Scielo RSS <![CDATA[Sociedade e Estado]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-699220160001&lang=es vol. 31 num. 1 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100009&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Decolonialidade e perspectiva negra]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100015&lng=es&nrm=iso&tlng=es O artigo situa a decolonialidade como projeto que teve origem simultânea ao início do sistema-mundo moderno/colonial, sendo que este organiza diferenças e desigualdades entre povos a partir da ideia de raça. O artigo destaca como característica distintiva do projeto decolonial a produção do conhecimento e as narrativas a partir de loci geopolíticos e corpos-políticos de enunciação. Entre esses loci de enunciação chamamos a atenção para o conhecimento produzido a partir de uma perspectiva negra das Américas e Caribe.<hr/>This article places decoloniality as a project that had a simultaneous beginning to the modern/colonial world-system. The latter had organized differences and inequalities among people based on the idea of race. The article highlights, as a distinctive feature of the decolonial project, the production of knowledge and narratives from geo-political and corporeal-political loci of enunciations. Among these loci of enunciation, we call attention to the knowledge produced from black perspectives, especially from the Americas and the Caribbean. <![CDATA[A estrutura do conhecimento nas universidades ocidentalizadas: racismo/sexismo epistêmico e os quatro genocídios/epistemicídios do longo século XVI]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100025&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo discute a estrutura epistêmica do mundo moderno em relação aos quatro genocídios/epistemicídios do longo século XVI (1450-1650). Argumenta-se que o privilégio epistêmico do homem ocidental foi construído às custas do genocídio/epistemicídios dos sujeitos coloniais. O artigo relaciona o racismo/sexismo epistêmico da estrutura das universidades ocidentalizadas e do mundo moderno ao genocídio/epistemicídio contra muçulmanos e judeus na conquista de Al-Andalus, contra povos nativos na conquista das Américas, contra povos africanos na conquista da África e a escravização dos mesmos nas Américas e, finalmente, contra as mulheres europeias queimadas vivas acusadas de bruxaria. Esses quatro genocídios/epistemicídios são fundantes da estrutura epistêmica moderno-colonial e das universidades ocidentalizadas. A tese principal deste artigo é que a condição de possibilidade para o cartesianismo idolátrico dos anos 1640 que assume o olho de Deus e arroga-se o direito de dizer "penso, logo existo" é o "extermino, logo existo".<hr/>This article discusses the epistemic structures of the modern world in relation to four genocides/epistemicides of the long 16th century (1450-1650). It argues that the epistemic privilege of Western Man was build upon the genocide/epistemicide against colonial subjects. The article relates the racist/sexist epistemic structure of Westernized Universities and the modern world to the genocide/epistemicide against Muslims and Jews in the conquest of Al-Andalus, against indigenous peoples in the conquest of the Americas, against African people in the conquest of Africa and their enslavement in the Americas and against European women burned alive accused of being witches. These four genocide/epistemicides are foundational to modern/colonial epistemic structures and to Westernized Universities. The main thesis of the article is that the condition of possibility of the 1640s cartesian idolatric God-eye view of the "I think, therefore I exist" is the "I exterminate, therefore I exist". <![CDATA[Transmodernidade e interculturalidade: interpretação a partir da filosofia da libertação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100051&lng=es&nrm=iso&tlng=es Ao reconhecer uma nova localização das culturas periféricas na história mundial, bem como partindo de uma concepção não monolítica e não substancialista de cultura, este artigo localiza, por um lado, a Europa na história mundial e propõe, por outro, um diálogo intercultural simétrico entre críticos das culturas ditas periféricas. Essas culturas periféricas foram colonizadas, excluídas, desprezadas, negadas e ignoradas pela Modernidade eurocentrada, porém, não foram eliminadas. O desafio que se coloca é o de estabelecer um diálogo transmoderno e simétrico entre essas culturas - tratadas como exterioridades da Modernidade - a fim de responder de outros lugares os desafios da Modernidade e pós-modernidade europeia.