Scielo RSS <![CDATA[Sociedade e Estado]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-699220160005&lang=pt vol. 31 num. SPE lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Sociedade e Estado: uma contribuição às ciências sociais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500907&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Relato de pesquisa: o nascimento de uma revista acadêmica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500917&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Três olhares, um só foco: a sociologia na Universidade de Brasília]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500921&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<em>Sociedade e Estado (S&E)</em>: trinta anos de produção científica e pioneirismo na difusão do conhecimento em sociologia no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500939&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Habermas e Heidegger: uma discórdia filosófica. Reflexões sobre os <em>Cadernos negros</em> de Heidegger]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500955&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Entre a educação e a ciência: um percurso acadêmico-institucional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500969&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[A ciência como vocação: prática e objeto de estudo]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500981&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[Planejamento urbano, arquitetura e urbanismo: a serviços de uma outra geografia? Brasilmar Ferreira Nunes (em memória)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000500989&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O presente artigo trata de um escrito inacabado e inédito de autoria de Brasilmar Ferreira Nunes, falecido em abril de 2016. O objetivo de suas reflexões é mostrar como a nova e íntima associação entre planejamento urbano, urbanismo e arquitetura vem se destacando nas metrópoles, notadamente naquelas do Oriente e Oriente Médio, regiões do globo onde, por razões estratégicas e econômicas, o capitalismo vem se consolidando de forma hegemônica. Ao reconhecer a importante contribuição analítica de Brasilmar Nunes, Christiane Girard introduz o texto, salientando traços da trajetória deste sociólogo que tanto influiu na sua produção acadêmica. Norma Lacerda, por sua vez, finaliza chamando a atenção sobre o ineditismo do artigo e comentando sobre a diversidade de temas por ele abordados.<hr/>Abstract This article is an unpublished and unfinished work written by Brasilmar Ferreira Nunes, who died in April 2016. The purpose of his reflections is to show how the new and intimate association between urban planning, urbanism and architecture has been prominent in the metropolis. Especially those in the East and Middle East, regions of the globe where, for strategic and economic reasons, capitalism has been consolidating in a hegemonic way. Recognizing the important analytical contribution of Brasilmar Nunes, Christiane Girard introduces it, highlighting traces of the trajectory of this sociologist who influenced both his academic production. Norma Lacerda, in turn, ends by drawing attention to the novelty of the text and commenting on the diversity of themes addressed by it. <![CDATA[Universidade de Brasília: filha da utopia de reparação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000501003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo trata da criação da Universidade de Brasília e do protagonismo de Darcy Ribeiro nesse empreendimento. Três momentos na historia da universidade marcam sua narrativa correspondentes a três tempos que ritmaram a criação da universidade: tempo da utopia; tempo do gabinete; tempo da distopia.<hr/>Abstract The article deals with the foundation of the University of Brasilia and Darcy Ribeiro's impact in it. It identifies three moments in the history of the University, corresponding to three different timings in the University's trajectory: utopia times, bureaucracy times, and dystopia times. <![CDATA[A teoria marxista da dependência: papel e lugar das ciências sociais da Universidade de Brasília]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000501029&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Propõe-se, neste artigo, analisar a contribuição da produção social de quatro intelectuais que trabalharam nos primórdios da Universidade de Brasília com relação à teoria marxista da dependência. São utilizados textos e memoriais produzidos à época e duas entrevistas realizadas recentemente, além da bibliografia sobre o assunto. Encontrou-se evidência de que a Universidade de Brasília foi lugar de embate teórico travado entre funcionalismo e marxismo, da necessidade de fundamentar a produção analítica dos intelectuais com o aporte metodológico e teórico do marxismo, da realização da crítica sobre a concepção da relação entre países que fazem parte do sistema mundial como desenvolvidos e subdesenvolvidos, sem com isso envolver uma relação de exploração, embora se tenha encontrado nos textos referências e raízes de elementos da teoria da dependência, tal como o mecanismo da exploração redobrada pela burguesia nacional e pelo capital internacional. O artigo destaca a formação militante de pelo menos três dos quatro intelectuais nas fileiras da Organização Revolucionária Marxista - Política Operária (Polop) e sua influência sobre a atuação política e a necessidade da revolução socialista.