Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Teoria e Pesquisa]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-377220100004&lang=pt vol. 26 num. 4 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Abertura da gestão 2010-2012</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b><b>Comportamentos lúdicos entre crianças do nordeste do Brasil</b></b>: <b><b>categorização de brincadeiras</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo visa categorizar as brincadeiras das crianças de um povoado rural do nordeste do Brasil. Foram observadas individualmente 32 crianças entre dois e 12 anos, de ambos os sexos, brincando em ambiente livre, em sessões de cinco minutos. A categoria de 'brincadeiras simbólicas' foi a mais observada (49%). Os temas das brincadeiras simbólicas estavam predominantemente atrelados ao modo de vida local. Diferenças de gênero foram observadas e analisadas. Os dados sugerem que meninas brincam mais simbolicamente, enquanto as brincadeiras dos meninos são mais variadas. A relação entre brincadeira e contexto baseia-se no aproveitamento das potencialidades que o ambiente oferece para o desenvolvimento da criança caracterizando as relações entre aspectos particulares de cada ambiente e as atividades lúdicas desenvolvidas.<hr/>This paper aims to categorize the most frequent playful activities in a sample of children from a rural community of Brazil's northeast region. Thirty two children of both sexes, aged 2-12 years, were individually observed during free play, in five minutes sessions each. The most observed category of play was 'symbolic games' (49%). The themes of the symbolic games were predominantly tied with the local way of living. Gender differences were observed and analyzed. The collected data suggest that female plays tend to be symbolic, while male plays tend to be more varied. It was observed that the relation between playful activities and local context is based upon the employment of resources that the specific environment offers to the child's development, characterizing the relations between particular contexts and the ludic activities developed in it. <![CDATA[<b><b>Um dia na vida de irmãos que cuidam de irmãos</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste artigo é descrever a rotina de adolescentes de baixa renda que cuidam de seus irmãos. Participaram do estudo 20 adolescentes de 12 a 16 anos. Foi utilizada uma ficha de dados sociodemográficos, genograma familiar e entrevista semiestruturada sobre um dia de suas vidas. Organizaram-se as atividades relatadas em cinco categorias: cuidado pessoal, cuidado dos irmãos, domésticas, escolares e de lazer. A partir dessas atividades dividiram-se os participantes em três grupos: responsáveis pelo cuidado dos irmãos, ajudam suas mães e sem essas atividades. Os resultados indicaram que adolescentes de ambos os sexos cuidam dos irmãos, mas são as meninas que mais assumem tarefas domésticas. Quando responsabilizados pelo cuidado, suas atividades escolares e de lazer são prejudicadas.<hr/>The objective of this paper is to describe the daily routines of low-income adolescents, focusing particularly on those who look after their siblings. The description is based on a study conducted with 20 adolescents of 12 to 16 years of age. The instruments were: a record of socio-demographic data, a family genogram, and a semi-structured interview about a typical day. The activities described were organized into: personal care, sibling care, domestic tasks, school tasks, and leisure. The participants were divided into three groups based on type of care: those responsible for sibling care, those who helped their mothers with sibling care, and those without such responsibilities. The results showed that adolescents of both sexes took care of siblings, but females were more likely to take on domestic chores. School and leisure activities of adolescents were prejudiced when they were responsible for care. <![CDATA[<b>Rede social e papéis de gênero de casais ribeirinhos de uma comunidade amazônica<a href="#back1"><sup></sup></a><a href="#back1"><sup></sup></a></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo descreve as redes sociais de dois casais de uma comunidade ribeirinha (Rio Araraiana, Município de Ponta de Pedras, Ilha do Marajó/Pará). Os dados foram coletados com um inventário sócio-demográfico, um inventário de rotina e diários de campo e, analisados pelo mapa de rede de Sluzki. Constatou-se que os vínculos dos casais são baseados em alianças de ajuda econômica e de trabalho, companhia para lazer ou atividade religiosa. Verificou-se que as relações são marcadas por padrões de gênero que delimitam os ambientes das atividades cotidianas, definem o status ocupado na família e condicionam a formação de vínculos na rede social.