Scielo RSS <![CDATA[Acta Botanica Brasilica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-330620020002&lang= vol. 16 num. 2 lang. <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[The family Bombacaceae Kunth in the state of Pernambuco - Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200001&lng=&nrm=iso&tlng= O presente trabalho consiste de um estudo taxonômico sobre a família Bombacaceae no Estado de Pernambuco, Brasil. Constatou-se a ocorrência de sete espécies distribuídas em seis gêneros: Bombacopsis retusa (Mart. & Zucc.) A. Robyns, Ceiba glaziovii (Kuntze) K. Schum., Eriotheca crenulaticalyx A. Robyns, Pachira aquatica Aubl., Pseudobombax marginatum (A. St.-Hil.) A. Robyns, Pseudobombax simplicifolium A. Robyns e Quararibea turbinata (Sw.) Poir. Chave para identificação das espécies, descrições, material examinado, ilustrações e comentários sobre distribuição geográfica e habitat são apresentados. Bombacopsis retusa e Pseudobombax marginatum são referidas pela primeira vez para Pernambuco.<hr/>The present work is a taxonomic study on the family Bombacaceae in the State of Pernambuco, Brazil. Seven species were found , distributed in six genera: Bombacopsis retusa (Mart. & Zucc.) A. Robyns, Ceiba glaziovii (Kuntze) K. Schum., Pachira aquatica Aubl., Pseudobombax marginatum (A. St.-Hil.) A. Robyns, Pseudobombax simplicifolium A. Robyns and Quararibea turbinata (Sw.) Poir. Species, Key descriptions, examined material, illustrations and comments on the geographic distribution and habitat are presented. Bombacopsis retusa and Pseudobombax marginatum are recorded for the first time in the State of Pernambuco. <![CDATA[Extractivism, cultivation and privatization of jaborandi (<I>Pilocarpus microphyllus</I> Stapf ex Holm.; Rutaceae) in Maranhão, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200002&lng=&nrm=iso&tlng= Um dos processos associados com a expansão de fronteiras em países em desenvolvimento consiste na privatização de recursos naturais, anteriormente de uso comum por populações tradicionais. Em geral, a privatização não só conduz à degradação dos recursos como também ao empobrecimento de comunidades locais dependentes desses recursos. Um exemplo desta transformação está no Estado do Maranhão, especialmente em uma região conhecida como "Pré-Amazônia", onde o jaborandi (Pilocarpus microphyllus Stapf ex Holm.; Rutaceae), um recurso natural que beneficiava milhares de pessoas da zona rural, foi gradativamente privatizado. A expansão do mercado de pilocarpina (um alcalóide de extenso uso em oftalmologia) nos últimos 30 anos, provocou crescimento descontrolado no extrativismo de folhas de jaborandi, conduzindo ao esgotamento e à ameaça de extinção das populações naturais deste recurso vegetal. Paralelamente, esta pressão sobre as populações naturais acelerou o processo de domesticação desta espécie e a sua privatização pela indústria farmacêutica. Este estudo teve como objetivo principal avaliar a exploração e cultivo do jaborandi no Maranhão, buscando o esclarecimento sobre os benefícios e malefícios econômicos, sociais e ambientais decorrentes da sua exploração. Os resultados obtidos mostram que, historicamente, não houve nenhum benefício significativo compartilhado entre a indústria farmacêutica e as populações envolvidas no extrativismo do jaborandi no Maranhão.<hr/>A process associated with frontier expansion in developing countries is the privatization of natural resources formerly held in common by traditional populations. An example of this transformation comes from Maranhão State, in a region of mid-northern Brazil known as "Pre-Amazônia" (Pre-Amazon), where jaborandi (Pilocarpus microphyllus Stapf ex Holm.; Rutaceae), a plant resource that used to benefit thousands of rural poor, is being increasingly privatized. This process began with the expansion of the pilocarpine market in the world, provoking uncontrolled growth in extraction of native plants and resource depletion. This paper reports the latest developments regarding the exploitation of P. microphyllus in Maranhão, describing the current system of production, from leaf collection to industrialization. It also discusses social, economic and environmental benefits/damages to the people who exploited jaborandi and to the natural populations of this plant species. The results showed that, historically, there were no significant benefits shared between the pharmaceutical industry and people in the past. <![CDATA[Periphitic diatoms from Sampaio and Sampainho streams, Rio Grande do Sul, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200003&lng=&nrm=iso&tlng= Estudo taxonômico de diatomáceas perifíticas em substrato artificial (fio de poliamida) foi realizado nos arroios Sampaio e Sampainho, localizados na Depressão Central do Estado do Rio Grande do Sul. A investigação baseou-se em amostragens mensais, realizadas no período de um ano (julho de 1994 a junho de 1995). Foram identificados, descritos e ilustrados vinte e um táxons infragenéricos, distribuídos em treze gêneros e onze famílias. Achnanthes rupestoides Hohn, Diadesmis brekkaensis (Petersen) D. G. Mann, Navicula tenelloides Hustedt e Placoneis elginensis (Gregory) E. J. Cox são registrados pela primeira vez em ambientes lóticos no Estado.