Scielo RSS <![CDATA[Psicologia & Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-718220080001&lang=en vol. 20 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Emotional consequences of referee's mistake among soccer players</b>: <b>exploratory study</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en L'objet de cette étude était de mettre en évidence, à travers le discours de footballeurs, l'impact émotionnel des erreurs d'arbitrage. Cent trois footballeurs âgés de 15 à 56 ans ont rempli la version française du Buss-Perry Aggression Questionnaire, et participé à un entretien semi-directif de vingt à trente minutes environ au cours duquel il leur était proposé six situations représentatives du croisement de deux variables: nature de l'erreur d'arbitrage (x3) et répétition de la situation (x2). Les participants devaient dire ce qu'ils ressentaient dans chacune des situations. Les résultats principaux montrent que les erreurs d'arbitrage sont génératrices de sentiments d'énervement, de colère et d'injustice, et ce d'autant plus qu'elles se répètent. Toutefois, les erreurs de type faux positif ne s'accompagnent pas des mêmes réactions émotionnelles et comportementales que les erreurs de type faux négatif. Ces différences ont été interprétées au regard du décalage de rapport de contrainte entre les acteurs.<hr/>O objetivo deste estudo foi questionar, através do discurso de jogadores de futebol, o impacto emocional dos erros de arbitragem. Cento e três jogadores de futebol com idade entre 15 a 56 anos preencheram a versão francesa do Buss-Perry Aggression Questionaire, e participaram de uma entrevista semi-dirigida durante 20 a 30 minutos acerca da qual era-lhes proposto seis situações representativas do cruzamento de duas variáveis: natureza do erro de arbitragem (x3) e repetição da situação (x2). Os participantes deviam dizer o que sentiam em cada uma das situações. Os resultados principais mostram que os erros de arbitragem são geradores de sentimento de enervamento, de cólera e de injustiça e, aumentando na medida em que se repetem. No entanto, os erros de tipo falso positivo não se acompanham das mesmas reações emocionais e comportamentais que os erros de tipo falso negativo. Estas diferenças foram interpretadas a partir do desacordo que surge da relação de oposição entre os atores.<hr/>The aim of this study was to question emotional consequences of referee mistakes, by the mean of interviews of soccer players. One hundred and three soccer players have taken part in the study. Participants were 15 to 56 years old. They have fulfilled the French version of the Buss-Perry Aggression Questionnaire and taken part to a twenty to thirty minutes semi-directing-interview. The interview was structured around six situations that reflected the crossing of two variables: the kind of referee's decisions (x3) and the repetition of the situation (x2). It was asked to participants what they felt in each of these situations. The main results showed that the referee's mistakes generated feelings of irritation, anger and the perception of injustice. These feelings occurred all the more as referee's mistakes were repetitive. However, false positive mistakes and false negative mistakes were different in their consequences both on feelings and on behaviors. These differences were questioned as regard to the differences in coercion relations between theses actors. <![CDATA[<b>Violences and subjectivities</b>: <b>the contemporary individual</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo da relação violências e subjetividades é bastante complexo, tanto em função das muitas acepções da violência na sociedade quanto pelas suas especificidades e diferentes implicações relacionais na construção das individualidades. Entendi a privação como sendo a acepção comum a todos os processos de violência e identifiquei a intervenção dos mecanismos cruéis da violência de Estado sob o Capital como um importante articulador da violência na sociedade contemporânea. A violência social, enquanto violência simbólica, é apreendida nesse estudo com a ajuda da Teoria Crítica, de Theodor Adorno, e da Psicanálise, e quando internalizada pelas subjetividades nos processos de identificação projetiva e introjetiva. São examinadas as técnicas de encobrimento e de banalização da violência na sociedade assim como aquelas que produzem a estandardização e conformação dos indivíduos com a conseqüente deteriorização dos diferentes processos psíquicos.<hr/>The relationship between violence and subjectivities is a highly complex issue due to the several meanings given by society and to its specificities and different relational implications in an individual's construction. Privation is the most commonly accepted meaning in all processes of violence and the intervention of violent mechanisms practiced by the State within the capitalist regime as one of the main articulator of violence within contemporary society. Social violence, as symbolical violence, is analyzed according to Adorno's Critical Theory and to Psychoanalysis while internalized by the subjects within the projection and introjection processes. Techniques of covering up and trivializing violence in society are investigated as much as those that lead towards standardization and conformity of individuals with the subsequent deterioration of different psychic processes. <![CDATA[<b>From bullying to prejudice</b>: <b>the challenges from barbarism to