<hr/>This study describes the social network of two couples from a bordering community (Araraiana River, Municipality Ponta de Pedras, Marajó Island/Pará). Data were collected through a socio demographic inventory, a routine inventory and a field diary and analyzed by a network map. It was observed that the relation of the couples is based on economic and work alliances, company for leisure or religious activity. It has also been found that these relationships are marked by gender patterns which delimit the environments of daily activities, define the status that each one holds in the family and condition the formation of bonds in social networks. <![CDATA[<b><b>Psicodinâmica interativa mãe-criança e desmame</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A amamentação representa uma das principais intervenções na redução da morbimortalidade infantil, processo privilegiado à subjetivação, desenvolvimento infantil e prevenção de perturbações no vínculo mãe-filho, quando bem vivenciada pela díade. O estudo analisou a psicodinâmica envolvida no desmame precoce e no desmame tardio, baseado na interação de duas díades mãe-criança com desnutrição grave primária, com bebês entre seis e 15 meses de idade, internadas num hospital escola. Foi utilizado o método qualitativo referenciado na psicanálise, com entrevistas semi-estruturadas e observações. O desmame precoce pareceu associado à dificuldade de construção da maternidade e vínculo; o desmame tardio refletiu o excesso psicoafetivo materno/dificuldade na entrada do pai.<hr/>Breastfeeding is one of the main interventions in reducing child morbimortality, a privileged process to subjectivation, to child development and to prevention of disturbances in child-mother bond, when it is well experienced by the dyad. The study analyzed the psychodynamics involved in early weaning and late weaning, based on the interaction of two mother-child dyads with severe malnutrition, involving babies aged six and 15 months, hospitalized in a teaching institution. Qualitative methods based on psychoanalysis were used, with semi-structured interviews and observations. Early weaning seemed related to difficulties constructing motherhood and bonding; late weaning appeared to reflect an excess of maternal affection or difficulty in accepting the father figure. <![CDATA[<b>A experiência da paternidade e o envolvimento paterno no contexto da Síndrome de Down<a href="#back1"><sup></sup></a></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste estudo foi investigar, através de uma abordagem qualitativa, o envolvimento paterno e a experiência da paternidade no contexto da Síndrome de Down (SD). Foram entrevistados seis pais de crianças com SD, cujos filhos tinham idades entre nove meses e três anos e três meses. Os resultados revelaram que os pais participavam ativamente das atividades e cuidados dos filhos, sendo responsáveis por diversas tarefas que os envolviam, embora o tempo disponível para estar com eles fosse restrito em função do trabalho. De qualquer forma, apesar das dificuldades, tanto objetivas (financeiras, tempo, emprego), como mais subjetivas (aceitação, tristeza, preocupação), eles demonstraram uma boa adaptação ao filho com SD, conseguindo exercer seu papel de pai.<hr/>The aim of the present study was to investigate, through a qualitative approach, paternal involvement and paternal experience in the context of the Down Syndrome (DS. More specifically, it aimed to understand the impact of DS on paternal involvement and experience. Six fathers of children with DS were interviewed, whose children were between nine months and three years and three months. The results indicated that fathers had been participating actively in children's activities and caretaking, being responsible for several tasks, although the available time to spend with them was restricted because of their jobs. In spite of both objective (financial, time, job) and subjective difficulties (acceptance, sadness, preoccupation), they demonstrated good adaptation to their child with DS, being able to carry out their role as a father. <![CDATA[<b><b>Casa abrigo</b></b>: <b>a solução ou o problema?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo apresenta um estudo qualitativo que analisou o ajustamento psicológico de nove crianças em Casas Abrigo à luz dos significados atribuídos à experiência acolhimento. Da análise de conteúdo com recurso ao programa informático NUD*IST emergiram cinco constructos chave associados à experiência acolhimento: integração/superação, suporte, responsabilização, disciplina e segurança. Os resultados reforçam a posição de que o ajustamento psicológico das crianças é complexo e fortemente determinado pelas significações construídas. O acolhimento possibilita a minimização da sintomatologia desadaptativa.<hr/>This article presents a qualitative study that analyses the psychological adjustment of nine children in a shelter home in the light of the meaning attributed to the sheltering experience. From the analysis done with the software NUD*IST five key constructs related to the sheltering experience emerged: integration/overcoming, support, responsibility, discipline and security. The results strengthen the belief that the psychological adjustment of children is complex and highly determined by constructed meanings. The shelter homes offer the possibility to minimize the negative effects in children. <![CDATA[<b>Fatores de risco para problemas de saúde mental na infância/adolescência<a href="#back1"><sup></sup></a></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Estudo de corte transversal conduzido em comunidade urbana de baixa renda do município de Embu-SP com objetivo de identificar fatores associados a problemas de saúde mental em crianças/adolescentes (PSMCA) em amostra probabilística (N=67, faixa etária 4-17 anos). Foram aplicados instrumentos estruturados às mães: Child Behavior Checklist (PSMCA); WorldSAFE Core Questionnaire (dados sociodemográficos; violência doméstica; embriaguez do pai/padrasto); Self-Report Questionnaire (problemas de saúde mental maternos, ideação suicida materna). Os resultados do estudo apontaram fatores estatisticamente associados aos PSMCA: criança/adolescente ser do sexo masculino e sofrer punição física grave; ideação suicida da mãe e violência conjugal física grave contra a mãe; embriaguez do pai/padrasto. Concluindo, grupos vulneráveis com características individuais/familiares identificadas neste estudo devem ser considerados prioritários em propostas de prevenção/tratamento.