Scielo RSS <![CDATA[DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-445020160004&lang=en vol. 32 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[The position of the universal quantifier and its implications on the diagnosis of verb movement]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400819&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Neste trabalho, propõe-se uma análise para o fenômeno da quantificação flutuante e se problematiza a sua relevância nas discussões sobre o movimento do verbo. É feita uma revisão de duas abordagens teóricas sobre o fenômeno da quantificação flutuante, visando a compreender como cada uma trata da questão do movimento do verbo. Mostra-se que, para ambas, os quantificadores flutuantes são diagnósticos para a subida do verbo, pelo fato de ocuparem uma posição à margem esquerda da fase baixa (vP). Com base na distribuição de quantificadores flutuantes e advérbios altos em inglês, argumenta-se contra essas duas análises e se sugere que os quantificadores flutuantes, por ocuparem uma posição muito alta na hierarquia da oração, não podem ser considerados diagnósticos para o fenômeno do movimento do verbo.<hr/>ABSTRACT The paper proposes an analysis of the phenomenon of floating quantification, by discussing its relevance to the theory of verb movement. Two theories of floating quantification are compared in order to see how they treat the issue of verb movement. It is shown that for both theories floating quantifiers are diagnostics for verb raising, since they occupy a left-edge position in the lower phase. By taking the distribution of floating quantifiers and higher adverbs in English, it is shown that these two theories make wrong predictions. It is suggested that universal floating quantifiers occupy a high position within the Middlefield and for this reason they cannot be considered reliable diagnostics for verb raising. <![CDATA[Lexical Blend: a subtype of composition?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400861&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Este artigo analisa aspectos que aproximam e distanciam os processos de formação de palavras por cruzamento vocabular, a exemplo de namorido e boadrasta, e por composição, abelha-rainha e lança-chamas, sob a ótica de um continuum morfológico, nos moldes de (Andrade, 2013), já que uma classificação baseada em representantes prototípicos de cada operação parece não ser a mais adequada à realidade lexical. Caracterizamos tais processos, fundamentando-nos, prioritariamente, em (Rio-Torto e Ribeiro, 2011), para a composição, e em (Andrade, 2008) e (Basilio, 2003;2005; 2010), para o cruzamento vocabular. Em virtude de suas características fonológicas, morfossintáticas e semântico-discursivas, o cruzamento vocabular deve ocupar posição de destaque, entre os processos de composição e derivação.<hr/>ABSTRACT This article analyzes the aspects that approximate and distance the processes of word formation through lexical blend, such as namorido and boadrasta, and through composition, abelha-rainha and lança-chamas, from the viewpoint of a morphological continuum, in accordance with (Andrade, 2013), given that a classification based on the prototypical representatives of each operation does not seem the most adequate to the lexical reality. We have characterized such processes basing ourselves primarily on (Rio-Torto e Ribeiro, 2011) for the composition, and on (Andrade, 2008) and (Basilio, 2003; 2005; 2010) for the lexical blend. Due to its phonological, morphosyntactic and semantic-discursive characteristics, the lexical blend should occupy a prominent position between the processes of composition and derivation. <![CDATA[Usage, belief and attitudes in variation of first person plural in Brazilian Portuguese]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400889&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Estudos sociolinguísticos têm evidenciado a não relevância da escolarização na expressão da 1ª pessoa do plural no Português Brasileiro, o que sugere aparentemente não haver estigma associado ao uso dessas formas. No entanto, nem sempre o comportamento linguístico corresponde às crenças e atitudes acerca do fenômeno, e do ponto de vista da avaliação social, pode haver gradiências de estratificação social e estilística. Com o objetivo de investigar estes gradientes, somente resultados de distribuição sociodemográfica das variáveis não são o bastante; é preciso triangular o máximo de evidências de diferentes fontes perceptuais. São apresentadas e discutidas estratégias para mensurar a avaliação social do fenômeno, considerando o encaixamento na estrutura linguística e os efeitos das fontes institucionais no condicionamento da mudança.<hr/>ABSTRACT Several sociolinguistic studies have shown the non-relevance of schooling effect on the variation between "nós" and "a gente" in the expression of 1st person plural in Brazilian Portuguese, and this fact suggests that there are not stigma towards the usage of both forms. However, not always does the linguistic behavior correspond to the beliefs and language attitudes; and, from the viewpoint of social evaluation, which shows both social and stylistic stratification degrees. In order to investigate these degrees, only results of sociodemographic distribution of the variables are not enough; the triangulation of the maximum of evidences, from different perceptual sources, can help to understand the phenomenon. Strategies to measure this correlation are presented and discussed, in order to contribute to the disclosure of the sociolinguistics of perception about the phenomenon, as the embedding in the linguistic structure and the effect of institutional sources in constraining the change. <![CDATA[The miracle of reading: from written signs to immortal imagery]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400919&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Neste artigo, colocamos em diálogo perspectivas oriundas da Linguística, Psicologia e Educação tendo por objetivos: 1. Compreender as especificidades do processo de aprendizagem da leitura e o