Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Médica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-550220160003&lang=pt vol. 40 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300323&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Educação Permanente em Saúde e Manoel de Barros: uma Aproximação Desformadora]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300324&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Trata-se de uma reflexão que promove diálogo entre pressupostos da Educação Permanente em Saúde (EPS) e proposições desformadoras do poeta Manoel de Barros, com o objetivo de contribuir para a transvisão da formação e do trabalho em saúde. Optou-se por desvelar tal aproximação com base nos versos do poema “As lições de RQ”, que funcionaram como plataforma para os saltos reflexivos. A discussão encontrou respaldo principal em Paulo Freire e Adolfo Sanchez Vázquez, uma vez que caminhou na perspectiva de uma práxis revolucionária, transformadora e libertadora.<hr/>ABSTRACT This work serves as a theoretical construction promoting dialogue between the assumptions grounding permanent education in health (EPS) and the poet Manoel de Barros’ ‘disforming’ propositions, in order to contribute to views on training and working in health. We have decided to unveil such an approach from the verses of the poem “As Lições de RQ” (“The RQ Lessons”) that serve as the basis for reflective advances. The discussion is mainly based on the works of Paulo Freire and Adolfo Sánchez Vázquez, as it shifts toward a revolutionary, transformative and liberating praxis. <![CDATA[Apontamentos sobre o Módulo de Acolhimento e Avaliação do Programa Mais Médicos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300332&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo se originou da experiência de participação em um Módulo de Acolhimento e Avaliação de Médicos Intercambistas do Programa Mais Médicos, no Brasil. Tem como objetivo apresentar e discutir aspectos relativos aos conteúdos e práticas pedagógicas utilizadas em sala de aula, para, em um sentido mais amplo, fomentar as discussões acerca da formação médica brasileira, seja com profissionais brasileiros ou não. Ao final do processo de formação, percebeu-se um descompasso entre as ações pedagógicas realizadas nesse módulo e o que é preconizado pelas políticas públicas brasileiras no campo da formação profissional em saúde.<hr/>ABSTRACT This article is based on the authors’ participation in the organization of the Foreign Doctors’ Welcome and Evaluation Module as part of the Programa Mais Médicos [More Doctors Program] in Brazil. The aim is to present and discuss several aspects of contents and pedagogical practices used in the classroom in order to foster wider debate on Brazilian medical education (whether with Brazilian professionals or not). At the end of the degree process, a discrepancy was noted between the pedagogical initiatives undertaken as part of the module and that which is recommended by Brazilian public policies for professional healthcare training. <![CDATA[Rastreamento do Transtorno de Despersonalização/Desrealização em Estudantes de Medicina de uma Universidade Federal no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300337&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Objetivo Avaliar a prevalência de Transtorno de Despersonalização/Desrealização (DP/DR) em estudantes de Medicina da Universidade Federal de Roraima e correlacionar com dados socioeconômicos e pessoais. Métodos Estudo de corte transversal, quantitativo e descritivo, desenhado para avaliar a prevalência de DP/DR em estudantes de Medicina da Universidade Federal de Roraima (UFRR) em 2014 utilizando-se a Cambridge Depersonalization Scale como instrumento de pesquisa. Resultados A prevalência geral de DP/DR em estudantes de Medicina da UFRR foi de 11,5%. A prevalência foi maior nas séries iniciais (do primeiro ao terceiro ano) (OR = 10,7) em relação às séries finais. Não houve correlação de prevalência de DP/DR com fatores individuais, como idade, sexo ou renda. Conclusão Observamos uma prevalência expressiva de transtorno de DP/DR em acadêmicos de Medicina, que pode afetar negativamente a vida pessoal e profissional, gerando sofrimento significativo. É possível que as séries iniciais apresentem um risco maior de desenvolvimento do transtorno, e os mecanismos de enfrentamento do estresse desenvolvidos pelos estudantes podem exercer papel fundamental na suscetibilidade a este e a outros transtornos psíquicos.<hr/>ABSTRACT Objective To assess the prevalence of depersonalization/derealization disorder (DP/DR) among medical students at the Federal University of Roraima and to correlate this with socio-economic and personal variables. Methods A cross-sectional study that is both quantitative and descriptive and designed to assess the prevalence of DP/DR disorder among UFRR medical students in 2014 using the Cambridge Depersonalization Scale as a research tool. Results The overall prevalence of DP/DR among UFRR medical students was 11.5%, with the prevalence higher among lower grades (1st to 3rd year) (OR = 10.7) compared to the final series. There was no correlation between the prevalence of DP/DR and individual factors such as age, gender or income. Conclusion We observed a high prevalence of DP/DR disorder among medical students, which may adversely affect their personal and professional life, causing significant distress. It is possible that students in lower years are at a greater risk of developing the disorder, and that mechanisms developed by students used to face stress may play a key role in their susceptibility to this and other psychological disorders. <![CDATA[Integração Intercampi no Ensino: Desenvolvendo Competências do Profissionalismo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300344&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Objetivo Analisar o desenvolvimento das competências do profissionalismo em estudantes de diferentes áreas do conhecimento por meio de uma proposta de ensino crítico-reflexiva, que aliou a utilização das metodologias ativas e tecnologias de informação e comunicação. Métodos Estudo de intervenção, prospectivo, comparativo, do tipo antes e depois. Foram aplicados questionários a estudantes universitários de dois campi de uma universidade pública (Fases I e II) para avaliação do desenvolvimento de competências relacionadas ao profissionalismo. Resultados Observou-se uma melhoria dos escores avaliativos nos itens pesquisados, o que leva a inferir que houve eficiência das estratégias de ensino, aprendizagem e avaliação utilizadas. Conclusões O desenvolvimento das competências pesquisadas é importante para outras áreas do conhecimento, uma vez que estas incluem a aprendizagem dos aspectos relacionados a cidadania, ética, comunicação, trabalho em equipe e raciocínio crítico e reflexivo, entendidos como requisitos universais para a formação de qualquer estudante universitário.