<hr/>Across-sectional study was conducted in an urban low-income community in the municipality of Embu-SP with the objective of identifying factors associated with mental health problems of children and adolescents (MHPCA) in a probabilistic sample (N=67, aged 4-17 years). Standardized instruments were applied to mothers: Child Behavior Checklist; WorldSAFE Core Questionnaire (demographics, domestic violence, father/stepfather drunkenness); Self-Report Questionnaire (maternal mental health problems and suicide ideation). The results of this study identified factors statistically related to MPHCA: child/adolescent of male gender and severe physical punishment; maternal suicide ideation and severe physical marital violence; father/stepfather drunkenness. As a result, vulnerable groups with individual/family characteristics identified in this study should have priority in prevention/treatment programs. <![CDATA[<b><b>Desenvolvimento e validação preliminar de uma escala multidimensional de satisfação de vida para adolescentes<a href="#back1"><sup></sup></a></b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste estudo foi desenvolver uma Escala Multidimensional de Satisfação de Vida para Adolescentes (ESMVA). Participaram 425 adolescentes (224 meninos e 201 meninas), com idade média de 16,1 anos (DP=1,2). Os itens foram selecionados por meio de procedimentos de análise de componentes principais, e a versão final da ESMVA contou com 52 itens, distribuídos em sete componentes: Família, Self, Escola, Self Comparado, Não-violência, Auto-eficácia e Amizade. O resultado mostrou uma estrutura que explicou 54% da variância. A análise da consistência interna, medida pelos valores de alfa de Cronbach, foram adequadas para cada uma das subescalas, assim como para a escala total (α = 0,93). Evidências de validade foram obtidas também por meio de correlações com uma medida de auto-estima.<hr/>The purpose of this study was to develop a Multidimensional Life Satisfaction Scale for Adolescents (MLSSA). Participants were 425 adolescents (224 boys and 201 girls) with a mean age of 16,1 years (SD=1,2) attending schools in the city of Santa Maria/RS. Items selection occurred on basis of the results from principal components analysis, and the final form of the MLSSA included 52 items, distributed over 7 factors: Family, Self, Compared Self, School, Non-violence, Self-efficacy and Friendship. The seven components explained 54% of the total variance. The coefficients of internal consistency were satisfactory for each subscale, as well as for the total scale (α=0,93). Evidences of validity were also obtained through a correlational analysis with a measure of Self-esteem. <![CDATA[<b>Efeitos de manipulações de propriedades formais de estímulos verbais sobre o comportamento</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Objetivando avaliar os efeitos de estímulos antecedentes verbais sobre o comportamento, 24 estudantes universitários foram expostos a um procedimento de escolha segundo o modelo; a tarefa consistia em apontar para cada um dos três estímulos de comparação. O comportamento correto era reforçado em razão fixa 6. Na Condição 1, a ordem de apresentação dos estímulos nas Fases 2, 3, 4 e 5 era: instrução correspondente, instrução mínima, pergunta correspondente, pergunta mínima, respectivamente. As oito condições diferiam quanto à ordem de apresentação das instruções e perguntas. A instrução e a pergunta correspondente estabeleceram o comportamento correto em 95% e 33% dos casos, respectivamente. A instrução e a pergunta mínima não estabeleceram o comportamento correto. Os resultados têm implicações para as definições de regras.<hr/>Aiming to investigate the effects of antecedent verbal stimuli on behavior, twenty-four students were exposed to a match to sample procedure. The task consisted of pointing out to each of three comparison stimuli. The correct behavior was reinforced in fixed ratio 6. In Condition 1, the order of the presentation of the stimuli at the beginning of phases 2, 3, 4 and 5 was: corresponding instruction, minimal instruction, corresponding question, minimal question, respectively. The eight conditions differed only in the order in which the verbal stimuli were presented. The corresponding stimuli and corresponding question established the correct behavior in 95% and 33% of the cases, respectively. The minimal stimuli didn't establish the correct behavior. The results have implications on the defining of rules. <![CDATA[<b><b>Aprendizagem de relações ordinais por meio de treino de uma única sequência de estímulos</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do estudo foi avaliar a formação de classes ordinais a partir do ensino de uma única sequência de estímulos sob controle da numerosidade. Participaram cinco crianças na faixa etária de 4 a 5 anos. Os estímulos foram formas abstratas referentes à numerosidade de 1 a 5. Usou-se um procedimento de ensino por sobreposição de estímulos. Todos os participantes alcançaram o critério de acerto na linha de base. Nos testes de transitividade e conectividade, os cincos participantes responderam prontamente. Houve generalização para duas novas classes ordinais. Nos testes de manutenção três participantes apresentaram responder consistente e um dos participantes respondeu parcialmente. Este estudo é uma contribuição para o estabelecimento de uma análise funcional da aprendizagem de repertórios numéricos.