Scielo RSS <![CDATA[Revista Árvore]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-676220120004&lang=en vol. 36 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Seedbed germination of native species under canopy of exotic species </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en As sementes no solo desempenham o importante papel de promover a regeneração da vegetação e a conservação da biodiversidade local, mas, a despeito dessa importância, estão sujeitas a fatores bióticos e abióticos que podem inibir sua germinação, entre eles efeitos alelopáticos desencadeados pelas plantas que estão presentes no ambiente do solo. Neste trabalho foi testada a hipótese de que a germinação das sementes presentes no banco do solo sob vegetação de Floresta Estacional Semidecidual (FES) é inibida sob o dossel de espécies arbóreas exóticas. Foram coletadas 50 amostras simples de 0,25 x 0,25 x 0,05 m do solo em um fragmento de FES, que foram homogeneizadas, constituindo amostra composta. Desta, foram retiradas amostras que foram submetidas a quatro tratamentos: depositadas em casa de vegetação (SMN-CV); devolvidas ao fragmento de mata (SMN-MN); depositadas sob dossel homogêneo de Pinus elliottii (SMN-P); e alocadas sob plantio homogêneo de Eucalyptus sp. (SMN-E). Foram coletadas, também, amostras de solo sob dossel de P. elliotti (SP-CV) e de Eucalyptus sp. (SE-CV), que foram transferidas para casa de vegetação. A cada 15 dias, o número de plantas foi contado em cada amostra e as plantas obtidas, identificadas quando possível. Foram obtidas, ao todo, 515 plantas de 15 famílias botânicas, 21 gêneros e 13 morfoespécies. A análise de variância dos dados e a comparação das médias pelo teste de Tukey-Kramer a 0,01% evidenciaram que não existem diferenças estatisticamente significativas entre o número de plantas obtidas em cada local. Esses resultados indicam que a baixa densidade e diversidade de plantas frequentemente verificadas no subosque de P. elliotti e Eucalyptus sp. não estão diretamente relacionadas com efeitos supressores promovidos pela presença dessas espécies, suportando dados recentes da literatura que apontam os plantios florestais de espécies exóticas como possíveis áreas de conservação da biodiversidade, em oposição à alcunha de "desertos verdes" que lhe são atribuídos.<hr/>The seeds in the soil play an important role in promoting the plant regeneration and acts on the local biodiversity conservation, but despite their importance, they are subject to biotic and abiotic factors that may inhibit their germination, including allelopathic effects triggered by the plants that are present in the soil environment. In this study we tested the hypothesis that the germination of seeds of seedbeds from Semidecidual Seasonal Forest (SSF) is inhibited under the canopy of exotic trees. Fifty (50) single samples of soil were collected (0.25 x 0.25 x 0.05 m) in a fragment of SSF; the samples were homogenized and from that new samples were taken and submitted to four (4) treatments: 10 samples were deposited in the greenhouse (SMN-CV); other 10 were returned to the forest fragment understory (SMN-MN); 10 were deposited on the soil under homogeneous canopy of Pinus elliottii (SMN-P) and the last 10 samples were allocated under homogeneous plantation of Eucalyptus sp (SMN-E).We also collected samples of soil under the canopies of P. elliottii (SP-CV) and Eucalyptus sp.(SE-CV) that were transferred to a greenhouse. The number of seedlings was counted at intervals of 15 days in each seedbed sample and the plants obtained were identified when possible. We obtained 515 plants from 15 botanical families, 21 genera and 13 morphospecies. The analysis of variance and comparison of means by Tukey-Kramer 0.01% showed no statistical differences between the treatements. Outcomes indicate that the low density and diversity of plants in P. elliottii and Eucalyptus sp understory are not directly corelated to suppressive effects promoted by the presence of these species, supporting recent data from literature that stands out the forest plantations of exotic species as possible areas for biodiversity conservation, in opposition to the designation of "green deserts" that are assigned to them. <![CDATA[<b>Bacterial wilt</b>: <b>pathogen spread and disease effects on the eucalyptus cloning</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho objetivou estudar a disseminação de Ralstonia solanacearum por meio de mudas e avaliar os efeitos da murcha-bacteriana sobre a produtividade na clonagem do eucalipto. Amostras de minicepas, miniestacas e mudas de sete clones foram avaliadas quanto à presença de infecções bacterianas. Em experimento específico, avaliou-se o substrato de enraizamento como fonte de inóculo do patógeno. Em intervalos mensais, determinaram-se o enraizamento médio e o índice de produtividade (IP), visando avaliar os efeitos da doença sobre a produtividade de minicepas. Constatou-se a presença do patógeno em minicepas de cinco clones, enquanto todas as mudas de todos os setes clones avaliados apresentaram a doença. Essa diferença comprovou que a disseminação do patógeno e a transmissão da doença ocorreram durante o processo de clonagem do eucalipto. O substrato de enraizamento foi eficiente para a sobrevivência do patógeno e como fonte de inóculo para a doença. As mudas sem sintomas e com infecções sistêmicas provaram o potencial de transmissão do patógeno para o campo no sistema de propagação clonal do eucalipto. Os estresses fisiológicos causados pelas infecções bacterianas reduziram quatro vezes o IP dos minijardins clonais. As medidas adotadas foram eficientes para a erradicação da doença no viveiro e para evitar a disseminação do patógeno para o campo.<hr/>This work was aimed to study the Ralstonia solanacearum spread through clonal propagation and to evaluate the bacterial wilt effects on the productivity of cloning process. Samples of mini-stumps, mini-cuttings, and clonal seedlings of seven eucalyptus clones were evaluated regarding to bacterial infections. In a specific experiment, rooting substrate was evaluated to the source of pathogen inoculum. At monthly intervals, the rooting average and productivity index (IP) were determinate in order to evaluate the disease effects on the mini-stumps productivity. The bacterial pathogen was observed on mini-stumps of five clones, while the clonal seedlings of all seven clones showed the disease. This difference was shown to be related to pathogen spread and to disease transmission, which took place during the eucalyptus cloning process. The rooting substrate was efficient to bacterial pathogen survival and as inoculum source to the disease. The symptomless clonal seedlings with systemic infection proved the potential of pathogen transmission to the field in eucalyptus clonal propagation system. The physiologic stresses caused by bacterial infections reduced by four times the IP of mini-clonal hedges. The practices adopted were efficient to permit eradication of disease on the nursery and to avoid the pathogen spread to the field. <![CDATA[<b>Effect of volume of tubes on the production of seedlings of <i>Calophyllum brasiliense</i> and <i>Toona ciliata</i> </b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en A demanda por informações silviculturais de espécies florestais alternativas para reflorestamentos com fins econômicos, entre as quais incluem os métodos de produção de mudas, tem aumentado nos últimos anos. Neste trabalho, avaliou-se a influência de volumes de tubetes, com dimensões de 115, 180 e de 280 cm³, no crescimento de mudas de guanandi (Calophyllum brasiliense Cambess.) e cedro-australiano (Toona ciliata M. Roem. var. australis (F. Muell.) Bahadur). O substrato utilizado foi composto por uma mistura de 80% de substrato comercial e 20% de argila. Foram avaliados o diâmetro de colo e a altura das mudas aos 60, 90, 120 e 150 dias após a repicagem. Nessa última ocasião, determinou-se também o peso de massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total, bem como o Índice de Qualidade de Dickson. Houve efeito do volume do tubete sobre as características das mudas, sendo o cedro-australiano a espécie mais responsiva. Conclui-se que para o guanandi o tubete mais indicado é o de 180 cm³ e para o cedro-australiano, o de 280 cm³.