Scielo RSS <![CDATA[Pesquisa Veterinária Brasileira]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-736X20150012&lang=pt vol. 35 num. 12 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Parasitos gastrintestinais de suínos criados sob diferentes sistemas de manejo no Estado do Rio de Janeiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200941&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: From 2012 to 2013 were surveyed gastrointestinal parasites from pig farms located in different municpaliyies in the state of Rio de Janeiro. Fecal samples from 790 pigs were collected from the rectum on 88 family farms and 702 farms with industrial production. The samples were subjected to Faust et al., Sheather, Ritchie, Lutz and direct examination faecal techniques. The estimated parasite prevalence was 93.1% in family farms and 59.1% in industrial farms. Balantidium coli, coccidia and Entamoeba sp. were the parasites with the highest frequencies, and the male and female reproductive categories and fatteners pigs the most infected (p&lt;0.05). Trophozoites of B. coli were most evident in stool samples from semi-solid followed by solid and diarrheal consistencies. Strongyles eggs and Trichuris suis have been detected exclusively in family farms. Ascaris suum eggs and Strongyloides ransomi showed low frequency. The high degree of parasitism, especially protozoa, indicates the need to reassess the management of pigs in both types of production.<hr/>Resumo: De 2012 a 2013 foram pesquisados parasitos gastrintestinais de suínos de granjas localizadas em diferentes municípios do estado do Rio de Janeiro. Amostras fecais de 790 suínos foram coletadas da ampola retal, sendo 88 de propriedades familiares e 702 de granjas com produção industrial. As amostras foram submetidas às técnicas de Faust et al., Sheather, Ritchie, Lutz e exame direto. A prevalência estimada foi de 93,1% nas granjas familiares e 59,1% nas granjas industriais. Balantidium coli, coccídios e Entamoeba sp. foram os parasitos que apresentaram as maiores frequências, sendo as categorias machos e fêmeas reprodutoras e leitões de terminação as mais infectadas (p&lt;0,05). Trofozoítas de B. coli foram mais evidenciados nas amostras fecais de consistências semi-sólida, seguida pelas fezes com consistências sólida e diarreica. Ovos de estrongilídeos e Trichuris suis foram detectados exclusivamente em criações familiares. Ovos de Ascaris suum e de Strongyloides ransomi apresentaram baixa frequência. O alto grau de parasitismo, principalmente de protozoários, indica a necessidade de reavaliação do manejo dos suínos em ambos os tipos de produção. <![CDATA[Anemia infecciosa equina na Ilha de Marajó na foz do Rio Amazonas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200947&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: Equine infectious anemia (EIA) is a transmissible and incurable disease caused by a lentivirus, the equine infectious anemia virus (EIAV). There are no reports in the literature of this infection in Equidae on Marajo Island. The objective of this study was to diagnose the disease in the municipalities of Cachoeira do Arari, Salvaterra, Santa Cruz do Arari and Soure, on Marajó Island, state of Pará, Brazil. For serological survey samples were collected from 294 horses, over 5-month-old, males and females of puruca and marajoara breeds and from some half-breeds, which were tested by immunodiffusion in Agar gel (AGID). A prevalence of 46.26% (136/294) positive cases was found. EIA is considered endemic in the municipalities studied, due to the ecology of the region with a high numbered population of bloodsucking insect vectors and the absence of official measures for the control of the disease.<hr/>Resumo: A anemia infecciosa equina (EIA) é uma importante enfermidade, transmissível e incurável causada por um lentivírus, equine infectious anemia vírus (EIAV), e não há relatos na literatura desta infecção em equinos da Ilha de Marajó. O objetivo deste estudo foi diagnosticar a anemia infecciosa equina nos municípios de Cachoeira do Arari, Salvaterra, Santa Cruz do Arari e Soure, Ilha de Marajó, no bioma amazônico do estado do Pará, Brasil. Para a pesquisa sorológica foram coletadas 294 amostras de animais da espécie equina, acima de cinco meses de idade, de ambos os sexos, das raças puruca, marajoara e de mestiços, testadas pela imunodifusão em gel de Agar (IDGA). Foi verificada uma prevalência de 46.26% (136/294) de casos positivos para EIA. A doença é considerada endêmica nos municípios estudados, tanto pelos aspectos ecológicos da região que propiciam a manutenção da população de