Scielo RSS <![CDATA[Psicologia & Sociedade]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-718220120001&lang=en vol. 24 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Editorial</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>The concept of mediation in Vigotski and Adorno</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho discute o conceito de mediação à luz de Vigotski e Adorno, autores reconhecidos nas áreas de psicologia social e educacional. Embora influenciados pelo pensamento marxista e voltem seu estudo à cultura, suas abordagens se diferenciam. Vigotski delineia o conceito de mediação pela perspectiva sócio-histórica, enquanto Adorno analisa as contradições inerentes à mediação sob os fundamentos da teoria crítica frankfurtiana. Por sua vez, Vigotski compreende a mediação como processo cultural pela aprendizagem, tendo como aporte o referencial marxiano e a crítica à naturalização do desenvolvimento na aquisição das funções superiores. Em Vigotski a mediação estabelece uma ligação, o signo, a atividade e a consciência interagem socialmente. Para Adorno, a mediação, mitificada enquanto fruto da ação e da subjetividade, sobrepuja uma contradição: objetificação da cultura e da formação; risco de estabelecer uma falsa consciência. A discussão epistemológica vai além da sociologia e da psicologia, resvala na relação sujeito e objeto.<hr/>This article discusses the mediation concept based in Vigotsky and Adorno, reputed authors in social and educational psychology. Although these authors are influenced by Marxism and focused on culture, their approaches are different. Vigotsky outlines the concept of mediation from the social-historical perspective, while Adorno analyzes the contradictions in meditation under a critical theory by the Frankfurtian. On the other hand, Vigotsky understands the mediation as cultural process by learning, based on Marxian referential and the critique of developmental naturalization in the acquisition of superior functions. In Vigotski the mediation establishes a liaison, the sign, the activity and the consciousness interact socially. For Adorno, the mediation, if mystified as a result of action and subjectivity, surpasses itself a contradiction: the objectification of culture and education and in the formation; risk of establishing a false consciousness. The epistemological discussion goes beyond sociology and psychology and slips in the subject-object relation. <![CDATA[<b>Representational thought and its update on human sciences</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en As ciências humanas ocupam um lugar particular na produção do conhecimento. Surgidas em decorrência de mudanças gerais na estrutura epistemológica e político-administrativa do século XIX, elas adquirem uma configuração específica que as localiza no cruzamento de vários outros saberes, como apontado pelo historiador Michel Foucault. Além disso, elas comportam outra peculiaridade, caracterizando-se em sua atividade por uma estreita relação com o que o filósofo Gilles Deleuze denomina de modelo da representação. A partir das análises de algumas obras destes dois pensadores, veremos como esses saberes operam uma atualização da representação por meio da normalização dos indivíduos.<hr/>The human sciences hold a particular place on knowledge's field. Due to its emergency from general changes in the epistemological and political-administrative structure of the nineteenth century, they acquire a specific configuration that locates them at the crossing of several others knowledge, as emphasized by historian Michel Foucault. Besides that, they afford another peculiarity, which is characterized in its activity by a close relationship to what the philosopher Gilles Deleuze calls the "representational model". From the analyses of some works of these two thinkers, we will observe how the human sciences operate an update of the representational model through the standardization of the individuals. <![CDATA[<b>Psychosocial construction of competition</b>: <b>the inveracity in cumplicity of a fake life</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho faz uma análise da competição e de sua propagação ideológica na contemporaneidade. Inicialmente identificamos sua matriz na propriedade privada, que possibilitou a utilização dessa conduta como mola propulsora do desenvolvimento do capitalismo. Nesse trajeto, a ciência mostrou-se como componente de legitimação e intensificação. A fim de aumentar a exploração do trabalho humano, atualmente a competição se mescla ao discurso cínico da cooperatividade. Na reprodução da competição entre os indivíduos estão presentes alguns elementos subjetivos como a submissão autoritária ao social, à projetividade, o sadomasoquismo e o pensamento coisificado ("mentalidade do ticket"). No terreno dos afetos, a competição é sustentada pela inveja, que ainda, via indústria cultural, induz os indivíduos ao consumismo. Este artigo é o desdobramento de uma pesquisa de cunho bibliográfico, cujas bases teóricas são a Psicanálise freudiana e a Teoria Crítica da Escola de Frankfurt, em especial Adorno e Horkheimer.<hr/>The present work analyses competition and its ideological spread in contemporaneity. First we have identified its matrix in private property, what enabled the use of this procedure as the stimulus of capitalism development. In this path, science has presented itself as a component of legitimation and intensification. Intending to increase human work exploitation, nowadays competition mixes itself with the cynic speech of cooperativeness. In the reproduction of the competition among individuals are present some subjective elements as authoritarian submission to the social, to projectivity, to sadomasochism and to the reified thought (ticket's mindedness). Concerning affection, competition is sustained by envy, which still adheres, via cultural industry, the individuals to consumerism. This article is a literature review research, whose theoretical bases are the Freudian Psychoanalysis and Critical Theory of the Frankfurt School, especially Adorno and Horkheimer. <![CDATA[<b>Policies and laws about gender violence - critical reflexions</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Leis e políticas públicas dirigidas a assuntos relacionados à violência de gênero merecem reflexão no momento de aplicação e análise. Enquadradas em uma sociedade heterocentrista e patriarcal, sua aplicação não está isenta de dificuldades, armadilhas e lacunas. Este texto, tendo como base de análise a psicologia crítica, estudos de gênero pós-estruturalistas, teoria queer e criminologia crítica, pretende ser um convite a reflexão sobre como estas leis e políticas tem contribuído para construção e permanência de um estereótipo e antinomia homem-maltratador versus vítima-mulher. Para este fim, vemos necessária a ênfase aos processos desde onde os sujeitos produzem gênero. Nossa motivação é contribuir com ferramentas de análise que permitam abrir novas perspectivas para a intervenção jurídica e assistencial. Como reflexões conclusivas, ressaltamos a importância de liberar-se de um discurso dicotômico e linear, de estar atento a relações de poder e considerar diferenças e particularidades descentradas do normativo e de posicionamentos fixos heterocentrados.