Scielo RSS <![CDATA[Cadernos CEDES]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-326220030061&lang=en vol. 23 num. 61 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Apresentação</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Political-pedagogic innovations and project</b>: <b>an emancipating or regulatory relationship?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo discute o significado de inovação e projeto político-pedagógico sob duas perspectivas: como uma ação regulatória ou técnica e como uma ação emancipatória ou edificante. A inovação regulatória significa assumir o projeto político-pedagógico como um conjunto de atividades que vão gerar um produto: um documento pronto e acabado. Nesse caso se deixa de lado o processo de produção coletiva. A inovação de cunho regulatório nega a diversidade de interesses e de atores que estão presentes. Sob a perspectiva emancipatória, a inovação e o projeto político-pedagógico estão articulados, integrando o processo com o produto porque o resultado final é não só um processo consolidado de inovação metodológica, na esteira de um projeto construído, executado e avaliado coletivamente, mas um produto inovador que provocará também rupturas epistemológicas.<hr/>The present paper discusses the meaning of innovations and a political-pedagogic project under two viewpoints: as a regulatory action or technique and as an emancipating or edification action. The regulatory innovation means to assume the political-pedagogic project as a set of activities that will generate a product: a ready, finished document. In this case, the process of collective production is left out. The innovation of a regulatory matrix denies the diversity of interests and actors involved. From the emancipating standpoint, the innovation and the political-pedagogic project are articulated to integrate the process together with the product, because the final result is not only a consolidated process of methodological innovation, in the core of a project built, executed and assessed collectively, but an innovative product that will also provoke epistemological ruptures. <![CDATA[<b>From the political project of the World Bank to the political-pedagogic project of Brazilian public schools</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as relações estabelecidas entre a equipe de diretores, técnicos e conselheiros do Banco Mundial, autores de um projeto político para a educação pública que conta com a conivência da equipe brasileira do Ministério da Educação (MEC). A autora revela as relações de poder entre as equipes e afirma que ocorre uma apropriação das estruturas institucionais educacionais do país por meio do desenvolvimento de projetos, programas e planos que alcançam o interior da escola pública, entre eles o projeto político-pedagógico.<hr/>This paper analyzes the relationships amongst the following groups: the World Bank's directors, technicians, and counselors who promoted a political project for public education supported by the Brazilian group, from the Department of Education (MEC). The author points out the power the relations between both sides and the appropriation of the Brazilian institutional structures of education through the development of projects, programs, and plans that reach the inner environment of public schools, one of which is the political-pedagogic project. <![CDATA[<b>The political-pedagogic project and the school development plan</b>: <b>two antagonistic conceptions of school administration</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente texto origina-se de pesquisa integrada, entre a UNB, UFG e UNIMONTES, objetivando refletir sobre experiências de gestão e organização escolar, implementadas mediante programas de financiamento internacional. A investigação analisa, mediante abordagem qualitativa, o impacto dessas experiências na gestão e na organização de escolas básicas brasileiras. Percebe o fortalecimento de uma visão gerencial "estratégica", centrada na racionalização de gastos e na eficiência operacional. Percebe, ainda, uma divisão do trabalho escolar que se aproxima da racionalidade taylorista, separando quem decide de quem executa, além de fragmentar as ações em projetos desprovidos de sentido político. Mostra que, dentro da esfera governamental pública, convivem duas concepções antagônicas de gestão educacional, provenientes de diferentes matrizes teóricas: uma de caráter gerencial (PDE) e outra que sinaliza a aspiração da comunidade educativa por uma escola mais autônoma e de qualidade (PPP). Mostra também que alguns estados tendem a privilegiar o PDE, em detrimento do projeto político-pedagógico da escola (PPP).<hr/>This paper analyses some of the proposals for school administration in Brazil that point to the establishment of a new school culture, rooted in autonomy and community participation into school decision-making. It shows that this participation is only conceived of as an inspecting means inspection and does not give the subjects any capacity to institute rules for the organizations. Moreover, it points out that two different conceptions live together, which belong to opposite theoretical models. <![CDATA[<b>Emancipating political-pedagogic projects</b>: <b>histories the other way round</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste texto pretendo refletir sobre algumas peculiaridades e semelhanças entre práticas de resistências interculturais de lideranças de educadores no processo de construção de projetos político-pedagógicos emancipadores (locais e regionais), para escolas públicas, no momento da redemocratização. Suspeito que a partir desta via, mais indireta, de organização docente, abrem-se algumas pistas para equilibrar os efeitos homogeneizadores das políticas educativas que tendem a reproduzir o conformismo na dinâmica histórica explicativa da modernidade capitalista conservadora.