Scielo RSS <![CDATA[Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0101-608320110005&lang=pt vol. 38 num. 5 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>O estigma atribuído pelos psiquiatras aos indivíduos com esquizofrenia</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt CONTEXTO: A literatura acerca da maneira como a população geral estigmatiza indivíduos com distúrbios mentais aumentou consideravelmente nas últimas décadas. Mas a dúvida sobre se os psiquiatras também estigmatizam seus pacientes ainda permanece. OBJETIVO: O presente estudo visou avaliar as atitudes de psiquiatras brasileiros em relação aos indivíduos com esquizofrenia. MÉTODOS: Dos cerca de 6.000 participantes do Congresso Brasileiro de Psiquiatria em 2009, 1.414 psiquiatras concordaram em participar do estudo. Entrevistas face a face foram realizadas utilizando um questionário que avaliava o estigma em três dimensões: estereótipos, distância social e preconceito, todas relacionadas a alguém com esquizofrenia. Opinião sobre medicações psicotrópicas e tolerância aos efeitos colaterais também foram avaliadas. Dados sociodemográficos e profissionais foram coletados. RESULTADOS: Psiquiatras brasileiros tenderam a estereotipar negativamente pessoas com esquizofrenia. Estereótipos negativos correlacionaram-se com uma melhor opinião sobre medicações psicotrópicas e com maior tolerância a efeitos colaterais. Idade maior correlacionou-se com estereótipos positivos e com menor preconceito. CONCLUSÃO: Os psiquiatras estigmatizam indivíduos com esquizofrenia e possivelmente têm certa dificuldade em admitir esse fato. Campanhas antiestigma para profissionais de saúde mental devem ser promovidas.<hr/>BACKGROUND: Literature on how the general population stigmatizes individuals with mental disorders has increased considerably over the last decades. But the question remains if psychiatrists also stigmatize their patients. OBJECTIVE: The present study aimed to assess Brazilian psychiatrists' attitude towards individuals with schizophrenia. METHODS: Out of the approximately 6,000 participants of the 2009 National Psychiatry Congress in Brazil, 1,414 psychiatrists agreed to undergo the survey. Face-to-face interviews were conducted using a questionnaire that assessed stigma in three dimensions: stereotypes, social distance and prejudice towards a person with schizophrenia. Their opinion on psychotropic drugs and tolerance of side-effects were also assessed. Socio-demographic and professional data were collected. RESULTS: Brazilian psychiatrists tend to negatively stereotype individuals with schizophrenia. More negative stereotypes correlated with a positive opinion on psychotropic drugs and with a higher tolerance of side-effects. Higher age was correlated with positive stereotyping and with less prejudice. DISCUSSION: Psychiatrists stigmatize individuals with schizophrenia and possibly find it difficulty admit this fact. Anti-stigma campaigns among mental health professionals should be promoted. <![CDATA[<b>Adaptação transcultural da <i>Massachusetts General Hospital (MGH) Hairpulling Scale</i> para o idioma português (Brasil)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt CONTEXTO: A tricotilomania (TTM) caracteriza-se pelo ato de arrancar, de forma recorrente, os próprios cabelos por prazer, gratificação ou alívio de tensão, acarretando perda capilar perceptível. A Massachusetts General Hospital (MGH) Hairpulling Scale é um instrumento utilizado recentemente em muitos estudos para avaliar sintomas de TTM. OBJETIVO: O presente trabalho teve como objetivo adaptar essa escala para o idioma português. MÉTODOS: Envolveu cinco etapas: (1) tradução; (2) retradução; (3) revisão técnica e avaliação das equivalências semântica e conceitual por especialistas em saúde mental; (4) avaliação do instrumento por estudantes, por meio da avaliação do grau de compreensão e (5) análise da consistência interna do instrumento pelo coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS: O instrumento foi traduzido e adaptado para o idioma português. Demonstrou ser de fácil compreensão e o valor da consistência interna correspondeu a 0,96. CONCLUSÃO: O instrumento encontra-se traduzido e adaptado para o idioma português. São necessárias análises de equivalência de mensuração e reprodutibilidade.