<hr/>Laws and public policies aimed at gender violence-related issues deserve to be reflected upon at the time of their application and analysis. In the context of a heterocentric and patriarcal society, their application is not free from difficulties, traps and lacunae. This text, grounded analytically on critical psychology, post-structuralist gender studies, queer theory, and critical criminology, intends to be an invitation to a reflection on how these laws and policies have contributed to building and maintaining a stereotype and antinomy of man-as-aggressor versus woman-as-victim. For such, it is necessary to focus on the processes whence the subjects produce gender. Our motivation is to contribute with analytical tools that enable opening new perspectives for legal and assistential intervention. As conclusions, we underline the importance of freedom from a linear, dichotomous discourse, of paying attention to power relations, and of taking into consideration normative-decentred differences and particularities, and from fixed heterocentred positions. <![CDATA[<b>Homo sapiens, Homo demens and Homo degradandis</b>: <b>human psyche and the environmental crises</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute a crise ambiental por meio de um diálogo entre a psicanálise, filosofia e ciências sociais. Busca-se introduzir um eixo comum de compreensão das relações entre a psiquê e a natureza, a partir de um texto reflexivo sobre a natureza humana, sua complexidade e suas sociopatias. A crise socioambiental em que vivemos é tratada a partir das seguintes proposições: (i) a humanidade se distanciou da sua condição natural; (ii) a humanidade pode estar psicologicamente doente; (iii) a humanidade não está moralmente apta para delegar a superação da crise às futuras gerações, pois vivemos num simulacro que envolve consumismo e alienação. Conclui-se que há uma dimensão subjetiva na raiz da crise ambiental, de cuja análise depende a solução real do impasse civilizacional com o qual nos defrontamos.<hr/>This article discusses the environmental crisis through a dialogue between psychoanalysis, philosophy and the social sciences. It intends to introduce a common axis to the understanding of the relations between psyche and nature in a reflective text about human nature, its complexities and sociopathologies. The environmental crisis in which we are imbedded is approached through the followed propositions: (i) humanity has broken its links with its natural condition; (ii) humanity may be psychologically ill; (iii) humanity is not morally able to delegate the overcoming of the environmental crisis to the new generations because we live in a simulacrum associated with consumerism and alienation. We conclude that there is a subjective root in the environmental crisis, the analysis of which depends on finding the adequate answers to the civilization impasse that we currently face. <![CDATA[<b>Psychology and public security</b>: <b>invention of other machines of war</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo aborda o ingresso dos "profissionais psi" no campo da segurança pública. Para tal, examina as principais definições de controle social, procurando relacionar a questão da escalada da insegurança com o advento da nova ordem social proposta pelo modelo neoliberal, bem como da reedição de propostas criminológicas positivistas que embasam políticas destinadas a conter o fenômeno da criminalidade. Reúne, ainda, três analisadores; o 'caveirão", os mandados de busca coletivos e os autos de resistências, que condensam uma correlação de forças que fortalece a criminalização da pobreza e a adoção do extermínio como políticas de segurança pública. Com a perspectiva de problematizar o "fazer-psicológico", coloca em análise a construção de "máquinas de guerra" e o desencadear de processos de singularização.<hr/>The article discusses the entry of 'professional psy' in the field of public security. For this study we examine key definitions of social control, seeking to link the escalation of insecurity with the advent of the new social order proposed by the neoliberal model, and the reissue of positivist criminology proposals that support policies designed to curb thephenomenon of crime. It also gathers three analyzers, the 'caveirão', search warrants, and the collective case of resistance, which precipitated a balance of power that strengthens the criminalization of poverty and the adoption of extermination as an official policy of public security. With the prospect of exposing the "make-psychological," puts in question the construction of 'war machines' and the introduction of processes of singularity. <![CDATA[<b>Silence and impossible mourning in families of missing Brazilian political militants</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Tendo como cenário a história política recente do Brasil e partindo dos fundamentos da teoria da transmissão psíquica geracional, o presente trabalho discute as questões relacionadas ao luto impossível e ao silêncio imposto pelos "segredos de Estado" às famílias de ativistas políticos desaparecidos durante o regime militar. Para ilustrar a discussão, dois membros de duas famílias de desaparecidos políticos, indicados pelo grupo Tortura Nunca Mais, foram entrevistados. Essas famílias ainda buscam preencher uma memória esburacada, que só poderá ser resgatada pela inscrição temporal dos acontecimentos, através da ritualização do luto e do conhecimento das circunstâncias da morte de seus entes, finalizando um ciclo inacabado. As situações traumáticas não reconhecidas pela sociedade, e por isso não legitimadas, provocaram nessas famílias uma incapacidade de elaboração do trauma e de sua superação.