Scielo RSS <![CDATA[Brazilian Journal of Political Economy]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-315720190004&lang=pt vol. 39 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[O papel do Estado na promoção da atividade de inovação: estudos de caso dos EUA e da Alemanha]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400571&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The present study analyzed the role of the State in fostering innovation in the USA and Germany. It was argued that governments in these countries play an active role in innovation, but each one operates with dissimilar objectives and tools, to stimulate and induce innovation activity in companies. Some specific cases of innovation policies in each country were analyzed to demonstrate the performance of the public power in different contexts. It was concluded that innovation policy is flexible and adaptable to each context, but the active role of the State stands out in both countries.<hr/>RESUMO O artigo procura analisar o papel do Estado no estímulo à atividade de inovação nos EUA e na Alemanha. Argumenta-se que os governos nesses países exercem papel ativo na inovação, porém cada qual atua com diferentes objetivos e instrumentos para estimular e induzir atividade de inovação nas empresas. São analisados alguns casos específicos de políticas de fomento à inovação em cada país a fim de demonstrar a atuação do poder público em contextos distintos. Conclui-se que a política de inovação é flexível e adaptável a cada contexto, porém o papel ativo do Estado se destaca em ambos os países. <![CDATA[Taxa de câmbio real, apoio financeiro e exportações no Brasil: estimação da equação de exportações setoriais com câmbio implícito]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400591&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Esse estudo avalia a relevância dos instrumentos de incentivo às exportações, Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC) e Pagamento Antecipado das Exportações (PAE), entre 2004 e 2011, no Brasil. Supondo que a rentabilidade das exportações e o estímulo para exportar dependem não somente do nível da taxa de câmbio real e da renda mundial, mas também das receitas financeiras provenientes dos instrumentos de incentivo às exportações, foram calculadas neste trabalho as taxas de câmbio real implícitas por setor de atividade. O objetivo central é testar a hipótese de que é a taxa de câmbio real implícita, não a taxa de câmbio real, a variável mais relevante para explicar as exportações brasileiras nos setores que utilizam esses instrumentos. Duas equações de exportações foram estimadas por meio de dados em painel, contemplando as taxas de câmbio real e as taxas de âmbio real implícitas setoriais. Os resultados confirmam a importância do câmbio real implícito para estimular as exportações setoriais brasileiras.<hr/>ABSTRACT This paper assesses the relevance of export incentives in Brazil from 2004 and 2011. Departing from the hypothesis that exports profitability and incentives depend not only on the level of the real exchange rate and world income, but also on potential financial income obtained from such export incentives, the study calculates implicit exchange rates by sectors. The objective is to test the hypothesis that, together with the traditional variables of an export function, it is the adjusted implicit exchange rate, not the real exchange rate, the relevant variable to explain the level of sectoral exports in Brazil. Hence, two export equations are estimated using panel data, each one contemplating one of the available exchange rates. The results show that the implicit exchange rate is indeed relevant to explain exports and stress the importance of exports incentives. <![CDATA[Sraffa e a teoria do valor-trabalho: uma nota]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400614&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The author seeks to demonstrate that the price system proposed by Piero Sraffa in his major work Production of Commodities by Means of Commodities - Prelude to a Critique of Economic Theory is compatible with both David Ricardo and Karl Marx’s labour embodied theory of value and with Adam Smith’s labour-commanded theory of value. In reality, Sraffa’s measure of prices, the Standard Commodity, satisfies rigorously the mathematical condition of invariability in relation to income distribution between wages and profits. In this sense, it offers a consistent solution to the transformation problem of embodied labour values into production prices. Besides, the Standard ratio or the maximum rate of profits R can be used to analyse the evolution of the three major types or forms of technical progress in a capitalist economy, as follows: labour-using, neutral and capital-using techniques.<hr/>RESUMO O autor procura demonstrar que o sistema de preços proposto por Piero Sraffa na sua obra Produção de Mercadorias por meio de Mercadorias - Prelúdio a uma crítica da Teoria Econômica é compatível com teoria do valor-trabalho incorporado de David Ricardo e de Karl Marx e com a teoria do valor-trabalho comandado de Adam Smith. Na realidade, a medida de preços de Sraffa, isto é, a Mercadoria-Padrão, satisfaz rigorosamente a condição matemática de invariabilidade em relação à distribuição de renda entre salários e lucros. Neste sentido, ela oferece uma solução consistente para o problema da transformação de valores-trabalho incorporado em preços de produção. Adicionalmente, a razão Padrão ou taxa máxima de lucros R pode ser usada na análise da evolução das três principais formas de progresso técnico na economia capitalista, a saber: intensivo em trabalho direto, neutro e intensivo em capital. <![CDATA[Considerações teóricas sobre a terra como puro ativo financeiro e o processo de financeirização]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400638&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O presente artigo tem dois objetivos: 1) precisar conceitos que estão envolvidos na relação entre o mercado imobiliário e a financeirização da acumulação de capital; e 2) aprofundar a reflexão sobre as contradições existentes no tratamento da terra como puro ativo financeiro. Sempre que possível, exemplos concretos serão trazidos para ilustrar esse esforço conceitual.