo deste estudo é determinar a incidência do lábio superior da glenoide com aspecto meniscoide. Materiais e Métodos: Foi feita análise retrospectiva de 582 exames de ressonância magnética do ombro. Foram excluídos 110 casos por motivos diversos, restando 472 casos para avaliação. A leitura foi feita em consenso por três médicos radiologistas musculoesqueléticos. Resultados: Lábio superior meniscoide foi encontrado em 48 casos (10,2%). Resultados de artroscopia estavam disponíveis em 21 casos (43,8%). Em 10 destes casos (47,6%) não havia informação de lesão labral superior, sugerindo a presença de lábio meniscoide. Em apenas um caso havia comentário sobre um lábio superior hipermóvel, indicando um lábio meniscoide. Nos 11 casos restantes (52,4%) a correlação cirúrgica demonstrou lesão do lábio superior. Conclusão: Lábio superior de aspecto meniscoide não é um achado infrequente. Dependendo das hipóteses assumidas e da necessidade de prova cirúrgica, a prevalência de um lábio superior meniscoide varia entre 2,1% (comprovação cirúrgica) e 4,8% (projeção) nesta série. Entretanto, as lesões labrais superiores têm uma prevalência parecida e podem ser confundidas com o aspecto de um lábio meniscoide. <![CDATA[Padrão ultrassonográfico dos linfonodos da cabeça e pescoço em indivíduos jovens e de meia-idade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: To show the morphometric patterns of lymph nodes of the head and neck, evaluating their number, shape, dimensions, hilum, and cortex, through the use of ultrasound examination of the neck. Materials and Methods: We analyzed 400 right and left lymph nodes in a group of 20 healthy young and middle-aged individuals of both genders. Results: In the ultrasound examination, we observed the following lymph nodes: mastoid; parotid (superficial, extraglandular, and intraglandular); submandibular (preglandular, retroglandular, and intracapsular); submental; and cervical (anterior and posterior). Although some individuals had up to seven lymph nodes in the same region, most had only two to three per region. The smallest lymph node diameter observed was 0.4 cm, and the largest was 2.7 cm. Most lymph nodes showed an elongated or oval shape. Most of the lymph node hila were echogenic, although a few were hyperechoic. However, the cortex was clearly hypoechoic in all of the lymph nodes evaluated. Conclusion: Ultrasound examination of healthy individuals allowed the characteristics of the lymph nodes of the head and neck to be observed clearly, which could provide a basis for the analysis of patients with diseases of these lymph nodes.<hr/>Resumo Objetivo: Fornecer padrão morfoquantitativo ultrassonográfico dos linfonodos da cabeça e pescoço, mediante avaliação do seu número, forma, dimensões, hilo e córtex, como base para diagnóstico de alterações nestes parâmetros. Materiais e Métodos: Foram analisados 400 linfonodos dos lados direito e esquerdo de 20 indivíduos, homens e mulheres, jovens e de meia-idade. Resultados: Os linfonodos observados no exame ultrassonográfico foram: mastóideos, parotídeos superficiais, parotídeos extraglandulares, parotídeos intraglandulares, submandibulares pré-glandulares, retroglandulares e intracapsulares, submentuais, cervicais anteriores e posteriores. Quanto ao número de linfonodos, alguns indivíduos apresentaram até sete em uma mesma região, mas a maioria apresentou de dois a três linfonodos por região. O menor diâmetro dos linfonodos foi 0,4 cm e o maior foi 2,7 cm. A maioria dos linfonodos apresentou forma alongada ou ovalada. O hilo dos linfonodos apresentou-se geralmente ecogênico e poucas vezes hiperecogênico. De modo geral, o córtex dos linfonodos mostrou-se muito pouco ecogênico. Conclusão: A ultrassonografia de indivíduos sadios permitiu uma clara observação das características dos linfonodos da região da cabeça e pescoço, que podem ser importantes para análise de pacientes portadores de afecções desses linfonodos. <![CDATA[Estudo comparativo entre ultrassonografia duplex e angiotomografia no acompanhamento pós-operatório da correção endovascular de aneurismas do eixo aortoilíaco]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: To compare duplex ultrasound and computed tomography (CT) angiography in terms of their performance in detecting endoleaks, as well as in determining the diameter of the aneurysm sac, in the postoperative follow-up of endovascular abdominal aortic aneurysm repair. Materials and Methods: This was a prospective study involving 30 patients who had undergone endovascular repair of infrarenal aortoiliac aneurysms. Duplex ultrasound and CT angiography