<hr/>This paper brings a series of reflection about some peculiarities and similarities among the intercultural resistance practices of education leaderships in the building process of (local and regional) emancipating political-pedagogic projects for public schools, at the time of redemocratization. Through this more indirect way of the teachers organizations, it presents some clues to counterbalance the homogenizing effects of the education policies, which tend to reproduce a state of conformism into the historical dynamics, that explains the conservative, capitalist modernity. <![CDATA[<b>The Xavante pedagogical project</b>: <b>tensions and ruptures in the intensity of the curriculum building</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo traz reflexões acerca da contribuição do Projeto Tucum - formação de professores índios no exercício do magistério - para a construção de um currículo diferenciado que vem dando sustentação aos Projetos Político-Pedagógicos das Escolas Indígenas Xavante de Mato Grosso. A partir do enfoque das políticas oficiais de educação e da importância da resistência dos movimentos organizados, no sentido de provocar mudanças significativas na implantação e no desenvolvimento da educação escolar indígena, analisamos a experiência dos Xavante e do processo de construção que vêm travando por uma escola específica e diferenciada. São ações e elaborações novas, intensas e significativas que revelam as tensões culturais vivenciadas nas escolas e nas comunidades.<hr/>This paper offers a series of reflections about the Tucum Project - training Native teachers to the practice of teaching - that aims at building a new, differentiated curriculum, and is the basis of the Political-Pedagogic Projects of the Xavante Native Schools, in the State of Mato Grosso. Focusing on the official education policies, and on the importance of the organized movement resistances, which led to significant changes in both the implementation and development of native school education, it analyses the Xavante experience and its building process, which is fighting for a differentiated, specific school. These new, intense and significant actions and elaborations reveal the cultural tensions experienced within schools and the communities. <![CDATA[<b>Political-pedagogic project of the "Brazilian Curricular Parameters"</b>: <b>national identity and historical consciousness</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem como objetivo trabalhar a construção da identidade nacional e a consciência histórica como referenciais do projeto pedagógico contido nos parâmetros políticos e culturais apontados pela cultura política e histórica. Pesquisei nos atuais Parâmetros Curriculares Nacionais o conceito de "identidade nacional" com o objetivo de analisar como foi pensado o processo de formação de uma consciência histórica.<hr/>This paper aims at exploring the national identity and historical consciousness building as references of the pedagogic project that underpins the cultural and political parameters emerging from the cultural and historical policies. A review of the "Brazilian Curricular Parameters" focusing on the "national identity" concept was carried out in order to analyze which conceptions oriented the elaboration process of a historical consciousness. <![CDATA[<b>The educational civilization as a political-pedagogic project of modernity</b>: <b>written culture in the classrooms</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discorre sobre como, a partir da Idade Moderna, estrutura-se um projeto político e pedagógico que, como tal, contribuiu para formar hábitos culturais da civilização ocidental. Pretende-se estudar a estrutura da escola à luz de uma caracterização sócio-histórica que preside o debate contemporâneo sobre o tema. A forma com que a escola moderna vem a público dá a ver determinadas concepções de espaço e de tempo, além de um ritual cotidiano, que se apresentam como portas de entrada para a cultura letrada. De alguma maneira, tratava-se de tornar a escola um instrumento de conformação e confirmação de hábitos, valores, crenças e saberes considerados prescritos pela vida moderna ocidental.<hr/>This paper aims at focusing on the modern schooling based on some founding references of the Western world. It first explores this modern school project, whose object is to modernize and standardize the classrooms and the educative practices within school both physically and symbolically. Finally, it studies the pedagogical debate about school. People are used to claiming for innovations leading to the social efficiency of the schooling institution. Thus, the image of a universal school was gradually created, which characterizes the occidental modernity.