<hr/>This article recognizes a new location of so called peripheral cultures in world history, and subscribes to a non-monolithic and non-substantialistic concept of culture. It locates Europe's specificity in world history and proposes a symmetrical intercultural dialogue between critics from "peripheral" cultures. These cultures have been colonized, excluded, despised, denied and ignored by eurocentered modernity, but have not been eliminated. The challenge ahead is to establish a transmodern and symmetrical dialogue between these cultures - treated as exteriorities of modernity - in order to deal the challenges set forth by European modernity and postmodernity from a different location. <![CDATA[Transdisciplinaridade e decolonialidade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100075&lng=es&nrm=iso&tlng=es Enquanto espaços acadêmicos interdisciplinares têm lenta e gradualmente se espalhado na academia ocidental, seu estado está longe de ser claro. Eles são muitas vezes situados em estruturas preexistentes que limitam o seu âmbito de aplicação. Isto é particularmente verdadeiro no que se refere a espaços que não só se engajam no trabalho interdisciplinar, mas ainda àqueles que procuram romper com as formas de racismo epistêmico que fazem parte das humanidades e das ciências. Essas áreas são tipicamente conhecidas como "estudos étnicos", incluindo os estudos de povos indígenas, bem como das comunidades racializadas em todos os lugares e em suas diásporas. Neste ensaio, busco identificar a epistemologia adequada para "estudos étnicos", que identifico como forma de transdisciplinaridade decolonial. Isso ajuda a explicar o difícil ajuste entre as áreas de "estudos étnicos" e as artes liberais e ciências ocidentais, bem como o seu potencial para a decolonização do conhecimento e da sociedade.<hr/>While interdisciplinary academic spaces have slowly but gradually spread through the Western academy, their status is far from clear. They are often located within existing structures that limit their scope. This is particularly true of spaces that not only engage in interdisciplinary work, but that also seek to break with forms of epistemic racism that are part of the humanities and the sciences. These areas are typically known as "ethnic studies," including the studies of indigenous peoples, as well as of racialized communities everywhere and their diasporas. In this essay, I seek to identify the epistemology proper to "ethnic studies" which I identify as a form of decolonial transdisciplinarity. This helps explains the difficult fit between "ethnic studies" areas and the Western liberal arts and sciences, as well as their potential for the decolonization of knowledge and society. <![CDATA[Aprendendo com a outsider within: a significação sociológica do pensamento feminista negro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100099&lng=es&nrm=iso&tlng=es Por muito tempo mulheres negras têm ocupado posições marginais em ambientes acadêmicos. Argumento que muitas intelectuais negras têm feito uso criativo de sua marginalidade, do seu status de outsider within, para produzir um pensamento feminista negro capaz de refletir um ponto de vista especial em relação ao "self", à família e à sociedade. Descrevo e exploro o significado sociológico de três temas característicos deste pensamento: 1. a autodefinição e a autoavaliação das mulheres negras; 2. a natureza interligada da opressão; e 3. a importância da cultura das mulheres afro-americanas. Após considerar como mulheres negras, em suas posições de outsider within, tratam destes temas chaves com o objetivo de criar distintas perspectivas quanto aos paradigmas sociológicos existentes, sugiro, em minha conclusão, que outros sociólogos iriam se beneficiar ao depositarem mais confiança no potencial criativo de suas próprias biografias pessoais e culturais.<hr/>Black women have long occupied marginal positions in academic settings. I argue that many Black female intellectuals have made creative use of their marginality - their "outsider within" status - to produce Black feminist thought that reflects a special standpoint on self, family, and society. I describe and explore the sociological significance of three characteristic themes in such thought: 1. Black women's self-definition and self-valuation; 2. the interlocking nature of oppression; and 3. the importance of Afro-American women's culture. After considering how Black women might draw upon these key themes as outsiders within to generate a distinctive standpoint on existing sociological paradigms, I conclude by suggesting that other sociologists would also benefit by placing greater trust in the creative potential of their own personal and cultural biographies. <![CDATA[Uma epistemologia para a próxima revolução]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100129&lng=es&nrm=iso&tlng=es Este artigo discute a necessidade de desenvolvimento de uma epistemologia decolonial revolucionária, identificando dois obstáculos para a formulação de uma nova epistemologia: um relacionado à própria epistemologia e outro às discussões sobre identidade. Argumenta-se pela necessidade de um debate propositivo e reconstrutivo sobre a verdade, bem como de uma discussão reconstrutiva sobre como e por quem o conhecimento é produzido. Por outro lado, defende-se que as concepções que asseveram que toda e qualquer reivindicação por identidade seja marcada por um excesso de essencialismo emergem também como obstáculo. Em seu lugar, propõem-se explicações mais fidedignas acerca da realidade que possam avaliar em que contexto os movimentos sociais baseados em identidades se tornam estreitos e conformistas e quando significam uma ampliação da participação política e da formação de coalizões.