Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Educação Médica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-550220140004&lang=pt vol. 38 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Abusos na escola médica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>Aula centrada no aluno versus aula centrada no professor</b>: <b>desafios</b><b> para mudança</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: As diretrizes curriculares nacionais recomendam estratégias de ensino centradas nos estudantes. Este estudo avaliou a aceitação, o comportamento e a aprendizagem dos alunos do quarto ano de Ginecologia em relação a aulas centradas no professor (ACP) e aulas centradas nos alunos (ACA). MÉTODOS: Estudo prospectivo para 110 alunos ao longo do ano. Três professores participaram do estudo, cada um com dois temas (um em cada formato de aula). O interesse e o comportamento dos alunos foram registrados. Os alunos responderam a questionário semiestruturado, a duas perguntas abertas e foram avaliados ao final. RESULTADOS: A frequência dos alunos (76,4 x 53,9% p = 0,002), o número de cochilos (40 x 10 p < 0,001) e a percentagem de acertos na avaliação foram maiores nas ACP (69,9 x 59,3% p = 0,016). A duração da atividade foi maior na ACA (89,5 versus 68,4 minutos (p = 0,014), e o número de interações aluno-professor foi maior nas ACA (500 x 310). Os alunos sugeriram manter ACP (79,7 x 31,4% p < 0,001). CONCLUSÕES: Os estudantes preferiram ACP. Este artigo discute possíveis razões destes achados e estratégias de mudança nas práticas de ensino.<hr/>INTRODUCTION: The national curriculum guidelines recommend teaching strategies focused on students. The aim of this study was to evaluate the acceptance, behavior and learning of fourth-year gynecology students regarding two teaching strategies: teacher-centered classroom (TCC) and student-centered classroom (SCC). METHODS: Prospective study for 110 students throughout the year. Three teachers participated in the study, each with two themes (one in each format). Student interest and behavior were recorded. The students answered a semi-structured questionnaire consisting of two open-ended questions, and subjected to final assessment. RESULTS: Student attendance (76.4 x 53.9% p = 0.002); the number of naps (40 x 10 p < 0.001); and the percentage of correct answers (69.9 x 59.3% p = 0.016) in the assessment were higher in TCC. The duration of the activity (89.5 versus 68.4 minutes (p = 0.014) and the number of student-teacher interactions (500 x 310) were higher in SCC. Students suggested maintaining TCC (79.7 x 31.4% p < 0.001). CONCLUSIONS: Students preferred TCC. This article discusses possible reasons for these findings and strategies for changing teaching practices. <![CDATA[<b>Fatores e motivações associados à escolha da especialidade pediatria</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Para entender a carência de pediatras em certas regiões do País, objetivamos identificar fatores associados à escolha da Pediatria e a intenção de retorno à cidade de origem. Aplicamos um questionário em uma universidade privada do Rio de Janeiro que usualmente tem metade dos estudantes de Medicina oriundos de outros Estados. Analisaram-se associações entre escolha da Pediatria e características sociodemográficas, intenção de retorno à cidade de origem, influência de terceiros e motivações para a carreira médica, classificadas como "indispensabilidade", "ajuda às pessoas", "ser respeitado" e "interesse científico". Dos 244 internos respondentes, 99 (41%) optaram pela Pediatria. Dos 110 naturais de outros Estados, 56% dos que escolheram Pediatria não tinham intenção de retornar à cidade natal, comparados aos 35% na Clínica Médica (OR = 2,41, IC 95% = 1,04 - 5,59). As motivações "indispensabilidade" (r s = - 0,23; p < 0,000) e "respeito" (r s = - 0,21; p = 0,001) foram negativamente correlacionadas à escolha da Pediatria. O cenário alerta para a possível manutenção da má distribuição de pediatras no País e sugerimos medidas de incentivo ao retorno à cidade natal, já que motivações autocentradas movem menos os candidatos à especialidade.<hr/>In order to understand the lack of pediatricians in some regions of Brazil, we aimed to identify factors associated with student doctors&rsquo; choice to specialize in pediatrics and the intention to return to their city of origin. A questionnaire was applied to students of a private university in Rio de Janeiro, around half of whom are usually from other regions of Brazil. Analyses were made of associations between the choice of pediatrics and socio-demographic characteristics, an intention to return to their home town, the influences of third parties and motives for following a medical career, classified as "indispensability", "helping people", "respectability", and "science". Of the 244 interns who answered the questionnaire, 99 (41%) chose pediatrics. Of the 110 students from other states, 56% of those who opted for pediatrics declared no intention to return to their home states, compared to 35% of those choosing Internal Medicine (OR = 2.41, 95% CI = 