<hr/>The search for silvicultural information, including the seedling production methods, about alternative forest tree species for forestry with economic purposes have increased in the last years. In this work, the influence of the volume of tubes at sizes of 115, 180 and 280 cm³, on the growth of seedlings of Guanandi (Calophyllum brasiliense Cambess.) and Australian Cedar (Toona ciliata M. Roem. var. australis (F. Muell.)) was evaluated. The substrate used was composed by mixture of 80% of commercial substrate and 20% of clay. The collar diameter and the height of the seedlings were evaluated at 60, 90, 120 and 150 days after transplantation. In the last mensuration the dry weight of the aerial plant, of the root system and the total weight, and the Quality Index of Dickson were also determined. There was an effect of the tube volume on the growth and the quality of the seedlings, and the reaction of the Australian Cedar was greater. It was concluded the, for the Guanandi, the best tube is that of 180 cm³ and for the Australian Cedar is the tube of 280 cm³. <![CDATA[<b>Implementation of protected areas forcentral corridor of Atlantic Forestin Bahia</b>: <b>challenges and limits</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en No Brasil, as Unidades de Conservação (UCs) são consideradas o pilar central para o desenvolvimento de estratégias nacionais de conservação da biodiversidade. Dentro dessa perspectiva, foram estudadas trinta unidades de conservação pertencentes ao Corredor Central da Mata Atlântica no Estado da Bahia, com o objetivo de identificar e analisar seu atual nível de implementação. Foi utilizada, com as devidas adaptações, a metodologia de Lemos de Sá e Ferreira (2000), a qual consiste na aplicação de uma escala de padrão, onde a variação de análise do nível de implementação obedece a um intervalo entre 0 a 5 pontos. Após obter os dados do nível de implementação foi utilizado o método de agregação de Ward para auxiliar a visualização das unidades de conservação estudadas quanto à dissimilaridade entre elas. Utilizou-se a classificação internacional proposta pela IUCN (International Union for Conservation of Nature) para que as UCs sejam comparáveis com trabalhos realizados em outros países. As UCs avaliadas estão nos grupos Ia, II, V e VI da IUCN. Conforme os resultados, 50% das unidades de conservação analisadas encontram-se razoavelmente implementadas, 40% insuficientemente implementadas, 6,7% apresentam-se como "parques de papel" e apenas 3,3% podem ser classificadas como satisfatoriamente implementadas. Essas áreas enfrentam problemas em sua regularização fundiária; apresentam deficiência em infraestrutura, recursos humanos e financeiros. Diante dos resultados, fica evidente a recorrência do fato de que as unidades de conservação em estudo necessitam ser efetivamente implementadas. Para que isso ocorra, as políticas ambientais devem ser voltadas para ações com objetivos de consolidar essa estratégia de conservação.<hr/>In Brazil, Protected Areas (PAs) are considered the cornerstone for development of national strategies for biodiversity conservation. Considering this point of view we analyzed thirty protected areas belonging to Atlantic Central Corridor of Atlantic Forest in Bahia, aiming to identify and analyze its current level of implementation. Lemos de Sá and Ferreira (2000) methodology which consist of applying a standard scale, where the variation of the level of implementation conforms to a range of 0 to 5 points was used, with appropriate adaptations. After obtaining the data from the implementation level we use the aggregation method of Ward to help visualize the dissimilarity between the protected areas studied. We used an international classification proposed by IUCN (International Union for Conservation of Nature) for that the UCs to be compared with works done in another countries, the UCs considered are in the groups Ia, II, V and VI da IUCN. As results, 50% of protected areas analyzed are reasonably implemented, 40% inadequately implemented, 6.7% are presented only on paper and only 3.3% can be classified as satisfactorily implemented. These areas presents problems in their regularization; deficiency in infrastructure, human and financial resources. Given the results its clear the recurrent fact that conservation areas under study must be effectively implemented and for this to occur environmental policies should be focused on actions to consolidate the goals of conservation strategy. <![CDATA[<b>Distribution and dynamics of crown area on street trees of Curitiba, Paraná, Brazil, in the period 1984-2010</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Diante dos impactos advindos do processo de urbanização, uma das formas de favorecer a melhoria da qualidade de vida da população das cidades é realizar o planejamento e plantio de árvores, em áreas públicas ou particulares. Os benefícios ambientais ou socioeconômicos almejados com a arborização de ruas provêm, em maior parte, da copa das árvores e do manto de cobertura formado nas ruas. Dessa forma, objetivou-se com esta pesquisa analisar a distribuição e dinâmica de classes de área de copa de árvores avaliadas em dois inventários conduzidos na arborização de ruas da cidade de Curitiba, em 1984 e 2010. A distribuição dos dados em classes de área de copa, para o total de dados amostrados e para cada parcela, demonstrou que há tendência para uma curva de distribuição do tipo decrescente, típica de povoamentos multiâneos e multiespecíficos, tanto para o ano de 1984 quanto para o ano de 2010, com maior frequência de indivíduos na classe de área de copa de 0 - 50 m². Entretanto, quando analisados os dados das principais espécies, constatou-se que para algumas delas a curva de distribuição mudou de decrescente, em 1984, para unimodal, em 2010. Houve maior ingresso de árvores remanescentes nas classes de 50 | | 100 m² e 100 - 150 m² e maior remoção da classe de 0 - 50 m². Conclui-se que foi possível compreender, em parte, características comportamentais de espécies e verificar sinais de amadurecimento da arborização de ruas de Curitiba quando analisada 26 anos depois.