<hr/>Taxonomic study of periphitic diatoms on an artificial substrate (polyamide threads) was undertaken in the Sampaio and Sampainho streams, that are located in the Depressão Central region of Rio Grande do Sul State. The investigation was based on monthly sampling taken from July 1994 to June 1995. Twenty one infrageneric taxa distributed in thirteen genera and eleven families were identified, described and illustrated. Achnanthes rupestoides Hohn, Diadesmis brekkaensis (Petersen) D. G. Mann, Navicula tenelloides Hustedt and Placoneis elginensis (Gregory) E. J. Cox are registered for the first time in lotic environments in this state. <![CDATA[Pleurocarpous mosses of a Sub-montane Rain Forest in Pernambuco State, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200004&lng=&nrm=iso&tlng= Foi realizado o inventário dos musgos pleurocárpicos em uma área de Floresta Estacional Subcaducifólia Tropical Pluvionebular (mata serrana de brejo de altitude) situada na propriedade Bituri Grande, município de Brejo da Madre de Deus (8&ordm;08'45''S, 36&ordm;22'16''W), Pernambuco. A propriedade possui ca. 700ha e situa-se a 900-1.120m s.m. A brioflora dos musgos pleurocárpicos é composta por 23 espécies pertencentes a 13 famílias. Constituem-se novos registros para a região Nordeste do Brasil: Aptychopsis subpungifolia (Broth.) Broth., Erytrodontium longisetum (Hook.) Par., Porothamnium flagelliferum (Hampe) Fleisch., Sematophyllum beyrichii (Hornsch.) Broth., S. galipense (C. Muell.) Mitt. e Trichosteleum glaziovii (Hampe) W.R. Buck. Para os táxons de ocorrência nova são apresentadas descrições, ilustrações, comentários e distribuição geográfica no Brasil.<hr/>A floristic survey of bryophytes from a seasonal subdeciduous tropical forest was carried out in a remnant located in municipality of Brejo da Madre de Deus, State of Pernambuco (8&ordm;08'45''S, 36&ordm;22'16''W). The property has an area of 700ha, distributed over valleys and hills from 900-1120m altitude. Twenty three species belonging to 13 families of pleurocarpous mosses were registered. New references for Northeast region of Brazil are Aptychopsis subpungifolia (Broth.) Broth., Erytrodontium longisetum (Hook.) Par., Porothamnium flagelliferum (Hampe) Fleisch., Sematophyllum beyrichii (Hornsch.) Broth., S. galipense (C. Muell.) Mitt. and Trichosteleum glaziovii (Hampe) W. R. Buck. Descriptions, illustrations, comments and geographical distributions are given for each new record. <![CDATA[Palynotaxonomy of the Brazilian species of <I>Peritassa</I> Miers (Hippocrateaceae)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200005&lng=&nrm=iso&tlng= O estudo palinotaxonômico de Peritassa Miers teve como objetivo contribuir para a melhor caracterização, circunscrição e delimitação deste gênero. Os grãos de pólen de dez espécies de Peritassa foram acetolisados, medidos, descritos e ilustrados sob microscopia de luz (ML) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). A análise sob MEV foi utilizada visando a elucidação de dúvidas sobre a ornamentação da exina. Apenas, P. calypsoides (Camb.) A.C. Sm. apresentou grãos de pólen em tétrades. As espécies com grãos de pólen em mônades são, geralmente, de tamanho pequeno, microrreticulados (com muros lisos ou ondulados) ou granulados, 3-colporados, área apertural proeminente ou não. Foi confeccionada uma chave polínica utilizando-se apenas os atributos observados sob microscopia de luz. Peritassa é um gênero euripolínico e as características palinológicas podem auxiliar os estudos taxonômicos do grupo.<hr/>The palynotaxonomic study of Peritassa Miers aimed to contribute to a better characterization as well as the circumscription and delimitation of this genus. The pollen grains of 10 species of the Peritassa were studied. The pollen grains were acetolyzed, measured, described and illustrated using light microscopy (LM) and scanning eletronic microscopy (SEM). The analysis in SEM was used in order to elucidate the exine sculpture. The data obtained were statistically analysed according to sample sizes. P. calypsoides (Camb.) A.C. Sm. Was the only species studied that showed tetrads. The species with pollen grains in monads are generally of small size, microreticulate (with smooth or undulate muri) or granulate, 3-colporate, with a prominent or not apertural area. Pollinic key is presented using results obtained in light microscopy. Peritassa is