Scielo RSS <![CDATA[Revista Árvore]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-676220170002&lang=pt vol. 41 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[CONTRIBUIÇÃO DA SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL PARA ANÁLISE DE LAYOUT EM UMA INDÚSTRIA MOVELEIRA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200101&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The objective of this study was to balance the production line and analyze the layout of the sewing sector in a furniture industry. Using the Arena software, a simulation model was constructed that represented the real system consisting of a cellular layout with 3 groups of 5 seamstresses, who produced 57 different types of products divided into three families, in a daily working day of 625 minutes in the months of February to August and 725 minutes in the months of September to January. The model was quantitatively validated among the managers of the studied industry. The obtained results allowed conclusions with an error of less than 1% in the daily quantity of pieces produced with 99% statistical confidence. Therefore, three scenarios related to the organization of the work environment and the balancing of the production line were constructed, and those include: i) linear layout, and the balancing allowed the division of five seamstresses for families 1 and 2, and three seamstresses for family 3; ii) study of the layout by processes, so that the best balance was constituted of two groups with seven seamstresses; iii) similar to scenario 2 but with six seamstresses in group 1 and seven seamstresses in group 2. It was verified that the modified, alternative scenario 2 is more advantageous for the organization, since it presents greater productivity compared to all other scenarios and to the real system, so the company can increase its production capacity by simply modifying the layout and organizing the work environment.<hr/>RESUMO Objetivou-se realizar o balanceamento da linha de produção e análise do layout do setor de costura em uma indústria moveleira. Utilizando o software Arena, foi construído um modelo de simulação que representasse o sistema real constituído de um layout celular com 3 grupos de 5 costureiras, as quais produziam 57 diferentes tipos de produtos, divididos em três famílias, em uma jornada de trabalho diária de 625 minutos nos meses de fevereiro a agosto e de 725 minutos nos meses de setembro a janeiro. O modelo foi validado quantitativamente junto aos gestores da indústria estudada. Os resultados obtidos indicaram um erro menor de 1% na quantidade diária de peças produzidas com 99% de confiança estatística. Assim, foram construídos 3 cenários relacionados à organização do ambiente de trabalho e ao balanceamento da linha de produção, os quais foram: i) layout linear, sendo que o balanceamento realizado permitiu a divisão de 5 costureiras para as famílias 1 e 2 e três costureiras para a família 3; ii) estudo do layout por processos, de forma que o melhor balanceamento constituiu-se de dois grupos com sete costureiras; iii)similar ao cenário 2, com seis costureiras no grupo 1 e sete costureiras no grupo 2. Concluiu-se que o cenário alternativo 2 modificado é mais vantajoso para a organização, visto que apresenta maior produtividade em comparação a todos os outros cenários e ao sistema real, logo a empresa pode aumentar sua capacidade de produção apenas modificando o layout e organizando o ambiente de trabalho. <![CDATA[FORMAÇÕES FLORESTAIS DE RESTINGA AMAZÔNICA E AS RELAÇÕES ECOLÓGICAS COM EPÍFITAS VASCULARES]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200102&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Was investigated the vascular epiphytes and relate it to the composition and structure of the arboreal component in two formations of coastal forests in the Algodoal-Maiandeua Environmental Protetion Area, Maracanã, Pará, Brazil. We demarcated four 50m x 50m parcels (two in a dry forest and two in a flooding forest). Were registered and identified all the vascular epiphytes as well as their phorophytes. The abundance and richness of epiphytes were evaluated by the epiphyte/phorophyte ratio and differences in the use of phorophytic species by epiphytes were verified using a MDS. To analyze the influence of phorophyte diameter and height we used a multiple regression. In the dry forest we registered 193 arboreal individuals, of which 96 were phorophytes. Anacardium occidentale was the most abundant arboreal and phorophyte species as well. In the flooding forest we registered 234 arboreal individuals, 131 phorophytes. The most abundant arboreal species were also the ones with the greater number of phorophytes. In both forests the phorophytes were occupied in different ways by the epiphytes. No significant relation was found between phorophyte diameter and height and epiphytes abundance in the dry forest, nevertheless, there was a significant relation in the flooding forest.