Scielo RSS <![CDATA[ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo)]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-672020160002&lang=pt vol. 29 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[O OBITUÁRIO DA DUODENOPANCREATECTOMIA COM PRESERVAÇÃO PILÓRICA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200071&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[A VIDEOENDOSCOPIA CONVENCIONAL PODE IDENTIFICAR AS GASTRITES POR <strong> <em>HELICOBACTER PYLORI?</em></strong>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200073&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Studies with latest technologies such as endoscopy with magnification and chromoendoscopy showed that various endoscopic aspects are clearly related to infection by Helicobacter pylori (HP). The description of different patterns of erythema in gastric body under magnification of images revived interest in identifying these patterns by standard endoscopy. Aim: To validate the morphologic features of gastric mucosa related to H. pylori infection gastritis allowing predictability of their diagnosis as well as proper targeting biopsies. Methods: Prospective study of 339 consecutive patients with the standard videoendoscope image analysis were obtained, recorded and stored in a program database. These images were studied with respect to the presence or absence of H. pylori, diagnosed by rapid urease test and/or by histological analysis. Were studied: a) normal mucosa appearance; b) mucosal nodularity; c) diffuse nonspecific erythema or redness (with or without edema of folds and exudate) of antrum and body; d) mosaic pattern with focal area of hyperemia; e) erythema in streaks or bands (red streak); f) elevated (raised) erosion; g) flat erosions; h) fundic gland polyps. The main exclusion criteria were the use of drugs, HP pre-treatment and other entities that could affect results. Results: Applying the exclusion criteria, were included 170 of the 339 patients, of which 52 (30.58%) were positive for HP and 118 negative. On the positive findings, the most associated with infection were: nodularity in the antrum (26.92%); presence of raised erosion (15.38%) and mosaic mucosa in the body (21.15%). On the negative group the normal appearance of the mucosa was 66.94%; erythema in streaks or bands in 9.32%; flat erosions 11.86%; and fundic gland polyps 11.86%. Conclusion: Endoscopic findings are useful in the predictability of the result and in directing biopsies. The most representative form of HP related gastritis was the nodularity of the antral mucosa. The raised erosion and mucosa in mosaic in the body are suggestive but not specific to the infection. The other forms were not conclusive of the presence of HP.<hr/>RESUMO Racional: Estudos com tecnologias mais recentes como endoscopia com magnificação e cromoscopia mostraram que vários aspectos endoscópicos estão claramente associados à infecção por Helicobacter pylori. A descrição de padrões diferenciados de enantema no corpo gástrico através da magnificação de imagens reavivou o interesse na identificação desses padrões pela endoscopia convencional. Objetivo: Validar os padrões morfológicos de mucosa gástrica usando videogastroendoscopia convencional relacionados à gastrite por infecção por Helicobacter pylori, permitindo previsibilidade do seu diagnóstico e o direcionamento de biópsias. Métodos: Estudo prospectivo de 339 pacientes consecutivos com análise das imagens de videogastroendoscopia obtidas, gravadas e armazenadas em banco de dados. Estas imagens foram estudadas com relação à presença ou não do Helicobacter pylori diagnosticado por teste rápido de urease e/ou por pesquisa direta por estudo anatomopatológico. Foram estudados: a) aspecto normal da mucosa; b) nodularidade da mucosa; c) enantema inespecífico difuso de antro e corpo; d) enantema em mosaico ou salpicado; e) enantema em estrias ou faixas; f) erosões elevadas; g) erosões planas; h) pólipos de glândulas fúndicas. Os principais critérios de exclusão foram o uso de medicamentos, tratamento prévio de HP e outras entidades que pudessem interferir nos resultados. Resultados: Aplicando os critérios de exclusão, incluíram-se 170 dos 339 pacientes sendo 52 (30,58%) positivos para Helicobacter pylori e 118 negativos. No grupo positivo os achados que mais se associaram com a infecção foram: nodularidade no antro (26,92%); presença de erosões elevadas (15,38%) e mucosa em mosaico no corpo (21,15%). No grupo negativo o aspecto normal da mucosa foi de 66,94%; enantema em estrias ou faixas em 9,32%; erosões planas em 11,86%; e pólipos de glândulas fúndicas 11,86%. Conclusão: Achados endoscópicos são úteis na previsibilidade de localização e direcionamento de biópsias na pesquisa do HP. A mais representativa forma de gastrite por HP foi o achado de nodularidade na mucosa antral. As erosões elevadas e mucosa em mosaico no corpo são sugestivas, mas não específicas da infecção. As demais formas não foram conclusivas da presença do HP. <![CDATA[INTERNAÇÕES POR COLECISTITE E COLELITÍASE NO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200077&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: The cholelithiasis is disease of surgical resolution with about 60,000 hospitalizations per year in the Sistema Único de Saúde (SUS - Brazilian National Health System) of the Rio Grande do Sul state. Aim: To describe the profile of hospitalizations for cholecystitis and cholelithiasis performed by the SUS of Rio Grande do Sul state, 2011-2013. Methods: Hospital Information System data from the National Health System through morbidity list for cholelithiasis and cholecystitis (ICD-10 K80-K81). Variables studied were sex, age, number of hospitalizations and approved Hospitalization Authorizations (AIH), total amount and value of hospital services generated, days and average length of stay, mortality, mortality and case fatality ratio, from health regions of the Rio Grande do Sul. Results: During 2011-2013 there were 60,517 hospitalizations for cholecystitis and cholelithiasis, representing 18.86 hospitalizations per 10,000 inhabitants/year, most often in the age group from 60 to 69 years (41.34 admissions per 10,000 inhabitants/year) and female (27.72 hospitalizations per 10,000 inhabitants/year). The fatality rate presented an inverse characteristic: 13.52 deaths per 1,000 admissions/year for males, compared with 7.12 deaths per 1,000 admissions/year in females. The state had an average total amount spent and value of hospital services of R$ 16,244,050.60 and R$ 10,890,461.31, respectively. The health region "Capital/Gravataí Valley" exhibit the highest total expenditure and hospital services, and the largest number of deaths, and average length of stay. Conclusion: The hospitalization and lethality coefficients, the deaths, the length of stay and spending related to admissions increased from 50 years old. Females had a higher frequency and higher values ​​spent on hospitalization, while the male higher coefficient of mortality and mean hospital stay.