1.04-5.59). The motives "indispensability" (r s = - 0.23; p < 0,.000) and "respect" (r s = - 0.21; p = 0.001) were negatively correlated to the choice of pediatrics. The scenario alerts to the possible persistence of an uneven distribution of pediatricians in the country and suggests that incentives for returning to their home state may be needed, since self-oriented motives are less important to students who choose pediatrics. <![CDATA[<b>Percepções dos estudantes de medicina da ufop sobre sua qualidade de vida</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Assim como em qualquer comunidade, fatores estressantes estão presentes no dia a dia dos acadêmicos de Medicina, impactando sua qualidade de vida. Como um desdobramento da experiência pedagógica na disciplina Saúde e Sociedade, do curso de Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), um grupo de alunos decidiu investigar o tema, a fim de conhecer a própria percepção sobre o assunto. A partir de um grupo focal e com base em parâmetros adotados pelo Grupo de Qualidade de Vida da OMS, foram analisados fatores que têm determinado a qualidade de vida dos acadêmicos de Medicina. O principal elemento considerado na qualidade de vida do estudante de Medicina da Ufop é uma extensa carga horária curricular, frequentemente associada a uma carga excessiva de atividades extracurriculares, que limitam práticas de esporte, lazer e qualidade de sono. Outro ponto considerável é a precária relação dos alunos com a infraestrutura da cidade. Considera-se o grande desafio que se apresenta à adequação do programa do curso às diretrizes curriculares nacionais sem prejuízo das condições necessárias à saúde física e mental dos graduandos.<hr/>As in any community, stressing factors are present in the day-to-day of medicine students, impacting on their quality of life. As a development of the teaching experience in the discipline "Health and Society", at the medical school of the Universidade Federal de Ouro Preto, a group of students decided to investigate the subject in order to undestand their own perceptions of the issue. A focus group was organised, based on the parameters adopted by the WHO Quality of Life Group, and factors used to determine medical students&rsquo; quality of life were analysed. The main elements considered relevant to the quality of life of UFOP medical students are related to long curricular class hours, often associated to an excessive load of extracurricular activities, which limit the practice of sport, leisure and quality of sleep. Another significant point is the precarious relationship between students and the city&rsquo;s facilities. The great challenge lies in adjusting the course program to national curriculum guidelines without affecting the necessary conditions for the students&rsquo; physical and mental health. <![CDATA[<b>Estruturação do internato de enfermagem na percepção dos internos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A formação do enfermeiro no contexto teórico-prático visa à obtenção de um profissional apto às adversidades apresentadas pelos diferentes cenários da saúde e perfis da população. O estudo objetivou compreender a percepção dos internos de Enfermagem sobre a estruturação prática e teórica do internato de Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Utilizou-se a metodologia qualitativa, com a obtenção de dados através da questão: O que você achou da estruturação do internato na parte prática e teórica? Após análise dos dados, formaram-se quatro categorias: práticas educativas utilizadas nos encontros teóricos; associação da teoria e da prática do internato na visão do aluno; potencialidades e desafios encontrados na área hospitalar; potencialidades e desafios encontrados na saúde coletiva. Concluiu-se que o internato proporcionou satisfação aos internos em sua estruturação prática e teórica, e também identificação com a área pelos alunos. Entre os desafios encontrados está o aprofundamento do ensino da gerência na realização do estágio.<hr/>Nursing training in a theoretical and practical context aims at obtaining a professional able to cope with adversities presented by different health scenarios and population profiles. The study aimed to understand the perception of nursing interns about the practical and theoretical structuring of the State University of Londrina nursing internship. A qualitative methodology was employed to obtain data through the question: What is your opinion of the structuring of the internship in practical and theoretical terms? After the data analysis, four categories were formed: educational practices used in theoretical meetings; linking theoretical and practical aspects of the internship from the student&rsquo;s point of view; possibilities and challenges found in the hospital setting and possibilities and challenges found in public health. It was concluded that the interns have been satisfied as far as the theoretical and practical structuring of the internship is concerned, and the students have been able to identify with the area. The challenges include more extensive teaching of management in