<hr/>RESUMO O objetivo foi investigar a flora de epífitas vasculares e relacionar com a composição e a estrutura do componente arbóreo em duas formações florestais de restinga. Foram demarcadas quatro parcelas de 50m x 50m (duas em floresta de restinga seca e duas em floresta de restinga inundável) e registradas as epífitas vasculares bem como seus respectivos forófitos. A abundância e riqueza de epífitas sobre a comunidade arbórea foram avaliadas pelo cálculo de razão epífita/forófito e diferenças no uso das espécies forofíticas pelas epífitas foram verificadas pela análise de NMDS. Para verificar a influência do diâmetro e da altura do forófito na abundância de epífitas vasculares, realizou-se uma análise de regressão múltipla. Na Floresta de restinga seca foram registrados 193 indivíduos arbóreos, destes 96 eram forófitos e Anacardium occidentale em maior abundância. Na floresta de restinga inundável foram registrados 234 indivíduos arbóreos e 131 forófitos. As espécies arbóreas mais abundantes foram também as que apresentaram maior número de forófitos. Em ambas as florestas os forófitos são ocupados de forma diferente pelas epífitas vasculares. Não foi encontrada relação significativa entre o diâmetro e a altura do forófito para a floresta de restinga seca, contudo, houve relação para a floresta de restinga inundável. As epífitas, na APA Algodoal-Maiandeua, ocupam de forma diferente os forófitos. As espécies arbóreas mais abundantes são as que possuem maior número de forófitos e maior abundância de epífitas, com algumas espécies estando mais disponíveis à ocupação pelas epífitas. O diâmetro e a altura não foram variáveis explicativas da abundância de epífitas. <![CDATA[COMPOSIÇÃO FLORÍSTICA E INSERÇÃO FITOGEOGRÁFICA DA REGENERAÇÃO NATURAL DE UMA FLORESTA ALUVIAL NO PLANALTO SUL CATARINENSE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200103&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This study aimed at inventorying the natural regeneration of tree species in an Alluvial Araucaria Forest in the "Planalto Sul Catarinense" region, SC, Brazil; evaluating the dissimilarity between its adult and regenerative components; and verifying the natural regeneration floristic sharing among its different fragments. The regenerative component has been sampled and identified within 48 plots and classified according to the following height classes: Class 1, plants with height varying from 15 cm up to 1 m; Class 2, plants with height varying from 1 and 3 m; and Class 3, plants with height higher than 3 m and DBH (diameter at breast height) smaller than 5 cm. The floristic composition of adult individuals in the area and of regenerative individuals from other fragments has been obtained from the database of the Laboratory of Dendrology of CAV/UDESC. The structure of the regeneration was evaluated by phytosociological descriptors. Dissimilarity between the adult and the regenerative components has been determined by Jaccard, Sorensen and Bray-Curtis distances. The regeneration floristic sharing analysis of different areas was conducted by a dendrogram. A total of 818 individuals belonging to 59 species have been sampled, being Allophylus edulis (A.St.-Hil. et al.) Hieron. ex Niederl. the species with the greatest relative importance. Elevated similarity between the regenerative and adult components have been observed (from 0.24 to 0.43), suggesting a low floristic-structural turnover between components. The area under study have shown a greater floristic connection (&lt;40% of dissimilarity) with other spatially close fragments, indicating that altitude and temperature are important ecological factors for its phyto-geographic compartmentalization.