<hr/>The aim of this study was to evaluate the learning of ordinal classes through the training of only one sequence of stimuli. Five children, four to five years old participated. Sets of stimuli with abstract shapes, representing the numerical sequence from one to five were presented via a microcomputer. Once the criteria for success were reached, tests were administered. All of the participants reached the criteria for success during the baseline phase, and responded readily to the tests for transitivity and connectivity. Generalization also occurred for two novel ordinal classes. During the retest phase, three children responded consistent with prior training, whereas one child responded partially. This study is a contribution to a functional analysis of the process of learning of numeric repertoires. <![CDATA[<b>Generalidade da Aprendizagem em Situações de Uso de Ferramentas por um Macaco-Prego, <i>Cebus Apella</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Estudos sobre o uso de ferramentas em primatas do gênero Cebus divergem sobre se esta habilidade seria do tipo associativa ou "por compreensão". Estudos mostraram que o uso de ferramentas aprendido em um contexto pode se transferir para outros contextos, indicando que algo além da aprendizagem "estímulo-e-resposta" estaria envolvido. Neste estudo um macaco-prego foi exposto a duas situações problema, uma em que o animal precisava encaixar duas varetas para alcançar um pedaço de alimento e outra em que o animal precisava encaixar outro modelo de varetas para golpear um equipamento. Os resultados mostraram que a resolução do primeiro problema facilitou a resolução do segundo, indicando que em novas situações respostas anteriormente bem sucedidas se tornam mais prováveis.<hr/>Studies with respect to tool use by Cebidae diverge on the question whether this ability is of an associative type, or if an understanding of the function of tools is involved. Studies showed that abilities of tool use learned in one context may transfer to other contexts, indicating that more than "stimulus-response learning" is involved. In this study, a capuchin monkey was exposed to two problem-solving situations, one where two sticks needed to be fit to reach a piece of food and another where the animal needed to fit a different model of sticks to hit an equipment. The results showed that solving the first problem facilitated the solution of the second, indicating that responses which were successful in solving previous problems are more probable to occur in new situations. <![CDATA[<b><b>Validade preditiva de instrumentos psicológicos usados na avaliação psicológica de condutores<a href="#back1"><sup></sup></a></b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este estudo analisou a possibilidade de prever infrações de trânsito cometidas por motoristas profissionais a partir dos resultados dos testes psicológicos aplicados no processo de habilitação. Coletaram-se os dados de 68 condutores que exercem atividade remunerada em dois momentos, o primeiro, na aquisição da habilitação, e, o segundo, cinco anos depois, na renovação. As análises não demonstraram diferenças significativas nos escores médios dos testes entre os grupos de motoristas com e sem registro de infração. Também não foram evidenciadas correlações significativas entre os escores dos testes e as pontuações das infrações. Concluiu-se que altos ou baixos escores nos diversos instrumentos não são critérios capazes de definir se um motorista cometerá mais ou menos atos infracionais.<hr/>This study analyzed the possibility to predict traffic infractions committed by professional drivers from test results obtained during the psychological assessment procedure when applying for a license. Data was collected from 68 professional drivers on two separate occasions: upon the acquisition of the license, and five years later, upon license renewal. The analysis did not demonstrate meaningful differences in the average test scores between the groups of drivers with and without a record of infraction. Also no meaningful correlations were evidenced between the test scores and the points attributed to the infractions. It was concluded that neither high nor low scores on the several instruments constitute criteria capable to define whether a driver will commit more or less infractional acts. <![CDATA[<b><b>Crenças essencialistas sobre policiais e delinquentes<a href="#back1"><sup></sup></a></b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste artigo foi descrever crenças esssencialistas em um experimento no paradigma do transplante de cérebro. Participantes brasileiros (101) e espanhóis (138) foram submetidos a um experimento mental de desenho 2 (país) x 2 (direção do transplante). A análise loglinear não evidenciou um claro efeito principal do país, embora tenha identificado uma interação entre o país e o transplante de cérebro. Posteriormente, as justificativas apresentadas pelos participantes foram analisadas e o que evidenciou que as pressões situacionais foram arroladas para explicar a estabilidade da conduta, enquanto as demais fontes explicativas foram adotadas predominantemente para explicar mudanças no comportamento decorrentes do transplante do cérebro. Implicações são discutidas.