were performed simultaneously by independent radiologists. Measurements of the aneurysm sac diameter were assessed, and the presence or absence of endoleaks was determined. Results: The average diameter of the aneurysm sac, as determined by duplex ultrasound and CT angiography was 6.09 ± 1.95 and 6.27 ± 2.16 cm, respectively. Pearson's correlation coefficient showing a statistically significant correlation (R = 0.88; p &lt; 0.01). Comparing the duplex ultrasound and CT angiography results regarding the detection of endoleaks, we found that the former had a negative predictive value of 92.59% and a specificity of 96.15%. Conclusion: Our results show that there is little variation between the two methods evaluated, and that the choice between the two would have no significant effect on clinical management. Duplex ultrasound could replace CT angiography in the postoperative follow-up of endovascular aneurysm repair of the infrarenal aorta, because it is a low-cost procedure without the potential clinical complications related to the use of iodinated contrast and exposure to radiation.<hr/>Resumo Objetivo: Comparar a ultrassonografia duplex e a angiotomografia computadorizada no diagnóstico dos endoleaks e na medida do diâmetro do saco aneurismático no acompanhamento pós-operatório da correção endovascular do aneurisma de aorta abdominal. Materiais e Métodos: Foram estudados, prospectivamente, 30 doentes submetidos a correção endovascular de aneurismas de aorta infrarrenal e ilíacas. No seguimento pós-operatório foram realizadas ultrassonografia duplex e angiotomografia no mesmo intervalo de tempo, por radiologistas independentes. Foram avaliadas as medidas do saco aneurismático e a presença ou ausência de endoleaks . Resultados: O diâmetro médio do saco aneurismático encontrado foi 6,09 ± 1,95 cm para a ultrassonografia duplex e 6,27 ± 2,16 cm para a angiotomografia, existindo correlação estatisticamente significante, com R = 0,88 e p &lt; 0,01 (Pearson). Considerando a detecção de endoleaks , o valor preditivo negativo da ultrassonografia duplex (comparada à angiotomografia) foi 92,59% e a especificidade foi 96,15%. Conclusão: Os resultados demonstram pequena variação entre os métodos empregados, não comprometendo o manejo clínico. A ultrassonografia duplex poderia substituir a angiotomografia no acompanhamento pós-operatório da correção endovascular do aneurisma de aorta infrarrenal, com baixo custo, evitando potenciais complicações clínicas relacionadas ao uso de contraste iodado e exposição à radiação ionizante. <![CDATA[Estudo da radiação espalhada em fluoroscopia durante procedimentos cirúrgicos no quadril]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Objective: To measure the scattered radiation dose at different positions simulating hip surgery. Materials and Methods: We simulated fluoroscopy-assisted hip surgery in order to study the distribution of scattered radiation in the operating room. To simulate the patient, we used a anthropomorphic whole-body phantom, and we used an X-ray-specific detector to quantify the radiation. Radiographs were obtained with a mobile C-arm X-ray system in continuous scan mode, with the tube at 0º (configuration 1) or 90º (configuration 2). The operating parameters employed (voltage, current, and exposure time) were determined by a statistical analysis based on the observation of orthopedic surgical procedures involving the hip. Results: For all measurements, higher exposures were observed in configuration 2. In the measurements obtained as a function of height, the maximum dose rates observed were 1.167 (± 0.023) µSv/s and 2.278 (± 0.023) µSv/s in configurations 1 and 2, respectively, corresponding to the chest level of health care professionals within the operating room. Proximal to the patient, the maximum values were recorded in the position occupied by the surgeon. Conclusion: We can conclude that, in the scenario under study, health care professionals workers are exposed to low levels of radiation, and that those levels can be reduced through the use of personal protective equipment.