<hr/>RESUMO O objetivo do estudo foi inventariar a regeneração natural arbórea de um fragmento de Floresta Ombrófila Mista Aluvial no Planalto Sul Catarinense, avaliar a dissimilaridade entre o estrato regenerante e adulto do mesmo fragmento e verificar o compartilhamento florístico da regeneração natural entre fragmentos na região. Os regenerantes foram amostrados em 48 parcelas, sendo estes identificados e classificados de acordo com a altura em: Classe 1, plantas com altura entre 15 cm e 1 m; Classe 2, plantas com altura entre 1 e 3 m; e, Classe 3, plantas com altura maior que 3 m e DAP (diâmetro à altura do peito) menor que 5 cm. A composição dos indivíduos adultos da área e de regenerantes de outros fragmentos foi obtida do banco de dados do Laboratório de Dendrologia do CAV/UDESC. A estrutura do componente regenerativo foi avaliada por meio de descritores fitossociológicos. A dissimilaridade entre o componente regenerante e adulto foi determinada por meio das distâncias de Jaccard, Sorensen e Bray-Curtis. A análise do compartilhamento florístico da regeneração de diferentes áreas foi realizada por meio de um dendrograma. Foram amostrados 818 indivíduos pertencentes a 59 espécies, sendo Allophylus edulis (A.St.-Hil. et al.) Hieron. ex Niederl. a espécie de maior importância relativa. A dissimilaridade entre os regenerantes e adultos foi baixa (0,24 a 0,43), sugerindo que existe baixa substituição florístico-estrutural entre os componentes. A área estudada apresentou maior vínculo florístico (&lt;40% de dissimilaridade) com outros fragmentos espacialmente próximos, sugerindo que altitude e temperatura representam importantes fatores ecológicos na compartimentalização fitogeográfica deste componente. <![CDATA[PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ERVA-MATE EM FUNÇÃO DA IDADE DAS PLANTAS MATRIZES, ESTAÇÕES DO ANO E ÁCIDO INDOL BUTÍRICO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200104&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The low germination of Ilex paraguariensis seeds and their long reproductive cycle make cuttings propagation a good alternative for its reproduction all year round, enabling to obtain genetically superior clones. Thus, we evaluated the influence of stock plants age, plant growth regulator indole-3-butyric acid (IBA) application and plant material collection in different seasons related to rooting of cuttings. From 12 and over 80-years-old trees shoots cuttings were made in four seasons, treated with IBA hydroalcoholic solution at concentrations of 0, 1500, 3000, 4500 and 6000 mg L-1. The rooting was performed in plastic boxes filled with vermiculite and carbonized rice husk at a ratio of 1:1 (v/v) and, after 90 days in controlled greenhouse conditions were evaluated the rooting percentage, callus formation, survival, mortality, number of roots/cutting and length of three larger roots/cutting. Cuttings from 12-years-old stock plants have higher ability to form adventitious roots and the use of IBA did not increase rooting potential. Autumn proved to be the most favorable season for rooting, followed by spring and winter.<hr/>RESUMO A baixa viabilidade na germinação das sementes de erva-mate e seu longo ciclo reprodutivo fazem com que a estaquia seja uma opção para produção de mudas durante o ano inteiro, possibilitando a obtenção de clones geneticamente superiores. Assim, avaliou-se a influência da idade das plantas matrizes, aplicação do regulador vegetal ácido indol butírico (AIB) e coleta de material vegetal em diferentes estações do ano no enraizamento de estacas caulinares de erva-mate. A partir de brotações de copa de árvores de 12 anos e de mais de 80 anos de idade, foram preparadas estacas 12±0,5 cm nas quatro estações do ano, as quais foram tratadas com AIB em solução hidroalcoólica nas concentrações de 0, 1500, 3000, 4500 e 6000 mg L-1. O plantio foi realizado em caixas plásticas preenchidas com vermiculita e casca de arroz carbonizada na proporção de 1:1 (v/v) e, após 90 dias em casa de vegetação climatizada, foram avaliadas a porcentagem de estacas enraizadas, com calos, sobrevivência, mortalidade, número de raízes/estaca e comprimento das três maiores raízes por estaca. Estacas coletadas de matrizes de 12 anos apresentam maior aptidão à emissão de raízes adventícias e a aplicação de AIB não aumentou o enraizamento. O outono mostrou-se a estação mais favorável ao enraizamento, seguido da primavera e inverno. <![CDATA[MECANISMOS DE TOLERÂNCIA EM PLANTAS DE <em>Hymenaea courbaril L.</em> e <em>Jatropha curcas L.