carrying out the internship. <![CDATA[<b>Entendendo a necessidade de médicos no interior da Amazônia - Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Um dos dilemas atuais do setor saúde no mundo é a má distribuição de médicos entre áreas rurais e urbanas, e entre capitais e interior. No Brasil, a Região Norte é a que possui a menor quantidade de médicos por habitantes. O objetivo deste estudo foi analisar os indicadores de distribuição de médicos na Região Norte, com especial atenção para as disparidades entre capitais e interior. Trata-se de um estudo ecológico, cujas fontes consultadas foram os bancos de dados ou documentos oficiais do IBGE, CFM e ANS. O principal indicador utilizado foi a relação de médicos por mil habitantes. A Região Norte possui um médico por mil habitantes. O conjunto de capitais possui 2,5, variando de 1,4 em Macapá a 3,4 em Belém. O interior da Amazônia possui 0,4, variando de 0,2 no Amazonas a 1,1 no Tocantins. O acesso a médicos nas capitais chega a ser mais de dez vezes superior no Amazonas e no Pará em relação ao interior. O local que mais necessita de médicos no Brasil é o interior da Amazônia.<hr/>One of the current dilemmas inhealthcare worldwideis the unequal distribution of doctors between rural and urban areas, and capital cities and smaller towns. The north of Brazil is the region with lowest number of doctors per capita. The aim of this study is to analyze the indicators of physician distribution in the north of Brazil, focusing especially on disparities between capital cities and smaller towns. This ecological study draws on official statistics and documents of Brazilian institutions.Themain indicator used was the ratio of doctors per one thousand inhabitants. The nothern region has one doctor per one thousand inhabitants. The number in the set of capital cities was 2.5, ranging from 1.4 in Macapa to 3.4 in Belem. In innerstateregions of the Amazonthe figure was 0.4, ranging from 0.2 in Amazonas to 1.1 in Tocantins. Access to doctors in the capital cities of Amazonas and Paráis more than ten times greater than outside the capitals. This is the region of Brazil that is most in need of doctors. <![CDATA[<b>Ensino baseado em simulação na formação continuada de médicos: análise das percepções de alunos e professores de um Hospital do Rio de Janeiro</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Nos últimos anos, o ensino baseado em simulação (EBS) tem sido cada vez mais utilizado na educação em saúde e especialmente na educação médica. Este estudo teve como objetivo investigar as potencialidades e desafios do EBS no contexto de um curso de formação continuada de médicos: Curso em Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) Avançado. A coleta de dados foi realizada por meio de observação de campo, entrevistas com professores e aplicação de questionários aos alunos do curso. Para análise das percepções dos participantes, adotou-se a análise de conteúdo temática. Os resultados apontaram quatro principais potencialidades e desafios do EBS para a formação médica: articulação entre teoria e prática; o erro como oportunidade de aprendizagem; relação entre mundo virtual e mundo real; fortalecimento do trabalho em equipe. Acredita-se que este trabalho possa contribuir com a discussão acerca da utilização do EBS na educação médica, assim como indicar pontos favoráveis e desafios de sua implementação, revelando a importância de pesquisas que aprofundem as questões pedagógicas envolvidas no percurso de aplicação desta metodologia.<hr/>In recent years simulation-based learning (SBL) has been increasingly used in health care training and especially in medical education. This study aimed to investigate the potential and challenges of SBL in the context of a continuing training course for physicians: Advanced Course in Cardiopulmonary Resuscitation. Data was collected through field observations, interviews with teachers and questionnaires to students on the course. The perceptions of the participants were analyzed through thematic content analysis. The results indicated four main possibilities and challenges for SBL medical training: linking theory and practice; learning through trial and error; the relationship between the virtual world and real world; strengthening teamwork. It is believed that this study can make an important contribution to the discussion about the use of SBL in medical education and indicate favorable aspects and challenges of its implementation, thereby revealing the importance of research into the pedagogical issues involved in applying this methodology. <![CDATA[<b>Atitudes de estudantes de medicina em relação ao suicídio</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Profissionais e estudantes da área da saúde atendem indivíduos deprimidos em situação de crise e que tentam suicídio, e as atitudes em relação a esses pacientes podem ser determinantes na evolução dos casos. OBJETIVO: Verificar as atitudes de estudantes frente ao paciente suicida. MÉTODO: Trata-se de estudo com delineamento transversal realizado com graduandos da Faculdade de Medicina de Barbacena(MG) em 2013. Os estudantes foram divididos em dois grupos: pré-clínico e pós-clínico. O instrumento utilizado neste estudo foi o Questionário de Atitudes em Relação ao Comportamento Suicida. RESULTADOS: A comparação dos escores médios obtidos em cada grupo evidenciou diferença significativa, com maior escore apresentado pelo grupo pós-clínico (p=0,028). Esse achado indica que estudantes de períodos mais avançados exibem atitudes mais positivas em relação ao suicídio que alunos iniciantes no curso de Medicina. CONCLUSÃO: Observou-se que um contato maior com o paciente suicida e maior conhecimento teórico sobre o suicídio e seus fatores determinantes podem ser capazes de modificar de forma favorável as atitudes dos estudantes.