<hr/>This article argues for the need to develop a revolutionary decolonial epistemology and identifies two obstacles for the development of a new epistemology: one related to epistemology itself and the other to issues of identity. There is a need for purposeful and reconstructive discussions about truth, as well as reconstructive discussion about how and by whom knowledge is produced. On the other hand, the assumption that any and all claims for identity is marked by an excess of essentialism is also an obstacle. Instead, there should be more reliable explanations of reality that can assess the context in which identity-based movements become narrow and conformist but also when they mean an expansion of political participation and coalition building. <![CDATA[Novos padrões de investigação policial no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100147&lng=es&nrm=iso&tlng=es Neste artigo, descrevemos algumas das principais características dos casos de investigação policial que foram denunciados pelo Ministério Público Estadual. O padrão que emerge dos dados da pesquisa realizada em nove estados brasileiros, a partir de uma amostra dos processos criminais arquivados em 2011, difere das representações tradicionais da investigação baseada na busca de testemunhas e produção de depoimentos e confissões. As prisões em flagrante ocupam lugar de destaque na instrução criminal e tem efeitos significativos nas sentenças. Ao final, sugerimos que este novo padrão de investigação policial pode ser resultado das mudanças de atitudes dos profissionais do Sistema de Justiça Criminal.<hr/>In this article, we describe some key features of the cases of police investigation that were denounced by the Public Prosecutor in Brazil. The pattern that emerges from a survey conducted in nine states, with a sample of criminal cases filed in 2011, differs from traditional representations of criminal investigation based on the search of witnesses, statements and confessions. The arrests take prominent place in the criminal investigation and has significant effects in the sentences. Finally, we suggest that this new pattern of police investigation may be the result of changes in the attitudes of Criminal Justice System professionals. <![CDATA[As correspondências entre José Enrique Rodó e Miguel de Unamuno: o reencontro intelectual da Pátria Mãe com a Pátria Filha]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100165&lng=es&nrm=iso&tlng=es O presente artigo tem como objetivo analisar alguns temas presentes nas correspondências trocadas entre os autores José Enrique Rodó (1871-1917) e Miguel de Unamuno (1864-1936). Nessas cartas, podemos perceber um projeto intelectual que tinha como proposta traçar um intercâmbio de ideias e de relações entre a Espanha e a América Latina. Dentre os temas discutidos estão: os debates em torno de seus livros; a construção de um espírito coletivo com vistas a uma aproximação entre a Antiga Pátria Mãe e a Antiga Pátria Filha; suas produções ensaísticas; as condições políticas e históricas vivenciadas por Espanha e Uruguai; o positivismo e o idealismo; por fim, a religião e a ciência. Todos esses elementos foram debatidos pelos autores e serão retomados no texto com a finalidade de perceber em seus escritos uma aliança intelectual e espiritual entre os países envolvidos neste processo de colonização.<hr/>This article aims at analyzing some current topics in letters exchanged between the authors José Enrique Rodó (1871-1917) and Miguel de Unamuno (1864-1936). In these letters, we can see an intellectual project, that proposed to outline an exchange of ideas and relations between Spain and Latin America. Among the topics discussed, we can see: the debates of their books, the construction of a collective spirit in order to get an approach between the former Motherland and the former daughterland; their essayistic productions; political and historical conditions that Spain and Uruguay were going through; positivism and idealism, and finally, religion and science. All these elements have been discussed by the authors and will be resumed in the text in order to highlight, from his writings, an intellectual and spiritual alliance between the countries involved in the colonization process. <![CDATA[Estudio del impacto y efectos de la crisis económica en las políticas de protección social del ámbito local en España. Análisis de caso de la región de murcia (España)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100189&lng=es&nrm=iso&tlng=es El artículo presenta los resultados de una investigación empírica orientada a conocer y analizar los efectos de la crisis económica en las necesidades y prestaciones del sistema de protección social ofrecido el ámbito local. Para su consecución se ha realizado una investigación longitudinal de necesidades y prestaciones en un municipio de la comarca oriental de la Región de Murcia durante el período comprendido entre 1996 y 2011, comparando sus resultados con investigaciones similares de ámbito regional y estatal. Así mismo