<hr/>Abstract It is proposed in this paper to study the contribution of four intellectuals, who worked in the beginnings of the University of Brasilia, Brazil, to the marxist theory of dependency. Texts and memorials written by them as well as two interviews recently made are used as sources of information, besides the usual bibliography about the subject matter. Evidence was found that the University of Brasilia has been the place for theoretical disputes between structural functionalism and marxism, for the need to lay foundations for the analytical production of these intellectuals with the methodological and theoretical contributions of marxism, for making the criticism of the conceptions of the relations between countries that are part of the world system as developed and underdeveloped, without implicating a relation of exploitation among them, while the references of a general formulation of the theory of dependency were more as roots and beginnings, there including the mechanism of a double exploitation, either by the national bourgeoisies or by the international capitals. The paper indicates the militant formation of at least three of the four intellectuals in the ranges of Polop (Marxist Revolutionary Organization - Proletarian Politics) and its influence over political action and over the need of a socialist revolution, <![CDATA[Sociologia e história na obra de José de Souza Martins]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000501051&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo O autor analisa a sociologia de José de Souza Martins, centrando a atenção em sua perspectiva teórica e seu método dialético. Martins escolhe como objeto aquilo que está à margem da sociedade e das ciências sociais, como, por exemplo, o destino das populações rurais, os sonhos dos trabalhadores das grandes cidades, a aparição do demônio numa fábrica e a vida cotidiana do homem simples. Discípulo de Florestan Fernandes, Martins dialoga com Marx e Lefebvre, dos quais toma duas noções fundamentais: a de menos-valia e a de resíduo. O autor deste artigo destaca que essas duas noções, aparentemente insignificantes, são a chave para compreender a contribuição de Martins. Na sociologia de Martins, o que está à margem e que é liminar não apenas é um tema como também, e principalmente, um recurso metodológico.<hr/>Abstract In this paper, the author examines the sociology of José de Souza Martins by focusing on his theoretical perspective and dialectical method. Martins addresses what is on the edge of society and the Social Sciences, which includes, for instance, the fate of rural people, the dreams of workers in large cities, the apparition of the devil in a factory, and the everyday life of ordinary men. Disciple of Florestan Fernandes, Martins establishes a dialog with Marx and Lefebvre from whom two essential notions are taken: those of capital loss and residue. The author of this article points out that these two notions, seemingly insignificant, are key to understanding the contribution of Martins. In Martins' Sociology, what is in on the edge is not just a theme, but it is also and primarily a methodological resource. <![CDATA[O que as teorias do reconhecimento têm a dizer sobre as manifestações de rua em 2013 no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922016000501071&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este artigo tem como objetivo discutir as teorias do reconhecimento como instrumental para a análise das manifestações de rua ocorridas no Brasil em junho de 2013. Examina três autores: Nancy Fraser, Axel Honneth e Judith Butler, descrevendo os pontos centrais da teoria do reconhecimento de cada um deles, para assim apontar as possibilidades e os limites de sua aplicação no estudo em pauta. A hipótese que norteia o artigo é a seguinte: nas manifestações de rua de 2013, a ausência de sujeitos coletivos organizados caracterizou uma condição de dispersão e fragmentação, resultando em uma demanda por reconhecimento antipolítica e individualizada. Tendo em vista esse cenário, chegou-se à conclusão de que as teses de Judith Butler sobre reconhecimento foram as que se mostraram mais apropriadas à análise dos eventos.<hr/>Abstract This article aims to discuss the theories of recognition as instruments for analysis of street demonstrations that took place in Brazil in June 2013. It examines three authors: Nancy Fraser, Axel Honneth and Judith Butler, describing the central points of the theory of recognition of each one of them, in order to point out the possibilities and limits of its application in the study at hand. The hypothesis that guides the article is as follows: in the 2013 street demonstrations, the absence of organized collective subjects featured a dispersion and fragmentation condition, resulting in a demand for anti-political and individual recognition. Given this scenario, the article concludes that Judith Butler's theses on recognition were the ones that were more appropriate to the analysis of events.