<hr/>ABSTRACT Objective To analyze the development of skills related to professionalism among students from different fields of knowledge through an innovative teaching proposal combining the use of active methodologies and information and communication technologies. Methods A prospective, comparative, pre- and post- intervention study conducted on college students from two campuses of a state university, applying questionnaires (Phases I and II) to assess the development of skills related to professionalism. Results An improvement was registered in the evaluative scores for the items surveyed, allowing us to make inferences on the effectiveness of teaching strategies, learning and assessment used. Conclusions The development of skills related to professionalism is common to all areas of knowledge, since they include aspects of learning related to citizenship, ethics, human values, communication, teamwork and critical and reflective thinking, among other important dimensions, with these believed to be universal and necessary requirements in the education of any college student. <![CDATA[Avaliação dos Atributos em Atenção Primária à Saúde no Estágio em Saúde da Família]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300355&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar os atributos da APS desenvolvidos durante o estágio de internato em Saúde da Família do curso médico da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Trata-se de um estudo transversalp, em que os dados foram coletados por meio do questionário PCATool-Brasil aplicado aos preceptores médicos das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e discentes que já haviam cursado o estágio em Saúde da Família. As médias dos escores para ambos, preceptores e discentes, foram consideradas boas: o escore essencial foi 6,71 e 6,78; o escore derivado, 7,35 e 7,67; e o escore geral, 6,88 e 6,91, para preceptores e discentes, respectivamente. No entanto, evidenciaram-se fragilidades nos atributos de acesso (5,94 e 5,91), coordenação do cuidado (5,33 e 5,00) e integralidade e serviços complementares disponíveis (6,36 e 5,99). Foi evidenciado que as UBSF de ensino da Ufal apresentam, em sua maioria, escores satisfatórios dos atributos da APS de maneira a contribuir para uma formação adequada às necessidades de saúde da população, e o seu aprimoramento pode fortalecer sua integração ensino-serviço.<hr/>ABSTRACT The aim of this study was to evaluate the attributes of PHC developed during an internship in Family Health. Cross-sectional in nature, data for the study was collected via the PCATool-Brazil questionnaire applied to both medical preceptors in Basic Unit Family Health (UBSF) and students to have attended Family Health training at the Federal University of Alagoas (Ufal). The average scores for both preceptors and students were considered good: essential scores were 6.71 and 6.78, derivative scores were 7.35 and 7.67 and overall scores were 6.88 and 6.91 for the preceptors and the students respectively. Several weaknesses were however highlighted on access attributes (5.94 and 5.91), care coordination (5.33 and 5.00), integrality and complementary services (6.36 and 5.99). This showed that scores for Ufal’s teaching UBSFs are mostly up to the APS standards, therefore helping ensure it provides training adapted to the population’s healthcare needs, although adjustments may be made where necessary in order to strengthen teaching and service integration. <![CDATA[Reflexões sobre o Ensino de Bioética e Cuidados Paliativos nas Escolas Médicas do Estado de Minas Gerais, Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300364&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo analisa a atual situação do ensino de bioética e cuidados paliativos nas escolas médicas do Estado de Minas Gerais, Brasil. O ensino de cuidados paliativos na graduação é importante para se compreender a relação escola-médico-equipe interdisciplinar de assistência à saúde no que diz respeito à terminalidade da vida humana. O estudo exploratório de caso e de natureza qualitativa utilizou três instrumentos operacionais: questionário, entrevista e documento informatizado. Foram estudadas 28 escolas médicas para se verificar como é realizado o ensino de bioética e cuidados paliativos. Foi também aplicado questionário a professores para avaliar o ensino desta temática, além de trabalho de campo, com aplicação de questionário estruturado a um grupo de alunos, em duas destas escolas, para aprofundamento do estudo, em dois momentos distintos da formação dos alunos, o que permitiu uma discussão crítica e transversal da formação acadêmica. Os resultados mostraram que o conhecimento de bioética com ênfase em cuidados paliativos e com a formação de médicos que atendam às necessidades emergentes desta área da saúde não está suficientemente contemplado nas escolas médicas do Estado de Minas Gerais, assim como não se observa uma correlação entre o ensino de bioética e o ensino de cuidados paliativos. Propõe-se uma reflexão e uma ação programática para a formação docente e subsequente inserção curricular específica e de caráter longitudinal do ensino de bioética e cuidados paliativos nos cursos de graduação das escolas médicas de Minas Gerais.<hr/>ABSTRACT This paper reviews the current status of the teaching of bioethics and palliative care in medical schools across the state of Minas Gerais, Brazil. The teaching of palliative care in the state’s medical courses is paramount to students’ understanding of the medicine-physician-interdisciplinary healthcare team’s handling of the terminal nature of human life. A case study of a qualitative nature was employed in order to analyze 28 medical schools registered by the Ministry of Education and Culture, with structured interviews conducted in the aim of identifying how palliative care is taught across the medical courses. Field work was therefore conducted via these structured interviews held with students in two medical schools. Thereafter, students in their final year of the medical course and on hospital-school internships in two medical schools were interviewed. The results show that those responsible for the curricula are unconcerned about knowledge dissemination in bioethics, with their focus instead on palliative care and on the training of physicians to provide support to emergent needs in this field of science. Considering the lack of concern over the teaching of bioethics with a focus on palliative care in the medical schools’ formal curricula, we propose a reflection and programmatic action on the training of teachers in this field of knowledge, as well as the insertion of palliative care teaching into the schools’ degree curricula. <![CDATA[Conflito de Interesses em Eventos de Educação Médica Continuada (EMC): o que Palestrantes e Ouvintes Consideram Importante que Seja Declarado?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300374&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Introdução As companhias farmacêuticas representam a principal fonte de inovações terapêuticas na medicina, daí têm participação importante em eventos de educação médica continuada (EMC). Objetivos Conhecer as concepções de médicos (palestrantes ou ouvintes) acerca do significado dos conflitos de interesses em eventos de EMC e que tipo de relação deveria ser declarado. Metodologia Médicos que atuam numa universidade brasileira responderam a um questionário com perguntas abertas e fechadas. Os dados qualitativos foram analisados de acordo com uma análise de conteúdos, e os quantitativos submetidos a análise estatística apropriada. Resultados Setenta e seis médicos responderam ao questionário; 55,3% consideram o conflito de interesses como uma situação, enquanto 44,7% o consideram um comportamento. Além do financiamento de pesquisa relacionada ao tema da palestra, mais da metade dos participantes apontou outros seis tipos de relacionamento indústria/palestrante cuja declaração é desejável. Cinquenta por cento dos palestrantes e 18% dos ouvintes acreditam estar bem preparados para lidar com as indústrias farmacêuticas. Considerações finais Escolas médicas, Conselho Federal de Medicina e Associação Médica Brasileira deveriam trabalhar para aprimorar a compreensão dos médicos acerca do tema e criar regras claras sobre o que deveria ser declarado.