education</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste artigo é realizar uma análise crítica de um tipo de violência escolar que vem sendo estudado no Brasil nos últimos anos, denominado bullying. Para isso, apresenta inicialmente seu conceito, a descrição dos comportamentos enquadrados, suas classificações, causas e determinantes. Por meio da crítica à razão instrumental realizada principalmente por Adorno e Horkheimer, denuncia-se como o conceito de bullying pertence a uma ciência pragmática que atende à manutenção da ordem vigente ao invés de colaborar para a emancipação dos indivíduos. Por fim, ao apresentar o conceito de preconceito aponta que se trata do mesmo fenômeno e que, como indicado pelos autores da Escola de Frankfurt, não deve ser combatido via imperativos morais, mas pela reconstituição da capacidade de experienciar nas diversas relações sociais vividas.<hr/>The aim of this article is to achieve a critical analysis on one kind of school violence, called bullying, that has been studied in Brazil in the last couple of years. To do this, it begins introducing the concept of bullying, description of typical behaviors, its inner classifications, causes and determinants. By using critique to instrumental reason made by Adorno and Horkheimer, it reveals how the concept of bullying concerns to one pragmatic science that answers to a status quo instead of collaborating to the individual's emancipation. Finally, it shows the concept of prejudice and concludes that both are the same phenomenon, and as indicated by the authors of Frankfurt School, must not be combated with moral imperatives, but by the reconstitution of the capacity to have experiences in the various social relationships lived. <![CDATA[<b>Every child has family</b>: <b>a child in street situation too</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo buscou descrever as características das famílias dos jovens que vivem em situação de rua a partir das percepções desses. Entrevistas semi-estruturadas qualitativas foram aplicadas individualmente com 17 jovens, com idades entre 11 e 16 anos (M=14, 05; DP=1,24), de ambos os sexos. As entrevistas permitem a compreensão da dinâmica dos fatores de risco que facilitam a ida dos jovens para a vida na rua. A existência de crianças na rua não implica a inexistência da família. Todos os participantes possuíam vínculos com suas famílias, mesmo que frágeis. Apenas cinco participantes voltavam para suas casas todos os dias. Uma variedade de configurações familiares foi descrita pelos jovens. Famílias reconstituídas foram apontadas por 41% dos participantes e famílias monoparentais, chefiadas por mulheres, por 35%. Identificou-se que a mulher cuidadora tem grande importância dentro da estrutura familiar desta população. Contrastando essa realidade, 58% dos entrevistados afirmam não conhecer o pai biológico. O número de irmãos que possuem nas suas casas varia entre um e 12 (M=5, 69; DP=3,07). A maioria dos pais não possui atividade laboral, ou trabalha em atividades informais. Para ajudar no sustento da família, muitos jovens iniciam o trabalho nas ruas. A violência, a pobreza, a adversidade, os problemas sociais, afetivos e econômicos parecem ter um importante papel na dinâmica e na configuração das famílias dos jovens em situação de rua. É necessário oferecer oportunidades para promover a resiliência dessas famílias.<hr/>The study aims to describe the family characteristics of street situation youths from the perception of these youngsters. Individual and qualitative semi-structured interviews with seventeen youths, aged between 11 and 16 years (M=14,05; DP=1,24), of both sexes, were conducted. It was an opportunity for understanding the dynamic interplay of risk factors that move youngsters to street life. First, the fact of being on the street does not imply the absence of a family. Children and adolescents enrolled in the study had ties with their families, even when they perceive it as a very fragile one. Only five participants would go back home every day. The participants described a variety of family configurations. Remarriage was pointed out by 41% and 35% mentioned a monoparental family configuration, led by a woman. Women who take care of the household are of great importance in this population's family structure. In contrast, 58% did not know who their fathers are. The number of siblings varied between one and 12 (M=5,69; DP=3,07). The majority of parents were unemployed or involved in informal labor. In order to supplement the family income many children start to work on the streets. Violence, poverty, adversity, associated with social, affective, and economical problems seems to play an important and dynamic role in shaping families characteristics of street youths. It is necessary to offer opportunities to promote resilience for these families. Women had an essential role in family care, and may be a powerful link for development. <![CDATA[<b>The learning of attention and pedagogic and informational subjectivities</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo tem como objetivos precípuos: apresentar e discutir as formas de atenção e suas relações com a aprendizagem na contemporaneidade, buscando fazer aproximações com duas formas de construção subjetivas: a pedagógica e a informacional. Pretende-se apresentar, em seguimento, os resultados de um estudo piloto realizado em uma primeira série do ensino fundamental. O objetivo da pesquisa foi estudar os modos de atenção dispensados por alunos e professores durante o processo de ensino e aprendizagem e analisar seus desdobramentos. O estudo sugeriu que a sala de aula pode ser um espaço de aprendizagem de um modo de atenção aberto à invenção, a medida que se torna possível experimentar, principalmente, o acolhimento do inesperado, que surge num momento de ruptura do foco atencional, e a instalação de uma dinâmica de atuação comunicativo-dialógica-interacional, que implica na valorização do pensamento e do princípio de co-operação.