<hr/>Taking Brazilian recent political history as a scenario, and starting from the background provided by the theory of generational psychological transmission, the present work discusses questions related to impossible mourning and the silence imposed by "state secrets" to the families of political militants who disappeared during the military regime. In order to illustrate the discussion, two members of two families of missing militants, indicated by the group Torture Never Again, were interviewed. These families still try to fulfill the bumpy memories, which can only be rescued through the temporal inscription of occurrences, through the ritualization of mourning and the knowledge of the circumstances involving the death of their family members, putting and end to an unfinished cycle. The traumatic situations not recognized by society, thus not legitimated, resulted for these families in the incapacity to elaborate and overcome trauma. <![CDATA[<b>Socio-spatial segregation, constitution of subject and meaning dailylife</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho pretende refletir sobre o processo de segregação socioespacial estabelecendo um foco na constituição de sujeitos humanos num território de degradação ambiental que atinge as cidades: os depósitos de lixo e as relações de produção de materiais recicláveis em estreita comunicação com uma indústria que deles se serve como fonte de riqueza. Tem-se como referência o pensamento de alguns autores que se dedicaram ao entendimento da condição humana, com interesse particular pelo estabelecimento das sociabilidades no cotidiano. As reflexões apresentadas, ilustradas por pesquisa empírica, focalizam as significações atribuídas às experiências vividas no cotidiano, emergindo das análises o par eu-outro como unidades de significação, processando sentidos subjetivos no percurso elaborado pelo sujeito nos espaços da vida privada e da descoberta da vida pública.<hr/>This work intends to reflect on the process of socio-spatial segregation, establishing a focus in the constitution of human citizens in a territory of environmental degradation that reaches the cities: the garbage deposits and the relations of production of recycle materials in narrow communication with an industry that explores them as a wealth source. I bring as reference the works of some authors who have dedicated themselves to understanding the human condition, with particular interest in the establishment of sociabilities in everyday life. The presented reflections, illustrated for empirical research, focus on meaning attributed to the experiences lived in the daily one, emerging from the analyses of the pair "me-other" as units of meaning, processing subjective senses in the passage elaborated by the citizen in the spaces of the private life and the discovery of the public life. <![CDATA[<b>Identity, ethnicity and social welfare in a socially excluding context</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en El estudio analiza los estereotipos que una muestra de adultos de clase media de Lima (n=130) posee sobre distintos grupos étnicos en el Perú. Asimismo, se analizan las relaciones entre las identificaciones con los grupos étnicos referidos y el bienestar social. Las representaciones estereotípicas muestran la presencia de grupos percibidos como de alto y de bajo estatus, los cuales son diferenciados por sus posibilidades de acceso al poder. El alto estatus es atribuido a los peruanos blancos, quienes son percibidos como exitosos y no patriotas. Con este grupo hay una mayor identificación en la muestra y se observa un mayor nivel de bienestar social asociado a dicha identificación. Los afroperuanos, andinos y amazónicos son percibidos como grupos de bajo estatus, observándose además estereotipos de poca competencia y de alta expresividad asociados a los mismos. La identificación con estos grupos es menor y no se asocia al bienestar social.<hr/>O estudo analisa os estereótipos que uma amostra de adultos de classe média de Lima (n = 130) possui em sobre diferentes grupos étnicos no Peru. Também analisa a relação entre a identificações com os grupos étnicos referidos e o bem estar social. As representações estereotipadas mostram a presença de grupos percebidos como de status elevado e baixo, os quais são diferenciadas pelo seu acesso ao poder. O elevado status é atribuído aos peruanos brancos, que são percebidos como bem-sucedida e não patriotas. Com este grupo, há uma maior identificação na amostra e se observa um nível mais elevado de bem-estar social associado a essa identificação. Os afroperuanos, andinos e amazônicos são percebidos como grupos de baixo status, pouco competentes, porém muito expressivos. A identificação com esses grupos é menor e não está associada a bem-estar social.<hr/>The study analyzes stereotypical representations of Peruvian Ethnic Groups in a sample of middle class adults from Lima (n=130). Additionally, relationship between Ethnic Identification and Social Welfare is analyzed. In respect to stereotypical contents, it is observed the ambivalent representation of high and low status groups which are differentiated by their access to power and resources. The high status group includes White-Peruvians perceived as successful and non-patriotic people. Participants show high identification to this group and this identification is directly related to Social Welfare. On the other hand, Andeans, Amazonians and Afro-Peruvians were perceived as less successful but more affective and expressive groups. Participants show lower identification with these groups and these identifications are no related to Social Welfare. <![CDATA[<b>Psychological aspects in the use of alcoholic beverages among Karitiana</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisa os problemas relacionados ao uso de bebidas alcoólicas entre os Karitiana, habitantes de Rondônia. Ele é fruto de pesquisa desenvolvida no ano de 2009, intitulada "Psicologia e saúde mental entre os Karitiana". Busca-se compreender os modos de utilização de bebidas alcoólicas neste grupo, privilegiando os aspectos psicológicos envolvidos nesse processo, refletindo sobre possibilidades de atuação psicológica entre povos indígenas. Utilizou-se uma abordagem multidisciplinar com referências da psicologia, antropologia e saúde pública, considerando a dimensão psicológica integrada em um contexto histórico, social e cultural. Entre os resultados, destaca-se que os problemas relacionados à utilização de bebidas alcoólicas representaram para os Karitiana, no passado recente, um problema social, que eles denominam "tempo de bagunça". Tal contexto foi modificado a partir de estratégias específicas, promovidas por lideranças desse grupo, apontando para possibilidades de que esse tipo de atuação possa ser considerado como princípio de intervenção em saúde mental indígena.