<hr/>ABSTRACT Introduction Pharmaceutical companies are the main source of therapeutic innovations in medicine, thus playing an important role in continuing medical education (CME). Objectives To study physicians’thoughts on conflicts of interests at CME events. Methodology Physiciansworkingat a Brazilian public university responded to a questionnaire featuring open and closed questions, with qualitative data studied according to a content analysis and quantitative data subjected to a proper statistical analysis. Results 76 physicians answered the questionnaire, with 55.3% considering conflicts of interests to constitute‘situations’ and 44.7% seeingthem as a form of‘behavior’. Besides financial support for research related to the presentations, the majority of participants pointed to six other kinds of industry/speaker relationship in which a declaration should be mandatory. Only 50% of speakers and 18% of listeners feel prepared to deal with pharmaceutical companies’ issues. Final considerations Medical schools and medical representative entities should work toward improving physicians’ understanding of this issue and creating objective rules on what must be declared. <![CDATA[Avaliação Discente de um Internato Médico em Atenção Primária à Saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300383&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Em 2012, modificou-se a estrutura do internato médico da Universidade Federal de Santa Catarina, criando-se dois estágios de oito semanas cada de imersão na Atenção Primária à Saúde (no nono e no décimo semestres). O objetivo deste trabalho foi analisar a avaliação desses estágios pelos estudantes. Realizou-se análise quali-quantitativa dos questionários de avaliação discente preenchidos voluntariamente no final de cada período (83,75% do total de 240 acadêmicos foram incluídos). O estágio foi avaliado como ótimo (66,7%) ou bom (27,9%) em 94,5% das respostas, especialmente a preceptoria, considerada ótima (82%) ou boa (16,1%) em 98,1% dos casos. O aprendizado em habilidades clínicas foi avaliado como ótimo ou bom em 93,5% dos questionários, e em comunicação e relação médico-paciente, em 98,5% dos casos. As principais críticas foram falta de auxílio para transporte/alimentação, grandes distâncias dos locais de estágio e problemas de infraestrutura nos serviços, além de algumas divergências sobre as aulas teóricas. Em conclusão, o estágio foi muito bem avaliado pelos estudantes, sendo grande sua contribuição para a formação médica, merecendo, assim, maior atenção e investimento dos cursos de Medicina.<hr/>ABSTRACT The medical internship structure at Santa Catarina Federal University (UFSC) was modified in 2012 by the establishment of two training periods in Primary Healthcare, each with a duration of eight weeks (one in the ninth and the other in the tenth semester). The aim of this study was to analyze UFSC medical students’ evaluations of this internship. A quali-quantitative analysis of the evaluations of the internship was carried out, with the questionnaires voluntarily answered by the students at the end of each period (83.75% of the total 240 students were included). The internship was evaluated as ‘excellent’ (66.7%) or ‘good’ (27.9%) in 94.5% of the answers, especially in terms of the tutors, considered ‘excellent’ in 82% of cases. Learning on clinical abilities was evaluated as ‘excellent’ or ‘good’ in 93.5% of the questionnaires, and on communication and patient-doctor relationships in 98.5% of cases. The main criticisms were the lack of financial aid for transportation and eating, long distances and infrastructure issues, as well as some differences of opinion on classes. In conclusion, it may be said that the internship was very highly regarded by students, demonstrating that it makes an important contribution to medical education, and is therefore deserving of more attention and investment by medical courses. <![CDATA[Avaliação do Ensino de Hansenologia pelos Estudantes de uma Escola Médica, Pública, Brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300393&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Objectives To evaluate teaching on leprosy at a public medical school located in a metropolis in southeastern Brazil with a low leprosy prevalence rate. Results An analysis performed by means of a comparative cross-sectional study on two parallel groups of students (freshmen and interns) demonstrated that most students began the medical course with some knowledge of the signs and symptoms of the disease. The interns were shown to have more theoretical knowledge and more favorable attitudes toward the disease compared to the freshmen. Most of the interns stated that the topic had been addressed during the course but that practical teaching was insufficient. Students who had had the opportunity for practical experience with patients were more confident in their ability to attend to similar cases. Conclusion Although from a statistical point of view the results may seem very favorable, the same cannot be said when assessing the situation from the perspective of education and public health, since a large number of final-year medical students have not been provided with basic information on the disease.<hr/>RESUMO Objetivo Avaliar o ensino sobre hanseníase numa escola médica localizada em metrópole do Sudeste brasileiro com baixo coeficiente de prevalência para hanseníase. Resultados Em análise realizada, utilizando um estudo comparativo entre dois grupos paralelos de estudantes do curso médico (ingressantes e internos), observou-se que a maioria dos estudantes ingressa no curso com conhecimentos sobre sinais e sintomas da doença. Os internos mostraram maior conhecimento teórico, assim como atitudes mais favoráveis em relação à doença, quando comparados aos ingressantes. A maioria dos internos afirmou que o tema foi abordado durante o curso médico, mas que o ensino prático foi insuficiente. Estudantes que tiveram experiência prática mostraram maior confiança em sua habilidade para atender casos semelhantes. Conclusão Embora do ponto de vista estatístico os resultados possam parecer favoráveis, não se pode afirmar o mesmo sob a perspectiva da educação e da saúde pública, uma vez que grande número de estudantes do último ano não possui informações básicas a respeito da doença. <![CDATA[Reações Adversas a Medicamentos e Farmacovigilância: Conhecimentos e Condutas de Profissionais de Saúde de um Hospital da Rede Sentinela]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Introdução As reações adversas a medicamentos são objeto de estudo da farmacovigilância, ciência que utiliza, sobretudo, as notificações espontâneas feitas por profissionais de saúde. Há dificuldade de reconhecimento dos profissionais quanto a sua importância na segurança do paciente. As causas da subnotificação são atribuídas a falta de conhecimentos, percepção e compreensão dos incidentes. Objetivo Identificar o conhecimento e as condutas dos profissionais de saúde de um hospital de ensino em relação às reações adversas a medicamentos e à farmacovigilância e se há associação com o seu perfil profissiográfico. Métodos Estudo transversal, utilizando-se um instrumento validado que aborda questões sobre caracterização da população estudada, conhecimentos e condutas. Resultados Os médicos demonstraram maior conhecimento sobre reações adversas a medicamentos, e os técnicos em enfermagem, menor. No entanto, o entendimento sobre farmacovigilância foi maior entre os farmacêuticos. O tempo de formação e atuação na instituição está associado ao conhecimento sobre as reações adversas a medicamentos Conclusão: Os resultados deste estudo evidenciaram que a formação do profissional influencia seu conhecimento e condutas frente às reações adversas a medicamentos.