Scielo RSS <![CDATA[Cadernos CEDES]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-326220140003&lang=pt vol. 34 num. 94 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[APRESENTAÇÃO: Educação e Trabalho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300289&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[AFINAL, O QUE SIGNIFICA O TRABALHO COMO PRINCÍPIO EDUCATIVO EM GRAMSCI?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300297&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste artigo, propõe-se identificar o lugar que ocupa a ideia do trabalho como princípio educativo na perspectiva teórica de Gramsci. É um princípio que ele retoma da escola humanista, cujo objetivo era o de desenvolver em cada indivíduo a capacidade de saber pensar e dirigir-se na vida. O conceito e o fato do trabalho ser seu princípio educativo porque considera a relação dos homens entre si, que cria os diferentes tipos de sociedade, as leis civis, a política, o governo, o Estado, bem como a relação dos homens com a natureza, que cria a ciência, a técnica. Esse é o princípio educativo que Gramsci apresenta como referência para a escola unitária, pensando a noção de trabalho em Marx, a formação de dirigentes e a construção da hegemonia. A difusão da sua proposta educativa, entretanto, desconheceu sua relação com o processo de reforma intelectual e moral, a formação de dirigentes, a construção da hegemonia. Foi reduzida ao modelo soviético do politecnismo, fundamentado em teorias da escola nova. Esse é o foco central do presente trabalho.<hr/>The aim of this paper is to identify the place that the idea of work as an educational principle occupies in Gramsci's theoretical perspective. This is a principle that he takes from the humanist school, which intended to develop, in each individual, the ability to think and to rule one's own life. The concept and the fact of work are its educational principle because it takes into account the relation among men, which creates different types of society, civil laws, politics, government, the State, as well as the relationship between men and nature, which creates science and technique. This is the educational principle that Gramsci presents as a reference for the unitary school, thinking about Marx's notion of work, the formation of rulers and the construction of hegemony. The dissemination of his educational proposition, nevertheless, ignored its relationship with the intellectual and moral reform process, the preparation of rulers, the construction of hegemony. It was reduced to the polithecnicism of the soviet model, founded on the new school theories. This is the central focus of this paper. <![CDATA[DO ENSINO DE OFÍCIOS À PROFISSIONALIZAÇÃO DO ENSINO MÉDIO EM MOÇAMBIQUE: Finalmente a ideia de politecnia?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300317&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O ensaio examina os fundamentos pedagógicos da reforma do ensino geral moçambicano (2003 e 2008), que introduziu o ensino da cadeira de ofícios na educação fundamental e de disciplinas profissionalizantes no ensino médio, para unir escola e trabalho. O referencial teórico para analisar a inclusão do trabalho na escola privilegia o diálogo com Marx e Gramsci. Um breve histórico da dimensão socialista da educação em Moçambique introduz o conceito de educação politécnica no país, contextualizando a sua contemporaneidade, caracterizada pela reestruturação produtiva. Finalmente, apresenta-se a questão: As actuais reformas do ensino fundamental e médio, orientadas para inclusão do trabalho na escola, significam a efectivação da ideia de politecnia?<hr/>This paper aims to examine the pedagogical basis of Mozambique's education reform that introduces technical education in basic education and "vocational" subjects in high school, in order to unify school and work. In order to analyze the inclusion of work in school programs, the theoretical framework focuses on Marx's and Gramsci's thinking. A brief historical approach, concerning the socialist dimension of Mozambique's education, introduces the idea of polytechnic education in the country, describing the current context, characterized by productive restructuration. Finally, the question proposed is: do the current changes oriented towards the inclusion of work in basic and high school mean that the idea of polytechnic schools has been materialized? <![CDATA[EDUCAÇÃO E TRABALHO NA PERSPECTIVA DO EMPRESARIADO BRASILEIRO: O projeto de educação básica da Confederação Nacional da Indústria]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300333&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo tem por objetivo examinar o projeto de educação básica da Confederação Nacional da Indústria. O projeto educativo é entendido como resultado de mediações da burguesia industrial para construir um pacto social em torno de um projeto de sociedade, para o qual a burguesia industrial investe esforços no sentido de convencer tanto os representantes dos trabalhadores quanto do Estado. O seu propósito é o de influenciar a implantação de políticas públicas em educação e, assim, converter suas ideias particulares de classe em um projeto universal. A pesquisa foi realizada com base em análise documental e revisão bibliográfica, tomando como referência metodológica princípios da teoria social marxista de análise da sociedade e das lutas de classes.<hr/>This article aims to examine the National Confederation of Industry's project regarding basic education. This educational project is understood as the result of the industrial bourgeoisie's mediations in order to build a "social pact" concerning a project of society, towards which it invests efforts in order to convince both, the workers' representatives and the State's representatives. Its purpose is to influence the implementation of educational public policies and, thus, turn its particular social class conceptions into a universal project. The research was conducted based on documentary analysis and literature review, using some principles of the Marxist's social theory for the analysis of society and class struggles as a methodological reference. <![CDATA[O FENÔMENO DO ABANDONO ESCOLAR NA EUROPA DO NOVO MILÊNIO: Dados, políticas, intervenções e perspectivas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300349&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O artigo aborda o fenômeno do abandono escolar nos países da União Europeia, à luz das políticas educativas comunitárias, e discute os limites da relação entre capital humano e competitividade do mercado de trabalho, propostos por essas políticas. O uso do dispositivo de prevenção e compensação do abandono escolar, Vocational Education and Training e Second Chance Schools, comportam sucessos, mas também limites. Faz-se necessário, então, redefinir o papel da formação segundo a modalidade da aprendizagem ativa, fundada sobre as necessidades dos jovens, o que comporta uma transformação da profissão docente e das estratégias didáticas.