<hr/>INTRODUCTION: Both health professionals and students care forpatientsin depression, crisis, orare suicidal, and their attitudes toward such individuals can be a key factor in the outcome of cases. OBJECTIVE: To verify students&rsquo; attitudes towards suicidal patients. Method: A cross-sectional study was developed in 2013 with students from the Barbacena University Medical School, in the state of Minas Gerais. The medical students were evaluated and divided into two groups: pre-clinical and post-clinical. The instrument used in this study was the Questionnaire on Attitudes towards Suicidal Behavior. RESULTS: Acomparison of the mean scores obtained in each group revealed a significant difference, with the higher score found among the post-clinical group (p=0.028). This finding indicates that students in the later periods of their course exhibit more positive attitudes towards suicide when compared to beginner medical students. CONCLUSION: It was noted that more contact with suicidal patients and greater theoretical knowledge about suicide and its determinants helped improve the students&rsquo; attitudes towards this issue. <![CDATA[<b>Exposição e proteção solar dos estudantes de medicina de Curitiba (PR)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Trata-se de estudo observacional de corte transversal que teve como objetivo analisar a exposição e proteção solar de estudantes de Medicina de Curitiba (PR), através de questionário autoaplicado, comparando os resultados entre alunos de ambos os sexos que tiveram ou não intervenção da disciplina de Dermatologia. Análise estatística pelo Teste Exato de Fisher e Qui-Quadrado. Amostra composta de 398 estudantes com perfil sociodemográfico caracterizado principalmente por mulheres (54,9%), brancas, predominando a média de 23,8 anos. A maioria cursou a disciplina de Dermatologia (72,1%) e possui conhecimentos básicos sobre fotoproteção (65,3%). Quanto às práticas de exposição solar, os horários preferidos foram após 16 horas (55%) e entre 10-16 horas (23,3%), com uso diário de protetor solar (36,5%) e fator de proteção 30 ou superior (65,5%). Em relação aos riscos individuais para carcinomas cutâneos, 61,2% se enquadraram nos fototipos II e III de Fitzpatrick. Histórico familiar de câncer de pele ocorreu em 24,6% nos avós e/ou pais. Entre as mulheres que cursaram a disciplina de Dermatologia, verificou-se aplicação diária de fotoprotetor mais vezes ao dia e com fator de proteção solar mais alto.<hr/>This observational cross-sectional study aims to analyze exposure to the sun and solar protection measures among medical students in Curitiba (PR), by means of a self-administered questionnaire, comparing the outcomes among students of both sexes, with or without the benefit of studying Dermatology. Statistical analysis was conducted using Fisher&rsquo;s exact and Chi-square tests. The sample consisted of 398 students, characterized mainly by women (54.9%), a white socio-demographic profile, with a predominant average age of 23.8 years. Most of them studied at the Department of Dermatology (72.1%) and had basic knowledge of sun protection (65.3%). For their reported practices of sun exposure, the preferred times were after 4:00 p.m. (55%) and between 10:00 a.m. and 4:00 p.m. (23.3%), with daily use of sunscreen (36.5%) and one with a protection factor of 30 or more (65.5%). Regarding individual risk to cutaneous carcinomas, 61.2% fell within skin types II and III Fitzpatrick. A family history of skin cancer was reported in 24.6% of cases among grandparents and/or parents. Female Dermatology students reported the twice daily application of sunscreen of higher sun protection factor. <![CDATA[<b>ProCura - a arte da vida: um projeto pela humanização na saúde</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As modificações da medicina tornaram o conhecimento biomédico soberano, gerando a perda da relação médico-paciente, o que fomentou o movimento pela humanização. Na Universidade Federal do Paraná (UFPR), formou-se o projeto de extensão "ProCura - a arte da vida", a fim de implementar a humanização entre os alunos e em suas relações profissionais. Seus objetivos se baseiam nos pilares: relação estudante-paciente, relação estudante-estudante e formação teórico-reflexiva, e se subdividem nos grupos Cineclube, Clown e Contação de Histórias. De 2010 a 2012, 79 alunos participaram e atenderam 905 pacientes, 505 acompanhantes e 107 funcionários. Apesar de limitações de alcance no que concerne a atingir todos os alunos do Setor de Ciências da Saúde, o projeto pretende fomentar a discussão entre grupos e que seus ideais e atividades se espalhem e permeiem o meio acadêmico.