<hr/>RESUMO Racional: A colelitíase é doença de resolução cirúrgica com cerca de 60.000 internações por ano no Sistema Único de Saúde no estado do Rio Grande do Sul. Objetivo: Descrever o perfil das internações por colecistite e colelitíase na rede pública do estado no triênio 2011-2013. Métodos: Emprego de dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde, através da lista de morbidades para colelitíase e colecistite (CID-10 K80-K81). As variáveis estudadas foram: sexo, idade, número de internações e de Autorizações de Internação Hospitalar aprovadas, valor total e valor dos serviços hospitalares gerados, dias e média de permanência, óbitos, coeficiente de mortalidade e letalidade, a partir das regiões de saúde do estado. Resultados: No triênio ocorreram 60.517 internações por colecistite e colelitíase, o que representou 18,86 internações por 10.000 habitantes/ano, mais frequente na faixa etária dos 60 aos 69 anos (41,34 internações por 10.000 habitantes/ano) e no sexo feminino (27,72 hospitalizações por 10.000 habitantes/ano). O coeficiente de letalidade apresentou característica inversa: 13,52 óbitos para 1.000 internações/ano para o sexo masculino, contra 7,12 óbitos para 1.000 internações/ano no sexo feminino. O estado apresentou médias de valor total gasto e de valor dos serviços hospitalares de R$16.244.050,60 e R$10.890.461,31, respectivamente. A região de saúde "Capital/Vale do Gravataí" apresentou o maior valor total gasto e de serviços hospitalares, e o maior número de óbitos, média e dias de permanência. Conclusão: Os coeficientes de internação e de letalidade, os óbitos, os dias de permanência e os gastos referentes às internações aumentam a partir dos 50 anos de idade. O sexo feminino apresentou maior frequência e maiores valores gastos com a internação, enquanto o masculino maior coeficiente de letalidade e média de permanência hospitalar. <![CDATA[CUSTO TOTAL DE INTERNAÇÃO DE PACIENTES SUBMETIDOS À COLECISTECTOMIA VIDEOLAPAROSCÓPICA ELETIVA RELACIONADO AO ESTADO NUTRICIONAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200081&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: In the Western world, the population developed an overweight profile. The morbidly obese generate higher cost to the health system. However, there is a gap in this approach with regard to individuals above the eutrofic pattern, who are not considered as morbidly obese. Aim: To correlate nutritional status according to BMI with the costs of laparoscopic cholecystectomy in a public hospital. Method: Data were collected from medical records about: nutritional risk assessment, nutricional state and hospital cost in patients undergoing elective laparoscopic cholecystectomy. Results: Were enrolled 814 procedures. Average age was 39.15 (±12.16) years; 47 subjects (78.3%) were women. The cost was on average R$ 6,167.32 (±1830.85) to 4.06 (±2.76) days of hospitalization; 41 (68.4%) presented some degree of overweight; mean BMI was 28.07 (±5.41) kg/m²; six (10%) individuals presented nutritional risk ≥3. There was a weak correlation (r=0.2) and not significant (p &lt;0.08) between the cost of hospitalization of the sample and length of stay; however, in individuals with normal BMI, the correlation was strong (r=0,57) and significant (p&lt;0.01). Conclusion: Overweight showed no correlation between cost and length of stay. However, overweight individuals had higher cost of hospitalization than those who had no complications, but with no correlation with nutritional status. Compared to those with normal BMI, there was a strong and statistically significant correlation with the cost of hospital stay, stressing that there is normal distribution involving adequate nutritional status and success of the surgical procedure with the consequent impact on the cost of hospitalization.<hr/>RESUMO Racional: No mundo ocidental, a população desenvolveu um perfil de excesso de peso corporal. Os obesos mórbidos geram custo mais alto para o sistema de saúde. Entretanto, observa-se um hiato no tocante aos indivíduos acima do eutrofismo, mas não considerados obesos mórbidos. Objetivo: Correlacionar estado nutricional, segundo o IMC, com custo de internação de colecistectomias videolaparoscópicas. Método: Coleta de dados dos prontuários sobre: avaliação de risco nutricional, estado nutricional e custo de internação de pacientes submetidos à colecistectomia videolaparoscópica eletiva no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2014. Resultados: Foram analisados 814 procedimentos. A idade média foi de 39,15 (±12,16) anos; 47 (78,3%) eram mulheres. O custo de internação foi, em média, de R$ 6.167,32 (±1.830,85) para 4,06 (±2,76) dias de internação. Quarenta e um (68,4%) pacientes apresentavam algum grau de sobrepeso; o IMC médio foi 28,07 (±5,41) kg/m²; seis (10%) indivíduos apresentavam risco nutricional ≥3. Houve correlação fraca (r=0,2) e não significativa (p&lt;0,08) entre o custo de hospitalização e o tempo de permanência. No entanto, em indivíduos com IMC normal, a correlação foi forte (r=0,57) e significante (p&lt;0,01). Conclusão: Sobrepeso não demonstrou correlação entre custo e tempo de internação. Entretanto, os indivíduos com sobrepeso apresentaram custo maior de internação em relação aos que não tiveram intercorrência, mas sem correlação com o estado nutricional. Em relação aos com IMC normal, houve correlação forte e estatisticamente significante com o custo para tempo de internação, reforçando que há provável distribuição normal envolvendo estado nutricional adequado e sucesso do procedimento cirúrgico com consequente impacto no custo de internação. <![CDATA[METÁSTASES GÁSTRICAS DE CÂNCER DE MAMA: QUANDO A GASTRECTOMIA ESTÁ INDICADA?