Scielo RSS <![CDATA[Psicologia & Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-718220090002&lang=pt vol. 21 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Editorial</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Genealogia do biopoder</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do presente artigo, é rastrear os elementos, as questões e problematizações que possibilitaram à Michel Foucault, a elaboração dos conceitos de biopoder, biopolítica, governamentalidade e segurança. Pretendemos neste trabalho, investigar a genealogia do biopoder e da biopolítica, buscando retraçar nas reflexões de Foucault, em torno da medicalização da sociedade e da extensão do poder médico, no período 1974-1976, especialmente nas conferências da UERJ, todo um questionamento que preparava a emergência das noções de biopoder e biopolítica, tal como foram propostas por ele em 1976. Podemos supor que a articulação feita por Foucault, entre a medicalização da sociedade e o governo da vida foi uma das condições que tornaram possível a emergência da hipótese do biopoder.<hr/>The objective of the present paper is to trace the elements, the questions and problematizations that rendered possible to Foucault the elaboration of the concepts of biopower, biopolitics, governmentality and security. In this work we intend to investigate the genealogy of biopower and biopolitics, seeking to retrace in Foucault's reflections around the medicalization of society and the extension of medical power - in the period 1974-1976, especially in the lectures at UERJ - the questioning that prepared the emergence of the notions of biopower and biopolitics, as proposed by him in 1976. We can suppose that the articulation made by Foucault between the medicalization of society and the government of life was one of the conditions that rendered possible the emergence of the hypothesis of biopower. <![CDATA[<B>A cartografia e a relação pesquisa e vida</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho tem como objetivo apresentar reflexões acerca da cartografia, método de pesquisa fundamentado nas ideias de Gilles Deleuze e Félix Guattari, e que vem sendo utilizado em pesquisas de campo para o estudo da subjetividade. Inicialmente, são apresentados os métodos de pesquisa em Psicologia, baseados no paradigma moderno, que possui como sustentáculos a razão, a objetividade e a busca da verdade. Em um segundo momento, discutimos a complexidade e os impasses atuais da Psicologia, que convocam a necessidade de novos métodos, dentre eles a cartografia. Concluímos que, em uma tentativa de lidar com a complexidade, a cartografia, a partir de uma leitura esquizoanalítica da realidade, sustenta-se na invenção e na implicação do pesquisador, religando a pesquisa com a vida.<hr/>This article intends to present some reflections on cartography, a research method, based on Félix Guattari and Gilles Deleuze's idea, which has been used in field researches in the context of subjectivity studies. Initially, some methods of research used in Psychology are presented based upon the modern paradigm, sustained by reason, objectivity and truth investigation. After that, we discussed the complexity and the Psychology's contemporary dilemma that demands the necessity of other methods, among them the cartography. We concluded that, in an attempt to deal with the complexity, the cartography, based on a squizoanalytical point of view, supports itself on the invention and on the researcher's involvement, connecting research and actual life. <![CDATA[<B>O conceito de "sentido" em Vygotsky</B>: <B>considerações epistemológicas e suas implicações para a investigação psicológica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este artigo objetiva resgatar o conceito de "sentido" como recurso analítico nas investigações psicológicas, a partir de deslocamentos e conexões construídas na história epistemológica das ideias de Lev Vygotsky. Para isso, apresentam-se interlocuções e rupturas desse autor com matrizes de pensamento e correntes psicológicas do início do século XX, o que fornece um panorama das possibilidades até então construídas para a compreensão do conceito de "sentido". Posteriormente, tematizam-se nuanças epistemológicas e metodológicas do tratamento dispensado por Vygotsky ao conceito em questão. Conclui-se que, nessa perspectiva, o "sentido" é concebido como acontecimento semântico particular constituído através de relações sociais, nas quais uma gama de signos é posta em jogo, o que permite a emergência de processos de singularização em uma trama interacional histórica e culturalmente constituída. Salientam-se, por fim, algumas implicações dessa concepção para as investigações psicológicas que abordam as práticas sociais e seus processos de significação.