Scielo RSS <![CDATA[Estudos Econômicos (São Paulo)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-416120120001&lang=pt vol. 42 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Preferences of the Central Reserve Bank of Peru and optimal monetary rules in the inflation targeting regime</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study aims to identify the preferences of the monetary authority in the Peruvian regime of inflation targeting through the derivation of optimal monetary rules. To achieve that, we used a calibration strategy based on the choice of values of the parameters of preferences that minimize the square deviation between the true interest rate and interest rate optimal simulation. The results showed that the monetary authority has applied a system of flexible inflation targeting, prioritizing the stabilization of inflation, but without disregarding gradualism in interest rates. On the other hand, concern over output stabilization has been minimal, revealing that the output gap has been important because it contains information about future inflation and not because it is considered a variable goal in itself. Finally, when the smoothing of the nominal exchange rate is considered in the loss function of the monetary authority, the rank order of preferences has been maintained and the smoothing of the exchange rate proved insignificant.<hr/>Este estudo objetiva identificar as preferências da autoridade monetária peruana sob o regime de metas de inflação através da derivação de regras monetárias ótimas. Para atingir tal objetivo, nós usamos uma estratégia de calibração baseada na escolha dos valores dos parâmetros de preferências que minimizam o desvio quadrático entre a verdadeira taxa de juros e a taxa de juros ótima simulada. Os resultados evidenciaram que autoridade monetária tem aplicado um regime de metas de inflação flexível, priorizando a estabilização da inflação, mas sem ter desprezado o gradualismo da taxa de juros. Por outro lado, a preocupação pela estabilização do produto tem sido mínima, revelando que o hiato do produto tem sido importante porque ela contém informação sobre a inflação futura e não porque seja considerada como uma variável meta em si mesma. Finalmente, quando o suavizamento da taxa de câmbio nominal é considerado na função perda da autoridade monetária, a ordem de importância das preferências tem-se mantido, e o suavizamento da taxa de câmbio apresentou um peso insignificante. <![CDATA[<b>Residual and technical tax efficiency scores for Brazilian municipalities</b>: <b>a two-stage approach</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This study aims to identify the preferences of the monetary authority in the Peruvian regime of inflation targeting through the derivation of optimal monetary rules. To achieve that, we used a calibration strategy based on the choice of values of the parameters of preferences that minimize the square deviation between the true interest rate and interest rate optimal simulation. The results showed that the monetary authority has applied a system of flexible inflation targeting, prioritizing the stabilization of inflation, but without disregarding gradualism in interest rates. On the other hand, concern over output stabilization has been minimal, revealing that the output gap has been important because it contains information about future inflation and not because it is considered a variable goal in itself. Finally, when the smoothing of the nominal exchange rate is considered in the loss function of the monetary authority, the rank order of preferences has been maintained and the smoothing of the exchange rate proved insignificant.<hr/>Este estudo objetiva identificar as preferências da autoridade monetária peruana sob o regime de metas de inflação através da derivação de regras monetárias ótimas. Para atingir tal objetivo, nós usamos uma estratégia de calibração baseada na escolha dos valores dos parâmetros de preferências que minimizam o desvio quadrático entre a verdadeira taxa de juros e a taxa de juros ótima simulada. Os resultados evidenciaram que autoridade monetária tem aplicado um regime de metas de inflação flexível, priorizando a estabilização da inflação, mas sem ter desprezado o gradualismo da taxa de juros. Por outro lado, a preocupação pela estabilização do produto tem sido mínima, revelando que o hiato do produto tem sido importante porque ela contém informação sobre a inflação futura e não porque seja considerada como uma variável meta em si mesma. Finalmente, quando o suavizamento da taxa de câmbio nominal é considerado na função perda da autoridade monetária, a ordem de importância das preferências tem-se mantido, e o suavizamento da taxa de câmbio apresentou um peso insignificante. <![CDATA[<b>Ciclos reais e política fiscal no Brasil</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste artigo buscamos desenvolver um modelo de ciclos reais com governo e capital público, de maneira a estudar o efeito dos choques fiscais sobre o ciclo econômico e reproduzir os principais fatos estilizados da política fiscal no Brasil do pós-guerra (1950-2006). O modelo reproduz bem as principais características das variáveis fiscais ao longo do ciclo econômico, notadamente, uma volatilidade maior dos gastos públicos (consumo e investimento) vis-à-vis os respectivos gastos privados e o caráter procíclico da política fiscal brasileira. Dentre as variáveis fiscais analisadas, a razão carga tributária/PIB é a que menos varia ao longo do ciclo econômico, porém, é a mais importante para explicar o ciclo do produto além da produtividade.