Scielo RSS <![CDATA[Sociedade e Estado]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-699220150003&lang=pt vol. 30 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Editorial]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300591&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Manifesto para as ciências sociais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300597&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Intensidade do trabalho: questões conceituais e metodológicas]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300631&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O objeto deste artigo é a discussão de elementos conceituais e metodológicos envolvidos com o fenômeno da intensidade do trabalho. Pesquisas realizadas em diversos países mostram que a intensificação é um componente estruturante do trabalho na contemporaneidade e essa tendência tem a capacidade de se prolongar por tempo indefinido sob o paradigma da hegemonia neoliberal que continua a reger as relações econômicas mundiais. O mesmo consenso não prevalece em relação a definições conceituais do fenômeno, seus correspondentes pressupostos teóricos e suas implicações metodológicas. A análise desta falta de consenso constitui o objetivo principal deste artigo. Para atender a este objetivo, será realizada uma revisão da literatura sobre a formulação da teoria do valor trabalho e de pesquisas recentes sobre o tema. A discussão conceitual e metodológica ancora-se na prática de levantamento de informações por meio de surveys da European Working Conditions Survey (EWCS), cujos questionários e relatórios serão analisados no tocante à objetividade e subjetividade, à relação das práticas empíricas com pressupostos conceituais, entre outros. Este ensaio de crítica conceitual e metodológica tem em vista estabelecer parâmetros para pesquisas necessárias ao contexto brasileiro, dadas, especialmente, as implicações da intensificação laboral sobre as condições de saúde de quem trabalha.<hr/>ABSTRACT The subject matter of this paper is the phenomenon of work intensity in its conceptual and methodological practices. Recent research made in several countries show that intensification of work is a structuring component in contemporary society and that such tendency may extend for undetermined time under the neoliberal paradigm of hegemony of contemporary world economic relations. The same consensus does not prevail in conceptual definitions of the phenomenon, its theoretical assumptions and methodological implications. An analysis of such lack of consensus is the main goal of this paper. A literature review since the labor theory of value until contemporary research is undertaken. The conceptual and methodological is made regarding the European Working Condition Surveys, whose questionnaire and reports are analyzed about subjectivity and objectivity and the relations of the empirical practices with conceptual definitions. This essay of conceptual and methodological critique aims at contributing with the formulation of parameters that may contribute with the making of necessary researches regarding the Brazilian context, given the implications of the labor intensification process on health conditions of the working people. <![CDATA[Segurança privada e direitos civis na cidade de São Paulo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300651&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O artigo investiga as violações de direitos civis cometidas por seguranças regulares, semirregulares e irregulares que executam policiamento privado na cidade de São Paulo. Esses agentes têm violado direitos e liberdades individuais no exercício de suas atividades profissionais? Quais são as principais violações e onde elas mais ocorrem? Diferentes tipos de agentes cometem distintas violações de direitos civis? Essas violações se assemelham às que ocorrem nas atividades de policiamento público? O trabalho procura responder a essas questões a partir de uma análise exploratória das ocorrências policiais envolvendo seguranças particulares da cidade de São Paulo entre janeiro de 2009 e setembro de 2010. Os dados indicam que os profissionais de segurança privada não raramente violam a integridade física, a liberdade e a honra dos cidadãos, especialmente dos que frequentam espaços de entretenimento, comércio e terminais de transporte público. Enquanto seguranças regulares cometem mais violações nos terminais de transporte coletivo, seguranças semirregulares e irregulares se excedem mais em casas noturnas, bares, restaurantes e estabelecimentos comerciais. Os dados também sugerem que o padrão de abusos presente nas atividades de policiamento privado é distinto daquele encontrado nas atividades de policiamento público. Enquanto policiais parecem usar e abusar com maior frequência dos poderes legais que lhes conferem o direito de usar força letal para a manutenção da ordem pública, profissionais de segurança privada usam e abusam com mais frequência de ferramentas físicas e corporais não letais em nome da manutenção da ordem no interior de espaços policiados por instituições privadas.