<hr/>Changes in medicine have promoted biomedical knowledge to a position of sovereignty. Coupled with the decline of the physician-patient relationship, this has brought about the the humanization movement. At the Federal University of Paraná (UFPR), a community outreach project entitled "ProCura - the art of living" has been created to implement humanization among students and in their professional relationships. Its objectives are based on three pillars: student-patient relationship, student-student relationship and theoretical-reflexive training, subdivided into groups named Cineclube, Clown and Contação de Histórias. Between 2010 and 2012, 79 students participated in the project, attending to 905 to patients, 505 companions and 107 employees. Despite its limited scope as regards reaching all Department of Health Sciences students, the Project aims to promote discussion between groups and disseminate their ideals and activities throughout academic circles. <![CDATA[<b>Três casos de inovação curricular no panorama recente (1964-1988) da Educação Médica Brasileira: subsídios de um retrospecto baseado na revisão de documentos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No intervalo de uma década (1966-1975), três escolas médicas - nas universidades de Brasília (UnB), São Paulo (USP) e Minas Gerais (UFMG) - estabeleceram novos currí-culos a fim de preparar médicos com potencial ampliado no trato de necessidades de saúde no cenário comunitário. As três escolas diferiam entre si no contexto geopolítico, na totalidade de recursos e na experiência de vida. Embora suas propostas tivessem traços em comum, cada qual definiu de forma peculiar os elementos da organização programática, dos enfoques estratégicos e da gestão do processo curricular, os quais se expressaram diferentemente na característica global de orientação comunitária, bem como no impacto de seus efeitos na formação dos médicos e no sistema de saúde. Este relato reúne informações documentais referenciadas e algumas ilações sobre os elementos básicos da inovação curricular e seus efeitos, nos três casos.<hr/>Along a decade (1966-1975), three medical schools - belonging to the University of Brasilia (UnB), University of São Paulo (USP) and University of Minas Gerais (UFMG) - established new curricula, aiming at the education of physicians with a broader capacity to deal with the health needs of the community. The three schools differed between them in their amount of resources, life experience and geopolitical factors. Although their proposals shared common features, each one peculiarly developed the elements of the program organization, the strategical approaches and the management of the curricular processes - which displayed differently in the key component of community orientation, as well as on the consequences of their outcomes on the physician education and the health system. This report brings the available documental information together and makes inferences about the basic features of the curricular innovation and its effects, in the three cases. <![CDATA[<b>Software interativo: ecocardiografia na avaliaçao da hipertensao arterial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A hipertensao arterial é uma doença muito prevalente, evoluindo com lesoes em órgaos-alvo, alta morbidade e mortalidade. A avaliaçao das repercussoes cardíacas pela ecocardiografia tem papel importante na conduçao clínica dos indivíduos hipertensos, e suas imagens podem ser utilizadas como ferramenta para o ensino. OBJETIVOS: Desenvolver e avaliar um software, construído com base em imagens ecocardiográficas, abordando de forma ilustrativa e interativa a estrutura e funçao cardíacas normais,bem como as alteraçoes induzidas pela hipertensao arterial. MÉTODOS: Foram selecionadas imagens ecocardiográficas de indivíduos normais e com comprometimento cardíaco determinado pela hipertensao (hipertrofia ventricular esquerda, miocardiopatia dilatada e infarto do miocárdio). Com estas imagens foi construído um software no programa multimídia Flash, que foi avaliado por estudantes de Medicina (n=38) e Enfermagem (n=18), também submetidos a pré- e pós-teste. RESULTADOS: Os alunos consideraram o software útil, atraente e adequado as atuais metodologias educacionais proativas,promovendo ganho de conhecimento na compreensao do comprometimento cardíaco na hipertensao arterial. Conclusao: O software foi bem avaliado e considerado útil na aquisiçao de conhecimento numa área específica mais prevalente do comprometimento da saúde do adulto.