se presenta un análisis transversal (2012) y de proyección de tendencias futuras lo que ha permitido la construcción de arboles causales y escenarios desde los actores estratégicos. La ruta metodológica empleada se ha basado en la diversidad de técnicas y fuentes de recolección y análisis de datos a partir del análisis del universo de personas usuarias, concretamente 4.562 personas y 3.325 unidades familiares, lo que proporciona a la investigación de unos resultados fiables, contrastables y transferibles. Los resultados obtenidos permiten verificar la hipótesis de partida de que los cambios en el perfil de las personas usuarias, las necesidades y los servicios / recursos aplicados por la estructura básica de los servicios sociales municipales está directamente relacionada con las dinámicas de la crisis social y económica y el desarrollo de las políticas/normativas de bienestar social relacionadas directa e indirectamente con los servicios sociales.<hr/>The paper presents the results of an empirical research aimed at discovering and analyzing the effects of the economic crisis on the needs and benefits of social protection system offered locally. For their achievement has made a longitudinal investigation of needs and capabilities in a municipality in the eastern region of Murcia during the period between 1996 and 2011, comparing their results with similar research at regional and state levels. It also provides a cross-sectional analysis (2012) and projections of future trends which enabled the construction of causal trees and scenes from the strategic actors. The route methodology employed is based on the diversity of techniques and sources of data collection and analysis based on the analysis of the universe of users, namely 4,562 people and 3,325 households, which provides research results are reliable, testable and transferable. The results allow us to verify the hypothesis that changes in the profile of the users, the needs and the services / resources applied by the basic structure of the municipal social services is directly related to the dynamics of social and economic crisis and policy development / welfare regulations directly and indirectly related to social services. <![CDATA[Estrutura administrativa do governo brasileiro, cultura política e a busca pela sociedade ideal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100211&lng=es&nrm=iso&tlng=es A organização e a estrutura do governo central brasileiro mudaram drasticamente entre o período monárquico (1824-1889) e o atual período democrático (1985). No entanto, é possível identificar uma convergência teórica entre alguns autores brasileiros que têm não apenas refletido sobre a estrutura do Estado no Brasil, mas têm agido sobre ela: visconde do Uruguai (ministro e senador durante o primeiro período do Império no Brasil, um dos principais responsáveis pelo Movimento do Regresso - 1834-1840); Oliveira Vianna (burocrata e responsável por importantes mudanças na estrutura do Estado e sua relação com a sociedade brasileira durante as décadas de 1930-1940); Guerreiro Ramos (deputado federal e burocrata no Departamento de Administração e Serviço Público, peça fundamental para a reforma do Estado burocrático brasileiro 1940-1964); e Bresser-Pereira (titular do Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado - 1995- 1998 -, responsável pela reforma gerencial do Estado brasileiro). O que é interessante notar sobre esses autores-atores é que, durante os seus respectivos períodos e com suas percepções sobre a política e a sociedade brasileiras, eles propugnaram que, por intermédio da reforma da estrutura político-administrativa do Estado, seria possível mudar a cultura política do povo brasileiro. Durante suas ações políticas como agentes fiduciários do Estado, buscaram - dentro de seus próprios contextos históricos e políticos - o autogoverno, a democracia ou sua qualificação.<hr/>The organization and structure of Brazilian central government have drastically changed from monarchic period (1824-1889) to the recent democratic time. However, it is possible to identify a convergence between some Brazilian authors who have, not only reflected about state reform in Brazil, but have acted on it: visconde do Uruguai (minister and Senator during the first empire period in Brazil, responsible for an important state reform at his time - 1830 to 1852); Oliveira Vianna (bureaucrat on Getulio Vargas's term and responsible for important changes in state structure and its relation with trade unions in Brazil during the 1930's); Guerreiro Ramos (sociologist and bureaucrat at Public Service Administration Department responsible for the Brazilian bureaucratic state reform from 1940 to 1964); and Bresser-Pereira (minister of Ministry of Federal Administration and State Reform during Fernando Henrique Cardoso's first term - 1995 to 1998 - who was responsible for the current managerialization of the Brazilian state). What is interesting to note about these political author-actors actors is that, during their respective periods and with their unique perceptions about Brazilian policy and society, they believed that by