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200086&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Breast cancer is the most common malignant neoplasm in the female population. However, stomach is a rare site for metastasis, and can show up many years after initial diagnosis and treatment of the primary tumor. Aim: Analyze a case series of this tumor and propose measures that can diagnose it with more precocity. Methods: Were analyzed 12 patients with secondary gastric tumors. Immunohistochemistry has demonstrated that primary tumor was breast cancer. We retrieved information of age, histological type, interval between diagnosis of the primary breast cancer and its metastases, immunohistochemistry results, treatment and survival. Results: The mean age was 71.3 years (ranging 40-86). Ten cases had already been underwent mastectomy in the moment of the diagnosis of gastric metastasis. Two patients had diagnosis of both primary and secondary tumors concomitantly. At average, diagnosis of gastric metastasis was seven years after diagnosis of primary breast cancer (ranging 0-13). Besides, nine cases had also metastases in other organs, being bones the most affected ones. Immunohistochemistry of the metastases has shown positivity for CK7 antibody in 83.34%, estrogen receptor in 91.67%, progesterone receptor in 66.67% and AE1AE3 antibody in 75%, considering all 12 cases. Moreover, CK20 was absent significantly (66.67%). The positivity of BRST2 marker did not present statistical significance (41.67%). Eight cases were treated with chemotherapy associated or not with hormonal blockade. Surgical treatment of gastric metastasis was performed in four cases: three of them with total gastrectomy and one with distal gastrectomy. Follow-up has shown a mean survival of 14.58 months after diagnosis of metastasis, with only two patients still alive. Conclusion: Patients with a history of breast cancer presenting endoscopic diagnosis of gastric cancer it is necessary to consider the possibility of gastric metastasis of breast cancer. The confirmation is by immunohistochemistry and gastrectomy should be oriented in the absence of other secondary involvement and control of the primary lesion.<hr/>RESUMO Racional: A neoplasia de mama é o tumor maligno mais comum na população feminina tendo o trato gastrointestinal, e mais especificamente o estômago, como local incomum para metástases. Objetivo: Analisar uma série de casos com esse tumor e propor medidas que possam diagnosticá-lo com maior precocidade. Métodos: Foram analisados retrospectivamente 12 pacientes com diagnóstico de neoplasia gástrica secundária a câncer de mama, confirmado por biópsia e imunoistoquímica. Foram analisados idade do diagnóstico, tipo histológico do tumor primário, intervalo de tempo entre o diagnóstico do tumor e a metástase, tratamento e sobrevida. Resultados: A idade média foi de 71,3 anos (40-86 anos). Em média, o diagnóstico da metástase gástrica foi de sete anos após o diagnóstico da lesão primaria (0-13 anos). Nove casos tiveram metástases em outros órgãos, sendo os ossos os locais mais acometidos. Evidenciou-se positividade de anticorpo CK7 em 90,9% casos, receptor de estrógeno em 91,67%, receptor de progesterona em 66,67% e BRST2 em 41,67%. A ausência de CK20 foi de 88,89%. Oito casos foram tratados com quimioterapia associada ou não ao bloqueio hormonal e em quatro foi indicada ressecção cirúrgica sendo em três gastrectomia total e em um caso gastrectomia subtotal. A sobrevida média foi de 14,58 meses. Conclusões: Em doentes com história prévia de câncer de mama apresentando diagnóstico endoscópico de neoplasia gástrica, é necessário considerar a possibilidade de metástase. A confirmação é feita por estudo imunoistoquímico e a gastrectomia deve ser orientada diante da ausência de outros locais de acometimento secundário e controle da lesão primária. <![CDATA[ANÁLISE DE PARÂMETROS BIOMECÂNICOS EM ANASTOMOSES COLÔNICAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200090&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: The use of measures in colonic anastomoses to prevent dehiscences is of great medical interest. Sugarcane molasses, which has adequate tolerability and compatibility in vivo, has not yet been tested for this purpose. Aim: To analyze the biomechanical parameters of colonic suture in rats undergoing colectomy, using sugarcane molasses polysaccharide as tape or gel. Methods: 45 Wistar rats (Rattus norvegicus albinus) were randomized into three groups of 15 animals: irrigation of enteric sutures with 0.9% saline solution; application of sugarcane molasses polysaccharide as tape; and sugarcane molasses polysaccharide as gel. The rats underwent colon ressection, with subsequent reanastomosis using polypropylene suture; they were treated according to their respective groups. Five rats from each group were evaluated at different times after the procedure: 30, 90 and 180 days postoperatively. The following variables were evaluated: maximum rupture force, modulus of elasticity and specific deformation of maximum force. Results: The biomechanical variables among the scheduled times and treatment groups were statistically calculated. The characteristics of maximum rupture force and modulus of elasticity of the specimens remained identical, regardless of treatment with saline, polysaccharide gel or tape, and treatment time. However, it was found that the specific deformation of maximum force of the intestinal wall was higher after 180 days in the group treated with sugarcane polysaccharide gel (p=0.09). Conclusion: Compared to control, it was detected greater elasticity of the intestinal wall in mice treated with sugarcane polysaccharide gel, without changing other biomechanical characteristics, regardless of type or time of treatment.