<hr/>This article has the objective of rescuing the concept of "meaning" as analytical resource in the psychological researches from displacements and connections constructed in the epistemological history of lev Vygotsky's ideas. For this, interlocutions and ruptures of this author with thought matrices and psychological chains from the beginning of the 20th century are presented, supplying a panorama of the until then constructed possibilities for understanding the concept of "meaning". Later, epistemological and methodological tones of the treatment excused by Vygotsky to the concept in question are discussed. It is concluded that, in this perspective, "meaning" is conceived as consisting as particular semantic event through social relations in which a gamma of signs is brought to discussion, which allows the emergency of processes of singularization in a plot of interaction culturally and historically constituted. It is pointed out, finally, some implications of this conception for the psychological researches that approach social practices and its processes of meaning. <![CDATA[<B>Materialismo histórico e definição de psíquico</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No Brasil, autores de referência no campo da Saúde Mental e trabalho vêm trabalhando no sentido de demarcar o objeto da Psicologia com base no materialismo histórico, em função de uma série de insuficiências teóricas detectadas na ciência psicológica. Este artigo analisa as fontes teóricas da definição de psíquico utilizada por Codo e colaboradores baseados no materialismo histórico em seus estudos sobre o sofrimento psíquico e trabalho, identifica suas deficiências teóricas e mostra as razões pelas quais os autores não conseguiram superar a noção de psíquico psicanalítica como se propuseram. Indica, por fim, uma hipótese teórica baseada na definição de práxis, para um avanço na compreensão das relações entre sofrimento psíquico e trabalho que não se reporte a posições metafísicas como fizeram os autores analisados.<hr/>In Brazil, authors of reference in the field of Mental Health and Labour have been working to demarcate the object of Psychology based on historical materialism, according to a series of theoretical shortcomings detected in psychological science. This paper examines the theoretical functions of the definition of psychic used by Codo and collaborators, based on historical materialism in their studies about psychic suffering and work, and mean to identify its theoretical shortcomings, and show the reasons why the authors failed to overcome the notion of psychic psychotherapy as proposed. Finally, indicates a theoretical hypothesis based on the definition of praxis for a breakthrough in the understanding of the relationship between psychic suffering and work that does not carry the metaphysical positions as did the authors analyzed. <![CDATA[<B>Sofrimento psíquico no trabalho contemporâneo</B>: <B>analisando uma revista de negócios</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No presente artigo analisou-se como uma revista popular de negócios tem abordado o sofrimento psíquico no trabalho contemporâneo, a partir de uma pesquisa exploratório-descritiva. Para tanto, tomou-se como material de análise doze edições da Revista Você S/A veiculadas no período de julho de 2005 a junho de 2006. Da análise empreendida (Minayo, 1994) emergiram três categorias centrais à temática: as causas do sofrimento; suas consequências para os indivíduos e as organizações; e os indicadores de prevenção e manutenção da saúde. Como resultado da pesquisa, ressalta-se que os indivíduos têm sido apresentados como os responsáveis únicos pelo sofrimento no trabalho. Sob esse enfoque, questões relativas às vivências dos sentimentos de insegurança e incertezas, do aumento da competitividade e da hipersolicitação têm sido apresentadas em diversas reportagens que enaltecem dicas prescritivas sobre como superar o sofrimento sem, entretanto, discutir suas causas fora dos indivíduos.<hr/>The present article aims to analyze how the Magazine Você S/A approaches the thematic of psychic suffering in contemporary work. the study is based on an exploratory-descriptive research, and twelve editions of the Magazine Você S/A, from the period of July of 2005 until June of 2006 have been analyzed. Due to the analysis (Minayo, 1994), three main categories emerged: the causes of the suffering; its consequences for individuals and for organizations; indicators of health prevention and maintenance. As results of the research, it is emphasized that the individuals are presented as the only responsible for the suffering at work. It has also concluded that subjects such as the experiences of insecurity and uncertainness feelings, the increase of the competitiveness and big solicitation, are presented in many articles of the magazine. these articles praise prescriptive tips to overcome suffering without arguing the causes that generate suffering beyond the individual sphere. <![CDATA[<B>Saúde e gestão na aviação</B>: <B>a experiência de pilotos e controladores de tráfego aéreo</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A aviação comercial é um ramo de atividade que apresenta um alto crescimento nas últimas duas décadas. Esse crescimento tem um impacto sobre a saúde do trabalhador do transporte aéreo, regulada por normas da aviação civil, sob responsabilidade do Estado. As políticas de gestão da saúde podem ser analisadas por meio do estudo realizado com pilotos e controladores de tráfego aéreo no período entre 1992 e 2004. Partiu-se da hipótese que a saúde é um atributo principal de qualificação, mas as práticas de gestão da saúde são contraditórias às exigências para o exercício das funções.