<hr/>We develop a real business cycle model that includes the government sector and public capital, in order to analyze the effects of fiscal shocks over the business cycle and to account for the main stylized facts of postwar Brazilian fiscal policy (1950-2006). The model captures quite well the main characteristics of the fiscal variables along the business cycle, namely, the greater volatility of the government spending (consumption and investment) compared to the private sector spending and the procyclical behaviour of the fiscal policy. Although the tax burden is the fiscal variable that fluctuates less along the business cycle, it is the most important one to explain the output volatility, besides productivity. <![CDATA[<b>The effects of early childhood education on literacy scores using data from a new Brazilian assessment tool</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The aim of this study was to identify the effects of early childhood education (ECE) on literacy scores of 2nd grade students in elementary school. To do that, the Provinha Brasil was administered in Sertãozinho-SP, in conjunction with a socioeconomic questionnaire. Despite external validity problems, the evaluation of the effects of ECE in one municipality is advantageous, as we can estimate the effects of one kind of treatment. Other studies ignore this fact. Often, they estimate an average effect of various treatments effects (not just one), as they use data from different municipalities where ECE programs have different levels of quality. The OLS and Propensity Score Matching results show that students who started school at the ages of 5, 4, and 3 years had literacy scores between 12.22 and 19.54 points higher than those who began school at the age of 6 years or later.<hr/>O objetivo deste trabalho foi identificar os efeitos da Educação Infantil (EI) sobre os escores de alfabetização dos alunos da 2º ano do Ensino Fundamental. Para isso, a Provinha Brasil foi aplicada em Sertãozinho-SP, juntamente com um questionário socioeconômico. Apesar dos problemas de validade externa, a avaliação dos efeitos da EI em um único município é vantajosa, já que se podem estimar os efeitos de um determinado tratamento. Vários estudos ignoram esse fato. Muitas vezes é estimado um efeito médio de vários efeitos de tratamento e não apenas um, já que usam dados de diferentes municípios onde a EI tem diferentes níveis de qualidade. Os resultados por OLS e Propensity Score Matching mostram que alunos que ingressaram com 5, 4, e 3 anos de idade, obtiveram escores de alfabetização cerca de 6% maiores do que os obtidos pelos que ingressaram na escola com 6 anos ou mais. <![CDATA[<b>Factors affecting the student evaluation of teaching scores</b>: <b>evidence from panel data estimation</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt We use a random-effects model to find the factors that affect the student evaluation of teaching (SET) scores. Dataset covers 6 semesters, 496 undergraduate courses related to 101 instructors and 89 disciplines. Our empirical findings are: (i) the class size affects negatively the SET score; (ii) instructors with more experience are better evaluated, but these gains reduce over time; (iii) participating in training programs, designed to improve the quality of teaching, did not increase the SET scores; (iv) instructors seem to be able to marginally 'buy' a better evaluation by inflating students' grade. Finally, there are significant changes in the rankings when we adjust the SET score to eliminate the effects of variables beyond instructors' control. Despite these changes, they are not statistically significant.<hr/>Este trabalho emprega um modelo de efeitos aleatórios para estimar os principais fatores determinantes na avaliação de professores por estudantes. Os dados compreendem 496 cursos na graduação, relacionados a 101 diferentes professores e 89 disciplinas, durante 6 semestres letivos. Os principais resultados obtidos são: (i) o tamanho das salas de aula afeta negativamente a nota recebida pelo professor; (ii) professores mais experientes são mais bem avaliados, mas estes ganhos são decrescentes ao longo do tempo; (iii) a participação em programas de treinamento, desenhados para melhorar a qualidade do ensino, não afetam as notas recebidas pelos professores; (iv) a avaliação recebida pelos professores é marginalmente influenciada pela nota dada aos alunos durante o curso. Finalmente, os dados mostram mudanças significativas no ranking dos professores, quando são feitos ajustes para eliminar os efeitos de variáveis fora do controle dos professores. Entretanto, estas mudanças não são estatisticamente significativas. <![CDATA[<b>Acumulação de capital, restrição externa, hiato tecnológico e mudança estrutural</b>: <b>teoria e experiência brasileira</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os períodos de crescimento acelerado da economia brasileira do pós-guerra até a década de 1970 foram constrangidos pela restrição externa. Propomos neste artigo um modelo baseado em Kaldor, em que estabelecemos uma relação entre acumulação de capital, hiato tecnológico e restrição externa ao crescimento de longo prazo para economias periféricas. A hipótese básica do modelo é que a acumulação de capital, sob certas condições, pode contornar a restrição externa ao crescimento dessas economias desde que o esforço de acumulação seja capaz de produzir uma mudança estrutural no sentido de aumentar a participação relativa dos setores mais dinâmicos do ponto de vista tecnológico. Essa mudança estrutural irá resultar em um aumento gradual da elasticidade-renda das exportações e numa redução da elasticidade-renda das importações, aumentando assim a taxa de crescimento do produto real que é compatível com o equilíbrio de longo prazo do balanço de pagamentos. Ilustramos ao final do artigo que a economia brasileira do pós-guerra até os anos 1970 apresentou uma elevada taxa de acumulação de capital, aprofundando o processo de substituição de importações, o que na nossa interpretação contribuiu para parcialmente permitir relaxar a restrição externa ao crescimento de longo prazo.