Scielo RSS <![CDATA[Cadernos CEDES]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-326220020002&lang=en vol. 22 num. 57 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Apresentação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>"We can't do nothing but decide ice cream flavors". Adolescents</B>: <B>from subject of necessities to subject of rights</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em nossa sociedade, percebe-se um crescimento da preocupação com a adolescência, sendo esta última representada não apenas como uma "fase da vida", mas um período, a priori, sempre problemático. O adolescente, por sua vez, tem sido visto como um sujeito de necessidades, por exemplo, de um atendimento de saúde específico. Na prática, entretanto, pouco se tem trabalhado com o adolescente como sujeito de direitos, a despeito do debate em torno do Estatuto da Criança e do Adolescente. Com base na crítica a esta postura, o presente artigo tem como objetivo apresentar uma experiência de pesquisa-intervenção de educação não-formal com um grupo de adolescentes de camadas baixas, na qual se procurou discutir noções correntes de adolescência, possibilitando um mapeamento e uma (re)construção de outros sentidos.<hr/>Our society shows an increasing concern for adolescence, which is represented not only as a "phase of life", but also as a period that is always problematic. Adolescents, as for them, are considered as subjects of such necessities as specific health aids. In practice, however, very little has been done for adolescents as subjects of rights, in spite of the debate about the Statute of Children and Adolescents. Based on a criticism to this position, this paper aims at presenting an experience of research intervention in non-formal education with a group of low-class adolescents, in which we intend to discuss the current notion of adolescence, allowing a kind of identification and (re)construction of other meanings. <![CDATA[<B>Considerations around the love relationships among adolescents </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente texto é uma tentativa de discorrer sobre a construção social do relacionamento amoroso dos adolescentes, através da perspectiva de que, em cada época histórica, as manifestações sexuais e amorosas, proclamadas como ideais ou não, também são o reflexo das transformações sociais e culturais que os indivíduos vivem. A convivência diária em sala de aula, com crianças e adolescentes, e a observação de algumas de suas atitudes e comportamentos relacionados à vida amorosa e sexual foram subsídios para uma reflexão dessas questões e para aventar a proposição de algum trabalho educacional nesta área. O texto levanta algumas questões como a influência da ação instrumental de sedução e a exigência de qualidade técnica no desempenho sexual e amoroso na formação dos jovens de hoje.<hr/>This study is an attempt to discuss the social construction of adolescents' love relationship through under the perspective that, in each historical period, the sexual and love manifestations, claimed or not as an ideal, are also a reflection of the social and cultural everyday life transformations. The fact that I have coexisted with children and adolescents in classrooms and observed some attitudes and behaviors related to their love and sexual life has been the source of food for though, which resulted in a proposal of an educational work in this area. The text arise some questions as the influence of the instrumental action of the seduction and the necessity of technical quality in the sexual and love performance in the training of youth nowadays. <![CDATA[<B>Towards adulthood</B>: <B>chances and barriers in the sexual health of young Brazilians</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, buscamos apresentar os resultados de recente análise dinâmica contextual sobre as oportunidades e barreiras para a saúde sexual e reprodutiva dos jovens brasileiros. Na realização da pesquisa, revimos a literatura acadêmica mais recente, identificamos as principais ações governamentais e não-governamentais sobre essa temática e entrevistamos alguns especialistas da área. No decorrer deste trabalho, apresentamos os principais temas, concepções e ações, quando o assunto é saúde sexual dos jovens, e identificamos algumas das lacunas nas pesquisas e intervenções de educação não-formal até a inserção da educação sexual nos parâmetros curriculares nacionais na segunda metade da década de 1990. Finalizando, apresentamos uma agenda de ações e estudos no sentido de fomentar estratégias mais eficazes de promoção da saúde sexual e reprodutiva dos jovens brasileiros.<hr/>In this paper we present the results of a recent contextual dynamic analysis about the chances and barriers in the sexual and reproductive health of Brazilian youth. For this research, we reviewed the most recent academic literature, identified the main governmental and non-governmental actions on this theme, and interviewed experts in the area. In this work, we present the main themes, conceptions and actions regarding the sexual health of youth and identify some of the gaps in the research and intervention of non formal education until the insertion of Sexual Education in the Brazilian Curriculum Parameters in the second half of 90´s. In our conclusion, we present an agenda for research and action aimed at stimulating more effective strategies to promote the sexual and reproductive health of Brazilian youth. <![CDATA[<B>Adolescents as authors of themselves</B>: <B>education, everyday