<hr/>The civil aviation has presented a high growth in the past three decades which has an actual effect on the aviation worker's health. the health of the aviation worker is ruled by civil aviation laws under the responsibility of the State. The health policies can be analysed by the data from pilots and air traffic controllers study undertaken during the period of 1992 and 2004. the hypothesis is that health is an important attribute of the qualification among pilots and air traffic controllers but the health management policies are contradictory when compared to the job demands. <![CDATA[<B>Álcool e direção</B>: <B>uma questão na agenda política brasileira</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Analisar como o problema do álcool e direção foi incorporado à agenda política brasileira é o objetivo deste trabalho. Entre as décadas de 1980 e 1990, as taxas dos acidentes de trânsito correspondiam a quase metade dos óbitos por causas externas, com tendências crescentes. Foi nas últimas duas décadas do século XX, que os acidentes de trânsito foram definidos como problema de saúde pública e, dentro da discussão dos acidentes, violência e óbitos por causas externas, a combinação álcool e direção foi configurada como um problema que requer políticas públicas.<hr/>The objective of this research is the analysis of the manner in which the issue of drinking and driving has been incorporated into the political agenda in Brazil. Between 1980 and 1990 the incidence of traffic accidents accounted for nearly half of the deaths caused by external factors. the numbers continue to increase. It was only during the last two decades that traffic accidents have been defined as a public health issue and incorporated within the discussions about accidents, violence and unnatural deaths. Furthermore, the high occurrence of traffic accidents combined with the prevalence of drinking and driving has become a problem that must be addressed by public policy. <![CDATA[<B>Vida reprodutiva de pessoas vivendo com HIV/AIDS</B>: <B>revisando a literatura</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No contexto atual da epidemia de HIV/AIDS, temáticas como a reprodução e a transmissão materno-infantil tornaram-se frequentes e têm suscitado diversos posicionamentos por parte de pessoas portadoras e das equipes de saúde. O presente artigo teve por objetivo examinar o impacto da infecção por HIV/AIDS na vida reprodutiva de pessoas portadoras, considerando o direito à maternidade e à paternidade. Foi realizada uma revisão da literatura acerca de aspectos biológicos, psíquicos e sociais que compõem o cenário da assistência em saúde reprodutiva. Constatou-se que a prevalência da lógica biomédica e o impacto social da epidemia restringem o exercício do direito à maternidade e à paternidade dos indivíduos portadores de HIV/AIDS. Diante disso, entende se que as políticas públicas e as ações em saúde devem ser direcionadas pelo respeito ao princípio da integralidade e pelo respeito à autonomia individual, dentro de um contexto de apoio e orientação psicossocial.<hr/>Considering the current context of the HIV epidemic, issues like reproduction and mother-to-child HIV transmission became frequent. They have led to different opinions from infected people and healthcare professionals. the present study aimed to identify the impact of the HIV infection on the reproductive life of those affected, considering motherhood and fatherhood rights. An extensive literature review on biological, psychological and social aspects that are part of the reproductive health assistance was conducted. We identified that the predominance of a biological logic and the social impact of the epidemic restrict the reproductive experiences of motherhood and fatherhood of people infected with HIV. We believe that health policies should be oriented by principles of integrality and individual autonomy, in a context of a psychosocial support and orientation. <![CDATA[<B>As competências da psicologia jurídica na avaliação psicossocial de famílias em conflito</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este texto trata da discussão de conflitos familiares, especialmente do divórcio destrutivo, na perspectiva da Psicologia Jurídica. Buscamos aprofundar