Scielo RSS <![CDATA[Radiologia Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-398420110005&lang=en vol. 44 num. 5 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Research activities during medical residency</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500002&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<b>Cancerization</b><b> of lobules</b>: <b>correlation between mammography and histological findings</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500003&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Caracterizar os aspectos mamográficos de cancerização de lóbulos associados a carcinoma ductal in situ (CDIS), por meio de correlação entre achados de imagem e histológicos. MATERIAIS E MÉTODOS: O presente estudo retrospectivo foi baseado em uma revisão de laudos histopatológicos de 135 pacientes submetidas a biópsia de mama. O diagnóstico de cancerização de lóbulos associada a CDIS foi confirmado em 12 das pacientes. Dois casos foram excluídos porque os cortes histopatológicos não estavam disponíveis para correlação da patologia com a mamografia. Todas as imagens mamográficas foram retrospectivamente analisadas às cegas quanto aos resultados histológicos e classificados por dois experientes radiologistas especializados em mama. RESULTADOS: Nove casos (90%) apresentavam microcalcificações redondas agrupadas e um (10%) apresentava calcificações lineares. A distribuição das calcificações foi definida como lobular em todos os casos. A análise histopatológica demonstrou quatro casos de CDIS cribriforme, dois casos de comedocarcinoma, um caso de CDIS sólido, um caso de CDIS cribriforme associado com sólido e um caso de CDIS cribriforme associado com sólido e comedocarcinoma. No caso em que havia calcificações redondas e lineares, o subtipo histológico era de CDIS cribriforme. Com relação ao número de microcalcificações, nove casos apresentavam mais do que 20 e apenas um caso apresentava menos do que 10 microcalcificações. CONCLUSÃO: Na presente coorte, a avaliação mamográfica de pacientes com CDIS apresentando cancerização de lóbulos demonstrou agrupamentos de microcalcificações redondas com distribuição lobular. Embora agrupamentos de calcificações redondas sejam normalmente associados a um processo benigno, a cancerização de lóbulos por CDIS pode produzir um padrão similar, mimetizando, assim, uma condição benigna.<hr/>OBJECTIVE: To characterize the mammographic appearance of cancerization of lobules by ductal carcinoma in situ (DCIS), by correlating imaging and histological findings. MATERIALS AND METHODS: This retrospective study was based on a review of the histopathological reports of 135 patients who underwent breast biopsy. A diagnosis of cancerization of lobules by DCIS was confirmed in 12 patients. Two cases were excluded because the histopathological sections were not available to correlate pathological and mammographic findings. All mammograms were retrospectively reviewed and categorized by two experienced breast radiologists, with no knowledge of the histological findings. RESULTS: Nine cases (90%) presented clusters of round microcalcifications, and one (10%) had round and linear calcifications. The distribution of the calcifications was defined as lobular in all the cases. Histopathological study showed four cases of cribriform DCIS, two cases of comedo DCIS, one case of solid DCIS, one case of cribriform associated with solid DCIS, and one case of cribriform associated with solid and comedo DCIS. In the case showing round and linear calcifications, the histological subtype was cribriform DCIS. With respect to the number of microcalcifications, nine cases presented more than 20, and only one case showed less than 10 microcalcifications. CONCLUSION: In our cohort, the mammographic evaluation of patients with DCIS presenting cancerization of lobules demonstrated clusters of microcalcifications in a lobular distribution. Although clusters of round calcifications are typically associated with a benign process, cancerization of lobules by DCIS may produce a similar pattern, thus mimicking a benign condition. <![CDATA[<b>Impact of <sup>18</sup>F-FDG PET scan on the prevalence of benign thoracic lesions at surgical resection</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500004&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: The main utility of 18-fluorodeoxyglucose positron emission tomography (FDG-PET) lies in the staging of lung cancer. However, it can also be used to differentiate indeterminate pulmonary lesions, but its impact on the resection of benign lesions at surgery is unknown. The aim of this study was to compare the prevalence of benign lesions at thoracotomy carried out for suspected lung cancer, before and after the introduction of PET scanning in a large thoracic surgical centre. MATERIALS AND METHODS: We reviewed our prospectively recorded surgical database for all consecutive patients undergoing thoracotomy for suspected or proven lung cancer and compared the prevalence of benign lesions in 2 consecutive 2-year groups, before (group I) and after (group II) the introduction of FDG-PET scan respectively. RESULTS: Surgical resection was performed on 1233 patients during the study period. The prevalence of benign lesions at surgery in groups I and II was similar (44/626 and 41/607, both 7%), and also in group II between those who underwent FDG-PET scan and the remainder (21/301 and 20/306 respectively, both 7%). In group II, of the 21 patients with benign lesions, who underwent FDG-PET, 19 had a false positive scan (mean standardised uptake value 5.3 [range 2.6-12.7]). Of these, 13 and 4 patients respectively had non-diagnostic bronchoscopy and percutaneous transthoracic lung biopsy pre thoracotomy. There was no difference in the proportion of different benign lesions resected between group I and those with FDG-PET in group II. CONCLUSION: The introduction of FDG-PET scanning has not altered the proportion of patients undergoing thoracotomy for ultimately benign lesions, mainly due to the avidity for the isotope of some non-malignant lesions. Such false positive results need to be considered when patients with unconfirmed lung cancer are contemplated for surgical resection.<hr/>OBJETIVO: A principal utilidade da tomografia por emissão de pósitrons com 18-fluordeoxiglicose (FDG-PET) está no estadiamento do câncer de pulmão. Porém, ela também pode ser utilizada para diferenciar lesões pulmonares indeterminadas, mas seu impacto na ressecção cirúrgica de lesões benignas é desconhecido. O objetivo deste estudo foi comparar a prevalência de lesões benignas em toracotomias feitas por suspeição de câncer de pulmão, antes e após a introdução do FDG-PET, em um centro de referência de cirurgia torácica. MATERIAIS E MÉTODOS: Os autores analisaram, prospectivamente, uma base de dados cirúrgicos de todos os pacientes consecutivos submetidos a toracotomia por câncer de pulmão suspeito ou comprovado e compararam a prevalência de lesões benignas em dois grupos ao longo de dois anos consecutivos, respectivamente antes (grupo I) e depois (grupo II) da introdução da FDG-PET. RESULTADOS: Ressecção cirúrgica foi feita em 1.233 pacientes durante o período do estudo. A prevalência de lesões benignas na cirurgia nos grupos I e II foi similar (44/626 e 41/607, ambas correspondendo a 7%), e também no grupo II, entre aqueles submetidos a FDG-PET e os restantes (21/301 e 20/306 respectivamente, ambos correspondendo a 7%). No grupo II, dos 21 pacientes com lesões benignas submetidos a FDG-PET, 19 tiveram um estudo falso-positivo (valor médio padrão de captação 5.3 [faixa 2.6-12.7]). Desses, respectivamente 13 e 4 pacientes tiveram broncoscopia não diagnóstica e biópsia transtorácica percutânea de pulmão antes da toracotomia. Não houve diferença na proporção de lesões benignas diferentes ressecadas entre o grupo I e aqueles submetidos a FDG-PET no grupo II. CONCLUSÃO:A introdução da FDG-PET não alterou a proporção de pacientes submetidos a toracotomia por lesões benignas, principalmente devido à avidez pelo isótopo de algumas lesões não malignas. Tais resultados falsos-positivos devem ser considerados nos casos em que se contempla a possibilidade de ressecção cirúrgica em pacientes com câncer de pulmão não confirmado. <![CDATA[<b>Graduating 4th year radiology residents' perception of optimal imaging modalities for neoplasm and trauma</b>: <b>a pilot study from four U.S. universities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500005&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJECTIVE: Our purpose was