<hr/>ABSTRACT The present article has two goals: 1) to specify the concepts involved in the relationship between the real estate market and the financialisation of capital accumulation; and 2) to reflect more deeply on the contradictions of treating the land as a pure financial asset. In both cases, whenever possible, concrete examples will be brought to illustrate this conceptual effort. <![CDATA[Celso Furtado como Economista Romântico do Sertão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400658&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT In The Romantic Economist (2009), Richard Bronk laments that Enlightenment thinking dominated Economics during its formation as a science. As counterpoint, the ‘Romantic Movement’ had much to offer but remained peripheral. Consequently Economics embraced the centrality of rationality and other Enlightenment precepts, leading to a ‘social-physics’. Meanwhile human characteristics such; as sentiments, imagination and creativity were eschewed. While Bronk fails to identify an in-the-flesh ‘Romantic Economist’, our inquiry seeks to establish that indeed Celso Furtado qualifies. Profoundly influenced by his sensitivities and attachment to place, Furtado relies upon an organic metaphor - o sertão nordestino - for insights into complex developmental processes.<hr/>RESUMO Em The Romantic Economist (2009), Richard Bronk lamenta que o pensamento iluminista tenha dominado a economia durante sua formação como ciência. O “Movimento Romântico” seria um contraponto, mas foi mantido distante. A economia abraçou a centralidade da racionalidade e preceitos iluministas, tornando-se uma “física-social”. Desde então, as características humanas como sentimento, imaginação e criatividade são evitadas. Embora Bronk não identifique um economista “romântico” de carne e osso, nossa pesquisa busca estabelecer Celso Furtado como um. Profundamente influenciado por sua sensibilidade e raízes, Furtado fez uso de uma metáfora orgânica - o sertão nordestino - em seu entendimento de complexos processos de desenvolvimento. <![CDATA[Recessões e uma mudança na base teórica das recuperações: uma visão da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400675&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This paper analyses reasons of the world recessions in 1974-1975, 1980-1982 and 2008-2009 and methods to improve the economy basing on various theories of macroeconomics and according to the view from the theory of the state-corporation hegemonic stability. Various practical reasons of the three modern recessions (i.e., oil shocks and the speculation bubble) and various governmental activities to recover the economy explain changing positions of states and transnational corporations in the global system. Ruling politicians based on developmental or liberal theories of macroeconomics interchangeably. Growing importance of transnational corporations and their influences on theory of recoveries confirm the correctness of the state-corporation hegemonic stability theory.<hr/>RESUMO Este artigo analisa as razões das recessões mundiais em 1974-1975, 1980-1982 e 2008-2009 e métodos para melhorar a economia baseando-se em várias teorias da macro­economia e de acordo com a visão da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal. Várias razões práticas das três recessões modernas (isto é, os choques do petróleo e a bolha da especulação) e várias atividades governamentais para recuperar a economia explicam a mudança de posições dos estados e das corporações transnacionais no sistema global. Governantes políticos baseados em teorias desenvolvimentistas ou liberais da macro­economia de forma intercambiável. A crescente importância das corporações transnacionais e suas influências na teoria das recuperações confirmam a correção da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal. <![CDATA[As origens do anticapitalismo no jovem Marx]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400689&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The objective is to demonstrate, based on new biographies, that the essay On the Jewish Question reveals an element of anti-Semitism that played a fundamental role in the conversion of Marx to Communism. Criticism of the Jew served to support the Marxian thesis that capitalism, identified with Judaism, is evil. New sources have reinforced the suspicion that not only is there at this time of 1843-44 an element of anti-Semitism in Marx’s writings, but that this sentiment played a key role in his conversion to communism. This is what this essay seeks to prove.<hr/>RESUMO Objetiva-se demonstrar, com base em novas biografias, que o ensaio Sobre a questão judaica revela um elemento de antissemitismo que teve um papel fundamental na conversão de Marx ao comunismo. A crítica ao judeu serviu para embasar a tese marxiana de que o capitalismo, identificado com judaísmo, é mau. Novas fontes têm reforçado a suspeita de que não apenas tem-se, neste momento de 1843-44, um elemento de antissemitismo nos escritos de Marx, mas de que esse sentimento ocupou um papel essencial na conversão dele ao comunismo. É isso o que este ensaio procura provar. <![CDATA[A Doutrina Social da Igreja Católica, o novo desenvolvimentismo e a economia social de mercado: dialógos possíveis?