<hr/>Resumo Objetivo: Medir a intensidade da dose de radiação espalhada em diferentes posições simulando uma intervenção cirúrgica no quadril. Materiais e Métodos: Simulou-se uma intervenção cirúrgica no quadril com apoio da fluoroscopia para estudar a distribuição da radiação espalhada no bloco operatório. Para simular o paciente foi utilizado um simulador antropomórfico de corpo inteiro e para medir a radiação utilizou-se um detector específico para medir raios X. Realizaram-se incidências com um equipamento de raios X tipo arco em C móvel, em modo de escopia contínua, com a ampola a 0º (configuração 1) e a 90º (configuração 2). Os parâmetros operacionais utilizados (voltagem, corrente, tempo de exposição) foram determinados por meio de um estudo estatístico resultante da observação de cirurgias ortopédicas de quadril. Resultados: Em todas as medições observaram-se exposições mais elevadas na configuração 2. Nas medições em função da altura, observaram-se os valores máximos da taxa de dose de 1,167 (± 0,023) µSv/s e 2,278 (± 0,023) µSv/s nas configurações 1 e 2, respectivamente, correspondendo à altura do tórax dos profissionais. No estudo em torno do paciente os valores máximos registraramse na posição ocupada pelo médico cirurgião. Conclusão: Concluiu-se que a exposição à radiação dos profissionais é baixa, podendo ainda ser reduzida mediante o uso de equipamentos de proteção individual. <![CDATA[Correlações clinicorradiológicas em pacientes com doença trofoblástica gestacional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Gestational trophoblastic disease is an abnormality of pregnancy that encompasses a group of diseases that differ from each other in their propensity for regression, invasion, metastasis, and recurrence. In the past, it was common for patients with molar pregnancy to present with marked symptoms: copious bleeding; theca lutein cysts; uterus larger than appropriate for gestational age; early preeclampsia; hyperemesis gravidarum; and hyperthyroidism. Currently, with early diagnosis made by ultrasound, most patients are diagnosed while the disease is still in the asymptomatic phase. In cases of progression to trophoblastic neoplasia, staging-typically with Doppler flow studies of the pelvis and chest X-ray, although occasionally with computed tomography or magnetic resonance imaging-is critical to the choice of an appropriate antineoplastic therapy regimen. Because it is an unusual and serious disease that affects women of reproductive age, as well as because its appropriate treatment results in high cure rates, it is crucial that radiologists be familiar with gestational trophoblastic disease, in order to facilitate its early diagnosis and to ensure appropriate follow-up imaging.<hr/>Resumo Doença trofoblástica gestacional é anomalia da gravidez que engloba um grupo de doenças derivadas do trofoblasto, diferentes entre si na propensão para regressão, invasão, metástase e recidiva. No passado, era comum a paciente portadora de gravidez molar apresentar sintomas exuberantes: hemorragia copiosa, cistos tecaluteínicos, útero aumentado para a idade gestacional, pré-eclâmpsia precoce, hiperêmese e hipertireoidismo. Atualmente, com o diagnóstico precoce feito pela ultrassonografia, a maioria das pacientes é diagnosticada ainda na fase assintomática. Nos casos em que há progressão para neoplasia trofoblástica gestacional, o estadiamento feito com a dopplerfluxometria pélvica e a radiografia de tórax, eventualmente com a tomografia computadorizada e a ressonância magnética, é fundamental na avaliação da escolha do tratamento antineoplásico. Por ser uma doença incomum e grave, que acomete mulheres no menacme, mas cujo tratamento adequado determina elevadas taxas de cura, é fundamental que os radiologistas estejam familiarizados com essa entidade clínica, a fim de auxiliar no diagnóstico precoce e promover seu correto acompanhamento imaginológico. <![CDATA[Colaterais portossistêmicas adquiridas: aspectos anatômicos e imaginológicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Portosystemic shunts are enlarged vessels that form collateral pathological pathways between the splanchnic circulation and the systemic circulation. Although their causes are multifactorial, portosystemic shunts all have one mechanism in common-increased portal venous pressure, which diverts the blood flow from the gastrointestinal tract to the systemic circulation. Congenital and acquired collateral pathways have both been described in the literature. The aim of this pictorial essay was to discuss the distinct anatomic and imaging features of portosystemic shunts, as well as to provide a robust method of differentiating between acquired portosystemic shunts and similar pathologies, through the use of illustrations and schematic drawings. Imaging of portosystemic shunts provides subclinical markers of increased portal venous pressure. Therefore, radiologists play a crucial role in the identification of portosystemic shunts. Early detection of portosystemic shunts can allow ample time to perform endovascular shunt operations, which can relieve portal hypertension and prevent acute or chronic complications in at-risk patient populations.