to assess 4th year radiology residents' perception of the optimal imaging modality to investigate neoplasm and trauma. MATERIALS AND METHODS: Twenty-seven 4th year radiology residents from four residency programs were surveyed. They were asked about the best imaging modality to evaluate the brain and spine, lungs, abdomen, and the musculoskeletal system. Imaging modalities available were MRI, CT, ultrasound, PET, and X-ray. All findings were compared to the ACR appropriateness criteria. RESULTS: MRI was chosen as the best imaging modality to evaluate brain, spine, abdominal, and musculoskeletal neoplasm in 96.3%, 100%, 70.4%, and 63% of residents, respectively. CT was chosen by 88.9% to evaluate neoplasm of the lung. Optimal imaging modality to evaluate trauma was CT for brain injuries (100%), spine (92.6%), lung (96.3%), abdomen (92.6%), and major musculoskeletal trauma (74.1%); MRI was chosen for sports injury (96.3%). There was agreement with ACR appropriateness criteria. CONCLUSION: Residents' perception of the best imaging modalities for neoplasm and trauma concurred with the appropriateness criteria by the ACR.<hr/>OBJETIVO: Avaliar a percepção de médicos residentes em radiologia de 4º ano sobre as melhores modalidades de imagem na investigação de neoplasias e trauma. MATERIAIS E MÉTODOS: Vinte e sete médicos residentes de 4º ano de quatro programas de residência em radiologia americanos participaram do estudo. Aos participantes foi perguntado sobre a melhor modalidade de imagem para se avaliar o cérebro e a coluna vertebral, pulmões, abdome e o sistema musculoesquelético. As modalidades de imagem disponíveis foram: RM, TC, ultrassonografia, PET e radiografia simples. Todos os achados foram comparados com os Critérios de Adequação de Exames de Imagem e Radioterapia do ACR. RESULTADOS: A RM foi escolhida como melhor modalidade de imagem para se avaliar neoplasias encefálicas, espinhais, abdominais e musculoesqueléticas por 96,3%, 100%, 70,4% e 63% dos residentes, respectivamente. A TC foi escolhida por 88,9% dos residentes para avaliar neoplasias pulmonares. A modalidade de imagem ótima para se avaliar trauma foi a TC para lesões encefálicas (100%), espinhais (92,6%), pulmonares (96,3%), abdominais (92,6%) e grandes lesões traumáticas musculoesqueléticas (74,1%); a RM foi escolhida para lesões esportivas (96,3%). Observou-se concordância com os critérios de adequação do ACR. CONCLUSÃO: Houve concordância entre a percepção dos residentes sobre as melhores modalidades de imagem para avaliação de neoplasias e trauma e os critérios de adequação do ACR. <![CDATA[<b>Evaluation of morphometric parameters calculated from breast lesion contours at ultrasonography in the distinction among BI-RADS categories</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500006&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar o desempenho de parâmetros morfométricos, calculados a partir do contorno de lesões de mama em ultrassonografias, na quantificação de suas características morfológicas e na distinção das categorias 2, 3, 4 e 5 do sistema de classificação ecográfica BI-RADS. MATERIAIS E MÉTODOS: A casuística é composta por 40 casos com registro ortogonal de pacientes submetidas à cirurgia. A partir das lesões segmentadas, foram calculados cinco parâmetros morfométricos para quantificar o contorno e a forma das lesões: razão de área, razão de superposição, valor residual normalizado, circularidade e razão entre largura e profundidade. A análise discriminante linear foi usada para selecionar os parâmetros mais significativos na distinção das características morfológicas das lesões, usando como figura de mérito a curva ROC. RESULTADOS: A razão de superposição foi capaz de diferenciar estatisticamente as lesões classificadas como BI-RADS 3 daquelas classificadas como BI-RADS 4 (a = 5%; p = 0,015), sendo, também, o parâmetro morfométrico que apresentou melhor desempenho na diferenciação entre lesões malignas e benignas. CONCLUSÃO: Este resultado indica que a análise morfométrica de lesões de mama em ultrassonografias tem potencial para auxiliar na distinção de pacientes que deveriam ser submetidas à biópsia, daquelas que poderiam manter controle por métodos de imagem.