Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de História]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-018820160003&lang=pt vol. 36 num. 73 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[EDITORIAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Apresentação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[O imbróglio de <em>Raízes</em>: notas sobre a fortuna crítica da obra de Sérgio Buarque de Holanda]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O artigo analisa as condições de produção e recepção da obra inaugural de Sérgio Buarque de Holanda, Raízes do Brasil, considerando a crítica historiográfica sobre o autor. Nesse sentido, comenta a controvérsia sobre as edições de Raízes; analisa a "teoria da América" que inspirou o livro de 1936; reflete sobre a presença da filosofia e da historiografia alemã, bem como da francesa, na produção de Sérgio. Por fim, à guisa de conclusão, analisa a polêmica em torno do pensamento político de Sérgio ao longo do século XX.<hr/>Abstract The article analyzes the conditions of production and reception of the inaugural work of Sérgio Buarque de Holanda, Raízes do Brasil, taking into account the historiographic criticism about the author. In this sense, it addresses the controversy over the book's editions; analyzes the "theory of America" of its inspiration; and reflects on the presence of German and French philosophy and historiography in the production of Sérgio. Finally, it analyzes the polemic on Sergio's political thinking throughout the twentieth century. <![CDATA[Sérgio com Lima: um encontro inusitado em meio aos modernismos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300041&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Partindo do encontro entre Lima Barreto e Sérgio Buarque de Holanda, em 1922, no Rio de Janeiro, recuperamos debates estéticos e políticos da Primeira República, evitando qualquer cisão rígida entre modernistas e não modernistas. Relações de classe, escolas literárias, o espaço urbano e os valores públicos, assim como os dilemas da democracia numa República percebida por ambos como oligárquica, são temas por meio dos quais tentamos aproximar os dois autores, sem deixar de lado suas diferenças. A reflexão posterior de Sérgio Buarque, incluindo a crítica literária e a primeira edição de Raízes do Brasil, é analisada a partir de eixos que tornam Lima Barreto um contraponto para compreender a desconfiança diante de valores republicanos nunca concluídos - tema que atravessa a ficção de um, e a reflexão histórica do outro.<hr/>ABSTRACT Taking as our departure point the meeting between Lima Barreto and Sérgio Buarque de Holanda in 1922 in Rio de Janeiro, we analyze aesthetic and political debates held during the so-called First Republic (1889-1930). To do so, we avoid any artificial divide between modernists and non-modernists. Some of the topics covered in this article are: class relations, literary trends, urban spaces and public values, and the dilemma faced by a democracy that both authors saw as inherently oligarchical. We also focus on Buarque de Holanda's criticism in the first (1936) edition of Roots of Brazil, and we analyze pieces of literary criticism he published much later. The encounter of the two intellectuals allows us to better understand how they were both skeptical about republican values, which they felt had never prevailed in Brazil. Such a skepticism crosses their work, whether it's fictional or historiographic. <![CDATA[Tentativas de desmitologia: a revolução conservadora em <em>Raízes do Brasil</em>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300063&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O artigo investiga as conexões existentes entre o jovem intelectual Sérgio Buarque de Holanda e a constelação de autores ligados à chamada "revolução conservadora" alemã da época da República de Weimar. Propõe-se uma interpretação alternativa a respeito dos posicionamentos políticos do jovem historiador paulista, bem como dos temas do personalismo e da cordialidade em sua obra de estreia, por meio da análise de documentos inéditos, do entrecruzamento de seus escritos das décadas de 1920 e 1930 com a primeira edição de Raízes do Brasil, das anotações feitas por ele nos exemplares de sua biblioteca pessoal, e da reconstrução do contexto intelectual e social da Berlim dos anos 1929-1931.<hr/>ABSTRACT This article investigates the connections between Sérgio Buarque de Holanda and the constellation of authors known as representatives of the Weimar Republic's "conservative revolution". What is proposed here is an alternative interpretation of his early political positions, as well as a reappraisal of personalism and the "cordial man" concept in his debut book. Our research strategy was based on the examination of new documents, the comparison of his writings of the 1920s and 1930s with Raízes do Brasil first edition, the notes made by him in books of his personal library, and the reconstruction of the intellectual and social contexts in Berlin from 1929 to 1931. <![CDATA[<em>Raízes do Brasil</em> e o ensaio histórico brasileiro: da história filosófica à síntese sociológica, 1836-1936]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300089&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo propõe uma análise da história da historiografia brasileira entre a década de 1830 e a de 1930, situando o livro de Sérgio Buarque de Holanda Raízes do Brasil (1936) na tradição dos ensaios de interpretação histórica que caracterizou as primeiras décadas do período republicano. Sugere-se a hipótese, pautada nos estudos de Arnaldo Momigliano e Reinhart Koselleck, de que entre as condições de emergência dessa tradição estão as relações entre a erudição crítica, definidora do método histórico, e a intenção sintética, característica da filosofia da história moderna. Nesse sentido, a partir de fontes variadas, o estudo segue o movimento que conduziu as reflexões sobre a história no Brasil, da vizinhança com a filosofia até as formas de aproximação com as ciências sociais, acompanhando a passagem do modelo da história filosófica para o da síntese sociológica, no qual podem ser inseridos os ensaios históricos.