<hr/>ABSTRACT Introduction Adverse Drug Reactions are studied by the science of pharmacovigilance, which makes particular use of spontaneous reports made by health professionals, although such professionals experience difficulties in recognizing adverse reactions and their importance in patient safety. The causes of underreporting are attributed to a lack of knowledge, awareness and understanding of incidents. Objective Methods: A cross-sectional study was conducted using a validated instrument in order to characterize the population under study, determining its knowledge and behaviors Results: Doctors demonstrated a greater knowledge of adverse drug reactions than nursing technicians; however an understanding of pharmacovigilance was higher among pharmacists. The length of time spent in training and working in an institution were also associated with a knowledge of adverse drug reactions Conclusion The results of this study show that professional training influences knowledge and behaviors on adverse drug reactions. <![CDATA[Avaliação das Práticas de Higienização por Estudantes de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Brasil) durante Atendimento Clínico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300411&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A adesão às normas de higienização é um aspecto importante na prática clínico-hospitalar dos profissionais de saúde. Este estudo avaliou a conduta de 160 estudantes de Medicina do Internato da Faculdade de Medicina da Bahia, da Universidade Federal da Bahia, por meio de um questionário com 22 questões objetivas. Dos 160 questionários incluídos na pesquisa, 76% dos entrevistados autoavaliaram seu conhecimento sobre as normas de higienização como “excelente” e “bom”; contudo, apenas 50% realizam a higienização das mãos antes e após contato com o paciente. Cerca de 55% não concordam com a criação de um novo componente curricular específico para essa temática. As características demográficas da amostra foram diferentes quanto ao sexo em relação a outros estudos, prevalecendo no presente estudo o sexo masculino e faixa etária de 20 a 40 anos. Observam-se resultados divergentes quanto ao conhecimento dos estudantes sobre as normas de higiene e à sua conduta na prática médica. Alguns fatores que levam à não adesão à técnica asséptica pelos estudantes são a abordagem teórica sobre higienização e biossegurança em período diferente do da prática, falta de fiscalização, carência de insumos e materiais, e má conduta de alguns profissionais de saúde.<hr/>ABSTRACT Adherence to hygiene standards is an important aspect of health professionals’ clinical and hospital practice. In this study, we evaluated the behavior of 160 students completing a medical internship at the Faculty of Medicine of Bahia of the Federal University of Bahia, by means of a questionnaire containing 22 objective questions. Of the 160 participants in the survey, 76% assessed their own knowledge of hygiene standards as “excellent” or “good”; however only 50% performed hand hygiene before and after patient contact. Around 55% did not agree with the suggestion of creating a new specific curricular component on the theme. The demographic characteristics of the sample varied in gender in terms of other studies, with a prevalence of male students and an age range of 20-40. We observed divergent results regarding the students’ knowledge of the hygiene standards and their conduct thereof in medical practice. Several factors leading to the students’ failure to undertake aseptic practice are the fact that the theory of Hygiene and Biosafety is taught at a different time to its practice, as well as the lack of supervision, lack of supplies and materials and misconduct on the part of some health professionals. <![CDATA[Tempos de Mudança no Ensino Pré-Graduado de Neuroanatomia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300423&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Undergraduate medical curricula are currently undergoing a process of reform, with such changes including the field of neuroanatomy. In this context, the purpose of our study was to assess the status of undergraduate neuroanatomy studies in Portuguese medical schools to provide a basis for a more informed discussion on the curricular changes. With all seven Portuguese medical schools participating in the study, four of them were shown to incorporate a modern integrated curriculum and the other three a conventional discipline-based curriculum. Our study therefore shows that neuroanatomy is approached differently according to each institutional culture. The great variability in neuroanatomy studies across medical schools emphasizes the need for the creation of a national core curriculum on undergraduate neuroanatomy.<hr/>RESUMO A educação médica pré-graduada está a passar por um processo de reforma, levando a algumas mudanças curriculares, que incluem a neuroanatomia. Neste contexto, o objetivo do nosso estudo foi avaliar o estado da educação pré-graduada neuroanatómica nas escolas médicas portuguesas para fornecer uma base para uma discussão mais informada sobre a revisão curricular. Todas as sete escolas médicas portuguesas participaram do estudo. Quatro delas refletem um currículo integrado moderno, e as outras três um currículo convencional baseado na disciplina. O nosso estudo mostra que a neuroanatomia está sendo abordada de forma diferente de acordo com cada cultura institucional. A grande variabilidade na educação neuroanatómica nas escolas médicas enfatiza a necessidade de criar um currículo nacional para a neuroanatomia pré-graduada. <![CDATA[Burnout e Qualidade de Vida em uma Residência Multiprofissional: um Estudo Longitudinal de Dois Anos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300430&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O processo de formação dos profissionais da saúde constitui um desafio a gestores e educadores devido à complexidade de estimular ao mesmo tempo habilidades profissionais, interpessoais e humanísticas do aluno. Os programas de Residências Multiprofissionais em Saúde (RMS) apresentam caráter de vanguarda em nosso país ao incentivarem práticas multiprofissionais ativas e participativas na atenção em saúde. Neste estudo, investigamos os níveis de estresse e qualidade de vida dos acadêmicos durante os dois anos em que se encontravam em uma RMS. O cenário de prática envolveu assistência de alta complexidade a pacientes críticos. Durante os dois anos, constatamos aumento no nível de estresse dos acadêmicos, intimamente relacionado à queda na qualidade de vida. Diversos fatores físicos e psíquicos estão vinculados aos resultados, que devem gerar discussões nos núcleos docentes estruturantes de cada residência na proposição de medidas acolhedoras aos alunos.