<hr/>The main goal of this paper is to discuss the ways attention has been understood and its relations with learning in the contemporary world, by trying to relate it with two ways of subjective constructions: the pedagogic and the informational. Following is the presentation of the results of a pilot study done with the first grade of a grammar school. The purpose of the research was to study the ways attention was experienced between students and teachers during the learning process and analyze its development. It suggested that the classroom could be a space of learning of an attention open to invention as long as it is possible to experience the sudden reception that emerges from a rupture of the focus. Also, it suggested the need of a dialogical dynamics of communication based on the principle of interaction and co-operation. <![CDATA[<b>Psychosocial intervention in health and the psychologist's qualification</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo discute os temas "intervenção psicossocial" e "formação do psicólogo", a partir de um estudo de caso de uma experiência de intervenção desenvolvida numa escola do município Belo Horizonte, como uma ação da atenção básica em saúde. Apresenta a descrição detalhada do processo de intervenção, que teve duração de três anos. Conjuntamente, desenvolve a análise dessa experiência em diálogo com conceitos oriundos da análise institucional e da obra de Foucault. Enfatiza a função do interventor como coadjuvante de um processo, que tem como protagonista maior o próprio coletivo local, em detrimento das narrativas mais freqüentes que o descrevem como especialista que "vem de fora", favorecendo o fortalecimento da autonomia e autogestão desse coletivo. Discute também a importância de uma formação que aglutine as contribuições tanto do campo da psicologia clínica quanto da psicologia social, favorecendo o desenvolvimento de competências e habilidades plurais, para atuação em novas áreas.<hr/>This paper discusses the topics of psychosocial intervention and the psychologist's qualification, analyzing a case study of an intervention experience developed in a school of Belo Horizonte as an action of primary care in public health. It presents a detailed description of the intervention process during three years of work. Concomitantly, it develops an analysis of this experience in dialoguing with concepts from institutional analysis and Foucault's work. It emphasizes the function of the intervener as a support role in the process, the local collective being the major protagonist, despite the frequent narratives that describe him as an "outsider" specialist with the task of empowering the group's autonomy and self-management. It discusses as well the importance of a qualification that brings together contributions from the field of clinic psychology and social psychology, favoring the development of multiple competencies and abilities for new areas of work. <![CDATA[<b>Transexuality</b>: <b>body, subjectivity and collective health</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo discute o atendimento a pacientes transexuais na rede pública de saúde, a partir de uma pesquisa exploratória realizada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ), com transexuais que procuraram atendimento com o objetivo de realização de cirurgia de transgenitalização. Observa-se que a transexualidade se caracteriza por uma condição de intenso sofrimento. Esta experiência se dá não apenas por uma percepção de não pertencimento ao sexo dito biológico, mas, sobretudo, pela precariedade social proveniente da não aceitação desta condição por parte da normatividade cultural vigente. Para além das questões subjetivas mais singulares, esta problemática revela fundamentalmente a insuficiência da nossa categorização sexual, e demonstra como os sistemas classificatórios de sexo e gênero utilizados pelos especialistas se constituem através de uma operação de exclusão. Sendo assim, considera-se que mesmo que, conjunturalmente, o diagnóstico de transtorno de identidade de gênero possibilite o acesso ao tratamento público, não se pode deixar de questionar os efeitos desta normalização.