<hr/>In front of impacts arising from the process of urbanization, one of the ways to facilitate the improvement of life quality of urban population is to perform the planning and the planting of trees, in private or public areas. The environmental or socio-economic benefits desired with street trees come from the top of the trees and from the covering mantle formed over the streets. In this way, the goal of this research was to analyze the distribution and dynamics of crown area classes of trees measured in two inventories held in Curitiba streets trees in 1984 and 2010. Data distribution in crown area classes, for the total data and each parcel sampled, demonstrated that there is a tendency for a descending distribution curve type, typical of multi-year and multispecific stands, both for the year 1984 as for the year 2010, with greater frequency of individuals in the crown area class 0 | | 50m². However, when data was analyzed for the main species it was found that for some of them the distribution curve changed from a descending type, in 1984, to a unimodal type, in 2010. There was greater recruitment of remaining trees in classes 50 - 100m² and 100 - 150m² and larger class removal of class 0 | | 50m². It was concluded that it was possible to understand, in part, behavioral characteristics of the species and verify signs of maturing of Curitiba streets trees when analyzed 26 years later. <![CDATA[<b>Population structure and density of <i>Attalea phalerata</i> Mart. ex Spreng.</b><b> </b><b>(Arecaceae) in a semideciduous forest</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en The structure of a population can be seen as the result of biotic and abiotic interacting forces. The studies of population characteristics are vital to improve the understanding of ecosystem functioning. In this study, we attempted to answer the two following questions: What are the population structure of Attalea phalerata? and Are there any influence of reproducers presence, canopy openness, declivity, basal area and soil coverage on recruitment of individuals in this population? We distinguished four ontogenetic stages in A. phalerata. Reproducers and virgins were sampled by using 25 plots (400 m²), juveniles and seedlings were sampled in sub-plots (100 m²). We found 2,328 Attalea phalerata individuals per hectare, first two ontogenetic stages accounted for 89.8% of the total, describing a relatively stable population. None of the analyzed factors were affecting the natural regeneration of Attalea phalerata in the fragment. The density and distribution pattern found for the population are probably signs of formation of oligarchic forests, moreover, the species seems to be able to colonize clearings and open areas.<hr/>A estrutura de uma população pode ser vista como o resultado da interação de forças bióticas e abióticas, sendo os estudos populacionais fundamentais para a compreensão do funcionamento dos ecossistemas. Neste trabalho, buscou-se responder a duas perguntas: Qual é a estrutura populacional de Attalea phalerata? Há alguma influência da presença de adultos, abertura do dossel, declividade, área basal e cobertura do solo sobre o recrutamento de novos indivíduos nessa população? Distinguiram-se quatro estágios ontogenéticos em A. phalerata. Adultos e pré-reprodutivos foram amostrados usando-se 25 parcelas (400 m²), sendo juvenis e plântulas amostrados em subparcelas (100 m²). Foram encontrados 2.328 indivíduos por hectare, e os dois primeiros estágios ontogenéticos representaram 89,8% do total, descrevendo uma população relativamente estável. Nenhum dos fatores analisados afetou a regeneração natural de Attalea phalerata no fragmento. A densidade e o padrão de distribuição encontrados na população constituíam, provavelmente, sinais de formação de florestas oligárquicas. Além disso, a espécie parece ser capaz de colonizar clareiras e áreas abertas. <![CDATA[<b>Floristic and ecological characterization of arborization of municipality of the Guarapuava, PR</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo teve por objetivo realizar o levantamento florístico e avaliar algumas características ecológicas das principais praças públicas do Município de Guarapuava, região centro-sul do Estado do Paraná. Os trabalhos de campo foram realizados no período de janeiro de 2007 a março de 2009. Foram identificadas 98 espécies, distribuídas em 43 famílias. A abundância mensurada foi de 1.143 indivíduos. A espécie mais bem distribuída foi Tipuana tipu, enquanto as mais abundantes, Grevillea robusta e Platanus acerifolia. Com relação à origem, a maioria das espécies, tanto em riqueza quanto em abundância, é exótica. Os valores de riqueza, abundância, H' e equidade foram relativamente altos, enquanto que os de dominância e similaridade, foram baixos. Apesar do alto valor de riqueza e diversidade, a alta frequência de poucas espécies e o baixo número de indivíduos por área amostrada têm colocado as praças públicas da área avaliada em condições ecológicas ainda longe das ideais. O alto número de espécies exóticas reflete, ainda, a falta de interesse na conservação da flora regional.<hr/>The objective of present study were to carry a floristic survey and evaluate some ecological characteristics of principal squars public of municipality of the Guarapuava, mid-southern region of Paraná state. The sampling were carried out from January 2007 to March 2009. Were found 98 species distributed in 43 family. The abundance measured were 1.143 individues. The most widespread specie was Tipuana tipu, while the most abundance was Grevillea robusta and Platanus acerifolia. Regarding the origin,of the majoritary, both species and abundance are exotic. The richness, abundance, H' and equity values were relatively high while dominance and similarity values rere low. Despite the high value of richness and diversity, the high frequency of few species and low number of individuals for sampled area place the public squars in the area evaluated in intermediate ecological conditions. The high number of exotic species reflects, still, the lack of interet in the conservation of regional flora. <![CDATA[<b>Natural regeneration in abandoned fields following intensive agricultural land use in an Atlantic Forest Island, Brazil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en The time required to regrowth a forest in degraded areas depends on how the forest is removed and on the type of land use following removal. Natural regeneration was studied in abandoned old fields after intensive agricultural land use in areas originally covered by Brazilian Atlantic Forests of the Anchieta Island, Brazil in order to understand how plant communities reassemble following human disturbances as well as to determine suitable strategies of forest restoration. The fields were classified into three vegetation types according to the dominant plant species in: 1) Miconia albicans (Sw.) Triana (Melastomataceae) fields, 2) Dicranopteris flexuosa (Schrader) Underw. (Gleicheniaceae) thickets, and 3) Gleichenella pectinata (Willd.) Ching. (Gleicheniaceae) thickets. Both composition and structure of natural regeneration were compared among the three dominant vegetation types by establishing randomly three plots of 1 x 3 m in five sites of the island. A gradient in composition and abundance of species in natural regeneration could be observed along vegetation types from Dicranopteris fern thickets to Miconia fields. The gradient did not accurately follow the pattern of spatial distribution of the three dominant vegetation types in the island regarding their proximity of the remnant forests. A complex association of biotic and abiotic factors seems to be affecting the seedling recruitment and establishment in the study plots. The lowest plant regeneration found in Dicranopteris and Gleichenella thickets suggests that the ferns inhibit the recruitment of woody and herbaceous species. Otherwise, we could not distinguish different patterns of tree regeneration among the three vegetation types. Our results showed that forest recovery following severe anthropogenic disturbances is not direct, predictable or even achievable on its own. Appropriated actions and methods such as fern removal, planting ground covers, and enrichment planting with tree species were suggested in order to restore the natural forest regeneration process in the abandoned old fields.