<hr/>ABSTRACT The training process for health professionals constitutes a challenge for managers and educators since the procedures for stimulating professional, interpersonal, and human skills stand on a complex basis. Multi-professional Residence Programs (MRP) are somewhat cutting-edge in Brazil, based on the fact that they encourage active and participative multidisciplinary practices in health care. It was in this context that this study investigated student stress and quality of life during the two years spent on an MRP, with the practical scenario involving highly complex assistance administered to critically ill patients. Over the course of the two years, we were able to identify an increase in student stress levels, strongly related to a decrease in their quality of life. Many physical and psychological factors are linked to the results, and should generate debate within the academic structuring cores of each residence on measures which may be taken to better foster student welfare. <![CDATA[Cuidados com a Saúde Autosselecionados pelos Usuários da Atenção Primária]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300437&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este estudo descreve as mudanças em cuidados com a saúde que usuários da atenção primária escolheram adotar após participarem de uma ação de educação em saúde sobre cuidados com a saúde e determinar o grau de comprometimento desses usuários com essas mudanças autoestabelecidas. Foi desenvolvida uma ação de educação em saúde com usuários da atenção primária sobre cuidados com a saúde. Os indivíduos foram avaliados imediatamente após esta ação e dois a três meses depois, por meio de um questionário semiestruturado. Os relatos foram analisados pela análise de conteúdo. Entre os participantes, 31% tiveram como objetivo praticar atividade física, 28% melhorar a alimentação, 22,9% cuidar da saúde mental, 12,6% emagrecer, 10,3% cuidar da saúde em geral, 6,9% consumir menos álcool, 4,6% parar de fumar, e 1,15% cuidar do meio ambiente. Após dois a três meses, 8,62% não se lembraram e não cumpriram as metas autoestabelecidas, 22,41% as cumpriram totalmente, e 68,97%, apesar de se lembrarem, não as cumpriram. Desses, 77,5% apontaram como motivo para o não cumprimento a falta de disciplina, 17,5% a falta de tempo e 5% problemas de saúde.<hr/>ABSTRACT The aim of this study was to describe changes in self-care to be adopted by users of primary healthcare services in Brazil upon participation in a health education initiative, and to determine their involvement with these changes. A health education initiative was therefore developed with users of primary healthcare services in Brazil, with subjects assessed immediately afterwards and then two to three months apart (by means of a semi-structured questionnaire). Analyzed according to content analysis, reports showed that 31% of participants selected physical activity as a means of improving their health, 28% selected improving food habits, 22.9% improving mental care, 12.6% losing weight, 10.3% healthcare in general, 6.9% drinking less alcohol, 4.6% quitting smoking and 1.15% caring for the environment. After two to three months, 8.62% did not remember which they had selected to improve their health while 22.41% performed the selected initiative and 68.97% remembered their selection without going on to take the actions. Among participants, 77.5% claimed not to have been committed to the actions selected, 17.5% reported not having time and 5% said they suffered from health problems. <![CDATA[Uso de Bebidas Alcoólicas entre Acadêmicos da Área de Saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300446&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Esta pesquisa descreve o consumo de bebidas alcoólicas e a presença de fatores associados entre acadêmicos de Odontologia. É um estudo transversal com 172 acadêmicos de Odontologia, cujos dados foram obtidos por meio de questionários com questões referentes às características do consumo de álcool e à existência ou não de fatores associados a este hábito. Os resultados apontam que 58,7% dos entrevistados relataram uso de bebidas alcoólicas, sendo a maioria do sexo masculino. Esquecer problemas e sentir-se bem foram os principais fatores motivacionais relatados. Problemas familiares e a perda de objetos foram as consequências mais observadas. A relação entre sexo e consumo mostrou-se estatisticamente significante. A relação entre sexo e as variáveis relacionadas ao consumo de álcool foi significativa para “uso em eventos sociais”, “fazer amigos” e “sentir-se bem em eventos sociais”.Foi observado consumo elevado e preocupante de bebidas alcoólicas entre os acadêmicos.<hr/>ABSTRACT This study aimed to describe the use of alcohol and the presence of associated factors among dental students. Cross-sectional in nature, the study surveyed 172 dental students, whose data was obtained through questionnaires with questions regarding the characteristics of their alcohol consumption and the presence or absence of factors associated with this habit. The results show that 58.7% of respondents reported using alcohol, with the incidence higher among male students. The main reported motivating factors were forgetting their problems and feeling good, with the most frequently observed consequences family problems and losing belongings. The relationship between gender and consumption was statistically significant. The relationship between sex and the variables related to alcohol consumption was significant for “use in social events”, “making friends” and “feeling good at social events”.The overall findings suggested excessive and worrying levels of alcohol consumption among students. <![CDATA[Fatores Associados à Qualidade de Vida de Docentes da Área da Saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300452&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente estudo teve como objetivo descrever a qualidade de vida e os fatores associados entre os docentes dos cursos de graduação da área da saúde. Trata-se de pesquisa transversal, de abordagem quantitativa. Teve como cenário uma universidade pública, situada em uma cidade de porte médio no Estado de Minas Gerais, Brasil. Os dados foram organizados e analisados no programa estatístico Statistical Package for Social Sciences (SPSS) 18.0. Aplicou-se a estatística descritiva, o T de Student e Anova/post hoc de Bonferroni para investigar associações. Identificou-se qualidade de vida boa nos domínios psicológico, relações sociais e meio ambiente, e regular no domínio físico. Docentes que exercem a carreira há mais de 12 anos, não têm companheiro, não residem com a família, apresentam idade inferior a 43 anos e atuam nos cursos de Biologia e Medicina apresentaram comprometimento da qualidade de vida. Recomendam-se ações efetivas de promoção da saúde, especialmente para os professores com menores escores de qualidade de vida.