<hr/>RESUMO Racional: A aplicação de produtos em anastomoses colônicas que possam prevenir o surgimento de deiscências são de grande interesse médico. O emprego do polissacarídeo de melaço de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum), que possui adequada tolerabilidade e compatibilidade in vivo, ainda não foi testado para este fim. Objetivo: Analisar os parâmetros biomecânicos em suturas colônicas de ratos submetidos à colectomia esquerda após aplicação de fita ou gel do polissacarídeo do melaço da cana-de-açúcar no sítio cirúrgico. Métodos: Quarenta e cinco ratos (Rattus norvegicus albinus da linhagem Wistar) foram sorteados em três grupos de 15 submetidos a: irrigação das suturas entéricas com soro fisiológico a 0,9%; aplicação de fita de polissacarídeo do melaço da cana-de-açúcar; e aplicação do gel do mesmo melaço. Os ratos foram submetidos à colectomia esquerda com anastomose primária, e tratados segundo os respectivos grupos. Cinco ratos de cada grupo foram avaliados em diferentes tempos após o procedimento: 30º, 90º e 180º dias de pós-operatório. Foram avaliadas as variáveis de força máxima de ruptura, módulo de elasticidade e deformação específica da força máxima. Resultados: As variáveis biomecânicas entre os tempos de coleta da pesquisa e os grupos de tratamento foram analisados estatisticamente. As características biomecânicas de força máxima de ruptura e o módulo de elasticidade do corpo de prova permaneceram idênticas, independente do tratamento com soro, fita ou gel de polissacarídeo, e do tempo de tratamento. No entanto, foi evidenciada maior deformação específica da força máxima da parede intestinal, aos 180 dias nos ratos tratados com gel de polissacarídeo de cana-de-açúcar. (p=0,09). Conclusão: Em relação ao controle, foi detectada maior elasticidade da parede intestinal nos ratos tratados com gel de polissacarídeo de cana-de-açúcar, sem alteração de outras características biomecânicas, independente do tipo ou tempo de tratamento. <![CDATA[NEOPLASIA SÓLIDA PSEUDOPAPILAR DE PÂNCREAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200093&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: The solid pseudopapillary neoplasm is a rare tumor of the pancreas. However, it´s etiology still maintain discussions. Aim: To analyze it´s clinical data, diagnosis and treatment. Methods: A retrospective study of medical records of all patients treated from January 1997 until July 2015. Results: Were identified 17 cases. Most patients were women (94.11%) and the average age was 32.88 years. The main complaint was abdominal mass (47.05%). The most frequent location was in the body/tail of the pancreas (72.22%) and the most frequently performed surgery was distal pancreatectomy with splenectomy (64.70%). No patient had metastases at diagnosis. Conservative surgery for pancreatic parenchyma was performed in only three cases. The rate of complications in the postoperative period was 35.29% and the main complication was pancreatic fistula (29.41%). No patient underwent adjuvant treatment. Conclusions: The treatment is surgical and the most common clinical presentation is abdominal mass. Distal pancreatectomy with splenectomy was the most frequently performed surgery for its treatment.<hr/>RESUMO Racional: A neoplasia sólida pseudopapilar é tumor raro de pâncreas de tratamento cirúrgico. No entanto, sua causa ainda gera discussões. Objetivo: Analisar os dados clínicos, do diagnóstico e do tratamento da dessa neoplasia. Métodos: Estudo retrospectivo com dados médicos de pacientes tratados entre janeiro de 1997 a julho de 2015. Resultados: Foram identificados 17 casos. A maioria era de mulheres (94,11%) e a média de idade foi de 32,88 anos. A principal queixa era massa abdominal (47,05%). A localização mais frequente era no corpo/cauda do pâncreas (72,22%) e a operação mais realizada foi a pancreatectomia corpocaudal com esplenectomia (64,70%). Nenhum caso apresentou metástase no momento do diagnóstico. Operação conservadora de parênquima pancreático foi realizada em apenas três casos. A taxa de complicações no pós-operatório foi de 35,29% e a principal complicação foi fístula pancreática (29,41%). Nenhum paciente realizou adjuvância no seguimento. Conclusões: A mais comum apresentação clínica da neoplasia sólida pseudopapilar é de massa abdominal. Ela é de tratamento cirúrgico e pancreatectomia corpocaudal com esplenectomia é o procedimento mais realizado para seu tratamento. <![CDATA[CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA PARA TRATAMENTO DA NEOPLASIA PSEUDOPAPILAR DO PÂNCREAS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Solid pseudopapillary pancreatic neoplasia is usually a large well-circumscribed pancreatic mass, with cystic and solid areas more frequently found in young women. It is a benign pancreatic neoplasia in most cases, therefore minimally invasive surgery could be an interesting approach. Aim: Evaluate the results of minimally invasive surgery for this neoplasia. Methods: Patients with this tumor who underwent minimally invasive pancreatectomies between 2009 and 2015 in a single institution, were analyzed regarding demographic, clinical-pathological futures, post-operative morbidity and disease-free survival. Results: All were women, and their median age was 39 (18-54) years. Two patients with tumor in the head of the pancreas underwent laparoscopic pancreaticoduodenectomy, and another one underwent laparoscopic enucleation. Two patients with tumor in the neck underwent central pancreatectomy. Distal pancreatectomies were performed in the other five, one with splenic preservation. None required blood transfusion or conversion to open surgery. Two (20%) developed clinical relevant pancreatic fistulas, requiring readmission. Median length of postoperative hospital stay was five days (2-8). All resection margins were negative. Patients were followed for a median of 38 months (14-71), and there was no recurrence. Conclusions: Minimally invasive surgery for solid pseudopapillary pancreatic neoplasia is feasible for tumors in different locations in the pancreas. It was associated with acceptable morbidity and respected the oncologic principles for treatment.