insetos hematófagos vetores, quanto pela ausência de medidas oficiais de controle da doença. <![CDATA[Detecção de <em>Brucella abortus</em> em linfonodos de búfalas (<em>Bubalus bubalis</em>) em diferentes fases da gestação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200951&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O objetivo do presente trabalho foi verificar a presença do DNA de Brucella abortus e caracterizar as lesões causadas por esse agente em linfonodos de búfalas. Foram utilizadas 19 búfalas em diversos estágios de gestação, sorologicamente positivas para brucelose, submetidas ao abate sanitário, das quais se coletou fragmentos de diversos linfonodos. A idade fetal foi determinada através de exames ultrassonográficos associados à mensuração dos fetos durante a necropsia. Amostras foram coletadas e submetidas à qPCR e histopatologia. A detecção de DNA de B. abortus nos linfonodos das búfalas avaliadas foi verificada a partir do quarto mês de gestação em sete búfalas e em uma búfala pós-parição. Os achados histológicos foram linfadenite aguda a crônica. A presença de DNA de B. abortus foi detectada em todos os grupos de linfonodos avaliados, sendo que os linfonodos mais acometidos foram os mamários.<hr/>Abstract: The objective of this study was to detect Brucella abortus in lymph nodes of buffaloes as well as to describe the lesions caused. Nineteen buffalo cows in various stages of pregnancy, serologically positive for brucellosis and subjected to culling were used. Fetal age was determined by ultrasound examination and the size of fetuses was measured at necropsy. Fragments of lymph nodes were collected for histopathology and qPCR. The detection of B. abortus DNA in the lymph nodes was checked from the fourth month of pregnancy in seven buffaloes and in a post-calving buffalo. Acute to chronic lymphadenitis was histologically diagnosed. B. abortus DNA was detected in all evaluated groups of lymph nodes; the mammary lymph nodes were the most affected. <![CDATA[Enfermidades em bovinos associadas ao consumo de resíduos de cervejaria]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200956&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: A utilização de subprodutos de cervejaria na alimentação de bovinos tem crescido nos últimos anos como uma excelente alternativa na manutenção ou aumento da produtividade na bovinocultura, sobretudo na Região Sudeste. Entre os resíduos mais empregados estão o bagaço de malte oriundo da "cevada" e o "levedo de cerveja", um subproduto líquido que contém álcool, muito utilizado no Estado do Rio de Janeiro. O uso incorreto ou sem os devidos cuidados, bem como o armazenamento de forma inadequada, contudo, podem ser responsáveis por quadros de intoxicação por etanol, neurotoxicose por Aspergillus clavatus, acidose ruminal e botulismo. Esse trabalho tem por intuito alertar para a importância dessas condições como causa de sérios prejuízos econômicos à pecuária e fornecer subsídios para o estabelecimento do diagnóstico, diagnóstico diferencial e profilaxia das mesmas.<hr/>Abstract: The use of brewery by-products in cattle feed has grown in recent years as an excellent alternative for maintenance or increase in cattle productivity especially in Southeastern Brazil. Among the most employed by-products are malted barley waste and brewer's yeast, a liquid by-product that contains alcohol and is widely used in the State of Rio de Janeiro. Careless or incorrect use of these products, as well as inadequate storage, can cause ethanol poisoning, neurotoxicosis by Aspergillus clavatus, ruminal acidosis and botulism. This paper highlights the importance of these conditions as causes of severe economic losses to livestock, and provides support for the establishment of diagnosis, differential diagnosis and prophylaxis. <![CDATA[Dados retrospectivos de tumores de bainha de nervo periférico na pele de cães com ênfase a fatores histológicos, imuno-histoquímicos e prognósticos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200965&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: In this retrospective study was determined the frequency of canine skin peripheral nerve sheath tumors (PNST) in cases diagnosed by the Setor de Patologia Veterinária of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul (SPV-UFRGS), Brazil, between the years 2000 and 2012. The canine profiles, as well as histological, immunohistochemical and prognostic aspects of the tumors were based on 70 samples, comprising 40 females, 29 males and one unspecified sample. Between 2000 and 2012, 2,984 skin tumors of dogs were diagnosed in the SPV-UFRGS, totaling 