<hr/>The article discusses health assistance given to transexual patients at public hospitals, based on in-house research carried out at the Hospital Universitário Clementino Fraga Filho of the Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ), where these patients seek medical assistance with the purpose of having transgenital surgery performed. Observations demonstrate that transexuality is characterized by a condition of severe suffering. This is an experience that comes from the individual's awareness of not pertaining to its biological gender, but, above all, by the social unsafeness that comes from society not accepting this condition due to current cultural norms. Beyond the boundaries of the more singular and subjective issues, this situation reveals, in profound detail, the insufficiency of our sexual categorization, and illustrates how the categorization system of sex and gender utilized by specialists is based on exclusion. Hence it is argued that even within the context, the diagnosis of gender identification disorder permitting the access to public treatment, one ought not to cease questioning the effects of this normalization. <![CDATA[<b>Between "theotherapies" and "seculartherapies"</b>: <b>therapeutic communities in Colombia and models of individuals</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artículo, reflexiona sobre los dilemas planteados en el ámbito de las identidades individuales en contextos modernos de relaciones sociales. Para dar curso a esta reflexión, tomo como espacio de análisis las comunidades terapéuticas para la "rehabilitación" de usuarios de drogas - denominados comúnmente como "drogadictos"-, quienes debido a su singularidad identitaria, considerada como interdictada a partir de ciertos valores sociales y éticos de la sociedad mayor, se articulan en estos espacios de "cura" individual, buscando transformar su estigma social. Dos orientaciones ideológicas median la relación comunidad terapéutica/"adicto en recuperación". Una de carácter religiosa cristiana y la otra, que denomino laica. Desde estas dos orientaciones, las comunidades terapéuticas elaboran proyectos de sujetos sociales procurando responder a los dilemas de la sociedad moderna.<hr/>This paper focuses on the dilemmas that occur in the field of individual identities in modern contexts of social relations. In order to carry out this reflection, the focus of analysis is the therapeutic communities for the "rehabilitation" of drug dependents, frequently nominated as "drug addicts". Drug dependents, due to their particular identity, configured by certain social and ethic values as prohibited, orient themselves within these spaces of individual cure, aiming to transform their social stigma. Ideological orientations mediate the relationship between the therapeutic community and the "addict in recuperation". One of these is of a Christian religious nature and the other is referred to in this article as secular. From these orientations the therapeutic communities elaborate projects of social subjects, seeking to answer the dilemmas of modern society. <![CDATA[<b>Drug dependency and social psychology</b>: <b>a study on the meaning of therapeutic workshops and the use of drugs from the theory of identity</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta os resultados da dissertação de mestrado que teve como proposta a investigação do sentido da oficina terapêutica de teatro para uma pessoa acompanhada no ambulatório de tratamento da dependência química do município de Diadema, SP. Para isso partiu-se da Psicologia Social e do conceito de identidade como categoria central de análise, propondo entender o fenômeno não apenas no seu aspecto instrumental, mas sim em todo o contexto no qual o indivíduo usuário de substâncias psicoativas está inserido, nos conflitos da tradição versus modernidade, do mercado de consumo, dos diagnósticos e tratamentos. Com tal abordagem, pretende-se apresentar uma contribuição tanto teórica, quanto política. A pesquisa foi realizada a partir da narrativa da história de vida da participante, que foi gravada e transcrita com o consentimento da entrevistada. Finalmente, o presente trabalho tece algumas reflexões sobre a questão das drogas e da possibilidade de metamorfose por meio da oficina terapêutica de teatro, assim como oferece subsídios para discutir as identidades pós-convencionais e as possibilidades de emancipação.<hr/>This paper presents the results of a Master's dissertation that investigated the meaningof the therapeutic theater workshop for a person who has been treated at the ambulatory of drug dependency in the city of Diadema, SP. To do so, our analysis is centered on categories of Social Psychology and the concept of Identityn considering to understand the phenomenon not only in its instrumental aspect, but, the context as a whole, in which the individual that uses psychoactive substances is inserted, in the conflicts between tradition vs. modernity, in the consumer market of diagnosis and treatments; with such an approach, proposing a theoretical as much as a political contribution. The research was carried out from the narrative of the participant's life history, which was recorded and transcripted with the consent of the interviewed. Finally, this work weaves some reflections on the question of drug usage and the possibility of change through the therapeutic theater workshop, as well offering subsidy to discuss post-conventional Identities and the possibilities of emancipation. <![CDATA[<b>New cinema, new madness?</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O texto tem como objetivo discutir a relação do cinema com a produção de subjetividade. No seu nascimento, o cinema apontou para o nascimento de um novo regime de sensibilidade, estabelecendo relações transversais entre corpo, tecnologia e certa exploração da loucura, como uma modulação da produção do sujeito. No contemporâneo, cabe questionar se o cinema não tem sido um dispositivo das instituições de si no momento em que a loucura e a doença desfizeram seus laços.