Scielo RSS <![CDATA[Novos Estudos - CEBRAP]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-330020110003&lang=en vol. num. 91 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>"Judicialização da política"</b>: <b>déficits explicativos e bloqueios normativistas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>O Brasil de Lula</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo oferece uma visão panorâmica do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-10) e analisa a trajetória política, social e econômica brasileira nas duas últimas décadas.<hr/>The article offers an overview of Luiz Inácio Lula da Silva's term as president of Brazil (2003-10) and analyzes transformations in Brazilian politics, society and economy in the last twenty years. <![CDATA[<b>Fascismo e Berlusconismo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O berlusconismo não é o fascismo, mas é o equivalente funcional e pós-moderno do fascismo. Implica a destruição da democracia liberal nas condições do novo milênio, na época do domínio da imagem, da globalização das mercadorias e da manipulação irrestrita da verdade.<hr/>Berlusconism is not fascism. But only because it is the functional and postmodern equivalent of fascism; because it constitutes the destruction of liberal democracy in the conditions of the new millennium, in the epoch of the dominion of the image, of the globalization of commodities, and of the unrestrained manipulation of truth. <![CDATA[<b>Trabalhar para estudar</b>: <b>sobre a pertinência da noção de transição escola-trabalho no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A acelerada expansão do ensino superior no Brasil trouxe para o sistema de ensino indivíduos pertencentes a grupos de menor renda que frequentam cursos noturnos e arcam privadamente com os custos dos estudos. Uma boa parte deles tem idade mais avançada do que usualmente se imagina: não são, a rigor, estudantes que trabalham, mas trabalhadores que estudam. Neste artigo a suposição usual de que a educação superior deva conduzir os indivíduos a nichos ocupacionais de maior qualificação formal é invertida, em favor da ideia de que são as condições do mercado de trabalho e a inserção ocupacional já conquistada pelos indivíduos o que dá sustentação ao esforço de voltar a estudar em busca do diploma superior.<hr/>The fast expansion of universities in Brazil has opened up the superior educational system to students of low income groups, that attend evening courses and pay privately for tuition. Many are older than the average student: more than college students who happen to work, they are workers who go to college. This article disputes the received notion that a college degree enables people to occupy high skilled jobs, and suGGests that it is the conditions of the labor market and occupational positions already obtained by these individuals that enables them to return to the educational system and grant themselves a college degree. <![CDATA[<b>O pensamento na arte contemporânea</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300005&lng=en&nrm=iso&tlng=en No artigo, o autor explora a tese de que não há arte - e, particularmente, não há "arte contemporânea" - sem uma busca por novas ideias de arte, novas ideias do que seja a arte e de suas relações específicas com as instituições artísticas e com o próprio pensamento.<hr/>In this article, the author explores the statement that there is no art - and, in particular, no contemporary art - without the search for new ideas of art, of what it is and of its particular relations with the artistic institutions and with thinking itself. <![CDATA[<b>Negativo e ornamental</b>: <b>um poema de Carlito Azevedo em seus problemas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo reconstitui as estratégias compositivas de um poema de Carlito Azevedo, "Na noite física" (1996), que glosa e incorpora um poema sem título de Charles (1985). As transformações revelam a trama intertextual de um poeta contemporâneo em que a erotização textual se sobrepõe à sua matéria, cuja violência fica sugerida. Discute-se o problema da isenção do sujeito produzida pela dissolução referencial, principalmente a estetização decorrente de um espetáculo verbal feito com os elementos anti-ilusionistas da poesia moderna.