<hr/>The periods of fast growth in the Brazilian economy from the post-war until the end of the 1970s have been constrained by imbalances in the foreign sector. We propose in this paper a model, based on Kaldor, where capital accumulation, technological gap and long run external constrain are connected. Our hypothesis is that capital accumulation, under certain circumstances, can overcome external constrain if the accumulation effort promotes structural change increasing the importance of sectors technological-intensive. It is expected that the structural change in this direction will contribute to an increase in the income-elasticity of exports and to a decrease in income-elasticity of imports, resulting in the increase in the growth rate of real product compatible with the balance of payments equilibrium in the long run. The last part of the paper shows that the high investment rate observed in the Brazilian economy from the post-war period until the end of the 1970s resulted in the deepening of the import substitution process, what, in our interpretation, contributed to partially increase the long run growth rate of the Brazilian economy compatible with the balance of payment equilibrium. <![CDATA[<b>Clássicos <i>versus</i> Keynes</b>: <b>a abordagem formal de David Champernowne</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este texto tem por objetivo ressaltar um aspecto que não tem sido tratado com a devida profundidade na literatura que estuda a formalização da Teoria Geral do Emprego, dos Juros e da Moeda de John Maynard Keynes (1936). Mais precisamente, o texto destaca a estratégia de formalização adotada por David G. Champernowne em seu artigo intitulado "Unemployment, Basic and Monetary: the classical analysis and the keynesian", publicado em 1935-36 na Review of Economic Studies. Chamamos a atenção para o fato dele distinguir a teoria clássica da teoria de Keynes não apenas pelos pressupostos adotados por cada teoria, mas principalmente pela construção de subsistemas a partir de um sistema geral, com características recursivas (relações de causalidade) distintas. As explicações "em prosa", a descrição algébrica das funções comportamentais e condições de equilíbrio e a ilustração por meio de diagramas, além da escolha de conjuntos específicos de variáveis para representar cada uma das teorias e suas diferentes versões são aspectos deste artigo de Champernowne que merecem uma análise mais minuciosa.<hr/>This paper aims at emphasizing a feature that has been somewhat neglected by studies dealing with the formalization of John Maynard Keynes's General Theory of Employment, Interest and Money (1936). Specifically, this paper stresses the formalization strategy David G. Champernowne applied in his essay "Unemployment, Basic and Monetary: the classical analysis and the Keynesian", published in 1935-36 in the Review of Economic Studies. We underline the fact that he distinguishes the Classical Analysis from the Keynesian not only by means of the different assumptions underlying each theory but mainly through the construction of sub-systems based on a general system, with distinctive recursive features (causal relations). His literary explanations, the algebraic descriptions of the behavioral functions and of the equilibrium conditions and his diagrammatical illustrations as well as the choice of specific groups of variables to stand for each of these theories (and variants) are features of this Champernowne's essay that deserve a more attentive assessment. <![CDATA[<b>Resenha bibliográfica</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612012000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este texto tem por objetivo ressaltar um aspecto que não tem sido tratado com a devida profundidade na literatura que estuda a formalização da Teoria Geral do Emprego, dos Juros e da Moeda de John Maynard Keynes (1936). Mais precisamente, o texto destaca a estratégia de formalização adotada por David G. Champernowne em seu artigo intitulado "Unemployment, Basic and Monetary: the classical analysis and the keynesian", publicado em 1935-36 na Review of Economic Studies. Chamamos a atenção para o fato dele distinguir a teoria clássica da teoria de Keynes não apenas pelos pressupostos adotados por cada teoria, mas principalmente pela construção de subsistemas a partir de um sistema geral, com características recursivas (relações de causalidade) distintas. As explicações "em prosa", a descrição algébrica das funções comportamentais e condições de equilíbrio e a ilustração por meio de diagramas, além da escolha de conjuntos específicos de variáveis para representar cada uma das teorias e suas diferentes versões são aspectos deste artigo de Champernowne que merecem uma análise mais minuciosa.<hr/>This paper aims at emphasizing a feature that has been somewhat neglected by studies dealing with the formalization of John Maynard Keynes's General Theory of Employment, Interest and Money (1936). Specifically, this paper stresses the formalization strategy David G. Champernowne applied in his essay "Unemployment, Basic and Monetary: the classical analysis and the Keynesian", published in 1935-36 in the Review of Economic Studies. We underline the fact that he distinguishes the Classical Analysis from the Keynesian not only by means of the different assumptions underlying each theory but mainly through the construction of sub-systems based on a general system, with distinctive recursive features (causal relations). His literary explanations, the algebraic descriptions of the behavioral functions and of the equilibrium conditions and his diagrammatical illustrations as well as the choice of specific groups of variables to stand for each of these theories (and variants) are features of this Champernowne's essay that deserve a more attentive assessment.