<hr/>This study examines the problems related to alcohol use among Karitiana population of Rondônia, reflecting on the possibilities of psychological performance among indigenous peoples. It is the result of a research achieved in 2009, entitled Psychology of mental health among the Karitiana of Porto Velho. We aim to understand the use of alcoholic beverages in this society, emphasizing the psychological aspects involved in this process. We used a multidisciplinary approach with references from psychology, anthropology and public health, considering the psychological dimension as an integrated, historical, social and wider cultural context. Over the results, we highlight the problems related to use of alcoholic drinks, which represented a real social problem to the Karitiana in a recent past, establishing what they call a "mess time". Such context has changed from specific strategies promoted by their leadership, pointing out to possible actions for the indigenous mental health. <![CDATA[<b>Violence against the elderly</b>: <b>social representations among adolescents from arquipelago Fernando de Noranha-PE</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo objetivou identificar e verificar as representações sociais (RS) da violência contra as pessoas idosas entre estudantes do Arquipélago de Fernando de Noronha-PE. A amostra foi composta por 100 estudantes de ambos os sexos, do ensino médio, com média de idade de 20,3 anos. Foram utilizados como instrumentos: entrevistas semiestruturadas e o Teste de Associação Livre de Palavras (TALP). As entrevistas foram categorizadas pela Análise de Conteúdo (Bardin, 2002) e a TALP pela técnica de redes semânticas (Reyes-Lagunes, 1993). Os dados obtidos no TALP revelaram RS atreladas à intolerância (100%), covardia (57,2%), desumano (40,7%), ignorância (25,7%) e violência (10%). No que tange aos dados da entrevista as subcategorias mais significativas foram desrespeito, maus tratos, indignação e segurança. Conclui-se da necessidade de prevenção no âmbito informativo, bem como de conscientização da população com prioridade para detecção e prevenção de casos de violência contra os idosos.<hr/>This study aimed to identify and verify the social representations (SR) of the violence against elderly people among students from Arquipélago de Fernando de Noronha-PE. The sample was comprised of 100 students from both sexes, of high school, with age average of 20,3 years old. The following methods were used: semi-structured interviews and the Word Free Association Test (WFAT). The interviews were categorized by the Content Analysis (Bardin, 2002) and the WFAT by the semantic networks technique (Reyes-Lagunes, 1993). The data obtained by the WFAT revealed SR related to intolerance (100%), cowardice (57,2%), inhuman (40,7%), ignorance (25,7%) and violence (10%). Concerning data from the interview, the most significant categories were disrespect, maltreats, indignation, and security. It is concluded the need for prevention in an informative level, as well as the awareness of population with priority to the detection and prevention of cases of violence against the elderly. <![CDATA[<b>Diffusion of violence against the elderly</b>: <b>a psychosocial look</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo investiga a violência contra os idosos, a partir das mudanças culturais e sociais divulgadas pela mídia impressa e analisadas sob a ótica da Teoria das Representações Sociais. Por meio da análise padrão do software ALCESTE, foram processadas 28 notícias veiculadas pelo jornal Folha de São Paulo entre 2001 e 2008 e acessadas por busca na internet. Dos resultados emergiram quatro classes temáticas, relativas à subordinação dos idosos às ações governamentais, às normas legais e aos conhecimentos científicos, além de suas vivências domésticas e institucionais. Destacaram-se os indicadores demográficos sobre o envelhecimento populacional e os dados epidemiológicos sobre as mortes por causas violentas, que foram as unidades de contexto mais prevalentes no conteúdo das notícias.<hr/>This study investigates the violence against the elderly from the cultural and social changes, promoted by the printed media, analyzed under the optics of the Theory of the Social Representations. By means of the software ALCESTE, twenty eight published news from the periodical Folha de São Paulo, Brazil, were analyzed and accessed by internet between 2001 and 2008. From the results emerged four thematic classes related to subordination of the elderly by governmental actions, legal norms and scientific rules, as well as domestic and institutional experiences. The highlights were the demographic indicators on population aging and the epidemiological data on violent deaths .These were the more prevalent elementary units of context in the content of the news. <![CDATA[<b>Family projects for their children and socialization strategies</b>: <b>a parent's perspective</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve por objetivo identificar quais os projetos que pais e mães manifestam ter para seus filhos, assim como as estratégias que utilizam no processo educativo a fim de concretizá-los. Foram entrevistados, em suas residências, oito casais que coabitavam, de nível socioeconômico-cultural médio, com pelo menos um filho em idade escolar, residentes em Porto Alegre. A partir da análise de conteúdo das entrevistas, foi possível constatar projetos tais como: formação profissional, formação pessoal e constituir família. Também se encontrou uma categoria de respostas a qual denominamos de liberdade para que os filhos construam seus próprios projetos. Quanto às estratégias para concretizar tais projetos, identificou-se: investimento na formação profissional, em conforto, diálogo, cuidado, tratamento igualitário entre os filhos, respeito pelos interesses dos filhos e instrumentalização pedagógica. Os entrevistados evidenciaram a valorização da formação profissional de seus filhos. Todos os pais e mães entrevistados prospectam seus filhos numa vida adulta.