<hr/>Hypertension is a very prevalent disease that causes lesions in target organs, high morbidity and mortality. Assessing the cardiac effects of hypertension through echocardiogram plays an important role in the clinical management of the condition and these images can be used for teaching. Objectives: To develop and evaluate a software, built from echocardiographic images, addressing illustratively and interactively normal cardiac structure and function as well as lesions induced by hypertension. Methods: Echocardiographic images from normal subjects and patients with cardiac involvement induced by hypertension (left ventricular hypertrophy, dilated cardiomyopathy and myocardial infarction) were selected. With these images a software was built in Flash multimedia that was evaluated by student doctors (n=38) and student nurses (n=18), who also underwent pre- and post-testing. Results: The students considered the software useful, attractive and appropriate to current proactive educational methodologies, promoting knowledge acquisition in the understanding of cardiac involvement in hypertension. Conclusion: The software was evaluated positively and considered useful for gaining knowledge in a specific but prevalent area of adult health impairment. <![CDATA[<b>Interesse de estudantes de medicina na produção científica em saúde pública</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Poucas pesquisas abordam o ensino de Saúde Pública nos cursos de graduação.O objetivo deste trabalho foi investigar o interesse dos estudantes de Medicina nesta área. MÉTODOS: Foram feitos inquéritos, em semestres consecutivos, com alunos de Medicina, com aplicação de questionário estruturado. Entre os inquéritos foi feita a divulgação de uma página na internet com resumos comentados de artigos publicados em revistas de Saúde Pública. RESULTADOS: Dos entrevistados, 59,8% no primeiro inquérito e 46,5% no segundo relataram maior interesse em Saúde Pública. Estes fazem mais leitura de periódicos da área (47,5% x 25,4%; p<0,001), geralmente com frequência mensal. O meio de comunicação preferido para buscar informações sobre o tema foi a internet. Não houve aumento no interesse dos alunos após a divulgação da página na internet, que foi pouco acessada. CONCLUSÕES: Cerca de metadedos estudantes relataram maior interesse em Saúde Pública, e uma proporção menor tem o hábito da leitura de artigos com essa temática. A internet pode ser um canal interessante de divulgação de pesquisas sobre Saúde Pública,mas necessita de uma intervenção mais estruturada para alcançar um público maior.<hr/>INTRODUCTION: Few studies address public health teaching in undergraduate courses. The aim of this study was to investigate the interest of medical students in this area. METHODS: Surveys were made in consecutive semesters among medical students with a structured questionnaire. The investigations included the promotion of a website with commented summaries of articles published in public health journals. RESULTS: Of the respondents, 59.8% in the first survey and 46.5% in the second reported a greater interest in Public Health. These students do more reading of journals in the field (47.5% vs. 25.4%; p<0,001), usually on amonthly basis. It was found that the favorite way to seek information on the subject was via the internet.Student interest did not increase after promotion of the website, whichwas scarcely accessed. CONCLUSIONS: About half of the students reported a greater interest in Public Health and a smaller proportion have the habit of reading articles on this topic. The internet can be a channel of communication for public health information, but a more structured intervention is required to reach a broader audience. <![CDATA[<b>O internato médico no novo currículo de uma universidade pública: a apreciação do estudante</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVOS: Avaliar a satisfação dos estudantes do internato do curso de graduação em Medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) sobre seu último rodízio. MÉTODOS: Estudo transversal e observacional realizado no curso de Medicina da UFPB, envolvendo estudantes do novo currículo. Foi aplicado um questionário elaborado pelos autores e pré-testado. RESULTADOS: Foram incluídos 124 estudantes (91,2% dos internos). A média dos percentuais de estudantes satisfeitos foi de 49,6%, correlacionando-se inversamente com o número de rodízios cursados. O maior grau de satisfação foi observado no rodízio de Saúde Coletiva (76%), e o mais baixo, no de Clínica Médica (23,1%) em todos os aspectos avaliados. Revelaram-se inexistência de preceptoria nos hospitais conveniados, excesso de atividades burocráticas, relacionamento conflituoso com residentes, prática insuficiente e enfoque em problemas muito específicos. CONCLUSÕES: A satisfação dos estudantes com o internato médico da UFPB foi baixa. O rodízio de Clínica Médica atingiu os percentuais mais baixos em todos os aspectos avaliados, enquanto o de Saúde Coletiva, os melhores. Constatou-se que o Regimento do internato não está sendo cumprido adequadamente.