</em> EM RESPOSTA AO DEFICIT HÍDRICO E CONTAMINAÇÃO POR DERIVADOS DE PETRÓLEO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200105&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Accidents that occur during the transport of oil and its derivatives have been one of the primary causes of environmental pollution in recent decades. Studies on changes in plant physiology caused by these pollutants are scarce, and the effects on plant metabolism are little known. As such, the aim of the present study was to analyze the effect of soil contaminated with diesel fuel on the physiology of young Hymenaea courbaril L. and Jatropha curcas L. plants. The following variables were analyzed: gas exchanges, photosynthetic pigments, chlorophyll index (SPAD) and protoplasmic damage. The treatments used were: T0 - control (100% of maximum soil water holding capacity - contamination-free soil), T1 and T2 (50% of maximum soil water holding capacity + addition of 23 mL and 46 mL of diesel fuel, respectively) and two assessment times (3h and 192h after contamination). Significant differences in gas exchanges were observed for both species 3h after diesel fuel application. For photosynthetic pigments and the chlorophyll index, increases were found 3h and 192 h after imposed stress, for both species. A significant rise in electrolyte leakage was observed, more pronounced in J. curcas plants after 192h, for treatments T1 and T2 compared to T0. These findings show the potential of species to acclimate themselves to adverse conditions, and should be considered in recovery programs for environments degraded by oil derivatives.<hr/>RESUMO Acidentes que ocorrem no processo de transporte do petróleo e de seus derivados têm sido um dos principais motivos de poluição ambiental nas últimas décadas. Pesquisas sobre alterações ocasionadas por estes poluentes na fisiologia de plantas ainda são escassos, sendo pouco conhecidos os efeitos ocasionados no metabolismo vegetal. Diante do exposto, o objetivo do presente estudo foi analisar o efeito do solo contaminado com óleo diesel na fisiologia de plantas jovens de Hymenaea courbaril L. e Jatropha curcas L. As variáveis analisadas foram: trocas gasosas, pigmentos fotossintéticos, índice de clorofila (SPAD) e danos protoplasmáticos. Os tratamentos utilizados foram: T0 - controle (100% da capacidade máxima de retenção de água no solo - solo sem contaminação), T1 e T2 (50% da capacidade máxima de retenção de água no solo + adição de 23 mL e 46 mL de óleo diesel, respectivamente) e 2 épocas de avaliação (3h e 192h após contaminação). Diferenças significativas foram evidenciadas após 3h de aplicação do óleo diesel para as trocas gasosas para ambas as espécies. Para os pigmentos fotossintéticos e o índice de clorofila, foram verificados incrementos após 3h e 192h de imposição do estresse, para as duas espécies. Verificou-se elevados acréscimos para o percentual de vazamento de eletrólitos, sendo mais pronunciando nas plantas de J. curcas, após 192h, para os tratamentos T1 e T2 em relação ao tratamento T0. Estas observações evidenciam o potencial de aclimatação das espécies às condições adversas, devendo ser consideradas em programas de recuperação de ambientes degradados por contaminação com derivados de petróleo. <![CDATA[BIOMETRIA DO FRUTO E DA SEMENTE E MORFOLOGIA DA PLÂNTULA DE <em>Parkia discolor</em> (Spruce ex Benth.)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200106&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Parkia discolor (Spruce ex Benth.) is a species of floodplain forest permanently flooded, mainly used in folk medicine and with economic potential. The purpose of this study was to estimate the biometric characteristics of fruits and seeds of Parkia discolor and describe the morphology and development of its seedlings and young plants. On average, fruits have shown the following dimensions: 18.45 cm long with pedicel, 13.25 cm long without pedicel, 4.4 cm wide and 0.66 cm thick mass of 11.91 g. The seeds have shown 1.73 cm long, 0.68 cm wide and 0.39 cm thick mass of 0.38 g. A thousand seeds mass was estimated to be 361.15 g and the number of seeds per kilogram was 2769. The fruits and seeds of these species are preyed by insects of the families Scolytidae, Nitidulidae, Cerambycidae and Bruchidae. Germination is epigeal - phanerocotylar; the seedling presents hypocotyl herbaceous, sessile cotyledons, based split, eophyll compound, paripinnatus with 1-3 pairs of leaflets, most 2 pairs, with the insertion of a spherical gland leaflets, bright green. The young plant has a woody base with 5 eophylls, alternate and presents between 21-26 pairs of foliolums. The use of plastic bags of 900 cm3 was more proper than using a styrofoam tray with "cell" of 125 cm3 for the development of the plants during the period of three months.