<hr/>The purpose of this article is to report the results of an experimental study about essentialistic beliefs conducted according to the brain transplant paradigm. A sample of Brazilians (101) and Spaniards (138) were submitted to a mental experiment in a 2 (Country) x 2 (direction of the brain's transplant) design. A log-linear analysis showed no clear main effects of the country, but an interaction between country and brain transfer. The justifications given by the participants were analyzed showing that contextual pressures were adopted to justify the stability of behavior while other type of explanations were mainly used to justify behavioral changes after the presumed brain transplant. The implications of these findings are discussed. <![CDATA[<b><b>Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em crianças</b></b>: <b><b>uma revisão interdisciplinar</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente artigo revisa criticamente o amplo escopo da literatura relacionada aos critérios diagnósticos, bases etiológicas e tratamentos farmacológico e comportamental do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em crianças. Foram consultadas as bases eletrônicas MedLine, Lilacs, PsycINFO e PubMed nas últimas três décadas. Os resultados dessa revisão apontam para uma predominância do critério diagnóstico baseado no Manual Diagnóstico e Estatístico das Doenças Mentais, bem como a necessidade de uma maior interação entre variáveis biológicas e comportamentais na compreensão das bases etiológicas e de tratamento deste transtorno. Sugestões para maximizar a eficácia desta interação são apresentadas e discutidas.<hr/>This article critically reviews the broad scope of literature related to diagnostic criteria, the etiological basis as well as the pharmacological and behavioral treatments of the Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) in children. The electronic databases Medline, LILACS, PsycINFO and PubMed of the last three decades were consulted. The results of this review indicated a predominance of diagnostic criteria based on the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, and the necessity of an increased interaction between biological and behavioral variables in understanding the etiological basis and treatment of this disorder. Suggestions to maximize the effectiveness of this interaction are presented and discussed. <![CDATA[<b>Ensino da psicoterapia no atendimento psiquiátrico dos pacientes com transtorno de personalidade borderline</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo apresenta uma revisão da literatura produzida por Otto Kernberg sobre a abordagem psicoterápica do paciente com transtorno de personalidade borderline que foi utilizada no curso de Psicoterapia oferecido aos médicos residentes no Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Responde a demanda produzida pelos alunos, médicos cursando residência em psiquiatria, por dificuldades no manejo dos fenômenos transferenciais de tais pacientes. Utilizou no trabalho de revisão um recorte teórico que privilegiou a compreensão da técnica denominada Psicoterapia Expressiva. O conhecimento sobre a utilização da interpretação no aqui e agora da relação terapêutica se apresentou como intervenção principal em relação aos fenômenos transferenciais característicos do atendimento psicoterápico de tais pacientes.<hr/>This article presents a literature review of the works of Otto Kernberg on the psychotherapeutic approach of patients with a borderline personality disorder. This approach was used in a course of psychotherapy offered to students of the Institute of Psychiatry from the Federal University of Rio de Janeiro. The study was undertaken to meet a demand related to difficulties of the students with the management of transference phenomena in patients with a borderline personality disorder. A theoretical approach was used in the study that privileged the understanding of the technique denominated Expressive Psychotherapy. Knowledge about the use of interpretation in the here and now of the therapeutic relationship revealed to be the main intervention in relation to transference phenomena characteristic of psychotherapeutic treatment of such patients. <![CDATA[<b><b>Equivalência de estímulos e autismo</b></b>: <b><b>uma revisão de estudos empíricos<a href="#back1"><sup></sup></a></b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O modelo de equivalência de estímulos oferece uma especificação operacional do comportamento simbólico e tem orientado o ensino e a verificação objetiva de repertórios novos. Pessoas com autismo, caracterizadas por apresentarem, entre outras alterações, graves déficits de linguagem, poderiam se beneficiar de estratégias baseadas neste modelo. Este artigo apresenta uma revisão de publicações de estudos empíricos com autistas, fundamentados no paradigma de equivalência. Os resultados mostraram sucesso de alguns participantes e fracasso de outros. Os fracassos parecem residir mais em dificuldades em aprender relações arbitrárias e menos na emergência de relações novas após aquisição da linha de base. O desafio para a área é desenvolver procedimentos que favoreçam a aprendizagem de relações arbitrárias e, consequentemente, a formação de classes de estímulos equivalentes.