<hr/>OBJECTIVE: To assess the performance of morphometric parameters calculated from breast lesion contours at ultrasonography, in the quantification of morphological features and in the distinction among BI-RADS categories 2, 3, 4 and 5. MATERIALS AND METHODS: The present casuistry included 40 cases, with orthogonal imaging of patients submitted to surgery. Based on the lesions segmentation, the following five morphometric parameters were calculated: area ratio, overlap ratio, normalized residual value, circularity and depth-to-width ratio. Linear discriminant analysis was applied to select the best parameters, and ROC curve was utilized as figure of merit. RESULTS: Overlap ratio was able to statistically distinguish breast lesions classified as BI-RADS 3 from others classified as BI-RADS 4 (a = 5%; p = 0.015). Additionally, such parameter presented the best performance in the differentiation between malignant and benign breast lesions. CONCLUSION: These results indicate that morphometric analysis of breast lesions at ultrasonography seems to be helpful in distinguishing patients who should undergo biopsy from those to be followed-up only with imaging methods. <![CDATA[<b>Effect of ionizing radiation on the taste function of patients submitted to head and neck radiotherapy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500007&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Avaliar os efeitos da radiação ionizante sobre o paladar, em pacientes que foram submetidos a radioterapia na região de cabeça e pescoço. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram selecionados 20 pacientes que possuíam diagnóstico de tumor na região de cabeça e pescoço, que iniciaram tratamento no Setor de Radioterapia da Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, MG, Brasil. Para testes do paladar, foram manipuladas quatro soluções (salgada - NaCl; doce - sacarose; azeda - ácido cítrico; amarga - ureia) em três concentrações diferentes (fraca, média e forte), administradas por meio de conta-gotas, três gotas de cada solução de maneira aleatória, respeitando a ordem das concentrações fracas, médias e fortes. Após a aplicação de cada solução, o paciente relatava o sabor que sentia. O procedimento foi realizado semanalmente durante as três primeiras semanas de radioterapia. RESULTADOS: Foi observada diferença estatisticamente significante na perda do paladar dos pacientes em tratamento radioterápico, quando se compararam a 1ª e 4ª semanas de tratamento na solução salgada, nas três concentrações, na solução doce nas concentrações fracas e médias e nas soluções azedas e amargas, apenas quando se testaram as concentrações fracas. CONCLUSÃO: A radiação ionizante altera o paladar de pacientes submetidos a radioterapia de cabeça e pescoço.<hr/>OBJECTIVE: To evaluate the effects of ionizing radiation on the taste function in patients submitted to radiotherapy in the head and neck region. MATERIALS AND METHODS: Twenty patients diagnosed with head and neck tumors and undergoing treatment in the Division of Radiotherapy at Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte, MG, Brazil, were selected. For their taste function testing, four solutions were manipulated with salt (NaCl), sugar (sucrose), citric acid (for acidity), and urea (for bitterness), at three different (low, medium and high) concentrations. Weekly tests were performed during the first three weeks of radiotherapy, with random administration of the solutions (three drops each) respecting the order of their concentration levels (low, medium and high). After the application of each solution, the patient reported which flavor he/she tasted. RESULTS: A statistically significant difference was observed in the loss of taste function as the results in the 1st and 4th weeks of treatment were compared, with salty solution at the three concentration levels, with the sweet solution at low and medium concentrations, and with the sour and bitter solutions, only at low concentration. CONCLUSION: Ionizing radiation alters the taste function of patients submitted to head and neck radiotherapy. <![CDATA[<b>Radiographic processing effluents management status in healthcare centers</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500008&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi identificar a situação do gerenciamento de efluentes radiográficos