<hr/>Abstract This article investigates civil rights violations by regular, semi-regular and irregular private security officers working in the city of São Paulo. Have these agents violated individual rights and liberties in performing their duties? What are the main violations and where do they occur more often? Are these violations comparable with those perpetrated in the course of public policing activities? This paper seeks to answer these questions by drawing on an exploratory analysis of crimes committed by private security officers in the city of São Paulo between January 2009 and September 2010. The findings show that private security officers often violate the physical integrity, freedom and honour of citizens, more saliently in retail/leisure facilities and public transportation terminals. Whereas regular private security officers commit more violations in mass transit terminals, semi-regular and irregular security officers commit more excesses in night clubs, bars, restaurants and retail outlets. The findings also suggest two different patterns of abusive conduct in comparing private policing activities and public policing activities. While police officers seem to use and abuse more often the legal powers granting them the right to use lethal force for maintaining public order, private security officers more often use and abuse non-lethal physical and bodily tools in the name of order maintenance inside privately policed spaces. <![CDATA[A tipologia ocupacional Erikson-Goldthorpe-Portocarero (EGP): uma avaliação analítica e empírica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300673&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo As classes sociais são consideradas um conceito sociológico por excelência. Neste artigo, propomos uma avaliação empírica do conceito, motivada por questionamentos contemporâneos que têm sido críticos a análises que recorrem ao conceito de classe como dimensão heuristicamente interessante. Nosso esforço se concentra em uma validação da proposta popularmente conhecida como a tipologia EGP (Erikson-Goldthorpe-Portocarero). Através da utilização de uma técnica estatística, sensível ao padrão dos dados - a análise de classes latentes -, verificamos o padrão de associação da tipologia com aspectos relevantes do mercado de trabalho brasileiro. Como principal resultado que emerge a partir das análises empreendidas, apontamos uma série de restrições à proposta avaliada. Isso indica para a necessidade dos sociólogos e de outros pesquisadores interessados no trabalho com o conceito estarem sensíveis para as particularidades impostas pelo contexto brasileiro que impõe limites não triviais à sua validade empírica.<hr/>Abstract The concept of social class is one of the pillars of sociological arguments of many flavors. In this article, we focus on this classical heuristical tool and implement an empirical oriented analysis to test its validity. Our effort is focused on an empirical assessment of the class typology known as EGP (Erikson-Goldthorpe-Portocarero). Through the use of methodological tools coherent with the pattern of avaiable data, we provide results about the association of the typology with relevant aspects of the Brazilian labor market. The main result of this analysis is that there are serious limitations to the use of the evaluated typology in the Brazilian context. We argue that researchers interested in making use of this concept should be very careful and think thoroughly about how the Brazilian context imposes serious limits to the concept of social class operationalized via the EGP scheme. <![CDATA[Auxílio-reclusão: o instituto mal(mau)dito das políticas sociais com as políticas penais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300705&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Tendo por eixo o instituto previdenciário auxílio-reclusão - pago aos dependentes do segurado de baixa renda preso - e a análise das representações sociais construídas a partir dessa prática, a pesquisa enfrenta uma dimensão da complexa interface entre a questão social e as políticas penais. A investigação utilizou como campo empírico o ambiente virtual, coletando dados através das mensagens postadas em blogs ou similares. Como referenciais teóricos privilegiou as perspectivas contemporâneas da sociologia do castigo e da economia política da punição, contemplando aspectos instrumentais e simbólicos das interseções em estudo. Seus resultados constatam a peculiar repulsa social no entorno do auxílio-reclusão, o que favorece apropriações no campo jurídico e político que, emolduradas por tecnicismos e populismos punitivos, ampliam a vulnerabilidade das conquistas sociais.