conhecimento acerca do modus operandi da Psicologia Jurídica, da interrelação dos operadores da Psicologia e do Direito, das complexas decisões que envolvem esse tema, além de enfocar as características dos processos que legislam sobre famílias em situação de violência. Após uma breve passagem pela construção histórica da ação do psicólogo na Justiça, destacamos a separação conjugal que envolve grandes disputas e expressões de violência, e que somente encontra possibilidades de acordo no contexto judicial. Apontamos a necessidade de trabalhar para preservar o melhor interesse das crianças e adolescentes, e oferecer espaço de continência afetiva e conversacional aos ex-cônjuges. Cremos ser necessária a implantação de mudanças na formação do psicólogo e do jurista e nas concepções da Justiça, que deve se voltar para o cuidado e a cidadania das pessoas.<hr/>This text deals with the discussion of family conflicts, specially the destructive divorce, under the perspective of Forensic Psychology. We aimed at deepening the knowledge about the modus operandi of Forensic Psychology, of the interrelation of the Psychology and law professionals, of the complex decisions involving this subject, besides focusing on the characteristics of the processes which legislate on families in situation of violence. After a brief passage by the historical construction of the psychologist action in Justice, we comment on the separation of husband and wife which involves great disputes and which only has possibilities of agreement in the judicial context. We point to the need to work in order to preserve the best interest of the children and adolescents and to offer an space of affective and conversational continence to ex-married. We deem to be necessary to introduce changes to the academic formation of the psychologist and the law professional and to the Justice conceptions which must be directed to the care and citizenship of persons. <![CDATA[<B>Necessidades de apoio social em cuidadores de familiares idosos mexicanos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Conforme aumenta a quantidade de idosos, incrementa o número de pessoas que assumem o cuidado de um familiar idoso dependente funcional. As tarefas do cuidado demandam recursos econômicos, tempo, organização familiar e pessoal que geram uma sobrecarga que pode repercutir negativamente no cuidador. Um recurso que pode amenizar esses impactos é a existência de redes de apoio social, dentro das quais os familiares encontrem ajuda para satisfazer suas necessidades em situações cotidianas e de crise. O objetivo do estudo foi identificar as necessidades de apoio social experimentadas por cuidadores de familiares idosos com problemas de saúde. Análises de conteúdo revelaram as seguintes categorias temáticas: Necessidades emocionais pessoais e interpessoais, Necessidades de apoio econômico, Necessidades de apoio prático-instrumental, Necessidades de orientação e Percepção de recursos para responder às demandas do cuidado. Os resultados são discutidos à luz de outros estudos qualitativos sobre necessidades de cuidadores de idosos.<hr/>With the increase of elders, increases the number of family members that take care of functional dependent elders. the duties of caregivers demand economic resources, time, personal and familiar organization that generate a burden that can negatively impact the caregiver. One resource that can withhold this impact is the social support network, where the family members can find help to satisfy their daily needs and crises. The objective of this study was to identify social support needs experienced by family caregivers of functional dependent elders. the content analysis revealed the following thematic categories: Emotional personal and interpersonal support needs, Economic support needs, Practical-instrumental support needs, Orientation support needs and Perception of resources to respond to the caregiver's activities demands. the results were discussed compared to other qualitative studies about the needs of caregivers of elders. <![CDATA[<B>O imaginário coletivo de estudantes de educação física sobre pessoas com deficiência</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O presente trabalho objetiva o estudo do imaginário coletivo de estudantes de Educação Física sobre pessoas com deficiência. Articula-se, metodologicamente, em torno do uso do Procedimento de Desenhos-Estórias com tema na abordagem coletiva de uma classe composta de trinta alunos. O material obtido foi psicanaliticamente analisado à luz da Teoria dos Campos. Constatamos que as concepções dos alunos sobre deficiência emergem a partir de dois campos psicológicos não-conscientes: "deficiência como sofrimento humano" e "deficiência como problema técnico". A nosso ver, o primeiro campo corresponde à possibilidade de assumir posturas sensíveis e cuidadosas diante da questão da deficiência, ao passo que o segundo expressa a ação de estratégias defensivas que visam a negar a importância de dimensões afetivo-emocionais ligadas ao sofrimento, tornando a pessoa com deficiência objeto de ações essencialmente técnicas.