reforming the administrative structure of the state they could change political culture of the Brazilian people. During their political actions as Brazilian bureaucrats they each searched for the self-government, the democracy or its qualification within their own historical and political contexts. <![CDATA[Processos de racionalização e novos desenhos identitários: a reestruturação da indústria da reparação automotiva e do ofício do mecânico]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100237&lng=es&nrm=iso&tlng=es O objetivo deste artigo é compreender a elaboração de novos desenhos identitários em uma categoria de ofício que experimenta um momento de intensificação dos processos de racionalização do trabalho e da empresa. Trata-se de analisar as transformações do ofício do mecânico em face da reestruturação da indústria da reparação automotiva, que se intensificou a partir dos anos 1990. Neste texto, pretende-se examinar o "campo da oficina" em um contexto no qual o mercado demanda novas competências profissionais e novas posturas empreendedoras. Busca-se verificar, a partir de um estudo de caso na cidade de Porto Alegre (RS), de que maneira os sujeitos que atuam no segmento têm resistido e/ou negociado com tais exigências, "reparando" as suas identidades.<hr/>The central issue of the article is to understand the making of new identities designs in a trading category that has experienced an escalation moment of the rationalization processes of companies and of labor. The study analyzes the change that mechanic's trade faces since the restructuring of the automotive repair industry that begins from the 90s. The article examines the "auto repair shop field" in a context that market demand professional competence and entrepreneurship attitude new. The study, based in Porto Alegre (RS) city case, discusses the way that the individual that works in this sector has resisted and/or negotiated with such demands "repairing" your identity. <![CDATA[Utopia como método: a reconstituição imaginária da sociedade]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100261&lng=es&nrm=iso&tlng=es O objetivo deste artigo é compreender a elaboração de novos desenhos identitários em uma categoria de ofício que experimenta um momento de intensificação dos processos de racionalização do trabalho e da empresa. Trata-se de analisar as transformações do ofício do mecânico em face da reestruturação da indústria da reparação automotiva, que se intensificou a partir dos anos 1990. Neste texto, pretende-se examinar o "campo da oficina" em um contexto no qual o mercado demanda novas competências profissionais e novas posturas empreendedoras. Busca-se verificar, a partir de um estudo de caso na cidade de Porto Alegre (RS), de que maneira os sujeitos que atuam no segmento têm resistido e/ou negociado com tais exigências, "reparando" as suas identidades.<hr/>The central issue of the article is to understand the making of new identities designs in a trading category that has experienced an escalation moment of the rationalization processes of companies and of labor. The study analyzes the change that mechanic's trade faces since the restructuring of the automotive repair industry that begins from the 90s. The article examines the "auto repair shop field" in a context that market demand professional competence and entrepreneurship attitude new. The study, based in Porto Alegre (RS) city case, discusses the way that the individual that works in this sector has resisted and/or negotiated with such demands "repairing" your identity. <![CDATA[E se Deus fosse um ativista dos direitos humanos?]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000100267&lng=es&nrm=iso&tlng=es O objetivo deste artigo é compreender a elaboração de novos desenhos identitários em uma categoria de ofício que experimenta um momento de intensificação dos processos de racionalização do trabalho e da empresa. Trata-se de analisar as transformações do ofício do mecânico em face da reestruturação da indústria da reparação automotiva, que se intensificou a partir dos anos 1990. Neste texto, pretende-se examinar o "campo da oficina" em um contexto no qual o mercado demanda novas competências profissionais e novas posturas empreendedoras. Busca-se verificar, a partir de um estudo de caso na cidade de Porto Alegre (RS), de que maneira os sujeitos que atuam no segmento têm resistido e/ou negociado com tais exigências, "reparando" as suas identidades.<hr/>The central issue of the article is to understand the making of new identities designs in a trading category that has experienced an escalation moment of the rationalization processes of companies and of labor. The study analyzes the change that mechanic's trade faces since the restructuring of the automotive repair industry that begins from the 90s. The article examines the "auto repair shop field" in a context that market demand professional competence and entrepreneurship attitude new. The study, based in Porto Alegre (RS) city case, discusses the way that the individual that works in this sector has resisted and/or negotiated with such demands "repairing" your identity.