<hr/>ABSTRACT This article proposes an analysis of the history of Brazilian historiography between the 1830s and the 1930s, placing Sérgio Buarque de Holanda's Raízes do Brasil (1936) in the essay tradition of historical interpretation that characterized the first decades of the Republic. I suggest the hypothesis, based on the studies of Arnaldo Momigliano and Reinhart Koselleck, that among the conditions of emergence of this tradition are the relations between the critical erudition, which defines the historical method, and the synthetic intention, characteristic of the modern philosophy of history. In this sense, from varied sources, the study follows the movement that led to reflections on history in Brazil from the neighborhood with the philosophy to the forms of approximation with the social sciences, tracing the passage from the model of philosophical history to that of the sociological synthesis, in which historical essays can be inserted. <![CDATA[A montanha e os caminhos: Sérgio Buarque de Holanda entre Rio de Janeiro e São Paulo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300111&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O objetivo do artigo é investigar a gestação de um projeto intelectual de Sérgio Buarque de Holanda: estudar as bandeiras, as monções e seus desdobramentos. Nesse sentido, analiso a trajetória do autor durante o primeiro governo Vargas, especialmente o momento em que lança Raízes do Brasil, em 1936, e o estabelecimento do Estado Novo no ano seguinte. Argumento que é nesse contexto que Sérgio Buarque passa a estudar a história da sociedade paulista, pensando-a como uma alternativa para a modernização da tradição ibérica.<hr/>ABSTRACT This article investigates the development of an intellectual project by Sérgio Buarque de Holanda: to study the expeditions by land and river into the inland parts of Brazil, and their aftermath. I analyze the author's trajectory during the first Vargas government, especially when he publishes Raízes do Brasil [Roots of Brazil] in 1936, and the establishment of the Estado Novo dictatorship the following year. I argue that it was in this context that Sérgio Buarque started to study the history of São Paulo society, viewing it as an alternative to traditional Iberian-style modernization. <![CDATA[Passados (im)perfeitos ou a ótica buarqueana sobre o Império do Brasil na América]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300135&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este artigo aborda as inovações editoriais e historiográficas propostas pela coleção História Geral da Civilização Brasileira (HGCB), sob a direção de Sérgio Buarque de Holanda, entre 1960 e 1972. Tem como foco principal os deslocamentos que permitiram ampliar a abordagem da tópica do Império Brasileiro sob uma ótica que o incorporava às questões da historiografia latino-americana. Ao tratar o Império de uma perspectiva que desqualificava os marcos cronológicos que o instituíam, Sérgio Buarque considera um elemento exclusivo da historiografia brasileira em relação à América, a existência de uma monarquia no século XIX, de modo a integrá-lo nas discussões sobre o continente.<hr/>ABSTRACT This article addresses the editorial and historiographical innovations that were proposed by the collection General History of the Brazilian Civilization (HGCB in Portuguese), under the direction of Sérgio Buarque de Holanda, from 1960 to 1972. Its main focus are the changes that allowed for a broader approach of the Brazilian Empire topic under an optic which incorporated it into the Latin-American historiography. By treating the Empire under the perspective which disqualified the chronological milestones which instituted it, Sérgio Buarque considers as an exclusive element of Brazilian historiography on America, the existence of a XIX century monarchy, in such way as to integrate this into the discussions about the continent. <![CDATA[Para além de um prefácio: ditadura e democracia no diálogo entre Antonio Candido e Sérgio Buarque de Holanda]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300159&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Partindo de uma análise das temporalidades subjacentes ao Prefácio de Raízes do Brasil, de 1969, este artigo estuda a colaboração entre Antonio Candido e Sérgio Buarque de Holanda. Seguindo o percurso de um esboço de biografia cruzada, o texto atenta para a cumplicidade e para a apropriação colaborativa de certas ideias chave presentes em outras obras desses autores, como Monções (1945), Caminhos e fronteiras (1957), Capítulos de literatura colonial (1991), Parceiros do Rio Bonito (1964) e Formação da literatura brasileira (1959). De modo geral, as análises dos dois confluem numa representação do trabalho intelectual enquanto forma de engajamento e militância política em face da experiência da ditadura (Estado Novo, 1937-1945, e Regime Militar, 1964-1985) e nas expectativas em relação à democratização.<hr/>ABSTRACT This text analyses Antonio Candido's 1969 preface to Raízes do Brasil (Roots of Brazil, 1936) assessing its underlying layers of temporality; especially regarding the previous dialogues between Antonio Candido, author of the referred preface, and Sérgio Buarque de Holanda, author of the book. By doing so, it seeks to present a sketch of a collective or "entangled" biography: taking in consideration the mutual appropriation and a certain complicity present as key concepts on theirs texts, such as Monções (1945), Caminhos e fronteiras (1957), Capítulos de literatura colonial (1991), Formação da literatura brasileira (1959) and Parceiros do Rio Bonito (1964). In summary, both Candido and Holanda's analysis converge to a representation of the intellectual craft as a form of political engagement facing two dictatorships (Estado Novo, 1937-1945, and Military Dictatorship, 1964-1985), and the aspirations for democracy during and after each authoritarian regime. <![CDATA[A criação do Terceiro