<hr/>RESUMO Racional: Tumores sólidos pseudopapilíferos do pâncreas são em geral massas circunscritas, com componentes sólidos e císticos, mais frequentemente encontrados em mulheres jovens. Na maioria dos casos, são neoplasias benignas e portanto, a abordagem minimamente invasiva pode ser considerada vantajosa. Objetivo: Avaliar os resultados das pancreatectomias laparoscópicas em pacientes com esses tumores. Métodos: Foram avaliados pacientes submetidos à pancreatectomias minimamente invasivas em um única instituição. Foram analisadas variáveis demográficas, clinicopatológicas, complicações pós-operatórias e sobrevida. Resultados: Todos os pacientes eram mulheres e a idade mediana foi de 39 (18-54) anos. Duas pacientes com tumores na cabeça do pâncreas foram submetidas à duodenopancreatectomia e outra à enucleação. Duas pacientes com tumores no colo do pâncreas realizaram pancreatectomia central. Outras cinco com neoplasias no corpo e cauda foram submetidas à pancreatectomia distal, uma delas com preservação do baço. Nenhuma necessitou de conversão para laparotomia. Houve duas fístulas pancreáticas clinicamente relevantes (20%). O tempo mediano de internação foi de cinco (2 a 8) dias e duas pacientes foram reinternadas (20%). Todas as margens de ressecção foram negativas e após seguimento mediano de 38 (14-71) semanas, todas estavam livres de doença. Conclusão: As ressecções pancreáticas minimamente invasivas de tumores sólidos pseudopapilíferos são factíveis para tumores em diferentes localizações no pâncreas, com morbidade aceitável obedecendo-se os princípios oncológicos para o tratamento dessas neoplasias. <![CDATA[AÇÃO DO ÁCIDO TRANEXÂMICO NA REGENERAÇÃO HEPÁTICA APÓS HEPATECTOMIA PARCIAL: MODELO EXPERIMENTAL EM RATOS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200102&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Different lesions may affect the liver resulting in harmful stimuli. Some therapeutic procedures to treat those injuries depend on liver regeneration to increase functional capacity of this organ. Aim: Evaluate the effects of tranexamic acid on liver regeneration after partial hepatectomy in rats. Method: 40 rats (Rattus norvegicus albinus, Rodentia mammalia) of Wistar-UP lineage were randomly divided into two groups named control (CT) and tranexamic acid (ATX), with 20 rats in each. Both groups were subdivided, according to liver regeneration time of 32 h or seven days after the rats had been operated. The organ regeneration was evaluated through weight and histology, stained with HE and PCNA. Results: The average animal weight of ATX and CT 7 days groups before surgery were 411.2 g and 432.7 g, and 371.3 g and 392.9 g after the regeneration time, respectively. The average number of mitotic cells stained with HE for the ATX and CT 7 days groups were 33.7 and 32.6 mitosis, and 14.5 and 14.9 for the ATX and CT 32 h groups, respectively. When stained with proliferating cell nuclear antigen, the numbers of mitotic cells counted were 849.7 for the ATX 7 days, 301.8 for the CT 7 days groups, 814.2 for the ATX 32 hand 848.1 for the CT 32 h groups. Conclusion: Tranexamic acid was effective in liver regeneration, but in longer period after partial hepatectomy.<hr/>RESUMO Racional: Muitas são as injúrias que acometem o fígado e levam a estímulo lesivo. Alguns procedimentos terapêuticos para tratamento dessas lesões dependem da regeneração hepática para aumentar a sua capacidade funcional. Objetivo: Avaliar o efeito do ácido tranexâmico na regeneração hepática após hepatectomia parcial em ratos. Método: Foram utilizados 40 ratos (Rattus norvegicus albinus, Rodentia mammalia) convencionais da linhagem Wistar-UP. Foram divididos aleatoriamente em dois grupos de 20: grupo controle (CT) e grupo ácido tranexâmico (ATX). Cada um deles foi divido em dois subgrupos para avaliar a regeneração hepática no tempo de 32 h e 7 dias do pós-operatório. A regeneração do órgão foi avaliada quanto ao peso e histologia, sendo esta última por hematoxilina-eosina e antígeno nuclear de proliferação celular. Resultados: A média dos pesos dos animais dos grupos ATX 7 dias e CT 7 dias no pré-operatório foram de 411,2 g e 432,7 g, respectivamente, e após a regeneração foram de 371,3 g e 392,9 g. As médias das taxas de mitose coradas por HE dos dois grupos em 7 dias foram de 33,7 e 32,6 mitoses, respectivamente, e de 14,5 e 14,9 mitoses para os grupos ATX e CT 32 h. A contagem de células por antígeno nuclear de proliferação celular mostrou valores de 849,7 para o grupo ATX 7 dias e 301,8 para o CT 7 dias; 814,2 para o grupo ATX 32 h e 848,1 para o CT 32 h. Conclusão: O ácido tranexâmico mostrou-se efetivo na regeneração hepática somente em período mais longo de observação após hepatectomia parcial. <![CDATA[INFLUÊNCIA DA CAUSA DO CARCINOMA HEPATOCELULAR NA SOBREVIDA DE PACIENTES APÓS RESSECÇÃO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200105&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Hepatocellular carcinoma (HCC) is the most frequent type of primary liver cancer and its incidence is increasing around the world in the last decades, making it the third cause of death by cancer in the world. Hepatic resection is one of the most effective treatments for HCC with five-year survival rates from 50-70%, especially for patients with a single nodule and preserved liver function. Some studies have shown a worse prognosis for HCC patients whose etiology is viral. That brings us to the question about the existence of a difference between the various causes of HCC and its prognosis. Aim: To compare the prognosis (overall and disease-free survival at five years) of patients undergoing hepatectomy for the treatment of HCC with respect to various causes of liver disease. Method: Was performed a review of medical records of patients undergoing hepatectomy between 2000 and 2014 for the treatment of HCC. They were divided into groups according to the cause of liver disease, followed by overall and disease-free survival analysis for comparison. Results: There was no statistically significant difference in the outcomes of the groups of patients divided according to the etiology of HCC. Overall and disease-free survival at five years of the patients in this sample were 49.9% and 40.7%, respectively. Conclusion: From the data of this sample, was verified that there was no prognostic differences among the groups of HCC patients of the various etiologies.<hr/>RESUMO Racional: O carcinoma hepatocelular (CHC) é o mais frequente tipo de câncer primário do fígado e a sua incidência vem aumentando nas últimas décadas, tornando-o hoje a terceira causa de morte por câncer no mundo. A ressecção hepática é um dos tratamentos mais eficazes para ele com taxas de sobrevida em cinco anos de 50-70%, especialmente para pacientes com nódulo único e função hepática preservada. Alguns estudos mostraram pior prognóstico para os pacientes com CHC cuja causa é a infecção por vírus B ou C. Isso leva à questão sobre a existência de possível diferença entre as diversas causas e o prognóstico. Objetivo: Comparar o prognóstico (sobrevida global e livre de doença em cinco anos) de pacientes submetidos à hepatectomia para o tratamento do CHC com relação às diversas causas da hepatopatia. Método: Foi realizado levantamento de prontuários dos pacientes submetidos à hepatectomia entre 2000 e 2014 para tratamento de CHC. Eles foram divididos em grupos de acordo com a causa da hepatopatia, sendo feita análise de sobrevida para comparação. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significante de prognóstico entre os grupos de pacientes divididos conforme a causa do CHC. A sobrevida global e livre de doença em cinco anos foi de 49.9% e 40.7%, respectivamente. Conclusão: Pôde-se constatar que não houve diferença em relação ao prognóstico entre os grupos de pacientes das diversas causas de CHC. <![CDATA[HERNIOPLASTIA INGUINAL BILATERAL ASSISTIDA POR ROBÔ COM USO DE TROCARTE ÚNICO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200109&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: The inguinal hernia is one of the most frequent surgical diseases, being frequent procedure and surgeon´s everyday practice. Aim: To present technical details in making hernioplasty using robotic equipment on bilateral inguinal hernia repair with single port and preliminary results with the method. Method: The bilateral inguinal hernia repair was performed by using the Single-Site(c) Da Vinci Surgical Access Platform to the abdominal cavity and the placement of clamps. Results: This technique proved to be effective for inguinal hernia and have more aesthetic result when compared to other techniques. Conclusions: Inguinal hernia repair robot-assisted with single-trocar is feasible and effective. However, still has higher costs needing surgical team special training.<hr/>RESUMO Racional: A hérnia inguinal é uma das doenças cirúrgicas mais frequentes, tornando-a procedimento frequente e do cotidiano do cirurgião. Objetivo: Apresentar detalhes da técnica da hernioplastia inguinal bilateral robótica por single-site e resultados preliminares com o método. Método: Foi realizada hernioplastia inguinal bilateral assistida por robô, utilizando-se da Vinci Single-Site(c) Surgical Platform para acesso a cavidade abdominal e colocação das pinças. Resultados: Esta técnica demonstrou-se efetiva para correção da hérnia inguinal, além de apresentar melhor resultado estético quando comparado às outras técnicas. Conclusões: A hernioplastia inguinal assistida por robô com trocarte único é viável e eficaz. Contudo, ainda apresenta custos mais elevados e necessidade de treinamento especial por parte da equipe cirúrgica. <![CDATA[STENT BILIAR BIODEGRADÁVEL: UMA NOVA ABORDAGEM PARA AS ESTENOSES HEPATICOJEJUNAIS APÓS LESÃO DO DUCTO BILIAR. ESTUDO PROSPECTIVO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200112&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Background: Once a biliary injury has occurred, repair is done by a hepaticojejunostomy. The most common procedure is to perform a dilatation with balloon with a success of 70 %. Success rates range using biodegradable stents is from 85% to 95%. Biodegradable biliary stents should change the treatment of this complication. Aim: To investigate the use of biodegradable stents in a group of patients with hepaticojejunonostomy strictures. Methods: In a prospective study 16 biodegradable stents were placed in 13 patients with hepaticojejunostomy strictures secondary to bile duct repair of a biliary surgical injury. Average age was 38.7 years (23-67), nine were female and four male. All cases had a percutaneous drainage before at the time of biodegradable stent placement. Results: In one case, temporary haemobilia was present requiring blood transfusion. In another, pain after stent placement required intravenous medication. In the other 11 patients, hospital discharge was the next morning following stent placement. During the patient´s follow-up, none presented symptoms during the first nine months. One patient presented significant alkaline phosphatase elevation and stricture recurrence was confirmed. One case had recurrence of cholangitis 11 months after the stent placement. 84.6% continued asymptomatic with a mean follow-up of 20 months. Conclusion: The placement of biodegradable stents is a safe and feasible technique. Was not observed strictures caused by the stent or its degradation. It could substitute balloon dilation in strictures of hepaticojejunostomy.<hr/>RESUMO Racional: Uma vez que lesão biliar ocorreu, o reparo é feito por hepaticojejunostomia. O procedimento mais comum é efetuar dilatação com balão com sucesso de 70%. As taxas de sucesso utilizando stents biodegradáveis ​​é de 85% a 95%. Stents biliares biodegradáveis ​​devem mudar o tratamento desta complicação. Objetivo: Investigar o uso de stents biodegradáveis em um grupo de pacientes com estenose hepaticojejunal Métodos: Em estudo prospectivo 16 stents biodegradáveis ​​foram colocados em 13 pacientes com estenose de hepaticojejunostomia secundárias usados para reparação do ductos biliares de lesão cirúrgica. A média de idade foi de 38,7 anos (23-67), nove pacientes eram homens e quatro mulheres. Todos os casos tiveram drenagem percutânea antes do momento da colocação de stent biodegradável. Resultados: Em um caso, haemobilia temporária estava presente com necessidade de transfusão de sangue. Em outro, dor após a colocação do stent necessitou de medicação intravenosa. Nos outros 11 pacientes, alta hospitalar foi na manhã seguinte após o procedimento. Durante o seguimento, nenhum apresentou sintomas durante os primeiros nove meses. Um paciente apresentou significativa elevação da fosfatase alcalina por recidiva da estenose. Um caso teve recorrência de colangite 11 meses após a colocação do stent. Continuaram assintomáticos 84,6% com média de acompanhamento de 20 meses. Conclusão: A colocação de stents biodegradáveis ​​é técnica segura e viável. Não foram observadas restrições causadas pelo stent ou pela sua degradação. Stent pode substituir dilatação com balão na estenose de hepaticojejunostomia. <![CDATA[CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA NO CÂNCER GÁSTRICO: TEMPO DE MUDAR O PARADIGMA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200117&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Introduction: Minimally invasive surgery widely used to treat benign disorders of the digestive system, has become the focus of