<hr/>RESUMO Parkia discolor (Spruce ex Benth.) é uma espécie de floresta inundável de igapó, utilizada principalmente na medicina popular e com potencial econômico. Este trabalho teve como objetivo estimar as características biométricas de frutos e das sementes e descrever a morfologia e o desenvolvimento da plântula e da planta jovem de Parkia discolor. Em média, os frutos apresentaram as seguintes dimensões: 18,45 cm de comprimento com pedicelo, 13,25 cm de comprimento sem pedicelo, 4,4 cm de largura, 0,66 cm de espessura e massa de 11,91 g. As sementes apresentaram 1,73 cm de comprimento, 0,68 cm de largura, 0,39 cm de espessura e massa de 0,38 g. A massa de mil sementes foi estimada em 361,15 g e número de sementes por quilo de 2769. Frutos e sementes da espécie são predados por insetos das famílias Scolytidae, Nitidulidae, Cerambycidae e Bruchidae. A germinação é epígea-fanerocotiledonar; a plântula apresenta hipocótilo herbáceo, cotilédones sésseis, com base fendida, eofilo composto, paripinado, apresentando de 1 a 3 pares de folíolos, maioria 2 pares, apresentando na inserção dos folíolos uma glândula esférica, verde-clara. A planta jovem apresenta base lenhosa, com 5 eofilos, alternos, os quais apresentam entre 21-26 pares de folíolos. O uso de sacos de plástico de 900 cm3 foi mais adequado que a bandeja de isopor, com "célula" de 125 cm3, para o desenvolvimento da muda durante o período de três meses. <![CDATA[SECAGEM DA MADEIRA DE EUCALIPTO EM TORAS A ALTAS TEMPERATURAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200107&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The objective of this work was to evaluate the drying speed of Eucalyptus urophylla logs in high temperatures and the influence of the presence or absence of bark and also the diameter of the log in the drying rate. Eucalyptus logs 60 cm long were divided into three diameter classes: 8-12 cm; 12,1-16 cm and 16,1-20 cm. The logs were dried in a heater with forced air circulation, in the presence or absence of bark in five temperatures: 50, 75, 100, 125 and 150ºC. The mass and the initial moisture were determined from each log and the water loss was kept up with periodic weightings, closing the drying process when the logs reached 20% moisture. The drying rate of the logs was calculated using the ratio between the total loss of moisture and the time in hours in order to reach the established moisture. It was concluded that the increase in temperature promotes the raise of the drying ratio, as being higher for smaller logs in relation to bigger ones and in addition to this, the bark effect was not significant in the drying of eucalyptus logs above 100ºC. It was also concluded that the best conditions for the operation of artificial dryers for Eucalyptus logs containing bark and separated in diameter classes would be at 125ºC.<hr/>RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar a velocidade de secagem de toras de Eucalyptus urophylla a altas temperaturas e a influência da presença ou ausência de casca e do diâmetro da madeira na taxa de secagem. Utilizaram-se toretes de Eucalyptus urophylla com 60 cm de comprimento, em três classes diamétricas: 8-12 cm; 12,1-16cm e 16,1-20 cm. Os toretes foram submetidos à secagem em estufa com circulação forçada de ar, na presença ou ausência de casca em cinco temperaturas: 50, 75, 100, 125 e 150ºC. Determinou-se a massa e a umidade inicial de cada torete e com pesagens periódicas acompanhou-se a perda de água, encerrando o processo de secagem quando os toretes de madeira atingiam a umidade de 20%. A taxa de secagem foi calculada por meio da relação entre a perda total de umidade e o tempo total em horas para que as toras atingissem a umidade estabelecida. Conclui-se que o aumento da temperatura promove o aumento da taxa de secagem, sendo maior para as toras de menor diâmetro em relação às toras de maior diâmetro e na secagem das toras de eucalipto em temperaturas superiores a 100ºC, o efeito da casca não foi significativo. Conclui-se, também, que a melhor condição de operação de secadores artificiais para a madeira de eucalipto em tora seria em temperatura de 125ºC, com presença de casca e separadas em classes