em serviços de diagnóstico por imagem, em relação ao manuseio, acondicionamento, armazenamento, tratamento e descarte desses efluentes. MATERIAIS E MÉTODOS: Tratou-se de estudo descritivo e exploratório, realizado por meio de entrevistas baseadas em roteiro com perguntas semiestruturadas, realizadas no período de fevereiro a maio de 2009. A investigação foi realizada em 12 serviços de saúde humana e animal de radiodiagnóstico de Ribeirão Preto, SP, Brasil, escolhidos aleatoriamente por sorteio por meio do programa Statistical Package for the Social Sciences, versão 10.0. RESULTADOS: De acordo com os entrevistados, 16,66% dos serviços descartavam revelador usado na rede pública de esgoto, sem tratamento prévio, 8,33% descartavam o fixador e 75% descartavam a água de lavagem de filmes diretamente no esgoto, sem tratamento prévio. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo evidenciam necessidade de maior fiscalização, controle e monitoramento, pela vigilância ambiental e sanitária, para com os efluentes radiográficos, estimulando tratamento antes do descarte, minimizando o impacto à saúde pública e ao ambiente.<hr/>OBJECTIVE: The present study was aimed at identifying the status of radiographic processing effluents management in radiodiagnosis centers in regard to handling, packaging, storage, treatment and disposal. MATERIALS AND METHODS: A descriptive-exploratory study was developed in the period from February to May 2009, with interviews based on a script including semistructured questions conducted in 12 radiodiagnosis centers of Ribeirão Preto, SP, Brazil, randomly selected by means of the Statistical Package for Social Sciences, version 10.0. RESULTS: According to the respondents, untreated image-processing effluents discharge directly into the public sewage system occurs as follows: developer liquid by 16.66% of the healthcare centers; fixer by 8.33%; and film washing water by 75% of the centers. CONCLUSION: The present study results demonstrate the need for a closer surveillance, control and monitoring by the competent agencies, encouraging the pretreatment of such effluents in order to minimize their impact on public health and the environment. <![CDATA[<b>Diffusion in the head and neck</b>: <b>an assessment beyond the anatomy</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500009&lng=en&nrm=iso&tlng=en DWI/ADC is a completely non-invasive technique that has been successfully conducted for many years in brain imaging and is currently being studied for the assessment of other organs, such as the abdomen and pelvis and in particular the head and neck structures. Even though DWI and the ADC measurement are able provide tissue information at the cellular level, most imaging centers have not yet adopted them as part of their routine evaluation of the head and neck. DWI has demonstrated usefulness to discriminate specific histological tumor types, especially to differentiate benign solid lesions from malignant masses, to evaluate lymph nodes, particularly to differentiate benign disease from malignancy, to differentiate postradiation changes from residual tumor and potentially to predict therapy success. Moreover DWI seems to be a safer and more affordable method considering the absence of radiation and to the higher cost of FDG-PET to localize tumors and to differentiate benign from malignant masses. Given all these advantages and strengths, DWI will certainly become part of the routine in the MR imaging of the head and neck.<hr/>DWI é uma técnica totalmente não invasiva que tem sido utilizada com sucesso por muitos anos em imagens do cérebro e recentemente incluída como parte da avaliação de outros sistemas, por exemplo, no abdome e pelve e na cabeça e pescoço. Apesar de a DWI e a medida dos valores de ADC serem capazes de fornecer informações de tipos histológicos específicos de tumores, a maioria dos centros de imagem ainda não os adotaram como parte da rotina na avaliação da cabeça e pescoço. A medida de ADC demonstrou ser útil para discriminar tipos específicos de tumores histológicos, especialmente para diferenciar lesões benignas sólidas de massas malignas, importante na avaliação de linfonodos cervicais, principalmente para diferenciar processos nodais benignos de malignos, para diferenciar as alterações