2.34% of skin neoplasms in dogs. Animals that comprised the largest amount of samples (43%) were those with no breed (SRD), followed by German Shepherds (10%). Females were more affected than males (40/70 - 57% and 29/70 - 41% respectively). Skin PNST of this research showed predominant localization on the limbs (40% in the forelimbs and 29% in the hindlimbs); affecting adult dogs, mostly aged between 8 and 11 years (54%). The samples were routinely processed for hematoxylin and eosin, and were also evaluated by toluidine blue and Masson's trichrome staining, and immunohistochemistry (IHC) anti-vimentin, -S-100, -GFAP, -actin, von Willebrand factor and neurofilament. Anisocytosis and anisokaryosis, mitotic index, intratumoral necrosis, invasion of adjacent tissues, tumor location, local recurrence and metastasis were related to the diagnosis of benign (49/70) or malignant tumor (21/70). The Antoni A histological pattern was observed more frequently in benign tumors. The immunohistochemistry helped to diagnose PNST, and anti-vimentin and anti-protein S-100 showed the highest rates of immunostaining. Throughout statistical analysis of animals with tumor recurrence, it was found that the chance of an animal with a malignant peripheral nerve sheath tumor to develop recurrence is 4.61 times higher than in an animal that had a benign tumor.<hr/>Resumo: Neste estudo retrospectivo foi determinada a frequência dos tumores de bainha de nervo periférico (TBNP) na pele de cães diagnosticados pelo Setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (SPV-UFRGS), Brasil, no período de 2000 a 2012. O histórico dos cães, assim como a histologia, a imuno-histoquímica e o prognóstico em relação aos tumores foram baseados em 70 amostras histológicas, correspondendo a 40 fêmeas (57%), 29 machos (41%) e uma amostra sem a informação do sexo. De 2000 a 2012, foram diagnosticados 2984 tumores de pele de cães pelo SPV-UFRGS, totalizando 2,34% das neoplasias em cães. A maior parte das amostras (43%) foi proveniente de animais sem raça definida (SRD), seguidos pelos da raça Pastor Alemão (10%). A localização predominante dos TBNP desta pesquisa ocorreu em membros (40% em membro tóracico e 29% em membro pélvico), afetando principalmente cães de oito a 11 anos idade (54%). As amostras foram processadas rotineiramente para coloração de Hematoxilina e eosina, e foram realizadas as colorações de azul de toluidina e tricrômio de Masson, assim como realizada imuno-histoquímica (IHQ) anti-vimentina, -S-100, -GFAP, -actina, von Willbrand e neurofilamento. Os fatores anisocitose e anisocariose, índice mitótico, necrose intratumoral, invasão tumoral em tecidos adjacentes, localização tumoral, local de recorrência e metástase foram relacionados com o diagnóstico de benignidade (49/70) ou malignidade (21/70). O padrão histológico de Antoni A foi observado com mais frequência em tumores benignos. A IHQ auxiliou no diagnóstico dos TBNP, com maiores índices de imunomarcação anti-vimentina e S-100. A análise estatística das amostras de animais que apresentaram recidiva tumoral evidenciou que a chance de um animal com tumor de bainha de nervo periférico maligno desenvolver recidiva é 4,61 vezes maior do que em animais que apresentam tumor benigno. <![CDATA[Teste rápido para detecção da Proteína C-Reativa (FASTest® CRP canino) como auxílio diagnóstico de piometra em cadelas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200975&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: A piometra é uma enfermidade comum em cadelas, caracterizada pela inflamação do útero com acúmulo de exsudato purulento. A avaliação ultrassonográfica abdominal é um dos principais exames utilizados para o diagnóstico da doença e o tratamento de eleição é a ovário-histerectomia (OSH). A proteína C reativa (PCR) é uma proteína de fase aguda que apresenta concentração sérica aumentada na ocorrência de processos inflamatórios. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do teste rápido para detecção da PCR sérica (FASTest® CRP canino), como auxiliar no diagnóstico de piometra em cadelas com suspeita da doença ao exame ultrassonográfico. Das 25 cadelas com imagem ultrassonográfica sugestiva de piometra incluídas no estudo, apenas 12 (48,0%) tiveram o diagnóstico confirmado por exame histopatológico uterino realizado após a OSH. Em todas as pacientes com o diagnóstico de piometra confirmado pelo exame histológico a PCR foi positiva. O FASTest® CRP apresentou valor preditivo positivo de 92,3%, valor preditivo negativo e sensibilidade de 100,0% e 92,3% de especificidade. Logo, a acurácia do FASTest® CRP canino para diagnóstico de piometra em cadelas com suspeita ao exame ultrassonográfico foi de 96,0%. Conclui-se que o teste rápido para detecção da PCR sérica pode ser utilizado como exame auxiliar para o diagnóstico de piometra em cadelas.