diamétricas. <![CDATA[RESÍDUOS DE MADEIRA DE ORIGEM URBANA VISANDO USO ENERGÉTICO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200108&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The increasing demand for energy propels new areas of research in the search for sources that are economically viable and sustainable from an environmental point of view. In this sense, the objective of this study was to characterize a batch from urban wood waste aimed at energy use. We evaluate six different types of waste: solid wood, plywood, chipboard, MDF, OSB, and veneer. The residues were collected in a recycling plant in Piracicaba - SP and were taken to the laboratory to carry out the physical, chemical and thermogravimetric analyses. The experiment was conducted in a completely randomized design with three replicates per treatment (waste). Data analysis was performed by analysis of variance (ANOVA) and the Tukey test applied for multiple comparisons of means. Overall, there were no major differences between the results of solid wood residues and waste panels. Waste analyzed showed potential for energy use. It is recommended further studies to investigate the influence of different panels resins and coatings in its thermal degradation process.<hr/>RESUMO A crescente demanda por energia impulsiona novas frentes de pesquisas na busca por fontes que sejam economicamente viáveis e sustentáveis do ponto de vista ambiental. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi caracterizar um lote de resíduos de madeira de origem urbana visando uso energético. Foram avaliados seis diferentes tipos de resíduos: madeira maciça, compensado, aglomerado, MDF, OSB e chapa. Os resíduos foram coletados em uma estação de reciclagem no município de Piracicaba - SP e foram levados ao laboratório para realização das análises físicas, químicas e termogravimétricas. O experimento foi conduzido sob um delineamento inteiramente casualizado com três repetições por tratamento (resíduos). Para análise dos dados foi realizada a análise de variância (ANOVA) e aplicado o teste de Tukey para comparações múltiplas das médias. De maneira geral, não foram observadas grandes diferenças entre os resultados dos resíduos de madeira maciça e os resíduos de painéis de madeira. Os resíduos analisados apresentam potencial para uso energético. Recomenda-se novos estudos para verificar a influência das resinas e dos diferentes revestimentos de painéis no seu processo de degradação térmica. <![CDATA[ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DE ÍNDICES DE PERIGO NA PREDIÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200109&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Despite the existence of different fire danger indices, the use of an inefficient index can lead to making wrong decisions on the appropriate procedures for preventing and fighting forest fires, while a trusted prediction index can help the most quantification and allocation of resources for prevention. Thereat, the objective of this study is to analyze the efficiency of Fire Weather Index (FWI), Logarithmic of Telicyn Index, Nesterov Index, cumulative indexes of precipitation - evaporation (P-EVAP) and evaporation / precipitation (EVAP/P), Monte Alegre Index (FMA) and Monte Alegre Changed Index (FMA+) in the prediction of forest fires for the city of Viçosa (MG). The indices were compared using the method known as Skill Score (SS) taking into account the days that the indexes pointed to the risk of events with focus fire identified by satellite images on the 01/01/2005 to 31/12/2014 period. According to the results, the Logarithm of Telicyn Index (0.53257) as the most efficient for the study area, followed by the indices EVAP/P (0.46553), P-EVAP (0.43724), Nesterov (0.40445), FWI (0.39213), FMA+(0.34595) and FMA (0.28982).