<hr/>Resumo As vias colaterais ou shunts portossistêmicos são trajetos vasculares calibrosos de comunicação patológica entre a circulação esplâncnica e a sistêmica. Suas causas são multifatoriais, compartilhando um mecanismo de elevação da pressão venosa portal, a qual promove o desvio do fluxo sanguíneo do trato gastrintestinal para a circulação sistêmica. Múltiplas vias de colaterais estão descritas na literatura, sendo congênitas ou adquiridas. Ambas as causas, congênitas e adquiridas, resultam na redistribuição de volume vascular do trato gastrintestinal de veias sistêmicas e um aumento concomitante na pressão venosa portal. Os objetivos deste ensaio são: 1) discutir as características anatômicas e de imagem dos shunts portossistêmicos; 2) fornecer uma revisão robusta (com ilustrações e desenhos esquemáticos) para detectar e reconhecer os shunts portossistêmicos adquiridos. A importância do seu reconhecimento recai sobre o fato que, em alguns casos, eles são os únicos sinais que predizem a presença de hipertensão portal, sendo a avaliação do radiologista de grande valia na escolha de tratamentos endovasculares e na detecção de suas complicações. <![CDATA[Síndromes vasculares abdominais: achados de imagem característicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Abdominal vascular syndromes are rare diseases. Although such syndromes vary widely in terms of symptoms and etiologies, certain imaging findings are characteristic. Depending on their etiology, they can be categorized as congenital-including blue rubber bleb nevus syndrome, Klippel-Trenaunay syndrome, and hereditary hemorrhagic telangiectasia (Rendu-Osler-Weber syndrome)-or compressive-including "nutcracker" syndrome, median arcuate ligament syndrome, Cockett syndrome (also known as May-Thurner syndrome), and superior mesenteric artery syndrome. In this article, we aimed to illustrate imaging findings that are characteristic of these syndromes, through studies conducted at our institution, as well as to perform a brief review of the literature on this topic.<hr/>Resumo As síndromes vasculares abdominais englobam doenças raras, com sintomas e causas diversas, mas com achados de imagem característicos. Dividem-se em dois grupos distintos, a depender de sua origem, que pode ser congênita (síndrome de blue rubber bleb nevus, síndrome de Klippel-Trenaunay e telangiectasia hereditária hemorrágica/Rendu-Osler-Weber) ou compressiva (síndrome do "quebra-nozes", síndrome do ligamento arqueado, síndrome de Cockett ou May-Thurner e síndrome da artéria mesentérica superior). Neste artigo, o nosso objetivo é ilustrar achados de imagens determinantes dessas doenças, por meio de estudos adquiridos em nossa instituição, associando uma breve revisão da literatura. <![CDATA[Arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante originada de divertículo de Kommerell]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Hemichorea-hemiballism: the role of imaging in diagnosing an unusual disorder in patients with nonketotic hyperglycemia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Anterior cerebral artery aneurysm rupture presenting as hemorrhage in the splenium of the corpus callosum]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Esteatonecrose associada ao uso de anticoagulante oral com padrão mamográfico atípico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Má-rotação intestinal associada a obstrução duodenal pela banda de Ladd]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Granuloma alimentar: condição rara simulando tumor gástrico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Degeneração caseosa do anel mitral: aspectos tomográficos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Anomalia do arco aórtico em paciente adulto: um caso de arco aórtico à direita com artéria subclávia esquerda aberrante e divertículo de Kommerell]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta. <![CDATA[Doença de Rosai-Dorfman acometendo fossas nasais e seios paranasais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842016000400020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract We report a case of an uncommon thoracic aorta anomaly-right aortic arch with aberrant left innominate artery arising from Kommerell's diverticulum-that went undiagnosed until adulthood.<hr/>Resumo É apresentado o caso de uma rara anomalia da aorta torácica - arco aórtico à direita associado a artéria inominada esquerda aberrante com origem em divertículo de Kommerell -, com diagnóstico apenas na vida adulta.