<hr/>ABSTRACT The present study aimed to describe quality of life and associated factors among teachers of undergraduate healthcare courses, by means of transversal research with a quantitative approach. The study was developed at a public university located in a medium-sized city in the state of Minas Gerais, Brazil. The data was organized and analyzed using statistic program Statistical Package for Social Sciences (SPSS) 18.0. Descriptive statistic, the T Student and Anova/post hoc – Bonferroni were all performed. The study identified good quality of life in the areas of psychology, social relations and environment, while the physical domain was regular. Teachers of under 43 who had been working for over 12 years, without a partner and who lived without their family and taught on the biology and medicine courses, showed a major tendency toward poor quality of life. Effective initiatives are recommended to promote health, especially among teachers with lower scores in quality of life. <![CDATA[Residência em Medicina de Família e Comunidade: Atividades da Preceptoria]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300461&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo aborda a prática da preceptoria nos Programas de Residência em Medicina de Família e Comunidade no município do Rio de Janeiro. Por meio de um estudo sobre a preceptoria nestes programas, com base na percepção do preceptor em relação as suas atividades cotidianas, construiu-se uma pesquisa exploratória e descritiva, utilizando-se a técnica de grupo focal. Ocorreram três grupos focais com 15 preceptores de quatro diferentes programas do município do Rio de Janeiro. Após transcritas as falas, foi realizado o agrupamento temático e a análise de conteúdo, segundo Bardin14. Nos resultados do estudo, observou-se que a agenda de trabalho do preceptor é pouco estruturada, ficando sujeita à presença de várias demandas externas a sua atividade de formação. Assim, nesta agenda foram identificadas atividades educacionais, de gestão, além de atividades referentes à responsabilidade técnica das Clinicas de Família. Na relação com o residente, a supervisão do atendimento clínico individual é destacada como a atividade central da preceptoria, fazendo crer que ocorra certa restrição no olhar sobre o campo ampliado da saúde.<hr/>ABSTRACT This article discusses preceptorships undertaken as part of Residency Programs in Family Practice (RPFP) in Rio de Janeiro. Through the study of preceptors involved in these programs and their views on their agenda, we developed an exploratory and descriptive research project using focus group techniques on three focus groups of 15 preceptors from 4 different RPFP. After transcribing the discussion, we performed thematic grouping and content analysis according to Bardin’s method. The results of the study demonstrated that preceptors’ agendas were unstructured and subject to the presence of several external demands not related to their training activities. The agendas included educational activities and management, as well as activities related to the technical responsibilities of Family Clinics. For residents, the preceptorship on individual clinical care is highlighted as the central activity, making it seem like there are certain restrictions on the view of the general field of primary health care. <![CDATA[Percepção de Discentes de Medicina sobre o Feedback no Ambiente de Aprendizagem]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300470&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O feedback é descrito na literatura como capaz de influenciar poderosamente o aprendizado, mas, na prática, ocorre raramente e/ou de forma ineficaz. O objetivo deste trabalho foi avaliar como estudantes de cursos de Medicina percebem o feedback educacional e identificam as características positivas e negativas, de docentes e discentes, associadas à realização do feedback. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, por meio de grupos focais com alunos do quarto ano ou oitavo período de três faculdades de Medicina. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo, criando-se as seguintes categorias: características do feedback recebido, fatores relacionados à ocorrência do feedback, características do docente para dar o feedback e características do discente para receber o feedback. Observou-se que, independentemente da instituição e do modelo curricular, na percepção dos participantes da amostra, a prática do feedback precisa ser melhorada nos ambientes de ensino e aprendizagem. Deve-se estimular tanto os docentes a dar o feedback, quanto os discentes a buscar recebê-lo, para que seja uma prática regular, contínua e com qualidade.<hr/>ABSTRACT Although feedback is described in literature as capable of powerfully affecting learning, in practice it rarely occurs and/or is ineffective. The aim of this research was to gauge how medical students view educational feedback, and to identify the positive and negative characteristics of both teachers and students involved with the completion of feedback. Qualitative in nature, the study collected data via focus groups of fourth-year or eighth-term students at three medical schools. Thematic analyses revealed four major themes: the characteristics of feedback received, factors related to the occurrence of feedback, characteristics of the teacher to have provided feedback, and characteristics of the student to have received feedback. Regardless of the institution and the curriculum model, this sample suggested that the practice of feedback needs to be improved in the teaching and learning environments. Teachers should be encouraged to provide feedback and students should seek it out, so that it becomes a regular, continuous, and quality practice. <![CDATA[Atendimento à Lei Arouca no Ensino de Farmacologia no Curso de Medicina, UFC, Sobral]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300481&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO De acordo com a Lei Arouca (Lei n° 11.794 – 2008), que estabelece critérios para “a criação e a utilização de animais em atividades de ensino e pesquisa científica, em todo o território nacional”, tem-se que, “sempre que possível, as práticas de ensino deverão ser fotografadas, filmadas ou gravadas, de forma a permitir sua reprodução para ilustração de práticas futuras, evitando-se a repetição desnecessária de procedimentos didáticos com animais”. O objetivo deste estudo foi relatar o desenvolvimento de um software (Pharmasoftware®) como método alternativo de ensino em Farmacologia no curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), Campus Sobral. Para a certificação, foram utilizados dois grupos de alunos, um em aula prática convencional e outro com o Pharmasoftware®. A análise dos resultados revelou que ambas as atividades foram igualmente eficazes em auxiliar na consolidação do tema Vias de Administração dos Fármacos, evidenciando, assim, o Pharmasoftware® como uma ferramenta capaz de auxiliar no ensino da Farmacologia e, ainda, de fomentar a implantação de outros métodos alternativos de ensino de Farmacologia nas Instituições de Ensino Superior.