<hr/>BACKGROUND: Trichotillomania (TTM) is characterized by the act of pulling out, in a recurrent way, your own hair for pleasure, gratification or tension release, leading to a perceptible hair loss, and it is included in the Impulse Control Disorders Unclassified Elsewhere of the DSM-IV-TR (APA, 1994) section. The Massachusetts General Hospital (MGH) Hairpulling Scale is an instrument used recently in many studies to assess trichotillomania symptoms. OBJECTIVE: The present paper aims to adapt this scale into the Portuguese language. To cross-culturally adapt the Massachusetts General Hospital (MGH) Hairpulling Scale to Portuguese and evaluate its internal consistency. This instrument aims to evaluate Trichotillomania. METHODS: The work consisted of five steps: (1) translation; (2) back-translation; (3) peer review and evaluation of semantic and conceptual equivalences using experts; (4) instrument evaluation through a sample of students, by evaluating their level of understanding; and (5) analysis of the instrument’s internal consistency through Cronbach’s a-coefficient. RESULTS: The instrument was translated and adapted to Portuguese, and shown to be easily understood, with an internal consistency value of 0.96. DISCUSSION: The instrument is now translated and adapted to Portuguese. Measurement and reproducibility analyses are needed. <![CDATA[<b>Influência da autoestima, da regulação emocional e do gênero no bem-estar subjetivo e psicológico de adolescentes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: A literatura científica tem evidenciado que a autoestima e a capacidade de regulação emocional estão presentes em vários quadros psicopatológicos, contudo a influência dessas variáveis no bem-estar tem sido pouco estudada teórica e empiricamente. OBJETIVO: Pretende-se analisar a relação dessas variáveis com o bem-estar subjetivo (satisfação com a vida) e com o bem-estar psicológico (felicidade e significado). Pretende-se, ainda, verificar a capacidade de predição do gênero, da autoestima e das estratégias de regulação emocional (supressão emocional e reavaliação cognitiva) nos diferentes componentes do bem-estar. MÉTODOS: Participaram do estudo 216 adolescentes de uma população normativa de ambos os sexos. Foram administrados, a todos os participantes, quatro instrumentos para avaliar a autoestima, a capacidade de regulação emocional, o bem-estar subjetivo e psicológico. RESULTADOS: A supressão emocional correlacionou-se negativamente com todas as medidas de bem-estar, enquanto a reavaliação cognitiva evidenciou correlação positiva mais significativa com os níveis de felicidade. A autoestima revelou correlação positiva forte com a satisfação com a vida e maior capacidade de predição do bem-estar do que as estratégias de regulação emocional. CONCLUSÃO: A autoestima revela ser uma variável importante na promoção do bem-estar dos adolescentes, assumindo-se como elemento fundamental numa intervenção clínica positiva e preventiva.<hr/>BACKGROUND: Scientific literature has shown that self-esteem and emotion regulation are related to various psychopatological disorders, although, few studies have investigated the influence of these variables in well-being. OBJECTIVE: The aim of this study is to analyze the relations of these variables with subjective well-being (life satisfaction) and psychological well-being (happiness and meaning). It also wants to investigate the predictive value of gender, self-esteem and emotion regulation strategies (suppression and cognitive reavaluation) on the different components of well-being. METHODS: A normative sample of 216 adolescents, from both sexes, has answered four instruments that evaluated self-esteem, the emotion regulation capacity, subjective and psychological well-being. RESULTS: Suppression has correlated negatively with all the measures of well-being meanwhile cognitive reavaluation has correlated positively and more strongly with levels of happiness. Self-esteem had showed a strong and positive relation with life satisfaction and a higher predictive value of well-being than emotion regulation strategies. DISCUSSION: Self-esteem has revealed being an important variable in the promotion of adolescent well-being, assuming a primary role in the field of a more positive and preventive clinical practice. <![CDATA[<b>Aspectos éticos e legais da assistência religiosa em hospitais psiquiátricos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt assistência religiosa a pacientes com transtornos psiquiátricos graves internados é um problema pouco discutido entre psiquiatras. Aspectos legais asseguram o direito à assistência religiosa aos pacientes, no entanto alguns aspectos específicos conduzem a reflexão e cautela em determinadas situações. Assim, objetiva-se com o presente trabalho discutir os aspectos éticos, legais e científicos da assistência religiosa em hospitais psiquiátricos. Serão abordados também alguns comentários sobre os conceitos de autonomia, beneficência e não maleficência, contidos nos princípios bioéticos. Ao final, é apresentada a experiência do Hospital João Evangelista na abordagem de tais casos. Como conclusão, situações de conflito ético e legal podem surgir, pois os pacientes têm direito a receber assistência religiosa, porém podem apresentar manifestações psicopatológicas que poderiam levar a prejuízo de seu quadro clínico diante da abordagem religiosa. A orientação dos familiares e as relações entre hospital, médico, paciente e família são essenciais para a resolução de tais conflitos.