intense study in recent years in the field of surgical oncology. Since then, the experience with this kind of approach has grown, aiming to provide the same oncological outcomes and survival to conventional surgery. Regarding gastric cancer, surgery is still considered the only curative treatment, considering the extent of resection and lymphadenectomy performed. Conventional surgery remains the main modality performed worldwide. Notwithstanding, the role of the minimally invasive access is yet to be clarified. Objective: To evaluate and summarize the current status of minimally invasive resection of gastric cancer. Methods: A literature review was performed using Medline/PubMed, Cochrane Library and SciELO with the following headings: gastric cancer, minimally invasive surgery, robotic gastrectomy, laparoscopic gastrectomy, stomach cancer. The language used for the research was English. Results: 28 articles were considered, including randomized controlled trials, meta-analyzes, prospective and retrospective cohort studies. Conclusion: Minimally invasive gastrectomy may be considered as a technical option in the treatment of early gastric cancer. As for advanced cancer, recent studies have demonstrated the safety and feasibility of the laparoscopic approach. Robotic gastrectomy will probably improve outcomes obtained with laparoscopy. However, high cost is still a barrier to its use on a large scale.<hr/>RESUMO Introdução: A cirurgia minimamente invasiva amplamente usada para tratar doenças benignas do aparelho digestivo, tornou-se o foco de intenso estudo nos últimos anos no campo da oncologia cirúrgica. Desde então, a experiência com este tipo de abordagem tem crescido, com o objetivo de fornecer os mesmos resultados oncológicos e sobrevivência à cirurgia convencional. Em relação ao câncer gástrico, o tratamento cirúrgico ainda é considerado o único tratamento curativo, considerando a extensão da ressecção e linfadenectomia realizada. A gastrectomia convencional continua a ser a principal modalidade realizada em todo o mundo. Não obstante, o papel do acesso minimamente invasivo tem ainda de ser esclarecido. Objetivo: Avaliar e resumir o estado atual da ressecção minimamente invasiva do câncer gástrico. Método: Foi realizada revisão da literatura utilizando as bases Medline/PubMed, Cochrane Library e SciELO com os seguintes descritores: câncer gástrico, cirurgia minimamente invasiva, gastrectomia robótica, gastrectomia laparoscópica, neoplasia de estômago. A língua usada para a pesquisa foi o inglês. Resultados: Foram considerados para elaboração desta revisão 28 artigos, entre eles ensaios clínicos randomizados, metanálises, estudos coorte prospectivos e retrospectivos. Conclusão: A gastrectomia minimamente invasiva é opção técnica no tratamento do câncer gástrico precoce. Quanto ao câncer avançado, estudos recentes têm demonstrado a segurança e a viabilidade do acesso videolaparoscópico. A gastrectomia robótica provavelmente melhorará os resultados obtidos com a laparoscopia. Porém, o alto custo ainda é impedimento para sua utilização em larga escala. <![CDATA[CUSTO-BENEFÍCIO DA IMUNONUTRIÇÃO PERIOPERATÓRIA EM CIRURGIA ONCOLÓGICA DO TRATO GASTROINTESTINAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200121&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Introduction: Costs, length of hospital staying and morbidity are frequently and significantly increased as a result of infections and other complications following surgical procedure for gastrointestinal tract cancer. Recently, improving host defence mechanisms have become a target of interest. Immunonutrition aims at improving immunity, most likely providing key nutrients to maintain T-lymphocyte and other host defence. Aim : To evaluate the immunonutrition in cancer patients who are operated by digestive diseases and assess the cost-effectiveness of this supplementation. Methods: This study consisted of a systematic review of the literature based on reference analyses retrieved from current databases such as PubMed, Lilacs and SciELO. The search strategy was defined by terms related to immunonutrition [immunonutrition, arginine, omega-3 and nucleotides] in combination with [costs, cost-effective and cost-effectiveness] as well as [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery] in English, Portuguese or Spanish language. For cost analyses, currencies used in the manuscripts were all converted to American dollars (US$) in order to uniform and facilitate comparison. Six prospective randomized studies were included in this review. Conclusion: The cost-effectiveness was positive in most of studies, demonstrating that this diet can significantly reduce hospital costs in the North hemisphere. However, similar studies needed to be carried to determine such results among us.<hr/>RESUMO Introdução: Custos, tempo de hospitalização e morbidade estão frequentemente aumentados na presença de infecções e outras complicações decorrentes de procedimentos cirúrgicos para o câncer gastrointestinal. Recentemente, a melhora de mecanismos de defesa do hospedeiro tem se tornado um alvo de interesse. Nutrição adequada está fortemente relacionada com competência imune e redução de infeções. Imunonutrição objetiva a melhora da imunidade, principalmente para manutenção de linfócitos-T e outras defesas. Objetivo : Avaliar a imunonutrição em pacientes oncológicos que são operados por doenças do aparelho digestivo e avaliar a relação custo-eficácia desta suplementação. Métodos: Revisão sistemática da literatura baseada nas bases de dados PubMed, Lilacs e SciELO. A busca foi realizada com combinação de descritores em inglês e português relacionados ao tema da revisão: [immunonutrition, arginine, omega-3, nucleotides] combinado com [costs, cost-effective, cost-effectiveness] e [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery]. Para análise de custos, moedas usadas nos artigos foram todas convertidas para dólar americano. Seis estudos randomizados prospectivos foram incluídos nesta revisão. Conclusão: O custo-benefício foi positivo na maioria dos estudos, sugerindo que este tipo de dieta reduz significativamente os custos hospitalares nos países do hemisfério norte. Contudo, estudos similares de custo-benefício devem ser realizados para definir o real custo-benefício em nosso meio. <![CDATA[CONDUTA E ACOMPANHAMENTO DE EXTENSO CISTO