pós-radioterapia de tumor residual e ter uso potencial para predizer sucesso terapêutico. Além disso, DWI/ADC parece ser um método mais seguro e mais acessível, considerando a ausência de radiação ionizante e ao maior custo do FDG-PET na localização de tumores e diferenciar massas benignas de malignas. Com todas essas vantagens e potencialidades, DWI/ADC certamente fará parte da rotina na avaliação por imagem da cabeça e pescoço. <![CDATA[<b>Computed tomography-guided transthoracic needle biopsy of pulmonary nodules</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Biópsia percutânea dirigida por tomografia computadorizada tem sido amplamente utilizada como um procedimento efetivo e seguro para obtenção de diagnóstico histológico em muitas situações clínicas e em diversos órgãos. No pulmão, a biópsia percutânea tornou-se uma das principais escolhas para investigação de nódulos e massas. Sua versatilidade permite o acesso de lesões nas diversas localizações do pulmão, podendo ser utilizada para lesões periféricas e profundas mesmo de pequenas dimensões. Discutiremos as indicações, os aspectos técnicos do procedimento e os índices esperados de sucesso e complicação das biópsias percutâneas de nódulos e massas pulmonares.<hr/>Computed tomography-guided needle biopsy has been widely utilized as an effective and safe diagnostic procedure in many clinical settings. In the lungs, transthoracic needle biopsy has become one of the primary choices to investigate nodules and mass lesions. The procedure versatility allows access to either peripheral or central lesions at almost any site, even in cases of small nodules. In this article, indications, technical aspects of the procedure, expected success and complication rates of computed tomography-guided transthoracic needle biopsy of pulmonary nodules and masses are discussed. <![CDATA[<b>Computed tomography of intra- and extramural ethmoid cells</b>: <b>iconographic essay</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O desenvolvimento dos seios paranasais é um processo intricado que se inicia na vida intrauterina e termina na idade adulta. Dos seios da face, as células etmoidais são provavelmente as estruturas mais complexas e as que estão associadas com o maior número de variantes da normalidade. Variações no padrão de pneumatização das células etmoidais podem ser divididas em intra ou extramurais. Intramurais são aquelas que ao se desenvolverem mantêm contato com o labirinto etmoidal, e extramurais as que se desenvolvem isoladamente. A tomografia computadorizada é a ferramenta mais útil na avaliação de processos inflamatórios dos seios paranasais. De igual modo, ela é importante para o planejamento pré-operatório e controle pós-operatório, pois possibilita grande detalhe anatômico das estruturas normais e detecção precisa de suas variantes. Neste ensaio iconográfico os autores descrevem as principais variantes da normalidade do labirinto etmoidal e suas relações com estruturas adjacentes. Cirurgias endoscópicas para o tratamento de afecções dos seios paranasais têm-se tornado cada vez menos invasivas, o que certamente aumentará a demanda por relatórios de imagem cada vez mais ricos em detalhes desta região.<hr/>The development of the paranasal sinuses is an intricate process that begins in the intrauterine life and terminates in early adulthood. Among the paranasal sinuses, the ethmoid cells or labyrinth are probably the most complex structures, being associated with the highest number of normal variants. Variations in the pattern of pneumatization of the ethmoid cells can be divided into intra- and extramural cells. Intramural cells are those which develop within the ethmoid labyrinth. Extramural cells are those that develop isolatedly. Computed tomography is the most useful tool in the evaluation of inflammatory processes of the paranasal sinuses. Computed tomography also plays a relevant role in the preoperative planning as well as in the postoperative follow-up, since it demonstrates exact anatomical details of normal structures with accuracy in the detection of variants. In the present pictorial essay, the authors describe the most common anatomical variants of the ethmoid labyrinth and their relationship with adjacent structures. Endoscopic sinonasal surgery has become