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400710&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO o presente artigo tem por objetivo apresentar as origens e as proposições fundamentais da Doutrina Social da Igreja Católica (doravante DSI) e seus possíveis pontos de contato e de diálogo com a economia social de mercado (doravante ESM), de origem alemã, e com o novo desenvolvimentismo (doravante ND), originado a partir do Consenso de São Paulo. Não se trata obviamente de afirmar que a ESM e o ND são desdobramentos diretos da DSI; ou que esta seja plenamente compatível com as duas primeiras. Nosso objetivo neste artigo é mostrar os pontos nos quais a ESM e o ND tem em comum com a DSI; de maneira a ampliar o escopo de apoio político ao novo desenvolvimentismo na sociedade brasileira, argumentando que um desenvolvimentismo em sentido amplo - que inclui tanto a ESM como o ND - não são incompatíveis com a DSI e, dessa forma, com a visão Cristã sobre o Mundo, o Homem e os Sistemas Econômicos. Do ponto de vista da Doutrina Social da Igreja, as proximidades entre ESM e ND são suficientes para afirmar que é perfeitamente razoável ver a abordagem ND da economia como um bem possível que oferece respostas críveis e bastante precisas aos problemas e preocupações apresentados pelos pontífices da Igreja Católica. Dado que a DSI é base inspiradora de muitos movimentos políticos relevantes, como a democracia cristã, é extremamente relevante analisar as possibilidades políticas do novo desenvolvimentismo nos mais variados campos do espectro político.<hr/>ABSTRACT The purpose of this article is to present the fundamental origins and propositions of the Social Doctrine of the Catholic Church (hereinafter DSI) and its possible points of contact and dialogue with the social market economy (hereinafter ESM), of German origin, and with the New Developmentalism (hereinafter ND), originating from the São Paulo Consensus. It is obvious that we are not saying that ESM and ND are direct developments of the DSI; or that DSI is fully compatible with the first two. Our goal in this article is to show the points in which ESM and ND have in common with the DSI; in order to broaden the scope of political support to new developmentalism in Brazilian society, arguing that a Developmentalism in a broad sense - which includes both the ESM and the ND - are not incompatible with the DSI and thus with the Christian vision on the World, the Man and the Economic Systems. From the viewpoint of the Social Doctrine of the Church, the vicinity between ESM and ND are sufficient to affirm that it is perfectly reasonable to see the ND approach of the economy as a possible well that offers credible and fairly accurate responses to the problems and concerns posed by the Popes of the Catholic Church. Since the DSI is an inspiring basis for many relevant political movements, such as the Christian Democracy, it is extremely relevant to analyze the political possibilities of the new developmentalism in the most varied fields of the political spectrum. <![CDATA[Ideias, instituições e coalizões: as razões do fracasso da política industrial lulista]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400736&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo trata da política industrializante dos governos Lula, com o objetivo de explicar por que ela fracassou. Isso é feito em três momentos distintos. Primeiramente, tratamos das ideias que orientaram as políticas industriais do período. Em segundo lugar, mostramos, com base em conjunto sintético de informações, que os objetivo pretendidos, em sua maioria, não foram alcançados. Finalmente, analisamos o insucesso dessas políticas como base na ausência de viabilidades (intelectual, administrativa e política) do conjunto de ideias que norteou o empreendimento.<hr/>ABSTRACT This article deals with the industrializing politics of the Lula governments, in order to explain why it failed. This is done at three different times. First, we deal with the ideas that guided the industrial policies of the period. Secondly, we show, based on a synthetic set of information, that the intended objectives, for the most part, were not achieved. Finally, we analyze the failure of these policies as a basis in the absence of viability (intellectual, administrative and political) of the set of ideas that guided the enterprise. <![CDATA[Bancos multilaterais de desenvolvimento, novo desenvolvimentismo e financiamento em moeda local]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31572019000400755&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Multilateral Development Banks (MDBs) are designed to finance investments that promote global economic and social development. The objective of this paper is to discuss a key component in meeting the demand for investment in developing countries, namely the ability of MDBs to provide loans in local rather than foreign currency. To explain how these institutions fulfill this purpose, we distinguish “traditional” from “new” MDBs, discuss the problems generated from foreign currency indebtedness, and explore a way out, or an alternative explanation, based on New Developmentalism theory and the challenge of local currency financing.<hr/>RESUMO Os bancos multilaterais de desenvolvimento (MDBs) são projetados para financiar investimentos que promovam o desenvolvimento econômico e social global. O objetivo deste artigo é discutir um componente-chave para atender à demanda por investimentos em países em desenvolvimento, ou seja, a capacidade dos bancos multilaterais de fornecer empréstimos em moeda local e não em moeda estrangeira. Para explicar como essas instituições cumprem esse propósito, distinguimos os MDBs “tradicionais” dos “novos”, discutimos os problemas gerados pelo endividamento em moeda estrangeira e exploramos uma saída ou uma explicação alternativa, baseada na teoria do Novo Desenvolvimentismo e no desafio da comunidade local quanto a financiamento de moeda.