processamento da leitura no leitor proficiente; 2. Contribuir para que as políticas públicas voltadas à educação para a leitura, em particular o PNAIC - Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, possam alcançar seus objetivos, ao amparar-se em conhecimentos advindos da ciência da leitura. Investigamos duas linhas de raciocínio a fim de buscar entender porque os avanços da pesquisa em neurociência não se traduzem em uma pedagogia da leitura mais eficiente, com especial atenção ao contexto brasileiro. A primeira linha de raciocínio diz respeito aos processos conscientes e inconscientes da leitura e como a pedagogia da leitura pode ser traída pela ponta visível do iceberg; a segunda linha de raciocínio diz respeito às características compartilhadas pelas modalidades oral e escrita da linguagem e às especificidades da modalidade escrita. Se compreendermos essas especificidades, poderemos qualificar a atuação de professores e de outros profissionais, contribuindo para o imprescindível diálogo entre políticas públicas, ciência e educação.<hr/>ABSTRACT In this article, perspectives originated from the Linguistic, Psychology and Educational fields are placed together in order to: 1. Understand the specificities of how reading skills are acquired and how skilled readers' brain processes written material; 2. Contribute to the goal achievement of public policies focused on improving literacy (in particular, the Brazilian national agreement for learning to read at the right age - PNAIC) by taking advantage of the progress made in the science of reading. Two lines of reasoning will be followed aiming at trying to find out why the progress in neuroscience research has not turn yet into a better reading instruction, with special attention to the Brazilian context. The first reasoning line concerns to the conscious and unconscious processes of reading and how the pedagogy of reading can be betrayed by the visible tip of the iceberg; the second reasoning line relates to the shared characteristics of the oral and written language and to the specificities of the latter. If these specificities are better understood, the intervention of teachers and other professionals can be improved, thereby contributing to the indispensable dialogue between public policies, science and education. <![CDATA[Systematising corpus-based definitions in second language lexicography]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400953&lng=en&nrm=iso&tlng=en ABSTRACT This study explores the application of a semantic analysis methodology to the creation of definitions of learners' dictionaries. Defining words is a delicate art, traditionally left to the general writing skills of the lexicographer, introspection, or even intuition. In the past decades, many efforts have been directed towards systematising the technique, particularly in the pedagogical dictionaries momentum. In this paper, we try to demonstrate that there is still room for improvement, and that a systematic corpus analysis can be applied to build better explanations for the meaning of words. We explain the theoretical background chosen for our study, the associated methodology and five specific strategies which can guide the lexicographer through his/her task. In order to give a concrete example, we show our work with a Spanish dictionary project for foreign learners which is currently under development and has a core of very frequent Spanish verbs already available on the Internet.<hr/>RESUMO Este estudo explora a aplicação de uma metodologia de análise semântica para a criação de definições destinadas aos dicionários de aprendizagem. Definir palavras é uma arte complicada, que tradicionalmente foi legada às capacidades gerais de redação do lexicógrafo, à introspecção ou mesma à intuição. Nas últimas décadas, muitos esforços foram realizados para sistematizar a técnica, nomeadamente com a eclosão dos dicionários didáticos. Neste artigo, tenta-se demonstrar que ainda há lugar para a melhora, e que a análise sistemática de corpus pode aplicar-se à construção de melhores explicações para o significado das palavras. Explicam-se os antecedentes teóricos selecionados para o nosso estudo, a metodologia associada e cinco estratégias específicas que podem guiar o lexicógrafo no seu trabalho. Para proporcionar um exemplo concreto, mostramos a nossa experiência com um projeto de dicionário para estudantes de espanhol como língua estrangeira, atualmente em desenvolvimento mas que mostra já um núcleo de verbos altamente frequentes do espanhol disponíveis on-line. <![CDATA[Heterogeneity in Applied Linguistics Research: dialogism as principle of knowledge construction]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000400981&lng=en&nrm=iso&tlng=en RESUMO Neste artigo, o objetivo é discutir a possível confluência epistêmica e metodológica entre postulados do chamado pensamento bakhtiniano e o atual estado da pesquisa no campo da Linguística Aplicada. Para tanto, destaca-se a heterogeneidade da pesquisa nesse campo nos dias de hoje e cotejam-se as propostas da orientação dialógica na relação entre investigador/investigado. Em seguida, analisam-se as especificidades dos processos de construção do objeto, seleção e delimitação de corpus bem como de mobilização de categorias analíticas em duas investigações inscritas no campo da Linguística Aplicada e fundamentadas no pensamento de Bakhtin e o Círculo.<hr/>ABSTRACT The aim of this article is to discuss the possible epistemic and methodological confluence between some postulates of the so-called Bakhtinian thought and the present state of research of the field of Applied Linguistics. In order to do so, the heterogeneity of research in this field on these days is highlighted. Also, some proposals of the dialogic orientation concerning the relation established between investigator/investigated are considered. After that, the specificity of construction of objects, selection and delimitation of corpora, as well as the mobilization of analytical categories are analyzed in two investigations based on Bakhtin and the Circle's thought in the field of Applied Linguistics.