<hr/>This study aimed to identify fathers and mothers' desired projects related to their children, and strategies used to achieve them in the educative process. Eight couples, with an average social-economic-cultural level, were home interviewed. They had at least one school age child and lived at Porto Alegre. Interview content analysis made possible to identify projects such as: professional training, personal development, family constitution. It was also possible to identify a category of answers that was called freedom for the children to build their own projects. Professional training investment, comfort investment, dialogue, care, egalitarian treatment between children, respect by children's interests and pedagogical instrumentalization were perceived as strategies used by these parents to achieve their projects. Professional training was seen by the participants as highly worth it. All parents interviewed prospect their children in an adult life. <![CDATA[<b>After the maternity leave</b>: <b>perceptions of school teachers about the division of family work</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste estudo, foram investigadas vivências de professoras após o retorno da licença maternidade, examinando a divisão de tarefas com seus cônjuges, satisfação com seu envolvimento familiar e o do cônjuge e com sua rede social de apoio. Foram entrevistadas 40 professoras de escolas públicas no interior paulista, mães de filhos de até dois anos. A maioria delas relatou dedicar o dobro do tempo que seus cônjuges às atividades domésticas e cuidados com os filhos, assumindo tarefas de alta frequência e com horários fixos. No geral, estas se sentiam satisfeitas com seu próprio envolvimento familiar, embora 65% delas relatou preferir passar mais tempo com seus filhos. Estas avaliaram positivamente o envolvimento familiar do esposo, mas sistematicamente menor que seu próprio. Muitas usaram outras fontes de apoio, avaliadas positivamente. Contudo, as respondentes enfrentavam grande sobrecarga, apontando para a necessidade de rever a divisão do trabalho familiar.<hr/>In this study, we investigated the experiences of school teachers returning from a maternity leave, examining the division of tasks with her partner as well as her satisfaction with her own and her partner's family involvement and with her wider social-support network. We interviewed 40 public-school teachers, mothers of children under two years of age, in the state of São Paulo. The majority of the participants related spending double the time spent by their partners on domestic chores and childcare, assuming more high-frequency tasks, performed at fixed times. In general, the respondents were satisfied with their own family involvement, although 65% wanted to spend more time with their children. They evaluated their partner's family involvement as being good, but systematically lower than their own. Many used other sources of support, which were evaluated positively. Nonetheless, the respondents were overloaded, pointing to the need to reorganize the division of family work. <![CDATA[<b>Roles, behaviors, activities and relashionships from members of Bahia's families</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo objetivou comparar os dados sobre papéis, comportamentos, atividades e relações entre os membros da família obtidos por Georgas, Berry, Vijver, Kagitçibasi e Poortinga (2006), com dados da família baiana. Para tanto, 170 universitários baianos responderam questionário com questões fechadas enfocando papéis, comportamentos, atividades e relações entre os seguintes membros da família: pai, mãe, avô, avó, tio/tia, menino e menina de 10 anos, moça e rapaz de 20 anos. Os dados foram analisados utilizando o programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Em conformidade com o estudo de referência, a mãe é a figura central nas famílias baianas e o pai compartilha o poder financeiro com ela, porém, as atividades domésticas de limpar, cozinhar e lavar ficam mais a cargo dos membros femininos. As avós sucedem aos pais na importância nos papéis familiares e há mais uma interdependência emocional do que econômica/funcional com relação à criança.<hr/>This study aimed to compare data about family roles, behaviors, activities and relationships obtained by Georgas, Berry, Vijver, Kagitçibasi and Poortinga (2006) with data from Bahia, Brazil. 170 university students living in Bahia answered a closed questionnaire focusing family roles, behaviors, activities and relationships between the following family members: mother, father, grandfather, grandmother, uncle/aunt, 10-year-old boy and girl, 20-year-old female and male. Data were analyzed using the program Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Similarly to the referred study, the mother is the main character and the father shares the financial power with her, but female family members are more in charge of the housework activities of cleaning, cooking and washing. Grandmothers succeeded the parents as to their importance in family roles and there is more emotional interdependence than economical/ financial interdependence related to the child. <![CDATA[<b>The "good student" in social representations of teachers</b>: <b>impact of family size</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo, recorte de uma pesquisa mais ampla, teve como objetivo analisar o conteúdo geral das representações sociais do "bom aluno" construídas por professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal do Recife-PE. O pressuposto subjacente é de que novas práticas sociais educacionais estariam interferindo nessas representações. A Teoria do Núcleo Central foi o referencial teórico-metodológico de base para o estudo. Participaram vinte professoras. A entrevista semiestruturada foi utilizada como procedimento de coleta. Para análise, tomamos como suporte a Técnica de Análise de Conteúdo Categorial. Os resultados gerais da pesquisa confirmaram nosso pressuposto inicial, mas apontaram também que concorre para a construção simbólica do "bom aluno" um emaranhado de elementos, destacando-se a dimensão familiar. A maioria das docentes, articulando as contradições entre ideologia e realidade, apontou a importância da família na construção do "bom aluno". Nossos resultados sugerem, porém, a necessidade de estudos que aprofundem esses achados.<hr/>This article, part of a wider research, aimed to analyze the general content of the social representations of a "good student" constructed by teachers of early years of Fundamental Education in the city of Recife-PE. The underlying assumption is that new social practices of education would be interfering in these representations. The Central Nucleus Theory was the theoretical and methodological basis for this study. Participants included twenty teachers. Semi structured interviews were used as collection procedure. For analysis we took as support the Technical Analysis Categorical content. The overall results of research confirmed our initial assumption, but pointed also competing for the symbolic construction of "good student "a tangle of elements, highlighting the family size. Most teachers, articulating contradictions between ideology and reality, noted the importance of family in building the "good student". Our results suggest, however, the need for studies to further investigate these findings. <![CDATA[<b>Production of subjectivity facing the labor market in the context of the student organization</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Há um interesse crescente dos jovens universitários em participar de organizações estudantis como estratégia de preparação para o mercado de trabalho. O objetivo deste trabalho foi realizar uma pesquisa exploratória dessas experiências e seus resultados para os alunos que delas participaram. Foi utilizado como método de pesquisa o estudo de caso, e os resultados indicam que o papel que a organização estudantil desempenhou na vida desses jovens centrou-se muito mais em uma tentativa de suprir a angústia frente ao sentimento constante de insuficiência e às demandas do mercado de trabalho na atualidade que em uma vivência que de fato tenha incrementado a sua empregabilidade.