<hr/>The essay discusses the phenomenon of Early School Leaving in the European Union in light of community educational policies and discusses the limits of the relation between human capital and competitiveness of the labor market that these policies propose. The approaches adopted to prevent and compensate for school dropouts, that is, Vocational Education and Training and Second Chance Schools, involve successes but also limits. Therefore, it is necessary to redefine the role of education and promote active learning based on the agency of young people through a transformation of the teaching profession and teaching strategies. <![CDATA[Rethinking the relationship between education and work: a reflection based on different research done in Mexico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300367&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Con base en investigaciones realizadas en México por la autora desde la década de los ochenta, se han ido construyendo cuatro dimensiones de análisis necesarias para repensar la naturaleza y el alcance de las relaciones entre la educación y el trabajo, más allá de las teorías clásicas. Se trata de la estructura heterogénea y desigual de los espacios de trabajo en el país; la prioridad que las políticas públicas conceden a la formación escolar para el trabajo y los actores que participan en ello; las condiciones reales de la formación para el trabajo en las escuelas; y las transiciones y trayectorias que viven los individuos entre la escuela y el trabajo. Con base en esos análisis se plantea la noción de relaciones complejas, multidimensionales, cambiantes, contradictorias, interactivas e históricas, flojamente acopladas, entre las que suceden todo tipo de imperfecciones y desajustes.<hr/>Based on different research carried out by the author in Mexico since the 1980's, four analytical dimensions have been identified in order to rethink the relationship between education and work; one that advances in relation to the classic theories on this subject. These dimensions include the heterogeneous and unequal labor structure of the country; the priority given by the national policies to education for the labor force and the different actors that participate in it; the real conditions of vocational education and training in the schools; and the individuals' trajectories and transitions between school and work. The analysis lead to the conclusion that these relationships are complex, multidimensional, inconsistent, contradictory, interactive, historical and loosely coupled, with all sorts of imperfections and mismatches among them. <![CDATA[A TRANSIÇÃO DA ESCOLA PARA O MUNDO DO TRABALHO CONSTITUÍDA EM OBJECTO DE ESTUDO: Uma abordagem teórico-metodológica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300385&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A transição da escola para o mundo do trabalho está marcada por uma crescente complexidade que exige uma aproximação teórico-metodológica capaz de realçar a sua análise em termos de processo. A transição é abordada como um período de socialização e de construção identitária. Esta resulta, em simultâneo, da transação biográfica, que é a construção de uma identidade "para si", contemplando o tempo passado, as experiências vividas do tempo da transição e a projeção do futuro possível; e da transação relacional, através da qual o jovem constrói um posicionamento de si por relação ao outro. Análises biográficas e longitudinais são enfatizadas, pois a transição é um período no qual os jovens (re)escrevem continuamente seus percursos educacionais e profissionais que se entrecruzam na sucessão do tempo. Este artigo propõe os questionários longitudinais para o estudo das trajectórias objectivas e valoriza as entrevistas biográficas para o estudo das trajectórias subjectivas.<hr/>The transition from school into the labor world is marked by an increasing complexity that requires a theoretical-methodological approach capable of highlighting its analysis in terms of process. The transition is emphasized as a period of socialization and identity construction. This results, simultaneously, from the youths biographical transaction, which is the construction of an identity "for themselves" that involves the past, the experiences lived during the transition time and the projection of the possible future; and from the relational transaction, through which a young person constructs a positioning of the self in relation to the other. Biographical and longitudinal analysis are advocated in this paper, since the transition is a period in which young people continually (re)write their educational and professional paths which interconnect in time progression. This paper proposes longitudinal surveys for the study of objective trajectories and values the biographical interviews for the study of subjective trajectories. <![CDATA[MÉTODOS DE PESQUISA PARA A IDENTIFICAÇÃO DE FATORES DE EVASÃO E PERMANÊNCIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622014000300403&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A transição da escola para o mundo do trabalho está marcada por uma crescente complexidade que exige uma aproximação teórico-metodológica capaz de realçar a sua análise em termos de processo. A transição é abordada como um período de socialização e de construção identitária. Esta resulta, em simultâneo, da transação biográfica, que é a construção de uma identidade "para si", contemplando o tempo passado, as experiências vividas do tempo da transição e a projeção do futuro possível; e da transação relacional, através da qual o jovem constrói um posicionamento de si por relação ao outro. Análises biográficas e longitudinais são enfatizadas, pois a transição é um período no qual os jovens (re)escrevem continuamente seus percursos educacionais e profissionais que se entrecruzam na sucessão do tempo. Este artigo propõe os questionários longitudinais para o estudo das trajectórias objectivas e valoriza as entrevistas biográficas para o estudo das trajectórias subjectivas.<hr/>The transition from school into the labor world is marked by an increasing complexity that requires a theoretical-methodological approach capable of highlighting its analysis in terms of process. The transition is emphasized as a period of socialization and identity construction. This results, simultaneously, from the youths biographical transaction, which is the construction of an identity "for themselves" that involves the past, the experiences lived during the transition time and the projection of the possible future; and from the relational transaction, through which a young person constructs a positioning of the self in relation to the other. Biographical and longitudinal analysis are advocated in this paper, since the transition is a period in which young people continually (re)write their educational and professional paths which interconnect in time progression. This paper proposes longitudinal surveys for the study of objective trajectories and values the biographical interviews for the study of subjective trajectories.