<hr/>The religious assistance to inpatients with severe psychiatric disorders is a problem rarely discussed among psychiatrists. Legal aspects ensure the right to religious assistance to such patients, although some specific aspects lead to reflection and caution in certain situations. Thus, the main of the work is to discuss ethical, legal, scientific and religious aspects of religious assistance in psychiatric hospitals. It will also address some comments on the concepts of autonomy, beneficence and nonmaleficence, contained in bioethical principles. Finally, it will be presented the experience of the João Evangelista Hospital approach on such cases. In conclusion, ethical and legal conflicts can appear because patients have the right to receive a religious attendance. However, in some conditions, this assistance could lead to a worse in patient’s clinical status. Family orientation and doctor-patient-hospital relationship are essential to resolve these conflicts. <![CDATA[<b>Adversidade na infância, características psicológicas e problemas de saúde física</b>: <b>comparação entre obesos e não obesos</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: A literatura é unânime sobre a elevada morbilidade e mortalidade associada à obesidade, mas pouco consistente no que se refere às características psicológicas dos obesos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é caracterizar as experiências de vida e os problemas de saúde física e mental de um grupo de obesos e compará-los com sujeitos não obesos. MÉTODO: Oitenta e um obesos e cem não obesos foram avaliados quanto às experiências adversas na infância, psicopatologia geral, dimensões de personalidade, estilos de coping e problemas e queixas de saúde. RESULTADOS: As experiências de abuso emocional e de negligência são frequentemente relatadas, mas algumas experiências de adversidade na infância são pouco relatadas pelos obesos e não obesos. Os obesos relatam mais queixas, problemas de saúde física e menos coping, mas os não obesos apresentam valores médios de psicopatologia superiores. Nas dimensões de personalidade, não se verifica qualquer diferença entre os grupos. A psicopatologia geral, as estratégias de coping, as queixas de saúde e os problemas de saúde distinguem obesos de não obesos. CONCLUSÃO: Contrariamente ao que sugerem alguns estudos, os obesos não relatam mais adversidade e relatam menos psicopatologia geral do que os não obesos. No entanto, apresentam mais queixas e problemas de saúde e usam estratégias de coping de forma diferente.<hr/>BACKGROUND: The literature is unanimous about the high morbidity and mortality associated with obesity, but little consistency with regard to the psychological characteristics of obese. OBJECTIVE: This study tries to characterize the life experiences and problems of physical and mental health in a group of obese, and compare them with non-obese subjects. METHOD: Eighty-one obese and one hundred non-obese subjects were evaluated regarding adverse experiences in childhood, general psychopathology, personality dimensions, coping styles, health problems and health complaints. RESULTS: The experiences of emotional abuse and neglect are reported frequently, but some adverse childhood experiences are not reported by obese and non-obese, and obese report more substance abuse in the family, while non-obese report more mental illness or suicide. Obese people report more complaints and health problems, but non-obese, have more general psychopathology. Moreover obese use less coping strategies while in the dimensions of personality there is no difference between groups. The general psychopathology, coping strategies, health complaints and health problems have a discriminant function of the obese and non-obese patients, and health complaints are the most important factor contributing to this distinction. DISCUSSION: Contrary to what some studies suggest, the obese did not report more adversity and reported less general psychopathology than non-obese. However, obese report more complaints and health problems and use coping strategies differently. <![CDATA[<b>Nanotubos de carbono aplicados às neurociências</b>: <b>perspectivas e desafios</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Os nanotubos de carbono (NTCs) são os nanomateriais mais promissores para aplicação terapêutica em doenças neurodegenerativas. Aplicações potenciais incluem sistemas de liberação controlada de fármacos, interfaces elétricas e substratos para crescimento celular. OBJETIVO: Descrever o estado da arte e as perspectivas e desafios da aplicação dos NTCs nas neurociências. MÉTODO: Procedeu-se a uma busca sistemática nos indexadores Medline, Lilacs e SciELO, utilizando os descritores "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "biocompatibility" e "nanotechnology", devidamente agrupados. RESULTADOS: A revisão da literatura evidenciou controvérsias nos estudos relativos à biocompatibilidade dos NTCs, embora tenha ratificado o seu potencial para a neuromedicina e neurociências. CONCLUSÃO: Os dados obtidos apontam a necessidade de estudos padronizados sobre as aplicações e interações dessas nanoestruturas com os sistemas biológicos.