<hr/>There is growing interest of young graduates to participate in student organizations as a strategy to prepare for labor markets. The aim of this study was an exploratory study of these experiments and their results for students who attended them. We took as research method the case study and the results indicate that the role that student organization has played in the lives of these young people focused more on an attempt to overcome the anguish and constant feeling of inadequacy and the demands of the labor market today than in a experience that actually increased their employability. <![CDATA[<b>Meanings of voluntary actions</b>: <b>challenges and limits to work organization</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho voluntário representa uma das bases de sustentabilidade das Organizações Não-Governamentais, principalmente para a manutenção e continuidade dos projetos institucionais. Em contrapartida, vem sendo considerado fator de degradação do trabalhador que está excluído do mercado. Partindo de uma experiência de implantação de rotinas para acolhimento e integração de voluntários em uma ONG/AIDS, este estudo teve por objetivo a caracterização dos voluntários e a compreensão da diversidade de sentidos presentes nas ações voluntárias, visando subsidiar a avaliação e planejamento das ações de organização do trabalho adotadas pela instituição. A análise temática de conteúdo das entrevistas, realizadas com 20 candidatos ao trabalho voluntário, permitiu a caracterização do perfil, das suas concepções e expectativas. Em síntese, o trabalho voluntário pareceu representar um recurso de qualificação para a inserção no mercado de trabalho e elemento importante para formação da identidade social e socialização do conhecimento em HIV/AIDS.<hr/>Voluntary work represents one of the foundations for NGO sustainability mainly for the maintenance and continuity of institutional projects. On the other hand, voluntary work has masked unemployment problems being considered a degradation factor in the labor market. In order to support the planning and evaluation for the work organization actions adopted by the institution, this study aims to understand the diversity of meanings presented in voluntary actions based on the implementation experience of receptiveness and volunteer's integration routines in an AIDS/NGO. Content analyses of interviews with 20 volunteer work candidates were carried out. Through this analysis, it was possible to characterize the worker´s profile as well as their conceptions and expectancies. In summary, volunteer work seemed to represent a resource to qualify for inclusion in the labor market and an important element of social identity formation and socialization of knowledge on HIV/AIDS. <![CDATA[<b>Judicial inquiry of children</b>: <b>points and counterpoints</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en A proposta de que psicólogos e assistentes sociais realizem inquirição judicial de crianças por meio da técnica denominada Depoimento sem Dano (DSD) vem sendo discutida em diversos eventos científicos e publicações nacionais, na medida em que se encontra em tramitação projeto de lei que prevê regulamentação do procedimento. Partindo-se de referencial bibliográfico produzido nos últimos anos sobre a temática, no artigo foram sistematizados os argumentos usados de forma recorrente como justificativa para implantação do DSD, bem como os questionamentos e análises que estes suscitam. O contraponto entre as informações permite concluir pela necessidade de se aprofundar a reflexão sobre tema tão complexo, reconhecendo-se que posicionamentos firmados contra ou a favor da técnica podem contribuir por extinguir a discussão.<hr/>The proposal that psychologists and social workers carry out judicial inquiry of children through the technique called Testimony without damage (DSD), has been discussed in several scientific events and national publications, as it is in the pipeline bill that provides rules of procedure. Starting from a reference literature produced in recent years about the issue in the article were systematized the arguments used on a recurring basis to justify deployment of DSD and the questions and analysis that they generate. The counterpoint between the information shows the need for further reflection on this complex issue, recognizing that fixed positions for or against the technique can contribute by bringing the discussion. <![CDATA[<b>Involuntary clients intervention</b>: <b>complexity and dilemmas</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo de revisão da literatura centra-se na temática dos clientes involuntários. Analisaram-se criticamente os trabalhos de autores que: (1) propõem a sua caracterização, designadamente no que respeita ao posicionamento do cliente na situação de ajuda, concluindo-se pela complexidade da sua identificação; (2) conceptualizam o papel dos profissionais de saúde mental, bem como as singularidades da relação terapêutica, destacando a importância da aliança, dos dilemas éticos e da motivação para a intervenção; (3) apresentam os modelos terapêuticos mais utilizados nestas situações, enfatizando-se as terapias colaborativas, e particularmente as centradas nas soluções, como as que melhor promovem o envolvimento destes clientes. Ao longo da pesquisa manteve-se a preocupação de rever obras abrangentes na área do acompanhamento psicológico que simultaneamente evidenciassem ou favorecessem uma perspectiva crítica e complexa sobre o tema. Na organização do artigo procurou-se seguir uma perspectiva diacrónica que mostrasse a evolução da conceptualização e praxis sobre a problemática.