<hr/>The model of stimulus equivalence offers an operational specification of symbolic behavior, thus orienting teaching strategies and allowing for objective measures of new behavioral repertoires. Autistic persons, often characterized by presenting, among other disabilities, severe language deficits, could benefit from strategies based on this model. This paper reviews the few empirical studies conducted with autistic participants, based on the stimulus equivalence paradigm. Some participants were successful, while others failed. The failures seem to be more related to difficulties in learning arbitrary relations rather than to the emergence of novel relations itself, after the baseline has been established. The challenge for the field is to develop procedures that are truly effective in establishing arbitrary relations and, consequently, the formation of equivalence classes. <![CDATA[<b>Resenha</b>: <b><b>revisando a prática de publicar: para profissionais e estudantes de psicologia</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O modelo de equivalência de estímulos oferece uma especificação operacional do comportamento simbólico e tem orientado o ensino e a verificação objetiva de repertórios novos. Pessoas com autismo, caracterizadas por apresentarem, entre outras alterações, graves déficits de linguagem, poderiam se beneficiar de estratégias baseadas neste modelo. Este artigo apresenta uma revisão de publicações de estudos empíricos com autistas, fundamentados no paradigma de equivalência. Os resultados mostraram sucesso de alguns participantes e fracasso de outros. Os fracassos parecem residir mais em dificuldades em aprender relações arbitrárias e menos na emergência de relações novas após aquisição da linha de base. O desafio para a área é desenvolver procedimentos que favoreçam a aprendizagem de relações arbitrárias e, consequentemente, a formação de classes de estímulos equivalentes.<hr/>The model of stimulus equivalence offers an operational specification of symbolic behavior, thus orienting teaching strategies and allowing for objective measures of new behavioral repertoires. Autistic persons, often characterized by presenting, among other disabilities, severe language deficits, could benefit from strategies based on this model. This paper reviews the few empirical studies conducted with autistic participants, based on the stimulus equivalence paradigm. Some participants were successful, while others failed. The failures seem to be more related to difficulties in learning arbitrary relations rather than to the emergence of novel relations itself, after the baseline has been established. The challenge for the field is to develop procedures that are truly effective in establishing arbitrary relations and, consequently, the formation of equivalence classes. <![CDATA[<b>Resenha</b>: <b><b>cinema e loucura: conhecendo os transtornos mentais através dos filmes</b></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722010000400019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O modelo de equivalência de estímulos oferece uma especificação operacional do comportamento simbólico e tem orientado o ensino e a verificação objetiva de repertórios novos. Pessoas com autismo, caracterizadas por apresentarem, entre outras alterações, graves déficits de linguagem, poderiam se beneficiar de estratégias baseadas neste modelo. Este artigo apresenta uma revisão de publicações de estudos empíricos com autistas, fundamentados no paradigma de equivalência. Os resultados mostraram sucesso de alguns participantes e fracasso de outros. Os fracassos parecem residir mais em dificuldades em aprender relações arbitrárias e menos na emergência de relações novas após aquisição da linha de base. O desafio para a área é desenvolver procedimentos que favoreçam a aprendizagem de relações arbitrárias e, consequentemente, a formação de classes de estímulos equivalentes.<hr/>The model of stimulus equivalence offers an operational specification of symbolic behavior, thus orienting teaching strategies and allowing for objective measures of new behavioral repertoires. Autistic persons, often characterized by presenting, among other disabilities, severe language deficits, could benefit from strategies based on this model. This paper reviews the few empirical studies conducted with autistic participants, based on the stimulus equivalence paradigm. Some participants were successful, while others failed. The failures seem to be more related to difficulties in learning arbitrary relations rather than to the emergence of novel relations itself, after the baseline has been established. The challenge for the field is to develop procedures that are truly effective in establishing arbitrary relations and, consequently, the formation of equivalence classes.