<hr/>The objective of this text is to discuss the relationship of cinema with the production of subjectivity. At its birth, cinema pointed towards the birth of a new regime of sensibility, establishing transverse relationships among body, technology and a certain exploitation of madness, as a modulation of the production of the subject. In the contemporary it fits to question if cinema has not been a device of the institutions of itself at the time when madness and disease undid their bows. <![CDATA[<b>Woman's social representations in the hip-hop movement</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute as representações sociais da mulher construídas pelo movimento hip hop. Este movimento constitui-se como uma possibilidade de manifestação política de jovens, bem como uma possibilidade de produção artística que, se inicialmente esteve mais presente em espaços não institucionalizados e voltados para a população que vive na periferia, atualmente é consumido por jovens de camadas econômicas distintas. A participação de mulheres, porém, ainda não é significativa (ainda que existam mulheres participando) e ouve-se frequentemente músicas (ou raps) que veiculam imagens negativas da mulher. Este estudo, portanto, analisa as representações sociais da mulher que estão presentes em letras de rap, problematizando como estas representações constroem, socialmente, modos de "ser" mulher.<hr/>This paper discusses woman's social representations constructed by the hip-hop movement. This movement constitutes a possibility of younger generations to politically manifest themselves, as well as a possibility of artistic production that at the start was more present in non-institutionalized spaces and aimed at the populations living in marginal districts, it is now being currently consumed by youths of distinct social classes. However, the participation of women has not been significant (even though there are women taking part), and frequently negative images of women are conveyed from these songs (or raps). Thus, this study analyses the woman's social representations which are in rap lyrics, querying how such representations have built social ways of "being" a woman. <![CDATA[<b>The psychodynamics of work of musicians of a blues band</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo apresenta dados de uma pesquisa que levantou as vivências de prazer e sofrimento de cinco componentes de uma banda de blues, e o trabalho como construtor de identidade por meio do discurso de profissionais: uma banda de blues com renome no mercado fonográfico da região Centro-Oeste do Brasil. O delineamento deste estudo privilegiou os preceitos "dejourianos" como perspectiva norteadora de prazer e sofrimento. Os dados coletados através de entrevistas foram tratados por meio da Análise Gráfica do Discurso de Lane (1985). Como resultados, emergiram categorias relacionadas à percepção que tinham sobre: as condições de trabalho, as relações de trabalho, organização de trabalho, as vivências de prazer e sofrimento no trabalho e as estratégias de enfrentamento. Como indicadores de prazer e sofrimento, foram citados: a dupla jornada de trabalho, o sentido do trabalho de criação vinculado á arte e o preconceito social que enfrentam pelo fato de ser artista e trabalhar à noite.<hr/>This article presents the results of a research that was carried out with blues band musicians in the center-west region of Brazil. It seeks to learn about the suffering and pleasure experiences of the five components of this blues band, which is famous in the region. The delineation of this study had privileged the concepts developed by Dejours as a guideline, focusing on the pleasure and suffering experiences. Data had been collected by interview and had been treated by Lane's Graphic Analysis of Speech. The results indicate pleasure and suffering experiences as: double work journey, sense of work as a creative one and related to art, and social prejudice for being artists and working at night. Categories related to the musicians' perceptions had also emerged involving work conditions, work relations, organization, pleasure and suffering experiences and strategies of confrontation. <![CDATA[<b>Nor creators, nor creatures</b>: <b>we were becoming in the productions of different knowledges</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho fala de um relato sobre os jovens pobres inscritos em uma experiência de formação profissional em uma unidade militar no Rio de Janeiro. Pretendemos apontar como a instauração de uma pesquisa em devir, implicada com outro modo de conhecer, era a expressão das rupturas, das intensidades, dos atravessamentos, da recusa à neutralidade, sobre o saber e o fazer da psicologia e da educação, e que nos constituía no instante da pesquisa. Tomamos, como referente na produção de um modo sensível de pesquisar, alguns conceitos-ferramentas da Análise Institucional, fundamentais para pôr em análise este estabelecimento militar que atravessa e produz um "modo-jovem-trabalhador". Destacamos, expressivamente, que a produção de conhecimento se deu no momento em que tentávamos desconstruir saberes e práticas que os jovens experimentavam no projeto, objetivando potencializar sentidos múltiplos, diversos, a partir do diálogo, da experiência e dos encontros potentes com eles. O diário de campo, uma das ferramentas da Análise Institucional, ao traduzir o cotidiano denso trazido pelos jovens, nos permitiu o registro de memória sobre tantas vidas, não apenas a nossa, também a dos educadores e a dos responsáveis pelo projeto.