<hr/>The present work investigates the collective imaginary of Physical Education students about disabled people. It articulates methodologically on the use of the thematic drawing-and Story telling Procedure to a collective approach of a class of thirty students. the obtained material was analyzed from a psychoanalytical perspective in light of the Theory of Fields. We verified that the conceptions of the students about disabilities arise from two non-conscious psychological fields: 'disability as human suffering' and 'disability as a technical problem'. In our view, the first field relates to the possibility of assuming sensitive and caring approaches when facing the disability issue, while the latter expresses the action of defensive strategies to deny the importance of the affective-emotional dimensions related to the suffering, turning the disabled person into an object of essentially technical actions. <![CDATA[<B>O aprendizado da utilização da substituição sensorial visuo-tátil por pessoas com deficiência visual</B>: <B>primeiras experiências e estratégias metodológicas</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O sistema de substituição tátil-visual (TVSS) é uma tecnologia assistiva criada para ajudar deficientes visuais a perceberem aspectos visuais de seu ambiente através do tato e contribuir para sua inclusão social. Para melhor entender o processo de aprendizagem dessa tecnologia, quatro participantes cegos foram treinados com o Brainport®, a última versão do TVSS, onde imagens visuais transformadas são exploradas pela língua. O artigo objetiva de investigar o estágio inicial desse processo de aprendizagem, em termos tanto do desempenho dos participantes quanto da qualidade de sua experiência. O treinamento, conduzido de acordo com um método clínico-pedagógico, produziu dados em terceira pessoa e em primeira pessoa. Os dados foram obtidos através de registros de desempenho e de entrevistas de explicitação. Os resultados mostram que as maiores dificuldades surgidas foram relativas ao acoplamento sensório-motor, aos movimentos do corpo e da cabeça e à dissonância entre as expectativas e a qualidade da experiência perceptiva.<hr/>The tactile-vision-substitution-system (TVSS) is an assistive technology designed to aid the visually impaired in perceiving visual aspects of their environment located beyond touch. In order to better understand the learning process of that assistive aid, we trained four blind participants with the Brainport®, the last version of the TVSS, where the transformed visual images are explored by the tongue. More specifically, this article aims to investigate the initial stage of this learning process, in terms both of participants' performance and their qualitative experience. The training, conducted according to the clinical-pedagogic method, produced data both from the first-person and the third-person point of view. Data were gathered through records of participants' performance and explanation interviews. Results show that the main difficulties arising during the process concerned sensory-motor coupling, body and head movement, and the gap between actual and expected quality of the perceptual experience. <![CDATA[<B>Modos de subjetivação de mulheres negras</B>: <B>efeitos da discriminação racial</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Neste estudo, buscou-se compreender os efeitos da discriminação racial na identidade e subjetividade de mulheres negras atendidas no programa SOS Racismo/Porto Alegre/RS. Essa pesquisa fundamentou-se em um grupo dispositivo, cujo objetivo foi ouvir as narrativas das mulheres que sofreram atos de racismo/discriminação e agenciar outras referências identitárias. O referencial teórico-metodológico utilizado para analisar o material empírico produzido nos grupos foi o das práticas discursivas, entendidas como a forma pela quais as pessoas produzem sentidos para experiências como as da violência racial. Os repertórios interpretativos presentes nos diálogos enunciados pelas mulheres referiam-se à discriminação racial e ao racismo e sinalizavam a construção de estratégias de enfrentamento e resistência. Acreditamos que a intervenção produziu efeitos políticos de reflexão e mudança, na medida em que o grupo construiu novos sentidos para as violências sofridas, transformando a narrativa pessoal em uma denúncia pública.