<hr/>OBJECTIVES: To evaluate undergraduate medical students&rsquo; satisfaction with their last internship rotation of Internship at Universidade Federal da Paraíba (UFPB). METHODS: Observational and cross-sectional study, developed at the UFPB Medical School, involving interns enrolled under the new medical course curriculum. A pretested questionnaire prepared by the authors was applied. RESULTS: The sample population was of 124 students (91.2% of the total number of interns). The average percentage of satisfied students was 49.6%, inversely correlated to the number of rotations already attended. The highest degree of satisfaction was observed in the Family Medicine rotation (76%), and the lowest in the Internal Medicine rotation (23.1%), when all aspects were evaluated. Other findings included: a lack of preceptors in associated hospitals, excessive administrative activities, conflicting relationship with residents, insufficient practice and focus on very specific problems. CONCLUSION: The study demonstrated that UFPB medical students&rsquo; satisfaction with the internship program was low. The Internal Medicine rotation reported the lowest percentage in all aspects evaluated, while the Family Medicine rotation reported the highest. Furthermore, it was found that the Internship regulations were not being upheld adequately. <![CDATA[<b>A tutoria como estratégia educacional no ensino médico</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A relação de tutoria é anterior à invenção da linguagem escrita. Desde seu surgimento, ocorreram mudanças em sua estrutura, mas não se perdeu a essência de promover o desenvolvimento do aprendiz. A tutoria é um processo de aprendizado individualizado, numa relação dinâmica, tendo hoje grande importância como ferramenta de ensino em cursos de graduação e treinamentos profissionais. Na educação médica, está relacionada positivamente à percepção de suporte acadêmico, à satisfação com a carreira, à produção científica, à diminuição do risco de burn-out e ao desenvolvimento de relações dentro da profissão. Entretanto, existem limitações, como o pequeno número de tutores preparados, a falta de tempo dos participantes e o restrito apoio institucional. Este trabalho revê os conceitos sobre tutoria, a função dos integrantes e a relação estabelecida entre eles, e avalia a importância, as expectativas e as limitações da tutoria na educação médica, em especial nas escolas de Medicina do Brasil. Foi realizada revisão de artigos científicos do período 2005-2011, no banco de dados PubMed, além de referências citadas nos artigos selecionados.<hr/>The mentoring relationship dates back to prior to the invention of written language. There have been changes in its structure, but it has not lost the essence of promoting the development of the apprentice. Mentoring is a personalized learning process, in a dynamic relationship, which has great importance as a learning instrument in undergraduate courses and professional training. In medical education, it is positively related to scholarly support, career satisfaction, academic production and a reduced risk of burn-out. However, it is still limited by the small number of trained mentors, participants&rsquo; lack of time and lack of institutional support. This paper reviews the concepts of mentoring, the attributes of mentors and apprentices and their relationship, and assesses the importance, the expectations and the limitations of mentoring in medical education, especially in Brazilian public medical schools. A review of scientific articles on the PubMed database and published between 2005 and 2011 was performed, as well as other publications cited in the selected articles. <![CDATA[<b>Procedimentos diagnósticos e terapêuticos: processo de inserção de habilidades e competências médicas no currículo do curso de medicina da Anhanguera-Uniderp</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Há pouca discussão na literatura sobre quais procedimentos médicos o estudante de Medicina deve ser capaz de realizar no final do curso de graduação e em qual momento do currículo escolar eles devem ser inseridos. METODOLOGIA: Uma comissão formada por especialistas de diversas áreas organizou uma lista de possíveis procedimentos médicos diagnósticos e terapêuticos, sugerida por estudos e debates do grupo e que estivessem de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2001. Após consenso do grupo, mediante aprovação de mais de 75% dos integrantes da comissão, os procedimentos que de fato deveriam integrar o currículo foram definidos. RESULTADOS: Mais de 50 procedimentos médicos foram definidos, de acordo com o nível de complexidade esperada para o aluno de graduação. Após esta definição, tais procedimentos foram distribuídos na matriz curricular e divididos didaticamente em momentos de aprendizagem de domínio cognitivo e domínio motor. CONCLUSÃO: O presente estudo apresentou uma proposta de definição das competências e habilidades relativas aos procedimentos médicos a serem alcançadas pelos estudantes de Medicina de graduação em nossa instituição e teve como objetivo sistematizar a sua distribuição na matriz curricular.