<hr/>RESUMO Apesar da existência de diversos índices de perigo de incêndios, a utilização de um índice pouco eficiente pode levar à tomada de decisões equivocadas em relação aos procedimentos de prevenção e combate aos incêndios florestais, ao mesmo tempo que um índice de predição confiável pode ajudar na maior quantificação e distribuição dos recursos para a prevenção. Diante disto, o objetivo deste estudo é analisar a eficiência dos índices Fire Weather Index (FWI), Índice Logarítmico de Telicyn, Índice de Nesterov, índices acumulativos de precipitação menos evaporação (P-EVAP) e evaporação por precipitação (EVAP/P), Fórmula de Monte Alegre (FMA) e Fórmula de Monte Alegre Alterada (FMA+) na predição de incêndios florestais para o município de Viçosa (MG). Os índices foram comparados através do método conhecido como Skill Score (SS) levando em consideração os dias que os índices apontavam como de risco à ocorrências e os focos identificados por imagens de satélites no período de 01/01/2005 à 31/12/2014. De acordo com o Skill Score, o Índice Logaritmo de Telicyn (0,53257) foi o mais eficiente para a área de estudo, seguido pelos índices EVAP/P (0,46553), P-EVAP (0,43724), Nesterov (0,40445), FWI (0,39213), FMA+(0,34595) e FMA (0,28982). <![CDATA[CARACTERIZAÇÃO DO PERFIL COMPORTAMENTAL DE OPERADORES DE HARVESTER]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200110&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This study aims to characterize the behavioral profile of harvester operators, with the goal of assisting forest managers in selecting and training new teams of employees. A forest company located in central-western Brazil was examined from a sample of 20 harvester operators that did not have experience carrying out the functions of their industry. A behavioral profile evaluation tool was used, consisting of a management system that creates a profile based on behavioral competencies; it was initially used to develop a profile of a high-performing harvester operator; or rather, a reference profile. Next, the behavioral profile of the operators were grouped into distinct classes and compared with the reference profile to identify traits that could positively or negatively affect an operators' performance. An optimal profile had the following qualities: attentive to details, meets deadlines and follows rules, technically-oriented, patient with repetitive tasks, the ability to avoid conflicts, and being an introvert. An improper profile included aspects such as aggressiveness, being argumentative, being persuasive, explosive, and tense at work. The behavioral profile evaluation tool can support the process of choosing forest machine operators; however, it is important to also consider skills and work experience.<hr/>RESUMO Este trabalho objetivou caracterizar o perfil comportamental de operadores de harvester, visando auxiliar o gestor florestal na seleção, promoção e formação de novas equipes de trabalho. O estudo foi realizado em uma empresa florestal localizada na região Centro-Oeste, Brasil, a partir de uma amostra de 20 operadores de harvester sem experiência anterior na função. Foi utilizada uma ferramenta de avaliação de perfil comportamental, que é um sistema de gestão que caracteriza o perfil baseado nas competências comportamentais, utilizado inicialmente no desenvolvimento do perfil de referência do operador de harvester de alto desempenho. Em seguida, foi caracterizado o perfil comportamental dos operadores estudados, agrupando-os em classes distintas e comparando com o perfil de referência, de modo a identificar as características comportamentais que podem afetar positivamente ou negativamente o desempenho dos operadores na execução do trabalho. Os resultados mostraram que, os operadores com perfil adequado ao cargo apresentaram as seguintes características comportamentais: atentos aos detalhes, prazos e regras; tecnicamente orientados; pacientes com tarefas repetitivas; capacidade de evitar conflitos e introvertidos. Já os operadores de perfil inadequado tiveram comportamentos agressivos, argumentativos, persuasivos, explosivos e tensos no trabalho. O sistema ferramenta de avaliação de perfil comportamental poderá ser utilizado como ferramenta de apoio nos processos de seleção de operadores de máquinas florestais, porém, sendo importante considerar também a habilidade e experiência no trabalho. <![CDATA[PERFIL DO FUSTE DE EUCALIPTO SOB DOIS REGIMES DE CONDUÇÃO NO SUDOESTE DA BAHIA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200111&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The study of the bole profile is an important tool in the forest production management, which is influenced by several factors, such as the stand conduction regime. This work aimed to evaluate two stand conduction regimes regarding the Eucalyptus urophylla bole in the southwest region of the Brazilian state, Bahia. The data used was retrieved from stands conducted under high forest and coppice regimes. The tapering models proposed by Kozak, Demaerschalk, Ormerod, Garcia and Garay were