<hr/>In this study, we investigated the effects of racial discrimination on the identity and subjectivity patterns of black women assisted through the SOS Racism Program in Porto Alegre/RS. The research was based on a discussion group whose objective was to listen to the women's narratives of racial discrimination and agency other identity references. The theoretical and methodological support used to analyze the information was the discursive practice. This practice refers to the way by which people produce meaning in social interactions, like experiences of racial violence. The interpretative repertoires used by the women in the group dialogues were about racial discrimination and racism and pointed to the construction of resistance strategies. We believe that this intervention produces political effects of reflection and change, in the way that the group worked out new meanings for the violence suffered, changing from a personal narrative to a public denounce. <![CDATA[<B>Psicologia comunitaria e políticas sociais no Chile</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt En este artículo analizamos la relación entre Psicología Comunitaria y políticas sociales, estableciendo la influencia de las políticas sociales sobre el desarrollo contemporáneo de la Psicología Comunitaria en Chile. Sostenemos que su consolidación como profesión se asocia estrechamente a la implementación de políticas sociales a partir de la década de los noventa y su conformación actual está condicionada y tensionada por las orientaciones de estas políticas. Se examina la evolución tanto de las políticas sociales como de la Psicología Comunitaria en Chile, los puntos de encuentro y las tensiones, de las que derivamos una serie de desafíos y proyecciones que examinamos en el presente artículo, con el objetivo de avanzar en la comprensión de esta relación.<hr/>Este artigo investigou a relação entre a Psicologia Comunitária e as políticas sociais, estabelecendo a influência das políticas sociais sobre o desenvolvimento contemporâneo da Psicologia Comunitária no Chile. Afirmamos que a sua consolidação como profissão está intimamente associada à implementação de políticas sociais desde a década de noventa e sua formação atual está condicionada e tensionada pelas diretrizes dessas políticas. O estudo analisa a evolução das políticas sociais e da psicologia comunitária no Chile, os pontos de encontro e de tensão, dos quais se deriva uma série de desafios e projeções discutidos neste artigo com o objetivo de fazer avançar a compreensão desta relação.<hr/>In this article we analyze the evolution of community psychology in Chile, and the influences of social policies in its development. We hold that its consolidation as a profession is closely associated to the implementation of social policies since the nineties, and its present conformation is determined and tightened by the orientation of these policies. From the evolution of social policies and Community Psychology in Chile we have come up with a series of challenges and projections that will be examined in this article. <![CDATA[<B>Nas tramas do contemporâneo</B>: <B>fetichismos visuais e metrópole comunicacional</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822009000200016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt En este artículo analizamos la relación entre Psicología Comunitaria y políticas sociales, estableciendo la influencia de las políticas sociales sobre el desarrollo contemporáneo de la Psicología Comunitaria en Chile. Sostenemos que su consolidación como profesión se asocia estrechamente a la implementación de políticas sociales a partir de la década de los noventa y su conformación actual está condicionada y tensionada por las orientaciones de estas políticas. Se examina la evolución tanto de las políticas sociales como de la Psicología Comunitaria en Chile, los puntos de encuentro y las tensiones, de las que derivamos una serie de desafíos y proyecciones que examinamos en el presente artículo, con el objetivo de avanzar en la comprensión de esta relación.<hr/>Este artigo investigou a relação entre a Psicologia Comunitária e as políticas sociais, estabelecendo a influência das políticas sociais sobre o desenvolvimento contemporâneo da Psicologia Comunitária no Chile. Afirmamos que a sua consolidação como profissão está intimamente associada à implementação de políticas sociais desde a década de noventa e sua formação atual está condicionada e tensionada pelas diretrizes dessas políticas. O estudo analisa a evolução das políticas sociais e da psicologia comunitária no Chile, os pontos de encontro e de tensão, dos quais se deriva uma série de desafios e projeções discutidos neste artigo com o objetivo de fazer avançar a compreensão desta relação.<hr/>In this article we analyze the evolution of community psychology in Chile, and the influences of social policies in its development. We hold that its consolidation as a profession is closely associated to the implementation of social policies since the nineties, and its present conformation is determined and tightened by the orientation of these policies. From the evolution of social policies and Community Psychology in Chile we have come up with a series of challenges and projections that will be examined in this article.