<hr/>The present work discusses a report on poor youngsters registered in a vocational training experience at a military unit in Rio de Janeiro. We intend to show how the instauration of a research, implied with another manner of knowing, was the expression of ruptures, intensities, de-centering, refusal of neutrality, about the knowing and making of psychology and education, and which constituted us as the research was carried out. As reference in the production of a sensitive way of doing research, we use some concept-tools from Institutional Analysis to analyze this military academy that de-centralizes and produces "young-worker-mode". Highlighting, expressively, that the production of knowledge occurred when we attempted to deconstruct knowledge and practices which the youngsters experimented in the project, aimed to potentialize multiple and diverse meanings, on the basis of dialogue, experience and the potent meetings we had with them. The field notebook, one of Institutional Analysis' tools, by registering the dense daily life of youngsters, enabled us to record the memory of so many lives, not only ours, but of the educators too and of those in charge of the project. <![CDATA[<b>Sustainable development</b>: <b>a discourse about the relation between development and nature</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trata-se do estudo de definições de desenvolvimento sustentável, elemento fundamental de repertórios interpretativos para a relação entre desenvolvimento e natureza. As definições respondiam a um questionário aplicado a 355 estudantes de vários cursos de uma universidade federal. Realizou-se uma análise de conteúdo que buscou a concepção de natureza e sua relação com desenvolvimento nessas definições. Foram encontradas três matrizes discursivas: (a) "economicista") - a necessidade de desenvolvimento subordina a necessidade de preservação da natureza, cujo sentido é "recursos naturais"; (b) discurso "bem intencionado" - a necessidade de desenvolvimento subordina a de preservação da natureza, cujo sentido é "fragilidade"; (c) "esvaziado" - desenvolvimento e natureza são disjuntos. Conclui-se sobre a importância do estudo da atribuição de significado à natureza para explicar como as pessoas pensam a relação entre desenvolvimento e natureza, e sobre como essas matrizes discursivas podem justificar práticas sociais.<hr/>This study presents the analysis of definitions of sustainable development, as a basic element of interpretative repertoires for the relation between development and nature. Three hundred and fifty five students of several courses of a federal university answered a questionnaire, providing the definitions, thereafter submitted to content analysis to examine the concept of nature and its relation with development. Three discursive matrixes were found: (a) the "economic bias" one - the necessity of development subordinates the need of nature preservation nature is a "natural resources"; (b) the "good intentions" discourse - the necessity of development subordinates the necessity of preservation - nature is "fragility"; (c) the "empty" - one development and nature are separate. It is concluded that the attribution of meaning to nature is important to explain how people think about the relation between development and nature, and that these discursive matrixes may justify social practices. <![CDATA[<b>Resenha</b>: <b>Salem, T. (2007). <i>O casal grávido: disposições e dilemas da parceria igualitária</i></b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trata-se do estudo de definições de desenvolvimento sustentável, elemento fundamental de repertórios interpretativos para a relação entre desenvolvimento e natureza. As definições respondiam a um questionário aplicado a 355 estudantes de vários cursos de uma universidade federal. Realizou-se uma análise de conteúdo que buscou a concepção de natureza e sua relação com desenvolvimento nessas definições. Foram encontradas três matrizes discursivas: (a) "economicista") - a necessidade de desenvolvimento subordina a necessidade de preservação da natureza, cujo sentido é "recursos naturais"; (b) discurso "bem intencionado" - a necessidade de desenvolvimento subordina a de preservação da natureza, cujo sentido é "fragilidade"; (c) "esvaziado" - desenvolvimento e natureza são disjuntos. Conclui-se sobre a importância do estudo da atribuição de significado à natureza para explicar como as pessoas pensam a relação entre desenvolvimento e natureza, e sobre como essas matrizes discursivas podem justificar práticas sociais.<hr/>This study presents the analysis of definitions of sustainable development, as a basic element of interpretative repertoires for the relation between development and nature. Three hundred and fifty five students of several courses of a federal university answered a questionnaire, providing the definitions, thereafter submitted to content analysis to examine the concept of nature and its relation with development. Three discursive matrixes were found: (a) the "economic bias" one - the necessity of development subordinates the need of nature preservation nature is a "natural resources"; (b) the "good intentions" discourse - the necessity of development subordinates the necessity of preservation - nature is "fragility"; (c) the "empty" - one development and nature are separate. It is concluded that the attribution of meaning to nature is important to explain how people think about the relation between development and nature, and that these discursive matrixes may justify social practices.