<hr/>Abstract Focusing on the analysis of the social security system institute of Imprisonment - paid to the dependent of the insured low-income - and the analysis of the social representations that are built on it, the research faces a dimension of the complex interface between the social and criminal policies. The empirical field used in the research was the virtual environment, collecting data through messages posted on blogs or the like. As theoretical references, it privileged the contemporary perspectives of sociology of punishment and the political economy of punishment, covering instrumental and symbolic aspects of the studied intersections. Its results perceive the peculiar social revulsion concerning imprisonment-relief, which favors appropriations in the legal and political fields which, framed by technicalities and punitive populism, expand the vulnerability of the social achievements. <![CDATA[Política energética e agentes científicos: o caso das pesquisas em células a combustível no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300727&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo tem como objetivo fazer uma análise das dimensões políticas e sociais das pesquisas em células a combustível e uso energético do hidrogênio no Brasil. Esta pesquisa é um estudo de caso sobre o Centro Nacional de Referência em Energia do Hidrogênio (Ceneh), centro público de pesquisa e consulta em tecnologias relacionadas ao hidrogênio e células a combustível. Como referencial teórico, partimos da sociologia da ciência, em especial a Teoria Ator-Rede de Bruno Latour e Michel Callon, com a qual pudemos identificar os diversos atores sociais envolvidos nas pesquisas nesta área, suas ações, relações e tensões, assim como o panorama social e político em âmbito nacional e internacional relacionado às células à combustível.<hr/>Abstract This paper aims to analyze political and social dimensions of the researches conducted in fuel cells and energetic use of hydrogen in Brazil. The research is a case study on National Center of Reference in Hydrogen Energy (Ceneh), a public center that develops technological researches related to hydrogen and fuel cells. For theorical background we depart from Sociology of Science, specially Actor-Network Theory developed by Bruno Latour and Michel Callon, that helped us to identify actors involved in researches in this field, their actions and struggles, as well as the social and political scenario for fuel cells in national and international levels. <![CDATA[Mudanças de renda no Brasil: fatores espaciais, setoriais, educacionais e de <em>status</em> social]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300749&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo São analisadas as influências das variáveis espaciais, setoriais, educacionais e de status social nas mudanças de renda no Brasil entre 1992 e 2011. Estes fatores são considerados tanto de modo específico quanto em suas relações com classe social. O estudo combina o uso de medidas de diferenças observadas e de diferenças ajustadas por regressão quantílica. Nos modelos estimam-se tanto efeitos absolutos (em reais) quanto relativos (percentuais). O trabalho aborda particularmente as alterações na renda mediana das categorias, mas observa também para as mudanças nos níveis superiores e inferiores da distribuição. A perda relativa de renda do Brasil metropolitano mostrou-se fortemente intrínseca à dimensão socioespacial. A queda nas discrepâncias brutas (não ajustadas) de renda, de raça e de gênero envolveram combinações bem diferentes entre efeitos diretos e indiretos. Reduções nas desigualdades espaciais, setoriais e educacionais contribuíram para a diminuição da heterogeneidade dentro das classes sociais. Todos os cenários desenhados pelo jogo de controles estatísticos mostram que diminuiu sensivelmente a vantagem de renda dos que apresentam mais escolaridade. As mudanças de renda foram menores justamente entre as posições sociais que foram menos afetadas por alterações na distribuição ou dispersão da educação e os seus efeitos diretos e indiretos na renda.<hr/>Abstract The article analyzes the influences of spatial, sector, educational and status variables on earnings changes in Brazil between 1992 and 2011. These factors are considered in its specificity and in its relations to social class. The study combines the use of measures of gross differences and adjusted differences by quantile regression. Models are estimated both in terms of absolute effects (in Brazilian Real) and in relative effects (percentages). The paper covers particularly the changes in median earnings, but also looks for changes in the upper and lower levels of the earnings distribution. The relative losses of earnings of the metropolitan areas have shown strongly intrinsic to the spatial dimension. The fall in gross (not adjusted) earnings discrepancies for the race and gender categories have involved very different combinations between direct and indirect effects. Reductions in the spatial, sector and educational inequalities have contributed to the decrease of the heterogeneity within the social