<hr/>O tempo necessário para a regeneração de uma floresta em áreas degradadas depende de como a floresta foi removida e do tipo de uso do solo após o desmatamento. A regeneração natural foi estudada em campos abandonados após intensivo uso agrícola em áreas originalmente cobertas por Floresta Atlântica na Ilha Anchieta, Ubatuba, Brasil, com o objetivo de entender como as comunidades vegetais se re-estruturam após perturbações antrópicas e determinar estratégias apropriadas de restauração florestal. Os campos foram classificados em três tipos de vegetação, em função da espécie vegetal dominante: 1) campos de Miconia albicans (Sw.) Triana (Melastomataceae), 2) gleicheniais de Dicranopteris flexuosa (Schrader) Underw. (Gleicheniaceae) e 3) gleicheniais de Gleichenella pectinata (Willd.) Ching. (Gleicheniaceae). A composição e estrutura da regeneração natural foram comparadas entre os três tipos de vegetação, delimitando-se aleatoriamente três parcelas de 1 m x 3 m, em cinco locais da ilha. Foi observado um gradiente na composição e abundância de espécies na regeneração natural ao longo dos três tipos de vegetação, dos gleicheniais de Dicranopteris até os campos de Miconia. Esse gradiente não seguiu exatamente o mesmo padrão de distribuição dos três tipos de vegetação na ilha em relação à proximidade com os remanescentes florestais. Uma complexa associação de fatores bióticos e abióticos parece estar afetando o recrutamento e estabelecimento das plântulas nas parcelas estudadas. A baixa regeneração de plantas nos gleicheniais de Dicranopteris e Gleichenella sugere o efeito inibitório das samambaias sobre o recrutamento de espécies herbáceas e arbustivo-arbóreas. Entretanto, não foi possível distinguir diferentes padrões de regeneração arbórea entre os três tipos de vegetação. Os resultados indicaram que a regeneração florestal após distúrbios antrópicos intensos não é direta, previsível ou, mesmo, alcançável por si só. Ações e técnicas apropriadas para cada área, como remoção das samambaias, cobertura de solo e enriquecimento com espécies arbóreas foram sugeridas, visando à restauração da regeneração natural dos campos e ao seu retorno às condições florestais. <![CDATA[<b>Composition and structure of the woody cerrado <i>stricto sensu</i> in northern Tocantins and southern Maranhão</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve por objetivo avaliar a composição e a estrutura da comunidade arbórea de cerrado stricto sensu (s.s.) no município de Filadélfia (norte do Tocantins) e compará-la com a mesma fitofisionomia em uma área adjacente na bacia do rio Tocantins, no município de Carolina (MA), na província norte-nordeste do Cerrado. Em Filadélfia foram alocadas aleatoriamente 10 parcelas de 20 × 50m, totalizando um ha. Todos os indivíduos lenhosos com diâmetro de caule > 5 cm, medidos a 30 cm do solo, foram incluídos. Os dados de composição e estrutura da vegetação em Carolina foram obtidos em literatura. Dois métodos de análise foram empregados: UPGMA, adotando-se o índice de Sørensen, e TWINSPAN, agrupando parcelas e espécies. Em Filadélfia foram encontrados 789 indivíduos, 53 espécies e 44 gêneros; H' foi igual a 3,32 nats. ind-1 e J'=0,83. Nove espécies (Qualea parviflora, Pouteria ramiflora, Curatella americana, Hirtella ciliata, Qualea grandiflora, Parkia platycephala, Diospyros sericea, Stryphnodendron sp. e Stryphnodendron rotundifolium) representaram 49,9% do VI total. Das 69 espécies encontradas nas duas áreas, 36 foram comuns. O índice de Sørensen mostrou baixa similaridade florística entre Carolina e Filadélfia. A análise por TWINSPAN também mostrou similaridade qualitativa e quantitativa reduzidas entre as áreas. Os resultados revelaram que as comunidades de cerrado s.s. são diferenciadas entre e dentre as áreas, com provável influência das diferenças de solo. Não obstante, a fitossociologia foi similar a de outros estudos na região e a composição é característica da província fitogeográfica norte/nordeste do bioma Cerrado, contendo elementos típicos como Hirtella ciliata, Platonia insignis e Caryocar coriaceum.<hr/>The objective of this work was to evaluate the composition and structure of the woody community of cerrado stricto sensu fragments located in Carolina (southern Maranhão), and Filadelfia (northern Tocantins) in the north-northeastern phytogeographic Cerrado province. The survey was carried out with ten 1000 m² plots (20 × 50 m) at Filadélfia. The composition and structure data of the same vegetation physiognomy from Carolina was obtained by using literature. The Sørensen Index with UPGMA linkage method and the TWINSPAN were used to evaluate the similarities between the woody communities. All wood individuals showing diameters > 5 cm, at 30 cm above the ground level were recorded. In Filadelfia county 789 individuals, 53 species and 44 genus were recorded. Nine species (Qualea parviflora, Pouteria ramiflora, Curatella americana, Hirtella ciliata, Qualea grandiflora, Parkia platycephala, Diospyros sericea, Stryphnodendron sp. and Stryphnodendron rotundifolium) reached 49.9% of the total VI; H' = 3.32 and J' = 0.83. Among the total of 69 species, 36 species were found in the both counties. The Sørensen Index has shown low floristic similarity between Carolina and Filadélfia. Also the TWINSPAN has shown low qualitative and quantitative similarity between and within areas. These results have shown differences between and within areas of cerrado stricto sensu that most likely was associated with the different types of soils. The phytosociological results were similar to other surveys around the region and the floristic composition is typical of the north/northeastern phytogeographic Cerrado province. Typical species from this Cerrado province were recorded such as Hirtella ciliata, Platonia insignis and Caryocar coriaceum. <![CDATA[<b>Effect of fire on the fruit production of <i>Qualea parviflora</i> Mart. (<i>Vochysiaceae</i>) in the cerrado</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Entre os muitos efeitos causados por queimadas nas espécies arbóreas nativas do Cerrado, a alteração da produção de frutos tem destaque, pois implica diretamente na manutenção de populações locais. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito de uma queimada prescrita na produção de frutos de Qualea parviflora Mart. em área de Cerrado sensu stricto em Brasília, DF. Foram utilizadas duas áreas de Cerrado sensu stricto, uma submetida a regime de queima bienal em agosto (queimada) e outra protegida contra a queima há 14 anos (controle). Em cada área, 10 indivíduos reprodutivos foram selecionados e a sua produção de botões florais, flores e frutos, acompanhada durante 22 meses. Dois meses após uma queimada prescrita em 26 de agosto de 2008, a produção de estruturas reprodutivas foi maior na área queimada do que na área-controle. Contudo, a proporção de botões que geram flores e frutos ("fruit set") foi a mesma nas duas áreas. Na estação reprodutiva seguinte, um ano após a queima não houve produção de inflorescências na área queimada. No entanto, na área-controle a produção de frutos foi maior do que no período anterior. A ausência de produção de flores nos indivíduos da área queimada um ano após o fogo sugere que Q. parviflora pode necessitar de mais de um ano para retornar ao seu ciclo normal de reprodução, indicando que os efeitos de médio e de longo prazo devem ser considerados ao se usar o fogo como instrumento de manejo para redução do combustível em áreas de Cerrado.