<hr/>ABSTRACT The Brazilian Law on scientific and teaching use of animals, Arouca’s Law (n° 11.794 – 2008), clearly states that animals should not be used if an alternative method is available. The aim of this study was to describe the development of a software (Pharmasoftware®) as an alternative method of teaching in pharmacology at a Medical School (Federal University of Ceara, Campus Sobral). To support the development and validation of the Pharmasoftware® as an alternative method, students were allocated into two groups: one attending a conventional practical class and the other employing Pharmasoftware®. The results showed that two activities were equally effective in improving the students’ knowledge of drug administration. Pharmasoftware® may therefore represent a tool capable of supporting pharmacology teaching and it also fostering the establishment of alternative methods for teaching Pharmacology in the undergraduate courses. <![CDATA[Seminário de Integração como Dispositivo Pedagógico de Inovação Curricular no Ensino da Saúde: a Percepção do Estudante sobre o Paciente]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300487&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Pesquisa exploratória documental de abordagem qualitativa cujo objetivo foi compreender como está se constituindo a formação do estudante de Odontologia em relação ao cuidado em saúde, a partir de uma atividade de ensino interdisciplinar ocorrida no segundo ano da formação do cirurgião-dentista. Foi realizado um levantamento retrospectivo do material produzido pelos estudantes do terceiro semestre do curso de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no Seminário de Integração IV, de 2006 a 2013. O corpus de análise foi formado por relatos de acompanhamento de pacientes e narrativas. Foram analisados 95 relatos de casos de pacientes e 67 narrativas pelo método da análise temática de conteúdo de Bardin. A análise do material resultou em 17 unidades de significação/categorias emergentes. A inclusão das narrativas no Seminário de Integração como estratégia metodológica de ensino na saúde trouxe a qualificação dos relatos e aproximou os estudantes do ser humano a ser cuidado, passando por sua queixa principal, história de vida e subjetividades. Currículos inovadores e integrados na área da saúde devem ser acompanhados permanentemente com base na experiência concreta nesta e em outras instituições de educação superior do País.<hr/>ABSTRACT This documentary exploratory research project with a qualitative approach aimed to understand how dental students are being trained in terms of healthcare, by means of an interdisciplinary teaching activity held in the second year of dental school. A retrospective survey was performed from the material produced by the students during the third semester of the dentistry course at the Federal University of Rio Grande do Sul, by means of the IV Integration Seminar held in 2006-2013. The analysis corpus consisted of reports featuring patient monitoring and narratives. We analyzed 95 patient case reports and 67 narratives using the thematic analysis method on Bardin content. Analysis of the material resulted in 17 meaning units/emerging categories. The inclusion of narratives in the Integration Seminar as a methodological strategy for health education facilitated the qualification of reports and brought students closer to the human beings under care, by means of exposing the students to the patients’ chief complaint, life history and subjective factors. The specific experiences of this study as well as those of other Brazilian educational institutions suggest that innovative and integrated curricula in the healthcare field must be implemented on a permanent basis. <![CDATA[Percepção de Alunos de Medicina com a Dramatização: uma Experiência Pedagógica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300497&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo deste estudo é compreender a percepção dos alunos do segundo ano de Medicina acerca das práticas pedagógicas relacionadas à relação médico-paciente empregadas pela disciplina de Psicologia Médica numa universidade pública em São Paulo nos anos 2013-2015. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, baseada na análise de conteúdo temático-categorial de narrativas obtidas por meio de entrevistas semiestruturadas. Quatro categorias emergiram das narrativas: a percepção dos alunos; as repercussões emocionais; as expectativas dos discentes; e propostas para aprimorar o modelo pedagógico adotado. O role-playing mostrou-se um instrumento de experiência de sensações algumas vezes prazerosas e outras nem tanto, mas que pôde colaborar na preparação dos estudantes para sua futura relação com os pacientes. Os alunos preferiram discutir casos reais e não fictícios, se possível com a participação de médicos formados.<hr/>ABSTRACT The purpose of this study is to understand second-year medical students’ views on pedagogical practices related to the doctor-patient relationship administered under the subject of Medical Psychology at a public university in São Paulo from 2013-2015. A qualitative research project, the study focused on content analysis of narratives obtained from semi-structured interviews. Four categories emerged from the narratives: students’ perceptions; emotional repercussions; students’ expectations; and proposals for improving the pedagogical model adopted. Role-playing proved to serve as an instrument for experiencing emotions that were sometimes pleasant and sometimes unpleasant, but that could help prepare students for their future relationships with patients. Students preferred to discuss real-life instead of fictitious cases with the participation of trained doctors. <![CDATA[Residência de Pediatria nos Cuidados Primários e o Futuro dos Pediatras em Portugal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300506&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Introdução O objetivo do estudo foi conhecer a opinião dos pediatras sobre o estágio de Cuidados de Saúde Primários (CSP) e suas expectativas relativamente aos Cuidados de Saúde Primários Pediátricos em Portugal. Métodos Questionário online dirigido a residentes de Pediatria e pediatras de 22 hospitais portugueses de 1 de julho a 31 de agosto de 2010. Foram analisados dados demográficos e profissionais, e suas expectativas relativamente aos CSP. Resultados Foram enviados 270 e-mails (taxa de resposta de 57%). Quinze (37,5%) supervisionados por pediatras consideraram que a duração ideal do estágio seria de três a seis meses, enquanto 45 (60,8%) supervisionados por médicos de família (MF) consideraram de zero a três meses (p &lt; 0,0001). Os inquiridos supervisionados por pediatras ficaram globalmente satisfeitos/muito satisfeitos em 37 (92,5%) casos versus 51 (68,9%) coordenados por MF (p = 0,005). Setenta e dois (52,2%) consideraram que a vigilância pediátrica nos CSP deve ser assegurada por MF e pediatras consultores. Oitenta e oito (63,8%) inquiridos gostariam de assumir a função de pediatra consultor nos CSP. Conclusões O estágio de CSP é importante na formação dos pediatras, e alguns aspetos devem ser melhorados. É necessário investir na saúde pública integrada nos CSP.