<hr/>BACKGROUND: There is little discussion in the literature about which medical procedures students must be able to perform at the end of a medical course and at which point of the school curriculum they must be inserted. METHODOLOGY: A commission of specialists from different medical areas organized a list of possible diagnostic and therapeutic medical procedures, suggested by studies and group debates and followed the Brazilian curricular guidelines of 2001. Following group consensus with approval by over 75% of the commission members, the procedures that should actually be part of the school curriculum were defined. RESULTS: Over 50 medical procedures were grouped according to the level of complexity expected of the undergraduate student at the end of medical course. Once these were defined, they were distributed in the curricular grid and split into distinct learning times of the cognitive and motor domains. CONCLUSION: This study presented a proposal to define the competencies and skills relative to medical procedures to be attained by the undergraduate medicine students at our institution, with the objective of systematizing their distribution in the curricular matrix. <![CDATA[<b>As redes neurais artificiais e o ensino da medicina</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt As transformações da prática médica nos últimos anos - sobretudo com a incorporação de novas tecnologias da informação - apontam a necessidade de ampliar as discussões sobre o processo ensino-aprendizagem na educação médica. A utilização de novas tecnologias computacionais no ensino médico tem demonstrado inúmeras vantagens no processo de aquisição de habilidades para a identificação e a resolução de problemas, o que estimula a criatividade, o senso crítico, a curiosidade e o espírito científico. Nesse contexto, ganham destaque as Redes Neurais Artificiais (RNA) - sistemas computacionais cuja estrutura matemática é inspirada no funcionamento do cérebro humano -, as quais têm sido úteis no processo ensino-aprendizagem e na avaliação de estudantes de Medicina. Com base nessas ponderações, o escopo da presente comunicação é revisar aspectos da aplicação das RNA na educação médica.<hr/>The transformations that medical practice has undergone in recent years - especially with the incorporation of new information technologies - point to the need to broaden discussions on the teaching-learning process in medical education. The use of new computer technologies in medical education has shown many advantages in the process of acquiring skills in problem solving, which encourages creativity, critical thinking, curiosity and scientific spirit. In this context, it is important to highlight artificial neural networks (ANN) - computer systems with a mathematical structure inspired by the human brain - which proved to be useful in the evaluation process and the acquisition of knowledge among medical students. The purpose of this communication is to review aspects of the application of ANN in medical education. <![CDATA[<b>Metodologias problematizadoras em currículos de graduação médica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022014000400018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A educação, em seus vários níveis, tem o papel de assimilação de uma realidade cultural e de se preparar para resolver problemas referentes a determinada área do conhecimento. Dentre as várias vertentes do ensino, o construtivismo tem exercido influência na formação profissional, manifestada principalmente nas metodologias problematizadoras de ensino-aprendizagem. Em diversas escolas no mundo, o curso de graduação em Medicina tem se mostrado um cenário de aplicação destas modalidades: a aprendizagem baseada em problemas e a problematização. Embora metodologicamente diferentes, ambas trabalham em regiões de desenvolvimento cognitivo potencial dos estudantes, valorizando problemas e não temáticas como pontes entre o conhecimento do aluno e os objetos de aprendizagem. Este trabalho sumaria a utilização das metodologias problematizadoras na formação profissional na graduação médica como estratégias de aproximação da aprendizagem cotidiana do profissional, propondo uma reformulação do arco de Maguerez que torna o esquema mais aplicável às diversas etapas desse processo formativo.<hr/>Education, at its various levels, plays a role of assimilating a cultural reality and aims to prepare the student to solve problems related to a particular area of knowledge. Among the various theoretical possibilities of the learning process, constructivism has exerted an influence on professional training, as shown mainly by problem-solving methodologies of teaching and learning. The undergraduate course in medicine is, in several schools around the world, a setting for the application of these methods: problem-based learning and problem-solving. Although methodologically different, both deal with areas of potential cognitive development of students, highlighting problems instead of contents as bridges between knowledge of the learner and learning objects. This work summarizes the use of problem-solving methodologies in medical training as strategies for approaching school education with everyday learning professional activities, and proposes a reformulation of the arch of Maguerez that makes the scheme more suitable to the various stages of the training process.