adjusted, being selected the ones that presented better performances regarding adjustment statistics and graphic analysis of residue for each conduction regime. The models selected were validated by the chi-squared test (α = 0,05). Considering the models selected, it was possible to estimate the value of the diameter along the bole of the average-tree, allowing to evaluate the bole profile for each stand conduction regime. The identity test of the models showed that the stand conduction regime affects the shape of the trees' bole, making a necessity to adjust a specific equation for each situation. The bole tends to present a cylindrical form in a stand conducted in a coppice regime and conical one in a high forest regime.<hr/>RESUMO O conhecimento do perfil do fuste é em uma ferramenta importante no manejo da produção florestal, sendo o mesmo influenciado por diversos fatores, como o regime de condução do povoamento. O presente trabalho objetivou avaliar a influência de dois regimes de condução do povoamento sobre o perfil do fuste de Eucalyptus urophylla, na região sudoeste da Bahia. Foram utilizados dados de povoamentos conduzidos pelo regime de alto fuste e talhadia. Os modelos de afilamento propostos por Kozak, Demaerschalk, Ormerod, Garcia e Garay foram ajustados, sendo selecionado aquele com melhor desempenho nas estatísticas de ajuste e análise gráfica de resíduos, para cada regime de condução. Os modelos selecionados foram validados utilizando o teste do qui-quadrado (α = 0,05). Diante dos modelos selecionados, foram estimados os valores do diâmetro ao longo do fuste da árvore média, permitindo avaliar o perfil do fuste para cada regime de condução do povoamento. O teste de identidade de modelos mostrou que o regime de condução do povoamento influencia a forma do fuste das árvores, sendo necessário o ajuste de uma equação específica para cada situação. O fuste tende a apresentar forma mais cilíndrica em povoamento conduzido sob regime de talhadia e mais cônica no regime de condução por alto fuste. <![CDATA[MODELAGEM DO CRESCIMENTO DE MUDAS DE EUCALIPTO COM BASE NA SOMA TÉRMICA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622017000200112&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Among the environmental variables that affect the growth and development of plants, the air temperature is of great importance. In this context, the objectives of this work were to model the growth of eucalyptus seedlings in terms of accumulated degree-days during the production process and model validation. The study was conducted in the forest research nursery of the Department of Forestry, located in Viçosa (MG), during the periods of 08/02/2011 to 28/04/2011 and 03/08/2012 to 01/11/2012, making it possible to contemplate seasonal variations in the production cycle. The monitored variables were shoot height, stem diameter, leaf area, root length and fresh and dry biomass. Results showed that it took 1065 degree-days for the production of seedlings and sigmoidal models obtained showed high correlation and Willmott coefficients, indicating good performance for estimating the growth and development of eucalyptus seedlings. This tool has great potential for planning and monitoring the production of eucalyptus seedlings in nurseries.<hr/>RESUMO Dentre as variáveis ambientais que afetam o crescimento e desenvolvimento das plantas, a temperatura do ar é de grande importância. Nesse contexto, os objetivos desse trabalho foram realizar a modelagem do crescimento de mudas de eucalipto em função dos graus-dia acumulados no decorrer do processo de produção e a validação do modelo proposto. O estudo foi realizado no viveiro de pesquisas florestais pertencente ao Departamento de Engenharia Florestal, localizado em Viçosa (MG), nos períodos de 08/02/2011 a 28/04/2011 e 03/08/2012 a 01/11/2012, sendo possível contemplar as variações sazonais no ciclo de produção. As variáveis monitoradas foram altura da parte aérea, diâmetro do colo, área foliar, comprimento do sistema radicular e biomassa fresca e seca. Resultados mostraram que foram necessários 1065 graus-dia acumulados para a produção das mudas e que os modelos sigmoidais obtidos apresentaram altos coeficientes de correlação e de Willmott, apresentando bom desempenho para estimar o crescimento e desenvolvimento das mudas de eucalipto. Esta ferramenta apresenta alto potencial para o planejamento e condução da produção de mudas de eucalipto em viveiros.