euripollinic genus and its palynological characteristics can help in taxonomic studies of this group. <![CDATA[Use and diversity of medicinal plants in Santo Antonio do Leverger, MT, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200006&lng=&nrm=iso&tlng= O presente trabalho tem como objetivo fazer o levantamento etnobotânico de plantas com usos terapêuticos no município de Santo Antonio do Leverger, MT, e estimar a diversidade de espécies usadas. Foram entrevistados residentes adultos de ambos os sexos, junto com os quais foram coletadas as plantas, depositadas no Herbarium Rioclarense (HRCB). Identificaram-se 228 espécies, pertencentes a 73 famílias; 56% delas crescem espontaneamente em ambientes naturais ou antropicamente modificados, 41% são cultivadas e 3% são compradas. Os índices de diversidade encontrados comparam-se aos mais altos registrados na literatura para plantas medicinais em outras áreas tropicais. A riqueza e diversidade das plantas espontâneas podem espelhar até certo ponto a riqueza e diversidade de espécies no ambiente, enquanto tais parâmetros para as espécies cultivadas estariam mais ligados a fatores sócio-culturais que promovam a introdução de novas plantas e informações de uso a partir de fontes externas. Sugere-se que quando comunidades tradicionais se tornam mais expostas à sociedade nacional, o número de espécies e o conhecimento acerca de seu uso podem sofrer inicialmente um acréscimo, por aportes externos; mas, com o aprofundamento do contato, e as mudanças sócio-econômicas decorrentes, a tendência será que as plantas usadas com fins terapêuticos restrinjam-se às espécies cultivadas e invasoras cosmopolitas.<hr/>This work describes an ethnobotanical survey of medicinal plants in Santo Antonio do Leverger Municipality, Mato Grosso State, Brazil and estimates the diversity of species with therapeutic use. Adult dwellers, male and female, were interviewed and plant gathering undertaken with their assistance. Voucher specimens were deposited at the Herbarium Rioclarense (HRCB). 228 species were identified, belonging to 73 families; 56% of the species grow spontaneously in natural and anthropically modified habitats, 41% are cultivated and 3% are purchased. Diversity indexes are among the highest ones reported in literature for medicinal plants in other tropical areas. Richness and diversity of spontaneous species may mirror to certain extent environmental richness and diversity, whereas for cultivated species, these measures could be linked to socio-cultural factors enhancing introduction of new plants and use information from outside the area. It is suggested that when traditional communities become more exposed to society at large, species number and knowledge about their use may at first increase, by foreign input; but, with the socio-economic changes that come about over time, plants used for therapeutic aims will be limited to the cultivated species and cosmopolite weeds. <![CDATA[Phytosociological survey of arboreal vegetation of a mesophyllous semideciduous forest fragment, in municipality São Carlos, São Paulo State]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200007&lng=&nrm=iso&tlng= O presente trabalho teve por objetivo a análise de parâmetros fitossociológicos em um fragmento de floresta estacional semidecídua, no município de São Carlos - SP, situado entre 21º 55' e 22º 00' Sul e 47º 48' e 47º 52' Oeste. Para o levantamento da vegetação foram estabelecidas 50 parcelas de 10 m x 20 m (200 m²), distribuídas perpendicularmente a uma trilha existente no interior do fragmento. Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) igual ou maior a 5cm, onde foi medido o diâmetro, a altura, anotado o nome da espécie e coletado material para herborização. Foram encontrados 1343 indivíduos por hectare. As espécies que apresentaram maior valor de importância (VI) foram: Metrodorea nigra (33,09%), Pachystroma longifolium (22,64%), Aspidosperma ramiflorum (20,41%), Actinostemon communis (17,38%), Croton floribundus (12,70%), Savia dictyocarpa (12,14%), Ocotea pretiosa (10,24%) e Machaerium stipitatum (10,01%), que juntas somaram 46,20% do VI total e as 92 espécies restantes somaram 53,80%.<hr/>The objective of was a to analise the phytosociological parameters of a semideciduous forest fragment in a secondary forest, São Carlos, São Paulo State (21º 55" S and 47º 48" W). Fifty plots of 10 m x 20 m (200 m²) were established and distributed perpendiculary to a path in the forest fragment. Trees with a breast height of at least 5 cm of diameter (DBH) were tagged, measured, and identified. 