increasingly less invasive, requiring more detailed anatomical imaging of this region. <![CDATA[<b>Imaging findings in acute calcific prevertebral tendinitis</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500012&lng=en&nrm=iso&tlng=en A tendinite calcária aguda pré-vertebral é uma condição benigna e rara que apresenta calcificação das fibras do músculo longo do pescoço com reação inflamatória local, sendo esta uma das formas de apresentação menos frequentes da doença por deposição de hidroxiapatita de cálcio. Manifesta-se com dor cervical aguda e/ou odinofagia, podendo ser erroneamente diagnosticada como abscesso retrofaríngeo, espondilodiscite ou alteração decorrente de trauma. Os achados radiológicos na tendinite calcária pré-vertebral são patognomônicos. O conhecimento de tais achados é muito importante, pois o correto diagnóstico possibilita a resolução precoce dos sintomas e evita intervenções desnecessárias em um paciente que apresenta afecção com boa resposta ao tratamento conservador.<hr/>Acute calcific prevertebral tendinitis is a benign and rare condition that presents calcification of the superior oblique fibers of longus colli muscle with local inflammatory reaction. Such condition is one of the less common presentations of calcium hydroxyapatite deposition disease. Clinical signs are usually acute neck pain and odynophagia, and it may be misdiagnosed as retropharyngeal abscess, spondylodiscitis or traumatic injury. The imaging findings in calcific prevertebral tendinitis are pathognomonic. The knowledge of such findings is extremely important to avoid unnecessary interventions in a patient presenting a condition with a good response to conservative treatment. <![CDATA[<b>Granular cell tumor with orbital involvement in a child</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os autores relatam um raro caso de tumor de células granulares no músculo reto medial de um menino de sete anos de idade. São descritos os achados clínicos, histológicos e radiológicos do caso, bem como uma breve revisão da literatura.<hr/>The authors report a rare case of granular cell tumor in the left medial rectus muscle of a seven-year-old boy. Clinical, pathologic and radiologic findings of the present case are described and a brief literature review is undertaken. <![CDATA[<b>Chilaiditi's</b><b> syndrome</b>: <b>a case report</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os autores apresentam um caso de síndrome de Chilaiditi em uma mulher de 56 anos de idade. Mesmo tratando-se de condição benigna com rara indicação cirúrgica, reveste-se de grande importância pela implicação de urgência operatória que representa o diagnóstico equivocado de pneumoperitônio nesses pacientes. É realizada revisão da literatura, com ênfase na fisiopatologia, propedêutica e tratamento desta entidade.<hr/>The authors report a case of Chilaiditi's syndrome in a 56-year-old woman. Although this is a benign condition with rare surgical indication, it has great importance for implying surgical emergency in cases where such condition is equivocally diagnosed as pneumoperitoneum. A literature review is performed with emphasis on pathophysiology, diagnostic work-up and treatment of this entity. <![CDATA[<b>Gorham's disease of scapula and clavicle</b>: <b>case report and two-year follow-up of a rare disorder</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842011000500015&lng=en&nrm=iso&tlng=en A doença de Gorham é uma rara desordem osteolítica, de etiologia controversa, que pode afetar qualquer osso. O substrato histopatológico é a substituição óssea por uma formação expansiva de natureza vascular agressiva, não neoplásica. Descrevemos os achados radiográficos, tomográficos e de ressonância magnética de um caso desta afecção acometendo a escápula esquerda e, dois anos depois, a clavícula ipsilateral.<hr/>Gorham's disease is a rare osteolytic disorder of still controversial etiology that may affect any bone. The histopathological substrate for such a condition is the replacement of normal bone by aggressive non-neoplastic expansile vascular tissue. The authors describe radiographic, computed tomography and magnetic resonance imaging findings in a case of this entity initially affecting the left scapula and, two years later, the ipsilateral clavicle.