TERATÓIDE EM SOALHO BUCAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200126&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Introduction: Costs, length of hospital staying and morbidity are frequently and significantly increased as a result of infections and other complications following surgical procedure for gastrointestinal tract cancer. Recently, improving host defence mechanisms have become a target of interest. Immunonutrition aims at improving immunity, most likely providing key nutrients to maintain T-lymphocyte and other host defence. Aim : To evaluate the immunonutrition in cancer patients who are operated by digestive diseases and assess the cost-effectiveness of this supplementation. Methods: This study consisted of a systematic review of the literature based on reference analyses retrieved from current databases such as PubMed, Lilacs and SciELO. The search strategy was defined by terms related to immunonutrition [immunonutrition, arginine, omega-3 and nucleotides] in combination with [costs, cost-effective and cost-effectiveness] as well as [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery] in English, Portuguese or Spanish language. For cost analyses, currencies used in the manuscripts were all converted to American dollars (US$) in order to uniform and facilitate comparison. Six prospective randomized studies were included in this review. Conclusion: The cost-effectiveness was positive in most of studies, demonstrating that this diet can significantly reduce hospital costs in the North hemisphere. However, similar studies needed to be carried to determine such results among us.<hr/>RESUMO Introdução: Custos, tempo de hospitalização e morbidade estão frequentemente aumentados na presença de infecções e outras complicações decorrentes de procedimentos cirúrgicos para o câncer gastrointestinal. Recentemente, a melhora de mecanismos de defesa do hospedeiro tem se tornado um alvo de interesse. Nutrição adequada está fortemente relacionada com competência imune e redução de infeções. Imunonutrição objetiva a melhora da imunidade, principalmente para manutenção de linfócitos-T e outras defesas. Objetivo : Avaliar a imunonutrição em pacientes oncológicos que são operados por doenças do aparelho digestivo e avaliar a relação custo-eficácia desta suplementação. Métodos: Revisão sistemática da literatura baseada nas bases de dados PubMed, Lilacs e SciELO. A busca foi realizada com combinação de descritores em inglês e português relacionados ao tema da revisão: [immunonutrition, arginine, omega-3, nucleotides] combinado com [costs, cost-effective, cost-effectiveness] e [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery]. Para análise de custos, moedas usadas nos artigos foram todas convertidas para dólar americano. Seis estudos randomizados prospectivos foram incluídos nesta revisão. Conclusão: O custo-benefício foi positivo na maioria dos estudos, sugerindo que este tipo de dieta reduz significativamente os custos hospitalares nos países do hemisfério norte. Contudo, estudos similares de custo-benefício devem ser realizados para definir o real custo-benefício em nosso meio. <![CDATA[TERATOMA RETROPERITONEAL GIGANTE DE 30 KG: RELATO DE CASO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-67202016000200128&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Introduction: Costs, length of hospital staying and morbidity are frequently and significantly increased as a result of infections and other complications following surgical procedure for gastrointestinal tract cancer. Recently, improving host defence mechanisms have become a target of interest. Immunonutrition aims at improving immunity, most likely providing key nutrients to maintain T-lymphocyte and other host defence. Aim : To evaluate the immunonutrition in cancer patients who are operated by digestive diseases and assess the cost-effectiveness of this supplementation. Methods: This study consisted of a systematic review of the literature based on reference analyses retrieved from current databases such as PubMed, Lilacs and SciELO. The search strategy was defined by terms related to immunonutrition [immunonutrition, arginine, omega-3 and nucleotides] in combination with [costs, cost-effective and cost-effectiveness] as well as [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery] in English, Portuguese or Spanish language. For cost analyses, currencies used in the manuscripts were all converted to American dollars (US$) in order to uniform and facilitate comparison. Six prospective randomized studies were included in this review. Conclusion: The cost-effectiveness was positive in most of studies, demonstrating that this diet can significantly reduce hospital costs in the North hemisphere. However, similar studies needed to be carried to determine such results among us.<hr/>RESUMO Introdução: Custos, tempo de hospitalização e morbidade estão frequentemente aumentados na presença de infecções e outras complicações decorrentes de procedimentos cirúrgicos para o câncer gastrointestinal. Recentemente, a melhora de mecanismos de defesa do hospedeiro tem se tornado um alvo de interesse. Nutrição adequada está fortemente relacionada com competência imune e redução de infeções. Imunonutrição objetiva a melhora da imunidade, principalmente para manutenção de linfócitos-T e outras defesas. Objetivo : Avaliar a imunonutrição em pacientes oncológicos que são operados por doenças do aparelho digestivo e avaliar a relação custo-eficácia desta suplementação. Métodos: Revisão sistemática da literatura baseada nas bases de dados PubMed, Lilacs e SciELO. A busca foi realizada com combinação de descritores em inglês e português relacionados ao tema da revisão: [immunonutrition, arginine, omega-3, nucleotides] combinado com [costs, cost-effective, cost-effectiveness] e [gastrointestinal cancer surgery, oesophageal, gastric or pancreatic surgery]. Para análise de custos, moedas usadas nos artigos foram todas convertidas para dólar americano. Seis estudos randomizados prospectivos foram incluídos nesta revisão. Conclusão: O custo-benefício foi positivo na maioria dos estudos, sugerindo que este tipo de dieta reduz significativamente os custos hospitalares nos países do hemisfério norte. Contudo, estudos similares de custo-benefício devem ser realizados para definir o real custo-benefício em nosso meio.