<hr/>Among the many effects caused by fires on native species of the Cerrado, the change in fruit production has been highlighted, since it results directly in the maintenance of local populations. The objective of this study was to investigate the effect of a prescribed burning on fruit set of Qualea parviflora Mart. in a cerrado sensu stricto area in Brasília-DF. Two areas of cerrado were studied, one submitted to biennial prescribed burnings in August (burned) and one fire protected for 14 years (control). In each area, 10 reproductive individuals were selected and their production of flower buds, flowers and fruits was monitored for 22 months. Two months after the prescribed fire on August 26, 2008, the production of reproductive structures was higher in the burned than in the control area. However, the proportion of flower buds that develop flowers and fruits (fruit set) was the same in both areas. One year after the fire, there was no inflorescence production in the burned area. However, in the control area the yield was higher than in the previous period. The absence of flower production in individuals of the burned area one year after the fire suggest that Q. parviflora may need more than a year to return to a normal cycle of reproduction, indicating that medium and long term effects of fire should be considered when using fire as a management tool to reduce fuel in areas of Cerrado. <![CDATA[<b>Variation on native vegetation cover in São Paulo</b>: <b>an overview of current knowledge</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudos em diversos países têm evidenciado a ocorrência de transição florestal, fenômeno em que o aumento da cobertura florestal supera as perdas por desflorestamento. No Brasil, embora o desflorestamento ocorra em maior grau que a expansão das florestas, é possível que em certas regiões essa relação seja inversa. Levantamentos recentes sugerem a tendência do Estado de São Paulo em direção à transição florestal. Com os objetivos de analisar as evidências dessa transição e facilitar o uso da informação já existente, fez-se uma revisão de quatro fontes de dados sobre a variação da cobertura vegetal nativa em São Paulo (Instituto Florestal, SOS Mata Atlântica/INPE, IBGE e CATI/IEA). Os resultados indicaram que as discrepâncias entre esses levantamentos podem, ao menos em parte, ser atribuídas a diferenças metodológicas e de objetivos. Ressaltam-se seus pontos de concordância e discutem-se possibilidades de harmonização dessas informações.<hr/>Studies in several countries have shown the occurrence of forest transition, when forest cover increase overcomes the loss by deforestation. In Brazil, although deforestation is still higher than afforestation, this relationship may be inverse in some regions. Recent assessments suggest the tendency of the state of São Paulo towards forest transition. Aiming to analyze forest transition evidence and facilitate the use of existing information, we review data on native vegetation cover variation in São Paulo from four data sources (Instituto Florestal, SOS MataAtlântica/INPE, IBGE and CATI/IEA). Our results indicate that discrepancies among these assessments may be accounted by differences in methodologies and objectives. We highlight their common grounds and discuss possibilities to harmonize their information. <![CDATA[<b>Distribution of tree species in a geomorphological and pedological gradient of submontane semidecidual seasonal forest in the vicinity of Rio Doce state park, Minas Gerais</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en The objective of this study was to test the hypothesis that the distribution of tree species in a fragment of submontane seasonal semideciduous forest, a buffer zone in the Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, is influenced by geomorphological and weather and soil variables, therefore it can represent a source of information for the restoration of degraded areas where environmental conditions are similar to those of the study area. A detailed soil survey was conducted in the area by sampling three soil profiles per slope segment, totaling 12 profiles. To sample the topsoil, four composite samples were collected from the 10-20 cm layers in each topographic range totaling 16 composite samples. In the low ramp and the lower and upper concave slopes, the texture ranged from clay to sandy-clay. The soil and topographic gradient was characterized by changes in the soil physical-chemical properties. The soil in the 10-20 cm sampled layer was sandier, slightly more fertile and less acid in the low ramp than the clayer soil, nutrient-poor and highly acid soil at the top. The soil conditions in the lower and upper slope of the sampled layers, in turn, were intermediate. The P levels were limiting in all soils. The species distribution along the topographic gradient was associated with variations in chemical fertility, acidity and soil texture. The distribution of Pera leandri, Astronium fraxinifolium, Pouteria torta, Machaerium brasiliense and Myrcia rufipes was correlated with high aluminum levels and to low soil fertility and these species may be indicated for restoration of degraded areas on hillsides and hilltops in regions where environmental conditions are similar. The distribution of Pouteria venosa, Apuleia leiocarpa and Acacia polyphylla was correlated with the less acid and more fertile soil in the environment of the low ramps, indicating the potential for the restoration of similar areas.<hr/>Este estudo teve como objetivos testar a hipótese de que a distribuição de espécies arbóreas num fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Submontana, Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Rio Doce, MG, é influenciada por variáveis geomorfológicas e edáficas e, dessa forma, fornecer subsídios para a recuperação de áreas degradadas em condições ambientais similares às da área de estudo. Foi realizado um levantamento detalhado de solos na área, com a abertura de perfis, sendo três em cada faixa (Rampa baixa, Baixa encosta côncava, Alta encosta côncava e Topo), totalizando 12 perfis. Nas coletas superficiais de solo foram colhidas quatro amostras compostas, na profundidade de 10-20 cm em cada faixa topográfica (Rampa baixa, Baixa encosta côncava, Alta encosta côncava e Topo), totalizando 16 amostras compostas. A partir dessas coletas foi realizada a caracterização química e granulométrica de cada amostra. Os solos foram classificados de acordo com o novo Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Os resultados da análise textural do solo na posição topográfica de Topo indicaram que a textura desse solo era muito argilosa. Nas posições topográficas Rampa baixa, Baixa encosta côncava e Alta encosta côncava, a textura variou de argilosa a argiloarenosa. O gradiente pedológico e topográfico é caracterizado por alterações nas propriedades físico-químicas do solo, sendo este amostrado (10-20 cm) na Rampa baixa mais arenosa, pouco mais fértil e menos ácida, em comparação com a do solo no Topo, mais argiloso, com teores baixos de macronutrientes e elevada acidez. A Baixa Encosta e Alta Encosta dos solos amostrados (a 10-20 cm), por sua vez, apresentaram