classes. All scenarios designed by the use of statistical controls have revealed that diminished the earnings advantage of having more schooling. Earnings shifts were lower just between the social positions that have been less affected by changes in the dispersion or distribution of education and its direct and indirect effects on earnings. <![CDATA[Por uma sociologia do ensino de sociologia nas escolas: da finalidade atribuída à disciplina à experiência social do alunato. Estudos de caso no Distrito Federal]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300773&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este trabalho trata da relação entre finalidade intelectual atribuída à disciplina sociologia no ensino médio e representações que o alunato de escolas públicas e particulares do Distrito Federal (DF) fazem a partir da sua experiência social com as ciências sociais no espaço escolar. Baseamo-nos em pesquisa quali/quanti, envolvendo a aplicação de questionários e grupos focais com alunos de escolas do DF, observações participantes nas escolas e análise documental. Propomos identificar a relação entre duas categorias epistêmicas fundamentais em nossa pesquisa: mediações pedagógicas (conhecimentos conteudísticos e didáticos do professor de sociologia) e experiência social do alunato acerca da disciplina na escola. A relação entre mediações pedagógicas e experiência social do alunato no âmbito do ensino de sociologia na escola nos esclarece como o tema da utilidade intelectual das ciências sociais e sua pertinência na formação do ensino médio perpassa as operações críticas que o alunato das escolas do DF realizam sobre a sociologia como área de conhecimento e a sociologia que vai à escola.<hr/>Abstract This work is about the relationship between the intellectual purpose assigned to the discipline sociology in the high school and the representations the students of public and private schools in the Federal District of Brazil build based on their social experience with that discipline, in their school. We based ourselves upon quali-quantitative research, involving the participate observation at scholar spaces (during the sociological courses); focus groups and application of questionnaires among students from high school and documental analysis. We propose to identify the relation between two essential epistemic categories in our research, pedagogic mediations (content and didactic knowledge in sociology by the teacher) and social experience of the students about the subject in the school, so that we can deal with the specificities of the teachers knowledge in social sciences and of the perceptions and representations of the students about sociology. The relation between the pedagogic mediations and the social experiences of the students in the domain of sociology teaching in the school inform us how the theme of intellectual utility of the social sciences and its importance in the education of the high school involve critical operations which graduated in social sciences, teachers from the domain and its students realize about sociology as a knowledge domain and as a knowledge which goes to the school. <![CDATA[A inesperada descoberta de Otávio Ianni sobre preconceito contra descendentes de imigrantes poloneses em Curitiba]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300799&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Após a pesquisa da Unesco sobre relações raciais no Brasil, Florestan Fernandes organizou e liderou uma jovem equipe para tratar do mesmo tema. A preferência recaiu então sobre os estados da Região Sul do Brasil, que não tinham feito parte da pesquisa original. Escolhidos por Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira e Octávio Ianni fizeram parte dessa equipe. Na distribuição dos estados, coube a Ianni o Paraná e Santa Catarina, esse último conjuntamente com Fernando Henrique. Embora o objetivo da pesquisa fosse demonstrar a existência de preconceito nas relações raciais naqueles estados, Ianni ficou surpreso em descobrir também um novo preconceito, dessa feita contra imigrantes poloneses e seus descendentes, na cidade de Curitiba, capital do Paraná. Ianni investigou inicialmente a questão e publicou alguns artigos a respeito, nos quais tentou explicar o inesperado preconceito. No intuito de dar continuidade e investigar mais a fundo o fenômeno, elaborou e publicou um projeto de pesquisa sobre o tema que, contudo, nunca veio à luz.