<hr/>The involuntary clients issue is the core of this literature review article. Critical analysis was carried out over the work of authors who: (1) propose their characterization, namely in what concerns the client's positioning in a help situation, leading to a notion of complexity in its identification; (2) conceptualize the role of mental health technicians, as well as the singularities of the therapeutic relationship, highlighting the importance of the alliance, ethical dilemmas and the motivation towards an intervention; (3) point out the therapeutic models mainly used in these situations, emphasizing collaborative therapies, particularly solution focused therapies, as those who better promote the involvement of clients. Reviewing extensive literature on psychological intervention that simultaneously underlined a critical and complex perspective on the matter was a constant concern throughout the research process. The article's structure is outlined diachronically so that the evolution of both conceptualization and praxis on the subject becomes clear. <![CDATA[<b>Bodies, heteronormativity and hybrid performances</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Maneiras de viver, muitas vezes, são naturalizadas como se houvesse uma forma predeterminada de corpo feminino ou masculino, nos remetendo vivência de nossos corpos como inertes, em oposição à alma imortal e ativa. Os corpos são qualificados como materialidades biológicas, sendo experimentados como provas de nossa sexualidade e da existência de gêneros e aqueles que não se acomodam a essas normalizações são tratados como "abjetos". O movimento feminista se opôs as pressupostas diferenças biológicas entre homens e mulheres utilizando o conceito de gênero, mas o sexo permaneceu como categoria básica e o corpo como matéria inerte. Como não sucumbir a perspectivas binárias e dicotômicas? Como fazer de nossas vidas experimentações que ousem transbordar as normalizações histórico-culturais? A partir de estudos queer propõem-se corpos como vibráteis, estranhos, formados e dobrados em redes, uma instigação de resistência à ação de isolamento do que se considera abjeto como consequência da biopolítica.<hr/>Ways of life often are naturalized as if there was a predetermined shape of the female and male body. The bodies are classified as a biological materiality, which is experienced as evidence of the existence of our sexuality and gender. Thus, bodies that do not accommodate to these norms are treated as abjects. To counteract this biological assumption, the feminist movement began to use the concept of gender in order to strip of the supposedly biological differences between male and female. However, the sexual organ is still the basic category for differentiation and the body is still understood as an inert materialization. How not to succumb to binary perspectives? How to live a life that dares to overflow the historical and cultural commonalities? Taking the queer studies' perspectives, it is put forward an idea of bodies as vibratile, strange, freakish devices made and molded in social webs; this is a proposal of biopolitical resistance to the isolation imposed on the abjects. <![CDATA[<b>A look at sport, subjective well-being and social integration of immigrants... in Portugal and the wolrd</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100023&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo de revisão centrou-se na prática desportiva e na sua relação com o bem-estar subjetivo e a integração social de imigrantes procurando fazer o levantamento da informação disponível na literatura acerca dessa temática a um nível mais global e, particularmente em Portugal, que a partir dos anos 80 se tornou num país de imigração. O levantamento bibliográfico incluiu livros, artigos científicos pesquisados em bases de dados internacionais, sites especializados e institucionais. A revisão da literatura permitiu verificar que: os imigrantes tendem a praticar menos desporto assim como a ter menores níveis de bem-estar subjetivo comparativamente à população autóctone; a prática desportiva relaciona-se positivamente com o bem-estar subjetivo também nos imigrantes; o desporto pode desempenhar um importante papel para a integração social dos imigrantes, apesar de nalguns contextos reforçar as diferenças inter-étnicas; em Portugal, não foram encontrados estudos específicos sobre a prática desportiva de imigrantes.<hr/>This review article focused on the sport and its relationship with subjective welfare and social integration of immigrants, seeking to survey the information available in the literature about this topic to a more global level and particularly in Portugal, which from the 80's became a country of immigration. The search included books, journal articles surveyed in international databases, specialized sites and institutional. The literature review showed that: immigrants tend to practice less sport as well as having lower levels of subjective welfare compared to the native population; sport is positively related to subjective welfare also in immigrants, the sport can play an important role for the social integration of immigrants, although in some contexts can reinforce the inter-ethnic differences and in Portugal, there weren't found specific studies on the sportive practice of immigrants. <![CDATA[<b>Urban tribes</b>: <b>the collective process of creation in the graffiti</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100024&lng=en&nrm=iso&tlng=en O graffiti urbano se caracteriza como movimento de intervenção na cidade, por meio do qual diversos grupos expressam novas formas de viver nos espaços urbanos. Este trabalho visa refletir sobre os processos de criação coletiva no graffiti urbano de Florianópolis. Realizou-se entrevistas com seis grafiteiros da cidade de Florianópolis, pertencentes a crews diferentes, observações, registros fotográficos e filmagens de suas atividades criadoras na cidade. Percebeu-se que a formação dos grupos de grafiteiros depende de relações de afinidade e proximidade a partir das quais partilham suas experiências e emoções. Nos processos de criação dos graffitis participam grafiteiros de diferentes crews, as quais trocam entre si técnicas e sugestões. As relações na crew e entre crews dos grafiteiros investigados se caracterizam por certa volaticidade e flexibilidade em suas relações. A re-qualificação do espaço urbano ocorre por meio destas intervenções conjuntas, reinventando a cidade e a si mesmos.