<hr/>BACKGROUND: Carbon nanotubes (CNTs) are the most promising nanomaterials for therapeutic application in neurodegenerative diseases. Potential applications include systems for controlled drug delivery, electrical interfaces and substrates for cell growth. OBJECTIVE: To describe the state of art, prospects and challenges of applying CNTs in neuroscience. METHODS: There has been systematic search in Medline, Lilacs and SciELO, using the keywords "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "nanotechnology" and "biocompatibility", properly grouped. RESULTS: The literature review showed controversies in studies on the biocompatibility of CNTs, although it has ratified its potential for neuromedicine and neuroscience. DISCUSSION: These results highlight the need for modeling studies on the applications and interactions of nanostructures with biological systems. <![CDATA[<b>Empatia no transtorno afetivo bipolar</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Os nanotubos de carbono (NTCs) são os nanomateriais mais promissores para aplicação terapêutica em doenças neurodegenerativas. Aplicações potenciais incluem sistemas de liberação controlada de fármacos, interfaces elétricas e substratos para crescimento celular. OBJETIVO: Descrever o estado da arte e as perspectivas e desafios da aplicação dos NTCs nas neurociências. MÉTODO: Procedeu-se a uma busca sistemática nos indexadores Medline, Lilacs e SciELO, utilizando os descritores "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "biocompatibility" e "nanotechnology", devidamente agrupados. RESULTADOS: A revisão da literatura evidenciou controvérsias nos estudos relativos à biocompatibilidade dos NTCs, embora tenha ratificado o seu potencial para a neuromedicina e neurociências. CONCLUSÃO: Os dados obtidos apontam a necessidade de estudos padronizados sobre as aplicações e interações dessas nanoestruturas com os sistemas biológicos.<hr/>BACKGROUND: Carbon nanotubes (CNTs) are the most promising nanomaterials for therapeutic application in neurodegenerative diseases. Potential applications include systems for controlled drug delivery, electrical interfaces and substrates for cell growth. OBJECTIVE: To describe the state of art, prospects and challenges of applying CNTs in neuroscience. METHODS: There has been systematic search in Medline, Lilacs and SciELO, using the keywords "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "nanotechnology" and "biocompatibility", properly grouped. RESULTS: The literature review showed controversies in studies on the biocompatibility of CNTs, although it has ratified its potential for neuromedicine and neuroscience. DISCUSSION: These results highlight the need for modeling studies on the applications and interactions of nanostructures with biological systems. <![CDATA[<b>Consumo de álcool entre adolescentes do sexo feminino</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Os nanotubos de carbono (NTCs) são os nanomateriais mais promissores para aplicação terapêutica em doenças neurodegenerativas. Aplicações potenciais incluem sistemas de liberação controlada de fármacos, interfaces elétricas e substratos para crescimento celular. OBJETIVO: Descrever o estado da arte e as perspectivas e desafios da aplicação dos NTCs nas neurociências. MÉTODO: Procedeu-se a uma busca sistemática nos indexadores Medline, Lilacs e SciELO, utilizando os descritores "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "biocompatibility" e "nanotechnology", devidamente agrupados. RESULTADOS: A revisão da literatura evidenciou controvérsias nos estudos relativos à biocompatibilidade dos NTCs, embora tenha ratificado o seu potencial para a neuromedicina e neurociências. CONCLUSÃO: Os dados obtidos apontam a necessidade de estudos padronizados sobre as aplicações e interações dessas nanoestruturas com os sistemas biológicos.