<hr/>Abstract: Pyometra is a common disease in bitches characterized by an inflamed uterus filled with pus. Abdominal ultrasonographic evaluation is one of the most requested exam used to diagnose the disease, whereas ovariohysterectomy is the most commonly chosen treatment. C-reactive protein (CRP) is an acute phase protein whose serum concentration increases in inflammatory processes. The goal of this study was to evaluate the effectiveness of the rapid test for detecting serum CRP (FASTest® canine CRP) in the diagnosis of pyometra in bitches with suspicion of the disease by ultrasonography. From 25 bitches with ultrasonographic image suggestive of pyometra included in this study, only 12 (48.0%) has the diagnosis confirmed by histopathological examination of the uterus after ovariohysterectomy. In all patients diagnosed with pyometra, confirmed by histology, the CRP was positive. The FASTest® CRP showed a positive predictive value of 92.3 %, negative predictive value and sensitivity of 100.0% and 92.3% of specificity. Therefore, the accuracy of FASTest® CRP for diagnosis of pyometra in bitches with suspicion by ultrasonography was 96.0%. It was concluded that the rapid test for detecting serum CRP can be used as an aid to diagnose pyometra in bitches. <![CDATA[Co-infecção por Tritrichomonas foetus e Pentatrichomonas hominis em gatos assintomáticos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200980&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: Tritrichomonas foetus, a parasite well known for its significance as a venereally transmitted pathogen in cattle, has been identified as a cause of chronic large bowel diarrhea in domestic cats in many countries of the world. In Brazil, several studies on the diagnosis of bovine trichomoniasis have been performed, but until now, no study was made regarding feline trichomoniasis. Thus, this is the first study to report the occurrence of T. foetus and Pentatrichomonas hominis in cats using morphological and molecular analysis. Feces from 77 cats were examined, four of which (5.2%) were positive for the presence of parabasalids. Morphological analysis of stained smears revealed piriform trophozoites showing the three anterior flagella, elongated nucleus and axostyle ending abruptly in fillet, characteristic of T. foetus. In scanning and transmission electron microscopy, identification characters similar to those previously reported for T. foetus were observed. The cultures containing trophozoites were submitted for molecular analysis, which resulted positive for T. foetus DNA using specific primers (TFR3 and TFR4), and all samples were positive and subjected to sequencing in which they showed 99.7-100% similarity with another isolate sequencing of T. foetus (JX960422). Although no trophozoite with consistent morphology of P. hominis has been visualized in the samples, differential diagnosis was performed using specific primers for P. hominis (TH3 and TH5) amplicon. In three of the four samples (3.89%) sequencing revealed 100% similarity when compared with another sequence of P. hominis deposited in Genbank (KC623939). Therefore, the present study revealed through the diagnostic techniques employed the simultaneous infection by T. foetus and P. hominis in the feces of cats. However, it was necessary to use more than one technique for the diagnosis of the co-infection. These results demonstrate the importance of a correct diagnosis to allow an appropriate treatment by the veterinarian.<hr/>Resumo: Tritrichomonas foetus, um parasito bem conhecido por seu significado como um agente patogênico transmitido venereamente em bovinos, também foi identificado como causa de diarreia crónica do intestino grosso em gatos domésticos em muitos países. No Brasil, vários estudos sobre o diagnóstico de tricomonose bovina foram realizados, mas até agora, não há informação disponível em relação à trichomonose felina. Assim, este é o primeiro estudo a relatar a ocorrência de T. foetus e Pentatrichomonas hominis em gatos por meio de análise morfológica e molecular. Fezes de 77 gatos foram examinadas, a partir da qual quatro (5,2%) foram positivas para a presença de parabasalídeos. A análise morfológica de esfregaços corados revelou trophozoitos piriformes com três flagelos anteriores, núcleo alongado e axóstilo cuja projeção termina abruptamente em formato de filete, características estas de identificação