<hr/>The urban graffiti characterized as a movement of intervention in the city where groups express new forms of living in the urban spaces. This work reflects on the process of collective creation by the urban graffiti in Florianopolis. We interviewed six graffitists of Florianopolis city, observations and photographic records and shooting of their creative activities in the city. We noticed that the formation of the groups of graffitists depends of their affinity and proximity relations from which they share experiences and emotions. Graffitists of different crews participate in the process of creation of the graffiti; these crews usually share techniques and suggestions among themselves. Among the crews researched, it was noticed a certain volatility and flexibility in their relations. There is a re-qualification of the urban spaces through these interventions, leading to the reinvention of the graffitists and the city itself. <![CDATA[<b>Knowledge production in Brazilian social psychology</b>: <b>a descriptive study from the Journal of Psychology & Society, 1986-1992</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o intuito de auxiliar na compreensão da história recente da Psicologia Social brasileira, apresentamos a primeira parte de pesquisa que objetivou descrever alguns aspectos que perpassam sua organização científica e social, o que se deu a partir de um dos seus principais veículos de comunicação, o periódico Psicologia & Sociedade: Revista da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO). Para isso, analisamos os trabalhos publicados entre os anos de 1986 e 1992. Assim, o total de 277 trabalhos, distribuídos em 10 revistas, constituiu nossa fonte de pesquisa. A origem institucional e geográfica dos autores, o padrão de autoria, o tipo e as temáticas dos trabalhos publicados, a metodologia e os locais de realização das investigações e intervenções, foram as informações examinadas. Por fim, a identificação tanto das transformações quanto de padrões de funcionamento da área, e alguns de seus possíveis determinantes, são apresentados.<hr/>With the objective of helping the comprehension of the recent Brazilian Social Psychology history, we present the first part of the survey, aimed at describing some aspects that go through its scientific and social organization, which happened from one of its main means of communication, the periodical Psicologia & Sociedade (Psychology & Society): a magazine from the Brazilian Association of Social Psychology (ABRAPSO). For that, we analyzed the works published between the years 1986 and 1992. Thus, the total of 277 works, distributed in 10 magazines, constituted our survey source. The institutional and geographic origin of the authors, the authorship pattern, the type and themes of the published works, the methodology and the places where investigations and interventions took place were examined. Finally, the identification of the transformations as well as the patterns of the area functioning, and some of its determiners, are presented. <![CDATA[<b>Doing narrative research</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100026&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o intuito de auxiliar na compreensão da história recente da Psicologia Social brasileira, apresentamos a primeira parte de pesquisa que objetivou descrever alguns aspectos que perpassam sua organização científica e social, o que se deu a partir de um dos seus principais veículos de comunicação, o periódico Psicologia & Sociedade: Revista da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO). Para isso, analisamos os trabalhos publicados entre os anos de 1986 e 1992. Assim, o total de 277 trabalhos, distribuídos em 10 revistas, constituiu nossa fonte de pesquisa. A origem institucional e geográfica dos autores, o padrão de autoria, o tipo e as temáticas dos trabalhos publicados, a metodologia e os locais de realização das investigações e intervenções, foram as informações examinadas. Por fim, a identificação tanto das transformações quanto de padrões de funcionamento da área, e alguns de seus possíveis determinantes, são apresentados.<hr/>With the objective of helping the comprehension of the recent Brazilian Social Psychology history, we present the first part of the survey, aimed at describing some aspects that go through its scientific and social organization, which happened from one of its main means of communication, the periodical Psicologia & Sociedade (Psychology & Society): a magazine from the Brazilian Association of Social Psychology (ABRAPSO). For that, we analyzed the works published between the years 1986 and 1992. Thus, the total of 277 works, distributed in 10 magazines, constituted our survey source. The institutional and geographic origin of the authors, the authorship pattern, the type and themes of the published works, the methodology and the places where investigations and interventions took place were examined. Finally, the identification of the transformations as well as the patterns of the area functioning, and some of its determiners, are presented. <![CDATA[<b>Actions and reflections on media and psychology</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822012000100027&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o intuito de auxiliar na compreensão da história recente da Psicologia Social brasileira, apresentamos a primeira parte de pesquisa que objetivou descrever alguns aspectos que perpassam sua organização científica e social, o que se deu a partir de um dos seus principais veículos de comunicação, o periódico Psicologia & Sociedade: Revista da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO). Para isso, analisamos os trabalhos publicados entre os anos de 1986 e 1992. Assim, o total de 277 trabalhos, distribuídos em 10 revistas, constituiu nossa fonte de pesquisa. A origem institucional e geográfica dos autores, o padrão de autoria, o tipo e as temáticas dos trabalhos publicados, a metodologia e os locais de realização das investigações e intervenções, foram as informações examinadas. Por fim, a identificação tanto das transformações quanto de padrões de funcionamento da área, e alguns de seus possíveis determinantes, são apresentados.<hr/>With the objective of helping the comprehension of the recent Brazilian Social Psychology history, we present the first part of the survey, aimed at describing some aspects that go through its scientific and social organization, which happened from one of its main means of communication, the periodical Psicologia & Sociedade (Psychology & Society): a magazine from the Brazilian Association of Social Psychology (ABRAPSO). For that, we analyzed the works published between the years 1986 and 1992. Thus, the total of 277 works, distributed in 10 magazines, constituted our survey source. The institutional and geographic origin of the authors, the authorship pattern, the type and themes of the published works, the methodology and the places where investigations and interventions took place were examined. Finally, the identification of the transformations as well as the patterns of the area functioning, and some of its determiners, are presented.