Corpo do Exército na província do Rio Grande do Sul: conflitos políticos resultantes da administração militar nos anos críticos da Guerra do Paraguai (1866-1867)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300183&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo analisa a mobilização militar a partir da relação entre o poder central, a presidência provincial e as lideranças regionais no Rio Grande do Sul. Nosso foco é o período entre outubro de 1866 e abril de 1867, quando o comando militar brasileiro, sediado no Paraguai, decidiu organizar o Terceiro Corpo do Exército. Essa arregimentação foi organizada a partir de contingentes recrutados na província sul-rio-grandense. A criação de um novo corpo militar numa província que se ressentia dos esforços continuados pelo recrutamento exigiu negociações delicadas, num movimento que expôs as principais queixas sobre a execução do recrutamento e a intervenção do governo imperial nas questões locais.<hr/>Abstract This paper analyses military recruitment from the standpoint of relations among Brazil's Imperial authorities, the provincial president of Rio Grande do Sul, and regional leaders within that province. Our focus is the period between October 1866 and April 1867. At that time the Brazilian military command, stationed in Paraguay, organized a new regiment, the Army Third Corps, using troops from Rio Grande do Sul obtained under the quota system. Resentment of conscription already ran high in Rio Grande do Sul, however. Creating this new regiment demanded thorough negotiations that exposed major complaints about recruitment procedures and about Imperial intervention in local affairs. <![CDATA[A produção da invisibilidade intelectual do professor negro Nascimento Moraes na história literária maranhense, no início do século XX]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300209&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O artigo contempla a trajetória familiar, escolar e profissional de José do Nascimento Moraes, dando ênfase às dificuldades encontradas durante a consolidação da sua vida profissional em razão de sua origem racial, quando esteve envolvido em debates na imprensa maranhense. Destacam-se aspectos ligados à polêmica travada com Antonio Francisco Leal Lobo, quando este, ao escrever sobre a terceira fase da história literária do Maranhão, omitiu a importância e a relevante contribuição de Nascimento Moraes para a efervescência cultural do período.<hr/>Abstract The article aims at the social, educational and professional trajectory of José do Nascimento Moraes, emphasizing the obstacles he faced on the way of his professional life because of his racial background. It is addressed the polemics with Antonio Francisco Leal Lobo, and his writings on the third phase of the literary history of Maranhão, which omitted the importance and relevance of Nascimento Moraes to the cultural effervescence of the period. <![CDATA[Cândido de Abreu: projetos do primeiro urbanista da cidade de Curitiba do início do século XX]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300231&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example. <![CDATA[Neumann, Eduardo. <em>Letra de índios</em>: cultura escrita, comunicação e memória indígena nas Reduções do Paraguai]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300257&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example. <![CDATA[Farias, Juliana Barreto. <em>Mercados Minas</em>: africanos ocidentais na Praça do Mercado do Rio de Janeiro (1830-1890)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300263&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example. <![CDATA[Mata, Iacy Maia. <em>Conspirações da raça de cor</em>: escravidão, liberdade e tensões raciais em Santiago de Cuba (1864-1881)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300267&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example. <![CDATA[Trindade, Hélgio. <em>A tentação fascista no Brasil</em>: imaginário de dirigentes e militantes integralistas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300271&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example. <![CDATA[Magri, Lucio. <em>O alfaiate de Ulm</em>: uma possível história do Partido Comunista Italiano]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000300277&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo A reflexão que proponho trata de algumas questões relacionadas à importância da arquitetura e do espaço por ela determinado como portadores e transmissores de linguagens e sentidos múltiplos acerca do universo urbano. Privilegiarei, portanto, o discurso arquitetural de Cândido de Abreu, considerado o primeiro urbanista da cidade de Curitiba. Ele ficou mais conhecido por seus projetos de construção de praças e jardins, solares e edifícios públicos e, pouco menos, como autor do projeto de construção do edifício do Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, inaugurado solenemente no final de 1903. Procuro demonstrar por meio de pesquisa histórica as principais referências arquiteturais desse engenheiro como suporte de compreensão de uma cultura urbana e escolar que toma como exemplo o edifício do primeiro grupo escolar do estado do Paraná.<hr/>Abstract The reflection that I propose deals with some issues on the importance of architecture and the space which it determines as carriers and conveyors of multiple languages and meanings in the urban universe. I will emphasize the architectural discourse by Cândido de Abreu, considered the first urban planner in Curitiba. He is best known for his projects of squares and gardens, manor houses and public buildings, and a little less known for being the author of the project for the school building called Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva, solemnly inaugurated in the end of 1903. I intend to demonstrate the most important architectural references of that engineer by means of a historical research as comprehension support for an urban and school culture that considers the building of the first school in Parana state as an example.