morfológica T. foetus. Além disso, microscopia eletrônica de varredura e transmissão, revelaram caracteres morfológicos semelhantes aos descritos na literatura para esta espécie. A análise molecular de culturas utilizando iniciadores específicos para trofozoítos de T. foetus (TFR3 e TFR4), mostrou que as quatro amostras foram positivas para este parasito e osequenciamento dos fragmentos amplificados demonstraram 99,7-100% de similaridade com seqüências depositadas no GeneBank de T. foetus. Nenhum trofozoíto com morfologia consistente com a descrição de P. hominis foi visualizado nas amostras. No entanto, a análise molecular, utilizando iniciadores específicos para esta espécie (TH3 e TH5) detectou que três das quatro amostras (75%) também foram positivas para P. hominis e o sequenciamento de nucleotideos revelou 100% de similaridade dos amplicons quando comparada com o mesmo fragmento de DNA de P. hominis depositado no GenBank. Como tal, o presente estudo relata a coinfecção de gatos com T. foetus e P. hominis e destacou a exigência de uma combinação de métodos para o diagnóstico de coinfecções. Estes resultados demonstram a importância do diagnóstico correto para a aplicação da terapia apropriada por parte dos veterinários. <![CDATA[Avaliação da epífora de cães usando dacriocistografia e tomografia computadorizada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200989&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: A avaliação da epífora pode ser feita por exames clínicos, testes de excreção lacrimal, exames contrastados, como avaliação radiológica e estudo tomográfico; estes dois últimos permitem análise minuciosa das estruturas. O presente estudo teve como objetivo avaliar a via lacrimal excretora com uso de radiografia e tomografia computadorizada contrastadas, feitas em animais com epífora, comparando-se com animais sadios, sem essa afecção. Foram utilizados 20 cães, de raças e pelagens variadas, machos e fêmeas, com peso de 1 a 20 kg, com 0,7 a 8 anos de idade, apresentando epífora (grupo epífora - GE). Como grupo de controle (GC), foram utilizados 15 cães, sem alterações clínicas de drenagem do sistema lacrimonasal de raças e pelagens variadas, machos e fêmeas, pesando 1 a 20 kg, com 0,7 a 8 anos. Foi proposta a divisão do sistema de drenagem lacrimal em quatro regiões. Na região 1, o GE teve 29 (76,3%) animais com dilatação visibilizada pelo R-X e 32 (84,2%) pela TC; no GC, 4 (12,5%) no R-X e 1 (3,1%) na TC demonstraram dilatação. Na região 3, 13 (34,2%) cães evidenciaram dilatação do DLN no R-X e 14 (36,8%) na TC; e 21 (55,3%) comunicação do ducto lacrimonasal com o seio nasal pelo R-X e 28 (73,7%) pela TC. Já no GC, 15 (46,9%) pelo R-X e 22 (68,7%) pela TC possuíam comunicação do ducto lacrimonasal com o seio nasal. Concluiu-se que: dilatações também podem ser observadas em alguns cães sem sinal clínico da afecção; comunicação do ducto lacrimonasal com o seio nasal não indica alteração causadora de epífora, pois está presente em animais com e sem afecção; os dados do presente estudo confirmam que o exame DCG por si pode dar importantes informações, de forma semelhante à TC, devendo-se recorrer à ela apenas quando houver dúvidas sobre lesões ósseas, fraturas e corpos estranhos não detectados pelo primeiro.<hr/>Abstract: Epiphora evaluation can be done through clinical exams, lachrymal excretion tests, contrasted exams, like radiologic evaluation and tomography studies; those last two allow a detailed analysis of the structures. The present study had as the objective to evaluate the lacrimal drainage system through radiography and contrasted computed tomography, which were made with animals presenting epiphora, comparing them to healthy animals, without the mentioned condition. Twenty dogs were used for tests, from a variety of breeds and coatings, males and females, weight varying from 1kg to 20kg, ages varying from 0.7 to 8 years old, presenting epiphora (epiphora group - GE*). As a control group (GC*) 15 dogs were used, with no clinical alterations of naso-lachrymal drainage system, from different breeds and coatings, males and females, weighing from 1kg to 20kg and ages varying from 0.7 to 8 years old. It was propoused the division of the lacrimal drainage system in four regions. On region 1, the GE had 29 (76.3%) animals with dilation visualized by the RX and 32 (84.2%) by CT, the GC, 4 (12.5%) in the RX and 1 (3.1% ) CT showed dilation. In region 3, 13 (34.2%) dogs showed dilatation of the DLN in RX and 14 (36.8%) on CT, and 21 (55.3%) nasolacrimal duct communication with the sinus and the X-ray 28 (73.7%) by CT. For the CG, 15 (46.9%) the X-ray