<hr/>Abstract After the Unesco research about racial relations in Brazil, Florestan Fernandes headed a new team of young Brazilian sociologists, composed by Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira and Octávio Ianni, to deal with the same theme in Southern Brazil. The region was omitted from the first Unesco research. The states of Paraná and Santa Catarina were put in charge of Octávio Ianni, the last one shared with Fernando Henrique Cardoso. Even the main goal of the research was to prove prejudice among Black and White in Southern Brazil Ianni was astonished to find out that there was also prejudice against immigrant poles and their descendants in the city of Curitiba, capital of the state of Paraná. Ianni began to investigate the theme and published later few articles about that where He tried to explain the unexpected prejudice. To investigate further the phenomenon, He prepared a project plan and published it. Unhappily, this new research was never accomplished. <![CDATA[Diferentes olhares, outras perspectivas: solidariedade e trabalho doméstico para mulheres negras durante a escravidão e no pós-abolição]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300821&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Após a pesquisa da Unesco sobre relações raciais no Brasil, Florestan Fernandes organizou e liderou uma jovem equipe para tratar do mesmo tema. A preferência recaiu então sobre os estados da Região Sul do Brasil, que não tinham feito parte da pesquisa original. Escolhidos por Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira e Octávio Ianni fizeram parte dessa equipe. Na distribuição dos estados, coube a Ianni o Paraná e Santa Catarina, esse último conjuntamente com Fernando Henrique. Embora o objetivo da pesquisa fosse demonstrar a existência de preconceito nas relações raciais naqueles estados, Ianni ficou surpreso em descobrir também um novo preconceito, dessa feita contra imigrantes poloneses e seus descendentes, na cidade de Curitiba, capital do Paraná. Ianni investigou inicialmente a questão e publicou alguns artigos a respeito, nos quais tentou explicar o inesperado preconceito. No intuito de dar continuidade e investigar mais a fundo o fenômeno, elaborou e publicou um projeto de pesquisa sobre o tema que, contudo, nunca veio à luz.<hr/>Abstract After the Unesco research about racial relations in Brazil, Florestan Fernandes headed a new team of young Brazilian sociologists, composed by Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira and Octávio Ianni, to deal with the same theme in Southern Brazil. The region was omitted from the first Unesco research. The states of Paraná and Santa Catarina were put in charge of Octávio Ianni, the last one shared with Fernando Henrique Cardoso. Even the main goal of the research was to prove prejudice among Black and White in Southern Brazil Ianni was astonished to find out that there was also prejudice against immigrant poles and their descendants in the city of Curitiba, capital of the state of Paraná. Ianni began to investigate the theme and published later few articles about that where He tried to explain the unexpected prejudice. To investigate further the phenomenon, He prepared a project plan and published it. Unhappily, this new research was never accomplished. <![CDATA[Um livro descolonizado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000300827&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Após a pesquisa da Unesco sobre relações raciais no Brasil, Florestan Fernandes organizou e liderou uma jovem equipe para tratar do mesmo tema. A preferência recaiu então sobre os estados da Região Sul do Brasil, que não tinham feito parte da pesquisa original. Escolhidos por Florestan Fernandes, Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira e Octávio Ianni fizeram parte dessa equipe. Na distribuição dos estados, coube a Ianni o Paraná e Santa Catarina, esse último conjuntamente com Fernando Henrique. Embora o objetivo da pesquisa fosse demonstrar a existência de preconceito nas relações raciais naqueles estados, Ianni ficou surpreso em descobrir também um novo preconceito, dessa feita contra imigrantes poloneses e seus descendentes, na cidade de Curitiba, capital do Paraná. Ianni investigou inicialmente a questão e publicou alguns artigos a respeito, nos quais tentou explicar o inesperado preconceito. No intuito de dar continuidade e investigar mais a fundo o fenômeno, elaborou e publicou um projeto de pesquisa sobre o tema que, contudo, nunca veio à luz.<hr/>Abstract After the Unesco research about racial relations in Brazil, Florestan Fernandes headed a new team of young Brazilian sociologists, composed by Fernando Henrique Cardoso, Roberto Jardim Moreira and Octávio Ianni, to deal with the same theme in Southern Brazil. The region was omitted from the first Unesco research. The states of Paraná and Santa Catarina were put in charge of Octávio Ianni, the last one shared with Fernando Henrique Cardoso. Even the main goal of the research was to prove prejudice among Black and White in Southern Brazil Ianni was astonished to find out that there was also prejudice against immigrant poles and their descendants in the city of Curitiba, capital of the state of Paraná. Ianni began to investigate the theme and published later few articles about that where He tried to explain the unexpected prejudice. To investigate further the phenomenon, He prepared a project plan and published it. Unhappily, this new research was never accomplished.