<hr/>The article considers the compositional strategies from a poem by Carlito Azevedo, "Na noite física" [In the physical night] (1996), that takes its lead from and incorporates an untitled poem by Charles (1985). The transformations reveal the intertextual play of a contemporary poet, in which the textual erotization covers up, so to speak, its subject, leaving implicit its violent character. The article then discusses the position of the subject resulting from the dissolution of the referent, especially the aesthetization that follows from a verbal spectacle made with the anti-illusionist elements of modern poetry. <![CDATA[<b>O gosto dominante como gosto tradicional</b>: <b>preferências e aversões estéticas das classes altas de São Paulo</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Baseado em entrevistas semidiretivas com frações das classes altas de São Paulo e em críticas culturais veiculadas pela imprensa paulistana contemporânea, este artigo discute algumas visões que banqueiros, colecionadores de arte, embaixadores, fazendeiros, rentiers, filantropos, grandes empresários, altos executivos, industriais etc. constroem de si mesmos e dos outros em suas preferências estéticas declaradas. A análise de seus juízos de gosto em matéria de arquitetura, cinema e artes plásticas aponta para o apego aos valores artísticos tradicionais.<hr/>Based on semi-directive interviews with wealthy people groups of São Paulo and on cultural critics from this city's contemporary press, this article discusses some visions that bankers, art collectors, ambassadors, farmers, rentiers, philanthropists, entrepreneurs, powerful businessmen, industrialists, etc. create of themselves and of the other groups through their manifest aesthetical preferences. The analysis of their preferences in architecture, cinema and paintings indicates a general lack of vanguard taste. <![CDATA[<b>A lógica particular e concreta das palavras</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em discurso de agradecimento, o professor e crítico literário relembra sua trajetória intelectual. Do contato e amizade com figuras-chave da geração precedente de intelectuais aos passos de sua carreira de crítico e acadêmico, passando por memórias pessoais, o texto reconstrói o pano de fundo pessoal e intelectual do autor.<hr/>The author retraces his formative years as a literary theorist, historian and critic. From the contact with leading figures of the precedent generation of intellectuals to the steps taken towards building a professional career as critic and academic, through personal recollections, the text offers a view of the author's personal and intellectual backgrounds. <![CDATA[<b>A revolta no Egito</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta entrevista enfoca a derrubada do regime autoritário egípcio em 11 de fevereiro de 2011, quando o presidente Hosni Mubarak renunciou ao posto após três décadas no poder: as razões que levaram à revolta popular, os segmentos sociais que compuseram o movimento e a forma como se deu sua mobilização, as forças que constituíam a estrutura de poder do regime deposto, o cenário sociopolítico do Egito no período de transição subsequente e as perspectivas de democratização do país.<hr/>This interview focuses on the fall of Hosni Mubarak's authoritarian regime in Egypt: the reasons leading to the popular uprising, the social strata that engaged in it and its mobilization strategies, the forces that supported Mubarak's regime and perspectives for the future of democracy in Egypt. <![CDATA[<b>História, sentido e totalidade</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta entrevista enfoca a derrubada do regime autoritário egípcio em 11 de fevereiro de 2011, quando o presidente Hosni Mubarak renunciou ao posto após três décadas no poder: as razões que levaram à revolta popular, os segmentos sociais que compuseram o movimento e a forma como se deu sua mobilização, as forças que constituíam a estrutura de poder do regime deposto, o cenário sociopolítico do Egito no período de transição subsequente e as perspectivas de democratização do país.<hr/>This interview focuses on the fall of Hosni Mubarak's authoritarian regime in Egypt: the reasons leading to the popular uprising, the social strata that engaged in it and its mobilization strategies, the forces that supported Mubarak's regime and perspectives for the future of democracy in Egypt. <![CDATA[<b>O jurista como verdadeiro teórico do Estado</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002011000300011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta entrevista enfoca a derrubada do regime autoritário egípcio em 11 de fevereiro de 2011, quando o presidente Hosni Mubarak renunciou ao posto após três décadas no poder: as razões que levaram à revolta popular, os segmentos sociais que compuseram o movimento e a forma como se deu sua mobilização, as forças que constituíam a estrutura de poder do regime deposto, o cenário sociopolítico do Egito no período de transição subsequente e as perspectivas de democratização do país.<hr/>This interview focuses on the fall of Hosni Mubarak's authoritarian regime in Egypt: the reasons leading to the popular uprising, the social strata that engaged in it and its mobilization strategies, the forces that supported Mubarak's regime and perspectives for the future of democracy in Egypt.