1,343 individuals were sampled in the phytosociologic study. The species with the highest importance value (IV) were: Metrodorea nigra (33.09%), Pachystroma longifolium (22.64%), Aspidosperma ramiflorum (20.41%), Actinostemon communis (17.38%), Croton floribundus (12.70%), Savia dictyocarpa (12.14%), Ocotea pretiosa (10.24%) and Machaerium stipitatum (10.01%), that together comprised 46.20% of total IV and while the 92 remaining species comprised 53.80%. <![CDATA[Daily course of water vapour exchange, leaf temperature and water potential on starfruit (<I>Averrhoa carambola</I> L.) germplasm]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200008&lng=&nrm=iso&tlng= Este trabalho objetivou avaliar o curso diário das perdas de vapor d'água, da temperatura e do potencial da água foliares em dois acessos de caramboleiras na fenofase de produção de frutos. A pesquisa foi realizada no campo, utilizando-se dois acessos de caramboleiras (IPA-1.3 e IPA-25.1) e três horários de avaliação (7, 12 e 17 horas). As variáveis avaliadas foram temperatura foliar, resistência à difusão de vapor, transpiração, potencial da água foliar, temperatura do ar, umidade relativa do ar e radiação fotossinteticamente ativa. As plantas dos dois acessos não restringiram as trocas gasosas nas horas mais quentes do dia. O acesso IPA 25.1 mostrou-se mais sensível à baixa luminosidade que o IPA 3.1. Houve variabilidade genotípica entre os acessos, sobretudo em relação ao potencial da água da folha.<hr/>This work aimed to evaluate daily course of water vapour exchange, leaf temperature and water potential of the starfruit on fruit production phenophase. The research was carried out under field conditions, using two starfruit genotypes (IPA-1.3 and IPA-25.1) and three evaluation times (7, 12 and 17 hours). The variables analysed were leaf temperature, diffusive resistance, transpiration, leaf water potential, air temperature, relative humidity of air and photosynthetic active radiation (PAR). Both genotypes did not restrict water vapour exchanges on the warmer hours. IPA-25.1 was more sensible to low luminosity than IPA-3.1. There was genotipic variability between accessions, mainly in relation to leaf water potential. <![CDATA[Phytosociology of an area of "cerrado denso" at the RECOR-IBGE, Brasília-DF, Brazil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33062002000200009&lng=&nrm=iso&tlng= Foi amostrada uma área de 10ha de cerrado denso da RECOR-IBGE, Brasília-DF. Nesta foram estabelecidas parcelas experimentais de um projeto para o estudo do efeito do fogo na vegetação do cerrado com um delineamento em blocos casualizados. Este levantamento foi efetuado antes da aplicação dos tratamentos visando conhecer a composição florística e estrutura da vegetação original. Foram incluídos todos os indivíduos lenhosos e aqueles não-lenhosos pertencentes à família Velloziaceae, com diâmetro mínimo de 5cm, presentes em cinco parcelas de 1000m². Foram medidas as alturas e os diâmetros a 30cm do solo de cada indivíduo. Ao todo foram amostrados 982 indivíduos, pertencentes a 63 espécies e a 34 famílias. Cerca de 47% das famílias foram representadas por apenas uma espécie. Apenas 16 espécies foram comuns a todas as cinco parcelas. A diversidade da área foi alta (H'= 3,53) e a similaridade entre as parcelas segundo índice de Sørensen foi também alta. As espécies Sclerolobium paniculatum, Eremanthus glomerulatus, Schefflera macrocarpum, Ouratea hexasperma, Vochysia thyrsoidea, Guapira noxia, Caryocar brasiliense, Vellozia squamata, Qualea grandiflora e Emmotum nitens apresentaram os maiores valores de importância. As estimativas de densidade e de área basal por hectare foram de 1964 indivíduos e 13,28m², respectivamente. A diversidade foi equivalente a de outras áreas de cerrado sensu stricto na região, mas a densidade e a área basal foram mais elevadas.<hr/>This survey was conducted within a randomized block experiment set up in the RECOR - DF aiming to study the effect of fire in the cerrado. The sampling was conducted prior to the application of any treatments to assess the original status of the cerrado denso (dense savanna woodland) at the site. All woody individuals plus non-woody Velloziaceae over 5cm diameter were included in the sample which consisted of five 1000m² (20 x 50m) plots. Height and diameter at 30cm from the ground level were measured. There were 982 individuals belonging to 63 species and 34 families. Around 47% of the families contained just one species. Only 16 species occurred in all plots. Alfa diversity was high (H'= 3.53) and Sørensen's Similarity Index was high between the plots. Sclerolobium paniculatum, Eremanthus glomerulatus, Schefflera macrocarpum, Ouratea hexasperma, Vochysia thyrsoidea, Guapira noxia, Caryocar brasiliense, Vellosia squamata, Qualea grandiflora and Emmotum nitens had the highest IVI. Density and basal area were 1964 and 13.28 m²/ha, respectively. Diversity was similar to that found for several areas of cerrado sensu stricto in the region, but density and basal area were higher than at most sites.