<hr/>BACKGROUND: Carbon nanotubes (CNTs) are the most promising nanomaterials for therapeutic application in neurodegenerative diseases. Potential applications include systems for controlled drug delivery, electrical interfaces and substrates for cell growth. OBJECTIVE: To describe the state of art, prospects and challenges of applying CNTs in neuroscience. METHODS: There has been systematic search in Medline, Lilacs and SciELO, using the keywords "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "nanotechnology" and "biocompatibility", properly grouped. RESULTS: The literature review showed controversies in studies on the biocompatibility of CNTs, although it has ratified its potential for neuromedicine and neuroscience. DISCUSSION: These results highlight the need for modeling studies on the applications and interactions of nanostructures with biological systems. <![CDATA[<b>Tecnologias de interface humano-computacional</b>: <b>realidade virtual e novos caminhos para pesquisa</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: Os nanotubos de carbono (NTCs) são os nanomateriais mais promissores para aplicação terapêutica em doenças neurodegenerativas. Aplicações potenciais incluem sistemas de liberação controlada de fármacos, interfaces elétricas e substratos para crescimento celular. OBJETIVO: Descrever o estado da arte e as perspectivas e desafios da aplicação dos NTCs nas neurociências. MÉTODO: Procedeu-se a uma busca sistemática nos indexadores Medline, Lilacs e SciELO, utilizando os descritores "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "biocompatibility" e "nanotechnology", devidamente agrupados. RESULTADOS: A revisão da literatura evidenciou controvérsias nos estudos relativos à biocompatibilidade dos NTCs, embora tenha ratificado o seu potencial para a neuromedicina e neurociências. CONCLUSÃO: Os dados obtidos apontam a necessidade de estudos padronizados sobre as aplicações e interações dessas nanoestruturas com os sistemas biológicos.<hr/>BACKGROUND: Carbon nanotubes (CNTs) are the most promising nanomaterials for therapeutic application in neurodegenerative diseases. Potential applications include systems for controlled drug delivery, electrical interfaces and substrates for cell growth. OBJECTIVE: To describe the state of art, prospects and challenges of applying CNTs in neuroscience. METHODS: There has been systematic search in Medline, Lilacs and SciELO, using the keywords "carbon nanotubes", "drug delivery", "electrical interface", "tissue regeneration", "neuroscience", "nanotechnology" and "biocompatibility", properly grouped. RESULTS: The literature review showed controversies in studies on the biocompatibility of CNTs, although it has ratified its potential for neuromedicine and neuroscience. DISCUSSION: These results highlight the need for modeling studies on the applications and interactions of nanostructures with biological systems. <![CDATA[<b>Terapia cognitivo-comportamental para luto pela morte súbita de cônjuge</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-60832011000500010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt INTRODUÇÃO: O processo de luto devido à morte súbita de cônjuge apresenta particularidades que devem ser consideradas no atendimento clínico daqueles que passam por essa experiência. MÉTODOS: Estudo de caso de terapia para luto utilizando protocolo de atendimento cognitivista comportamental. O progresso da paciente foi avaliado no início e término do tratamento com Inventário Beck de Depressão (BDI), Inventário Beck de Ansiedade (BAI) e Escala Beck de Desesperança (BHS), Inventário de Sintomas de Stress de Lipp (ISSL) e Questionário de Saúde Geral (QSG). RESULTADOS: Houve redução da depressão, ansiedade e desesperança. Em relação ao estresse, a paciente passou da fase de exaustão para a de resistência. Houve redução do estresse psíquico (de 95% para 50%), da desconfiança em relação ao próprio desempenho (de 90% para 40%), de distúrbios do sono (de 95% para 45%), de desejo de morte (de 95% para 20%) e também de distúrbios psicossomáticos (de 95% para 60%). CONCLUSÃO: O atendimento terapêutico para esse tipo específico de luto mediante o enfoque da terapia cognitivo-comportamental se mostrou eficaz.<hr/>INTRODUCTION: The mourning due to the sudden death of a spouse has special features that should be considered in therapy process of those who undergo this experience. METHODS: Case work of grief therapy using a cognitive-behavioral protocol. The progress of the patient was assessed at the beginning and end of treatment with BDI, BAI, BHS, ISSL and GHQ. RESULTS: There was reduction in depression, anxiety and hopelessness. Regarding stress, the patient, that was in the stage of exhaustion passed to resistance. Reduction of psychological stress (95% to 50%), distrust about their own performance (90% to 40%), sleep disturbances (95% to 45%), death wish (95% to 20%) and also of psychosomatic disorders (95% to 60%). DISCUSSION: The therapeutic protocol through the focus of cognitive-behavioral therapy was effective for that specific type of mourning.