life and <I>hip hop</I> </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo pretende discorrer sobre o cotidiano de adolescentes urbanos, mais especificamente as culturas juvenis, com o objetivo de apreender outros significados de ser adolescente no contexto contemporâneo e suas implicações em processos educativos. Diante da diversidade de culturas juvenis existentes atualmente, ressaltamos o movimento hip hop. Os adolescentes participantes desse movimento são descritos como protagonistas de seu próprio processo educativo, no qual deixam de ser meros atores e agentes de um modelo social e se tornam "autores de si próprios"; ou seja, no hip hop eles resgatam a educação como uma formação de "autores-cidadãos". Portanto, a visibilidade de outros modos de ser adolescente, que estão presentes no contexto de educação não-formal e informal das culturas juvenis, pode contribuir para uma compreensão da adolescência urbana que reconhece o adolescente como um sujeito capaz de formular questões relevantes e ações significativas no campo social.<hr/>This article intends to discuss the everyday life of urban adolescents, specifically youth cultures, to seize other meanings of being an adolescent in the contemporary context and their implications on the educational processes. Because of the diversity of current youth cultures, we decided to focus on the Hip Hop movement. The adolescents implied in that movement are described as the protagonists of their own educational process, in which they cease to be mere actors and agents of a social model to become "authors; of themselves"; this means that, through hip hop, they rescue education as forming "authors-citizens". Therefore, the visibility of other ways to be an adolescent present in the non-formal and informal education context of youth cultures may contribute to an understanding of the urban adolescence that recognizes adolescents as able to formulate relevant questions and behave in significant ways in the social field. <![CDATA[<B>Funkeiros, timbaleiros e pagodeiros</B>: <B>notice about youth and the black music of Salvador city</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, pretendo discutir como, num contexto racializado da associação entre juventude negra e música, surgem experiências que se desenvolvem como marcas identitárias, crítica social e ratificação de hierarquias raciais, de classe e gênero. Para tanto, trabalho com as idéias de juventude e geração como dado biológico, tanto quanto social e histórico, e com a idéia de música como sentido compartilhado. Além disso, rediscuto minhas notas etnográficas e de outros autores que refletiram sobre a relação entre música e juventude negra, cujos jovens observados, em contextos diversificados, são basicamente suburbanos, pobres e "negro-mestiços" com baixo grau de escolaridade, alguns com baixa capacidade de consumo, outros consumidores ansiosos. Concluo apontando para a importância da música como instrumento configurador de uma experiência juvenil e negra afro-diaspórica, mas também como instrumento repositor de antigas dessemelhanças que não estão nos genes.<hr/>In this article, I intend to discuss how, in the racialized context of the association between black youth and music, experiences arise and develop as identity marks, social criticism and the ratification of racial, class and gender hierarchies. To do so, I work with the idea of youth and generation as not only a biological, but also a social and historical data, and with the idea of music as a shared sense. Besides, I discuss my own ethnographical observations as well as those of other authors who reflected on the relationship between music and black youth and have basically observed, in various contexts, young, poor, partly Negro suburbanites with low schooling, some having a low buying power, others being anxious consumers. I conclude pinpointing the importance of music as a configuration instrument for a youthful and black Diaspora experience, but also as an instrument that renews old dissimilarities that are not genetic. <![CDATA[<B>The Brazilian rural youth</B>: <B>socialization, education and assistance </B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622002000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en No momento em que as fronteiras entre o rural e o urbano diminuem cada vez mais e diferentes universos culturais se interpenetram, as dificuldades socioeconômicas dificultam a vida de quem vive da agricultura, emerge a juventude rural como uma população profundamente afetada por estes processos. População esta que, por muito tempo, passou despercebida das pesquisas acadêmicas brasileiras. Este artigo, portanto, chama a atenção para os jovens rurais, a partir de um estudo que procurou fornecer pistas para projetos que pretendam diminuir a evasão escolar e o analfabetismo em regiões como a do Vale do Jequitinhonha -- Minas Gerais.<hr/>As the borders between rural and urban zones tend to vanish and different cultural worlds get mixed, the socio-economic difficulties make life a hardship for whoever lives from agriculture. The rural youth emerges as a population deeply affected by these processes. For a long time, this population has not been the object of academic research in Brazil. This article is thus aimed at calling the attention to the fate of the Brazilian rural youth, based on a research that tried to give hints to projects intending to diminish drop-out and illiteracy rates in such regions as the Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brazil.