<hr/>ABSTRACT Introduction The aim of our study was to identify opinions on training in Primary Care and expectations on the future of Pediatric Primary Care. Methods An online questionnaire was sent to Pediatric trainees and young Pediatricians at 22 Portuguese hospitals over the period of July 1 to August 31, 2010. Results Two-hundred and seventy e-mails were sent, with a response rate of 57%. Fifteen (37.5%) of those supervised by Pediatricians considered the optimal training period to be 3-6 months, while 45 (60.8%) supervised by Family Physicians considered the period to be 0-3 months (p &lt; 0.0001). Respondents supervised by Pediatricians were largely satisfied/very satisfied with a percentage of 92.5%, versus 68.9% supervised by Family Physicians (p = 0.005). Seventy two (52.2%) stated that Pediatric surveillance in Primary Care should be performed both by Family Physicians and Pediatric consultants. Eighty eight (63.8%) respondents would like to assume the future role of Pediatrician in Primary Care. Conclusions Training in primary care is important to pediatricians’ training and some aspects should be improved. Investments must be made into public health integrated with primary care. <![CDATA[Abordagem da Violência contra a Mulher no Ensino Médico: um Relato de Experiência]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300511&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Trata-se de um relato de experiência sobre a incorporação do tema da violência contra a mulher no ensino médico. O objetivo do estudo foi descrever as correntes teóricas explicativas da violência contra a mulher e as formas de intervenção apreendidas pelos estudantes. Foram realizados dez encontros semanais com um grupo de 12 estudantes e desenvolvidas as seguintes atividades: (a) leitura de um caso de uma mulher em situação de violência, busca na literatura científica; (b) visitas a serviços de atenção primária à saúde e ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social; (c) sistematização dos dados teóricos e práticos para construção do planejamento estratégico; (d) apresentação das atividades realizadas aos demais grupos de alunos. Ao final do módulo, destacou-se o aprendizado de quatro aspectos importantes das implicações do tema para a saúde das mulheres: (a) influência dos fenômenos socioculturais e psicossociais no processo saúde-doença; (b) importância da integralidade no atendimento; (c) a estratégia de saúde da família como facilitadora na detecção e acompanhamento dos casos; (d) violência contra a mulher como um problema de saúde pública pertinente na formação médica.<hr/>ABSTRACT The following article is an experience report on the incorporation of the theme of violence against women in the medical curriculum. The objectives of this study were to describe the theoretical framework of the theme of violence against women and to identify the learning activities acquired by students. The module activities were developed throughout 10 weekly meetings with groups of 12 students, and are as follows: (a) read a study case of a woman in a violent situation and perform a literature review; (b) conduct visits to Primary Health Care Services and a Specialized Reference Center for Social Assistance; (c) systematize theoretical and practical data for strategic planning; and (d) present the activities developed to other student groups. At the end of the module, four relevant learning activities were identified in terms of women’s health: (a) the influence of socio-cultural and psychosocial phenomena in the health-disease process; (b) the importance of comprehensive care; (c) the Family Health Strategy as a facilitator in detecting and monitoring cases; and (d) violence against women as a relevant public health problem in the medical curriculum and training. <![CDATA[Discussão Ética sobre o Prontuário Eletrônico do Paciente]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300521&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O prontuário do paciente constitui uma ferramenta fundamental para a prestação do cuidado em saúde, podendo ser definido como um registro padronizado e organizado de toda a informação referente à saúde de um indivíduo, desde o nascimento até a morte. Na década de 1970, impulsionados pelo crescente desenvolvimento da tecnologia, surgem os primeiros sistemas de Prontuários Eletrônicos do Paciente (PEP), sob uma proposta de informatização dos registros em saúde. Por meio de uma criteriosa pesquisa bibliográfica, questões concernentes ao prontuário eletrônico do paciente foram discutidas, especialmente do ponto de vista ético. Os avanços tecnológicos aplicados à área de saúde devem ser implantados de maneira crítica, em que pesem as consequências imprevistas que possam ter quanto à relação médico-paciente, uma vez que o cuidado e o respeito devem ser prioridade, e não os interesses particulares. Por isso, uma análise apenas técnica não abarca elementos que podem ser compreendidos à luz dos conceitos éticos, os quais norteiam escolhas baseadas no interesse comum.<hr/>ABSTRACT Electronic Medical Records serve as a fundamental tool in the healthcare service and may be defined as standardized and organized records featuring all the information on a patient’s medical history since birth. Due to technological developments, the first Electronic Medical Records were created in the 1970s in order to computerize records in the healthcare field. Bibliographical research was carried out in order to discuss aspects of electronic medical records, especially concerning their ethical dimensions. Technological improvements should be considered in a more critical way, since there may be unforeseen consequences related to their use, especially related to the doctor-patient relationship. Despite technology’s importance in improving healthcare services, care and respect should always be of priority and personal interests should be avoided. An analysis that highlights only the technical aspects of Electronic Medical Records is therefore insufficient to answer all the questions that might arise, with ethical concepts perhaps playing a role in answering such questions. <![CDATA[O Novo Currículo e o Fim da Patologia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022016000300528&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO A gradual adoção de novas diretrizes curriculares afetou dramaticamente a atuação do professor de Patologia no curso médico. O resultado prático das mudanças adotadas foi a redução do espaço do ensino da Patologia na graduação e a perda de espaço do professor médico patologista no curso médico. Como consequência, os novos médicos compreendem menos os mecanismos envolvidos nas doenças, e, pelo menos em algumas regiões do mundo, a perda de visibilidade da Patologia como especialidade médica resultou em falta de patologistas dedicados à carreira acadêmica e à prática diagnóstica. Nesta revisão, discutimos o cenário internacional e comentamos como a nova realidade atingiu, na prática, o ensino da Patologia em duas escolas médicas tradicionais do Brasil.<hr/>ABSTRACT The gradual adoption of new directives in medical undergraduate curricula has dramatically changed the role of the pathologist in medical education. The practical consequences of these changes have been a reduction of space dedicated to pathology and the role of the pathology professor in the medical curriculum. As a result, new doctors have less knowledge of the basic mechanisms of diseases and, at least in some parts of the world, a loss of visibility of the specialty has led to a dwindling number of potential new pathology residents and more vacancies in academic and surgical/diagnostic pathology. This review discusses the international scenario and comments on how the new curriculum has affected Pathology Education in two traditional medical schools in Brazil.