condições edáficas intermediárias. Os teores de P eram limitantes em todos os solos. A distribuição das espécies ao longo do gradiente topográfico é associada com as variações da fertilidade química, acidez e textura do solo. Pera leandri, Astronium fraxinifolium, Pouteria torta, Machaerium brasiliense, Myrcia rufipes, Swartzia apetala e Lecythis lurida apresentaram suas distribuições correlacionadas com os teores elevados de alumínio e baixa fertilidade do solo, podendo ser indicadas para restauração de áreas degradadas em encostas e topos de morros em regiões com condições ambientais semelhantes às da área estudada. Pouteria venosa, Apuleia leiocarpa e Acacia polyphylla tiveram suas distribuições correlacionadas com solo menos ácido e mais fértil do ambiente mais plano de rampas, apresentando potencial para restauração de áreas similares. <![CDATA[<b>Growth and yield prognosis in diameter classes for thinning <i>Eucalyptus grandis</i> stands in Brazil south</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivo desenvolver modelos de crescimento e produção em classes de diâmetro para plantios de Eucalyptus grandis submetidos a desbastes. Os dados utilizados na modelagem foram provenientes de plantios de Eucalyptus grandis localizados no Município de Telêmaco Borba, Estado do Paraná, e oriundos de parcelas permanentes, temporárias e de inventário pré-corte, com idades variando de 2,5 a 26,5 anos. A função de densidade de probabilidade Weibull foi utilizada para gerar a distribuição diamétrica. O processo de modelagem de atributos do povoamento foi dividido em etapas, considerando-se os estágios de desenvolvimento do povoamento. Dessa maneira, dois sistemas de prognose foram gerados para predizer os atributos na idade do primeiro desbaste, segundo desbaste ou para o corte final. Os atributos modelados foram aqueles necessários para recuperação dos parâmetros da função Weibull nas idades de intervenção pelo método dos momentos. Para avaliação das prognoses, utilizaram-se o teste de aderência de Kolmogorov-Smirnov e o teste de identidade L&O proposto por Leite e Oliveira (2002). Os dois sistemas de prognose apresentaram boas estimativas de ajuste e precisão. A metodologia empregada possibilitou simular o crescimento e produção em plantios de Eucalyptus grandis ao longo da rotação, gerando resultados adequados, principalmente, para o corte final, quando são colhidas as melhores árvores com maiores valores agregados.<hr/>This study aimed to develop growth and yield models by diameter classes for Eucalyptus grandis plantation with thinnings. The data used for modeling are from Eucalyptus grandis plantation located in Telêmaco Borba, Parana state, and came from permanent, temporary plots and pre-harvesting inventory, with ages ranging from 2.5 to 26.5 years. The Weibull probability density function was used to generate the diameter distribution. The stand attributes modeling process was divided into steps, considering the development stages of stands. Thus, two prognosis systems were generated to predict the attributes in the age of first thinning, second thinning or for the final cut. The modeled attributes were those required for recovery the Weibull function parameters at the ages of intervention by the moments method. To evaluate the prognoses the Kolmogorov-Smirnov adherence test and the L&O identity test proposed by Leite and Oliveira (2002) were used. Both prognosis systems presented good estimates of adjustment and accuracy. The methodology allowed to simulate the growth and yield in Eucalyptus grandis stands trough the rotation, generating logical results, especially for the final cut where the best trees was harvested with higher added values. <![CDATA[<b>Spatial analysis of a forest fragment based on dirichlet's mosaic</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en A configuração espacial das árvores afeta grande número de processos fisiológicos e ecológicos em uma floresta, incluindo competição, distribuição, tamanho, crescimento e mortalidade da espécie. Métodos baseados na função K de Ripley têm sido usados com frequência para caracterizar a configuração espacial de uma floresta. Neste artigo foram propostos alguns métodos, que são baseados nas áreas do mosaico de Dirichlet (função D), para descrever a distribuição espacial de árvores. Devido à importância da Xylopia brasiliensis (pindaíba) na estrutura e dinâmica de floresta Semidecidual Montana, este trabalho avaliou as funções K e D para descrever a distribuição espacial da espécie. Os resultados indicaram que os estimadores das funções K e D, combinados com simulações Monte Carlo, levaram à rejeição da hipótese de completa aleatoriedade espacial (p < 0,10) da Xylopia brasiliensis em favor da presença de agrupamento espacial da espécie dentro do fragmento florestal.<hr/>The spatial pattern of trees affects a large number of physiological and ecological processes in a forest, including competition, distribution, size, growth and mortality of the species. Methods based on the Ripley's K function have been frequently used to characterize the spatial configuration of a forest. In this article we advocate to use methods that are based on areas of the Dirichlet's mosaic (function D) to describe the spatial distribution of trees. Due to the importance of Xylopia brasiliensis (Pindaíba) in the structure and dynamics of Semideciduous montana forests, this study assessed the K and D functions to describe the spatial distribution of this specie. Results showed that the estimators of the K and D functions, combined with Monte Carlo simulations, led to rejection of the null hypothessis of completely spatial randomness (p < 0,10 ) of the Xylopia brasiliensis in favor of the presence of clustering of the specie within the forest fragment. <![CDATA[<b>Application of hyperbolic function curves in construction site index</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste estudo foi avaliada a eficiência da função hiperbólica, para geração de curvas anamórficas e polimórficas de índices de local. As curvas de índice de local foram construídas utilizando os métodos: da curva-guia, da equação das diferenças, da predição de parâmetros, de Hammer e dos índices de local definidos preliminarmente. Para aplicação desses métodos foram utilizados dados de parcelas permanentes de povoamentos de eucalipto. A eficiência foi confirmada, sendo a função indicada para descrever tendências polimórficas e anamórficas, podendo ser utilizada na classificação da capacidade produtiva de povoamentos de eucalipto.