and 22 (68.7%) by CT had nasolacrimal duct communication with the nasal sinus. It has been concluded that dilations can also be observed in some dogs with no clinical signs of disease; nasolacrimal duct communication to sinus does not indicate epiphora causing alteration, as it is present in animals with and without affection; the present study data confirm that DCG itself can provide important informations, in a similar manner to CT, and should resort to it just in case of doubts about bone lesions, fractures and foreign bodies undetected at first. <![CDATA[Anatomia óssea e radiográfica do membro pélvico do cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001200997&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract: The knowledge of anatomical structures found in wild animals is important for the practice of medical and surgical clinic. Thus, the aim of this study was to describe the osteology and radiographic anatomy of the femur, patella, tibia, fibula, tarsal, metatarsal and phalanges of the Marshdeer Blastocerus dichotomus as a reference for clinical use and species identification. Most structures were similar to those found in domestic animals, with special features of this species. Noteworthy is, for example, the absence of the third trochanter of the femur. Although a ruminant, the Marshdeer has a fibuyla similar to the one described for the horse. B. dichotomus has four fingers on each limb, formed through three phalanges, only the third and fourth finger touch the ground, and the second and fifth finger is rudimentary. It has four proximal and two distal sesamoid bones, and sesamoid bones near the gastrocnemius muscle do not exist.<hr/>Resumo: O conhecimento das estruturas anatômicas encontradas nos animais silvestres é importante para a prática da clínica médica e cirúrgica. O objetivo deste trabalho foi descrever a osteologia e anatomia radiográfica do fêmur, patela, tíbia, fíbula, tarsais, metatarsais e falanges do cervo-do-pantanal, para contribuir com o cotidiano clínico e, a identificação da espécie. A maioria das estruturas foi semelhante às encontradas nos animais domésticos, com particularidades próprias da espécie. Destaca-se, por exemplo, a ausência do terceiro trocanter do fêmur. Embora seja um ruminante, o cervo-do-pantanal apresentou a fíbula semelhante à descrita para os equinos. Este animal possui quatro dedos em cada membro, formados por três falanges, sendo que apenas o terceiro e o quarto dedos tocam o solo e, o segundo e o quinto dedos são rudimentares. Apresentou ainda quatro ossos sesamóides proximais e dois distais. Não se observou ossos sesamóides junto ao músculo gastrocnêmio. <![CDATA[Avaliação da cavidade orofaríngea da tartaruga da Amazônia, <em>Podocnemis expansa</em> (Schweigger, 1812)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-736X2015001201002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: Os quelônios são importantes como fonte alimentar e econômica para as comunidades da região amazônica. Sendo assim, a caça, a pesca e a procura por ovos destes animais tem ocorrido frequentemente. Podocnemis expansa (Tartaruga da Amazônia) é o maior quelônio de água doce da América do Sul. É uma espécie largamente distribuída, porém, nota-se que aspectos anatômicos da espécie são insuficientemente descritos. O objetivo desse estudo foi descrever a cavidade orofaríngea desses quelônios. Foram utilizadas 12 cabeças de P. expansa adultas, de ambos os sexos, com idade entre 3 a 8 anos, com peso corpóreo de 5 a 22kg (média de 7,5kg). P. expansa conta com a presença de rafontecas afiadas e bem desenvolvidas que, associadas à musculatura potente da mandíbula e à língua volumosa e bem distribuída no assoalho da orofaringe, atuam na apreensão e deglutição do alimento, garantindo uma maior adaptação em diversos ambientes.<hr/>Abstract: Turtles are important as food and economic resources for the Amazon communities and there is a large demand on its meat and eggs. Podocnemis expansa (Giant South American turtle) is the largest freshwater chelonian of South America. This turtle is a widely distributed specie, however its anatomical features are poorly described. The objective of this study was to describe the oropharyngeal cavity of the turtle. Twelve heads of 3 to 8-year-old female and male P. expansa turtles with an average body weight of 7.5kg were used. P. expansa has a sharp and well developed rhamphotheca, which together with a powerful jaw muscles and a large tongue uniformly distributed on the oropharynx floor works for the apprehension and swallowing of food, what ensures good adaptation in different environments.