<hr/>This study evaluated the efficiency of the hyperbolic function for construction of anamorphic and polymorphic site index curves. The site index curves were constructed using the methods: guide-curve, difference equation, parameter prediction, Hammer and site index preliminarily defined. To apply these methods data from permanent plots in stands of eucalyptus were used. The efficiency was confirmed, being the function indicated to describe anamorphic and polymorphic trends that can be used in the classification of productivity capacity of eucalypt stands. <![CDATA[<b>Contribution of forest certification in the attendance to the environmental and social legislation in Minas Gerais State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nas últimas décadas, a maior preocupação ambiental vem tendo reflexos em vários setores da economia e na maneira como os produtos são avaliados pelos consumidores. Especificamente com relação aos produtos florestais, o mercado passou a exigir garantias de que estes não sejam oriundos de atividades ilegais. Um dos instrumentos desenvolvidos para tal fim foi a certificação florestal, representada atualmente no Brasil pelos sistemas Forest Stewardship Council (FSC) e CERFLOR/PEFC. A certificação, além de atestar o sistema de manejo da operação florestal, exige o cumprimento das legislações nacionais vigentes no país. O Brasil, apesar de possuir legislação ambiental e trabalhista bastante completa, apresenta, de forma geral, dificuldade em seu efetivo cumprimento. Nas organizações florestais, o quadro não é diferente, pois as questões legais foram um dos principais desvios verificados nos relatórios de certificação. Assim, este trabalho teve por objetivo verificar a contribuição da certificação florestal no Estado de Minas Gerais no que diz respeito a aspectos de conformidade com a legislação ambiental e social. Para isso, buscaram-se os dados nos relatórios públicos das unidades de manejo florestal certificadas pelo FSC até dezembro de 2008. A análise teve foco em dois dos 10 princípios do FSC: Princípio 1 "Obediência às leis a aos princípios e critérios do FSC" e Princípio 4 "Relações comunitárias e direitos dos trabalhadores", que estão diretamente ligados ao atendimento das questões ambientais e sociais. Os resultados indicaram que o principal problema no âmbito legal foi o descumprimento da legislação ambiental, especificamente relacionado às áreas de preservação permanente e reserva legal. Já as questões sociais mais relatadas se referem aos requisitos de saúde e segurança do trabalho, em especial à Norma Regulamentadora NR -31. Para que se obtenha e mantenha o certificado de manejo, é exigido que todas as não conformidades sejam tratadas no sentido de serem corrigidas. Dessa forma, concluiu-se que a certificação florestal é um mecanismo que efetivamente contribui para o cumprimento da legislação ambiental e social do setor florestal no Estado de Minas Gerais.<hr/>In the last decades, the greatest environmental preoccupation is having a repercussion in several sectors of the economy and how the products are being evaluated by the consumers. Specifically to forest products, the market began to require guarantees that they weren't derived from illegal activities. One of the instruments developed for this purpose was the forest certification, represented in Brazil by the FSC (Forest Stewardship Council) and CERFLOR systems. This certification, besides attesting the system of forest management operation also requires compliance with the laws prevailing in the country. Brazil, despite having an environmental and labor legislation fairly complete has, in general, difficulty in their effective enforcement. In forestry organizations, the picture is not different because the legal issues were one of the main differences in the certification reports. The present study aimed to verify the contribution of forest certification in Minas Gerais state with regard to aspects of conformity to environmental and social legislation. For this, were sought the data in the public reports of the management units certified by FSC until December 2008. The analysis had focus on two of the ten FSC principles: Principle 1 - "Compliance with laws and FSC principles and criteria" and principle 4 "Community relations and workers rights". The results indicated that the principal problem in the legal ambit was the noncompliance of environmental legislation, specifically related to permanent preservation areas and legal reserve. Already the most reported social questions refer to the requirements of health and safety of work, in special to the regulatory norm NR-31. To obtain and keep the management certificate is required that all the nonconformities are treated in order to be corrected. Thus, was concluded that forest certification is a mechanism that effectively contributes to the compliance of environmental and social legislation in forest sector in Minas Gerais state. <![CDATA[<b>Mapping permanent preservation areas and land use conflicts identification at the camapuã/brumado river basin</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi mapear e quantificar as áreas de preservação permanente (APPs) de acordo com a Resolução nº 303/02 do CONAMA para, então, com base no mapa de uso da terra e cobertura vegetal, identificar e quantificar os eventuais conflitos de uso da terra, com vistas a nortear o cumprimento da lei e promover o uso adequado dos recursos da sub-bacia hidrográfica do rio Camapuã/Brumado, MG. Utilizaram-se uma imagem digital do sensor ETM+/LANDSAT 7, bases cartográficas planialtimétricas do IBGE para a área de estudo, e os softwares Anudem 5.2, Erdas Imagine 9.2 e ArcGIS 9.3. As APPs ocuparam 63.095 ha, representando 57,0% da área total da sub-bacia (110.711,9 ha). Com relação às categorias de APPs, o terço superior da bacia, ao longo das linhas de cumeada, correspondeu a 52,6% dos 63.095 ha; as zonas de proteção às margens dos cursos d'água, a 31,4%; a proteção das nascentes, a 15,6%; e as encostas com declividade superior a 45° e o terço superior de morros totalizaram 0,4%. As áreas de terço superior da bacia, ao longo das linhas de cumeada, foram as mais desrespeitadas (55,9%), seguidas das margens de curso d'água (23,12%), proteção de nascentes (20,83%), encostas com declividade superior a 45° (0,3%) e terço superior de morros (0,1%). Foram identificados 21.939,3 ha de APPs sendo explorados por atividades agropecuárias, o que representa 34,8% do total de APPs. Entretanto, constatou-se que 30.734,3 ha dos 47.616,9 ha situados fora das áreas de APP, i.e., 64,5% das áreas legalmente passíveis de conversão de uso da terra, estavam cobertos por vegetação nativa. Encontraram-se sólidas evidências de que a falta de conhecimento a respeito da espacialização das APPs dentro da propriedade é a principal causa do descumprimento da lei. A delimitação e espacialização das APPs pelo geoprocessamento viabilizam a aplicação da legislação florestal, contribuindo notoriamente para minimizar os conflitos de uso da terra e evitar a degradação dos remanescentes florestais pela formação de corredores ecológicos naturais que mitiguem os efeitos deletérios da fragmentação de habitats.<hr/>The major bottleneck towards environmental compliance and law enforcement in Brazil is the lack of up-to-date maps accurately depicting the boundaries of protected areas as set by the Forest Code. A detailed study carried out over the Camapuã/Brumado watersheds, based on CONAMA's Act nº 303/2002, was meant to identify and quantify eventual land use legal conflicts. An ETM+/LANDSAT 7 digital image, topographic datasets and the softwares Anudem 5.2, Erdas Imagine 9.2 and ArcGIS 9.3 were used to create visual depictions of both permanent preservation areas (PPA) and land use/land cover. PPAs corresponded to 57,0% of the total area of the watersheds (110.711,9 ha), being 52,6% located on the upper third of hills along the watersheds' divides, 31,4% on riparian zones, 15,6% around springs and their drainage areas and 0,4% combining the areas situated on hillsides with slopes greater than 45° and on the upper third of hills. On one hand, farming activities were identified on 22.000 ha, representing 35% of the protected areas. On the other hand, 31.000 ha, accounting for 65% of the total area that could be legally converted to agricultural lands, were still preserved by native vegetation. These empirical evidences corroborate the hypothesis that the lack of suitable maps showing the limits of protected areas - a responsibility of Brazilian government - forces farmers to operate on the margin of the law, being the primary cause of illegal land use. <![CDATA[<b>Kinetic parameters of adhesives produced from tannin <i>Anadenanthera peregrina</i> and <i>Eucalyptus grandis</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Devido à crise do petróleo, na década de 70, pesquisas tiveram o objetivo de substituir parcial ou totalmente os adesivos convencionais, à base de petróleo. Uma forma de substituição foi a utilização de fontes naturais, como os taninos, provenientes de algumas espécies arbóreas. Porém, os taninos apresentam algumas limitações de uso, que podem ser superadas através da sulfitação e da hidrolise ácida. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da hidrólise ácida e sulfitação de taninos extraídos da casca de Eucalyptus grandis e Anadenanthera peregrina, nos parâmetros cinéticos dos adesivos tânicos, através da técnica de calorimetria diferencial exploratória (DSC). Os taninos foram hidrolisados com ácido acético ou ácido clorídrico a 10N, empregando-se três valores de pH e três tempos de reação. A sulfitação foi realizada em solução de sulfito de sódio, à 5%, em três tempos de reação. A energia de ativação, entalpia e temperatura de cura dos adesivos foram reduzidas pela hidrólise e sulfitação dos taninos, porém apresentaram banda larga de polimerização. O tempo de reação dos taninos não teve efeito sobre os parâmetros cinéticos.<hr/>Due to the petroleum crisis in the Seventies, research had the objective of replace part or the entire conventional adhesive, based on petroleum. One way of replacement was the use of natural sources, as the tannins from some species of tree. However, the tannins present some use limitations, which can be overcome by sulfitation and acid hydrolysis. Therefore, the purpose of this study was evaluate the effect of tannina cid hydrolysis and sulfitation, extracted from the bark of Eucalyptus grandis and Anadenanthera peregrina in the kinetic parameters of tannin adhesives using the technique of differential scanning calorimetry (DSC). The tannins were hydrolyzed with acetic acid or hydrochloric acid 10N, using three pH values and three reaction times. The sulfitation was performed in a 5% sodium sulfite solution, in three reaction times. The activation energy, enthalpy and cure temperature of the adhesive were reduced by hydrolysis and sulfitation of tannins, but showed broadband polymerization. The tannins reaction time had no effect on the kinetic parameters. <![CDATA[<b>Development of recycled paper properties by ultrasonic treatment and addition of xylan</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nesse estudo foi avaliado o potencial de utilização de vibrações ultrassônicas e adição de xilanas para melhorar a qualidade do papel reciclado. Inicialmente, foi realizado um estudo de otimização do tratamento ultrassônico. Foram avaliadas as influências do pH, da consistência da massa e do tempo de tratamento. A consistência da massa não afetou significativamente os resultados. Entretanto, elevados tempos de tratamento e valores de pH intensificaram os efeitos da ultrassonificação. O tratamento ultrassônico melhorou as propriedades mecânicas do papel de forma semelhante ao refino em PFI, embora com menor intensidade. As ondas ultrassônicas atuam, principalmente, promovendo o desfibrilamento externo das fibras. Também foram investigados os impactos da adição de xilanas na polpa. Os resultados indicaram que, mesmo com pequenas dosagens de xilanas (10 g/kg), foi possível aumentar significativamente a resistência mecânica do papel. Dosagens acima de 50 g/kg não são justificáveis. As tecnologias de ultrassonificação e adição de xilanas evidenciaram grande potencial técnico para melhorar a qualidade do papel reciclado.<hr/>This study evaluates the potential of ultrasonic vibration application and xylan addition to improve the quality of recycled papers. Firstly, a study was conducted to optimize the ultrasonic treatment conditions. The influence of pH, pulp consistency and treatment time were evaluated. Pulp consistency did not affect the results. On the other hand, high treatment time and pH intensify the ultrasonic effects. The ultrasonic vibration improved the mechanical properties of paper as a similar manner to the refine in PFI, with less intensity, however. Ultrasonic vibrations act mainly by promoting the external defibrillations of fibres. Also the effects of hemicelluloses addition were evaluated. The results showed that even with low dosage of hemicelluloses (10g/kg) it was possible to increase the paper strength. Dosages higher than 5g/kg are unwanted. The ultrasonic treatment and the xylan addition are technically efficient to improve the paper quality. <![CDATA[<b>Thermal instrumentation applied to charcoal production</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622012000400020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste estudo, propôs-se avaliar a instrumentação térmica de fornos retangulares destinados à produção de carvão vegetal, denominados RAC220, com capacidade individual para produzir 30 toneladas de carvão por ciclo de carbonização. Os objetivos foram medir as temperaturas em pontos estratégicos do forno e identificar as relações entre temperatura e produção de carvão vegetal. Nesse sentido, este trabalho consistiu em instalar 22 sensores tipo PT100 por forno. Por meio de um sistema eletrônico supervisório conectado a uma rede sem fio, as temperaturas foram armazenadas e, via software com interface gráfica, visualizadas na forma de gráficos e tabelas. Ressalta-se que a concepção, desenvolvimento e montagem de todos os equipamentos eletrônicos foram de responsabilidade da Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Uberlândia. O sistema atualmente está em fase de testes e permite analisar e comparar os históricos de ciclos de produção, bem como realizar interferências para corrigir os ciclos de carbonização em tempo real de produção. Tais informações guiam e auxiliam o carbonizador durante todos os estágios da produção de carvão vegetal. Por meio dos resultados, verificou-se que a instrumentação térmica de fornos destinados à produção de carvão vegetal permite, entre diversos fatores, reduzir o tempo de pirólise e resfriamento e minimizar as perdas e falhas de produção, além de aumentar a eficiência térmica dos fornos.<hr/>This work proposes the thermal analysis of rectangular brick kilns which has an individual capacity to produce 30 tons of charcoal for carbonization cycle. The objective of this work was to measure the temperature from thermocouples located in different sites in the kilns and to establish a relationship between temperature and charcoal production. In this sense, the thermal instrumentation predicted the installation of 22 PT100 thermocouples in each kiln. These sensors were connected to a mother boarder that emits the signal to a computer by an electronic circuit and a wireless net. The temperatures were stored in a supervisory system which presented the measured data in form of graphs and tables. Such information can be used to guide and to assist the carbonizing agent during the whole stages of the charcoal production. This measurement procedure with a statistical analysis represents an important tool to reduce the time of drying, pyrolysis and cooling. It can also minimize the losses and increase the thermal efficiency of the production process.